Educacao ambiental

1.197 visualizações

Publicada em

0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.197
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
194
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
12
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Educacao ambiental

  1. 1. EDUCAÇÃO AMBIENTAL E SAÚDE
  2. 2. ATLAS SOCIOAMBIENTAL - UM RETRATO DA BACIA HIDROGRÁFICA DOSRIOS SOROCABA E MÉDIO TIETÊ – 2009Parceria 5 Elementos e Diretoria de EnsinoO Atlas é uma ferramenta para a gestão e conservação dos recursos hídricos deforma participativa na região da bacia hidrográfica dos rios Sorocaba e Médio Tietê.Neste projeto estabelecemos uma importante parceria com a rede de Mapas verdes,o Green Map System (GMS), uma estrutura localmente adaptável e globalmentecompartilhada para a elaboração de mapas ambientais. Desta forma nossos mapastemáticos se articulam com esta ferramenta e trazem uma nova visão sobre a regiãoda Bacia Hidrográfica dos Rios Sorocaba e Médio Tietê.Descritivo: 40 páginas em papel reciclado formato A3, fotos, gráficos e mapas emquatro cores.Doação: o Instituto 5 Elementos doará esta publicação.
  3. 3. SOS MATA ATLÂNTICA PARCERIA SOS MATA ATLÂNTICA E DIRETORIA DE ENSINO O Centro de Experimentos Florestais está instalado em Itu Com o objetivo de expandir as ações ambientais e incentivar a recuperação dos recursos naturais e as matas ciliares na região, a SOS Mata Atlântica fundou no ano de 2007, com apoio do grupo Schincariol, o Centro de Experimentos Florestais, localizado no km 118 da rodovia Marechal Rondon, em Itu. A Fazenda São Luiz, antiga área produtora de café com 526 hectares, foi cedida pelo Grupo Schincariol em comodato, por 20 anos, à SOS Mata Atlântica. Os visitantes poderão conhecer as instalações, o viveiro, o cultivo de mudas nativas da Mata Atlântica e os demais projetos de restauração florestal que são desenvolvidos pela ONG.• Vídeos;• SOS projetos;• Viveiro (etapa para montagem);• Trilha;• Centro de interpretações (atividades Lúdicas);• Monitores e educadores ambientais;• Kit para o professor;• Kit para os alunos• Condução gratuita, uma vez por semana em períodoadverso.
  4. 4. Médio Tietê luta contra• barragens Estrada Parque, inserida em As corredeiras do Vale do Rio Tietê e trechos da unidades de conservação paulistas, podem desaparecer com a implantação de mais duas barragens entre Itu e Cabreúva.• O Projeto que prevê a implantação de Pequenas Centrais Hidroelétricas - PCH, foi entregue ao Comitê de Bacias Hidrográficas dos Rios Sorocaba e Médio Tietê para manifestação dos órgãos técnicos e da sociedade da região. Se forem implantadas essas hidroelétricas formarão reservatórios que mudarão completamente a dinâmica das águas do rio Tietê, transformando as corredeiras em um grande lago de água poluída.• Um dos reservatórios cobrirá parte da Rodovia dos Romeiros, construída em 1920 por Washington Luis e transformada em Estrada Parque em 1986, além de inundar patrimônios geológicos, arquitetônicos e naturais e por fim a tradição cultural e religiosa das romarias que reúnem anualmente milhares de fieis e devotos que rumam a Pirapora de Bom Jesus, a pé, em cavalos ou em bicicletas. Região que é especialmente protegida pelo artigo 196 da Constituição do Estado de São Paulo• As Pequenas Centrais Hidroelétricas - PCH podem inundar 120 hectares de Mata Atlântica, que reúnem espécies como o Jequitibá Rosa símbolo da unidade de conservação, e trechos da Estrada Parque. http://www6.cptec.inpe.br/~grupoweb/Educacional/MACA_MAG/
  5. 5. SUGESTÕES DE PROJETOS 2010 RELACIONADO A EDUCAÇÃO AMBIENTAL• AGENTES SOCIAMBIENTAIS;• ÁGUA (recursos hídricos, reuso da água, poluição das águas de córregos e rios do entorno da escola/município, saneamento básico);• BACIAS HIDROGRÁFICAS (SMT – RIO SOROCABA E MÉDIO TIETÊ);• COLETA SELETIV A - (redução, reutilização e reciclagem de materiais);• FLORESTAS (porque preservá-las?,reflorestamento);• HORTA;• CONSUMO CONSCIENTE;• SUSTENTABILIDADE;• AGENDA AMBIENTAL ESCOLAR;• FOGO (prevenção, efeitos negativos ao meio ambiente);• AGROTÓXICOS (riscos para a saúde, danos ambientais);• CAÇA ILEGAL (Respeito aos animais silvestres e domésticos);• AGENDA 21; DÉCADA INTERNACIONAL PARA DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL; ANO INTERNACIONAL DA BIODIVERSIDADE, ANO INTERNACIONAL DA ÁGUA LIMPA PARA UM MUNDO SAUDÁVEL.
  6. 6. SAÚDE• EPIDEMIAS E ENDEMIAS; DOENÇAS: AIDS, DST´s, HPV, gripe Influenza H1N1, hanseníase, dengue, tuberculose, malária, leishmaniose (úlcera de bauru), esquistossomose, ancilostomíase (febre amarela), dengue, tracoma, doença de chagas, peste, filariose (elefantíase), esquistossomose (barriga d’água), Ascaridíase ( lombriga), teníase (solitária)e bócio.);• ALIMENTAÇÃO SAUDÁVEL (diabetes, anorexía, bulimia, vigorexia – transtornos alimentares, anemias e deficiências na alimentação);• SAÚDE BUCAL. PREVENÇÃO TAMBÉM SE ENSINA:• GRAVIDEZ NA ADOLESCÊNCIA;• RELAÇÕES DE GÊNEROS;• DST´s/AIDS.
  7. 7. PROJETOS ESCOLARES A proposta de se trabalhar com projetos é justamente a de proporcionar um ambiente favorável ao saber. Por isso propomos que os temas sejam escolhidosjuntamente com os alunos, para que esses sintam-se valorizados em suas opiniõese que tenham prazer em estudar e pesquisar aquilo que “querem” e, principalmente, percebam que a sala de aula não é o lugar onde deve-se engolir os conteúdos passados pelos professores, mas um espaço aberto de trocas de conhecimento. Os temas da atualidade se tornam mais interessantes para as séries do ensino fundamental, como aquecimento global, poluição, preservação do meio ambiente,biocombustível, dentre vários outros. Já os conteúdos antigos, como os de história, podem ser resgatados e comparados ao mundo moderno. É importante que o professor promova espaços para pesquisas, discussões emgrupo, montagem de painéis referente aos temas, maquetes, enfim, tudo aquilo que se tornar centro de interesse dos alunos, podendo aprofundar o estudo e oconhecimento a cada dia. E que esses materiais sejam acumulados podendo tornar- se ponto de culminância do estudo, em uma feira ou mostra científico-cultural. Com certeza, com essa abertura, o sucesso acontecerá, pois um grupoativo, motivado e envolvido produz muito mais do que os acostumados à passividade.
  8. 8. Sugestões de sites, bibliográficas e parceiros:PARÂMETROS CURRICULARES NACIONAIS (PCN´s) - MEIO AMBIENTE e SAÚDE.GIL-PÉREZ, Daniel. Formação de professores de Ciências: tendências e inovações. São Paulo: Cortez, 1993.SANTOS, Boaventura de Sousa, Discurso sobre as Ciências. São Paulo: Cortez,2003.SOS MATA ATLÂNTICAhttp://www.sosmatatlantica.org.br/INEVAThttp://www.itu.com.br/conteudo/detalhe.asp?cod_conteudo=13081COMAREIhttp://www.itu.com.br/hotsite/default.asp?id=81SECRETARIA DO MEIO AMBIENTE DO ESTADO DE SÃO PAULOhttp://www.ambiente.sp.gov.br/CRIANÇA ECOLÓGICAhttp://www.criancaecologica.sp.gov.br/http://www.cetesb.sp.gov.br/Agua/rios/informacoes.aspMUNICÍPIO VERDEhttp://www.ambiente.sp.gov.br/municipioverde/CÓDIGO FLORESTAL BRASILEIROLEI N.º 4.771, DE 15 DE SETEMBRO DE 1965(Atualizado até as mudanças feitas pela medida provisória n.º 2.166/001)
  9. 9. Educação ambiental através da visão integral de Bacia Hidrográfica - Programa Educar :http://educar.sc.usp.br/biologia/principal.htmlPor meio das diversas bacias hidrográficas brasileiras, este site traz informações sobre ocupações de áreas protegidas, escassez de áreasverdes, problemas locais como lixo, esgoto, poluição, entre outros temas. Clicando em Centros Participantes, surge o mapa do Brasil comindicação das regiões estudadas e das escolas envolvidas neste programa. Em Material de Apoio, encontram-se textos descrevendoatividades para serem aplicadas a alunos do Ensino Fundamental. Sabesphttp://www.sabesp.com.brApresenta a história e as ações da empresa, assim como legislação voltada ao meio ambiente, água e saneamento, seus projetos atuais(Tietê, Viverista, Reservatórios Culturais, entre outros) e um espaço para alunos e professores dos Ensinos Fundamental e Médio (SabespEnsina), onde há sugestões de atividades que podem ser realizadas em aula.http://www.ecologiaurbana.com.br/sustentabilidade/como-garantir-sustentabilidade-ambiental/ ECOLOGIA URBANA – O caminho para umaSociedade SustentávelINSTITUIÇÕES GOVERNAMENTAIS:www.rededosaber.sp.gov.brwww.ambiente.sp.gov.brwww.saude.sp.gov.brwww.mec.gov.brwww.mma.gov.brhttp://www.gvidade.net/ - blog Qualidade de Vida Governo Estadualhttp://www.igovsp.net/ - blog da Inovação Governo do Estadohttp://aprev-escola.blogspot.com – blog do Projeto Ações Preventivas na Escola
  10. 10. ONGs:www.planetasustentavel.com.brwww.planetanoparque.com.brwww.ecoar.org.brwww.unesco.org.brwww.neomundo.orgwww.bioclimatico.com.brEMPRESAS:www.horizontegeografico.com.brwww.sabesp.com.brhttp://cienciadiaria.com.brSAÚDE:www.educacao.sp.gov.brhttp://cenp.edunet.sp.gov.brwww.crmariocovas.sp.gov.brhttp://portal.saude.gov.br/saude/www.sucen.sp.gov.br/www.crt.saude.sp.gov.br/
  11. 11. DIRETORIA DE ENSINO DE ITU OFICINA PEDAGÓGICA DE ITU Supervisora de Ensino Josimarie Júlio PCOP de Ciências Déborah C.M. Zilli PCOP de Biologia Carlos A. de Camargo

×