SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 27
Baixar para ler offline
G R A F I T E (OU PICHAÇÃO???) Prof: Katiusa ,  Cleonice,  Claci
A arte do grafite é uma forma de manifestação artística em espaços públicos. A definição mais popular diz que o grafite é um tipo de inscrição feita em paredes, dessa maneira temos relatos e vestígios do mesmo desde o Império Romano. Seu aparecimento na idade contemporânea se deu na década de 1970, em Nova Iorque, nos Estados Unidos. Alguns jovens começaram a deixar suas marcas nas paredes da cidade, algum tempo depois essas marcas evoluíram com técnicas e desenhos.
O grafite está ligado diretamente a vários movimentos, em especial ao Hip Hop. Para esse movimento, o grafite é a forma de expressar toda a opressão que a humanidade vive, principalmente os menos favorecidos, ou seja, o grafite reflete a realidade das ruas.
O grafite foi introduzido no Brasil no final da década de 1970, em São Paulo. Os brasileiros por sua vez não se contentaram com o grafite norte-americano, então começaram a incrementar a arte com um toque brasileiro, o estilo do grafite brasileiro é reconhecido entre os melhores de todo o mundo.
Muitas polêmicas giram em torno desse movimento artístico, pois de um lado o grafite é desempenhado com qualidade artística, e do outro não passa de poluição visual e vandalismo.
A pichação ou vandalismo é caracterizado pelo ato de escrever em muros, edifícios, monumentos e vias públicas. Os materiais utilizados pelos grafiteiros vão desde tradicionais latas de spray até o látex.
•  Grafiteiro/writter :  o artista que pinta.  •  Bite :  imitar o estilo de outro grafiteiro.  •   Crew :  é um conjunto de grafiteiros que se reúnem para pintar juntos.  •  Tag :  é assinatura de grafiteiro.  •  Toy :  é o grafiteiro iniciante.  •  Spot :  lugar onde é praticada a arte do grafitismo.
 
 
 
 
 
“ O grafite é uma  manifestação cultural , como qualquer outra arte. O cenário melhorou muito nestes últimos 20 anos. Mas, apesar de sermos bastante reconhecidos fora do Brasil, ainda somos um pouco  marginalizados  por aqui”   (Oswaldo Júnior, o Juneca, um dos principais nomes do grafite brasileiro)
 
 
O problema, muitas vezes, é acordar e ver o muro da sua casa todo colorido com uma  obra de arte  que não é do seu gosto. “Não suporto esses negócios. Todo ano tenho de pintar a fachada da minha casa. É sempre a mesma história, não passa nem uma semana e já está todo cheio de  desenhos . Nunca pedi para fazer nada no meu muro, mas não adianta. Muro para mim é branco”, afirmou Benedita Amaral, moradora do bairro do Limão, de 92 anos .
 
 
Diferente da pichação, que usa apenas letras, o grafite ganhou espaço nas grandes metrópoles – nos muros, nos vagões de trens, nos viadutos e nas vias expressas. Porém continua, na maior parte dos casos, sendo uma arte marginalizada.
 
 
No Brasil, o grafite ganhou força no final da década de 70, com artistas como Alex Vallauri, que deixou as galerias de arte para começar a se expressar nas ruas. Falecido no dia 27 de março de 1987, Vallauri foi homenageado e a data de sua morte passou a ser do dia do grafite em São Paulo.
 
 
 
 
 

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

História da Arte
História da ArteHistória da Arte
História da ArteJaiza Nobre
 
97753484 atividade-de-artes-expressionismo
97753484 atividade-de-artes-expressionismo97753484 atividade-de-artes-expressionismo
97753484 atividade-de-artes-expressionismoPedro Alcantara
 
Movimentos artísticos
Movimentos artísticosMovimentos artísticos
Movimentos artísticosBruno Costa
 
Intervenções urbanas
Intervenções urbanasIntervenções urbanas
Intervenções urbanasWanda Tavares
 
Arte grega texto para atividade
Arte grega texto para atividadeArte grega texto para atividade
Arte grega texto para atividadeCasiris Crescencio
 
Arte rupestre, arte nos muros, grafite e pichação
Arte rupestre, arte nos muros, grafite e pichaçãoArte rupestre, arte nos muros, grafite e pichação
Arte rupestre, arte nos muros, grafite e pichaçãoAline Raposo
 
Arte ensino médio slide 1
Arte ensino médio  slide 1Arte ensino médio  slide 1
Arte ensino médio slide 1Eponina Alencar
 
O que é arte?!
O que é arte?!O que é arte?!
O que é arte?!Mary Lopes
 
As linguagens da arte
As linguagens da arteAs linguagens da arte
As linguagens da artedpport
 
Prova de Artes EJA Ensino Médio
Prova de Artes EJA Ensino MédioProva de Artes EJA Ensino Médio
Prova de Artes EJA Ensino Médiodicionarista
 
Arte contemporânea
Arte contemporâneaArte contemporânea
Arte contemporâneaannaartes
 
Aula de Xilogravura
Aula de XilogravuraAula de Xilogravura
Aula de XilogravuraIpsun
 

Mais procurados (20)

História da Arte
História da ArteHistória da Arte
História da Arte
 
97753484 atividade-de-artes-expressionismo
97753484 atividade-de-artes-expressionismo97753484 atividade-de-artes-expressionismo
97753484 atividade-de-artes-expressionismo
 
Graffiti 2C12
Graffiti 2C12Graffiti 2C12
Graffiti 2C12
 
Arte urbana
Arte urbana Arte urbana
Arte urbana
 
Movimentos artísticos
Movimentos artísticosMovimentos artísticos
Movimentos artísticos
 
Graffiti
GraffitiGraffiti
Graffiti
 
Arte urbana do grafite
Arte urbana do grafiteArte urbana do grafite
Arte urbana do grafite
 
Arte e tecnologia
Arte e tecnologiaArte e tecnologia
Arte e tecnologia
 
Intervenções urbanas
Intervenções urbanasIntervenções urbanas
Intervenções urbanas
 
Arte grega texto para atividade
Arte grega texto para atividadeArte grega texto para atividade
Arte grega texto para atividade
 
Pop Art
Pop ArtPop Art
Pop Art
 
Arte rupestre, arte nos muros, grafite e pichação
Arte rupestre, arte nos muros, grafite e pichaçãoArte rupestre, arte nos muros, grafite e pichação
Arte rupestre, arte nos muros, grafite e pichação
 
Arte ensino médio slide 1
Arte ensino médio  slide 1Arte ensino médio  slide 1
Arte ensino médio slide 1
 
Tropicalismo
TropicalismoTropicalismo
Tropicalismo
 
Arte indígena
Arte indígenaArte indígena
Arte indígena
 
O que é arte?!
O que é arte?!O que é arte?!
O que é arte?!
 
As linguagens da arte
As linguagens da arteAs linguagens da arte
As linguagens da arte
 
Prova de Artes EJA Ensino Médio
Prova de Artes EJA Ensino MédioProva de Artes EJA Ensino Médio
Prova de Artes EJA Ensino Médio
 
Arte contemporânea
Arte contemporâneaArte contemporânea
Arte contemporânea
 
Aula de Xilogravura
Aula de XilogravuraAula de Xilogravura
Aula de Xilogravura
 

Destaque

Avaliacao e-ciencias-5º-ano respostas
Avaliacao e-ciencias-5º-ano respostasAvaliacao e-ciencias-5º-ano respostas
Avaliacao e-ciencias-5º-ano respostasEdvaldo Germano.Rn
 
Avaliação 5ª série Fuso horário
Avaliação 5ª série Fuso horárioAvaliação 5ª série Fuso horário
Avaliação 5ª série Fuso horárioLuciana Souza
 
Atividades Biomas
Atividades BiomasAtividades Biomas
Atividades BiomasDoug Caesar
 
Resumo comparativo superlativo
Resumo comparativo   superlativoResumo comparativo   superlativo
Resumo comparativo superlativoDeisy Quintero
 
Apresentação de adaptação de atividades para os autistas volume 4
Apresentação de adaptação de atividades para os autistas   volume 4Apresentação de adaptação de atividades para os autistas   volume 4
Apresentação de adaptação de atividades para os autistas volume 4Lucilene Rocha
 
Avaliação de ciências biomas 1
Avaliação de ciências biomas 1Avaliação de ciências biomas 1
Avaliação de ciências biomas 1Amanda Vaz
 
Prova de geografia 4 bimestre 7 ano toicos 7,8 e 9
Prova de geografia 4 bimestre 7 ano toicos 7,8 e 9Prova de geografia 4 bimestre 7 ano toicos 7,8 e 9
Prova de geografia 4 bimestre 7 ano toicos 7,8 e 9Atividades Diversas Cláudia
 
7º ano avaliação de arte 1º bimestre
7º ano avaliação de arte 1º bimestre7º ano avaliação de arte 1º bimestre
7º ano avaliação de arte 1º bimestreFabiola Oliveira
 
Atividades sobre patrimonio, paisagem e territorio
Atividades sobre patrimonio, paisagem e territorioAtividades sobre patrimonio, paisagem e territorio
Atividades sobre patrimonio, paisagem e territorioAtividades Diversas Cláudia
 

Destaque (14)

6 ano segunda prova
6 ano segunda prova6 ano segunda prova
6 ano segunda prova
 
Avaliacao e-ciencias-5º-ano respostas
Avaliacao e-ciencias-5º-ano respostasAvaliacao e-ciencias-5º-ano respostas
Avaliacao e-ciencias-5º-ano respostas
 
Avaliação 5ª série Fuso horário
Avaliação 5ª série Fuso horárioAvaliação 5ª série Fuso horário
Avaliação 5ª série Fuso horário
 
Arte 9 ano
Arte 9 anoArte 9 ano
Arte 9 ano
 
Atividades Biomas
Atividades BiomasAtividades Biomas
Atividades Biomas
 
Avaliaçao de ciencias biomas
Avaliaçao de ciencias biomasAvaliaçao de ciencias biomas
Avaliaçao de ciencias biomas
 
Mal e mau
Mal e mauMal e mau
Mal e mau
 
Resumo comparativo superlativo
Resumo comparativo   superlativoResumo comparativo   superlativo
Resumo comparativo superlativo
 
Atividades dirigidas
Atividades  dirigidasAtividades  dirigidas
Atividades dirigidas
 
Apresentação de adaptação de atividades para os autistas volume 4
Apresentação de adaptação de atividades para os autistas   volume 4Apresentação de adaptação de atividades para os autistas   volume 4
Apresentação de adaptação de atividades para os autistas volume 4
 
Avaliação de ciências biomas 1
Avaliação de ciências biomas 1Avaliação de ciências biomas 1
Avaliação de ciências biomas 1
 
Prova de geografia 4 bimestre 7 ano toicos 7,8 e 9
Prova de geografia 4 bimestre 7 ano toicos 7,8 e 9Prova de geografia 4 bimestre 7 ano toicos 7,8 e 9
Prova de geografia 4 bimestre 7 ano toicos 7,8 e 9
 
7º ano avaliação de arte 1º bimestre
7º ano avaliação de arte 1º bimestre7º ano avaliação de arte 1º bimestre
7º ano avaliação de arte 1º bimestre
 
Atividades sobre patrimonio, paisagem e territorio
Atividades sobre patrimonio, paisagem e territorioAtividades sobre patrimonio, paisagem e territorio
Atividades sobre patrimonio, paisagem e territorio
 

Semelhante a Grafite slides aula oitavas série (20)

Grafite
GrafiteGrafite
Grafite
 
Grafite 2C26
Grafite 2C26Grafite 2C26
Grafite 2C26
 
Cores na Cidade Cinza - Elana Souza Borri
Cores na Cidade Cinza - Elana Souza BorriCores na Cidade Cinza - Elana Souza Borri
Cores na Cidade Cinza - Elana Souza Borri
 
Grafite urbano
Grafite urbanoGrafite urbano
Grafite urbano
 
Grafite urbano
Grafite urbanoGrafite urbano
Grafite urbano
 
Grafite etnografismo
Grafite etnografismoGrafite etnografismo
Grafite etnografismo
 
GRAFITE E INSTALAÇÃO
GRAFITE  E INSTALAÇÃOGRAFITE  E INSTALAÇÃO
GRAFITE E INSTALAÇÃO
 
Et
EtEt
Et
 
Aula de arte urbana
Aula de arte urbanaAula de arte urbana
Aula de arte urbana
 
PichaçãO X Grafite 1 Jacarei Sp
PichaçãO X Grafite 1 Jacarei SpPichaçãO X Grafite 1 Jacarei Sp
PichaçãO X Grafite 1 Jacarei Sp
 
Graffiti
GraffitiGraffiti
Graffiti
 
Grafite 2C16
Grafite 2C16Grafite 2C16
Grafite 2C16
 
3o termos at2_grafite
3o termos at2_grafite3o termos at2_grafite
3o termos at2_grafite
 
Emy M Mini
Emy M MiniEmy M Mini
Emy M Mini
 
Luiza 9C trabalho de ARTES Preto e Branco-1.pdf
Luiza 9C trabalho de ARTES Preto e Branco-1.pdfLuiza 9C trabalho de ARTES Preto e Branco-1.pdf
Luiza 9C trabalho de ARTES Preto e Branco-1.pdf
 
Aula de arte urbana
Aula de arte urbanaAula de arte urbana
Aula de arte urbana
 
Graffiti - Ryla 2011
Graffiti  - Ryla 2011Graffiti  - Ryla 2011
Graffiti - Ryla 2011
 
Arte - Grafite
Arte - GrafiteArte - Grafite
Arte - Grafite
 
Gerchman, rubens
Gerchman, rubensGerchman, rubens
Gerchman, rubens
 
Livro De Arte de Rua - PICHAÇÃO
Livro De Arte de Rua - PICHAÇÃOLivro De Arte de Rua - PICHAÇÃO
Livro De Arte de Rua - PICHAÇÃO
 

Grafite slides aula oitavas série

  • 1. G R A F I T E (OU PICHAÇÃO???) Prof: Katiusa , Cleonice, Claci
  • 2. A arte do grafite é uma forma de manifestação artística em espaços públicos. A definição mais popular diz que o grafite é um tipo de inscrição feita em paredes, dessa maneira temos relatos e vestígios do mesmo desde o Império Romano. Seu aparecimento na idade contemporânea se deu na década de 1970, em Nova Iorque, nos Estados Unidos. Alguns jovens começaram a deixar suas marcas nas paredes da cidade, algum tempo depois essas marcas evoluíram com técnicas e desenhos.
  • 3. O grafite está ligado diretamente a vários movimentos, em especial ao Hip Hop. Para esse movimento, o grafite é a forma de expressar toda a opressão que a humanidade vive, principalmente os menos favorecidos, ou seja, o grafite reflete a realidade das ruas.
  • 4. O grafite foi introduzido no Brasil no final da década de 1970, em São Paulo. Os brasileiros por sua vez não se contentaram com o grafite norte-americano, então começaram a incrementar a arte com um toque brasileiro, o estilo do grafite brasileiro é reconhecido entre os melhores de todo o mundo.
  • 5. Muitas polêmicas giram em torno desse movimento artístico, pois de um lado o grafite é desempenhado com qualidade artística, e do outro não passa de poluição visual e vandalismo.
  • 6. A pichação ou vandalismo é caracterizado pelo ato de escrever em muros, edifícios, monumentos e vias públicas. Os materiais utilizados pelos grafiteiros vão desde tradicionais latas de spray até o látex.
  • 7. • Grafiteiro/writter : o artista que pinta. • Bite : imitar o estilo de outro grafiteiro. • Crew : é um conjunto de grafiteiros que se reúnem para pintar juntos. • Tag : é assinatura de grafiteiro. • Toy : é o grafiteiro iniciante. • Spot : lugar onde é praticada a arte do grafitismo.
  • 8.  
  • 9.  
  • 10.  
  • 11.  
  • 12.  
  • 13. “ O grafite é uma manifestação cultural , como qualquer outra arte. O cenário melhorou muito nestes últimos 20 anos. Mas, apesar de sermos bastante reconhecidos fora do Brasil, ainda somos um pouco marginalizados por aqui” (Oswaldo Júnior, o Juneca, um dos principais nomes do grafite brasileiro)
  • 14.  
  • 15.  
  • 16. O problema, muitas vezes, é acordar e ver o muro da sua casa todo colorido com uma obra de arte que não é do seu gosto. “Não suporto esses negócios. Todo ano tenho de pintar a fachada da minha casa. É sempre a mesma história, não passa nem uma semana e já está todo cheio de desenhos . Nunca pedi para fazer nada no meu muro, mas não adianta. Muro para mim é branco”, afirmou Benedita Amaral, moradora do bairro do Limão, de 92 anos .
  • 17.  
  • 18.  
  • 19. Diferente da pichação, que usa apenas letras, o grafite ganhou espaço nas grandes metrópoles – nos muros, nos vagões de trens, nos viadutos e nas vias expressas. Porém continua, na maior parte dos casos, sendo uma arte marginalizada.
  • 20.  
  • 21.  
  • 22. No Brasil, o grafite ganhou força no final da década de 70, com artistas como Alex Vallauri, que deixou as galerias de arte para começar a se expressar nas ruas. Falecido no dia 27 de março de 1987, Vallauri foi homenageado e a data de sua morte passou a ser do dia do grafite em São Paulo.
  • 23.  
  • 24.  
  • 25.  
  • 26.  
  • 27.