ANO XX - N° 368 - 1ª QUINZENA DE OUTUBRO DE 2014 
Em defesa da verdade e do desenvolvimento de São Miguel e Região | Tel.:...
1a QUINZEna DE 
OUTUBRO/2014 
Pág.2 
Atualidades 
Prefeitura investe em diversas frentes 
para melhorar mobilidade urbana ...
1a QUINZEna DE 
OUTUBRO/2014 Destaque Local 
Pág.3 
Na sexta-feira (26), 
a subprefeitura de São 
Miguel prestou home-nage...
1a QUINZEna DE 
OUTUBRO/2014 Opinião & Política 
Pág.4 
O candidato da Coligação 
Muda Brasil à Presidência, 
Aécio Neves,...
1a QUINZEna DE 
OUTUBRO/2014 Cotidiano 
Pág.5 
Estudos realizados em 
anos recentes têm demons-trado 
que o consumo exces-...
1a QUINZEna DE 
OUTUBRO/2014 Variedades 
Pág.6 
Parque do Carmo 
comemora 38 anos 
São Paulo é uma cidade do 
tamanho de m...
1a QUINZEna DE 
OUTUBRO/2014 Eventos 
Pág.7 
Votorantim Metais: 
participando do 
desenvolvimento de 
São Miguel Paulista ...
1a QUINZEna DE 
OUTUBRO/2014 Publicidade 
Pág.8
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Acontece agora ed368

331 visualizações

Publicada em

Jornal

Publicada em: Design
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
331
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
33
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
3
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Acontece agora ed368

  1. 1. ANO XX - N° 368 - 1ª QUINZENA DE OUTUBRO DE 2014 Em defesa da verdade e do desenvolvimento de São Miguel e Região | Tel.: 2031-2364 e 2513-0928 | raleste@gmail.com Aniversario de São Miguel é sucesso Com diversas atrações culturais e muito entrete-nimento, os moradores e Outubro Rosa NASA Exames abaixo do custo para a população sem convênio médico Outubro é um mês es-pecial para a conscientiza-ção, prevenção e diagnós-tico do câncer de mama. Por este motivo, o Nasa Laboratório realiza- O representante da no Congresso Zona Leste Nacional CNPJ Campanha: 20.559.113/0001-39 - Coligação Para mudar de Verdade PT-PCdoB-PR/ Coligação PT-PCdoB Valor pago pela inserção: R$ 1.200,00 rá neste mês a Campanha Outubro Rosa NASA, que oferece exames de Ma-mografia abaixo do custo, possibilitando acesso à diagnóstic... leia na pág 03 www.pauloteixeira13.com.br frequentadores do bairro de São Miguel Paulista pu-deram participar de mais um aniversário do bairro. A festa aconteceu no final de semana entre os dias 20 e 21 de setembro, na Praça Fortunato da Sil-veira. leia na pág 07 São Miguel ganha unidade do “Cartório MAIS” No mês de setembro foi inau-gurada uma unidade do “Cartório MAIS” em São Miguel paulista. O Cartório MAIS é um siste-ma moderno, seguro e rápido para se obter documentos origi-nais, de qualquer região do País, com solicitações de serviços em suas unidades franqueadas, es-palhadas de Norte a Sul do Bra-sil, ou via on-line. Com parcerias importantes, ... leia na pág 05
  2. 2. 1a QUINZEna DE OUTUBRO/2014 Pág.2 Atualidades Prefeitura investe em diversas frentes para melhorar mobilidade urbana dos paulistanos foram assunto de uma série de atividades da Semana da Mobilidade 2014, que teve o tema “ande, pedale e embar-que Faixas exclusivas Desde o início do ano passado até agora, a Prefei-tura criou 357,9 quilômetros de faixas exclusivas à direi-ta, e dois estudos feitos pela Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) apontam aumento da velocidade dos coletivos e economia de tempo para os usuários. Um estudo divulgado em dezem-bro do ano passado apontou que, em um universo de 291 quilômetros de faixas imple-mentadas até então, a ve-locidade média dos ônibus havia crescido em 45,1%, saltando de 14,2 km/h para 20,6 Km/h. O segundo levan-tamento, divulgado no início de setembro, mostrou que a velocidade média dos ônibus que circulam por 66 trechos de faixas exclusivas implan-tados neste ano aumentou em 68,7%, passando de 12,4 Km/h para 20,8 Km/h. A economia média é de 38 minutos por dia, chegando a mais de quatro horas por se-mana. Em alguns itinerários, a vantagem é ainda maior. A medida é aprovada por mais de 90% da população, de acordo com a pesquisa feita pelo instituto Ibope em par-ceria com a Rede Nossa São Paulo, divulgada na semana passada. Terminais Além das vias, a Prefeitu-ra vai construir quatro novos terminais em Itaquera (zona leste), Jardim Ângela (zona sul), Parelheiros (zona sul) e Jornal Acontece Agora, Folha do Itaim & Curuça, Jornal de Ermelino & Ponte Rasa, Jornal Guaianás & Cidade Tiradentes e Revista Acontece Leste Tiragem: 40.000 exemplares Impreso em 02/10/2014 cnpj: 03.115.443/0001-16 Circulação: São Miguel, ITAQUERA, vILA Jacuí, jd. helena, v. curuça E GUARULHOS Além do aumento de ve-locidade dos ônibus com as faixas exclusivas, a Prefei-tura está dobrando a quanti-dade de corredores e criará quatro novos terminais. Cida-de ganhará 400 quilômetros de ciclovias e pedestres con-tam com mais infraestrutura A melhoria da mobilida-de urbana, com o objetivo de criar novas alternativas de transporte e mais rapidez no deslocamento diários dos paulistanos, tem recebido investimentos e ações em diversas frentes por parte da Prefeitura de São Paulo. Além da criação de faixas exclusivas e corredores para dar mais velocidade aos ôni-bus, os ciclistas também es-tão ganhando vias segrega-das para ter mais segurança ao trafegar. Já os pedestres estão sendo beneficiados com um projeto inédito de ilu-minação específica para cal-çadas e mais sinalização nas travessias, além de reformas no passeio público. Ações de educação no trânsito e a inserção de novas tecnolo-gias de transporte também são alvo de ações da admi-nistração municipal. Os dife-rentes modais de transporte e os investimentos na área Medida foi adotada após estudos apontarem que a utilização de 71 km de faixas pelos táxis desde abril não afetou a velocidade dos ôni-bus Os mais de 33 mil táxis de São Paulo poderão circular a partir do dia 13, em qualquer horário e dia da semana, em todos os 440 quilômetros de faixas exclusivas para ôni-bus existentes na cidade e as que serão criadas pela Prefeitura. A liberação, que serve somente para veícu-los com passageiros e be-neficiará mais de 500 mil de usuários por dia, foi tomada após estudos apontarem que a velocidade dos ônibus não era prejudicada com uso das faixas pelos taxistas. A medi-da foi anunciada em evento no dia 12 na sede da Prefei-tura com a presença de mais de 250 taxistas. Até então, os táxis só podiam circular em 71 quilômetros de faixas exclusivas após autorização emitida pela Prefeitura em abril deste ano. Na mesma época, o município assinou um Termo de Ajustamen-to de Conduta (TAC) com o Ministério Público Estadual (MPE) proibindo os táxis de circularem nos corredores de ônibus nos dias úteis em ho-rários de pico, entre 6h e 9h e também, entre 16h e 20h. A proibição nos horários de picos nos corredores conti-nua valendo enquanto novos estudos estão sendo realiza- Diretor: Divaldo Rosa nessa”. Adm. e Financeiro: Ademyr Rodrigues Representante comercial: Eduardo Rocha e Ariane Andrade Jornalista FL: Silmara G. Nunes Revisão: Suseli Corumba Rosa Fotos: Bruno Barreto Rosa Diretor de Arte: Sergio Avante Depto. Jurídico: Agilson M. Oliveira Distribuição: Mart Press Distribuidora Avenida dos Guachos, 166 - Vila Curuça Cep: 08030-360 Itaim Paulista – SP E-mail: raleste@gmail.com site: www.grupoacontece.com.br O jornal Acontece Agora é Filiado à A J O R L E S T E Associação dos Jornais da Zona Leste REDAÇÃO E PUBLICIDADE 2031-2364 | 2513-0928 Patente: PROC. 830024034 Classe 16 RPI RM 2087 As matérias assinadas são de exclusiva responsabilidade dos colaboradores e não representam, necessariamente, a opinião do Jornal. Os nomes dos colaboradores e representantes comercias não mantém vínculo empregatício com a empresa. Perus (zona norte) para be-neficiar mais de 500 mil pes-soas diariamente. Além disso, os terminais de Campo Limpo, Santo Amaro, Parelheiros, João Dias e Capelinha receberam obras de reforma e reestru-turação. O Terminais Arican-duva e São Miguel também passarão por reformas para suas ampliações. Novas tecnologias A cidade também inves-tido em tecnologias dentro e fora dos ônibus para me-lhorar a mobilidade urbana. Lançado em fevereiro com o intuito de incentivar a criação de aplicativos e softwares, o Laboratório de Tecnologia e Produtos para Mobilidade Urbana busca soluções tec-nológicas para facilitar os deslocamentos pela cidade e sua integração com os mo-dais de transporte disponí-veis. Ciclovias A Prefeitura de São Paulo vai implementar 400 quilô-metros de ciclovias nos 96 distritos da cidade até o final de 2015. Esta é a Meta 97 do Programa de Metas 2013- 2016, que será realizada a partir do projeto SP 400km. Este ano, a capital já ganhou 78,3 km quilômetros e a meta é fechar 2014 com 200 qui-lômetros implementados. Até o final de setembro, a cidade vai ganhar mais 64,5 quilô-metros e atingir 109,4 quilô-metros de vias segregadas exclusivamente para o deslo-camento de ciclistas. Com as medidas, o número de pau-listanos que usam a bicicle-ta todos os dias como meio de transporte cresceu 50% em 2014 em comparação a 2013, de acordo com a Pes-quisa Mobilidade Urbana, feita pelo Ibope, a pedido da Rede Nossa São Paulo, di-vulgada no dia 18. Enquanto o levantamento de 2013 esti-mou que cerca de 174,1 mil moradores da cidade usa-vam a bicicleta diariamente, neste ano o número passou para aproximadamente 261 mil. A mesma pesquisa apon-ta que a implementação das ciclovias é aprovada por 88% dos paulistanos. Táxis já podem circular em 440 km de faixas exclusivas de ônibus da cidade dos. “A nossa avaliação técnica é que [a presença dos táxis] não impactou na velocidade dos ônibus ou seja, conse-guimos o compartilhamento, sem afetar a velocidade do transporte de massa. Em al-gumas cidades do mundo é assim, em outras não, mas em nosso caso específico foi possível tecnicamente conci-liar sem prejudicar o ônibus”, afirmou o prefeito Fernando Haddad. “Quanto mais faixa se tem para circular, mais distribui a quantidade de táxi. Então, a medida dilui ou espraia e é isso o que vai acontecer. Por isso, consideramos que não vai atrapalhar a velocidade dos ônibus”, afirmou o secre-tário municipal de Transpor-tes, Jilmar Tatto. Para não atrapalhar a evolução do transporte pú-blico, além de só poderem circular com passageiros, os taxistas não poderão ficar parados nas vias segregadas e não poderão fazer desem-barque de passageiros nas faixas exclusivas. A Compa-nhia de Engenharia de Trá-fego (CET) e a São Paulo Transportes (SPTrans) irão monitorar a velocidade dos ônibus e uso das faixas pelos taxistas rotineiramente. “No Corredor Norte-Sul, que foi um dos projetos pilo-tos, não teve nenhum com-prometimento da velocidade dos ônibus, então, não há porque restringir se vai be-neficiar 500 mil passageiros que tomam táxi todos os dias. É muita gente. Se fos-se comprometer, continuaria a restrição”, disse o prefeito. Corredores A Secretaria Municipal de Transportes (SMT) criou uma comissão de estudos para avaliar a velocidade dos ônibus que circulam nos cor-redores de ônibus, que tam-bém são utilizados por táxis fora dos horários de pico. A medida, publicada no Diário Oficial da Cidade, vai avaliar se a presença dos veículos nas vias prejudica o trânsito ou se não tem interferência para que novas decisões se-jam tomadas em acordo com o MPE. Formada por sete integrantes, a comissão tem prazo de 90 dias para apre-sentar um relatório sobre os impactos.
  3. 3. 1a QUINZEna DE OUTUBRO/2014 Destaque Local Pág.3 Na sexta-feira (26), a subprefeitura de São Miguel prestou home-nagem aos pioneiros do bairro. A solenidade teve início às 20h, na Catedral de São Mi-guel Arcanjo, localizada na Praça Padre Aleixo Monteiro Mafra. O even-to faz parte da progra-mação dos festejos co-memorativos dos 392 anos de São Miguel e tem por objetivo home-nagear pessoas simples ou personalidades do meio político ou empre-sarial, cujas vidas foram marcadas por relevan- Testemunhas afirma-ram que as quatro víti-mas eram usuárias de crack. Segundo a polícia, corpos tinham marcas de tiro e sinais de es-pancamento. Quatro jovens foram encontrados mortos de-baixo de uma ponte, na região de São Miguel Paulista, nesta segun-da- feira (29). As vítimas, Sobre o Nasa Laboratório Fundado em 1972, no bairro do Tatuapé, em São Paulo, o Nasa Laboratório é um dos principais centros de medicina diagnóstica do Es-tado de São Paulo. Atualmen-te, conta com 12 unidades de atendimento nas cidades de São Paulo, Mogi das Cruzes e Guarulhos, capazes de re-alizar mensalmente mais de 350 mil procedimentos diag-nósticos. Entre as unidades, o Nasa dispõe da Mega Uni-dade Tatuapé, com área cons-truída de 8.500 m2 e capaci-dade de atendimento de 2 mil pacientes, por dia. O Centro Médico, além de abrigar uma moderna estrutura laborato-rial, oferece o Day Hospital com salas cirúrgicas, UTI e suítes para acomodação. Ao todo, mil profissio-nais entre médicos, biomédi- São Miguel presta homenagem a seleto grupo de pioneiros do bairro tes serviços de interes-se público, prestados a toda comunidade. Nesta noite solene, estiveram presentes o Subprefeito Professor Adalberto Dias de Sou-sa, chefe de gabinete Célia Assumpção, pre-sidente da ONG Jovens do Brasil eleito pela co-missão como promotor dos Festejos Renato Marques, entre outros. Logo após, o mestre de cerimônia pediu para os convidados selecio-nados tomarem assen-tos à frente ao altar. Em seguida, foram chamados os Pionei-ros homenageados: Sr. Antonio José Mendes Teixeira, Sra. Aparecida Rachid Miragaia, Sr. Ab-don Baptista Filho, Sr. Oscar da Silva, Sr. Per-cival Tirapeli, Sr. Tamio Obuchi, Em póstuma Sr. Alcides de Sá Ramalho. Na medida em que os 07 homenageados eram chamados para receber a justa premiação, foi apresentado um breve currículo onde relatava a trajetória de vida de cada um. Jovens são encontrados mortos debaixo de ponte na Cidade Nova Curuçá três homens e uma mu-lher, foram mortas du-rante a madrugada. Os vizinhos conta-ram à polícia que ouvi-ram vários disparos no local perto das 24h30. Os quatro viviam debai-xo da ponte e, segundo testemunhas, eram usu-ários de crack. De acordo com a perícia, duas vítimas ti-nham marcas de tiros, e outras duas, sinais de espancamentos. Todas eram jovens. A polícia já recebeu informações sobre a identidade de dois dos mortos, mas ainda não confirmou os dados. A delegacia de homícidos vai investigar o caso. Desde o come-ço do ano, oito chacinas deixaram 32 mortos na capital e Grande São Paulo. Outubro Rosa NASA Exames abaixo do custo para a população sem convênio médico cos, enfermeiros, técnicos e equipes administrativas tra-balham com equipamentos de medicina diagnóstica de última geração. Por meio de sistemas totalmente automa-tizados, as amostras não pre-cisam ser manuseadas, redu-zindo, ao máximo, qualquer possibilidade de falha com liberação de laudos eletrô-nicos, garantindo qualidade nos procedimentos técnicos e precisão e rapidez nos resul-tados. De exames convencionais como glicemia e hemograma até complexos como tomo-grafia computadorizada ou ressonância magnética até um laboratório especializado em estudo do sono equipado com o que há de mais mo-derno em polissonografia, o Nasa Laboratório oferece mais de 70 especialidades diagnósticas. Outubro é um mês espe-cial para a conscientização, prevenção e diagnóstico do câncer de mama. Por este motivo, o Nasa Laboratório realizará neste mês a Campanha Outubro Rosa NASA, que oferece exames de Mamografia abai-xo do custo, possibilitando acesso à diagnóstico de qua-lidade para toda a população da zona leste. Os exames se-rão realizados na Mega Uni-dade do Tatuapé. Foram criadas agendas especiais no período no-turno e também no fim de semana visando beneficiar exclusivamente a população que não tem convênio mé-dico . Os agendamentos ocor-rerão no período de 1º até 24 de outubro. A realização será de 25 até 31 de outubro.
  4. 4. 1a QUINZEna DE OUTUBRO/2014 Opinião & Política Pág.4 O candidato da Coligação Muda Brasil à Presidência, Aécio Neves, disse nesta sexta-feira (26/9) que, após eleito presidente, será o grande parceiro do governa-dor Geraldo Alckmin para o desenvolvimento do Estado. A afirmação foi feita durante entrevista coletiva para cerca de 80 jornais da imprensa re-gional da Grande São Paulo. “O governador Alckmin, que será reeleito no primeiro turno, fez muita coisa por São Paulo na mobilidade, na se-gurança, em todas as áreas. E ele fez tudo isso tendo um governo federal de oposição. No momento em que ele tiver a mim como um aliado no go-verno federal, nós vamos dar a São Paulo um salto que ninguém jamais deu”, disse Aécio. “Vamos juntos fazer o maior governo da história de São Paulo”, completou. “Nossa candidatura repre-senta uma mudança segura em todos os aspectos. Em primeiro lugar no aspecto dos valores morais, os quais infe-lizmente esse governo atual jogou no lixo”, disse. Para Aécio, a pior herança que o governo federal vai deixar é o fato de estar deseducando os brasileiros, principalmen-te os jovens e as crianças. “Nós sempre aprendemos com nossos pais e professo-res que não podemosmen-tir, que não devemos roubar e que devemos respeitar as pessoas. Esse governo faz tudo ao contrário. Mente di-zendo que seus adversários vãoacabar com isso ou com Marina participa de comício com viúva e filhos de Campos A candidata do PSB à Presidência da República, Marina Silva, participou na noite desta segunda-feira (29) de comício no Recife ao lado da viúva de Eduardo Campos, Renata Campos, e de quatro dos cinco filhos do ex-governador pernambuca-no, morto em acidente aéreo em Santos, em agosto. Na noite desta segunda, no evento realizado no Cais da Alfândega, o filho homem mais felho de Eduardo Cam-pos, João Campos, de 20 anos, foi um dos primeiros a discursar. Ele agradeceu o apoio que a família recebeu desde a morte do ex-presi-dente do PSB e se posicio-nou como herdeiro político do pai. “Eu vejo que ele se trans-formou em uma grande refe-rência política do Brasil e é por isso que eu estou aqui, porque eu devo isso a ele e devo ao povo de Pernambu-co falar dos sentimentos que ele carregava”, afirmou em discurso emocionado, em memória do pai e pedindo votos a Marina. Dos cinco filhos de Re-nata e Eduardo, apenas o mais novo, o recém-nascido Miguel, não esteve no co-mício. Também participaram do evento político nomes do PSB que compõem a chapa do partido no estado: Paulo Câmara, candidato ao go- verno, e Fernando Bezerra Coelho, ex-ministro do go-verno Dilma e postulante ao Senado. Ao discursar, Marina tam-bém prestou homenagem a família de Eduardo Campos, que ela disse ser motivo de “admiração e orgulho” para Pernambuco e para o Brasil. “Essa mulher forte [Rena-ta Campos], corajosa, ela é uma grande mulher, que li-derou junto com Eduardo um projeto nesse estado. Estava ajudando junto com ele, lado a lado, a liderar um projeto para o Brasil.” Ela lembrou, ainda, o pe-ríodo em que decidiu formar aliança programática com o PSB de Campos, após ter tido o registro da Rede Sus-tentabilidade negado pelo Tribunal Superior Eleitoral. “Eduardo confiou. Sabe por quê? Porque geralmente a gente vê nos outros aqui-lo que a gente vê dentro da gente. O que a gente tem na gente, a gente vê no outro. E o que Eduardo viu em mim foi o que eu vi nele: a possi-bilidade de mudar o Brasil.” Religião e programa de governo Conhecida por parte do eleitorado por ser evangé-lica, Marina negou que já tenha usado de sua religião para fazer “palanque” políti-co. “Me sustento também na minha fé, que aliás vem sendo muito combatida, tratada com preconceito por alguns. Olha, eu tenho quase 30 anos de vida pública. Ninguém nunca me viu instrumentalizando a minha fé. Eu nunca fiz do púl-pito um palanque, como evan-gélica, e nunca fiz do altar um palanque quando era católica, meus irmãos pelos quais te-nho muito respeito”, declarou. Após o comício, em co-letiva de imprensa, Marina criticou seus principais ad-versários por não terem apre-sentado ainda plano de go-verno. Nesta segunda-feira, por meio de bate-papo na in-ternet, a campanha de Aécio começou a divulgar os planos de governo do candidato tuca-no. O programa da candidatu-ra à reeleição da presidente Dilma Rousseff ainda não foi divulgado. “Ninguém pode disputar a presidência de um país como o nosso sem apresentar um programa. Ou apresentar fal-tando cinco dias, seis dias para a eleição. Isso é um des-respeito com os brasileiros. É esse tipo de postura que vai fazer com que a sociedade brasileira faça mudança. Nós estamos tranquilos. A socie-dade brasileira quer recuperar a confiança de que as coisas vão funcionar com honestida-de, com competência”, disse Marina. Aécio afirma que São Paulo lidera a virada Em entrevista à imprensa regional paulista, candidato à Presi-dência afirma ter convicção de que irá para o segundo turno, para o bem de São Paulo e do Brasil aquilo, mesmo sabendo que na verdade não vão acabar, e sim melhorar o que já exis-te”, afirmou, referindo-se ao Bolsa Família. Aécio prosseguiu: “Eu sou o candidato que vai encerrar esse ciclo perverso do gover-no do PT e colocar um digno e honrado no lugar, inspira-do nas práticas do meu avô, Tancredo Neves, e nas me-lhores práticas de políticos como o governador Geraldo Alckmin e o vereador Andrea Matarazzo”, disse. O verea-dor também estava presente na entrevista coletiva. O candidato se compro-meteu a ser o presidente da descentralização, não só em saúde e educação, mas também em comunicação, valorizando a mídia local de cada região do país. E citou sua experiência como gover-nador por dois mandatos de Minas Gerais, onde a gestão com eficiência e a descentra-lização garantiram grandes conquistas ao Estado, como obter a melhor educação fun-damental do país, segundo o Ministério da Educação. “Hoje eu vejo o Brasil quase como um Estado uni-tário, onde o poder central tudo tem, tudo pode e tudo decide. Isso está errado. Não é possível definir as priorida-des de investimento de cada região estão lá dentro do ar condicionado em Brasília, mas sim próximo de onde os problemas existem”, disse. “Quanto mais descentraliza-da for a decisão, melhor para as pessoas.” CNPJ C.: 20.560.273/0001-06 • Valor: R$ 600,00 TRABALHO SÉRIO DE QUEM SABE O QUE FAZ
  5. 5. 1a QUINZEna DE OUTUBRO/2014 Cotidiano Pág.5 Estudos realizados em anos recentes têm demons-trado que o consumo exces-sivo de álcool pode diminuir a densidade e a resistência óssea, aumentando o risco de fraturas e atrapalhando a cura das mesmas Todos nós já conhecemos os problemas que surgem devido ao uso abusivo de be-bidas alcoólicas. Problemas de saúde, como a cirrose he-pática, e problemas sociais, como acidentes de carro e violência doméstica, estão associados ao uso excessivo desta substância. Agora, de acordo com um novo estudo , constatamos que o consu-mo exagerado de bebidas alcóolicas pode também pre-judicar o processo de conso-lidação óssea. “Além de poder aumentar o risco de fraturas, o álcool também prejudica o proces-so de consolidação. Então, adicione esse motivo à lista de razões pelas quais você não deve abusar do álcool”, afirma o ortopedista Caio Gonçalves de Souza (CR-M- SP 87.701), médico do Importante consumir alimentos com esse nu-triente a cada três horas para aproveitar melhor seus benefícios A laranja é a fruta mais famosa quando o assunto é vitamina C. Mas outras opções como a pera por-tuguesa, uva Thompson, abacaxi e ameixa espanhola também oferecem os bene-fícios que ajudam na me-lhora da imunidade e redu-ção do estresse. De acordo com o Guia Alimentar para a População Brasileira, do Ministério da Saúde, o con-sumo diário deve ser de três porções de frutas. De acordo com a nutri-cionista do Oba Hortifruti, Daísa Pinhal, a vitamina C é solúvel em água e aos poucos ela é eliminada pela urina. “Como não é arma-zenada pelo organismo, precisamos ingeri-la várias vezes ao dia para garantir sua presença e seus benefí-cios. O consumo adequado deve ser feito com alimen-tos in natura frescos de época”, completa. Muitas são as pesquisas realizadas sobre os benefí-cios da vitamina C no orga-nismo. Em relação à melho-ra da imunidade, estudo da Universidade de Helsink, na Finlândia, envolveu mais de 6.000 pessoas e concluiu que boas quantidades do nutriente no organismo di-minui a incidência de res-friados ou mesmo atenua seus sintomas em caso da doença se manifestar. A re-dução do estresse também foi analisada a partir da in-gestão dessa vitamina em animais pela Universidade do Alabama. Esses são apenas dois exemplos para justificar o consumo de alimentos ri-cos em vitamina C, que também contribui para o fortalecimento do sistema imunológico e auxilia na prevenção da anemia, já que a vitamina C intensifica a absorção do ferro. Além das tradicionais frutas cítricas como laranja, morango e acerola, a vita-mina C pode ser encontra-da em: Pera Portuguesa: possui vitaminas do tipo A, C e do complexo B, ajudam na prevenção da hipertensão arterial e do envelhecimen-to da pele, além de possuir efeito anti-inflamatório. Uva Thompson: rica em potássio, fibras e vitaminas A e C, ajuda na boa preser-vação da visão, desenvolvi-mento dos ossos e cabelos e é uma ótima aliada para prevenir doenças do cora-ção. Abacaxi: rico em vita-mina C, betacaroteno e vitaminas do complexo B, contribui para uma boa digestão e funcionamento dos rins, além de ajudar no controle dos níveis de coles-terol no sangue. Ameixa Espanhola: pos-sui vitamina C e vitaminas do complexo B, ajuda na nutrição da pele, corpo e cabelo. Consumo excessivo de álcool pode dificultar a cura de ossos fraturados Hospital das Clínicas de São Paulo. Para a realização estudo, cujos resultados foram apre-sentados durante o encontro anual da American Society for Bone and Mineral Resear-ch, os pesquisadores alimen-taram camundongos tanto com água salgada (grupo controle) quanto com álcool (o equivalente a três vezes o limite legal para a condução de um veículo). Ao analisar a consolida-ção óssea dos camundon-gos, depois que eles foram alimentados, os pesquisado-res descobriram que os ani-mais que receberam álcool apresentaram menor minera-lização do calo da fratura, ou seja, os ossos novos não es-tavam se formando da mes-ma forma que os dos camun-dongos alimentados com a água salgada. “Os pesquisadores tam-bém descobriram que os níveis de estresse oxidativo foram maiores nos camun-dongos alimentados com ál-cool, assim como os níveis de uma enzima que diminui o estresse oxidativo ficaram menores. Os níveis séricos de uma proteína conhecida por desempenhar um papel importante no recrutamento de células para o local de fratura, também foram mais baixos nos camundongos alimentados com álcool”, in-forma Caio G. Souza, que também é professor de Orto-pedia da Faculdade de Medi-cina na Uninove. Com essas evidências, fica reforçada a orientação para que pacientes que so-freram fraturas não usem bebidas alcoólicas durante o período de tratamento, pois isto poderá levar a uma maior dificuldade do organismo em se restabelecer completa-mente. Esta não é a primeira vez que o álcool se mostrou prejudicial ao processo de consolidação óssea. Os pes-quisadores já haviam des-coberto anteriormente que o álcool afeta negativamente os genes ligados à saúde ós-sea em um estudo de 2008, publicado na revista Alcoho-lism: Clinical and Experimen-tal Research. Vitamina C refor-ça a imunidade e reduz o estresse
  6. 6. 1a QUINZEna DE OUTUBRO/2014 Variedades Pág.6 Parque do Carmo comemora 38 anos São Paulo é uma cidade do tamanho de muitos países, por isso, para aproveitar o que de melhor a capital paulista tem a oferecer, é necessário pla-nejamento. Mas se você está por aqui e tem pouco tempo a perder, não se preocupe. Veja algumas dicas para curtir os melhores restaurantes, bares e passeios em 48 horas. Dia 1 Comece a jornada ao estilo paulistano no balcão de uma padaria, com café, suco de laranja forte e fresco e pão na chapa. A Bella Paulista é uma opção confiável e animada. E o melhor: funciona 24 horas. Prossiga com uma cami-nhada pela Avenida Paulista, a mais emblemática de São Paulo, com seus arranha-céus coroados por antenas, além de algumas mansões sobrevi-ventes do início do século 20. Adentre no refúgio exuberante que é o Parque Trianon (R. Peixoto Gomide, 949, Jardim Paulista), que tem um peda-cinho da Mata Atlântica nati-va do Brasil e onde é gostoso passar um tempo. Ainda na Paulista, do outro Bossa nos anos 50, a canjiquinha voltou com tudo nesta década. Esse revestimento de parede é empregado, principalmen-te, para definir volumes nas fachadas das casas ou dos prédios e como elemento decorativo nos interiores. Os revestimentos que imitam pedra têm essa mesma característica, po-rém são normalmente mais fáceis de aplicar e têm me-nor espessura, o que pode fazer diferença se for preci-so instalar objetos na pare-de ou então se já existirem elementos como batentes de portas, por exemplo, e a intenção for acrescentar o visual de pedra sem ter de deixar a porta mais grossa. No mês setembro, o Parque do Carmo, em Itaquera, comple-tou 38 anos de existência e para comemorar a data a Prefeitura preparou eventos para os dias 20 (sábado) e 21 (domingo) com di-versas atrações musicais e artísti-cas. No sábado os visitantes pude-ram apreciar a música da Orleans Street Jazz Band. Já o Projeto Pal-co Livre trouxe para o público um repertório diverso, incluindo rock nacional e internacional, MPB e hip hop. A comemoração contou tam-bém com a 8ª. edição da Virada Canjiquinhas: o toque que falta na decoração de sua casa Veja abaixo algu-mas ideias para embelezar ainda mais a decoração da casa: Cerâmica que imita pedra: Os materiais que imi-tam pedra que mais se as-semelham ao material ori-ginal em termos de textura e temperatura são as cerâ-micas, portanto devem ser utilizadas quando o enfo-que é o realismo. Deve ser sempre tomado o cuida-do, no entanto, de instalar as peças adequadamente, para esconder os rejuntes ao máximo. Papéis de parede que imitam pedra: Os papéis de parede são uma alternativa que, ao contrário das pedras de verdade, deixam o ambien-te confortável e aquecido. Uma boa pedida, portanto, quando não se quer o efei-to mais frio das pedras, e sim seu visual. Adesivos que imi-tam pedra: Os adesivos são a op-ção mais prática para imi-tar pedras, embora sejam também menos realistas do que a cerâmica, assim como os papéis de parede, por isso ficam melhor em pequenas áreas. São Paulo como você nunca viu em 48 horas Na cidade por pouco tempo? Saiba o que fazer por aqui com nossas dicas de restaurantes, bares e passeios lado da avenida, fica o Mu-seu de Arte de São Paulo – o MASP (Av. Paulista, 1.578). Vá para conferir uma das me-lhores coleções da América Latina; mas o prédio é outra grande atração – uma caixa de concreto e vidro suspensa so-bre quatro colunas vermelhas. Com fome? O museu tem um ótimo bufê de almoço no sub-solo. Depois vá para o Parque do Ibirapuera, a versão paulis-tana do Central Park nova-ior-quino onde você pode esco-lher quais das criativas obras do arquiteto Oscar Niemeyer quer ver. Não perca o incrível Auditório Ibirapuera, com sua língua ondulada e vermelha sobre a entrada, estendendo-se rumo ao céu. Aprecie o pôr do sol da ci-dade, coquetel em mãos, no Skye na cobertura do Hotel Unique, que tem a forma de uma fatia de melancia. E fique no Jardim Paulista para jantar. Se quiser gastar com a melhor gastronomia brasileira, experi-mente o Brasil a Gosto, o Tor-desilhas, o D.O.M. ou o Maní, da chef Helena Rizzo, recém eleita a melhor chef mulher do mundo 2014, pela revista in-glesa ‘Restaurant’. Mantenha a vibe brasileira em uma noite ritmada na pequena e efer-vescente casa de samba Ó do Borogodó (R. Horácio Lane, 21, Vila Madalena). Dia 2 Tome um café na Vila Ma-dalena antes de tirar fotos fei-to louco na viela sinuosa que é o Beco do Batman (R. Gon-çalo Afonso, Vila Madalena) – uma galeria de arte a céu aberto imperdível, com obras de alguns dos melhores artis-tas de rua da cidade. Pegue o metrô na Vila Ma-dalena para a estação São Bento. De lá, percorra o tortu-oso caminho pela rua comer-cial 25 de Março para chegar ao Mercadão municipal (R. da Cantareira, 306, Sé) para um almoço de ostras, pastéis, o famoso sanduíche de morta-dela ou comida árabe. Encer-re com frutas tropicais de uma das barracas. Na Pinacoteca do Estado (Praça da Luz, 2, Luz) – um museu que passou por uma reforma impressionante, re-alizada pelo arquiteto Paulo Mendes da Rocha em 1997 –, dê uma volta por uma das ex-posições. O adjacente Parque da Luz, o parque público mais antigo da cidade, é um paraí-so cheio de detalhes curiosos e de personagens interessan-tes. Nem pense em perder o Edifício Itália (Av. Ipiranga, 344, República), onde a vista da infinita São Paulo que se tem do 41º andar é incompa-rável. Entrada gratuita de se-gunda a sexta, 15h-16h (R$ 30 em outros horários). Hora de jantar. Que tal um sushi da Liberdade (Me-trô Liberdade)? Ou então um sanduíche ou hambúrguer na própria Avenida Paulista, ao som de um bom e melódico jazz ao vivo, que é tocado em diversos bares e restaurantes por lá. Esportiva. Promovendo a educa-ção ambiental, houve a distribui-ção de mudas pelo Projeto Ver-dejando que é uma parceria da Globo com a Secretaria do Verde e Meio Ambiente. A Fundação SOS Mata Atlântica levou seu ‘ca-minhão educativo’ para o Carmo, um espaço para a apresentação dos projetos da ONG, oficinas e atividades. O Parque é uma área verde, na zona leste, com 200 hectares. Sua fauna reúne 130 espécies ca-talogadas, como os caxinguelês, uma espécie de esquilos dóceis que vêm buscar alimentos bem próximo aos visitantes, também tatus, garças, entre outros. A flora reúne mais de 242 espécies, algu-mas ameaçadas de extinção, como o pau-brasil, a copaíba e samam-baiaçus. O Parque está localiza-do na área da antiga fazenda do empresário Oscar Americano de Caldas Filho e, desde a fundação, foram mantidos o prédio da sede, com sua arquitetura colonial, o conjunto de lagos e a área ajardi-nada. O espaço abriga também o Bosque das Cerejeiras, com mais de 4000 pés da espécie que é con-siderada um símbolo do Japão. Há 36 anos acontece a Festa das Ce-rejeiras, evento organizado pela Federação Sahura e Ipê do Brasil, para que a população possa apre-ciar a florada das cerejeiras, que embora breve, embeleza o parque. No Japão esse ritual de contemplar as flores de cerejeira é chamado de “Hanami”, que associa o simbo-lismo da flor com a brevidade da vida, devido à sua efemeridade. Eduardo Rocha
  7. 7. 1a QUINZEna DE OUTUBRO/2014 Eventos Pág.7 Votorantim Metais: participando do desenvolvimento de São Miguel Paulista A Votorantim Metais é um dos motores do desenvolvimen-to econômico e social de São Miguel Paulista ao longo das últimas três décadas destes392 anos de história. Instalada no bairro desde 1981, a Unidade lo-cal é responsável por posicionar a empresa como a maior pro-dutora de níquel eletrolítico da América Latina, um metal usa-do pela indústria de aço inox do país para a produção de diversos itens como panelas e talheres presentes na mesa do brasileiro. A produção de níquel ele-trolítico da Unidade gera mais de 400 empregos diretos, sendo 80% das vagas preenchidas por trabalhadores da região. Mas, além disso, o envolvimento da empresa com o bairro é ainda maior e abrange investimentos em projetos socioculturais res-ponsáveis por contribuir com a formação dos moradores da co-munidade local. Em conjunto com o Instituto Votorantim, a Unidade daVoto-rantim Metaisapoiou a reforma e a restauração da Capela de São Miguel, um marco da arquitetu-ra e da história do Brasil, locali-zado no bairro da zona leste de São Paulo. A empresa também apos-ta em projetos de qualificação profissional e de voluntariado focados em jovens em situação de vulnerabilidade social.Neste âmbito, o principal projeto é o Programa de Educação para o Trabalho (PET), realizado em parceria com o Instituto Alana e o Senac.Em funcionamento desde 2008, o projeto capacitou até o primeiro semestre de 2014, um total de 630 jovens com um índice de absorção pelo merca-do de trabalho, a chamada taxa de empregabilidade, de 65% em até um ano após a formatura dos jovens. Além disso, a Unidade tam-bém aposta no programa “Ser Mudança”, em parceria com a ONG americana United Way, voltado para incentivar os jo-vens a empreenderem projetos que resultem em benefícios para a comunidade. Para o gerente geral da uni-dade São Miguel Paulista, Fer-nando de Oliveira Gurgel, os in-vestimentos sociais demonstram a importância do bairro para os negócios da Votorantim Metais, uma empresa que acredita no crescimento empresarial aliado ao desenvolvimento social. “Pa-rabenizo o bairro São Miguel Paulista pelos seus 392 anos e tambéma todas as pessoas que ajudaram e ajudam a escrever essa história de sucesso”, afirma Gurgel. Sobre a Votorantim Metais A Votorantim Metais é uma empresa do Grupo Votorantim, um dos maiores conglomerados empresariais da América Latina. A companhia possui dezessete unidades: onze no Brasil, qua-tro nos Estados Unidos, uma na China e uma no Peru. A Empre-sa é a maior fabricante de níquel eletrolítico da América Latina, líder no mercado brasileiro de alumínio e uma das cinco maio-res produtoras de zinco do mun-do. Mais Informações FSB Comunicações Ruy Barata Neto 11 3165-9583 ruy.barata@fsb.com.br Aniversario de São Miguel é sucesso Com diversas atrações culturais e muito entretenimento, os mora-dores e frequentadores do bairro de São Miguel Paulista puderam par-ticipar de mais um aniversário do bairro. A festa aconteceu no final de se-mana entre os dias 20 e 21 de setem-bro, na Praça Fortunato da Silveira. Durante o evento todos puderam contemplar diversos shows com ar-tistas da região e convidados. Diferente do ano anterior, neste ano o palco principal foi em apenas um local, logo no início da Praça. Com sucesso de público a festa reu-niu diversas autoridades, lideranças, empresários e contou com a partici-pação de todos da comunidade. O tempo nublado não foi moti-vo pata inibir os moradores e convi-dados de comparecerem ao evento, cerca de 10 mil pessoas passaram pela festa no final de semana. Sob a administração do novo subprefeito Professor Adalberto Dias de Sousa, chefe de gabinete Célia Assumpção, e com o apoio da comissão formada pelos organiza-dores e parceiros empresariais dos festejos, pode-se dizer que as expec-tativas foram superadas com muito sucesso. Fazendo parte da programação dos festejos dos 392 anos do aniver-sário de São Miguel o Culto Evan-gélico deste ano ficou por conta da igreja Batista do Jardim Maia, lide-rada pelo Pastor Pedro Kibala que em noite solene, recebeu autorida-des e um público de cerca de 200 pessoas que em comunhão com o Pastor Marcelo Alexandre, da Igreja Evangélica Apostólica Restauração , do Parque Paulistano , oraram e pediram as bênçãos de Deus para o bairro e para as autoridades consti-tuídas das diversas esferas de poder. O objetivo do culto, segundo a Comissão Evangélica de Pastores e Líderes de São Miguel Pta, é orar a Deus, intercedendo pelo bairro e pelas autoridades, que têm impor-tantes e desafiadoras responsabili-dades nas áreas administrativa, de segurança, da cultura e também na eclesiástica no bairro. Para encerrar os Festejos com grande estilo no último domingo de setembro, o Desfile Cívico reali-zado na Marechal Tito foi inovador e cheio de entretenimento Cultural. O evento aconteceu por volta das 9h, onde centenas de moradores e estudantes da região de São Mi-guel e bairros adjacentes puderam acompanhar o tradicional desfile. Eduardo Rocha
  8. 8. 1a QUINZEna DE OUTUBRO/2014 Publicidade Pág.8

×