SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 16

 (do grego antigo ἱστορία, transl.: historía, que significa "pesquisa", "conhecimento advindo
da investigação") é a ciência que estuda o Homem e sua ação no tempo e no espaço,
concomitante à análise de processos e eventos ocorridos no passado. História como termo,
também pode verificar toda a informação do passado que pode ter sido requerida ou
arquivada em todas as línguas por todo o mundo, isto como intermédio de registros.
 Objetivos
Um dos principais objetivos da História é resgatar os aspectos culturais de um determinado
povo ou região para o entendimento do processo de desenvolvimento. Entender o passado
também é importante para a compreensão do presente.
O que é História?

O que é História?

 Em sua evolução, a História se apresentou pelo menos de três formas. Do simples registro à
análise científica houve um longo processo. São elas:
 História Narrativa - O narrador contenta-se em apresentar os acontecimentos sem
preocupações com as causas, os resultados ou a própria veracidade. Também não emprega
qualquer processo metodológico.
 História Pragmática - Expõe os acontecimentos com visível preocupação didática. O
historiador quer mudar os costumes políticos, corrigir os contemporâneos e o caminho que
utiliza é o de mostrar os erros do passado. Os gregos Heródoto e Tucídides e o romano
Cícero ("A Historia é a mestra da vida") representam esta concepção.
Concepções da História

 OBS: Para o pragmatismo o homem não é um ser teórico e sim "um ser prático, um ser de
vontade e de ação". (Hessen, 1980, p.51)
Concepções da História
Pragmatismo

 História Científica - Agora há uma preocupação com a verdade, com o método, com a
análise crítica de causas e consequências, tempo e espaço. Esta concepção se define a partir
da mentalidade oriunda das ideias filosóficas que nortearam a Revolução Francesa de 1789.
Toma corpo com a discussão dialética (de Hegel e Karl Marx) do século XIX e se consolida
com as teses de Leopold Von Ranke, criador do Rankeanismo, o qual contesta o chamado
"Positivismo Histórico" (que não é relacionado ao positivismo político de Augusto Comte)
e posteriormente com o surgimento da Escola dos Annales, no começo do século XX.
 História dos Annales (Escola dos Annales) - Os historiadores franceses Marc Bloch e
Lucien Febvre fundaram em 1929 uma revista de estudos, a "Annales d'histoire
économique et sociale", onde rompiam decididamente com o culto aos heróis e a atribuição
da ação histórica aos chamados homens ilustres, representantes das elites. Para estes
estudiosos, o quotidiano, a arte, os afazeres do povo e a psicologia social são elementos
fundamentais para a compreensão das transformações empreendidas pela humanidade.
Surgindo ainda o movimento da Nova História Crítica e da Nova História.
Concepções da História

Concepções da História
Braudel

 Fonte histórica é tudo aquilo que traz informações sobre o passado, e que serve
para a construção do conhecimento histórico.
 Existem vários tipos de fontes históricas:
 Relatos Orais – Entrevistas, lendas, etc.
 Documentos Escritos – Certidões, cartas, testamentos, livros, jornais, revistas,
entre outros.
 Fontes Materiais – Pedras, cerâmicas, objetos, entre outros.
 Fontes Visuais – Imagens, pinturas, fotografias, anúncios de publicidade, entre
outros.
 Fontes Audiovisuais e Sonoras – Cinema, televisão, dvd’s, cd’s, etc.
Fontes Históricas

 ORAL: transmitida de geração a geração através de costumes, contos e lendas.
Fontes Históricas

 ESCRITA: É a mais utilizada pelos historiadores, pois facilita compreensão do pensamento
da época, a organização das sociedades, hábitos, etc.
 Existem diversos tipos de fontes escritas:
Fontes Históricas
A escrita cuneiforme, em placas de
argila, inventada pelos sumérios
na antiga mesopotâmia, há
aproximadamente 6.000.
Os antigos egípcios também
desenvolveram a escrita hieroglífica.
Inventaram o precursor do papel, papiro.

Fontes Históricas

 FONTES VISUAIS
Fontes Históricas

 FONTES ÁUDIO VISUAIS E SONORAS
Fontes Históricas

 A linha do tempo é um instrumento importante que permite a localização dos fatos
históricos no tempo. O eixo cronológico indica o sentido linear da passagem do tempo. É a
linha propriamente dita. A descrição dos períodos representados acontece por meio de
pequenos textos.
Linha do Tempo

Historiadores da
Antiguidade

 Professor: Ivanilton Junior
 Especialista em Ensino da História, das
Artes e das Religiões.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Para que estudar História
Para que estudar HistóriaPara que estudar História
Para que estudar HistóriaLiz Prates
 
O Trabalho do Historiador - 6o Ano
O Trabalho do Historiador - 6o AnoO Trabalho do Historiador - 6o Ano
O Trabalho do Historiador - 6o AnoLucas Degiovani
 
Introdução ao Estudo da História
Introdução ao Estudo da HistóriaIntrodução ao Estudo da História
Introdução ao Estudo da HistóriaHenrique Tobal Jr.
 
Aula patrimônio cultural
Aula patrimônio culturalAula patrimônio cultural
Aula patrimônio culturalCurso Letrados
 
Aula fontes históricas- 6º anos
Aula fontes históricas- 6º anosAula fontes históricas- 6º anos
Aula fontes históricas- 6º anosCarlos Néri
 
Cruzadinha de História (A ocupação humana na América)
Cruzadinha  de História  (A ocupação humana na América)Cruzadinha  de História  (A ocupação humana na América)
Cruzadinha de História (A ocupação humana na América)Mary Alvarenga
 
As origens do ser humano - 6º Ano (2017)
As origens do ser humano - 6º Ano (2017)As origens do ser humano - 6º Ano (2017)
As origens do ser humano - 6º Ano (2017)Nefer19
 
1° ano - E.M. - Introdução à história
1° ano - E.M. - Introdução à história1° ano - E.M. - Introdução à história
1° ano - E.M. - Introdução à históriaDaniel Alves Bronstrup
 
1° ano - E.M. - Primeiras civilizações
1° ano - E.M. - Primeiras civilizações1° ano - E.M. - Primeiras civilizações
1° ano - E.M. - Primeiras civilizaçõesDaniel Alves Bronstrup
 
O Tempo e a História - 6o ano
O Tempo e a História - 6o anoO Tempo e a História - 6o ano
O Tempo e a História - 6o anoLucas Degiovani
 
Atividades adaptadas- História.6º ano - Cópia.1.pdf
Atividades adaptadas- História.6º ano - Cópia.1.pdfAtividades adaptadas- História.6º ano - Cópia.1.pdf
Atividades adaptadas- História.6º ano - Cópia.1.pdfWenderson Santos Couto
 
Atividades adaptadas- História --1.pdf
Atividades adaptadas- História --1.pdfAtividades adaptadas- História --1.pdf
Atividades adaptadas- História --1.pdfWenderson Santos Couto
 
Cruzadinha - A Grécia Antiga
Cruzadinha  - A Grécia AntigaCruzadinha  - A Grécia Antiga
Cruzadinha - A Grécia AntigaMary Alvarenga
 
Palavras cruzadas - feudalimso
Palavras cruzadas  - feudalimso  Palavras cruzadas  - feudalimso
Palavras cruzadas - feudalimso Mary Alvarenga
 

Mais procurados (20)

Para que estudar História
Para que estudar HistóriaPara que estudar História
Para que estudar História
 
O Trabalho do Historiador - 6o Ano
O Trabalho do Historiador - 6o AnoO Trabalho do Historiador - 6o Ano
O Trabalho do Historiador - 6o Ano
 
Introdução ao Estudo da História
Introdução ao Estudo da HistóriaIntrodução ao Estudo da História
Introdução ao Estudo da História
 
Aula patrimônio cultural
Aula patrimônio culturalAula patrimônio cultural
Aula patrimônio cultural
 
Aula fontes históricas- 6º anos
Aula fontes históricas- 6º anosAula fontes históricas- 6º anos
Aula fontes históricas- 6º anos
 
Cruzadinha de História (A ocupação humana na América)
Cruzadinha  de História  (A ocupação humana na América)Cruzadinha  de História  (A ocupação humana na América)
Cruzadinha de História (A ocupação humana na América)
 
AVALIAÇÃO 6º ANO - Roma Antiga
AVALIAÇÃO 6º ANO - Roma AntigaAVALIAÇÃO 6º ANO - Roma Antiga
AVALIAÇÃO 6º ANO - Roma Antiga
 
O tempo em historia
O tempo em historiaO tempo em historia
O tempo em historia
 
A origem do homem
A origem do homemA origem do homem
A origem do homem
 
Conceito de História
Conceito de HistóriaConceito de História
Conceito de História
 
As origens do ser humano - 6º Ano (2017)
As origens do ser humano - 6º Ano (2017)As origens do ser humano - 6º Ano (2017)
As origens do ser humano - 6º Ano (2017)
 
Índios brasileiros
Índios brasileirosÍndios brasileiros
Índios brasileiros
 
1° ano - E.M. - Introdução à história
1° ano - E.M. - Introdução à história1° ano - E.M. - Introdução à história
1° ano - E.M. - Introdução à história
 
1° ano - E.M. - Primeiras civilizações
1° ano - E.M. - Primeiras civilizações1° ano - E.M. - Primeiras civilizações
1° ano - E.M. - Primeiras civilizações
 
O Tempo e a História - 6o ano
O Tempo e a História - 6o anoO Tempo e a História - 6o ano
O Tempo e a História - 6o ano
 
Atividades adaptadas- História.6º ano - Cópia.1.pdf
Atividades adaptadas- História.6º ano - Cópia.1.pdfAtividades adaptadas- História.6º ano - Cópia.1.pdf
Atividades adaptadas- História.6º ano - Cópia.1.pdf
 
Povos pré colombianos
Povos pré colombianosPovos pré colombianos
Povos pré colombianos
 
Atividades adaptadas- História --1.pdf
Atividades adaptadas- História --1.pdfAtividades adaptadas- História --1.pdf
Atividades adaptadas- História --1.pdf
 
Cruzadinha - A Grécia Antiga
Cruzadinha  - A Grécia AntigaCruzadinha  - A Grécia Antiga
Cruzadinha - A Grécia Antiga
 
Palavras cruzadas - feudalimso
Palavras cruzadas  - feudalimso  Palavras cruzadas  - feudalimso
Palavras cruzadas - feudalimso
 

Destaque

6º anos - Fontes históricas
6º anos - Fontes históricas6º anos - Fontes históricas
6º anos - Fontes históricasHandel Ching
 
Introdução a historia - fontes históricas
Introdução a historia - fontes históricasIntrodução a historia - fontes históricas
Introdução a historia - fontes históricasIsabel Aguiar
 
6º ano introdução aos estudos históricos
6º ano   introdução aos estudos históricos6º ano   introdução aos estudos históricos
6º ano introdução aos estudos históricosJoão Ferreira
 
História 6º ano
História 6º anoHistória 6º ano
História 6º anoEloy Souza
 
Aulas história 6_ano
Aulas história 6_anoAulas história 6_ano
Aulas história 6_anotyromello
 
Introdução aos estudos históricos
Introdução aos estudos históricosIntrodução aos estudos históricos
Introdução aos estudos históricosPaulo Alexandre
 
As fontes do historiador
As fontes do historiador As fontes do historiador
As fontes do historiador Geo
 
07 trabalho equipalideranca
07 trabalho equipalideranca07 trabalho equipalideranca
07 trabalho equipaliderancaAntónio Marinho
 
20160705: UN-Habitat Conferência Sobre Desenvolvimento Urbano
20160705: UN-Habitat Conferência Sobre Desenvolvimento Urbano 20160705: UN-Habitat Conferência Sobre Desenvolvimento Urbano
20160705: UN-Habitat Conferência Sobre Desenvolvimento Urbano Development Workshop Angola
 
El factor humano: urbanismo colaborativo y participativo en las smart cities
El factor humano: urbanismo colaborativo y participativo en las smart citiesEl factor humano: urbanismo colaborativo y participativo en las smart cities
El factor humano: urbanismo colaborativo y participativo en las smart citiesManu Fernández
 
Pesquisa documental slides 2
Pesquisa documental slides 2Pesquisa documental slides 2
Pesquisa documental slides 2josehenrique99
 
VIDEO - AULA TEMA TRANSVERSAL /8 JEITOS DE MUDAR O MUNDO
VIDEO - AULA TEMA TRANSVERSAL /8 JEITOS DE MUDAR O MUNDOVIDEO - AULA TEMA TRANSVERSAL /8 JEITOS DE MUDAR O MUNDO
VIDEO - AULA TEMA TRANSVERSAL /8 JEITOS DE MUDAR O MUNDOMárcia Diniz
 
Fontes audiovisuais
Fontes audiovisuaisFontes audiovisuais
Fontes audiovisuaisBeth Amorim
 
Pesquisa documental slides
Pesquisa documental slidesPesquisa documental slides
Pesquisa documental slidesjosehenrique99
 
A historia-do-historiador
A historia-do-historiadorA historia-do-historiador
A historia-do-historiadordawdsoncangussu
 

Destaque (20)

6º anos - Fontes históricas
6º anos - Fontes históricas6º anos - Fontes históricas
6º anos - Fontes históricas
 
Introdução a historia - fontes históricas
Introdução a historia - fontes históricasIntrodução a historia - fontes históricas
Introdução a historia - fontes históricas
 
O QUE É HISTÓRIA
O QUE É HISTÓRIAO QUE É HISTÓRIA
O QUE É HISTÓRIA
 
Introdução ao estudo de História
Introdução ao estudo de HistóriaIntrodução ao estudo de História
Introdução ao estudo de História
 
O que é História?
O que é História?O que é História?
O que é História?
 
6º ano introdução aos estudos históricos
6º ano   introdução aos estudos históricos6º ano   introdução aos estudos históricos
6º ano introdução aos estudos históricos
 
As Fontes Do Historiador
As Fontes Do HistoriadorAs Fontes Do Historiador
As Fontes Do Historiador
 
História 6º ano
História 6º anoHistória 6º ano
História 6º ano
 
Aulas história 6_ano
Aulas história 6_anoAulas história 6_ano
Aulas história 6_ano
 
Introdução aos estudos históricos
Introdução aos estudos históricosIntrodução aos estudos históricos
Introdução aos estudos históricos
 
As fontes do historiador
As fontes do historiador As fontes do historiador
As fontes do historiador
 
07 trabalho equipalideranca
07 trabalho equipalideranca07 trabalho equipalideranca
07 trabalho equipalideranca
 
20160705: UN-Habitat Conferência Sobre Desenvolvimento Urbano
20160705: UN-Habitat Conferência Sobre Desenvolvimento Urbano 20160705: UN-Habitat Conferência Sobre Desenvolvimento Urbano
20160705: UN-Habitat Conferência Sobre Desenvolvimento Urbano
 
El factor humano: urbanismo colaborativo y participativo en las smart cities
El factor humano: urbanismo colaborativo y participativo en las smart citiesEl factor humano: urbanismo colaborativo y participativo en las smart cities
El factor humano: urbanismo colaborativo y participativo en las smart cities
 
Pesquisa documental slides 2
Pesquisa documental slides 2Pesquisa documental slides 2
Pesquisa documental slides 2
 
VIDEO - AULA TEMA TRANSVERSAL /8 JEITOS DE MUDAR O MUNDO
VIDEO - AULA TEMA TRANSVERSAL /8 JEITOS DE MUDAR O MUNDOVIDEO - AULA TEMA TRANSVERSAL /8 JEITOS DE MUDAR O MUNDO
VIDEO - AULA TEMA TRANSVERSAL /8 JEITOS DE MUDAR O MUNDO
 
3 chet2016
3 chet20163 chet2016
3 chet2016
 
Fontes audiovisuais
Fontes audiovisuaisFontes audiovisuais
Fontes audiovisuais
 
Pesquisa documental slides
Pesquisa documental slidesPesquisa documental slides
Pesquisa documental slides
 
A historia-do-historiador
A historia-do-historiadorA historia-do-historiador
A historia-do-historiador
 

Semelhante a História, fontes e historiadores

A ciência histórica
A ciência históricaA ciência histórica
A ciência históricacattonia
 
1 tempo e historia - 1ºano do Ensino Médio
1   tempo e historia - 1ºano do Ensino Médio1   tempo e historia - 1ºano do Ensino Médio
1 tempo e historia - 1ºano do Ensino MédioMarilia Pimentel
 
África: o berço da humanidade
África: o berço da humanidadeÁfrica: o berço da humanidade
África: o berço da humanidadeTyrone Mello
 
1° teoria da história
1° teoria da história1° teoria da história
1° teoria da históriaAjudar Pessoas
 
Introdução à história
Introdução à históriaIntrodução à história
Introdução à históriaZé Knust
 
INTRODUÇÃO AOS ESTUDOS HISTÓRICOS 2024.pptx
INTRODUÇÃO AOS ESTUDOS HISTÓRICOS 2024.pptxINTRODUÇÃO AOS ESTUDOS HISTÓRICOS 2024.pptx
INTRODUÇÃO AOS ESTUDOS HISTÓRICOS 2024.pptxMariaEmliaPimentel2
 
Introdução aos Estudos da História.ppt
Introdução aos Estudos da História.pptIntrodução aos Estudos da História.ppt
Introdução aos Estudos da História.pptWebertAurinodaSilva
 
8 ano 1 conceitos-teoricos-e-metodologicos-da-historia
8 ano 1 conceitos-teoricos-e-metodologicos-da-historia8 ano 1 conceitos-teoricos-e-metodologicos-da-historia
8 ano 1 conceitos-teoricos-e-metodologicos-da-historiaMarcelo Ferreira Boia
 
1 historiografia
1   historiografia1   historiografia
1 historiografiaeiprofessor
 
Introdução aos Estudos da História.pptx
Introdução aos Estudos da História.pptxIntrodução aos Estudos da História.pptx
Introdução aos Estudos da História.pptxssuser35a4fc
 

Semelhante a História, fontes e historiadores (20)

A ciência histórica
A ciência históricaA ciência histórica
A ciência histórica
 
Módulo 0
Módulo 0Módulo 0
Módulo 0
 
Historiografia da História
Historiografia da HistóriaHistoriografia da História
Historiografia da História
 
1 tempo e historia - 1ºano do Ensino Médio
1   tempo e historia - 1ºano do Ensino Médio1   tempo e historia - 1ºano do Ensino Médio
1 tempo e historia - 1ºano do Ensino Médio
 
África: o berço da humanidade
África: o berço da humanidadeÁfrica: o berço da humanidade
África: o berço da humanidade
 
INTRODUÇÃO AO ESTUDO DA HISTÓRIA.pptx
INTRODUÇÃO AO ESTUDO DA HISTÓRIA.pptxINTRODUÇÃO AO ESTUDO DA HISTÓRIA.pptx
INTRODUÇÃO AO ESTUDO DA HISTÓRIA.pptx
 
1° teoria da história
1° teoria da história1° teoria da história
1° teoria da história
 
Introdução à História.pptx
Introdução à História.pptxIntrodução à História.pptx
Introdução à História.pptx
 
Introdução à história
Introdução à históriaIntrodução à história
Introdução à história
 
Aula de introdução aos estudos Históricos
Aula de introdução aos estudos Históricos  Aula de introdução aos estudos Históricos
Aula de introdução aos estudos Históricos
 
INTRODUÇÃO AOS ESTUDOS HISTÓRICOS 2024.pptx
INTRODUÇÃO AOS ESTUDOS HISTÓRICOS 2024.pptxINTRODUÇÃO AOS ESTUDOS HISTÓRICOS 2024.pptx
INTRODUÇÃO AOS ESTUDOS HISTÓRICOS 2024.pptx
 
Introdução aos Estudos da História.ppt
Introdução aos Estudos da História.pptIntrodução aos Estudos da História.ppt
Introdução aos Estudos da História.ppt
 
8 ano 1 conceitos-teoricos-e-metodologicos-da-historia
8 ano 1 conceitos-teoricos-e-metodologicos-da-historia8 ano 1 conceitos-teoricos-e-metodologicos-da-historia
8 ano 1 conceitos-teoricos-e-metodologicos-da-historia
 
Módulo 0.pptx
Módulo 0.pptxMódulo 0.pptx
Módulo 0.pptx
 
3.as correntes históricas
3.as correntes históricas3.as correntes históricas
3.as correntes históricas
 
1 historiografia
1   historiografia1   historiografia
1 historiografia
 
Introdução aos Estudos da História.pptx
Introdução aos Estudos da História.pptxIntrodução aos Estudos da História.pptx
Introdução aos Estudos da História.pptx
 
O que e_a_historia
O que e_a_historiaO que e_a_historia
O que e_a_historia
 
2.introdução á história.14
2.introdução á história.142.introdução á história.14
2.introdução á história.14
 
2.introdução á história.15.
2.introdução á história.15.2.introdução á história.15.
2.introdução á história.15.
 

Último

TAMPINHAS Sílabas. Para fazer e trabalhar com as crianças.
TAMPINHAS Sílabas. Para fazer e trabalhar com as crianças.TAMPINHAS Sílabas. Para fazer e trabalhar com as crianças.
TAMPINHAS Sílabas. Para fazer e trabalhar com as crianças.FLAVIA LEZAN
 
Livro infantil: A onda da raiva. pdf-crianças
Livro infantil: A onda da raiva. pdf-criançasLivro infantil: A onda da raiva. pdf-crianças
Livro infantil: A onda da raiva. pdf-criançasMonizeEvellin2
 
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhoso
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhosoO Reizinho Autista.pdf - livro maravilhoso
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhosoVALMIRARIBEIRO1
 
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdfaulasgege
 
Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...
Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...
Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...LuizHenriquedeAlmeid6
 
EB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptx
EB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptxEB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptx
EB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptxIlda Bicacro
 
livro para educação infantil conceitos sensorial
livro para educação infantil conceitos sensoriallivro para educação infantil conceitos sensorial
livro para educação infantil conceitos sensorialNeuroppIsnayaLciaMar
 
BENEFÍCIOS DA NEUROPSICOPEDAGOGIA educacional
BENEFÍCIOS DA NEUROPSICOPEDAGOGIA educacionalBENEFÍCIOS DA NEUROPSICOPEDAGOGIA educacional
BENEFÍCIOS DA NEUROPSICOPEDAGOGIA educacionalDouglasVasconcelosMa
 
As Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdf
As Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdfAs Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdf
As Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdfcarloseduardogonalve36
 
Produção de poemas - Reciclar é preciso
Produção  de  poemas  -  Reciclar é precisoProdução  de  poemas  -  Reciclar é preciso
Produção de poemas - Reciclar é precisoMary Alvarenga
 
Aparatologia na estética - Cavitação, radiofrequência e lipolaser.pdf
Aparatologia na estética - Cavitação, radiofrequência e lipolaser.pdfAparatologia na estética - Cavitação, radiofrequência e lipolaser.pdf
Aparatologia na estética - Cavitação, radiofrequência e lipolaser.pdfAbdLuxemBourg
 
Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PE
Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PEEdital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PE
Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PEblogdoelvis
 
Slide Licao 4 - 2T - 2024 - CPAD ADULTOS - Retangular.pptx
Slide Licao 4 - 2T - 2024 - CPAD ADULTOS - Retangular.pptxSlide Licao 4 - 2T - 2024 - CPAD ADULTOS - Retangular.pptx
Slide Licao 4 - 2T - 2024 - CPAD ADULTOS - Retangular.pptxsfwsoficial
 
Nós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos Animais
Nós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos AnimaisNós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos Animais
Nós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos AnimaisIlda Bicacro
 
APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.
APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.
APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.HandersonFabio
 
bem estar animal em proteção integrada componente animal
bem estar animal em proteção integrada componente animalbem estar animal em proteção integrada componente animal
bem estar animal em proteção integrada componente animalcarlamgalves5
 
Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...
Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...
Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...LuizHenriquedeAlmeid6
 
Apresentação sobre Robots e processos educativos
Apresentação sobre Robots e processos educativosApresentação sobre Robots e processos educativos
Apresentação sobre Robots e processos educativosFernanda Ledesma
 

Último (20)

Poema - Aedes Aegypt.
Poema - Aedes Aegypt.Poema - Aedes Aegypt.
Poema - Aedes Aegypt.
 
TAMPINHAS Sílabas. Para fazer e trabalhar com as crianças.
TAMPINHAS Sílabas. Para fazer e trabalhar com as crianças.TAMPINHAS Sílabas. Para fazer e trabalhar com as crianças.
TAMPINHAS Sílabas. Para fazer e trabalhar com as crianças.
 
Livro infantil: A onda da raiva. pdf-crianças
Livro infantil: A onda da raiva. pdf-criançasLivro infantil: A onda da raiva. pdf-crianças
Livro infantil: A onda da raiva. pdf-crianças
 
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhoso
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhosoO Reizinho Autista.pdf - livro maravilhoso
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhoso
 
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
 
Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...
Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...
Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...
 
EB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptx
EB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptxEB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptx
EB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptx
 
Poema - Maio Laranja
Poema - Maio Laranja Poema - Maio Laranja
Poema - Maio Laranja
 
livro para educação infantil conceitos sensorial
livro para educação infantil conceitos sensoriallivro para educação infantil conceitos sensorial
livro para educação infantil conceitos sensorial
 
BENEFÍCIOS DA NEUROPSICOPEDAGOGIA educacional
BENEFÍCIOS DA NEUROPSICOPEDAGOGIA educacionalBENEFÍCIOS DA NEUROPSICOPEDAGOGIA educacional
BENEFÍCIOS DA NEUROPSICOPEDAGOGIA educacional
 
As Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdf
As Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdfAs Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdf
As Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdf
 
Produção de poemas - Reciclar é preciso
Produção  de  poemas  -  Reciclar é precisoProdução  de  poemas  -  Reciclar é preciso
Produção de poemas - Reciclar é preciso
 
Aparatologia na estética - Cavitação, radiofrequência e lipolaser.pdf
Aparatologia na estética - Cavitação, radiofrequência e lipolaser.pdfAparatologia na estética - Cavitação, radiofrequência e lipolaser.pdf
Aparatologia na estética - Cavitação, radiofrequência e lipolaser.pdf
 
Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PE
Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PEEdital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PE
Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PE
 
Slide Licao 4 - 2T - 2024 - CPAD ADULTOS - Retangular.pptx
Slide Licao 4 - 2T - 2024 - CPAD ADULTOS - Retangular.pptxSlide Licao 4 - 2T - 2024 - CPAD ADULTOS - Retangular.pptx
Slide Licao 4 - 2T - 2024 - CPAD ADULTOS - Retangular.pptx
 
Nós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos Animais
Nós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos AnimaisNós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos Animais
Nós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos Animais
 
APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.
APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.
APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.
 
bem estar animal em proteção integrada componente animal
bem estar animal em proteção integrada componente animalbem estar animal em proteção integrada componente animal
bem estar animal em proteção integrada componente animal
 
Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...
Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...
Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...
 
Apresentação sobre Robots e processos educativos
Apresentação sobre Robots e processos educativosApresentação sobre Robots e processos educativos
Apresentação sobre Robots e processos educativos
 

História, fontes e historiadores

  • 1.
  • 2.   (do grego antigo ἱστορία, transl.: historía, que significa "pesquisa", "conhecimento advindo da investigação") é a ciência que estuda o Homem e sua ação no tempo e no espaço, concomitante à análise de processos e eventos ocorridos no passado. História como termo, também pode verificar toda a informação do passado que pode ter sido requerida ou arquivada em todas as línguas por todo o mundo, isto como intermédio de registros.  Objetivos Um dos principais objetivos da História é resgatar os aspectos culturais de um determinado povo ou região para o entendimento do processo de desenvolvimento. Entender o passado também é importante para a compreensão do presente. O que é História?
  • 3.  O que é História?
  • 4.   Em sua evolução, a História se apresentou pelo menos de três formas. Do simples registro à análise científica houve um longo processo. São elas:  História Narrativa - O narrador contenta-se em apresentar os acontecimentos sem preocupações com as causas, os resultados ou a própria veracidade. Também não emprega qualquer processo metodológico.  História Pragmática - Expõe os acontecimentos com visível preocupação didática. O historiador quer mudar os costumes políticos, corrigir os contemporâneos e o caminho que utiliza é o de mostrar os erros do passado. Os gregos Heródoto e Tucídides e o romano Cícero ("A Historia é a mestra da vida") representam esta concepção. Concepções da História
  • 5.   OBS: Para o pragmatismo o homem não é um ser teórico e sim "um ser prático, um ser de vontade e de ação". (Hessen, 1980, p.51) Concepções da História Pragmatismo
  • 6.   História Científica - Agora há uma preocupação com a verdade, com o método, com a análise crítica de causas e consequências, tempo e espaço. Esta concepção se define a partir da mentalidade oriunda das ideias filosóficas que nortearam a Revolução Francesa de 1789. Toma corpo com a discussão dialética (de Hegel e Karl Marx) do século XIX e se consolida com as teses de Leopold Von Ranke, criador do Rankeanismo, o qual contesta o chamado "Positivismo Histórico" (que não é relacionado ao positivismo político de Augusto Comte) e posteriormente com o surgimento da Escola dos Annales, no começo do século XX.  História dos Annales (Escola dos Annales) - Os historiadores franceses Marc Bloch e Lucien Febvre fundaram em 1929 uma revista de estudos, a "Annales d'histoire économique et sociale", onde rompiam decididamente com o culto aos heróis e a atribuição da ação histórica aos chamados homens ilustres, representantes das elites. Para estes estudiosos, o quotidiano, a arte, os afazeres do povo e a psicologia social são elementos fundamentais para a compreensão das transformações empreendidas pela humanidade. Surgindo ainda o movimento da Nova História Crítica e da Nova História. Concepções da História
  • 8.   Fonte histórica é tudo aquilo que traz informações sobre o passado, e que serve para a construção do conhecimento histórico.  Existem vários tipos de fontes históricas:  Relatos Orais – Entrevistas, lendas, etc.  Documentos Escritos – Certidões, cartas, testamentos, livros, jornais, revistas, entre outros.  Fontes Materiais – Pedras, cerâmicas, objetos, entre outros.  Fontes Visuais – Imagens, pinturas, fotografias, anúncios de publicidade, entre outros.  Fontes Audiovisuais e Sonoras – Cinema, televisão, dvd’s, cd’s, etc. Fontes Históricas
  • 9.   ORAL: transmitida de geração a geração através de costumes, contos e lendas. Fontes Históricas
  • 10.   ESCRITA: É a mais utilizada pelos historiadores, pois facilita compreensão do pensamento da época, a organização das sociedades, hábitos, etc.  Existem diversos tipos de fontes escritas: Fontes Históricas A escrita cuneiforme, em placas de argila, inventada pelos sumérios na antiga mesopotâmia, há aproximadamente 6.000. Os antigos egípcios também desenvolveram a escrita hieroglífica. Inventaram o precursor do papel, papiro.
  • 13.   FONTES ÁUDIO VISUAIS E SONORAS Fontes Históricas
  • 14.   A linha do tempo é um instrumento importante que permite a localização dos fatos históricos no tempo. O eixo cronológico indica o sentido linear da passagem do tempo. É a linha propriamente dita. A descrição dos períodos representados acontece por meio de pequenos textos. Linha do Tempo
  • 16.   Professor: Ivanilton Junior  Especialista em Ensino da História, das Artes e das Religiões.