SlideShare uma empresa Scribd logo

Luneta

A luneta de Galileu é formada por uma lente convergente (plano-convexa ou biconvexa) funcionando como a objetiva e uma lente divergente (plano-côncavo ou bicôncava) servindo como ocular.Galileu foi o primeiro a fazer uso científico do telescópio, ao fazer observações astronômicas com ele. Descobriu assim que a Via Láctea é composta de uma quantia imensa de estrelas

1 de 8
Baixar para ler offline
LUNETA
HISTÓRIA
Hans Lippershey , fabricante de lentes, foi o primeiro a registrar um
projeto de luneta em 1608. Já em 1609 Galileu Galilei teve
conhecimento desta invenção e sabendo como era constituída (duas
lentes em um tubo), logo a aprimorou e construiu uma capaz de
aumentar três vezes o tamanho aparente de um objeto. Depois
construiu outras ainda mais potentes.
GALILEU
GALILEI
A luneta de Galileu é formada por uma lente convergente (plano-
convexa ou biconvexa) funcionando como a objetiva e uma lente
divergente (plano-côncavo ou bicôncava) servindo como ocular. A
lente ocular intercepta os raios convergentes provenientes do objeto,
tornando-os paralelos e formando assim uma imagem virtual,
ampliada e reta.
Galileu foi o primeiro a fazer uso científico do telescópio, ao fazer
observações astronômicas com ele. Descobriu assim que a Via
Láctea é composta de uma quantia imensa de estrelas (e não era uma
"emanação" como se pensava até essa época), descobriu ainda os
satélites de Júpiter, as montanhas e crateras da Lua.

Recomendados

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Introdução e História da astronomia - Aula 1
Introdução e História da astronomia - Aula 1Introdução e História da astronomia - Aula 1
Introdução e História da astronomia - Aula 1Paulo Ricardo Csc
 
Princípios da óptica geométrica
Princípios da óptica geométricaPrincípios da óptica geométrica
Princípios da óptica geométricaO mundo da FÍSICA
 
6 ano o universo e o sistema solar
6 ano o universo e o sistema solar6 ano o universo e o sistema solar
6 ano o universo e o sistema solarcrisbassanimedeiros
 
Uma breve história da astronomia telescópios
Uma breve história da astronomia   telescópiosUma breve história da astronomia   telescópios
Uma breve história da astronomia telescópiosLuiz Carlos Dias
 
Gravitação site
Gravitação siteGravitação site
Gravitação sitefisicaatual
 
Aula 6º ano - O Universo e o Sistema Solar
Aula 6º ano - O Universo e o Sistema SolarAula 6º ano - O Universo e o Sistema Solar
Aula 6º ano - O Universo e o Sistema SolarLeonardo Kaplan
 
O universo e o Sistema Solar
O universo e o Sistema SolarO universo e o Sistema Solar
O universo e o Sistema SolarFURG
 
A física dos foguetes e das sondas espaciais
A física dos foguetes e das sondas espaciaisA física dos foguetes e das sondas espaciais
A física dos foguetes e das sondas espaciaisLucas Guimaraes
 
Estudo das Lentes Esféricas
Estudo das Lentes EsféricasEstudo das Lentes Esféricas
Estudo das Lentes EsféricasFabio Martins
 
Eclipses
EclipsesEclipses
EclipsesUSP
 
Reflexao da luz
Reflexao da luzReflexao da luz
Reflexao da luzLucas pk'
 

Mais procurados (20)

Introdução e História da astronomia - Aula 1
Introdução e História da astronomia - Aula 1Introdução e História da astronomia - Aula 1
Introdução e História da astronomia - Aula 1
 
Apresentação slide sistema solar
Apresentação slide sistema solarApresentação slide sistema solar
Apresentação slide sistema solar
 
Slide a luneta de galileu
Slide   a luneta de galileuSlide   a luneta de galileu
Slide a luneta de galileu
 
Dias e noites
Dias e noitesDias e noites
Dias e noites
 
Óptica introdução
Óptica introduçãoÓptica introdução
Óptica introdução
 
Força e movimento
Força e movimentoForça e movimento
Força e movimento
 
Fundamentos da óptica geométrica
Fundamentos da óptica geométricaFundamentos da óptica geométrica
Fundamentos da óptica geométrica
 
Princípios da óptica geométrica
Princípios da óptica geométricaPrincípios da óptica geométrica
Princípios da óptica geométrica
 
Gravidade power point
Gravidade power pointGravidade power point
Gravidade power point
 
Aula Gravitação Universal
Aula Gravitação UniversalAula Gravitação Universal
Aula Gravitação Universal
 
6 ano o universo e o sistema solar
6 ano o universo e o sistema solar6 ano o universo e o sistema solar
6 ano o universo e o sistema solar
 
Uma breve história da astronomia telescópios
Uma breve história da astronomia   telescópiosUma breve história da astronomia   telescópios
Uma breve história da astronomia telescópios
 
Gravitação site
Gravitação siteGravitação site
Gravitação site
 
Aula 6º ano - O Universo e o Sistema Solar
Aula 6º ano - O Universo e o Sistema SolarAula 6º ano - O Universo e o Sistema Solar
Aula 6º ano - O Universo e o Sistema Solar
 
Eclipses
EclipsesEclipses
Eclipses
 
O universo e o Sistema Solar
O universo e o Sistema SolarO universo e o Sistema Solar
O universo e o Sistema Solar
 
A física dos foguetes e das sondas espaciais
A física dos foguetes e das sondas espaciaisA física dos foguetes e das sondas espaciais
A física dos foguetes e das sondas espaciais
 
Estudo das Lentes Esféricas
Estudo das Lentes EsféricasEstudo das Lentes Esféricas
Estudo das Lentes Esféricas
 
Eclipses
EclipsesEclipses
Eclipses
 
Reflexao da luz
Reflexao da luzReflexao da luz
Reflexao da luz
 

Destaque

Destaque (16)

Luneta, telescópio e microscópio
Luneta, telescópio e microscópioLuneta, telescópio e microscópio
Luneta, telescópio e microscópio
 
Sextante consultoria 2014
Sextante consultoria 2014Sextante consultoria 2014
Sextante consultoria 2014
 
Importância das normas internacionais para os pequenos negócios
Importância das normas internacionais para os pequenos negóciosImportância das normas internacionais para os pequenos negócios
Importância das normas internacionais para os pequenos negócios
 
Boas práticas de regulamentação
Boas práticas de regulamentaçãoBoas práticas de regulamentação
Boas práticas de regulamentação
 
Hans arp
Hans arpHans arp
Hans arp
 
Gestão de riscos 31000
Gestão de riscos 31000Gestão de riscos 31000
Gestão de riscos 31000
 
A nova ABNT NBR 15401
A nova ABNT NBR 15401A nova ABNT NBR 15401
A nova ABNT NBR 15401
 
Astrolabio
AstrolabioAstrolabio
Astrolabio
 
ASTROLABIO
ASTROLABIOASTROLABIO
ASTROLABIO
 
Astrolabio
AstrolabioAstrolabio
Astrolabio
 
Astrolábio
AstrolábioAstrolábio
Astrolábio
 
Astrolabio
AstrolabioAstrolabio
Astrolabio
 
Projeto de Astronomia-Instrumentos Astronomicos
Projeto de Astronomia-Instrumentos Astronomicos Projeto de Astronomia-Instrumentos Astronomicos
Projeto de Astronomia-Instrumentos Astronomicos
 
Manual de Identidade Visual
Manual de Identidade VisualManual de Identidade Visual
Manual de Identidade Visual
 
Instrumentos Astronomicos
Instrumentos AstronomicosInstrumentos Astronomicos
Instrumentos Astronomicos
 
O Terramoto de 1755
O Terramoto de 1755O Terramoto de 1755
O Terramoto de 1755
 

Semelhante a Luneta

Quem inventou o telescópio?
Quem inventou o telescópio?Quem inventou o telescópio?
Quem inventou o telescópio?INAPE
 
Astronomia e astrof´+¢sica parte 001
Astronomia e astrof´+¢sica parte 001Astronomia e astrof´+¢sica parte 001
Astronomia e astrof´+¢sica parte 001Thommas Kevin
 
Material OBA Pt.1 - Material de apoio
Material OBA Pt.1 - Material de apoioMaterial OBA Pt.1 - Material de apoio
Material OBA Pt.1 - Material de apoioeing2010
 
AS GRANDES INVENÇÕES PARA O AVANÇO DO CONHECIMENTO SOBRE O UNIVERSO E O QUE N...
AS GRANDES INVENÇÕES PARA O AVANÇO DO CONHECIMENTO SOBRE O UNIVERSO E O QUE N...AS GRANDES INVENÇÕES PARA O AVANÇO DO CONHECIMENTO SOBRE O UNIVERSO E O QUE N...
AS GRANDES INVENÇÕES PARA O AVANÇO DO CONHECIMENTO SOBRE O UNIVERSO E O QUE N...Faga1939
 
A ASTRONOMIA, O REVOLUCIONÁRIO TELESCÓPIO JAMES WEBB E O AVANÇO DO CONHECIMEN...
A ASTRONOMIA, O REVOLUCIONÁRIO TELESCÓPIO JAMES WEBB E O AVANÇO DO CONHECIMEN...A ASTRONOMIA, O REVOLUCIONÁRIO TELESCÓPIO JAMES WEBB E O AVANÇO DO CONHECIMEN...
A ASTRONOMIA, O REVOLUCIONÁRIO TELESCÓPIO JAMES WEBB E O AVANÇO DO CONHECIMEN...Faga1939
 
01. corrida espacial
01. corrida espacial01. corrida espacial
01. corrida espacialruiricardobg
 
Curso telescopio Aula 1
Curso telescopio Aula 1Curso telescopio Aula 1
Curso telescopio Aula 1Maracaju Vip
 
Telescópio alunas rhuane, luna e samara turma 2ª2
Telescópio   alunas rhuane, luna e samara turma 2ª2Telescópio   alunas rhuane, luna e samara turma 2ª2
Telescópio alunas rhuane, luna e samara turma 2ª2Luiz Carlos Silva
 
Galileu Galilei
Galileu GalileiGalileu Galilei
Galileu Galileiedson
 
Galileu Galilei - Marcos Calil
Galileu Galilei - Marcos CalilGalileu Galilei - Marcos Calil
Galileu Galilei - Marcos CalilMarcos Calil
 
História da Astronomia - Galileu Galilei - Parte 5 de 7
História da Astronomia - Galileu Galilei - Parte 5 de 7História da Astronomia - Galileu Galilei - Parte 5 de 7
História da Astronomia - Galileu Galilei - Parte 5 de 7Instituto Iprodesc
 

Semelhante a Luneta (20)

Quem inventou o telescópio?
Quem inventou o telescópio?Quem inventou o telescópio?
Quem inventou o telescópio?
 
Astronomia e astrof´+¢sica parte 001
Astronomia e astrof´+¢sica parte 001Astronomia e astrof´+¢sica parte 001
Astronomia e astrof´+¢sica parte 001
 
Material OBA Pt.1 - Material de apoio
Material OBA Pt.1 - Material de apoioMaterial OBA Pt.1 - Material de apoio
Material OBA Pt.1 - Material de apoio
 
AS GRANDES INVENÇÕES PARA O AVANÇO DO CONHECIMENTO SOBRE O UNIVERSO E O QUE N...
AS GRANDES INVENÇÕES PARA O AVANÇO DO CONHECIMENTO SOBRE O UNIVERSO E O QUE N...AS GRANDES INVENÇÕES PARA O AVANÇO DO CONHECIMENTO SOBRE O UNIVERSO E O QUE N...
AS GRANDES INVENÇÕES PARA O AVANÇO DO CONHECIMENTO SOBRE O UNIVERSO E O QUE N...
 
Galileu Galilei
Galileu GalileiGalileu Galilei
Galileu Galilei
 
A ASTRONOMIA, O REVOLUCIONÁRIO TELESCÓPIO JAMES WEBB E O AVANÇO DO CONHECIMEN...
A ASTRONOMIA, O REVOLUCIONÁRIO TELESCÓPIO JAMES WEBB E O AVANÇO DO CONHECIMEN...A ASTRONOMIA, O REVOLUCIONÁRIO TELESCÓPIO JAMES WEBB E O AVANÇO DO CONHECIMEN...
A ASTRONOMIA, O REVOLUCIONÁRIO TELESCÓPIO JAMES WEBB E O AVANÇO DO CONHECIMEN...
 
01. corrida espacial
01. corrida espacial01. corrida espacial
01. corrida espacial
 
Curso telescopio Aula 1
Curso telescopio Aula 1Curso telescopio Aula 1
Curso telescopio Aula 1
 
Trabalho galileu galilei
Trabalho galileu galileiTrabalho galileu galilei
Trabalho galileu galilei
 
Telescópio alunas rhuane, luna e samara turma 2ª2
Telescópio   alunas rhuane, luna e samara turma 2ª2Telescópio   alunas rhuane, luna e samara turma 2ª2
Telescópio alunas rhuane, luna e samara turma 2ª2
 
Galileu
GalileuGalileu
Galileu
 
Galileu Galilei
Galileu GalileiGalileu Galilei
Galileu Galilei
 
Apresentação rute gomes
Apresentação   rute gomesApresentação   rute gomes
Apresentação rute gomes
 
Buraco negro
Buraco negroBuraco negro
Buraco negro
 
Astronomia.pptx
Astronomia.pptxAstronomia.pptx
Astronomia.pptx
 
Inventores
InventoresInventores
Inventores
 
Galileu Galilei - Marcos Calil
Galileu Galilei - Marcos CalilGalileu Galilei - Marcos Calil
Galileu Galilei - Marcos Calil
 
Slidegalileu
SlidegalileuSlidegalileu
Slidegalileu
 
História da Astronomia - Galileu Galilei - Parte 5 de 7
História da Astronomia - Galileu Galilei - Parte 5 de 7História da Astronomia - Galileu Galilei - Parte 5 de 7
História da Astronomia - Galileu Galilei - Parte 5 de 7
 
Galileu Galilei
Galileu GalileiGalileu Galilei
Galileu Galilei
 

Mais de Ian Costansi

Mais de Ian Costansi (14)

Matrizes
MatrizesMatrizes
Matrizes
 
Raio x
Raio xRaio x
Raio x
 
Problemas ambientais urbanos
Problemas ambientais urbanosProblemas ambientais urbanos
Problemas ambientais urbanos
 
Futurismo
FuturismoFuturismo
Futurismo
 
Simón Bolívar
Simón BolívarSimón Bolívar
Simón Bolívar
 
LIVROS E SUAS FRASES
LIVROS E SUAS FRASESLIVROS E SUAS FRASES
LIVROS E SUAS FRASES
 
História da escrita - Timeline
História da escrita - TimelineHistória da escrita - Timeline
História da escrita - Timeline
 
Hipotermia e hipertermia
Hipotermia e hipertermiaHipotermia e hipertermia
Hipotermia e hipertermia
 
Brasil
BrasilBrasil
Brasil
 
Blocos econômicos (para imprimir)
Blocos econômicos (para imprimir)Blocos econômicos (para imprimir)
Blocos econômicos (para imprimir)
 
Get lucky - Daft Punk
Get lucky - Daft PunkGet lucky - Daft Punk
Get lucky - Daft Punk
 
Asa delta
Asa deltaAsa delta
Asa delta
 
Redes Sociais
Redes SociaisRedes Sociais
Redes Sociais
 
Campos Sulinos
Campos SulinosCampos Sulinos
Campos Sulinos
 

Último

Ainda nessa perspectiva, mencione ao menos três desafios associados à aplicaç...
Ainda nessa perspectiva, mencione ao menos três desafios associados à aplicaç...Ainda nessa perspectiva, mencione ao menos três desafios associados à aplicaç...
Ainda nessa perspectiva, mencione ao menos três desafios associados à aplicaç...apoioacademicoead
 
1. Encontre um Livro Didático de Língua Portuguesa, que seja para o 1º, 2º ou...
1. Encontre um Livro Didático de Língua Portuguesa, que seja para o 1º, 2º ou...1. Encontre um Livro Didático de Língua Portuguesa, que seja para o 1º, 2º ou...
1. Encontre um Livro Didático de Língua Portuguesa, que seja para o 1º, 2º ou...azulassessoriaacadem3
 
1. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, calcul...
1. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, calcul...1. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, calcul...
1. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, calcul...azulassessoriaacadem3
 
5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...
5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...
5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...azulassessoriaacadem3
 
1) Cite os componentes que devem fazer parte de uma sessão de treinamento.
1) Cite os componentes que devem fazer parte de uma sessão de treinamento.1) Cite os componentes que devem fazer parte de uma sessão de treinamento.
1) Cite os componentes que devem fazer parte de uma sessão de treinamento.azulassessoriaacadem3
 
4. Agora para analisar os resultados obtidos, você irá utilizar a classificaç...
4. Agora para analisar os resultados obtidos, você irá utilizar a classificaç...4. Agora para analisar os resultados obtidos, você irá utilizar a classificaç...
4. Agora para analisar os resultados obtidos, você irá utilizar a classificaç...azulassessoriaacadem3
 
A hermenêutica jurídica envolve diversos métodos e técnicas interpretativas, ...
A hermenêutica jurídica envolve diversos métodos e técnicas interpretativas, ...A hermenêutica jurídica envolve diversos métodos e técnicas interpretativas, ...
A hermenêutica jurídica envolve diversos métodos e técnicas interpretativas, ...excellenceeducaciona
 
A partir desse panorama, suponha, então, que você foi contratado(a) pela Natu...
A partir desse panorama, suponha, então, que você foi contratado(a) pela Natu...A partir desse panorama, suponha, então, que você foi contratado(a) pela Natu...
A partir desse panorama, suponha, então, que você foi contratado(a) pela Natu...azulassessoriaacadem3
 
Sobre os princípios da teoria burocrática de Max Weber e com base em suas exp...
Sobre os princípios da teoria burocrática de Max Weber e com base em suas exp...Sobre os princípios da teoria burocrática de Max Weber e com base em suas exp...
Sobre os princípios da teoria burocrática de Max Weber e com base em suas exp...azulassessoriaacadem3
 
2. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, sabend...
2. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, sabend...2. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, sabend...
2. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, sabend...azulassessoriaacadem3
 
Acróstico - Maria da Penha Lei nº 11.340, de 7 de agosto de 2006
Acróstico - Maria da Penha    Lei nº 11.340, de 7 de agosto de 2006Acróstico - Maria da Penha    Lei nº 11.340, de 7 de agosto de 2006
Acróstico - Maria da Penha Lei nº 11.340, de 7 de agosto de 2006Mary Alvarenga
 
2) Descreva os princípios fundamentais para uma prescrição de exercícios físi...
2) Descreva os princípios fundamentais para uma prescrição de exercícios físi...2) Descreva os princípios fundamentais para uma prescrição de exercícios físi...
2) Descreva os princípios fundamentais para uma prescrição de exercícios físi...azulassessoriaacadem3
 
Discuta as principais mudanças e desafios enfrentados pelos profissionais de ...
Discuta as principais mudanças e desafios enfrentados pelos profissionais de ...Discuta as principais mudanças e desafios enfrentados pelos profissionais de ...
Discuta as principais mudanças e desafios enfrentados pelos profissionais de ...azulassessoriaacadem3
 
Sendo assim, desenvolva um breve texto que possa evidenciar a importância da ...
Sendo assim, desenvolva um breve texto que possa evidenciar a importância da ...Sendo assim, desenvolva um breve texto que possa evidenciar a importância da ...
Sendo assim, desenvolva um breve texto que possa evidenciar a importância da ...excellenceeducaciona
 
c) A fosforilação oxidativa é a etapa da respiração celular que mais produz A...
c) A fosforilação oxidativa é a etapa da respiração celular que mais produz A...c) A fosforilação oxidativa é a etapa da respiração celular que mais produz A...
c) A fosforilação oxidativa é a etapa da respiração celular que mais produz A...azulassessoriaacadem3
 
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...excellenceeducaciona
 
Atividades sobre as Fontes Históricas e Patrimônio.
Atividades sobre as Fontes Históricas e Patrimônio.Atividades sobre as Fontes Históricas e Patrimônio.
Atividades sobre as Fontes Históricas e Patrimônio.Jean Carlos Nunes Paixão
 
ATIVIDADE PROPOSTA: Considerando o "estudo de caso" apresentado na disciplina...
ATIVIDADE PROPOSTA: Considerando o "estudo de caso" apresentado na disciplina...ATIVIDADE PROPOSTA: Considerando o "estudo de caso" apresentado na disciplina...
ATIVIDADE PROPOSTA: Considerando o "estudo de caso" apresentado na disciplina...azulassessoriaacadem3
 

Último (20)

Ainda nessa perspectiva, mencione ao menos três desafios associados à aplicaç...
Ainda nessa perspectiva, mencione ao menos três desafios associados à aplicaç...Ainda nessa perspectiva, mencione ao menos três desafios associados à aplicaç...
Ainda nessa perspectiva, mencione ao menos três desafios associados à aplicaç...
 
1. Encontre um Livro Didático de Língua Portuguesa, que seja para o 1º, 2º ou...
1. Encontre um Livro Didático de Língua Portuguesa, que seja para o 1º, 2º ou...1. Encontre um Livro Didático de Língua Portuguesa, que seja para o 1º, 2º ou...
1. Encontre um Livro Didático de Língua Portuguesa, que seja para o 1º, 2º ou...
 
1. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, calcul...
1. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, calcul...1. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, calcul...
1. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, calcul...
 
5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...
5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...
5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...
 
1) Cite os componentes que devem fazer parte de uma sessão de treinamento.
1) Cite os componentes que devem fazer parte de uma sessão de treinamento.1) Cite os componentes que devem fazer parte de uma sessão de treinamento.
1) Cite os componentes que devem fazer parte de uma sessão de treinamento.
 
4. Agora para analisar os resultados obtidos, você irá utilizar a classificaç...
4. Agora para analisar os resultados obtidos, você irá utilizar a classificaç...4. Agora para analisar os resultados obtidos, você irá utilizar a classificaç...
4. Agora para analisar os resultados obtidos, você irá utilizar a classificaç...
 
A hermenêutica jurídica envolve diversos métodos e técnicas interpretativas, ...
A hermenêutica jurídica envolve diversos métodos e técnicas interpretativas, ...A hermenêutica jurídica envolve diversos métodos e técnicas interpretativas, ...
A hermenêutica jurídica envolve diversos métodos e técnicas interpretativas, ...
 
A partir desse panorama, suponha, então, que você foi contratado(a) pela Natu...
A partir desse panorama, suponha, então, que você foi contratado(a) pela Natu...A partir desse panorama, suponha, então, que você foi contratado(a) pela Natu...
A partir desse panorama, suponha, então, que você foi contratado(a) pela Natu...
 
Sobre os princípios da teoria burocrática de Max Weber e com base em suas exp...
Sobre os princípios da teoria burocrática de Max Weber e com base em suas exp...Sobre os princípios da teoria burocrática de Max Weber e com base em suas exp...
Sobre os princípios da teoria burocrática de Max Weber e com base em suas exp...
 
GABARITO CRUZADINHA PATRIM E FONTES.docx
GABARITO CRUZADINHA PATRIM E FONTES.docxGABARITO CRUZADINHA PATRIM E FONTES.docx
GABARITO CRUZADINHA PATRIM E FONTES.docx
 
2. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, sabend...
2. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, sabend...2. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, sabend...
2. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, sabend...
 
Acróstico - Maria da Penha Lei nº 11.340, de 7 de agosto de 2006
Acróstico - Maria da Penha    Lei nº 11.340, de 7 de agosto de 2006Acróstico - Maria da Penha    Lei nº 11.340, de 7 de agosto de 2006
Acróstico - Maria da Penha Lei nº 11.340, de 7 de agosto de 2006
 
2) Descreva os princípios fundamentais para uma prescrição de exercícios físi...
2) Descreva os princípios fundamentais para uma prescrição de exercícios físi...2) Descreva os princípios fundamentais para uma prescrição de exercícios físi...
2) Descreva os princípios fundamentais para uma prescrição de exercícios físi...
 
Namorar não és ser don .
Namorar não és ser don                  .Namorar não és ser don                  .
Namorar não és ser don .
 
Discuta as principais mudanças e desafios enfrentados pelos profissionais de ...
Discuta as principais mudanças e desafios enfrentados pelos profissionais de ...Discuta as principais mudanças e desafios enfrentados pelos profissionais de ...
Discuta as principais mudanças e desafios enfrentados pelos profissionais de ...
 
Sendo assim, desenvolva um breve texto que possa evidenciar a importância da ...
Sendo assim, desenvolva um breve texto que possa evidenciar a importância da ...Sendo assim, desenvolva um breve texto que possa evidenciar a importância da ...
Sendo assim, desenvolva um breve texto que possa evidenciar a importância da ...
 
c) A fosforilação oxidativa é a etapa da respiração celular que mais produz A...
c) A fosforilação oxidativa é a etapa da respiração celular que mais produz A...c) A fosforilação oxidativa é a etapa da respiração celular que mais produz A...
c) A fosforilação oxidativa é a etapa da respiração celular que mais produz A...
 
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...
 
Atividades sobre as Fontes Históricas e Patrimônio.
Atividades sobre as Fontes Históricas e Patrimônio.Atividades sobre as Fontes Históricas e Patrimônio.
Atividades sobre as Fontes Históricas e Patrimônio.
 
ATIVIDADE PROPOSTA: Considerando o "estudo de caso" apresentado na disciplina...
ATIVIDADE PROPOSTA: Considerando o "estudo de caso" apresentado na disciplina...ATIVIDADE PROPOSTA: Considerando o "estudo de caso" apresentado na disciplina...
ATIVIDADE PROPOSTA: Considerando o "estudo de caso" apresentado na disciplina...
 

Luneta

  • 3. Hans Lippershey , fabricante de lentes, foi o primeiro a registrar um projeto de luneta em 1608. Já em 1609 Galileu Galilei teve conhecimento desta invenção e sabendo como era constituída (duas lentes em um tubo), logo a aprimorou e construiu uma capaz de aumentar três vezes o tamanho aparente de um objeto. Depois construiu outras ainda mais potentes.
  • 5. A luneta de Galileu é formada por uma lente convergente (plano- convexa ou biconvexa) funcionando como a objetiva e uma lente divergente (plano-côncavo ou bicôncava) servindo como ocular. A lente ocular intercepta os raios convergentes provenientes do objeto, tornando-os paralelos e formando assim uma imagem virtual, ampliada e reta.
  • 6. Galileu foi o primeiro a fazer uso científico do telescópio, ao fazer observações astronômicas com ele. Descobriu assim que a Via Láctea é composta de uma quantia imensa de estrelas (e não era uma "emanação" como se pensava até essa época), descobriu ainda os satélites de Júpiter, as montanhas e crateras da Lua.
  • 8. Os dois. A luneta ou telescópio refrator são sinônimos. Esses dois nomes caracterizam um tipo de telescópio astronômico cuja objetiva é formada por uma lente ou um sistema de lentes. Existem também outros tipos de telescópios, chamados “refletores”, por possuírem, além das lentes, também espelhos, esses não são chamados de lunetas