Tempo e história

499 visualizações

Publicada em

Apresentação que descreve de forma introdutória alguns conceitos vitais sobre a Ciência Histórica.

Publicada em: Educação
0 comentários
2 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
499
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
29
Comentários
0
Gostaram
2
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Tempo e história

  1. 1. Tempo e História O que é História? Quais os sentidos dessa palavra? Para que serve o saber histórico? Como fazemos História?
  2. 2. História e historiadores • A escrita da história não pode ser isolada de sua época; • A compreensão das relações entre passado e presente é uma das mais intrigantes questões da história; • As conclusões dos historiadores nunca são definitivas; • A historiografia não deve fixar verdades absolutas; • O historiador trabalha para seu tempo, e não para a eternidade.
  3. 3. O que é História? • A história como forma de conhecimento é uma atividade continua de pesquisa; • Em grego antigo: procurar saber, informar-se, procurar. (Jacques Le Goff); • Investigar e interpretar as ações humanas ao longo do tempo.
  4. 4. Fontes históricas • Em suas pesquisas, os historiadores utilizam variadas fontes, que são: a) Fontes escritas; b) Fontes não-escritas.
  5. 5. Fontes escritas • Manuscritos; • Inscrições; • Livros; • Revistas; • Documentos diversos; • Cartas; • Jornais.
  6. 6. Fontes não-escritas • Pinturas; • Esculturas; • Vestimentas; • Adornos; • Armas; • Utensílios; • Vasos cerâmicos.
  7. 7. História oral • Depoimentos de pessoas; • Entrevista realizada pelo historiador; • Registrar a memória individual e coletiva;
  8. 8. Sentidos da palavra História a) Ficção; b) Processo vivido; c) Conhecimento.
  9. 9. História como ficção (não real) • Livros; • Filmes; • Novelas; • Seriados.
  10. 10. História – processo vivido • Memória; • Recordações; • Pessoais; • Coletivos.
  11. 11. História como conhecimento • Compreensão; • Resgate; • Historicidade; • Vida humana.
  12. 12. Tempo • Sucessão de momentos; • Duração dos acontecimentos; • Percepção de mudanças; • Distinção dos acontecimentos.
  13. 13. Concepções do tempo • A forma como medimos o tempo não é universal; • Nem todas as culturas são norteadas pelo tempo cronológico; • A medida do tempo é uma construção histórica; • O meio como o dia terrestre é dividido em horas, minutos e segundo é convencional.
  14. 14. O relógio • Tempo cronológico; • Imperativo do modo de vida das sociedades atuais; • Foram inventados, provavelmente no Séc. XIII; • Eram instalados em torres de Igrejas, praças, edifícios públicos; • Atualmente, está presente em todos os lugares.
  15. 15. Calendário • Organização do tempo; • Criação sociocultural; • Finalidades:  Observações astronômicas;  Crenças religiosas;  Valores sociais. • Surgiu, provavelmente em 3.000 a. C.
  16. 16. Calendário Cristão • Mais utilizado no mundo atual; • Marco: o nascimento de Cristo; • Em 532, Monge Dionísio sugeriu; • No século XVI, o Papa Gregório XIII, convocou uma comissão de astrônomos que promoveram reajustes no calendário cristão. • Reforma Gregoriana ocorreu em 1582.
  17. 17. Periodização histórica • Pré-história; • Idade Antiga (antiguidade); • Idade Média (medieval) • Idade Moderna e; • Idade Contemporânea.
  18. 18. Pré-história • Do surgimento do ser humano até o aparecimento da escrita (4.000 a. C.)
  19. 19. Idade Antiga • Do aparecimento da escrita à queda do Império Romano do Ocidente (476 d. C.)
  20. 20. Idade Média • Da queda do Império Romano do Ocidente até a tomada de Constantinopla pelos Turcos Otomanos (1453)
  21. 21. Idade moderna • Da tomada de Constantinopla até a Revolução Francesa (1789)
  22. 22. Idade contemporânea • Da Revolução Francesa até os dias atuais.
  23. 23. Referências: • COTRIM, Gilberto. História global: Brasil e geral. 8ª edição – São Paulo: Editora Saraiva, 2005.

×