SlideShare uma empresa Scribd logo

Simón Bolívar

Simón Bolívar foi um líder revolucionário que liderou a independência de vários países da América do Sul do domínio espanhol, incluindo Venezuela, Colômbia, Equador, Peru e Bolívia. Influenciado pelas ideias iluministas e revolucionárias da Europa, Bolívar organizou exércitos que derrotaram os espanhóis em batalhas-chave como a de Boyacá, declarando a independência da Grã-Colômbia. No entanto, seu sonho de manter esses países unidos não se concretizou dev

1 de 4
Baixar para ler offline
Este homem foi um grande herói para toda a América
Latina. Cheio de pensamentos liberais, ele foi o líder
das revoluções que deram independência à Venezuela,
Peru, Colômbia, Equador e Bolívia.
Conhecido como “o Libertador”, Simón Bolívar liderou
diversas rebeliões contra o domínio espanhol na
América do Sul.
Após estudar em Madri, na Espanha, visitou Paris (na
França). Em todos esses lugares, o jovem Bolívar
absorveu o espírito revolucionário então difundido na
Europa. Quando regressou à América do Sul em 1810,
uniu-se ao movimento independentista venezuelano e
começou a lutar contra a dominação espanhola.
Entre 1810 e 1814, Bolívar participou de dois levantes
venezuelanos fracassados. Ele fugiu então para a
Jamaica e, depois, para o Haiti. Em seu exílio na
Jamaica, Bolívar escreveu um dos documentos mais
importantes sobre o movimento independentista na
América hispânica: La carta de Jamaica. Nela, Bolívar
delineou uma visão grandiosa para as nações desde
Chile e Argentina até o México. Na carta, ele propôs a
formação de repúblicas constitucionais em toda a
América hispânica.
Em 1819, Simón Bolívar organizou um ataque ousado
contra os espanhóis em Nova Granada, território
onde hoje estão a Venezuela, a Colômbia, o Equador e
o Panamá. Em agosto de 1819, na batalha de Boyacá,
as tropas do Libertador venceram o exército
espanhol. Bolívar então declarou a independência de
Nova Granada, chamando-a de Grã-Colômbia, da qual
se tornou presidente e ditador militar.
Em seguida, Bolívar foi para o Peru, o exército de
Bolívar derrotou os espanhóis em 1824. No ano
seguinte, um dos oficiais de Bolívar libertou a região
do Alto Peru — ao sul do Peru, a última ainda sob
domínio espanhol. Em homenagem ao Libertador, o
novo país foi chamado Bolívia.
Bandeira da Bolívia
Bolívar queria que todos os novos países
permanecessem juntos e aliados, mas o espírito
de desunião e da oposição era forte e as lutas
internas começaram. A Venezuela deixou a Grã-
Colômbia em 1829 e o Equador, em 1830.
Triste e com a saúde frágil, Bolívar morreu de
tuberculose na propriedade de um amigo em
Santa Marta, na Colômbia, em 17 dezembro de
1830, sete meses depois de ele ter renunciado a
seus cargos. Apesar de ter ocupado cargos com
atributos ditatoriais, muitos consideram que
Bolívar era um patriota sincero, dedicado à
causa da liberdade e da igualdade. Idealista,
Bolívar libertou seus escravos anos antes da
abolição da escravidão na Venezuela. Ele
também foi um dos pioneiros em incitar a
formação de uma união das repúblicas
americanas.
Bandeira da Grã-Colômbia
Fontes:http://escola.britannica.com.br/article/480820/Simon-Bolivar
http://pnld.moderna.com.br/2012/07/05/simon-bolivar-independencia-
da-america-espanhola/
http://www.infopedia.pt/$simon-bolivar
Conclusão
Símon Bolívar foi uma pessoa com pensamentos
liberais e muito importante para o processo de
independência da América Espanhola, o líder na
independência da Venezuela, Peru, Colômbia,
Equador e Bolívia. Tinha o objeto de tirar o
domínio espanhol na América do Sul.
Influenciado por ideias iluministas ,pelo
momento de revolução vivido na Europa e pela
Revolução Americana.
Organizou exércitos e entrou em diversos
confrontos contra o exército espanhol, em 1819
realizou um ataque em Nova Granada, região
onde o hoje esta situada Venezuela, a
Colômbia, o Equador e o Panamá; e apesar de
um exército menor conseguiu conquistar a
região e decretar sua independência,
chamando-a de Grã-Colômbia. Em seguida
Bolívar libertou o Peru e Alto Peru (atual
Bolívia).
A sua vontade é que esses países
permanecessem unidos para que houvesse
maior perspectiva de prosperidade e segurança
após a independência, porém isso não se
concretizou devido a conflitos internos.

Recomendados

Independência da América Espanhol
Independência da América EspanholIndependência da América Espanhol
Independência da América EspanholMurilo Benevides
 
Revisão de história 9 º ANO GLOBALIZAÇÃO/NEOLIBERALISMO
Revisão de história 9 º ANO GLOBALIZAÇÃO/NEOLIBERALISMORevisão de história 9 º ANO GLOBALIZAÇÃO/NEOLIBERALISMO
Revisão de história 9 º ANO GLOBALIZAÇÃO/NEOLIBERALISMOJanaína Bindá
 
A independência do haiti
A independência do haitiA independência do haiti
A independência do haitihistoriando
 

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados (20)

15. revoluções liberais
15. revoluções liberais15. revoluções liberais
15. revoluções liberais
 
Conjuração baiana.pptx
Conjuração baiana.pptxConjuração baiana.pptx
Conjuração baiana.pptx
 
Nazifascismo
NazifascismoNazifascismo
Nazifascismo
 
Conflito Entre Israel e a Palestina
Conflito Entre Israel e a PalestinaConflito Entre Israel e a Palestina
Conflito Entre Israel e a Palestina
 
República velha
República velhaRepública velha
República velha
 
Revolução russa
Revolução russaRevolução russa
Revolução russa
 
A grande depressão
A grande depressãoA grande depressão
A grande depressão
 
Puberdade
PuberdadePuberdade
Puberdade
 
Metodos contraceptivos
Metodos contraceptivosMetodos contraceptivos
Metodos contraceptivos
 
Puberdade e Adolescência
Puberdade e AdolescênciaPuberdade e Adolescência
Puberdade e Adolescência
 
Independência dos EUA
Independência dos EUAIndependência dos EUA
Independência dos EUA
 
Guerra fria e globalização
Guerra fria e globalizaçãoGuerra fria e globalização
Guerra fria e globalização
 
Imperialismo
ImperialismoImperialismo
Imperialismo
 
3° ano - Revoltas do Período Regencial
3° ano - Revoltas do Período Regencial3° ano - Revoltas do Período Regencial
3° ano - Revoltas do Período Regencial
 
Movimento estudantil
Movimento estudantilMovimento estudantil
Movimento estudantil
 
Manifestações Maio de 1968
Manifestações Maio de 1968Manifestações Maio de 1968
Manifestações Maio de 1968
 
A grande depressão, o fascismo e o nazismo
A grande depressão, o fascismo e o nazismoA grande depressão, o fascismo e o nazismo
A grande depressão, o fascismo e o nazismo
 
Aula sobre primavera arabe
Aula sobre primavera arabeAula sobre primavera arabe
Aula sobre primavera arabe
 
2˚ ano revolução industrial
2˚ ano revolução industrial2˚ ano revolução industrial
2˚ ano revolução industrial
 
Independência dos eua
Independência dos euaIndependência dos eua
Independência dos eua
 

Destaque

Independência das colônias espanholas
Independência das colônias espanholasIndependência das colônias espanholas
Independência das colônias espanholasFatima Freitas
 
Simóm bolívar e josé de san martin rodrigo e jorge 8 ano
Simóm bolívar e josé de san martin rodrigo e jorge 8 anoSimóm bolívar e josé de san martin rodrigo e jorge 8 ano
Simóm bolívar e josé de san martin rodrigo e jorge 8 anoRodrigo Cardoso
 
Prado, maria ligia. a forma+º+úo das na+º+áes latino americanas
Prado, maria ligia. a forma+º+úo das na+º+áes latino americanasPrado, maria ligia. a forma+º+úo das na+º+áes latino americanas
Prado, maria ligia. a forma+º+úo das na+º+áes latino americanasThamer Paulino
 
Independência das Colônias Espanholas
Independência das Colônias EspanholasIndependência das Colônias Espanholas
Independência das Colônias EspanholasGmsantos23
 
Independência da América Espanhola
Independência da América EspanholaIndependência da América Espanhola
Independência da América EspanholaClaudenilson da Silva
 
Independência da América Espanhola
Independência da América EspanholaIndependência da América Espanhola
Independência da América EspanholaEdenilson Morais
 

Destaque (9)

Independência das colônias espanholas
Independência das colônias espanholasIndependência das colônias espanholas
Independência das colônias espanholas
 
Simóm bolívar e josé de san martin rodrigo e jorge 8 ano
Simóm bolívar e josé de san martin rodrigo e jorge 8 anoSimóm bolívar e josé de san martin rodrigo e jorge 8 ano
Simóm bolívar e josé de san martin rodrigo e jorge 8 ano
 
Prado, maria ligia. a forma+º+úo das na+º+áes latino americanas
Prado, maria ligia. a forma+º+úo das na+º+áes latino americanasPrado, maria ligia. a forma+º+úo das na+º+áes latino americanas
Prado, maria ligia. a forma+º+úo das na+º+áes latino americanas
 
A Espanha e a América nos séculos XVI e XVII - Elliott J. H.
A Espanha e a América nos séculos XVI e XVII - Elliott J. H. A Espanha e a América nos séculos XVI e XVII - Elliott J. H.
A Espanha e a América nos séculos XVI e XVII - Elliott J. H.
 
Simon bolivar
Simon bolivarSimon bolivar
Simon bolivar
 
Independência das Colônias Espanholas
Independência das Colônias EspanholasIndependência das Colônias Espanholas
Independência das Colônias Espanholas
 
Simon bolivar
Simon bolivarSimon bolivar
Simon bolivar
 
Independência da América Espanhola
Independência da América EspanholaIndependência da América Espanhola
Independência da América Espanhola
 
Independência da América Espanhola
Independência da América EspanholaIndependência da América Espanhola
Independência da América Espanhola
 

Semelhante a Simón Bolívar

A revolução bolivariana de bolívar a chávez
A revolução bolivariana   de bolívar a chávezA revolução bolivariana   de bolívar a chávez
A revolução bolivariana de bolívar a chávezArthur Rodrigues Lourenço
 
Independencia Da Venezuela
Independencia Da VenezuelaIndependencia Da Venezuela
Independencia Da VenezuelaArthurPatriota
 
Processo de independência da américa espanhola
Processo de independência da américa espanholaProcesso de independência da américa espanhola
Processo de independência da américa espanholaLouise Caldart Colombo
 
Resenha origens da independencia da américa espanhola-bethel
Resenha origens da independencia da américa espanhola-bethelResenha origens da independencia da américa espanhola-bethel
Resenha origens da independencia da américa espanhola-bethelSandra Kroetz
 
Independência da américa espanhola
Independência da américa espanholaIndependência da américa espanhola
Independência da américa espanholaMurilo Benevides
 
Os movimentos de libertacao
Os movimentos de  libertacaoOs movimentos de  libertacao
Os movimentos de libertacaoDeaaSouza
 
INDEPEDÊNCIA DA AMÉRICA ESPANHOLA.pptx
INDEPEDÊNCIA DA AMÉRICA ESPANHOLA.pptxINDEPEDÊNCIA DA AMÉRICA ESPANHOLA.pptx
INDEPEDÊNCIA DA AMÉRICA ESPANHOLA.pptxJoao27049
 
Resenha origens da independencia da américa espanhola-bethel
Resenha origens da independencia da américa espanhola-bethelResenha origens da independencia da américa espanhola-bethel
Resenha origens da independencia da américa espanhola-bethelSandra Kroetz
 
Historiadaamerica2185200917911
Historiadaamerica2185200917911Historiadaamerica2185200917911
Historiadaamerica2185200917911fioravanti_silvia
 
Los personajes que más han influido en la
Los personajes que más han influido en laLos personajes que más han influido en la
Los personajes que más han influido en laElaine Porto Chiullo
 
Historia 8º ano slides_aula 61
Historia 8º ano slides_aula 61Historia 8º ano slides_aula 61
Historia 8º ano slides_aula 61Raquel Sousa
 
independencia da america espanhola.pptx
independencia da america espanhola.pptxindependencia da america espanhola.pptx
independencia da america espanhola.pptxDouglasPereira177705
 
Crise do sistema_colonial
Crise do sistema_colonialCrise do sistema_colonial
Crise do sistema_colonialUelder Santos
 

Semelhante a Simón Bolívar (20)

A revolução bolivariana de bolívar a chávez
A revolução bolivariana   de bolívar a chávezA revolução bolivariana   de bolívar a chávez
A revolução bolivariana de bolívar a chávez
 
Independencia Da Venezuela
Independencia Da VenezuelaIndependencia Da Venezuela
Independencia Da Venezuela
 
Processo de independência da américa espanhola
Processo de independência da américa espanholaProcesso de independência da américa espanhola
Processo de independência da américa espanhola
 
Independência da América Espanhola
Independência da América EspanholaIndependência da América Espanhola
Independência da América Espanhola
 
Resenha origens da independencia da américa espanhola-bethel
Resenha origens da independencia da américa espanhola-bethelResenha origens da independencia da américa espanhola-bethel
Resenha origens da independencia da américa espanhola-bethel
 
Independência da américa espanhola 2013
Independência da américa espanhola 2013Independência da américa espanhola 2013
Independência da américa espanhola 2013
 
Independência da américa espanhola
Independência da américa espanholaIndependência da américa espanhola
Independência da américa espanhola
 
Os movimentos de libertacao
Os movimentos de  libertacaoOs movimentos de  libertacao
Os movimentos de libertacao
 
Era napoleônica
Era napoleônicaEra napoleônica
Era napoleônica
 
INDEPEDÊNCIA DA AMÉRICA ESPANHOLA.pptx
INDEPEDÊNCIA DA AMÉRICA ESPANHOLA.pptxINDEPEDÊNCIA DA AMÉRICA ESPANHOLA.pptx
INDEPEDÊNCIA DA AMÉRICA ESPANHOLA.pptx
 
Revolução cubana
Revolução cubanaRevolução cubana
Revolução cubana
 
Independência da américa
Independência da américaIndependência da américa
Independência da américa
 
Resenha origens da independencia da américa espanhola-bethel
Resenha origens da independencia da américa espanhola-bethelResenha origens da independencia da américa espanhola-bethel
Resenha origens da independencia da américa espanhola-bethel
 
Historiadaamerica2185200917911
Historiadaamerica2185200917911Historiadaamerica2185200917911
Historiadaamerica2185200917911
 
Los personajes que más han influido en la
Los personajes que más han influido en laLos personajes que más han influido en la
Los personajes que más han influido en la
 
Historia 8º ano slides_aula 61
Historia 8º ano slides_aula 61Historia 8º ano slides_aula 61
Historia 8º ano slides_aula 61
 
Guerrilhas latinas
Guerrilhas latinasGuerrilhas latinas
Guerrilhas latinas
 
América latina cap 11
América latina cap 11América latina cap 11
América latina cap 11
 
independencia da america espanhola.pptx
independencia da america espanhola.pptxindependencia da america espanhola.pptx
independencia da america espanhola.pptx
 
Crise do sistema_colonial
Crise do sistema_colonialCrise do sistema_colonial
Crise do sistema_colonial
 

Mais de Ian Costansi

Mais de Ian Costansi (14)

Matrizes
MatrizesMatrizes
Matrizes
 
Raio x
Raio xRaio x
Raio x
 
Luneta
LunetaLuneta
Luneta
 
Problemas ambientais urbanos
Problemas ambientais urbanosProblemas ambientais urbanos
Problemas ambientais urbanos
 
Futurismo
FuturismoFuturismo
Futurismo
 
LIVROS E SUAS FRASES
LIVROS E SUAS FRASESLIVROS E SUAS FRASES
LIVROS E SUAS FRASES
 
História da escrita - Timeline
História da escrita - TimelineHistória da escrita - Timeline
História da escrita - Timeline
 
Hipotermia e hipertermia
Hipotermia e hipertermiaHipotermia e hipertermia
Hipotermia e hipertermia
 
Brasil
BrasilBrasil
Brasil
 
Blocos econômicos (para imprimir)
Blocos econômicos (para imprimir)Blocos econômicos (para imprimir)
Blocos econômicos (para imprimir)
 
Get lucky - Daft Punk
Get lucky - Daft PunkGet lucky - Daft Punk
Get lucky - Daft Punk
 
Asa delta
Asa deltaAsa delta
Asa delta
 
Redes Sociais
Redes SociaisRedes Sociais
Redes Sociais
 
Campos Sulinos
Campos SulinosCampos Sulinos
Campos Sulinos
 

Último

Durante a rotina laboratorial, no setor de hematologia, a investigação dos el...
Durante a rotina laboratorial, no setor de hematologia, a investigação dos el...Durante a rotina laboratorial, no setor de hematologia, a investigação dos el...
Durante a rotina laboratorial, no setor de hematologia, a investigação dos el...Prime Assessoria
 
Desenvolva um texto dissertativo sobre como a experiência de Deus pode ser re...
Desenvolva um texto dissertativo sobre como a experiência de Deus pode ser re...Desenvolva um texto dissertativo sobre como a experiência de Deus pode ser re...
Desenvolva um texto dissertativo sobre como a experiência de Deus pode ser re...azulassessoriaacadem3
 
Slides Lição 10, CPAD, A Ceia do Senhor – A Segunda Ordenança da Igreja, 1Tr2...
Slides Lição 10, CPAD, A Ceia do Senhor – A Segunda Ordenança da Igreja, 1Tr2...Slides Lição 10, CPAD, A Ceia do Senhor – A Segunda Ordenança da Igreja, 1Tr2...
Slides Lição 10, CPAD, A Ceia do Senhor – A Segunda Ordenança da Igreja, 1Tr2...LuizHenriquedeAlmeid6
 
Depois de refletir sobre essas etapas, o planejamento será registrado por mei...
Depois de refletir sobre essas etapas, o planejamento será registrado por mei...Depois de refletir sobre essas etapas, o planejamento será registrado por mei...
Depois de refletir sobre essas etapas, o planejamento será registrado por mei...azulassessoriaacadem3
 
Planejamento Anual Matemática para o ENEM - 1º ano 1, 2 e 3 anos-.pdf
Planejamento Anual Matemática para o ENEM -  1º ano 1, 2 e 3  anos-.pdfPlanejamento Anual Matemática para o ENEM -  1º ano 1, 2 e 3  anos-.pdf
Planejamento Anual Matemática para o ENEM - 1º ano 1, 2 e 3 anos-.pdfCludiaFrancklim
 
Depois de refletir sobre essas etapas, o planejamento será registrado por mei...
Depois de refletir sobre essas etapas, o planejamento será registrado por mei...Depois de refletir sobre essas etapas, o planejamento será registrado por mei...
Depois de refletir sobre essas etapas, o planejamento será registrado por mei...azulassessoriaacadem3
 
Ainda nessa perspectiva, mencione ao menos três desafios associados à aplicaç...
Ainda nessa perspectiva, mencione ao menos três desafios associados à aplicaç...Ainda nessa perspectiva, mencione ao menos três desafios associados à aplicaç...
Ainda nessa perspectiva, mencione ao menos três desafios associados à aplicaç...excellenceeducaciona
 
610854 (4).pptx Linguagem da música. Diferentes gêneros da musica tradicional...
610854 (4).pptx Linguagem da música. Diferentes gêneros da musica tradicional...610854 (4).pptx Linguagem da música. Diferentes gêneros da musica tradicional...
610854 (4).pptx Linguagem da música. Diferentes gêneros da musica tradicional...GraceDavino
 
3 – As principais características de cada tendência pedagógica, na ordem: o p...
3 – As principais características de cada tendência pedagógica, na ordem: o p...3 – As principais características de cada tendência pedagógica, na ordem: o p...
3 – As principais características de cada tendência pedagógica, na ordem: o p...azulassessoriaacadem3
 
Discuta as principais mudanças e desafios enfrentados pelos profissionais de ...
Discuta as principais mudanças e desafios enfrentados pelos profissionais de ...Discuta as principais mudanças e desafios enfrentados pelos profissionais de ...
Discuta as principais mudanças e desafios enfrentados pelos profissionais de ...excellenceeducaciona
 
Elementos da Formação Social: sociologia no ensino médio
Elementos da Formação Social: sociologia no ensino médioElementos da Formação Social: sociologia no ensino médio
Elementos da Formação Social: sociologia no ensino médioProfessor Belinaso
 
A) DESCREVA no mínimo três pontos-base do princípio da cromatografia gasosa.
A) DESCREVA no mínimo três pontos-base do princípio da cromatografia gasosa.A) DESCREVA no mínimo três pontos-base do princípio da cromatografia gasosa.
A) DESCREVA no mínimo três pontos-base do princípio da cromatografia gasosa.Prime Assessoria
 
1 – O nome de cada uma das tendências pedagógicas, em ordem cronológica;
1 – O nome de cada uma das tendências pedagógicas, em ordem cronológica;1 – O nome de cada uma das tendências pedagógicas, em ordem cronológica;
1 – O nome de cada uma das tendências pedagógicas, em ordem cronológica;azulassessoriaacadem3
 
4. Descreva como a empresa funciona e de que maneira a teoria da ORT é observ...
4. Descreva como a empresa funciona e de que maneira a teoria da ORT é observ...4. Descreva como a empresa funciona e de que maneira a teoria da ORT é observ...
4. Descreva como a empresa funciona e de que maneira a teoria da ORT é observ...apoioacademicoead
 
Com base no exposto, sua ação nessa atividade consiste em elaborar um texto d...
Com base no exposto, sua ação nessa atividade consiste em elaborar um texto d...Com base no exposto, sua ação nessa atividade consiste em elaborar um texto d...
Com base no exposto, sua ação nessa atividade consiste em elaborar um texto d...excellenceeducaciona
 
a) Tendo como base as competências de um conselho de saúde, a afirmação "... ...
a) Tendo como base as competências de um conselho de saúde, a afirmação "... ...a) Tendo como base as competências de um conselho de saúde, a afirmação "... ...
a) Tendo como base as competências de um conselho de saúde, a afirmação "... ...Prime Assessoria
 
08 de março - Dia Internacional da Mulher
08 de março - Dia Internacional da Mulher08 de março - Dia Internacional da Mulher
08 de março - Dia Internacional da MulherMary Alvarenga
 
01_Apresentacao_25_CIAED_2019_Ambientação_GRAD.pptx
01_Apresentacao_25_CIAED_2019_Ambientação_GRAD.pptx01_Apresentacao_25_CIAED_2019_Ambientação_GRAD.pptx
01_Apresentacao_25_CIAED_2019_Ambientação_GRAD.pptxAndreia Silva
 
a. Cite e explique os três princípios básicos da progressão do treinamento de...
a. Cite e explique os três princípios básicos da progressão do treinamento de...a. Cite e explique os três princípios básicos da progressão do treinamento de...
a. Cite e explique os três princípios básicos da progressão do treinamento de...azulassessoriaacadem3
 
Tendo em vista estes aspectos, a proposta dessa atividade é a elaboração de u...
Tendo em vista estes aspectos, a proposta dessa atividade é a elaboração de u...Tendo em vista estes aspectos, a proposta dessa atividade é a elaboração de u...
Tendo em vista estes aspectos, a proposta dessa atividade é a elaboração de u...azulassessoriaacadem3
 

Último (20)

Durante a rotina laboratorial, no setor de hematologia, a investigação dos el...
Durante a rotina laboratorial, no setor de hematologia, a investigação dos el...Durante a rotina laboratorial, no setor de hematologia, a investigação dos el...
Durante a rotina laboratorial, no setor de hematologia, a investigação dos el...
 
Desenvolva um texto dissertativo sobre como a experiência de Deus pode ser re...
Desenvolva um texto dissertativo sobre como a experiência de Deus pode ser re...Desenvolva um texto dissertativo sobre como a experiência de Deus pode ser re...
Desenvolva um texto dissertativo sobre como a experiência de Deus pode ser re...
 
Slides Lição 10, CPAD, A Ceia do Senhor – A Segunda Ordenança da Igreja, 1Tr2...
Slides Lição 10, CPAD, A Ceia do Senhor – A Segunda Ordenança da Igreja, 1Tr2...Slides Lição 10, CPAD, A Ceia do Senhor – A Segunda Ordenança da Igreja, 1Tr2...
Slides Lição 10, CPAD, A Ceia do Senhor – A Segunda Ordenança da Igreja, 1Tr2...
 
Depois de refletir sobre essas etapas, o planejamento será registrado por mei...
Depois de refletir sobre essas etapas, o planejamento será registrado por mei...Depois de refletir sobre essas etapas, o planejamento será registrado por mei...
Depois de refletir sobre essas etapas, o planejamento será registrado por mei...
 
Planejamento Anual Matemática para o ENEM - 1º ano 1, 2 e 3 anos-.pdf
Planejamento Anual Matemática para o ENEM -  1º ano 1, 2 e 3  anos-.pdfPlanejamento Anual Matemática para o ENEM -  1º ano 1, 2 e 3  anos-.pdf
Planejamento Anual Matemática para o ENEM - 1º ano 1, 2 e 3 anos-.pdf
 
Depois de refletir sobre essas etapas, o planejamento será registrado por mei...
Depois de refletir sobre essas etapas, o planejamento será registrado por mei...Depois de refletir sobre essas etapas, o planejamento será registrado por mei...
Depois de refletir sobre essas etapas, o planejamento será registrado por mei...
 
Ainda nessa perspectiva, mencione ao menos três desafios associados à aplicaç...
Ainda nessa perspectiva, mencione ao menos três desafios associados à aplicaç...Ainda nessa perspectiva, mencione ao menos três desafios associados à aplicaç...
Ainda nessa perspectiva, mencione ao menos três desafios associados à aplicaç...
 
610854 (4).pptx Linguagem da música. Diferentes gêneros da musica tradicional...
610854 (4).pptx Linguagem da música. Diferentes gêneros da musica tradicional...610854 (4).pptx Linguagem da música. Diferentes gêneros da musica tradicional...
610854 (4).pptx Linguagem da música. Diferentes gêneros da musica tradicional...
 
3 – As principais características de cada tendência pedagógica, na ordem: o p...
3 – As principais características de cada tendência pedagógica, na ordem: o p...3 – As principais características de cada tendência pedagógica, na ordem: o p...
3 – As principais características de cada tendência pedagógica, na ordem: o p...
 
Discuta as principais mudanças e desafios enfrentados pelos profissionais de ...
Discuta as principais mudanças e desafios enfrentados pelos profissionais de ...Discuta as principais mudanças e desafios enfrentados pelos profissionais de ...
Discuta as principais mudanças e desafios enfrentados pelos profissionais de ...
 
Elementos da Formação Social: sociologia no ensino médio
Elementos da Formação Social: sociologia no ensino médioElementos da Formação Social: sociologia no ensino médio
Elementos da Formação Social: sociologia no ensino médio
 
A) DESCREVA no mínimo três pontos-base do princípio da cromatografia gasosa.
A) DESCREVA no mínimo três pontos-base do princípio da cromatografia gasosa.A) DESCREVA no mínimo três pontos-base do princípio da cromatografia gasosa.
A) DESCREVA no mínimo três pontos-base do princípio da cromatografia gasosa.
 
1 – O nome de cada uma das tendências pedagógicas, em ordem cronológica;
1 – O nome de cada uma das tendências pedagógicas, em ordem cronológica;1 – O nome de cada uma das tendências pedagógicas, em ordem cronológica;
1 – O nome de cada uma das tendências pedagógicas, em ordem cronológica;
 
4. Descreva como a empresa funciona e de que maneira a teoria da ORT é observ...
4. Descreva como a empresa funciona e de que maneira a teoria da ORT é observ...4. Descreva como a empresa funciona e de que maneira a teoria da ORT é observ...
4. Descreva como a empresa funciona e de que maneira a teoria da ORT é observ...
 
Com base no exposto, sua ação nessa atividade consiste em elaborar um texto d...
Com base no exposto, sua ação nessa atividade consiste em elaborar um texto d...Com base no exposto, sua ação nessa atividade consiste em elaborar um texto d...
Com base no exposto, sua ação nessa atividade consiste em elaborar um texto d...
 
a) Tendo como base as competências de um conselho de saúde, a afirmação "... ...
a) Tendo como base as competências de um conselho de saúde, a afirmação "... ...a) Tendo como base as competências de um conselho de saúde, a afirmação "... ...
a) Tendo como base as competências de um conselho de saúde, a afirmação "... ...
 
08 de março - Dia Internacional da Mulher
08 de março - Dia Internacional da Mulher08 de março - Dia Internacional da Mulher
08 de março - Dia Internacional da Mulher
 
01_Apresentacao_25_CIAED_2019_Ambientação_GRAD.pptx
01_Apresentacao_25_CIAED_2019_Ambientação_GRAD.pptx01_Apresentacao_25_CIAED_2019_Ambientação_GRAD.pptx
01_Apresentacao_25_CIAED_2019_Ambientação_GRAD.pptx
 
a. Cite e explique os três princípios básicos da progressão do treinamento de...
a. Cite e explique os três princípios básicos da progressão do treinamento de...a. Cite e explique os três princípios básicos da progressão do treinamento de...
a. Cite e explique os três princípios básicos da progressão do treinamento de...
 
Tendo em vista estes aspectos, a proposta dessa atividade é a elaboração de u...
Tendo em vista estes aspectos, a proposta dessa atividade é a elaboração de u...Tendo em vista estes aspectos, a proposta dessa atividade é a elaboração de u...
Tendo em vista estes aspectos, a proposta dessa atividade é a elaboração de u...
 

Simón Bolívar

  • 1. Este homem foi um grande herói para toda a América Latina. Cheio de pensamentos liberais, ele foi o líder das revoluções que deram independência à Venezuela, Peru, Colômbia, Equador e Bolívia. Conhecido como “o Libertador”, Simón Bolívar liderou diversas rebeliões contra o domínio espanhol na América do Sul. Após estudar em Madri, na Espanha, visitou Paris (na França). Em todos esses lugares, o jovem Bolívar absorveu o espírito revolucionário então difundido na Europa. Quando regressou à América do Sul em 1810, uniu-se ao movimento independentista venezuelano e começou a lutar contra a dominação espanhola. Entre 1810 e 1814, Bolívar participou de dois levantes venezuelanos fracassados. Ele fugiu então para a Jamaica e, depois, para o Haiti. Em seu exílio na Jamaica, Bolívar escreveu um dos documentos mais importantes sobre o movimento independentista na América hispânica: La carta de Jamaica. Nela, Bolívar delineou uma visão grandiosa para as nações desde Chile e Argentina até o México. Na carta, ele propôs a formação de repúblicas constitucionais em toda a América hispânica.
  • 2. Em 1819, Simón Bolívar organizou um ataque ousado contra os espanhóis em Nova Granada, território onde hoje estão a Venezuela, a Colômbia, o Equador e o Panamá. Em agosto de 1819, na batalha de Boyacá, as tropas do Libertador venceram o exército espanhol. Bolívar então declarou a independência de Nova Granada, chamando-a de Grã-Colômbia, da qual se tornou presidente e ditador militar. Em seguida, Bolívar foi para o Peru, o exército de Bolívar derrotou os espanhóis em 1824. No ano seguinte, um dos oficiais de Bolívar libertou a região do Alto Peru — ao sul do Peru, a última ainda sob domínio espanhol. Em homenagem ao Libertador, o novo país foi chamado Bolívia. Bandeira da Bolívia
  • 3. Bolívar queria que todos os novos países permanecessem juntos e aliados, mas o espírito de desunião e da oposição era forte e as lutas internas começaram. A Venezuela deixou a Grã- Colômbia em 1829 e o Equador, em 1830. Triste e com a saúde frágil, Bolívar morreu de tuberculose na propriedade de um amigo em Santa Marta, na Colômbia, em 17 dezembro de 1830, sete meses depois de ele ter renunciado a seus cargos. Apesar de ter ocupado cargos com atributos ditatoriais, muitos consideram que Bolívar era um patriota sincero, dedicado à causa da liberdade e da igualdade. Idealista, Bolívar libertou seus escravos anos antes da abolição da escravidão na Venezuela. Ele também foi um dos pioneiros em incitar a formação de uma união das repúblicas americanas. Bandeira da Grã-Colômbia Fontes:http://escola.britannica.com.br/article/480820/Simon-Bolivar http://pnld.moderna.com.br/2012/07/05/simon-bolivar-independencia- da-america-espanhola/ http://www.infopedia.pt/$simon-bolivar
  • 4. Conclusão Símon Bolívar foi uma pessoa com pensamentos liberais e muito importante para o processo de independência da América Espanhola, o líder na independência da Venezuela, Peru, Colômbia, Equador e Bolívia. Tinha o objeto de tirar o domínio espanhol na América do Sul. Influenciado por ideias iluministas ,pelo momento de revolução vivido na Europa e pela Revolução Americana. Organizou exércitos e entrou em diversos confrontos contra o exército espanhol, em 1819 realizou um ataque em Nova Granada, região onde o hoje esta situada Venezuela, a Colômbia, o Equador e o Panamá; e apesar de um exército menor conseguiu conquistar a região e decretar sua independência, chamando-a de Grã-Colômbia. Em seguida Bolívar libertou o Peru e Alto Peru (atual Bolívia). A sua vontade é que esses países permanecessem unidos para que houvesse maior perspectiva de prosperidade e segurança após a independência, porém isso não se concretizou devido a conflitos internos.