SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 33
Baixar para ler offline
Uma Introdução à História




            O que é História?
Vocábulo

 Significado etimológico
  testemunhar a realidade das
  coisas; dizer a verdade.
 Heródoto: Histórias - busca
  do conhecimento humano.
Para Definir História

   Sentido Abstrato.
   Objeto de estudo: o Homem.
   Marc Bloch (1930): “O objeto
    da história é por natureza o
    homem. Melhor: os homens.
    (...) O bom historiador, este
    assemelha-se ao monstro da
    lenda. Onde farejar carne
    humana é que está a sua
    caça.”
Para Definir História

   Condição do objeto: o tempo.
   Em resumo: ciência que
    estuda o homem no
    transcorrer do tempo.
Conceituando

Sérgio Buarque de Holanda:
“A História é o estudo do que
os homens do passado
fizeram, da maneira pela qual
viviam, das idéias que
tinham... Em resumo, a
História é a soma do estudo
dos costumes do passado, com a descrição dos
acontecimentos havidos, mostrando como viviam e
o que realizaram os homens que nos precederam.”
Conceituando

 Crítica: a história não é estática.
 O passado e o presente se relacionam,
  mas não de forma estreita e
  determinista.
 A história é um processo
  dinâmico.
Um Conceito

   História é a ciência que estuda a vida
    humana através do tempo. Estuda o que os
    homens fizeram, pensaram ou sentiram
    enquanto seres que vivem em grupos, ou
    seja, seres sociais. Quanto mais buscamos
    compreender as realizações dos nossos
    antepassados, podemos entender o que
    somos hoje e o que fazer do nosso futuro.
Um Conceito
Elementos da História

   Objeto
   Ciências afins
   Fontes
   Fato histórico
   Verdade histórica
   Objetividade histórica
   Tempo
   Calendário Histórico
Objeto e Ciências Afins

   Objeto: o Homem.
   Ciências afins:
    –   Antropologia
    –   Paleontologia
    –   Arqueologia
    –   Geologia
    –   Geografia
    –   Sociologia
Fontes

Fontes escritas:
 Documentos (predominantes até
  o séc. XIX)
 Literárias (séc. XX): Romances,
  poemas, diários, relatórios de
  viagens, crônicas, textos de
  ficção em geral. Elas contribuem
  para a análise de hábitos,
  costumes, crenças e valores de
  uma determinada sociedade.
Fontes

   Fontes não escritas:
     – Memória oral / Tradição oral.
     – Iconográficas
     – Arqueológicas
     – Paleontológicas.
Fato Histórico

   Acontecimento que cause repercussão
    em um grupo social relevante.
    –   Divórcio?
    –   Assassinato?
    –   Vulcão?
    –   Furacão?
Verdade Histórica

   É possível para a História conhecer
    toda a verdade sobre um determinado
    fato histórico?

• O Homem é limitado e
  seletivo.
• Conhece a história dos
  seis cegos?
Objetividade Histórica

   Imparcialidade: quanto mais
    o historiador interfere com
    sua análise sobre as fontes
    históricas, mais
    tendenciosos ele é e
    acabará por distorcer a
    realidade dos fatos
   Subjetividade: o homem é movido pela razão e
    paixões humanas.
Tempo

   O que é TEMPO?
Tempo

   Dimensões físicas

                 A

                            T




           L

                        C
Tempo

   Tempo Cronológico: contagem sucessiva e
    metódica do tempo de forma a se poder
    organizar os fatos históricos em ordem de
    acontecimento. O historiador, pois, cataloga
    ocorrências relevantes da história humana
    no decurso da quarta dimensão.
   Ex: segundos, minutos, horas, dias, meses,
    anos, décadas, séculos, milênios.
Tempo

   Tempo Histórico: vincula-se diretamente ao
    objeto de estudo da História. As transformações
    pelas quais as sociedades passam são
    diferentes, tanto no ritmo como no conteúdo. Daí
    que, mesmo que existisse um único calendário
    cronológico para todo o planeta (que veremos
    mais adiante não existir), não significaria que as
    atuais sociedades estariam compartilhando o
    mesmo tempo histórico.
Calendário Histórico
Uma Introdução à História




            Modos de Produção
Origem

   Criação teórica de autoria de Karl Marx,
    serviu para consubstanciar seu pensamento
    a respeito das diferenças sociais e
    econômicas.
   Compõe hoje o arcabouço teórico do
    chamado materialismo histórico, ou seja, o
    estudo da história a partir do ponto de vista
    econômico e dos conflitos sociais deste
    advindos
Bens e Serviços

   Bens: são todas as coisas palpáveis, concretas, e
    que são produzidas para satisfazer as necessidades
    do homem (alimentos, bebidas, roupas, material de
    limpeza etc).
   Serviço: é todo benefício imaterial também voltados
    ao atendimento das necessidades humanas (serviço
    de transporte e de entrega, consulta médica, ensino,
    advocacia etc).
   O homem, através de seu trabalho, pode produzir
    bens e serviços.
Bens e Serviços

   Ao viverem em sociedade, as pessoas
    participam diretamente da produção, da
    distribuição e do consumo de bens e serviços,
    ou seja, participam da vida econômica da
    sociedade.
Forças Produtivas

   São os elementos que exercem na
    sociedade uma influência para modificar ou
    transformar uma natureza, bem como a
    produção dos bens materiais, e que
    compreendem os meios de produção
    (instrumentos e MP) e os homens que deles
    se utilizam pela força de trabalho.
Relações de Produção

   São as formas como os seres humanos
    desenvolvem suas relações de trabalho e
    distribuição no processo de produção e
    reprodução da vida material. Segundo a teoria
    marxista, nas sociedades de classes as
    relações de propriedade são expressões
    jurídicas das relações de produção. Assim,
    nas sociedades de classes, as relações de
    produção são relações entre classes sociais,
    proprietários e não-proprietários.
Modos de Produção

   As relações de produção, conjuntamente com as
    forças produtivas são os componentes básicos do
    modo de produção, a base material da sociedade.
   Reúne as características do trabalho preconizado,
    seja ele artesanal, manufaturado ou industrial. São
    constituídos pelo objeto sobre o qual se trabalha e
    por todos os meios de trabalho necessários à
    produção (instrumentos ou ferramentas, máquinas,
    oficinas, fábricas, etc.) Existem 6 modos de
    produção: Primitivo, Asiático, Escravista, Feudal,
    Capitalista e Comunista.
Teorias do Modo de Produção

   Primitivo
   Asiático (servidão coletiva)
   Feudal
   Capitalista
   Comunista
Historiografia no vestibular




             Exemplos de Questões
UFBA 2004 – 2ª fase

   Até o século XIX, os documentos escritos
    foram considerados como as fontes dignas
    de crédito para a produção do conhecimento
    histórico. Na segunda metade do século XX,
    outros conceitos de fontes emergiram,
    enriquecendo bastante a produção
    historiográfica.
   Partindo dessa premissa, indique e descreva
    dois exemplos dessas novas fontes.
PUC-SP

   “... o tempo é a minha matéria, o tempo
    presente, os homens presentes, a vida
    presente.” (Carlos Drummond de Andrade,
    Mãos Dadas, 1940)
        Se o presente é o tempo do poeta, resta
    ao historiador somente o tempo passado?
    Justifique sua resposta, procurando discutir
    as relações que a História ou o historiador
    pode estabelecer entre presente e passado.
UFLA 2007 (Lavras)

 As alternativas a seguir indicam os principais
 conceitos utilizados pelos historiadores para
 a construção de uma "ciência histórica",
 EXCETO:
 a) Tempo Cronológico e Tempo Histórico.
 b) Instituto do Patrimônio Histórico, Artístico e
   Cultural.
 c) Divisão dos Períodos Históricos.
 d) Fontes e Memórias Históricas.
UFPE 2007

   O ofício de historiador tem uma
    complexidade que ultrapassa a necessidade
    de reunir e organizar documentos, pois há
    concepções teóricas fundamentais para se
    entender as ações humanas. A concepção
    marxista da história, por exemplo, defende
    que:
   (...)

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Aula 02 criacionismo e evolucionismo
Aula 02  criacionismo e evolucionismoAula 02  criacionismo e evolucionismo
Aula 02 criacionismo e evolucionismoFabiana Tonsis
 
História 6º ano
História 6º anoHistória 6º ano
História 6º anoEloy Souza
 
Para que estudar História
Para que estudar HistóriaPara que estudar História
Para que estudar HistóriaLiz Prates
 
Introdução aos Estudos Históricos - Módulo 1
Introdução aos Estudos Históricos - Módulo 1Introdução aos Estudos Históricos - Módulo 1
Introdução aos Estudos Históricos - Módulo 1Bruno Younes
 
Introdução aos estudos históricos
Introdução aos estudos históricosIntrodução aos estudos históricos
Introdução aos estudos históricosPaulo Alexandre
 
1º ano - transição da idade média para a idade moderna
1º ano - transição da idade média para a idade moderna1º ano - transição da idade média para a idade moderna
1º ano - transição da idade média para a idade modernaDaniel Alves Bronstrup
 
Introdução à história
Introdução à históriaIntrodução à história
Introdução à históriaPaulo Alexandre
 
Slide sociologia 1
Slide sociologia 1Slide sociologia 1
Slide sociologia 1Over Lane
 
BRASIL REPÚBLICA: O INÍCIO
BRASIL REPÚBLICA: O INÍCIO BRASIL REPÚBLICA: O INÍCIO
BRASIL REPÚBLICA: O INÍCIO carlosbidu
 
História, fontes e historiadores
História, fontes e historiadoresHistória, fontes e historiadores
História, fontes e historiadoresIvanilton Junior
 
Proclamação da república
Proclamação da repúblicaProclamação da república
Proclamação da repúblicaFabiana Tonsis
 
Aula fontes históricas- 6º anos
Aula fontes históricas- 6º anosAula fontes históricas- 6º anos
Aula fontes históricas- 6º anosCarlos Néri
 
Mesopotâmia - 6º Ano (2018)
Mesopotâmia - 6º Ano (2018)Mesopotâmia - 6º Ano (2018)
Mesopotâmia - 6º Ano (2018)Nefer19
 

Mais procurados (20)

Aula 02 criacionismo e evolucionismo
Aula 02  criacionismo e evolucionismoAula 02  criacionismo e evolucionismo
Aula 02 criacionismo e evolucionismo
 
História 6º ano
História 6º anoHistória 6º ano
História 6º ano
 
Pré História - Ensino Médio
Pré História - Ensino MédioPré História - Ensino Médio
Pré História - Ensino Médio
 
Astecas maias e incas
Astecas maias e incasAstecas maias e incas
Astecas maias e incas
 
Para que estudar História
Para que estudar HistóriaPara que estudar História
Para que estudar História
 
Introdução aos Estudos Históricos - Módulo 1
Introdução aos Estudos Históricos - Módulo 1Introdução aos Estudos Históricos - Módulo 1
Introdução aos Estudos Históricos - Módulo 1
 
O Estado Moderno
O Estado ModernoO Estado Moderno
O Estado Moderno
 
Introdução aos estudos históricos
Introdução aos estudos históricosIntrodução aos estudos históricos
Introdução aos estudos históricos
 
Índios brasileiros
Índios brasileirosÍndios brasileiros
Índios brasileiros
 
1º ano - transição da idade média para a idade moderna
1º ano - transição da idade média para a idade moderna1º ano - transição da idade média para a idade moderna
1º ano - transição da idade média para a idade moderna
 
Incas , astecas e maias
Incas , astecas e maiasIncas , astecas e maias
Incas , astecas e maias
 
Introdução à história
Introdução à históriaIntrodução à história
Introdução à história
 
Slide sociologia 1
Slide sociologia 1Slide sociologia 1
Slide sociologia 1
 
Pré-História
Pré-HistóriaPré-História
Pré-História
 
BRASIL REPÚBLICA: O INÍCIO
BRASIL REPÚBLICA: O INÍCIO BRASIL REPÚBLICA: O INÍCIO
BRASIL REPÚBLICA: O INÍCIO
 
História, fontes e historiadores
História, fontes e historiadoresHistória, fontes e historiadores
História, fontes e historiadores
 
Proclamação da república
Proclamação da repúblicaProclamação da república
Proclamação da república
 
Aula fontes históricas- 6º anos
Aula fontes históricas- 6º anosAula fontes históricas- 6º anos
Aula fontes históricas- 6º anos
 
Povos pré colombianos
Povos pré colombianosPovos pré colombianos
Povos pré colombianos
 
Mesopotâmia - 6º Ano (2018)
Mesopotâmia - 6º Ano (2018)Mesopotâmia - 6º Ano (2018)
Mesopotâmia - 6º Ano (2018)
 

Destaque

A Historiografia E O OfíCio Do Historiador
A Historiografia E O OfíCio Do HistoriadorA Historiografia E O OfíCio Do Historiador
A Historiografia E O OfíCio Do HistoriadorGabriel
 
Historiografia positivista
Historiografia positivistaHistoriografia positivista
Historiografia positivistaMibelly Rocha
 
PRÉ-HISTÓRIA SLIDES COMPLETOS
PRÉ-HISTÓRIA SLIDES COMPLETOSPRÉ-HISTÓRIA SLIDES COMPLETOS
PRÉ-HISTÓRIA SLIDES COMPLETOScarlosbidu
 
MALERBA, Jurandir (org). A história escrita: teoria e história da historiogra...
MALERBA, Jurandir (org). A história escrita: teoria e história da historiogra...MALERBA, Jurandir (org). A história escrita: teoria e história da historiogra...
MALERBA, Jurandir (org). A história escrita: teoria e história da historiogra...Ademir Schetini Jr.
 
Universidade regional do cariri
Universidade regional do caririUniversidade regional do cariri
Universidade regional do caririGiselle Lira
 
Teoria e historia jose carlos reis
Teoria e historia   jose carlos reisTeoria e historia   jose carlos reis
Teoria e historia jose carlos reisFabiana de Andrade
 
A festa pela historiografia
A festa pela historiografiaA festa pela historiografia
A festa pela historiografiaFabio Santos
 
Teoria da história o conhecimento histórico (positivismo, marxismo, annales...
Teoria da história   o conhecimento histórico (positivismo, marxismo, annales...Teoria da história   o conhecimento histórico (positivismo, marxismo, annales...
Teoria da história o conhecimento histórico (positivismo, marxismo, annales...Professor: Ellington Alexandre
 
Expansão Marítima e Pré-Colônia
Expansão Marítima e Pré-ColôniaExpansão Marítima e Pré-Colônia
Expansão Marítima e Pré-Colôniaeiprofessor
 
Aula inaugural - Sintufce - Eugenia
Aula inaugural - Sintufce - EugeniaAula inaugural - Sintufce - Eugenia
Aula inaugural - Sintufce - Eugeniaeiprofessor
 
Crises financeiras recentes. E os impactos nos nossos investimentos.
Crises financeiras recentes. E os impactos nos nossos investimentos.Crises financeiras recentes. E os impactos nos nossos investimentos.
Crises financeiras recentes. E os impactos nos nossos investimentos.Apogeo Investimentos
 
Palestra de Vendas - Influência e Convencimento para Vender Mais.
Palestra de Vendas - Influência e Convencimento para Vender Mais.Palestra de Vendas - Influência e Convencimento para Vender Mais.
Palestra de Vendas - Influência e Convencimento para Vender Mais.Junior Portare
 
Palestra para vendedores: 5 novas ideias para turbinar suas vendas
Palestra para vendedores: 5 novas ideias para turbinar suas vendasPalestra para vendedores: 5 novas ideias para turbinar suas vendas
Palestra para vendedores: 5 novas ideias para turbinar suas vendasJunior Portare
 
Palestra de Finanças - Palestrante Portare - Turma Ribeirão Preto - Moraes C...
Palestra de Finanças - Palestrante Portare -  Turma Ribeirão Preto - Moraes C...Palestra de Finanças - Palestrante Portare -  Turma Ribeirão Preto - Moraes C...
Palestra de Finanças - Palestrante Portare - Turma Ribeirão Preto - Moraes C...Junior Portare
 
Palestra de Finanças Pessoais - Inforshop 14072011
Palestra de Finanças Pessoais - Inforshop 14072011 Palestra de Finanças Pessoais - Inforshop 14072011
Palestra de Finanças Pessoais - Inforshop 14072011 Junior Portare
 
Investimentos e Mercado Financeiro - Apogeo Investimentos
Investimentos e Mercado Financeiro - Apogeo Investimentos  Investimentos e Mercado Financeiro - Apogeo Investimentos
Investimentos e Mercado Financeiro - Apogeo Investimentos Apogeo Investimentos
 
Palestra de liderança gestão anhembi sp em 31 08_2010
Palestra de liderança gestão anhembi sp em 31 08_2010Palestra de liderança gestão anhembi sp em 31 08_2010
Palestra de liderança gestão anhembi sp em 31 08_2010Junior Portare
 
Palestra una finanças pessoais
Palestra una finanças pessoaisPalestra una finanças pessoais
Palestra una finanças pessoaisRenato Matozinhos
 

Destaque (20)

A Historiografia E O OfíCio Do Historiador
A Historiografia E O OfíCio Do HistoriadorA Historiografia E O OfíCio Do Historiador
A Historiografia E O OfíCio Do Historiador
 
Historiografia positivista
Historiografia positivistaHistoriografia positivista
Historiografia positivista
 
PRÉ-HISTÓRIA SLIDES COMPLETOS
PRÉ-HISTÓRIA SLIDES COMPLETOSPRÉ-HISTÓRIA SLIDES COMPLETOS
PRÉ-HISTÓRIA SLIDES COMPLETOS
 
MALERBA, Jurandir (org). A história escrita: teoria e história da historiogra...
MALERBA, Jurandir (org). A história escrita: teoria e história da historiogra...MALERBA, Jurandir (org). A história escrita: teoria e história da historiogra...
MALERBA, Jurandir (org). A história escrita: teoria e história da historiogra...
 
Universidade regional do cariri
Universidade regional do caririUniversidade regional do cariri
Universidade regional do cariri
 
Teoria e historia jose carlos reis
Teoria e historia   jose carlos reisTeoria e historia   jose carlos reis
Teoria e historia jose carlos reis
 
A festa pela historiografia
A festa pela historiografiaA festa pela historiografia
A festa pela historiografia
 
2. antiguidade oriental
2. antiguidade oriental2. antiguidade oriental
2. antiguidade oriental
 
Teoria da história o conhecimento histórico (positivismo, marxismo, annales...
Teoria da história   o conhecimento histórico (positivismo, marxismo, annales...Teoria da história   o conhecimento histórico (positivismo, marxismo, annales...
Teoria da história o conhecimento histórico (positivismo, marxismo, annales...
 
Expansão Marítima e Pré-Colônia
Expansão Marítima e Pré-ColôniaExpansão Marítima e Pré-Colônia
Expansão Marítima e Pré-Colônia
 
Aula inaugural - Sintufce - Eugenia
Aula inaugural - Sintufce - EugeniaAula inaugural - Sintufce - Eugenia
Aula inaugural - Sintufce - Eugenia
 
Historiografía
HistoriografíaHistoriografía
Historiografía
 
Crises financeiras recentes. E os impactos nos nossos investimentos.
Crises financeiras recentes. E os impactos nos nossos investimentos.Crises financeiras recentes. E os impactos nos nossos investimentos.
Crises financeiras recentes. E os impactos nos nossos investimentos.
 
Palestra de Vendas - Influência e Convencimento para Vender Mais.
Palestra de Vendas - Influência e Convencimento para Vender Mais.Palestra de Vendas - Influência e Convencimento para Vender Mais.
Palestra de Vendas - Influência e Convencimento para Vender Mais.
 
Palestra para vendedores: 5 novas ideias para turbinar suas vendas
Palestra para vendedores: 5 novas ideias para turbinar suas vendasPalestra para vendedores: 5 novas ideias para turbinar suas vendas
Palestra para vendedores: 5 novas ideias para turbinar suas vendas
 
Palestra de Finanças - Palestrante Portare - Turma Ribeirão Preto - Moraes C...
Palestra de Finanças - Palestrante Portare -  Turma Ribeirão Preto - Moraes C...Palestra de Finanças - Palestrante Portare -  Turma Ribeirão Preto - Moraes C...
Palestra de Finanças - Palestrante Portare - Turma Ribeirão Preto - Moraes C...
 
Palestra de Finanças Pessoais - Inforshop 14072011
Palestra de Finanças Pessoais - Inforshop 14072011 Palestra de Finanças Pessoais - Inforshop 14072011
Palestra de Finanças Pessoais - Inforshop 14072011
 
Investimentos e Mercado Financeiro - Apogeo Investimentos
Investimentos e Mercado Financeiro - Apogeo Investimentos  Investimentos e Mercado Financeiro - Apogeo Investimentos
Investimentos e Mercado Financeiro - Apogeo Investimentos
 
Palestra de liderança gestão anhembi sp em 31 08_2010
Palestra de liderança gestão anhembi sp em 31 08_2010Palestra de liderança gestão anhembi sp em 31 08_2010
Palestra de liderança gestão anhembi sp em 31 08_2010
 
Palestra una finanças pessoais
Palestra una finanças pessoaisPalestra una finanças pessoais
Palestra una finanças pessoais
 

Semelhante a 1 historiografia

Introdução à história
Introdução à históriaIntrodução à história
Introdução à históriaZé Knust
 
A ciência histórica.pptx
A ciência histórica.pptxA ciência histórica.pptx
A ciência histórica.pptxFlviaCristina51
 
Introdução - O trabalho do Historiador
Introdução - O trabalho do HistoriadorIntrodução - O trabalho do Historiador
Introdução - O trabalho do HistoriadorAndre Lucas
 
África: o berço da humanidade
África: o berço da humanidadeÁfrica: o berço da humanidade
África: o berço da humanidadeTyrone Mello
 
A ciência histórica
A ciência históricaA ciência histórica
A ciência históricacattonia
 
Aula II - Fato histórico, sujeito histórico, a história.pptx
Aula II - Fato histórico, sujeito histórico, a história.pptxAula II - Fato histórico, sujeito histórico, a história.pptx
Aula II - Fato histórico, sujeito histórico, a história.pptxIrisneideMaximo1
 
Aulas história 6_ano
Aulas história 6_anoAulas história 6_ano
Aulas história 6_anotyromello
 
Historia fontes historicas
Historia fontes historicasHistoria fontes historicas
Historia fontes historicasLoredana Ruffo
 
Ciencias humanas
Ciencias humanasCiencias humanas
Ciencias humanasmmartinatti
 
Teoria da hitória aula basica
Teoria da  hitória aula basicaTeoria da  hitória aula basica
Teoria da hitória aula basicaWilton Silva
 
PRE SEED - 2014 - CONCEITOS BÁSICOS
PRE SEED - 2014 - CONCEITOS BÁSICOSPRE SEED - 2014 - CONCEITOS BÁSICOS
PRE SEED - 2014 - CONCEITOS BÁSICOSJorge Marcos Oliveira
 
O tempo presente o trabalho do historiador e a relação passadopresente no est...
O tempo presente o trabalho do historiador e a relação passadopresente no est...O tempo presente o trabalho do historiador e a relação passadopresente no est...
O tempo presente o trabalho do historiador e a relação passadopresente no est...JONASFERNANDESDELIMA1
 
O tempo presente o trabalho do historiador e a relação passadopresente no est...
O tempo presente o trabalho do historiador e a relação passadopresente no est...O tempo presente o trabalho do historiador e a relação passadopresente no est...
O tempo presente o trabalho do historiador e a relação passadopresente no est...RafaelyLeite1
 

Semelhante a 1 historiografia (20)

Introdução a historia
Introdução a historiaIntrodução a historia
Introdução a historia
 
Introdução à história
Introdução à históriaIntrodução à história
Introdução à história
 
Introdução à História.pptx
Introdução à História.pptxIntrodução à História.pptx
Introdução à História.pptx
 
Módulo 0
Módulo 0Módulo 0
Módulo 0
 
A ciência histórica.pptx
A ciência histórica.pptxA ciência histórica.pptx
A ciência histórica.pptx
 
Introdução - O trabalho do Historiador
Introdução - O trabalho do HistoriadorIntrodução - O trabalho do Historiador
Introdução - O trabalho do Historiador
 
África: o berço da humanidade
África: o berço da humanidadeÁfrica: o berço da humanidade
África: o berço da humanidade
 
História
HistóriaHistória
História
 
A ciência histórica
A ciência históricaA ciência histórica
A ciência histórica
 
Aula II - Fato histórico, sujeito histórico, a história.pptx
Aula II - Fato histórico, sujeito histórico, a história.pptxAula II - Fato histórico, sujeito histórico, a história.pptx
Aula II - Fato histórico, sujeito histórico, a história.pptx
 
2.introdução á história.14
2.introdução á história.142.introdução á história.14
2.introdução á história.14
 
Aulas história 6_ano
Aulas história 6_anoAulas história 6_ano
Aulas história 6_ano
 
Historia fontes historicas
Historia fontes historicasHistoria fontes historicas
Historia fontes historicas
 
Ciencias humanas
Ciencias humanasCiencias humanas
Ciencias humanas
 
Introdução às Ciências Humanas
Introdução às Ciências HumanasIntrodução às Ciências Humanas
Introdução às Ciências Humanas
 
Teoria da hitória aula basica
Teoria da  hitória aula basicaTeoria da  hitória aula basica
Teoria da hitória aula basica
 
PRE SEED - 2014 - CONCEITOS BÁSICOS
PRE SEED - 2014 - CONCEITOS BÁSICOSPRE SEED - 2014 - CONCEITOS BÁSICOS
PRE SEED - 2014 - CONCEITOS BÁSICOS
 
O tempo presente o trabalho do historiador e a relação passadopresente no est...
O tempo presente o trabalho do historiador e a relação passadopresente no est...O tempo presente o trabalho do historiador e a relação passadopresente no est...
O tempo presente o trabalho do historiador e a relação passadopresente no est...
 
O tempo presente o trabalho do historiador e a relação passadopresente no est...
O tempo presente o trabalho do historiador e a relação passadopresente no est...O tempo presente o trabalho do historiador e a relação passadopresente no est...
O tempo presente o trabalho do historiador e a relação passadopresente no est...
 
2.introdução á história.15.
2.introdução á história.15.2.introdução á história.15.
2.introdução á história.15.
 

Mais de eiprofessor

Período Joanino, Independência e I Reinado
Período Joanino, Independência e I ReinadoPeríodo Joanino, Independência e I Reinado
Período Joanino, Independência e I Reinadoeiprofessor
 
História Social Inglesa (do trabalho)
História Social Inglesa (do trabalho)História Social Inglesa (do trabalho)
História Social Inglesa (do trabalho)eiprofessor
 
Segunda Guerra Mundial
Segunda Guerra MundialSegunda Guerra Mundial
Segunda Guerra Mundialeiprofessor
 
Da Igreja a Moenda - Sociedade Colonial no Brasil
Da Igreja a Moenda - Sociedade Colonial no BrasilDa Igreja a Moenda - Sociedade Colonial no Brasil
Da Igreja a Moenda - Sociedade Colonial no Brasileiprofessor
 
Revolução Russa
Revolução RussaRevolução Russa
Revolução Russaeiprofessor
 
Primeira Guerra Mundial
Primeira Guerra MundialPrimeira Guerra Mundial
Primeira Guerra Mundialeiprofessor
 
Revolução Chinesa
Revolução ChinesaRevolução Chinesa
Revolução Chinesaeiprofessor
 
Governos Populistas
Governos PopulistasGovernos Populistas
Governos Populistaseiprofessor
 
As Guerras de Independência da África e Sudeste Asiático
As Guerras de Independência da África e Sudeste AsiáticoAs Guerras de Independência da África e Sudeste Asiático
As Guerras de Independência da África e Sudeste Asiáticoeiprofessor
 
República Velha (Revoltas)
República Velha (Revoltas)República Velha (Revoltas)
República Velha (Revoltas)eiprofessor
 
Revolução Industrial
Revolução IndustrialRevolução Industrial
Revolução Industrialeiprofessor
 
Movimento Operário e Doutrinas Sociais
Movimento Operário e Doutrinas SociaisMovimento Operário e Doutrinas Sociais
Movimento Operário e Doutrinas Sociaiseiprofessor
 
Era Napoleônica
Era NapoleônicaEra Napoleônica
Era Napoleônicaeiprofessor
 
Independência da América Espanhola
Independência da América EspanholaIndependência da América Espanhola
Independência da América Espanholaeiprofessor
 
Revolucão Francesa
Revolucão FrancesaRevolucão Francesa
Revolucão Francesaeiprofessor
 
Revolucão Industrial
Revolucão IndustrialRevolucão Industrial
Revolucão Industrialeiprofessor
 

Mais de eiprofessor (20)

Período Joanino, Independência e I Reinado
Período Joanino, Independência e I ReinadoPeríodo Joanino, Independência e I Reinado
Período Joanino, Independência e I Reinado
 
História Social Inglesa (do trabalho)
História Social Inglesa (do trabalho)História Social Inglesa (do trabalho)
História Social Inglesa (do trabalho)
 
Segunda Guerra Mundial
Segunda Guerra MundialSegunda Guerra Mundial
Segunda Guerra Mundial
 
Nazifascismo
NazifascismoNazifascismo
Nazifascismo
 
Crise de 1929
Crise de 1929Crise de 1929
Crise de 1929
 
Da Igreja a Moenda - Sociedade Colonial no Brasil
Da Igreja a Moenda - Sociedade Colonial no BrasilDa Igreja a Moenda - Sociedade Colonial no Brasil
Da Igreja a Moenda - Sociedade Colonial no Brasil
 
Revolução Russa
Revolução RussaRevolução Russa
Revolução Russa
 
Primeira Guerra Mundial
Primeira Guerra MundialPrimeira Guerra Mundial
Primeira Guerra Mundial
 
Imperialismo
ImperialismoImperialismo
Imperialismo
 
Revolução Chinesa
Revolução ChinesaRevolução Chinesa
Revolução Chinesa
 
Governos Populistas
Governos PopulistasGovernos Populistas
Governos Populistas
 
As Guerras de Independência da África e Sudeste Asiático
As Guerras de Independência da África e Sudeste AsiáticoAs Guerras de Independência da África e Sudeste Asiático
As Guerras de Independência da África e Sudeste Asiático
 
República Velha (Revoltas)
República Velha (Revoltas)República Velha (Revoltas)
República Velha (Revoltas)
 
Era Vargas
Era VargasEra Vargas
Era Vargas
 
Revolução Industrial
Revolução IndustrialRevolução Industrial
Revolução Industrial
 
Movimento Operário e Doutrinas Sociais
Movimento Operário e Doutrinas SociaisMovimento Operário e Doutrinas Sociais
Movimento Operário e Doutrinas Sociais
 
Era Napoleônica
Era NapoleônicaEra Napoleônica
Era Napoleônica
 
Independência da América Espanhola
Independência da América EspanholaIndependência da América Espanhola
Independência da América Espanhola
 
Revolucão Francesa
Revolucão FrancesaRevolucão Francesa
Revolucão Francesa
 
Revolucão Industrial
Revolucão IndustrialRevolucão Industrial
Revolucão Industrial
 

1 historiografia

  • 1. Uma Introdução à História O que é História?
  • 2. Vocábulo  Significado etimológico testemunhar a realidade das coisas; dizer a verdade.  Heródoto: Histórias - busca do conhecimento humano.
  • 3. Para Definir História  Sentido Abstrato.  Objeto de estudo: o Homem.  Marc Bloch (1930): “O objeto da história é por natureza o homem. Melhor: os homens. (...) O bom historiador, este assemelha-se ao monstro da lenda. Onde farejar carne humana é que está a sua caça.”
  • 4. Para Definir História  Condição do objeto: o tempo.  Em resumo: ciência que estuda o homem no transcorrer do tempo.
  • 5. Conceituando Sérgio Buarque de Holanda: “A História é o estudo do que os homens do passado fizeram, da maneira pela qual viviam, das idéias que tinham... Em resumo, a História é a soma do estudo dos costumes do passado, com a descrição dos acontecimentos havidos, mostrando como viviam e o que realizaram os homens que nos precederam.”
  • 6. Conceituando  Crítica: a história não é estática.  O passado e o presente se relacionam, mas não de forma estreita e determinista.  A história é um processo dinâmico.
  • 7. Um Conceito  História é a ciência que estuda a vida humana através do tempo. Estuda o que os homens fizeram, pensaram ou sentiram enquanto seres que vivem em grupos, ou seja, seres sociais. Quanto mais buscamos compreender as realizações dos nossos antepassados, podemos entender o que somos hoje e o que fazer do nosso futuro.
  • 9. Elementos da História  Objeto  Ciências afins  Fontes  Fato histórico  Verdade histórica  Objetividade histórica  Tempo  Calendário Histórico
  • 10. Objeto e Ciências Afins  Objeto: o Homem.  Ciências afins: – Antropologia – Paleontologia – Arqueologia – Geologia – Geografia – Sociologia
  • 11. Fontes Fontes escritas:  Documentos (predominantes até o séc. XIX)  Literárias (séc. XX): Romances, poemas, diários, relatórios de viagens, crônicas, textos de ficção em geral. Elas contribuem para a análise de hábitos, costumes, crenças e valores de uma determinada sociedade.
  • 12. Fontes  Fontes não escritas: – Memória oral / Tradição oral. – Iconográficas – Arqueológicas – Paleontológicas.
  • 13. Fato Histórico  Acontecimento que cause repercussão em um grupo social relevante. – Divórcio? – Assassinato? – Vulcão? – Furacão?
  • 14. Verdade Histórica  É possível para a História conhecer toda a verdade sobre um determinado fato histórico? • O Homem é limitado e seletivo. • Conhece a história dos seis cegos?
  • 15. Objetividade Histórica  Imparcialidade: quanto mais o historiador interfere com sua análise sobre as fontes históricas, mais tendenciosos ele é e acabará por distorcer a realidade dos fatos  Subjetividade: o homem é movido pela razão e paixões humanas.
  • 16. Tempo  O que é TEMPO?
  • 17. Tempo  Dimensões físicas A T L C
  • 18. Tempo  Tempo Cronológico: contagem sucessiva e metódica do tempo de forma a se poder organizar os fatos históricos em ordem de acontecimento. O historiador, pois, cataloga ocorrências relevantes da história humana no decurso da quarta dimensão.  Ex: segundos, minutos, horas, dias, meses, anos, décadas, séculos, milênios.
  • 19. Tempo  Tempo Histórico: vincula-se diretamente ao objeto de estudo da História. As transformações pelas quais as sociedades passam são diferentes, tanto no ritmo como no conteúdo. Daí que, mesmo que existisse um único calendário cronológico para todo o planeta (que veremos mais adiante não existir), não significaria que as atuais sociedades estariam compartilhando o mesmo tempo histórico.
  • 21. Uma Introdução à História Modos de Produção
  • 22. Origem  Criação teórica de autoria de Karl Marx, serviu para consubstanciar seu pensamento a respeito das diferenças sociais e econômicas.  Compõe hoje o arcabouço teórico do chamado materialismo histórico, ou seja, o estudo da história a partir do ponto de vista econômico e dos conflitos sociais deste advindos
  • 23. Bens e Serviços  Bens: são todas as coisas palpáveis, concretas, e que são produzidas para satisfazer as necessidades do homem (alimentos, bebidas, roupas, material de limpeza etc).  Serviço: é todo benefício imaterial também voltados ao atendimento das necessidades humanas (serviço de transporte e de entrega, consulta médica, ensino, advocacia etc).  O homem, através de seu trabalho, pode produzir bens e serviços.
  • 24. Bens e Serviços  Ao viverem em sociedade, as pessoas participam diretamente da produção, da distribuição e do consumo de bens e serviços, ou seja, participam da vida econômica da sociedade.
  • 25. Forças Produtivas  São os elementos que exercem na sociedade uma influência para modificar ou transformar uma natureza, bem como a produção dos bens materiais, e que compreendem os meios de produção (instrumentos e MP) e os homens que deles se utilizam pela força de trabalho.
  • 26. Relações de Produção  São as formas como os seres humanos desenvolvem suas relações de trabalho e distribuição no processo de produção e reprodução da vida material. Segundo a teoria marxista, nas sociedades de classes as relações de propriedade são expressões jurídicas das relações de produção. Assim, nas sociedades de classes, as relações de produção são relações entre classes sociais, proprietários e não-proprietários.
  • 27. Modos de Produção  As relações de produção, conjuntamente com as forças produtivas são os componentes básicos do modo de produção, a base material da sociedade.  Reúne as características do trabalho preconizado, seja ele artesanal, manufaturado ou industrial. São constituídos pelo objeto sobre o qual se trabalha e por todos os meios de trabalho necessários à produção (instrumentos ou ferramentas, máquinas, oficinas, fábricas, etc.) Existem 6 modos de produção: Primitivo, Asiático, Escravista, Feudal, Capitalista e Comunista.
  • 28. Teorias do Modo de Produção  Primitivo  Asiático (servidão coletiva)  Feudal  Capitalista  Comunista
  • 29. Historiografia no vestibular Exemplos de Questões
  • 30. UFBA 2004 – 2ª fase  Até o século XIX, os documentos escritos foram considerados como as fontes dignas de crédito para a produção do conhecimento histórico. Na segunda metade do século XX, outros conceitos de fontes emergiram, enriquecendo bastante a produção historiográfica.  Partindo dessa premissa, indique e descreva dois exemplos dessas novas fontes.
  • 31. PUC-SP  “... o tempo é a minha matéria, o tempo presente, os homens presentes, a vida presente.” (Carlos Drummond de Andrade, Mãos Dadas, 1940)  Se o presente é o tempo do poeta, resta ao historiador somente o tempo passado? Justifique sua resposta, procurando discutir as relações que a História ou o historiador pode estabelecer entre presente e passado.
  • 32. UFLA 2007 (Lavras) As alternativas a seguir indicam os principais conceitos utilizados pelos historiadores para a construção de uma "ciência histórica", EXCETO: a) Tempo Cronológico e Tempo Histórico. b) Instituto do Patrimônio Histórico, Artístico e Cultural. c) Divisão dos Períodos Históricos. d) Fontes e Memórias Históricas.
  • 33. UFPE 2007  O ofício de historiador tem uma complexidade que ultrapassa a necessidade de reunir e organizar documentos, pois há concepções teóricas fundamentais para se entender as ações humanas. A concepção marxista da história, por exemplo, defende que:  (...)