PDTU
Promover a Mobilidade Urbana, de forma segura, socialmente inclusiva e
com equidade no uso do espaço público, para co...
PROMOB - Intervenções
Principais Intervenções
• Expansão do SEI /Terminais de Integração
• Passarela do Aeroporto
• Corred...
Ações do PEDALA-PE
Desenvolvimento Econômico
• Benefício fiscal para empresas de bicicleta que se instalem no Estado;
Educ...
Plano Diretor Cicloviário


O documento tem a finalidade de nortear os municípios da Região
Metropolitana do Recife sobre...
Elaboração do Plano Diretor Cicloviário
Oficinas
•

Ao longo de oito meses foram realizadas oito oficinas para a elaboraçã...
Diagnósticos e análises do Plano Diretor Cicloviário
• Pesquisas de Motivo de Viagem e Contagem Volumétrica de
Ciclistas
 A pesquisa teve caráter investigatório e qualificati...
Dinâmica de circulação – Pesquisa de Motivo de Viagem
e Contagem Volumétrica de Ciclistas do PDC/RMR




Observou-se que...
Dinâmica de circulação – Pesquisa de Motivo de Viagem
e Contagem Volumétrica de Ciclistas do PDC/RMR




MOTIVO DE VIAGE...
Dinâmica de circulação – Pesquisa de Motivo de Viagem
e Contagem Volumétrica de Ciclistas do PDC/RMR


Os horários de via...
Dinâmica de circulação – Pesquisa de Motivo de Viagem
e Contagem Volumétrica de Ciclistas do PDC/RMR


50% dos entrevista...
Dinâmica de circulação – Pesquisa de Motivo de Viagem
e Contagem Volumétrica de Ciclistas do PDC/RMR
•

No que se refere à...
Dinâmica de circulação – Pesquisa de Motivo de Viagem
e Contagem Volumétrica de Ciclistas do PDC/RMR
•

O gráfico aponta q...
Diretrizes, estratégias, gestão,
proposta de rede e orçamento
Linhas Estratégicas
OBJETIVOS DAS LINHAS ESTRATÉGICAS
EDUCAÇÃO

Desenvolver projetos educativos para criar um novo paradig...
Infraestrutura
A rede cicloviária foi classificada em dois grupos:


Rede Cicloviária Metropolitana: rede cicloviária pri...
Infraestrutura
Rede
Cicloviária
Existente
Extensão: 67,4 km
Infraestrutura
Rede
Cicloviária
Proposta
Extensão: 244 km
Proposta da Rede Cicloviária
MUNICÍPIO

Abreu e Lima
Araçoiaba
Cabo de Santo Agostinho
Camaragibe
Igarassu
Ilha de Itamara...
Infraestrutura - Rede Metropolitana Cicloviária
(Exemplos)
EXTENSÃO
(KM)
Av. Mal. Mascarenhas de Morais Entre Av. Armindo ...
Rede Cicloviária Metropolitana / Requalificação da Rodovia PE-15
Descrição: Início em Olinda, próximo ao 7º GAC Regimento ...
Rodovia PE-15: Integração com o Corredor Exclusivo de BRT
• Projeto urbanístico: Espaço público, garantindo passeios contí...
Rodovia PE-15: recuperação da ciclovia existente

Ciclovia Bidirecional, com largura de 3 metros.
Cronograma Requalificação da PE-15
Ação

Prazo

Edital de Licitação

Janeiro/2014

Final do Processo licitatório

Março/20...
Plano diretor   setoristas
Plano diretor   setoristas
Plano diretor   setoristas
Plano diretor   setoristas
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Plano diretor setoristas

1.426 visualizações

Publicada em

Publicada em: Tecnologia, Negócios
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.426
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
806
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
21
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Plano diretor setoristas

  1. 1. PDTU Promover a Mobilidade Urbana, de forma segura, socialmente inclusiva e com equidade no uso do espaço público, para contribuir na construção de cidades sustentáveis. Baseado nas diretrizes do PDTU, prevê:  Integrar e inserir a bicicleta no planejamento e desenvolvimento urbano, proporcionando a melhoria do meio ambiente;  Promover a integração dos modais, visando reduzir o custo dos deslocamento, principalmente da população de menor renda;  Estimular os governos municipais a implantar sistemas cicloviários e um conjunto de ações que garantam a segurança de ciclistas nos deslocamentos urbanos.
  2. 2. PROMOB - Intervenções Principais Intervenções • Expansão do SEI /Terminais de Integração • Passarela do Aeroporto • Corredor Exclusivo de TRO Norte/Sul (Ramal Centro, Ramal Agamenon) • Corredor Exclusivo de TRO Leste/Oeste • Ramal de acesso a Cidade da Copa • Corredor exclusivo de ônibus da BR-101 • Corredor de ônibus da II Perimetral/Via Metropolitana Norte • Programa Rios da Gente • Programa PEDALA PE
  3. 3. Ações do PEDALA-PE Desenvolvimento Econômico • Benefício fiscal para empresas de bicicleta que se instalem no Estado; Educativas • Criação do Selo Empresa Amiga da Bicicleta; • Campanhas educativas e capacitações; • Passeios Ciclísticos; Infraestrutura e Gestão • Projetos cicloviários para os principais corredores de transporte; • Construção de Bicicletários nos TIs e Estações do Programa Rios da Gente; • BIKE PE – Sistema de Compartilhamento de bicicletas • Elaboração do Plano Diretor Cicloviário
  4. 4. Plano Diretor Cicloviário  O documento tem a finalidade de nortear os municípios da Região Metropolitana do Recife sobre as políticas de mobilidade explorando aspectos como a infraestrutura cicloviária, campanhas educativas, o mercado de bicicletas atual, a legislação e operação do modal bicicleta.  Horizontes: O documento aponta o cenário para o modal até 2024.
  5. 5. Elaboração do Plano Diretor Cicloviário Oficinas • Ao longo de oito meses foram realizadas oito oficinas para a elaboração do Plano Diretor Cicloviário. Participaram da construção do documento diversos técnicos de órgãos públicos, ciclistas e a população em geral. Participantes: Coordenação: Secretaria das Cidades • Grande Recife Consórcio de Transporte • Agência Condep/Fidem; • Companhia Brasileira de Trens Urbanos (CBTU); • Prefeituras da RMR • Grupos de Pedal
  6. 6. Diagnósticos e análises do Plano Diretor Cicloviário
  7. 7. • Pesquisas de Motivo de Viagem e Contagem Volumétrica de Ciclistas  A pesquisa teve caráter investigatório e qualificativo, de forma a identificar motivo da viagem e perfil do usuário da bicicleta como modal de transporte.  A pesquisa de mobilidade foi aplicada em 74 pontos da Região Metropolitana e a escolha dos pontos definida a partir de locais com grande circulação, como as estações da rede de metrô da RMR e terminais de ônibus, além de interseções identificadas como importantes trechos de demanda por ciclista.  Foram aplicados 2.804 formulários.
  8. 8. Dinâmica de circulação – Pesquisa de Motivo de Viagem e Contagem Volumétrica de Ciclistas do PDC/RMR   Observou-se que os trabalhadores são os principais usuários do modal com 77%. Os estudantes ficam em segundo lugar com 13%. Ocupação dos entrevistados 1% 5% Trabalhador 4% Estudante 13% Desempregado 77% Aposentado Outros
  9. 9. Dinâmica de circulação – Pesquisa de Motivo de Viagem e Contagem Volumétrica de Ciclistas do PDC/RMR   MOTIVO DE VIAGEM Resultado: Destaque para o número de pessoas que usam a bicicleta para ir ao trabalho – 58%. Resultado: O uso da bicicleta com o intuito de fazer compras representou 15% dos deslocamentos pesquisados, enquanto 10% dos entrevistados se deslocavam por bicicleta com destino a lazer. 1% 7% 9% 10% 58% 15% Trabalho Compras Lazer Outros Estudo Médico
  10. 10. Dinâmica de circulação – Pesquisa de Motivo de Viagem e Contagem Volumétrica de Ciclistas do PDC/RMR  Os horários de viagens mais utilizados entre os ciclistas é entre 7h e 8h da manhã e 17h e 18h. Distribuição das horas pico
  11. 11. Dinâmica de circulação – Pesquisa de Motivo de Viagem e Contagem Volumétrica de Ciclistas do PDC/RMR  50% dos entrevistados informaram que o rápido deslocamento é o principal motivo de utilizar a bicicleta, enquanto o fator econômico registrou 25%. Motivo da escolha da bicicleta como modo de transporte
  12. 12. Dinâmica de circulação – Pesquisa de Motivo de Viagem e Contagem Volumétrica de Ciclistas do PDC/RMR • No que se refere à duração das viagens, elas ocorrem predominantemente durante o intervalo de 11 a 30 minutos (55%). Ao analisar, exclusivamente, as viagens realizadas por motivo de trabalho, tem-se um resultado bastante semelhante, seguindo a mesma tendência. Duração das Viagens 60.0% 55% Motivo da escolha da bicicleta como modo de transporte 50.0% 40.0% 30.0% 27% 20.0% 15% 10.0% 2% 0% 0.0% 1 - 10 min 11 - 30 min 31 - 60 min 61 - 120 min 121 - 240 min
  13. 13. Dinâmica de circulação – Pesquisa de Motivo de Viagem e Contagem Volumétrica de Ciclistas do PDC/RMR • O gráfico aponta que a maioria dos entrevistados (76%) não utiliza a integração entre os modais de transporte em seus deslocamentos; apenas 24% indicam algum tipo de integração modal, sendo distribuído em ônibus (11%), a pé (5%), metrô (3%), carro (3%) e outro (2%). Integração entre modos 3% 3% 2% 5% Não Utilizou 11% Ônibus Não Utilizou outro modo 76% A pé Metrô Carro Outro
  14. 14. Diretrizes, estratégias, gestão, proposta de rede e orçamento
  15. 15. Linhas Estratégicas OBJETIVOS DAS LINHAS ESTRATÉGICAS EDUCAÇÃO Desenvolver projetos educativos para criar um novo paradigma de mobilidade, onde a bicicleta seja entendida como um meio de transporte cotidiano CAMPANHAS Desenvolver campanhas de promoção, fomento e respeito do uso da bicicleta entre os diferentes coletivos cidadãos LEGISLAÇÃO Garantir que a legislação vigente facilite o uso da bicicleta como modo de transporte cotidiano GESTÃO Criar mecanismos necessários de gestão institucional, técnica e cidadã para garantir a implantação do plano INFRAESTRUTURA Criar uma rede de itinerários cicloviários que permita garantir deslocamentos úteis e seguros para ciclistas
  16. 16. Infraestrutura A rede cicloviária foi classificada em dois grupos:  Rede Cicloviária Metropolitana: rede cicloviária principal, responsável por promover a articulação intermunicipal. Composta exclusivamente por ciclovias, é de responsabilidade do Governo do Estado de Pernambuco. • Extensão: 244 km  Rede Cicloviária Complementar: atendendo a deslocamentos municipais. Composta por ciclovias, ciclofaixas e ciclorrotas, sua implantação é de responsabilidade das Prefeituras municipais. • Extensão: 346 km
  17. 17. Infraestrutura Rede Cicloviária Existente Extensão: 67,4 km
  18. 18. Infraestrutura Rede Cicloviária Proposta Extensão: 244 km
  19. 19. Proposta da Rede Cicloviária MUNICÍPIO Abreu e Lima Araçoiaba Cabo de Santo Agostinho Camaragibe Igarassu Ilha de Itamaracá Ipojuca Itapissuma Jaboatão dos Guararapes Moreno Olinda Paulista Recife São Lourenço da Mata TOTAL Extensão (Km) * 14,4 4,9 32,3 17,3 25,8 6,5 47,1 5,1 58,9 9,0 62,1 49,0 249,0 8,8 590,2 * Ciclovias, ciclofaixas e ciclorrotas
  20. 20. Infraestrutura - Rede Metropolitana Cicloviária (Exemplos) EXTENSÃO (KM) Av. Mal. Mascarenhas de Morais Entre Av. Armindo Moura e Rua São Miguel 7,1 BR-101 Entre Av. Dr. Júlio Mourão e PE-015 22 Av. Caxangá Entre Estrada dos Remédios e Av. Joaquim Ribeiro 6,5 Av. Joaquim Ribeiro Entre Rua Ribeiro Pessoa e Av. Dr. Belmiro Correia 1,6 Av. Gov. Agamenon Magalhães Entre Rua Paissandu e Av. Pres. Kennedy 4,6 Av. Beberibe Entre Rua da Regeneração e Av. Cidade Monteiro 1,1 EXTENSÃO Olinda TRECHO (KM) PE-015 (Pan Nordestina) Entre Av. Pres. Kennedy e Av. Joaquim Nabuco 1,3 PE-015 Entre Av. Joaquim Nabuco e Av. Sen. Nilo Coelho 2,9 PE-015 Entre Av. Senador Nilo Coelho e BR-101 2,2 Bultrins/Fragoso Entre PE-015 e Ponte do Janga 4,8 Bultrins/ Fragoso Entre Av. Chico Science e Rua Carlos Leite Moreira 2,3 EXTENSÃO Jaboatão TRECHO (KM) R. Padre Manoel da Cunha Entre Av. Pres. Castelo Branco e Rua Ayrton Senna da Silva 0,2 Recife TRECHO Av. Ayton Senna da Silva Entre Rua Pde. Manoel da Cunha e Av. Barreto de Menezes 1,8 Av. Ayton Senna da Silva Entre Av. Barreto de Menezes e Rua Osório Borba 1,4
  21. 21. Rede Cicloviária Metropolitana / Requalificação da Rodovia PE-15 Descrição: Início em Olinda, próximo ao 7º GAC Regimento de Olinda e final no Município de Abreu e Lima, na altura do Terminal de Integração de Abreu e Lima. Está inserida no Corredor Exclusivo de ônibus N/S. Extensão: 11.5 km investimento: 14.5 milhões TI Abreu e Lima 7 GAC Regimento de Olinda
  22. 22. Rodovia PE-15: Integração com o Corredor Exclusivo de BRT • Projeto urbanístico: Espaço público, garantindo passeios contínuos, livres de obstáculos e com acessibilidade, Iluminação, arborização e implantação de praças.
  23. 23. Rodovia PE-15: recuperação da ciclovia existente Ciclovia Bidirecional, com largura de 3 metros.
  24. 24. Cronograma Requalificação da PE-15 Ação Prazo Edital de Licitação Janeiro/2014 Final do Processo licitatório Março/2014 Assinatura da O.S Abril/2014 Conclusão da Obra Outubro /2014

×