GesTec - Gestão em Foco - Parte 2 pdf

477 visualizações

Publicada em

Publicada em: Carreiras
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
477
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
48
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
12
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

GesTec - Gestão em Foco - Parte 2 pdf

  1. 1. Eugenio Rocha Parte 2 – Relações Humanas e de Trabalho. Uma abordagem exclusiva para Técnicos em Segurança do Trabalho. Versão virtual para divulgação gratuita.
  2. 2. Apresentação Prezados profissionais, Em continuidade a publicação da série “Gestão em Foco”, apresentamos a parte 2 – Relações Humanas”contendo recomendações básicas e objetivas para a prática desta importante e fina arte da comunicação interpessoal, na rotina diária dos nossos colegas. Apresentaremos também algumas recomendações sobre as relações profissionais de trabalho igualmente importantes para o sucesso profissional da categoria. Um abraço e pleno sucesso. Eugenio Rocha GesTec – Gestão Eficaz e Valorização Profissional
  3. 3. Relações Humanas 2 A fina arte das relações humanas realiza verdadeiros milagres para aqueles que a praticam. - Facilita fazer amigos. - Aumenta a popularidade. - Aumenta o prestígio. - Aumenta a influência. - Muda a rotina mental. - Desperta o entusiasmo. - Agrega aliados. GesTec – Gestão Eficaz e Valorização Profissional
  4. 4. Relações Humanas 2 Uma das tarefas mais difíceis que encontramos ao longo das nossas vidas, é a relação com os nossos semelhantes, tanto no âmbito pessoal como principalmente no profissional, pois somos muito diferentes uns dos outros nas nossas maneiras de pensar e agir. Cotidianamente nos relacionamos com inúmeras pessoas, em casa, na rua, no trabalho, no clube, nas escolas e em diversas outras situações, portanto, torna-se de vital importância que estas relações sejam boas, saudáveis, transparentes, confiáveis respeitáveis e produtivas. Na fina arte das relações humanas, será sempre bem sucedida aquela pessoa que primeiramente procura modificar-se a si própria, para depois criticar construtivamente, aconselhar e orientar os seus semelhantes. GesTec – Gestão Eficaz e Valorização Profissional
  5. 5. Relações Humanas 2 Quando a luta do ser humano para ser uma pessoa cada vez melhor, começa dentro de si mesmo, ele terá muito mais valor, será muito mais admirado, respeitado e valorizado. Um grande profissional demonstra a sua grandeza pelo modo como trata os seus colegas de trabalho, as pessoas mais simples e menos favorecidas social e profissionalmente. É preciso refletirmos profundamente quando tentamos ou condenamos as pessoas por determinados atos, certamente, agiremos com mais equilíbrio e sabedoria se procurarmos compreendê-las e saber os motivos pelos quais essas pessoas agem de um determinado modo que, a princípio, nos contraria e incomoda. GesTec – Gestão Eficaz e Valorização Profissional
  6. 6. Relações Humanas 2 Procurar ouvir com paciência e compreender as pessoas, ainda que divergindo das suas posições, são características muito raras de serem encontradas nos seres humanos, sobretudo nos dias atuais, onde a pressão e a competitividade são cada vez mais opressoras. Saber ouvir mais do que falar, é uma atitude muito poderosa nas relações humanas, e sempre enseja simpatia, tolerância e bondade. Ouvindo as pessoas e incentivando-as a falarem, estamos demonstrando grande capacidade de dicernimento e sabedoria. Os profissionais, que de forma sincera e honesta, conseguirem satisfazer as aspirações fortemente enraizadas no coração humano, terão as pessoas como fiéis e fortes aliadas em suas pretensões, ideias e projetos. GesTec – Gestão Eficaz e Valorização Profissional
  7. 7. Relações Humanas 2 Se analisarmos profundamente a mais importante das aspirações da natureza humana, que é o desejo de ser reconhecidamente importante, chegaremos a conclusão que o grande segredo no trato com as pessoas é procurar satisfazê-las naquilo que elas mais desejam, ou seja, serem apreciadas, valorizadas, e sempre cumprimentadas pelo nome. No livro Best Seller “Como Fazer Amigos e Influenciar Pessoas” de Dale Carnegie, Henry Ford fez o seguinte comentário sobre as relações humanas: “Se há algum segredo de sucesso na fina arte das relações humanas, consiste ele na habilidade de aprender o ponto de vista da outra pessoa e ver as coisas tão bem pelo ângulo dela como pelo seu”. Reflita sobre isso e coloque em prática. GesTec – Gestão Eficaz e Valorização Profissional
  8. 8. Apresentação Prezados profissionais, A partir deste slide apresentaremos algumas recomendações básicas sobre as relações de trabalho em 12 situações características da rotina dos Técnicos em Segurança do Trabalho. Evidentemente que estas recomendações não esgotam os assuntos tratados, haja visto que inúmeras outras variáveis poderão ocorrer em cada uma das situações aqui comentadas. Portanto, cabe a cada profissional discernir sobre a melhor maneira de conduzir cada situação diante das suas realidades e peculiaridades. GesTec – Gestão Eficaz e Valorização Profissional
  9. 9. Relações de Trabalho 2 As relações de Trabalho são fundamentais e decisivas para o sucesso profissional. O nível com o qual as relações de trabalho transcorrem nas empresas é o fator responsável pelo fracasso ou sucesso das equipes, dos seus integrantes e desta empresa. GesTec – Gestão Eficaz e Valorização Profissional
  10. 10. Relações de Trabalho 2 Nas relações de trabalho, o profissional deve sempre adotar uma postura mais formal, porém simpática, sempre procurando, acima de tudo, evoluir na profissão e contribuir igualmente para a evolução dos seus colegas. Apresentaremos algumas recomendações no intuito de nortear a postura dos profissionais em suas relações de trabalho. 1 – Com a chefia imediata: Esta relação deve ser caracterizada pelo profissionalismo, respeito e transparência, com o objetivo de manter a equipe sempre coesa, equilibrada, harmoniosa e coerente em suas atitudes e decisões, visando sempre alcançar os objetivos individuais, do setor e consequentemente da empresa. GesTec – Gestão Eficaz e Valorização Profissional
  11. 11. Relações de Trabalho 2 2 – Com os demais colegas do setor: Todos os profissionais que integram a equipe, devem estar profundamente imbuídos do espírito de equipe, de forma a atuarem com absoluto respeito, transparência, ética, profissionalismo e credibilidade. Lembrando que uma equipe é um grupo de pessoas com habilidades complementares, que trabalha de forma compartilhada e integrada em prol de uma mesma meta. 3 – Com os colegas de outras empresas: Formar uma rede de relacionamento profissional – networking - de alto nível, procurando manter permanente intercâmbio visando contribuir na divulgação das suas experiências, e na aquisição e diversificação de novos conhecimentos, habilidades e competências. GesTec – Gestão Eficaz e Valorização Profissional
  12. 12. Relações de Trabalho 2 4 – Com os funcionários da empresa: Procurar constantemente aprimorar, direcionar e priorizar as relações com os funcionários da empresa que trabalha, estando sempre atento ao reconhecimento, à satisfação e motivação dos mesmos em relação ao seu trabalho, de forma a sensibilizá-los para apoiarem as suas causas prevencionistas. 5 – Com o Ministério do Trabalho: Estas relações devem ser pautadas pelo respeito, pela formalidade, idoneidade, profissionalismo e transparência, devendo os fiscais serem atendidos com presteza e eficiência em suas eventuais visitas. GesTec – Gestão Eficaz e Valorização Profissional
  13. 13. Relações de Trabalho 2 6 – Com o setor de Produção: Esta relação é a mais polêmica de todas, pois, com raríssimas exceções, a cultura em nosso país é a da priorização da produção, ainda que seja em detrimento de outras importantes atividades correlatas e pertinentes, assim como a Segurança do Trabalho. A total priorização da produção, na visão equivocada de muitos gestores, acaba inviabilizando, em grande parte, as ações preventivas, ainda que estas visem tornar os processos produtivos mais seguros e confiáveis em benefício do setor e da empresa como um todo. Grande parte das empresas tem gerido os seus processos produtivos de forma impeditiva para as pretensões dos SESMT. GesTec – Gestão Eficaz e Valorização Profissional
  14. 14. Relações de Trabalho 2 Esta situação crítica somente será minimizada quando os profissionais de Segurança do Trabalho conseguirem convencer os gestores de produção e manutenção, além da alta administração da empresa, a implantarem uma Política de Segurança do Trabalho capaz de nortear as ações preventivas em todos os níveis hierárquicos, proporcionando a estas uma condição de igualdade na priorização dos interesses da empresa. A grande maioria das empresas razoavelmente organizadas, possuem suas políticas de produção, manutenção, vendas, marketing, exportação, expansão, dentre outras, entretanto, podemos constatar que um numero extremamente reduzido de empresas possui uma Política de Segurança do Trabalho. O sucesso do SESMT e dos seus profissionais depende significativamente de uma Política de Segurança bem elaborada e implementada.. GesTec – Gestão Eficaz e Valorização Profissional
  15. 15. Relações de Trabalho 2 Até que esta medida seja efetivada, deve-se dialogar e planejar, de forma determinada e estratégica, visando sempre dar passos cada vez mais decisivos para a implantação de uma Política de Segurança do Trabalho. Nesta árdua caminhada, entretanto, não abra mão do cumprimento dos preceitos legais vigentes, bem como das normas e procedimentos de segurança internos já existentes. Seja um profissional habilidoso com as palavras, firme e convicto nas ações, procurando ser político dentro das limitações que a legislação permite, sabendo dizer “Não” quando for necessário, e, por vezes, flexibilizando o “Sim” em outras oportunidades que julgar convenientes, desde que não sejam comprometedoras dos seus deveres e responsabilidades profissionais. GesTec – Gestão Eficaz e Valorização Profissional
  16. 16. Relações de Trabalho 2 7 - Com o Setor de Manutenção: Esta relação também é muito polêmica, a exemplo da Produção, pois a grande maioria das empresas não investe na manutenção preventiva e preditiva de suas máquinas, veículos industriais e equipamentos, utilizandoos permanentemente em condições precárias e totalmente perigosas, gerando riscos com grande potencialidade de acidentes. Diante desta realidade, os níveis de segurança e confiabilidade destes recursos mecânicos utilizados nos processos produtivos fica completamente comprometido. Da mesma forma, ficam igualmente comprometidas todas as ações preventivas cabíveis nestas situações. GesTec – Gestão Eficaz e Valorização Profissional
  17. 17. Relações de Trabalho 2 Envolvido neste contexto, e sem saber ao certo o que fazer, encontra-se a grande maioria dos Técnicos em Segurança do Trabalho, que deve identificar os riscos, analisar o seu potencial, e procurar assessorar os gestores responsáveis pelos dois setores envolvidos na questão – Produção e Manutenção – sobre as possíveis consequências que um eventual acidente ocorrido devido as condições precárias de determinado equipamento, poderá trazer para o setor, para a equipe de trabalho e para a empresa. Esta explanação de motivos realizada pelo Técnico em Segurança do Trabalho deve ser registrada por escrito com cópia para os responsáveis pelos setores citados, que devem assinar em conjunto a cópia que ficará arquivada no SESMT, devendo ser encaminhada também uma cópia protocolada deste documento para a Alta Administração da empresa. GesTec – Gestão Eficaz e Valorização Profissional
  18. 18. Relações de Trabalho 2 8 - Com o Setor de Treinamentos: Os profissionais de Segurança do Trabalho devem considerar este setor como um dos maiores aliados nas ações de prevenção de acidentes, afinal, a estrutura de treinamento disponível na empresa deve ser utilizada como uma ferramenta eficaz na mudança de comportamento dos colaboradores. O caminho mais eficaz para se obter os melhores resultados na prevenção de acidentes, sempre foi e continuará sendo a mudança de comportamento através da qualificação e capacitação adequadas dos colaboradores, e consequentemente, da sua valorização profissional. Os profissionais de Segurança do Trabalham precisam estar também capacitados para desenvolverem e ministrarem treinamentos. GesTec – Gestão Eficaz e Valorização Profissional
  19. 19. Relações de Trabalho 2 9 – Com a CIPA: A CIPA é uma comissão interna completamente independente do SESMT, possuindo a sua legislação própria, apesar de ter muitos objetivos em comum com o serviço especializado, portanto, a participação do Técnico em Segurança do Trabalho na CIPA deve se restringir apenas na condição de STAFF, ou seja, assessor para assuntos técnicos e administrativos relacionados com a comissão. Neste contexto, o técnico não deve integrar a CIPA nas condições de representante do empregador, dos empregados, ou cumprir as atribuições de Secretário, elaborando atas de reuniões, controlando correspondências internas, ou realizando eleições, entretanto, deve assessorar o presidente da CIPA no cumprimento destas atribuições. GesTec – Gestão Eficaz e Valorização Profissional
  20. 20. Relações de Trabalho 2 A CIPA deve ser considerada como uma grande aliada do SESMT na prevenção dos acidentes do trabalho, desta forma, o técnico deve estar frequentemente em contato com os cipistas, não apenas para orientá-los no cumprimento das suas atribuições, como também para obter dos mesmos informações importantes sobre as condições de trabalho nos diversos setores da empresa. Por outro lado, o técnico deve deixar bem claro para a CIPA e para a empresa, as diferentes atribuições e responsabilidades entre eles, de forma que os cipistas não deixem de cumprir com as suas próprias obrigações achando que o técnico as cumprirá para eles, fato que ocorre em muitas empresas, onde o técnico é confundido com os cipistas e até chamado de técnico da CIPA. Cada um deve exercer as suas próprias atribuições. GesTec – Gestão Eficaz e Valorização Profissional
  21. 21. Relações de Trabalho 2 10 – Com os Serviços Terceirizados: O SESMT, em conjunto com a gerência competente, deve estabelecer normas e procedimentos específicos de Segurança do Trabalho a serem cumpridos pelas empresas terceirizadas enquanto estiverem operando no recinto da empresa contratante. Compete ao SESMT divulgar estas normas junto aos responsáveis pelas empresas terceirizadas, e, se necessário for, realizar uma palestra sobre estas normas para todos os funcionários terceirizados antes dos mesmos iniciarem suas atividades. A fiscalização quanto ao cumprimento das normas deve ser da competência dos responsáveis pelas empresas terceirizadas, sob a supervisão do SESMT. GesTec – Gestão Eficaz e Valorização Profissional
  22. 22. Relações de Trabalho 2 11 – Com os Fornecedores de Produtos e Serviços: O SESMT deve estabelecer algumas regras e procedimentos para nortear as relações técnicas com os fornecedores de produtos e serviços a serem adquiridos pelo setor, tais como: EPI, EPC, EPCI, treinamentos, dentre outros. As relações entre o Técnico em Segurança do Trabalho e os fornecedores – fabricantes, representantes e revendedores – devem ser pautadas pela transparência, idoneidade, profissionalismo e comprometimento, de forma que os interesses das partes possam ser satisfeitos a contento. É imprescindível que haja um contato pessoal entre as partes, pelo menos em uma primeira negociação técnica. GesTec – Gestão Eficaz e Valorização Profissional
  23. 23. Relações de Trabalho 2 12 – Com o Setor de Suprimentos (Compras): As relações entre o SESMT e o setor de compras devem ser norteadas a partir de algumas regras antecipadamente definidas, visando o perfeito andamento do processo de compras, evitando desta forma algumas situações que habitualmente ocorrem em muitas empresas, onde, devido a falta de critérios e regras, pede-se uma coisa e compra-se outra. Um exemplo mais comum desta situação ocorre por ocasião da compra de EPI, onde os compradores, para poupar o dispêndio com os custos mais elevados de determinadas marcas, acabam comprando produtos inferiores e sem o Certificado de Aprovação – CA junto ao Ministério do Trabalho e Emprego, ignorando as normas, a segurança dos usuários e a importante relação comercial entre o custo e o benefício. GesTec – Gestão Eficaz e Valorização Profissional
  24. 24. Relações de Trabalho 2 É importante que o Técnico em Segurança do Trabalho fique atento às ações do comprador, e procure assessorá-lo corretamente em relação ao produto correto que deve ser adquirido, evitando divergências de última hora, devoluções e prejuízos aos usuários. O técnico deve habituar-se a indicar para o comprador, por escrito, pelo menos três marcas do produto desejado que sejam de sua inteira confiança, flexibilizando o processo de compras de forma que o comprador poderá dispor de uma maior margem de negociação em relação a preços, prazos de pagamento e entrega. A indicação destas três marcas deve ser acompanhada de um estudo ou avaliação técnica que comprove a melhor qualidade, eficiência e durabilidade dos produtos, destacando o melhor custo e benefício. GesTec – Gestão Eficaz e Valorização Profissional
  25. 25. Encerramento Caros profissionais, Em breve estará disponível a parte 3 desta série de recomendações – PADRÕES DE CONDUTA ÉTICA. Aguardem. Agradeço a atenção dispensada a este projeto, e, se desejarem, enviem os seus comentários e suas sugestões através do nosso e-mail: safemov@gmail.com Um abraço e até a parte 3. GesTec – Gestão Eficaz e Valorização Profissional

×