SlideShare uma empresa Scribd logo
SÍNDROMES DEMENCIAIS
Os distúrbios de memória e de comportamento podem fazer parte da fase inicial de quadros demenciais
progressivos que incidem preferencialmente após a 7a
década, cabendo muitas vezes ao médico a difícil tarefa de
diferenciar envelhecimento natural ou fase inicial de síndrome demencial. O principal fundamento clinico da sindrome
demencial é odisturbiode memória - recente e remota com nível de conscienciapreservado .Segundocritériosdo DSM-
IV Diagnosticandstatistical manual of mental disorders - American Psychiatric Association é obrigatório a associação do
déficit de memória com pelo menos 1 destes 4 distúrbios :
(1) alteração do pensamento abstrato ( incapacidade de encontrar semelhanças e diferenças entre palavras ou
definir conceitos)
(2) alteração do juizo critico
(3) outros distúrbios corticais como afasia, apraxia, agnosia
(4) alterações de personalidade , com acentuação de traços pré-mórbidos
A demência é uma síndrome decorrente de comprometimento adquirido e persistente das funções mentais em
pelo menos 3 das seguintes áreas comportamentais :
1. Memória
2. Linguagem
3. Destreza visuo- espacial ( apraxias e agnosias )
4. Personalidade ou humor
5.Cognição (incluindo juízo, cálculo, pensamento abstrato e funções executivas )
DOENÇA DE ALZHEIMER
É a causa mais comum de demência, acometendo 5-10% pctes acima de 65 anos e 10-40% acima de 85 anos. Os
principais fatores de risco são a Idade Avançada (> 65 anos) e a História Familiar positiva.
Fisiopatologia= temos demência do tipo cortical (atrofia cortical). A degeneração neuronal é decorrente do acúmulo de
placas senis amilóides no interstício e de novelos neurofibrilares no citoplasma dos neurônios.
O que é demência? É quando temos perda de funções cerebrais cognitivas, ou seja, importantes para o aprendizado e
realização de tarefaz (memória anterógrada, linguagem, reconhecimento-gnosis, destreza-praxis...). O diagnóstico da
etiologia da demência degenerativa depende do Tempo de evolução e da Ordem que as funções cognitivas vão sendo
perdidas.
Quadro clínico= A Doença de Alzheimer caracteriza-se clinicamente por sindrome amnésico-afásico-apráxica-
agnósica, iniciada após 40 anos (formas pré-senis) porém com pico de maior incidência após 75 anos (formas senis). é
uma síndrome demencial de evolução incidiosa, de vários anos (este tipo de evolução é fundamental para caracterizar a
doença!) Nos primeiros anos da enfermidade o exame neurológico é normal, exceto pelo evidente comprometimento
cognitivo. Na doença Inicia-se com amnésia anterógrada e perda do senso geográfico. Segue-se de apraxia ideomotora
(incapacidade de repetir e executar gestos) e contrucional (incapacidade de operar instrumentos, se vestir, comer...),
diversos graus de afasia, acalculia e graus variados de agnosia (perda do reconhecimento sensorial). A anosognosia é a
incapacidade de reconhecer a própria doença. Em fases mais avançadas, temos déficit cognitivo grave, apatia e
incapacidade de deambulação, e passam a ser detectados reflexos primitivos como de sucção, preensão e alterações
progressivas do tonus alterando postura e marcha, que culminam por incapacitar o paciente, tornando-o grabatário,
restritoao leito,inteiramentedependentede terceiros e com incontinência urinária e fecal (gatismo ). A d. De Alzhemier
não irá cursar com distúrbios motores, salvo nas fases finais da doença, diferentemente da Demência Vascular.
Diagnóstico= é feitopeloquadroclínicoe pelaexclusãode otrascausasde demência.Logo,deve-se solicitarTC de crânio e
exame de sangue paraexlcuir outras causas. Na D. Alzheimer a TC e RNMpodem ser normais ou mostrar atrofia cerebral,
predominando nos lobos parietal, temporal e hipocampo.
Tto= é incurável. É baseado no uso de Inibidores de Colinesterase e no tto sintomático. Podemos usar tb antioxidantes
(Vitamina E e Seleginina) e Memantina (antagonista do receptor do glutamato).
OUTRAS
Demência vascular= evolução mais rápida e manifesta-se com síndrome piramidal e extrapiramidal precoces e graus
variados de afasia , predominantemente motora (após cada infarto cerebral se instala de maneira agura um novo déficit
neuropsiquiátrico). O quadro clínico se caracteriza por lentidão cognitiva, esquecimentos e alteração da atenção e
concentração e é determinado pelo efeito cumulativo de infartos cerebrais com déficits neurológicos como hemiplegia,
afasia, apraxia, amnésia, negligência e distúrbios na performance visuo-motora e visuo-espacial. A principal síndrome
clinica é a demência de múltiplos infartos cuja gravidade dependerá da localização, natureza e cronicidade das lesões
isquêmicas cerebrais.
Demência fronto temporal= na fase inicial da doença incluem mudanças proeminentes de personalidade e graves
alterações comportamentais com menor comprometimento da memória. Frequentemente DFT é confundida
erroneamente comdoençapsiquiátricade inicio tardio considerando as frequentes alterações no comportamento social,
desinibição sexual, impulsividade, desatenção, comportamento oral com compulsão alimentar, comportamento
estereotipado e redução na linguagem com estereotipia e ecolalia. O exame neurológico revela liberação dos reflexos
primitivos(reflexo de preensão forçada, sucção e abocanhamento e reflexo da glabela). Cerca da metade dos indivíduos
tem historia de demência em parentes do primeiro grau.
DEMÊNCIA DE ALZHEIMER:
* Inicio insidioso e curso lentamente progressivo de
sindrome amnesico-afasico-apraxico-agnósica
** Sem sinais neurológicos focais
(motores,sensitivos,visuais ou de coordenação ) exceto
na fase terminal
*** Exclusão de todas as outras formas de demência
atrávés da história, exame físico e investigação
complementar
DEMÊNCIA DE MÚLTIPLOS INFARTOS
* Curso evolutivo "em degraus "com distribuição
"localizada "de deficits precocemente
**Sinais neurológicos focais
(motores,sensitivos,de coordenação,visuais) associados
*** Evidência na história, exame físico, e testes
laboratoriaisde doençacerebrovascular,a qual se atribui
correlacào etiologica com a sindrome demencial
Demência com corpúsculos de LEWY (DCL) = corresponde a 10-15% dos casos de demência degenerativa do idoso e
caracteriza-se por alterações flutuantes da cognição, associadas a alucinações visuais e parkinsonismo. Outros dados
importantes são a alta sensibilidade destes pacientes a neurolépticos, alterações do sono e depressão. É importante
assinalarque diante de paciente idososcomsíndrome demencial e parkinsonismooutrascondiçõesdevemserdescartadas
como demência de múltiplos infartos, hidrocefalia de pressão normal e Parkinson-plus.
HIDROCEFALIA DE PRESSÃO “NORMAL” = caracteriza-se pela associação de alterações cognitivas, apraxia de marcha e
incontinência urinária. A confirmação do diagnóstico é por neuroimagem (TCC) que demonstra dilatação simétrica do
sistema ventricular sem atrofia cortical. Na RM de crânio é possível identiicar hiperfluxo liquórico no aqueduto do
mesencéfalo.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Doença de Alzheimer
Doença de AlzheimerDoença de Alzheimer
Doença de Alzheimer
Dr. Rafael Higashi
 
Síndromes Demenciais - Profa. Rilva Muñoz - GESME
Síndromes Demenciais - Profa. Rilva Muñoz - GESMESíndromes Demenciais - Profa. Rilva Muñoz - GESME
Síndromes Demenciais - Profa. Rilva Muñoz - GESME
Rilva Lopes de Sousa Muñoz
 
Demências diagnótico & tratamento
Demências diagnótico & tratamentoDemências diagnótico & tratamento
Demências diagnótico & tratamento
Rubens De Fraga Junior
 
Doença de alzheimer
Doença de alzheimerDoença de alzheimer
Doença de alzheimer
Filipe Leal
 
Alzheimer
AlzheimerAlzheimer
Alzheimer
locasqueiros
 
Doença de alzheimer
Doença de alzheimerDoença de alzheimer
Doença de alzheimer
Anderson Santana
 
DEMENCIAS E ALZHEIMER DIAGNÓSTICO E TRATAMENTO
DEMENCIAS E ALZHEIMER DIAGNÓSTICO E TRATAMENTODEMENCIAS E ALZHEIMER DIAGNÓSTICO E TRATAMENTO
DEMENCIAS E ALZHEIMER DIAGNÓSTICO E TRATAMENTO
Rubens Junior
 
Doença de Alzheimer
Doença de AlzheimerDoença de Alzheimer
Doença de Alzheimer
Welisson Porto
 
Trabalho de alzheimer
Trabalho de alzheimerTrabalho de alzheimer
Trabalho de alzheimer
Zilda Souza
 
Doença de Alzheimer
Doença de AlzheimerDoença de Alzheimer
Doença de Alzheimer
Andressa Macena
 
Alzheimer.finalpptx
Alzheimer.finalpptxAlzheimer.finalpptx
Alzheimer.finalpptx
Neurodegenerativas
 
Mal de alzheimer
Mal de alzheimerMal de alzheimer
Mal de alzheimer
Bruna M
 
Alzheimer
AlzheimerAlzheimer
1193433844 alzheimer
1193433844 alzheimer1193433844 alzheimer
1193433844 alzheimer
Pelo Siro
 
Demência
DemênciaDemência
Demência
Helena13dias
 
Alzheimer - Uma Abordagem Humanizada
Alzheimer - Uma Abordagem HumanizadaAlzheimer - Uma Abordagem Humanizada
Alzheimer - Uma Abordagem Humanizada
Enfº Ícaro Araújo
 
Alzheimer
Alzheimer Alzheimer
Alzheimer
KarolaineSantos
 
Alzheimer terapias complementares
Alzheimer terapias complementaresAlzheimer terapias complementares
Alzheimer terapias complementares
Luciana Mateus
 
Doença de de parkinson
Doença de de parkinsonDoença de de parkinson
Doença de de parkinson
Isadora Oliveira
 
Demência
DemênciaDemência

Mais procurados (20)

Doença de Alzheimer
Doença de AlzheimerDoença de Alzheimer
Doença de Alzheimer
 
Síndromes Demenciais - Profa. Rilva Muñoz - GESME
Síndromes Demenciais - Profa. Rilva Muñoz - GESMESíndromes Demenciais - Profa. Rilva Muñoz - GESME
Síndromes Demenciais - Profa. Rilva Muñoz - GESME
 
Demências diagnótico & tratamento
Demências diagnótico & tratamentoDemências diagnótico & tratamento
Demências diagnótico & tratamento
 
Doença de alzheimer
Doença de alzheimerDoença de alzheimer
Doença de alzheimer
 
Alzheimer
AlzheimerAlzheimer
Alzheimer
 
Doença de alzheimer
Doença de alzheimerDoença de alzheimer
Doença de alzheimer
 
DEMENCIAS E ALZHEIMER DIAGNÓSTICO E TRATAMENTO
DEMENCIAS E ALZHEIMER DIAGNÓSTICO E TRATAMENTODEMENCIAS E ALZHEIMER DIAGNÓSTICO E TRATAMENTO
DEMENCIAS E ALZHEIMER DIAGNÓSTICO E TRATAMENTO
 
Doença de Alzheimer
Doença de AlzheimerDoença de Alzheimer
Doença de Alzheimer
 
Trabalho de alzheimer
Trabalho de alzheimerTrabalho de alzheimer
Trabalho de alzheimer
 
Doença de Alzheimer
Doença de AlzheimerDoença de Alzheimer
Doença de Alzheimer
 
Alzheimer.finalpptx
Alzheimer.finalpptxAlzheimer.finalpptx
Alzheimer.finalpptx
 
Mal de alzheimer
Mal de alzheimerMal de alzheimer
Mal de alzheimer
 
Alzheimer
AlzheimerAlzheimer
Alzheimer
 
1193433844 alzheimer
1193433844 alzheimer1193433844 alzheimer
1193433844 alzheimer
 
Demência
DemênciaDemência
Demência
 
Alzheimer - Uma Abordagem Humanizada
Alzheimer - Uma Abordagem HumanizadaAlzheimer - Uma Abordagem Humanizada
Alzheimer - Uma Abordagem Humanizada
 
Alzheimer
Alzheimer Alzheimer
Alzheimer
 
Alzheimer terapias complementares
Alzheimer terapias complementaresAlzheimer terapias complementares
Alzheimer terapias complementares
 
Doença de de parkinson
Doença de de parkinsonDoença de de parkinson
Doença de de parkinson
 
Demência
DemênciaDemência
Demência
 

Semelhante a Síndromes demênciais

mapa sindromes demenciais nos idosos.pdf
mapa sindromes demenciais nos idosos.pdfmapa sindromes demenciais nos idosos.pdf
mapa sindromes demenciais nos idosos.pdf
maia20piaui
 
PSICOPATOLOGIA II: Aula 03 (CID-10 – F00 a F09)
PSICOPATOLOGIA II: Aula 03 (CID-10 – F00 a F09)PSICOPATOLOGIA II: Aula 03 (CID-10 – F00 a F09)
PSICOPATOLOGIA II: Aula 03 (CID-10 – F00 a F09)
Alexandre Simoes
 
Apresentação
ApresentaçãoApresentação
Apresentação
Mariana Graboski Dias
 
OSTEOPOROSE - QUEDA -PRINCIPAIS SIND - EXATO.pptx
OSTEOPOROSE - QUEDA -PRINCIPAIS SIND - EXATO.pptxOSTEOPOROSE - QUEDA -PRINCIPAIS SIND - EXATO.pptx
OSTEOPOROSE - QUEDA -PRINCIPAIS SIND - EXATO.pptx
VivianePereira485260
 
AULA TRANSTORNOS DEMÊNCIAS NEUROAQNATOMOFISOLOGIA.pptx
AULA TRANSTORNOS DEMÊNCIAS NEUROAQNATOMOFISOLOGIA.pptxAULA TRANSTORNOS DEMÊNCIAS NEUROAQNATOMOFISOLOGIA.pptx
AULA TRANSTORNOS DEMÊNCIAS NEUROAQNATOMOFISOLOGIA.pptx
ssuser583eba
 
Projeto famec criativa
Projeto famec criativaProjeto famec criativa
Projeto famec criativa
GraziSantos13
 
Alzheimer grupo 1.docx
Alzheimer grupo 1.docxAlzheimer grupo 1.docx
Alzheimer grupo 1.docx
IsabelCristinaAlmeid5
 
Seminário alzheimer.
Seminário alzheimer.Seminário alzheimer.
Seminário alzheimer.
Solange Leite
 
Demência: Alzheimer & Parkinson
Demência: Alzheimer & ParkinsonDemência: Alzheimer & Parkinson
Demência: Alzheimer & Parkinson
Helena13dias
 
Doença de Alzheimer
Doença de AlzheimerDoença de Alzheimer
Doença de Alzheimer
DNAses
 
Transtornos mentais orgânicos
Transtornos mentais orgânicosTranstornos mentais orgânicos
Transtornos mentais orgânicos
Aroldo Gavioli
 
Doença de Alzheimer
Doença de AlzheimerDoença de Alzheimer
Doença de Alzheimer
Tatiane Ghisi Mendes
 
Doenças Neurológicas
Doenças NeurológicasDoenças Neurológicas
Doenças Neurológicas
Fábio Simões
 
04 Afecções Do Sistema Neurologico.pdf
04 Afecções Do Sistema Neurologico.pdf04 Afecções Do Sistema Neurologico.pdf
04 Afecções Do Sistema Neurologico.pdf
GustavoWallaceAlvesd
 
Alzheimer atualizado
Alzheimer atualizadoAlzheimer atualizado
Alzheimer atualizado
Misterios10
 
Ng3-Doença de Alzheimer
Ng3-Doença de AlzheimerNg3-Doença de Alzheimer
Ng3-Doença de Alzheimer
AT
 
SÍNDROMES GERIÁTRICAS geriatria e gerontologia .pptx
SÍNDROMES GERIÁTRICAS geriatria e gerontologia .pptxSÍNDROMES GERIÁTRICAS geriatria e gerontologia .pptx
SÍNDROMES GERIÁTRICAS geriatria e gerontologia .pptx
kathleenrichardanton
 
Sinais e sintomas em neurologia
Sinais e sintomas em neurologiaSinais e sintomas em neurologia
Sinais e sintomas em neurologia
Dr. Rafael Higashi
 
doença de alzheimer.pptx
doença de alzheimer.pptxdoença de alzheimer.pptx
doença de alzheimer.pptx
SilviaLouro2
 
Psicologia Lesões do snc.pptx (Neuroanat
Psicologia Lesões do snc.pptx (NeuroanatPsicologia Lesões do snc.pptx (Neuroanat
Psicologia Lesões do snc.pptx (Neuroanat
BeatrizVieira226546
 

Semelhante a Síndromes demênciais (20)

mapa sindromes demenciais nos idosos.pdf
mapa sindromes demenciais nos idosos.pdfmapa sindromes demenciais nos idosos.pdf
mapa sindromes demenciais nos idosos.pdf
 
PSICOPATOLOGIA II: Aula 03 (CID-10 – F00 a F09)
PSICOPATOLOGIA II: Aula 03 (CID-10 – F00 a F09)PSICOPATOLOGIA II: Aula 03 (CID-10 – F00 a F09)
PSICOPATOLOGIA II: Aula 03 (CID-10 – F00 a F09)
 
Apresentação
ApresentaçãoApresentação
Apresentação
 
OSTEOPOROSE - QUEDA -PRINCIPAIS SIND - EXATO.pptx
OSTEOPOROSE - QUEDA -PRINCIPAIS SIND - EXATO.pptxOSTEOPOROSE - QUEDA -PRINCIPAIS SIND - EXATO.pptx
OSTEOPOROSE - QUEDA -PRINCIPAIS SIND - EXATO.pptx
 
AULA TRANSTORNOS DEMÊNCIAS NEUROAQNATOMOFISOLOGIA.pptx
AULA TRANSTORNOS DEMÊNCIAS NEUROAQNATOMOFISOLOGIA.pptxAULA TRANSTORNOS DEMÊNCIAS NEUROAQNATOMOFISOLOGIA.pptx
AULA TRANSTORNOS DEMÊNCIAS NEUROAQNATOMOFISOLOGIA.pptx
 
Projeto famec criativa
Projeto famec criativaProjeto famec criativa
Projeto famec criativa
 
Alzheimer grupo 1.docx
Alzheimer grupo 1.docxAlzheimer grupo 1.docx
Alzheimer grupo 1.docx
 
Seminário alzheimer.
Seminário alzheimer.Seminário alzheimer.
Seminário alzheimer.
 
Demência: Alzheimer & Parkinson
Demência: Alzheimer & ParkinsonDemência: Alzheimer & Parkinson
Demência: Alzheimer & Parkinson
 
Doença de Alzheimer
Doença de AlzheimerDoença de Alzheimer
Doença de Alzheimer
 
Transtornos mentais orgânicos
Transtornos mentais orgânicosTranstornos mentais orgânicos
Transtornos mentais orgânicos
 
Doença de Alzheimer
Doença de AlzheimerDoença de Alzheimer
Doença de Alzheimer
 
Doenças Neurológicas
Doenças NeurológicasDoenças Neurológicas
Doenças Neurológicas
 
04 Afecções Do Sistema Neurologico.pdf
04 Afecções Do Sistema Neurologico.pdf04 Afecções Do Sistema Neurologico.pdf
04 Afecções Do Sistema Neurologico.pdf
 
Alzheimer atualizado
Alzheimer atualizadoAlzheimer atualizado
Alzheimer atualizado
 
Ng3-Doença de Alzheimer
Ng3-Doença de AlzheimerNg3-Doença de Alzheimer
Ng3-Doença de Alzheimer
 
SÍNDROMES GERIÁTRICAS geriatria e gerontologia .pptx
SÍNDROMES GERIÁTRICAS geriatria e gerontologia .pptxSÍNDROMES GERIÁTRICAS geriatria e gerontologia .pptx
SÍNDROMES GERIÁTRICAS geriatria e gerontologia .pptx
 
Sinais e sintomas em neurologia
Sinais e sintomas em neurologiaSinais e sintomas em neurologia
Sinais e sintomas em neurologia
 
doença de alzheimer.pptx
doença de alzheimer.pptxdoença de alzheimer.pptx
doença de alzheimer.pptx
 
Psicologia Lesões do snc.pptx (Neuroanat
Psicologia Lesões do snc.pptx (NeuroanatPsicologia Lesões do snc.pptx (Neuroanat
Psicologia Lesões do snc.pptx (Neuroanat
 

Mais de ilanaseixasladeia

Sepse
SepseSepse
Cartilha hipertensao sbhas
Cartilha hipertensao sbhasCartilha hipertensao sbhas
Cartilha hipertensao sbhas
ilanaseixasladeia
 
Homeopatia 3 pratica
Homeopatia 3 praticaHomeopatia 3 pratica
Homeopatia 3 pratica
ilanaseixasladeia
 
Homeopatia 3 teórica
Homeopatia 3 teóricaHomeopatia 3 teórica
Homeopatia 3 teórica
ilanaseixasladeia
 
Homeopatia 2 teórica
Homeopatia   2 teóricaHomeopatia   2 teórica
Homeopatia 2 teórica
ilanaseixasladeia
 
Homeopatia 1 teórica
Homeopatia   1 teóricaHomeopatia   1 teórica
Homeopatia 1 teórica
ilanaseixasladeia
 
Farmacologia
FarmacologiaFarmacologia
Farmacologia
ilanaseixasladeia
 
Exercícios físicos para diabéticos
Exercícios físicos para diabéticosExercícios físicos para diabéticos
Exercícios físicos para diabéticos
ilanaseixasladeia
 
Processo saúde doença
Processo saúde doençaProcesso saúde doença
Processo saúde doença
ilanaseixasladeia
 
Síndrome coronária. aguda e crônica miguel modificado
Síndrome coronária. aguda e crônica miguel modificadoSíndrome coronária. aguda e crônica miguel modificado
Síndrome coronária. aguda e crônica miguel modificado
ilanaseixasladeia
 
Consulta de pre natal
Consulta de pre natalConsulta de pre natal
Consulta de pre natal
ilanaseixasladeia
 
Apresentação diabetes
Apresentação diabetesApresentação diabetes
Apresentação diabetes
ilanaseixasladeia
 

Mais de ilanaseixasladeia (12)

Sepse
SepseSepse
Sepse
 
Cartilha hipertensao sbhas
Cartilha hipertensao sbhasCartilha hipertensao sbhas
Cartilha hipertensao sbhas
 
Homeopatia 3 pratica
Homeopatia 3 praticaHomeopatia 3 pratica
Homeopatia 3 pratica
 
Homeopatia 3 teórica
Homeopatia 3 teóricaHomeopatia 3 teórica
Homeopatia 3 teórica
 
Homeopatia 2 teórica
Homeopatia   2 teóricaHomeopatia   2 teórica
Homeopatia 2 teórica
 
Homeopatia 1 teórica
Homeopatia   1 teóricaHomeopatia   1 teórica
Homeopatia 1 teórica
 
Farmacologia
FarmacologiaFarmacologia
Farmacologia
 
Exercícios físicos para diabéticos
Exercícios físicos para diabéticosExercícios físicos para diabéticos
Exercícios físicos para diabéticos
 
Processo saúde doença
Processo saúde doençaProcesso saúde doença
Processo saúde doença
 
Síndrome coronária. aguda e crônica miguel modificado
Síndrome coronária. aguda e crônica miguel modificadoSíndrome coronária. aguda e crônica miguel modificado
Síndrome coronária. aguda e crônica miguel modificado
 
Consulta de pre natal
Consulta de pre natalConsulta de pre natal
Consulta de pre natal
 
Apresentação diabetes
Apresentação diabetesApresentação diabetes
Apresentação diabetes
 

Síndromes demênciais

  • 1. SÍNDROMES DEMENCIAIS Os distúrbios de memória e de comportamento podem fazer parte da fase inicial de quadros demenciais progressivos que incidem preferencialmente após a 7a década, cabendo muitas vezes ao médico a difícil tarefa de diferenciar envelhecimento natural ou fase inicial de síndrome demencial. O principal fundamento clinico da sindrome demencial é odisturbiode memória - recente e remota com nível de conscienciapreservado .Segundocritériosdo DSM- IV Diagnosticandstatistical manual of mental disorders - American Psychiatric Association é obrigatório a associação do déficit de memória com pelo menos 1 destes 4 distúrbios : (1) alteração do pensamento abstrato ( incapacidade de encontrar semelhanças e diferenças entre palavras ou definir conceitos) (2) alteração do juizo critico (3) outros distúrbios corticais como afasia, apraxia, agnosia (4) alterações de personalidade , com acentuação de traços pré-mórbidos A demência é uma síndrome decorrente de comprometimento adquirido e persistente das funções mentais em pelo menos 3 das seguintes áreas comportamentais : 1. Memória 2. Linguagem 3. Destreza visuo- espacial ( apraxias e agnosias ) 4. Personalidade ou humor 5.Cognição (incluindo juízo, cálculo, pensamento abstrato e funções executivas ) DOENÇA DE ALZHEIMER É a causa mais comum de demência, acometendo 5-10% pctes acima de 65 anos e 10-40% acima de 85 anos. Os principais fatores de risco são a Idade Avançada (> 65 anos) e a História Familiar positiva. Fisiopatologia= temos demência do tipo cortical (atrofia cortical). A degeneração neuronal é decorrente do acúmulo de placas senis amilóides no interstício e de novelos neurofibrilares no citoplasma dos neurônios. O que é demência? É quando temos perda de funções cerebrais cognitivas, ou seja, importantes para o aprendizado e realização de tarefaz (memória anterógrada, linguagem, reconhecimento-gnosis, destreza-praxis...). O diagnóstico da etiologia da demência degenerativa depende do Tempo de evolução e da Ordem que as funções cognitivas vão sendo perdidas. Quadro clínico= A Doença de Alzheimer caracteriza-se clinicamente por sindrome amnésico-afásico-apráxica- agnósica, iniciada após 40 anos (formas pré-senis) porém com pico de maior incidência após 75 anos (formas senis). é uma síndrome demencial de evolução incidiosa, de vários anos (este tipo de evolução é fundamental para caracterizar a doença!) Nos primeiros anos da enfermidade o exame neurológico é normal, exceto pelo evidente comprometimento cognitivo. Na doença Inicia-se com amnésia anterógrada e perda do senso geográfico. Segue-se de apraxia ideomotora (incapacidade de repetir e executar gestos) e contrucional (incapacidade de operar instrumentos, se vestir, comer...), diversos graus de afasia, acalculia e graus variados de agnosia (perda do reconhecimento sensorial). A anosognosia é a incapacidade de reconhecer a própria doença. Em fases mais avançadas, temos déficit cognitivo grave, apatia e
  • 2. incapacidade de deambulação, e passam a ser detectados reflexos primitivos como de sucção, preensão e alterações progressivas do tonus alterando postura e marcha, que culminam por incapacitar o paciente, tornando-o grabatário, restritoao leito,inteiramentedependentede terceiros e com incontinência urinária e fecal (gatismo ). A d. De Alzhemier não irá cursar com distúrbios motores, salvo nas fases finais da doença, diferentemente da Demência Vascular. Diagnóstico= é feitopeloquadroclínicoe pelaexclusãode otrascausasde demência.Logo,deve-se solicitarTC de crânio e exame de sangue paraexlcuir outras causas. Na D. Alzheimer a TC e RNMpodem ser normais ou mostrar atrofia cerebral, predominando nos lobos parietal, temporal e hipocampo. Tto= é incurável. É baseado no uso de Inibidores de Colinesterase e no tto sintomático. Podemos usar tb antioxidantes (Vitamina E e Seleginina) e Memantina (antagonista do receptor do glutamato). OUTRAS Demência vascular= evolução mais rápida e manifesta-se com síndrome piramidal e extrapiramidal precoces e graus variados de afasia , predominantemente motora (após cada infarto cerebral se instala de maneira agura um novo déficit neuropsiquiátrico). O quadro clínico se caracteriza por lentidão cognitiva, esquecimentos e alteração da atenção e concentração e é determinado pelo efeito cumulativo de infartos cerebrais com déficits neurológicos como hemiplegia, afasia, apraxia, amnésia, negligência e distúrbios na performance visuo-motora e visuo-espacial. A principal síndrome clinica é a demência de múltiplos infartos cuja gravidade dependerá da localização, natureza e cronicidade das lesões isquêmicas cerebrais. Demência fronto temporal= na fase inicial da doença incluem mudanças proeminentes de personalidade e graves alterações comportamentais com menor comprometimento da memória. Frequentemente DFT é confundida erroneamente comdoençapsiquiátricade inicio tardio considerando as frequentes alterações no comportamento social, desinibição sexual, impulsividade, desatenção, comportamento oral com compulsão alimentar, comportamento estereotipado e redução na linguagem com estereotipia e ecolalia. O exame neurológico revela liberação dos reflexos primitivos(reflexo de preensão forçada, sucção e abocanhamento e reflexo da glabela). Cerca da metade dos indivíduos tem historia de demência em parentes do primeiro grau. DEMÊNCIA DE ALZHEIMER: * Inicio insidioso e curso lentamente progressivo de sindrome amnesico-afasico-apraxico-agnósica ** Sem sinais neurológicos focais (motores,sensitivos,visuais ou de coordenação ) exceto na fase terminal *** Exclusão de todas as outras formas de demência atrávés da história, exame físico e investigação complementar DEMÊNCIA DE MÚLTIPLOS INFARTOS * Curso evolutivo "em degraus "com distribuição "localizada "de deficits precocemente **Sinais neurológicos focais (motores,sensitivos,de coordenação,visuais) associados *** Evidência na história, exame físico, e testes laboratoriaisde doençacerebrovascular,a qual se atribui correlacào etiologica com a sindrome demencial
  • 3. Demência com corpúsculos de LEWY (DCL) = corresponde a 10-15% dos casos de demência degenerativa do idoso e caracteriza-se por alterações flutuantes da cognição, associadas a alucinações visuais e parkinsonismo. Outros dados importantes são a alta sensibilidade destes pacientes a neurolépticos, alterações do sono e depressão. É importante assinalarque diante de paciente idososcomsíndrome demencial e parkinsonismooutrascondiçõesdevemserdescartadas como demência de múltiplos infartos, hidrocefalia de pressão normal e Parkinson-plus. HIDROCEFALIA DE PRESSÃO “NORMAL” = caracteriza-se pela associação de alterações cognitivas, apraxia de marcha e incontinência urinária. A confirmação do diagnóstico é por neuroimagem (TCC) que demonstra dilatação simétrica do sistema ventricular sem atrofia cortical. Na RM de crânio é possível identiicar hiperfluxo liquórico no aqueduto do mesencéfalo.