SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 11
A arte do grafite é uma forma de manifestação artística em espaços públicos.
O grafite está ligado diretamente a vários movimentos, em especial ao Hip-Hop.
Seu aparecimento na idade contemporânea se deu na década de 1970, em Nova Iorque, nos Estados Unidos.
Dentre os grafiteiros, talvez o mais célebre seja Jean-Michel Basquiat
O grafite foi introduzido no Brasil no final da década de 1970, em São Paulo.
“De Dentro Para Fora / De Fora Para Dentro”, que aborda o grafite e a intervenção urbana de seis artistas residentes em São Paulo: TitiFreak, Carlos Dias, Zezão, Daniel Melim, Ramon Martins e StephanDoitschinoff.
Muitas polêmicas giram em torno desse movimento artístico, pois de um lado o grafite é desempenhado com qualidade artística, e do outro não passa de poluição visual e vandalismo.
Um artista duplicado ou duas metades que se completam. Os grafiteiros e artistas plásticos Gustavo e Otávio Pandulho, conhecidos como os gêmeos, transformaram a arte feita nas ruas de São Paulo em grandes obras que ganharam espaço em galerias de arte e museus do Brasil e do exterior.
Um dos mais importantes castelos históricos da Escócia foi pintado por grafiteiros brasileiros. O castelo de Kelburn é considerado o mais antigo da Escócia, e tem sido habitado desde sempre pela mesma família Boyle, uma modificação do antigo de Boyville.
Principais termos e gírias utilizadas nessa arte : • Grafiteiro/writter:o artista que pinta. • Bite:imitar o estilo de outro grafiteiro. •Crew:é um conjunto de grafiteiros que se reúnem para pintar juntos. • Tag:é assinatura de grafiteiro. • Toy:é o grafiteiro iniciante. • Spot:lugar onde é praticada a arte do grafitismo.
Integrantes do grupo :                                            Bianca  Tiosi                                           Victor Vigatto                                           Luciana  Titico GiovanneRossi

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados (20)

Modernismo Modernismo
Modernismo   ModernismoModernismo   Modernismo
Modernismo Modernismo
 
Pop Art
Pop ArtPop Art
Pop Art
 
Arte Contemporanea no Brasil
Arte Contemporanea no BrasilArte Contemporanea no Brasil
Arte Contemporanea no Brasil
 
Arte e tecnologia
Arte e tecnologiaArte e tecnologia
Arte e tecnologia
 
Vanguardas europeias slides
Vanguardas europeias slidesVanguardas europeias slides
Vanguardas europeias slides
 
Arte Contemporanea
Arte ContemporaneaArte Contemporanea
Arte Contemporanea
 
Fauvismo
FauvismoFauvismo
Fauvismo
 
Graffiti 2C12
Graffiti 2C12Graffiti 2C12
Graffiti 2C12
 
Arte urbana
Arte urbana Arte urbana
Arte urbana
 
Op Art
Op ArtOp Art
Op Art
 
Grafite
GrafiteGrafite
Grafite
 
Semana da arte moderna de 1922
Semana da arte moderna de 1922Semana da arte moderna de 1922
Semana da arte moderna de 1922
 
Impressionismo
ImpressionismoImpressionismo
Impressionismo
 
Arte contemporânea
Arte contemporâneaArte contemporânea
Arte contemporânea
 
Graffiti
GraffitiGraffiti
Graffiti
 
Cubismo
CubismoCubismo
Cubismo
 
A missão artística francesa
A missão artística francesaA missão artística francesa
A missão artística francesa
 
Semana de arte moderna de 1922, conflitos e confrontos.
Semana de arte moderna de 1922, conflitos e confrontos.Semana de arte moderna de 1922, conflitos e confrontos.
Semana de arte moderna de 1922, conflitos e confrontos.
 
Pop Art
Pop ArtPop Art
Pop Art
 
Arte conceitual
Arte conceitualArte conceitual
Arte conceitual
 

Semelhante a A arte do grafite e seu impacto na sociedade

Semelhante a A arte do grafite e seu impacto na sociedade (20)

Grafite
GrafiteGrafite
Grafite
 
Arte urbana do grafite
Arte urbana do grafiteArte urbana do grafite
Arte urbana do grafite
 
Grafite urbano
Grafite urbanoGrafite urbano
Grafite urbano
 
Grafite urbano
Grafite urbanoGrafite urbano
Grafite urbano
 
Et
EtEt
Et
 
Graffiti - Ryla 2011
Graffiti  - Ryla 2011Graffiti  - Ryla 2011
Graffiti - Ryla 2011
 
Grafite etnografismo
Grafite etnografismoGrafite etnografismo
Grafite etnografismo
 
Cores na Cidade Cinza - Elana Souza Borri
Cores na Cidade Cinza - Elana Souza BorriCores na Cidade Cinza - Elana Souza Borri
Cores na Cidade Cinza - Elana Souza Borri
 
Livro De Arte de Rua - PICHAÇÃO
Livro De Arte de Rua - PICHAÇÃOLivro De Arte de Rua - PICHAÇÃO
Livro De Arte de Rua - PICHAÇÃO
 
Aula de arte urbana
Aula de arte urbanaAula de arte urbana
Aula de arte urbana
 
Keith Haring
Keith Haring Keith Haring
Keith Haring
 
GRAFITE E INSTALAÇÃO
GRAFITE  E INSTALAÇÃOGRAFITE  E INSTALAÇÃO
GRAFITE E INSTALAÇÃO
 
PichaçãO X Grafite 1 Jacarei Sp
PichaçãO X Grafite 1 Jacarei SpPichaçãO X Grafite 1 Jacarei Sp
PichaçãO X Grafite 1 Jacarei Sp
 
Artes
ArtesArtes
Artes
 
Romero brito
Romero britoRomero brito
Romero brito
 
ARTES DE RUA .pdf
ARTES DE RUA  .pdfARTES DE RUA  .pdf
ARTES DE RUA .pdf
 
Aula de arte urbana
Aula de arte urbanaAula de arte urbana
Aula de arte urbana
 
Emy M Mini
Emy M MiniEmy M Mini
Emy M Mini
 
grafite.pptx
grafite.pptxgrafite.pptx
grafite.pptx
 
Intervenção Urbana
Intervenção UrbanaIntervenção Urbana
Intervenção Urbana
 

Mais de www.historiadasartes.com

2c26 Impressionismo e Museu D'Orsay, Paris, França 2012
2c26 Impressionismo e Museu D'Orsay, Paris, França 20122c26 Impressionismo e Museu D'Orsay, Paris, França 2012
2c26 Impressionismo e Museu D'Orsay, Paris, França 2012www.historiadasartes.com
 
2c26 Expressionismo e Museu Van Gogh, Holanda 2012
2c26 Expressionismo e Museu Van Gogh, Holanda 20122c26 Expressionismo e Museu Van Gogh, Holanda 2012
2c26 Expressionismo e Museu Van Gogh, Holanda 2012www.historiadasartes.com
 
2c16 Realismo e Museu Hermitage, São Petersburgo, Rússia 2012
2c16 Realismo e Museu Hermitage, São Petersburgo, Rússia 20122c16 Realismo e Museu Hermitage, São Petersburgo, Rússia 2012
2c16 Realismo e Museu Hermitage, São Petersburgo, Rússia 2012www.historiadasartes.com
 
2c16 Impressionismo e Museu D'Orsay, Paris, França 2012
2c16 Impressionismo e Museu D'Orsay, Paris, França 20122c16 Impressionismo e Museu D'Orsay, Paris, França 2012
2c16 Impressionismo e Museu D'Orsay, Paris, França 2012www.historiadasartes.com
 
2c15 Impressionismo e Museu D'Orsay, Paris, França 2012
2c15 Impressionismo e Museu D'Orsay, Paris, França 20122c15 Impressionismo e Museu D'Orsay, Paris, França 2012
2c15 Impressionismo e Museu D'Orsay, Paris, França 2012www.historiadasartes.com
 
2c14 Expressionismo e Museu Van Gogh, Holanda 2012
2c14 Expressionismo e Museu Van Gogh, Holanda 20122c14 Expressionismo e Museu Van Gogh, Holanda 2012
2c14 Expressionismo e Museu Van Gogh, Holanda 2012www.historiadasartes.com
 
Realismo e Museu Hermitage, São Petersburgo, na Rússia, Turma 2c12
Realismo e Museu Hermitage, São Petersburgo, na Rússia, Turma 2c12Realismo e Museu Hermitage, São Petersburgo, na Rússia, Turma 2c12
Realismo e Museu Hermitage, São Petersburgo, na Rússia, Turma 2c12www.historiadasartes.com
 
2C16 Renascimento e Galeria de Uffizi, Itália 2012
2C16 Renascimento e Galeria de Uffizi, Itália 20122C16 Renascimento e Galeria de Uffizi, Itália 2012
2C16 Renascimento e Galeria de Uffizi, Itália 2012www.historiadasartes.com
 
2C14 Romantismo e National Gallery of Art of Washington 2012
2C14 Romantismo e National Gallery of Art of Washington 20122C14 Romantismo e National Gallery of Art of Washington 2012
2C14 Romantismo e National Gallery of Art of Washington 2012www.historiadasartes.com
 

Mais de www.historiadasartes.com (20)

Museu...Programa de Criança?
Museu...Programa de Criança?Museu...Programa de Criança?
Museu...Programa de Criança?
 
Cinema 2c16 2012
Cinema 2c16 2012Cinema 2c16 2012
Cinema 2c16 2012
 
Releitura Fotográfica com Brinquedos
Releitura Fotográfica com BrinquedosReleitura Fotográfica com Brinquedos
Releitura Fotográfica com Brinquedos
 
Picasso super heroes
Picasso super heroesPicasso super heroes
Picasso super heroes
 
2c26 Impressionismo e Museu D'Orsay, Paris, França 2012
2c26 Impressionismo e Museu D'Orsay, Paris, França 20122c26 Impressionismo e Museu D'Orsay, Paris, França 2012
2c26 Impressionismo e Museu D'Orsay, Paris, França 2012
 
2c26 Expressionismo e Museu Van Gogh, Holanda 2012
2c26 Expressionismo e Museu Van Gogh, Holanda 20122c26 Expressionismo e Museu Van Gogh, Holanda 2012
2c26 Expressionismo e Museu Van Gogh, Holanda 2012
 
2c16 Realismo e Museu Hermitage, São Petersburgo, Rússia 2012
2c16 Realismo e Museu Hermitage, São Petersburgo, Rússia 20122c16 Realismo e Museu Hermitage, São Petersburgo, Rússia 2012
2c16 Realismo e Museu Hermitage, São Petersburgo, Rússia 2012
 
2c16 Impressionismo e Museu D'Orsay, Paris, França 2012
2c16 Impressionismo e Museu D'Orsay, Paris, França 20122c16 Impressionismo e Museu D'Orsay, Paris, França 2012
2c16 Impressionismo e Museu D'Orsay, Paris, França 2012
 
2c15 Impressionismo e Museu D'Orsay, Paris, França 2012
2c15 Impressionismo e Museu D'Orsay, Paris, França 20122c15 Impressionismo e Museu D'Orsay, Paris, França 2012
2c15 Impressionismo e Museu D'Orsay, Paris, França 2012
 
2c14 Expressionismo e Museu Van Gogh, Holanda 2012
2c14 Expressionismo e Museu Van Gogh, Holanda 20122c14 Expressionismo e Museu Van Gogh, Holanda 2012
2c14 Expressionismo e Museu Van Gogh, Holanda 2012
 
Realismo e Museu Hermitage, São Petersburgo, na Rússia, Turma 2c12
Realismo e Museu Hermitage, São Petersburgo, na Rússia, Turma 2c12Realismo e Museu Hermitage, São Petersburgo, na Rússia, Turma 2c12
Realismo e Museu Hermitage, São Petersburgo, na Rússia, Turma 2c12
 
2C26 Arte Gótica e British Museum 2012
2C26 Arte Gótica e British Museum 20122C26 Arte Gótica e British Museum 2012
2C26 Arte Gótica e British Museum 2012
 
2C16 Renascimento e Galeria de Uffizi, Itália 2012
2C16 Renascimento e Galeria de Uffizi, Itália 20122C16 Renascimento e Galeria de Uffizi, Itália 2012
2C16 Renascimento e Galeria de Uffizi, Itália 2012
 
2C16 Arte Gótica e British Museum 2012
2C16 Arte Gótica e British Museum 20122C16 Arte Gótica e British Museum 2012
2C16 Arte Gótica e British Museum 2012
 
2C16 Arte Barroca e Museu do Prado 2012
2C16 Arte Barroca e Museu do Prado 20122C16 Arte Barroca e Museu do Prado 2012
2C16 Arte Barroca e Museu do Prado 2012
 
2C15 Arte Romana e Museu do Louvre 2012
2C15 Arte Romana e Museu do Louvre 20122C15 Arte Romana e Museu do Louvre 2012
2C15 Arte Romana e Museu do Louvre 2012
 
2C14 Romantismo e National Gallery of Art of Washington 2012
2C14 Romantismo e National Gallery of Art of Washington 20122C14 Romantismo e National Gallery of Art of Washington 2012
2C14 Romantismo e National Gallery of Art of Washington 2012
 
Fotografia no Masp 2012
Fotografia no Masp 2012Fotografia no Masp 2012
Fotografia no Masp 2012
 
Introdução a Arte
Introdução a ArteIntrodução a Arte
Introdução a Arte
 
Análise Estética
Análise EstéticaAnálise Estética
Análise Estética
 

Último

Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptx
Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptxFree-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptx
Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptxkarinasantiago54
 
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptxSlides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
PLANEJAMENTO anual do 3ANO fundamental 1 MG.pdf
PLANEJAMENTO anual do  3ANO fundamental 1 MG.pdfPLANEJAMENTO anual do  3ANO fundamental 1 MG.pdf
PLANEJAMENTO anual do 3ANO fundamental 1 MG.pdfProfGleide
 
AULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptx
AULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptxAULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptx
AULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptxGislaineDuresCruz
 
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptxBaladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptxacaciocarmo1
 
TIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdf
TIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdfTIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdf
TIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdfmarialuciadasilva17
 
parte indígena.pptxzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzz
parte indígena.pptxzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzparte indígena.pptxzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzz
parte indígena.pptxzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzAlexandrePereira818171
 
Junto ao poço estava eu Quando um homem judeu Viu a sede que havia em mim
Junto ao poço estava eu Quando um homem judeu Viu a sede que havia em mimJunto ao poço estava eu Quando um homem judeu Viu a sede que havia em mim
Junto ao poço estava eu Quando um homem judeu Viu a sede que havia em mimWashingtonSampaio5
 
Revolução Industrial - Revolução Industrial .pptx
Revolução Industrial - Revolução Industrial .pptxRevolução Industrial - Revolução Industrial .pptx
Revolução Industrial - Revolução Industrial .pptxHlioMachado1
 
A população Brasileira e diferença de populoso e povoado
A população Brasileira e diferença de populoso e povoadoA população Brasileira e diferença de populoso e povoado
A população Brasileira e diferença de populoso e povoadodanieligomes4
 
Mini livro sanfona - Diga não ao bullying
Mini livro sanfona - Diga não ao  bullyingMini livro sanfona - Diga não ao  bullying
Mini livro sanfona - Diga não ao bullyingMary Alvarenga
 
LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.
LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.
LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.HildegardeAngel
 
Sistema de Bibliotecas UCS - A descoberta da terra
Sistema de Bibliotecas UCS  - A descoberta da terraSistema de Bibliotecas UCS  - A descoberta da terra
Sistema de Bibliotecas UCS - A descoberta da terraBiblioteca UCS
 
atividades diversas 1° ano alfabetização
atividades diversas 1° ano alfabetizaçãoatividades diversas 1° ano alfabetização
atividades diversas 1° ano alfabetizaçãodanielagracia9
 
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileirosMary Alvarenga
 
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptxSlides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
As Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptx
As Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptxAs Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptx
As Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptxAlexandreFrana33
 
Gametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
Gametogênese, formação dos gametas masculino e femininoGametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
Gametogênese, formação dos gametas masculino e femininoCelianeOliveira8
 
Linguagem verbal , não verbal e mista.pdf
Linguagem verbal , não verbal e mista.pdfLinguagem verbal , não verbal e mista.pdf
Linguagem verbal , não verbal e mista.pdfLaseVasconcelos1
 
AVALIAÇÃO INTEGRADA 1ª SÉRIE - EM - 1º BIMESTRE ITINERÁRIO CIÊNCIAS DAS NATUREZA
AVALIAÇÃO INTEGRADA 1ª SÉRIE - EM - 1º BIMESTRE ITINERÁRIO CIÊNCIAS DAS NATUREZAAVALIAÇÃO INTEGRADA 1ª SÉRIE - EM - 1º BIMESTRE ITINERÁRIO CIÊNCIAS DAS NATUREZA
AVALIAÇÃO INTEGRADA 1ª SÉRIE - EM - 1º BIMESTRE ITINERÁRIO CIÊNCIAS DAS NATUREZAEdioFnaf
 

Último (20)

Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptx
Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptxFree-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptx
Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptx
 
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptxSlides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
 
PLANEJAMENTO anual do 3ANO fundamental 1 MG.pdf
PLANEJAMENTO anual do  3ANO fundamental 1 MG.pdfPLANEJAMENTO anual do  3ANO fundamental 1 MG.pdf
PLANEJAMENTO anual do 3ANO fundamental 1 MG.pdf
 
AULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptx
AULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptxAULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptx
AULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptx
 
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptxBaladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
 
TIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdf
TIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdfTIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdf
TIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdf
 
parte indígena.pptxzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzz
parte indígena.pptxzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzparte indígena.pptxzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzz
parte indígena.pptxzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzz
 
Junto ao poço estava eu Quando um homem judeu Viu a sede que havia em mim
Junto ao poço estava eu Quando um homem judeu Viu a sede que havia em mimJunto ao poço estava eu Quando um homem judeu Viu a sede que havia em mim
Junto ao poço estava eu Quando um homem judeu Viu a sede que havia em mim
 
Revolução Industrial - Revolução Industrial .pptx
Revolução Industrial - Revolução Industrial .pptxRevolução Industrial - Revolução Industrial .pptx
Revolução Industrial - Revolução Industrial .pptx
 
A população Brasileira e diferença de populoso e povoado
A população Brasileira e diferença de populoso e povoadoA população Brasileira e diferença de populoso e povoado
A população Brasileira e diferença de populoso e povoado
 
Mini livro sanfona - Diga não ao bullying
Mini livro sanfona - Diga não ao  bullyingMini livro sanfona - Diga não ao  bullying
Mini livro sanfona - Diga não ao bullying
 
LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.
LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.
LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.
 
Sistema de Bibliotecas UCS - A descoberta da terra
Sistema de Bibliotecas UCS  - A descoberta da terraSistema de Bibliotecas UCS  - A descoberta da terra
Sistema de Bibliotecas UCS - A descoberta da terra
 
atividades diversas 1° ano alfabetização
atividades diversas 1° ano alfabetizaçãoatividades diversas 1° ano alfabetização
atividades diversas 1° ano alfabetização
 
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros
 
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptxSlides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
 
As Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptx
As Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptxAs Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptx
As Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptx
 
Gametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
Gametogênese, formação dos gametas masculino e femininoGametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
Gametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
 
Linguagem verbal , não verbal e mista.pdf
Linguagem verbal , não verbal e mista.pdfLinguagem verbal , não verbal e mista.pdf
Linguagem verbal , não verbal e mista.pdf
 
AVALIAÇÃO INTEGRADA 1ª SÉRIE - EM - 1º BIMESTRE ITINERÁRIO CIÊNCIAS DAS NATUREZA
AVALIAÇÃO INTEGRADA 1ª SÉRIE - EM - 1º BIMESTRE ITINERÁRIO CIÊNCIAS DAS NATUREZAAVALIAÇÃO INTEGRADA 1ª SÉRIE - EM - 1º BIMESTRE ITINERÁRIO CIÊNCIAS DAS NATUREZA
AVALIAÇÃO INTEGRADA 1ª SÉRIE - EM - 1º BIMESTRE ITINERÁRIO CIÊNCIAS DAS NATUREZA
 

A arte do grafite e seu impacto na sociedade

  • 1. A arte do grafite é uma forma de manifestação artística em espaços públicos.
  • 2. O grafite está ligado diretamente a vários movimentos, em especial ao Hip-Hop.
  • 3. Seu aparecimento na idade contemporânea se deu na década de 1970, em Nova Iorque, nos Estados Unidos.
  • 4. Dentre os grafiteiros, talvez o mais célebre seja Jean-Michel Basquiat
  • 5. O grafite foi introduzido no Brasil no final da década de 1970, em São Paulo.
  • 6. “De Dentro Para Fora / De Fora Para Dentro”, que aborda o grafite e a intervenção urbana de seis artistas residentes em São Paulo: TitiFreak, Carlos Dias, Zezão, Daniel Melim, Ramon Martins e StephanDoitschinoff.
  • 7. Muitas polêmicas giram em torno desse movimento artístico, pois de um lado o grafite é desempenhado com qualidade artística, e do outro não passa de poluição visual e vandalismo.
  • 8. Um artista duplicado ou duas metades que se completam. Os grafiteiros e artistas plásticos Gustavo e Otávio Pandulho, conhecidos como os gêmeos, transformaram a arte feita nas ruas de São Paulo em grandes obras que ganharam espaço em galerias de arte e museus do Brasil e do exterior.
  • 9. Um dos mais importantes castelos históricos da Escócia foi pintado por grafiteiros brasileiros. O castelo de Kelburn é considerado o mais antigo da Escócia, e tem sido habitado desde sempre pela mesma família Boyle, uma modificação do antigo de Boyville.
  • 10. Principais termos e gírias utilizadas nessa arte : • Grafiteiro/writter:o artista que pinta. • Bite:imitar o estilo de outro grafiteiro. •Crew:é um conjunto de grafiteiros que se reúnem para pintar juntos. • Tag:é assinatura de grafiteiro. • Toy:é o grafiteiro iniciante. • Spot:lugar onde é praticada a arte do grafitismo.
  • 11. Integrantes do grupo : Bianca Tiosi Victor Vigatto Luciana Titico GiovanneRossi