PSICOLOGIAPSICOLOGIA
OBJECTO
O que estuda ? Como estuda ?
MÉTODO
Wundt e a consciênciaWundt e a consciência
Objecto da psicologia:
estados de consciênciaestados de consciência
Método:
int...
Método Introspectivo
Método da observação da consciência
pela própria pessoa.
Auto-observação.
Observação interior.
Prime...
Não é aplicável no domínio da Psicologia
Infantil, da Psicopatologia e da Psicologia
animal.
Não é aplicável a fenóme-
nos...
O facto de tomar consciência de um
fenómeno psicológico pode alterá-lo.
A auto-observação não pode ser controlada
por outr...
A mobilidade dos estados da consciência
dificulta a observação; só se observa um
fenómeno psíquico depois de ele ter
acont...
Watson e o comportamento
- pai da psicologia
científica: demarca-se da
psicologia tradicional
Objecto:
Comport ament o
obs...
Noção de compor t ament o
Comport ament o:
conjunto de respostas objectivamente
observáveis;
determinado por um conjunto...
Apreciação crítica
Concepção limitada e simplista do
comportamento
- muitas condutas ficam por explicar;
- perante uma mes...
Variáveis dependentesVariáveis dependentes
é o que o investigador
pretende analisar
Variáveis independentesVariáveis indep...
Método Experimental
Grupos
Experimentais
é aquele que é sujeito
às mudanças da(s)
variável(eis) indepen-
dente(s).
Grupos
...
Todos os indivíduos
que pertencem a um
dado grupo
Amostra Significativa
É uma parte seleccionada daÉ uma parte seleccionada da
população a estudar.população a estudar.
Refl...
Fases do Método
Hipótese Prévia
Experimentação
Generalização dos resultados
1ª Hipótese prévia
O investigador emite hipótese(s).
Orienta a observação e determina
as técnicas a utilizar.
2ª Experimentação
Conjunto de observações realizadas
em condições controladas com o
objectivo de testar a validade da
hipó...
O controlo experimental
Ao planear a sua investigação, o
psicólogo vai procurar controlar todas
as variáveis que o possam ...
Variáveis externas, estranhas ou
parasitas
O experimentador procura eliminar,
neutralizar ou controlar a sua influência.
N...
3ª Generalização dos
resultados
O investigador generaliza o que
verificou num número limitado
de indivíduos (a amostra) a ...
Em Laboratório Em Contexto
Ecológico
Limitações da aplicaçãoLimitações da aplicação
do método experimentaldo método experimental
em psicologiaem psicologia
Lim...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Psicologia 12º perspectivas históricas

1.672 visualizações

Publicada em

objecto, método e perspectivas na Psicologia

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.672
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
12
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
46
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Psicologia 12º perspectivas históricas

  1. 1. PSICOLOGIAPSICOLOGIA OBJECTO O que estuda ? Como estuda ? MÉTODO
  2. 2. Wundt e a consciênciaWundt e a consciência Objecto da psicologia: estados de consciênciaestados de consciência Método: introspecção controladaintrospecção controlada
  3. 3. Método Introspectivo Método da observação da consciência pela própria pessoa. Auto-observação. Observação interior. Primeiro método usado em psicologia.
  4. 4. Não é aplicável no domínio da Psicologia Infantil, da Psicopatologia e da Psicologia animal. Não é aplicável a fenóme- nos inconscientes. Não é aplicável a fenóme- nos de natureza fisiológica.
  5. 5. O facto de tomar consciência de um fenómeno psicológico pode alterá-lo. A auto-observação não pode ser controlada por outro observador. Existe dificuldade em analisar fenómenos psicológicos que se sucedem rapidamente. Diferentes pessoas descrevem de forma diferente o mesmo fenómeno psicológico.
  6. 6. A mobilidade dos estados da consciência dificulta a observação; só se observa um fenómeno psíquico depois de ele ter acontecido. Introspecção = Retrospecção. Os dados da introspecção só podem ser comunicados através da linguagem. Muitas vezes, o sujeito tem dificuldade em exprimir por palavras o que sente.
  7. 7. Watson e o comportamento - pai da psicologia científica: demarca-se da psicologia tradicional Objecto: Comport ament o observável Método: Mét odo experiment al
  8. 8. Noção de compor t ament o Comport ament o: conjunto de respostas objectivamente observáveis; determinado por um conjunto complexo de estímulos (situação) R = f (S) Estímulo Resposta
  9. 9. Apreciação crítica Concepção limitada e simplista do comportamento - muitas condutas ficam por explicar; - perante uma mesma situação podem surgir respostas diferentes; - o mesmo sujeito, perante a mesma situação, pode, em momentos diferentes, comportar-se de forma distinta; - situações diferentes podem desencadear o mesmo tipo de resposta;
  10. 10. Variáveis dependentesVariáveis dependentes é o que o investigador pretende analisar Variáveis independentesVariáveis independentes são os factores, as condições experimentais que são manipuladas, modificadas pelo investigador Variáveis ExternasVariáveis Externas condições ou variáveis que o experimentador não considerou na hipótese que enunciou, mas que afectam o resultado da sua experiência.
  11. 11. Método Experimental Grupos Experimentais é aquele que é sujeito às mudanças da(s) variável(eis) indepen- dente(s). Grupos Testemunha experimenta as mesmas condições do grupo experimental, excepto na variação da variável independente.
  12. 12. Todos os indivíduos que pertencem a um dado grupo
  13. 13. Amostra Significativa É uma parte seleccionada daÉ uma parte seleccionada da população a estudar.população a estudar. Reflecte as características dessaReflecte as características dessa população.população.
  14. 14. Fases do Método Hipótese Prévia Experimentação Generalização dos resultados
  15. 15. 1ª Hipótese prévia O investigador emite hipótese(s). Orienta a observação e determina as técnicas a utilizar.
  16. 16. 2ª Experimentação Conjunto de observações realizadas em condições controladas com o objectivo de testar a validade da hipótese. O investigador vai controlar e manipular as variáveis.
  17. 17. O controlo experimental Ao planear a sua investigação, o psicólogo vai procurar controlar todas as variáveis que o possam impedir de testar se a variável independente influencia efectivamente a variável dependente. Variáveis externas, estranhas ouVariáveis externas, estranhas ou parasitasparasitas.
  18. 18. Variáveis externas, estranhas ou parasitas O experimentador procura eliminar, neutralizar ou controlar a sua influência. No caso de não ser possível eliminar o seu efeito, o psicólogo deverá determinar a sua influência.
  19. 19. 3ª Generalização dos resultados O investigador generaliza o que verificou num número limitado de indivíduos (a amostra) a toda a população a que se refere a investigação.
  20. 20. Em Laboratório Em Contexto Ecológico
  21. 21. Limitações da aplicaçãoLimitações da aplicação do método experimentaldo método experimental em psicologiaem psicologia Limitações metodológicas;Limitações metodológicas; Questões éticas;Questões éticas;

×