Isolamento Social Área de Projecto – 12º ano
1 - Definição Isolamento social  refere-se ao comportamento de alienação por parte de um indivíduo ou grupo de indivíduos,...
<ul><li>Procura afastar-se da sociedade ou inserir-se em subculturas. </li></ul>1.1 - Características que o definem <ul><l...
<ul><li>Incumprimento de tarefas de desenvolvimento pessoal; </li></ul>1.2 - Factores de risco <ul><li>Valores contra-soci...
<ul><li>Falta de apoio psicológico. </li></ul>2 - Causas <ul><li>Rejeição da sociedade em relação ao individuo ; </li></ul...
3 - Consequências <ul><li>Maior susceptibilidade a contracção de doenças no fórum mental;  </li></ul><ul><li>Baixa qualida...
4 - Isolamento social nos idosos <ul><li>Limitações das valências dos centros sociais. </li></ul>Causas: <ul><li>Isolament...
Possíveis soluções: <ul><li>Apoio domiciliário. </li></ul><ul><li>Mais actividades de ocupação dos idosos; </li></ul><ul><...
4 - Isolamento social nos jovens Causas: <ul><li>Adolescência problemática e dificuldades a nível da construção da identid...
<ul><li>Técnicas de bullying:  insultar a vítima, acusando-a sistematicamente de não servir para nada; agredir a vítima, q...
Trabalho elaborado por: <ul><li>Eduardo Luís </li></ul><ul><li>Joana Costa   </li></ul><ul><li>João Alcaide   </li></ul><u...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Isolamento Social

41.632 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação, Turismo
0 comentários
8 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
41.632
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
587
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
449
Comentários
0
Gostaram
8
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Isolamento Social

  1. 1. Isolamento Social Área de Projecto – 12º ano
  2. 2. 1 - Definição Isolamento social refere-se ao comportamento de alienação por parte de um indivíduo ou grupo de indivíduos, de forma voluntária ou consequente da rejeição, que incide sobre pessoas de todos os escalões etários, levando frequentemente ao estabelecimento de valores e regras diferentes das socialmente aceites. Aparece frequentemente associado a distúrbios de ordem psicológica.
  3. 3. <ul><li>Procura afastar-se da sociedade ou inserir-se em subculturas. </li></ul>1.1 - Características que o definem <ul><li>Sentimentos de solidão impostos por outros; </li></ul><ul><li>Expressão de valores aceites por uma subcultura, mas não pela cultura dominante; </li></ul><ul><li>Sentimentos de rejeição e tristeza; </li></ul><ul><li>Insegurança em público; </li></ul><ul><li>Falta de comunicação e de contacto ocular com outros; </li></ul><ul><li>Hostilidade na comunicação e comportamento; </li></ul>
  4. 4. <ul><li>Incumprimento de tarefas de desenvolvimento pessoal; </li></ul>1.2 - Factores de risco <ul><li>Valores contra-sociais; </li></ul><ul><li>Alterações de estado mental; </li></ul><ul><li>Variações de humor; </li></ul><ul><li>Interesses imaturos; </li></ul><ul><li>Alterações da aparência física; </li></ul><ul><li>Comportamentos anti-sociais; </li></ul><ul><li>Incapacidade para estabelecer relações interpessoais satisfatórias; </li></ul><ul><li>Sentimento de insegurança (receio de sair à rua). </li></ul>
  5. 5. <ul><li>Falta de apoio psicológico. </li></ul>2 - Causas <ul><li>Rejeição da sociedade em relação ao individuo ; </li></ul><ul><li>Motivos relacionados com a chegada de novos meios de comunicação; </li></ul><ul><li>Necessidade de abstracção a fim de cumprir determinadas tarefas ; </li></ul><ul><li>Consequência de distúrbios de natureza psicológica; </li></ul><ul><li>Ausência ou pouco contacto familiar; </li></ul>
  6. 6. 3 - Consequências <ul><li>Maior susceptibilidade a contracção de doenças no fórum mental; </li></ul><ul><li>Baixa qualidade de vida; </li></ul><ul><li>Vulnerabilidade emocional acentuada; </li></ul><ul><li>Propensão exacerbada para comportamentos de risco (álcool, drogas…) </li></ul><ul><li>Défice de comunicação com outros; </li></ul><ul><li>Baixa auto-estima e problemas psicológicos variados: - depressão, paranóias, psicoses; </li></ul><ul><li>Solidão; </li></ul><ul><li>Sentimento de inutilidade social; </li></ul><ul><li>Agravamento da saúde física; </li></ul><ul><li>Isolamento social. </li></ul>
  7. 7. 4 - Isolamento social nos idosos <ul><li>Limitações das valências dos centros sociais. </li></ul>Causas: <ul><li>Isolamento geográfico (êxodo rural); </li></ul><ul><li>Indisponibilidade das famílias para cuidarem do idoso; </li></ul><ul><li>População maioritariamente não activa; </li></ul><ul><li>Ausência de actividades de ocupação de tempos livres; </li></ul>Consequências: <ul><li>Baixa qualidade de vida do idoso. </li></ul><ul><li>Solidão; </li></ul><ul><li>Sentimento de inutilidade social; </li></ul><ul><li>Baixa auto-estima do idoso </li></ul><ul><li>(problemas psicológicos: depressões, </li></ul><ul><li>paranóias, psicoses, …); </li></ul>
  8. 8. Possíveis soluções: <ul><li>Apoio domiciliário. </li></ul><ul><li>Mais actividades de ocupação dos idosos; </li></ul><ul><li>Banco do Tempo; </li></ul><ul><li>Criação de uma base de dados extensiva sobre a população idosa </li></ul><ul><li>que vive sozinha, de modo a poder ser feito um acompanhamento </li></ul><ul><li>das suas necessidades; </li></ul>
  9. 9. 4 - Isolamento social nos jovens Causas: <ul><li>Adolescência problemática e dificuldades a nível da construção da identidade; </li></ul><ul><li>Sentimento de desadequação do jovem face à sociedade; </li></ul><ul><li>Rejeição do jovem, por parte da sociedade; </li></ul>4.1 - Bullying: <ul><li>Atitudes de violência física ou psicológica, intencionais e repetidas, que ocorrem sem motivação evidente, adoptadas por um indivíduo (bully) ou grupo de indivíduos contra outro(s), causando dor e angústia, e executadas dentro de uma relação desigual de poder; </li></ul><ul><li>Tipos de bullying: bullying directo (entre agressores do sexo masculino) e bullying indirecto (entre agressores do sexo feminino e crianças pequenas); </li></ul>
  10. 10. <ul><li>Técnicas de bullying: insultar a vítima, acusando-a sistematicamente de não servir para nada; agredir a vítima, quer seja o seu corpo ou a sua propriedade; espalhar rumores negativos sobre a vítima; usar as tecnologias de informação para praticar o cyberbullying (criar páginas falsas sobre a vítima em sites de relacionamento, …), …; </li></ul><ul><li>Casos: massacre de Columbine. </li></ul><ul><li>Intervenção das administrações das escolas, no sentido de serem prevenidas situações de bullying entre alunos. </li></ul><ul><li>Apoio da família e amigos; </li></ul><ul><li>Acompanhamento psicológico; </li></ul>Possíveis soluções: 5 - Tratamento <ul><li>Terapias de grupo. </li></ul><ul><li>Acompanhamento psicológico; </li></ul>
  11. 11. Trabalho elaborado por: <ul><li>Eduardo Luís </li></ul><ul><li>Joana Costa </li></ul><ul><li>João Alcaide </li></ul><ul><li>Rafaela Varallo </li></ul><ul><li>Rui Batista </li></ul>Fim

×