SlideShare uma empresa Scribd logo
OS OVOS
MISTERIOSOS
Era uma vez uma galinha que
todos os dias punha um ovo.
E todos os dias vinha a dona,
com uma cestinha tirar-lho.
- Já pus 1000 ovos. Podia ser mãe de
mil filhos. Mas não tenho nenhum por
causa da gente gulosa. Vou fugir!
Quando a dona abriu a porta
para entrar na capoeira, ela
fugiu para a mata.
Fez um ninho muito bonito e
pôs um ovo muito
branquinho.
A galinha saiu do ninho para comer.
Quando voltou, qual não foi o seu
espanto ao ver o ninho cheio de ovos
de todos os tamanhos e feitios.
-Na minha
capoeira tiravam-
me os ovos, aqui
oferecem-mos.
Mas que sorte.
A galinha aninhou-se e ficou a chocar os
ovos. Daí por diante, mal saia do choco.
O tempo foi passando. Até que o
primeiro ovo estalou.
Ai, mas que filho
Eu até desmaio!
Em vez de ser pinto
É um papagaio.
No dia seguinte outro ovo se
abriu.
Ai, mas que filho
Como ele é diferente!
Em vez de ser pinto
É uma serpente.
Nessa mesma
tarde, o maior
de todos os
ovos partiu-se
ao meio.
Ai, mas que filho
Este é de truz!
Em vez de ser pinto
É uma avestruz.
A galinha
ia caindo
para o
lado
quando
viu o
próximo a
nascer.
Ai, mas que filho
Deve vir do Nilo!
Em vez de ser pinto
É um crocodilo.
A galinha ia
caindo para o
lado quando viu
o próximo a
nascer.
Ai, mas que filho
Diz o meu instinto!
Que este finalmente
É mesmo um pinto.
As amigas diziam à mãe galinha para ela só
tratar do pinto e não ligar aos outros bichos.
Mas como podia ela abandoná-los depois
de os ter chocado com tanto amor? Que
outra mãe havia de tratar deles?
Era feliz mas vivia num desassossego.
O papagaio voava
para as árvores e
ela não sabia voar.
O
crocodilo
só estava
bem
dentro da
água e ela
não sabia
nadar.
A serpente metia-se por todos os
buracos e ela era gorda demais para
a poder ir buscar.
A avestruz, essa, devorava tudo, não
havia comida que lhe chegasse.
Só o pinto, naturalmente, se portava
como um pinto.
Mas ela de todos gostava.
De todos cuidava.
Coçava a serpente quando ela tinha
cócegas,
porque à
pobrezinha
faltavam
as patas.
Enrouquecia de tanto tagarelar com
o papagaio,
que queria
sempre
conversa.
Cansava-se a
carregar petiscos
para a comilona da
avestruz.
Esgravatava o chão em busca de
sementes para o pinto.
E nos intervalos
lavava as dentuças do crocodilo.
Tudo
parecia
correr bem
até que
apareceu no
bosque um
rapaz.
Que belo frango!
Vou assá-lo para o
jantar.
Cocorococó!
A mãe galinha
refilou....
o que na
sua língua
quer dizer
“Não lhe
toques,
senão
pico-te”.
A serpente, ao ver o que se
passava, pôs-se à sua frente
a assobiar, mostrando os
dentes de veneno.
O rapaz
atirou-se
ao lago
para lhe
escapar.
Foi a vez do
crocodilo
avançar de
boca aberta.
Ai, que este
me come!
Depois
apareceu o
papagaio a
gritar:
O rapaz pensou que era a polícia.
Logo atrás de si começou a ouvir
passos, primeiro
distantes, depois
cada vez mais
próximos. Era a
avestruz.
Pensando que um
polícia o perseguia, largou a ave e
só parou na aldeia.
Às costas da irmã
avestruz, o frango
voltou para casa.
Para festejar, a
galinha juntou
todos os filhos e
fez-lhes um
bolo com vários
andares.
Outro, ratos para a serpente.
Outro, fruta para o papagaio.
Outro, peixe para o crocodilo.
Um tinha milho para o frango.
E por cima, a enfeitar, sete berlindes, um martelo e vinte
pregos, porque a avestruz só gostava de pitéus extravagantes.
Depois do jantar, os filhos fizeram uma roda à
volta da galinha e puseram-se a cantar:
Somos todos irmãos,
Somos todos diferentes:
Há uns que têm bico,
Outros que têm dentes,
Há uns que têm escamas,
Outros que têm asas,
Na terra e na água
Fazemos nossas casas.
Eu só tenho pescoço.
Eu voo pelo ar.
Eu nado a quatro patas.
Eu cá gosto de andar.
Somos todos diferentes,
Mas todos queremos bem
À boa da galinha
Que é a nossa mãe.
Fim

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados (20)

A lenda de arlequim
A lenda de arlequimA lenda de arlequim
A lenda de arlequim
 
Power Point Sapo Apaixonado!
Power Point Sapo Apaixonado!Power Point Sapo Apaixonado!
Power Point Sapo Apaixonado!
 
A velhinha que comeu os símbolos do natal
A velhinha que comeu os símbolos do natalA velhinha que comeu os símbolos do natal
A velhinha que comeu os símbolos do natal
 
Natal conto melhor-natal-de-sempre
Natal conto melhor-natal-de-sempreNatal conto melhor-natal-de-sempre
Natal conto melhor-natal-de-sempre
 
História da Maria Castanha
História da Maria CastanhaHistória da Maria Castanha
História da Maria Castanha
 
A galinha ruiva
A galinha ruivaA galinha ruiva
A galinha ruiva
 
Papá, diz me porquê...
Papá, diz me porquê...Papá, diz me porquê...
Papá, diz me porquê...
 
Bruxa mimi
Bruxa mimiBruxa mimi
Bruxa mimi
 
Power point a bruxinha que voava numa escova de dentes
Power point  a bruxinha que voava numa escova de dentesPower point  a bruxinha que voava numa escova de dentes
Power point a bruxinha que voava numa escova de dentes
 
Boneco de neve
Boneco de neveBoneco de neve
Boneco de neve
 
A ovelhinha dá me lã - apresentação
A ovelhinha dá me lã - apresentaçãoA ovelhinha dá me lã - apresentação
A ovelhinha dá me lã - apresentação
 
Uma Prenda de Natal
Uma Prenda de NatalUma Prenda de Natal
Uma Prenda de Natal
 
Chibos sabichões
Chibos sabichõesChibos sabichões
Chibos sabichões
 
Feitico d birra
Feitico d birraFeitico d birra
Feitico d birra
 
Ppt um pé de vento
Ppt um pé de ventoPpt um pé de vento
Ppt um pé de vento
 
O joão porcalhão
O joão porcalhãoO joão porcalhão
O joão porcalhão
 
O palhaco-tristoleto
O palhaco-tristoletoO palhaco-tristoleto
O palhaco-tristoleto
 
O Palhacinho
O PalhacinhoO Palhacinho
O Palhacinho
 
Rapunzel
RapunzelRapunzel
Rapunzel
 
As vacas não voam
As vacas não voamAs vacas não voam
As vacas não voam
 

Destaque (6)

Os ovos misteriosos -Ficha de trabalho
Os ovos misteriosos -Ficha de trabalho Os ovos misteriosos -Ficha de trabalho
Os ovos misteriosos -Ficha de trabalho
 
A Galinha Dos Ovos Misteriosos Ficha
A Galinha Dos Ovos Misteriosos FichaA Galinha Dos Ovos Misteriosos Ficha
A Galinha Dos Ovos Misteriosos Ficha
 
A galinha dos ovos misteriosos)
A galinha dos ovos misteriosos)A galinha dos ovos misteriosos)
A galinha dos ovos misteriosos)
 
Exploração da Obra "Os Ovos Misteriosos"
Exploração da Obra "Os Ovos Misteriosos"Exploração da Obra "Os Ovos Misteriosos"
Exploração da Obra "Os Ovos Misteriosos"
 
Roteiro De Leitura de os ovos misteriosos
Roteiro De Leitura de os ovos misteriososRoteiro De Leitura de os ovos misteriosos
Roteiro De Leitura de os ovos misteriosos
 
Ler, um prazer partilhado
Ler, um prazer partilhadoLer, um prazer partilhado
Ler, um prazer partilhado
 

Semelhante a Os ovos misteriosos

Guiao de leitura_dos_ovos_misteriosos
Guiao de leitura_dos_ovos_misteriososGuiao de leitura_dos_ovos_misteriosos
Guiao de leitura_dos_ovos_misteriosos
bibliotecap
 
Os ovos misteriosos
Os ovos misteriososOs ovos misteriosos
Os ovos misteriosos
linajesus
 
Os ovos misteriosos
Os ovos misteriososOs ovos misteriosos
Os ovos misteriosos
Bruno0027
 
A galinha dos ovos misteriosos)
A galinha dos ovos misteriosos)A galinha dos ovos misteriosos)
A galinha dos ovos misteriosos)
guestf6f50d9
 
Conto ovos.misteriosos txt.integral_ficha.completa
Conto ovos.misteriosos txt.integral_ficha.completaConto ovos.misteriosos txt.integral_ficha.completa
Conto ovos.misteriosos txt.integral_ficha.completa
Mi Like
 
Os ovos misteriosos txt.integral/fichas
Os ovos misteriosos txt.integral/fichasOs ovos misteriosos txt.integral/fichas
Os ovos misteriosos txt.integral/fichas
Mi Like
 
Os Ovos Misteriosos
Os Ovos MisteriososOs Ovos Misteriosos
Os Ovos Misteriosos
jufec
 
Ovos misteriosos
Ovos misteriososOvos misteriosos
Ovos misteriosos
Luisa1959
 
Os ovos misteriosos
Os ovos misteriososOs ovos misteriosos
Os ovos misteriosos
zmcarvalho
 
O Patinho Feio
O Patinho FeioO Patinho Feio
O Patinho Feio
guesta03b6
 

Semelhante a Os ovos misteriosos (20)

Osovosmisteriosos
Osovosmisteriosos Osovosmisteriosos
Osovosmisteriosos
 
Os ovos misteriosos
Os ovos misteriososOs ovos misteriosos
Os ovos misteriosos
 
Guiao de leitura_dos_ovos_misteriosos
Guiao de leitura_dos_ovos_misteriososGuiao de leitura_dos_ovos_misteriosos
Guiao de leitura_dos_ovos_misteriosos
 
Os ovos misteriosos
Os ovos misteriososOs ovos misteriosos
Os ovos misteriosos
 
Os ovos misteriosos
Os ovos misteriososOs ovos misteriosos
Os ovos misteriosos
 
Os ovos misteriosos
Os ovos misteriososOs ovos misteriosos
Os ovos misteriosos
 
A galinha dos ovos misteriosos)
A galinha dos ovos misteriosos)A galinha dos ovos misteriosos)
A galinha dos ovos misteriosos)
 
25418732 os-ovos-misteriosos
25418732 os-ovos-misteriosos25418732 os-ovos-misteriosos
25418732 os-ovos-misteriosos
 
25418732 os-ovos-misteriosos
25418732 os-ovos-misteriosos25418732 os-ovos-misteriosos
25418732 os-ovos-misteriosos
 
Conto ovos.misteriosos txt.integral_ficha.completa
Conto ovos.misteriosos txt.integral_ficha.completaConto ovos.misteriosos txt.integral_ficha.completa
Conto ovos.misteriosos txt.integral_ficha.completa
 
Os ovos misteriosos txt.integral/fichas
Os ovos misteriosos txt.integral/fichasOs ovos misteriosos txt.integral/fichas
Os ovos misteriosos txt.integral/fichas
 
Os Ovos Misteriosos
Os Ovos MisteriososOs Ovos Misteriosos
Os Ovos Misteriosos
 
Ovos misteriosos
Ovos misteriososOvos misteriosos
Ovos misteriosos
 
Os ovos misteriosos (Paint)
Os ovos misteriosos (Paint)Os ovos misteriosos (Paint)
Os ovos misteriosos (Paint)
 
Os ovos misteriosos
Os ovos misteriososOs ovos misteriosos
Os ovos misteriosos
 
Quase de Verdade
Quase de VerdadeQuase de Verdade
Quase de Verdade
 
Pps sítio ppd prof Rosane 2012
Pps sítio ppd prof Rosane 2012Pps sítio ppd prof Rosane 2012
Pps sítio ppd prof Rosane 2012
 
Clarice lispector quase de verdade (pdf)(rev)
Clarice lispector   quase de verdade (pdf)(rev)Clarice lispector   quase de verdade (pdf)(rev)
Clarice lispector quase de verdade (pdf)(rev)
 
O Patinho Feio
O Patinho FeioO Patinho Feio
O Patinho Feio
 
Patinho Feio
Patinho Feio Patinho Feio
Patinho Feio
 

Mais de aasf

Mais de aasf (20)

Atl associacao e amigos do pinheiral
Atl associacao e amigos do pinheiralAtl associacao e amigos do pinheiral
Atl associacao e amigos do pinheiral
 
Alice vieira
Alice vieiraAlice vieira
Alice vieira
 
Mia couto
Mia coutoMia couto
Mia couto
 
Auto retrato
Auto retratoAuto retrato
Auto retrato
 
Apresentao1alimentao
Apresentao1alimentao Apresentao1alimentao
Apresentao1alimentao
 
Oceanflag
OceanflagOceanflag
Oceanflag
 
Regresso à escola em segurança
Regresso à escola em segurançaRegresso à escola em segurança
Regresso à escola em segurança
 
Rio Guadiana
Rio GuadianaRio Guadiana
Rio Guadiana
 
Rio douro
Rio douroRio douro
Rio douro
 
Rio ave
Rio aveRio ave
Rio ave
 
A nossa nova escola maria e ana raquel
A nossa nova escola maria e ana raquelA nossa nova escola maria e ana raquel
A nossa nova escola maria e ana raquel
 
Maria natal escola
Maria natal escolaMaria natal escola
Maria natal escola
 
As castanhas da maria
As castanhas da mariaAs castanhas da maria
As castanhas da maria
 
As castanhas da maria
As castanhas da mariaAs castanhas da maria
As castanhas da maria
 
Os ossos leonor, anabela e rebeca (1)
Os ossos leonor, anabela e rebeca (1)Os ossos leonor, anabela e rebeca (1)
Os ossos leonor, anabela e rebeca (1)
 
Pele
PelePele
Pele
 
Os ossos do corpo humano ana raquel
Os ossos do corpo humano ana raquelOs ossos do corpo humano ana raquel
Os ossos do corpo humano ana raquel
 
Recordações camila
Recordações camilaRecordações camila
Recordações camila
 
Recordações do ano letivo maria
Recordações do ano letivo mariaRecordações do ano letivo maria
Recordações do ano letivo maria
 
Caminhada até ao parque das taipas ana r
Caminhada até ao parque das taipas ana rCaminhada até ao parque das taipas ana r
Caminhada até ao parque das taipas ana r
 

Os ovos misteriosos

  • 2. Era uma vez uma galinha que todos os dias punha um ovo. E todos os dias vinha a dona, com uma cestinha tirar-lho.
  • 3. - Já pus 1000 ovos. Podia ser mãe de mil filhos. Mas não tenho nenhum por causa da gente gulosa. Vou fugir!
  • 4. Quando a dona abriu a porta para entrar na capoeira, ela fugiu para a mata. Fez um ninho muito bonito e pôs um ovo muito branquinho.
  • 5. A galinha saiu do ninho para comer. Quando voltou, qual não foi o seu espanto ao ver o ninho cheio de ovos de todos os tamanhos e feitios.
  • 6. -Na minha capoeira tiravam- me os ovos, aqui oferecem-mos. Mas que sorte. A galinha aninhou-se e ficou a chocar os ovos. Daí por diante, mal saia do choco.
  • 7. O tempo foi passando. Até que o primeiro ovo estalou. Ai, mas que filho Eu até desmaio! Em vez de ser pinto É um papagaio.
  • 8. No dia seguinte outro ovo se abriu. Ai, mas que filho Como ele é diferente! Em vez de ser pinto É uma serpente.
  • 9. Nessa mesma tarde, o maior de todos os ovos partiu-se ao meio. Ai, mas que filho Este é de truz! Em vez de ser pinto É uma avestruz.
  • 10. A galinha ia caindo para o lado quando viu o próximo a nascer. Ai, mas que filho Deve vir do Nilo! Em vez de ser pinto É um crocodilo.
  • 11. A galinha ia caindo para o lado quando viu o próximo a nascer. Ai, mas que filho Diz o meu instinto! Que este finalmente É mesmo um pinto.
  • 12. As amigas diziam à mãe galinha para ela só tratar do pinto e não ligar aos outros bichos. Mas como podia ela abandoná-los depois de os ter chocado com tanto amor? Que outra mãe havia de tratar deles?
  • 13. Era feliz mas vivia num desassossego. O papagaio voava para as árvores e ela não sabia voar.
  • 15. A serpente metia-se por todos os buracos e ela era gorda demais para a poder ir buscar.
  • 16. A avestruz, essa, devorava tudo, não havia comida que lhe chegasse.
  • 17. Só o pinto, naturalmente, se portava como um pinto.
  • 18. Mas ela de todos gostava. De todos cuidava.
  • 19. Coçava a serpente quando ela tinha cócegas, porque à pobrezinha faltavam as patas.
  • 20. Enrouquecia de tanto tagarelar com o papagaio, que queria sempre conversa.
  • 21. Cansava-se a carregar petiscos para a comilona da avestruz.
  • 22. Esgravatava o chão em busca de sementes para o pinto.
  • 23. E nos intervalos lavava as dentuças do crocodilo.
  • 24. Tudo parecia correr bem até que apareceu no bosque um rapaz. Que belo frango! Vou assá-lo para o jantar.
  • 25. Cocorococó! A mãe galinha refilou.... o que na sua língua quer dizer “Não lhe toques, senão pico-te”.
  • 26. A serpente, ao ver o que se passava, pôs-se à sua frente a assobiar, mostrando os dentes de veneno. O rapaz atirou-se ao lago para lhe escapar.
  • 27. Foi a vez do crocodilo avançar de boca aberta. Ai, que este me come!
  • 29. O rapaz pensou que era a polícia. Logo atrás de si começou a ouvir passos, primeiro distantes, depois cada vez mais próximos. Era a avestruz. Pensando que um polícia o perseguia, largou a ave e só parou na aldeia.
  • 30. Às costas da irmã avestruz, o frango voltou para casa. Para festejar, a galinha juntou todos os filhos e fez-lhes um bolo com vários andares.
  • 31. Outro, ratos para a serpente. Outro, fruta para o papagaio. Outro, peixe para o crocodilo. Um tinha milho para o frango. E por cima, a enfeitar, sete berlindes, um martelo e vinte pregos, porque a avestruz só gostava de pitéus extravagantes.
  • 32. Depois do jantar, os filhos fizeram uma roda à volta da galinha e puseram-se a cantar: Somos todos irmãos, Somos todos diferentes: Há uns que têm bico, Outros que têm dentes, Há uns que têm escamas, Outros que têm asas, Na terra e na água Fazemos nossas casas. Eu só tenho pescoço. Eu voo pelo ar. Eu nado a quatro patas. Eu cá gosto de andar. Somos todos diferentes, Mas todos queremos bem À boa da galinha Que é a nossa mãe.
  • 33. Fim