Demência

2.812 visualizações

Publicada em

0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
2.812
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
8
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
94
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Demência

  1. 1. A demência pode ser notada principalmente pelas alterações do raciocínio, como a perda da capacidade de abstracção e a repetição contínua de ideias. Primeiro a pessoa começa a repetir uma frase. Com o tempo, o idoso pode começar a repetir apenas uma palavra, tornando-se incapaz de formar uma frase inteira. Outra característica da demência é a perda gradual da memória, especialmente para eventos mais recentes
  2. 2. A demência está associada a várias doenças, sendo a mais comum a demência de Alzheimer. Mas existem outras como a demência por esclerose múltipla ou por Parkinson.
  3. 3. •Leve •Moderada •Grave
  4. 4. Esta fase é o início gradual da demência, no qual podem ocorrer um ou mais dos aspectos a seguir: Diminuição de interesse; Dificuldade de aprender coisas novas e de tomar decisões; Irritação, vulnerabilidade, desconfiança, repetitividade; Impaciência, resistência a mudanças; Esquecimento do que foi dito há pouco tempo
  5. 5. Os aspectos já mencionados tornam-se mais evidentes, deixando a pessoa mais limitada. Com o agravamento, podem ocorrer factos como: Aumentar o esquecimento de factos recentes; Piorar a orientação; a pessoa sai de casa e não consegue voltar, acha estranha a sua casa; Aumentar a confusão quanto ao dia, mês, hora; Comportar-se inadequadamente: abraça um desconhecido, abre a roupa, tira os sapatos etc.;
  6. 6. Geralmente, na fase avançada da demência, aparecem as seguintes características: Descuido total quanto ao aspecto pessoal, à higiene e à alimentação; A orientação é nula, é possível que a pessoa não saiba, dependendo o grau, onde e com quem está; Aumento da confusão, repetição e irritação, podendo tornar-se agressiva(o); Repetição de palavras, em geral incompreensíveis;
  7. 7.  ZIRMERMAN, Guite (2000) Velhice , aspectos biopsicossociais; Brasil; editora ARTMED.  PAUL, Maria (1996) Psicologia dos idosos ; Braga; SHO- sistema s Humanos e Organizacionais. Paul, Maria Constança, Lá para o fim da vida – Idosos, Família e Meio ambiente. Coimbra, livraria Almedina, 1997 Delay, J., et al, Psicopatologia da Terceira Idade: selecção de textos, departamento científico dos laboratórios vitória, 198

×