HIV Infection and Psychiatric 
Illness 
B Owe-Larsson, L Säll, E Salamon, C 
Allgulander. African Journal of 
Psychiatry •...
Ação do HIV no SNC 
• Infecção observada por detecção do vírus no 
tecido nervoso e achado de células gigantes 
multinucle...
• HIV invade o SNC pela migração de células 
mononucleares infectadas através da barreira 
hematoencefálica 
• Reside em m...
• Pela ativação ou infecção dos macrófagos, 
micróglia o HIV induz ativação de citocinas, 
quimiocinas, enzimas de degrada...
Manifestações Psiquiátricas do HIV 
• Interação de fatores biológicos, psicológicos e 
sociais 
• Efeitos graves dos trans...
• Interação medicamentosa entre 
antirretrovirais e medicações psiquiátricas 
• Pacientes com HIV apresentam mais efeitos ...
Depressão 
• Manifestação psiquiátrica mais comum 
• Presente em cerca de 2 a 30 %, podendo 
chegar até 50% 
• Variação da...
• Estudo com 93 mulheres HIV positivas e 62 
HIV negativas mostrou prevalência de 19,4% e 
4,8%
• Depressão pode ser decorrente da ação do 
vírus no SNC, da reação à doença, parte de um 
transtorno mental grave, consti...
• Depressão altera função de linfócitos T Killer, 
acelera progressão para a aids e aumenta taxa 
de mortalidade
• Depressão não é diagnosticada e não é 
tratada em muitos pacientes com HIV 
• Muitos sintomas cognitivos da demência 
po...
• Resposta pobre à medicação em pacientes 
que apresentam comorbidade entre 
depressão e déficit cognitivo 
• Distinguir s...
Tratamento da Depressão 
• ISRS X tricíclicos 
• Interação entre antidepressivos, antipsicóticos 
e anticonvulsivantes e a...
• ISRSN eficazes no tratamento da dor crônica 
• Mirtazapina bem tolerado e eficaz 
• Buprobiona e duloxetina tabém mostra...
Ansiedade 
• Relacionada com sintomas do HIV, fadiga e 
limitações físicas 
• Relacionada ao pensamento fixo na morte 
• P...
Transtorno de Ajustamento 
• Prevalente em até um terço dos pacientes 
• Presente tanto na fase sintomática quanto 
assint...
Transtorno de estresse pós-traumático 
• Consequente a receber o diagnóstico de 
HIV/AIDS 
• Observa-se que um terço dos p...
Tratamento da ansiedade 
• Eficácia dos antidepressivos 
• Interação medicamentosa com 
benzodiazepínicos
Mania 
• Alta prevalência em portadores de HIV 
principalmente com a progressão da doença 
• Prevalência de 8% 
• Fatores ...
• Mania secundária (sem a presença de história 
familiar e pessoal de transtornos do humor) 
apresenta-se mais tardiamente...
• Estudo em Uganda que comparou 64 
pacientes HIV negativos com mania primária e 
61 pacientes com mania secundária observ...
• O mesmo estudo verificou que apenas a 
metade dos pacientes com mania secundária 
estavam cientes do diagnóstico de HIV ...
Tratamento da Mania 
• Lítio e ácido valpróico mostraram-se bem 
tolerados, melhorando inclusive o déficit 
cognitivo 
• Á...
Psicose 
• Psicose primária e secundária 
• Pacientes com esquizofrenia apresentam mais 
riscos de infecção pelo HIV 
• HI...
• A infecção pelo HIV por si só está associada a 
psicose. 
• Psicose secundária em pacientes com HIV 
pode ser até de 15%...
• Apresenta-se com delírio de perseguição, 
grandiosidade e somático 
• São presentes também alucinações visuais e 
auditi...
Patogênese da psicose secundária 
• Degeneração subcortical 
• Psicose secundária a encefalite pelo HIV 
• Doenças oportun...
Tratamento da psicose 
• Espera-se que a TARV possa reduzir o risco de 
psicose secundária 
• Pacientes com aids são mais ...
Transtornos devido ao uso de 
substâncias 
• Alta prevalência: de 40 a 50% e até de 74% 
• Não só relacionada a usuários d...
• Pacientes HIV positivos usuários de substâncias 
apresentam maiores taxas de demência 
• 30% dos usuários de drogas inje...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Hiv infection and psychiatric illness

389 visualizações

Publicada em

Apresentação artigo de revisão

Publicada em: Saúde e medicina
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
389
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
5
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Hiv infection and psychiatric illness

  1. 1. HIV Infection and Psychiatric Illness B Owe-Larsson, L Säll, E Salamon, C Allgulander. African Journal of Psychiatry • May 2009
  2. 2. Ação do HIV no SNC • Infecção observada por detecção do vírus no tecido nervoso e achado de células gigantes multinucleadas • Achado em autópsia: encefalite com astrocitose, células gigantes multinucleadas, ativação da micróglia, infiltração de monócitos e mielopatia vacuolar. • Alterações encontradas na substância branca central, córtex frontal, gânglios da base, tálamo.
  3. 3. • HIV invade o SNC pela migração de células mononucleares infectadas através da barreira hematoencefálica • Reside em macrófagos perivasculares e na micróglia • Infecção em astrócitos e oligodendrócitos • Reprodução em macrófagos, monócitos e micróglia mas não em astrócitos • Replicação intensa na fase de imunodeficiência e aids
  4. 4. • Pela ativação ou infecção dos macrófagos, micróglia o HIV induz ativação de citocinas, quimiocinas, enzimas de degradação da matriz extracelular e toxicidade mediada por receptor de glutamato • Proteínas do vírus também causam neurotoxicidade • Causam morte neuronal, modificação da arquitetura sináptica de áreas afetadas • Impedimento da neurogênesis
  5. 5. Manifestações Psiquiátricas do HIV • Interação de fatores biológicos, psicológicos e sociais • Efeitos graves dos transtornos mentais não identificados • Déficit cognitivo da demência pode complicar diagnóstico da depressão • Alguns sintomas psiquiátricos podem decorrer da demência
  6. 6. • Interação medicamentosa entre antirretrovirais e medicações psiquiátricas • Pacientes com HIV apresentam mais efeitos colaterais decorrentes do uso de psicotrópicos • Estratégias de tratamento semelhantes às da população geral • Transtorno mental presente em quase 50% dos indivíduos infectados pelo HIV • 50% desses não recebem tratamento
  7. 7. Depressão • Manifestação psiquiátrica mais comum • Presente em cerca de 2 a 30 %, podendo chegar até 50% • Variação da prevalência devido diferenças sociodemográficas e estadiamento do HIV/AIDS • Prevalência menor naqueles que não progrediram para a AIDS • Déficit cognitivo influencia sintomas
  8. 8. • Estudo com 93 mulheres HIV positivas e 62 HIV negativas mostrou prevalência de 19,4% e 4,8%
  9. 9. • Depressão pode ser decorrente da ação do vírus no SNC, da reação à doença, parte de um transtorno mental grave, constituindo um grupo heterogêneo de transtorno do humor • Depressão em indivíduos em TARV e sem sinais de demência não é clinicamente distinta
  10. 10. • Depressão altera função de linfócitos T Killer, acelera progressão para a aids e aumenta taxa de mortalidade
  11. 11. • Depressão não é diagnosticada e não é tratada em muitos pacientes com HIV • Muitos sintomas cognitivos da demência podem se confundir com sintomas depressivos • Pode ser apresentação inicial da demência e pode estar associada à progressão do déficit cognitivo
  12. 12. • Resposta pobre à medicação em pacientes que apresentam comorbidade entre depressão e déficit cognitivo • Distinguir sintomas somáticos associados ao HIV • Depressão pode levar à baixa adesão à TARV • Intervenção pode melhorar adesão, melhorar qualidade de vida e diminuir mortalidade
  13. 13. Tratamento da Depressão • ISRS X tricíclicos • Interação entre antidepressivos, antipsicóticos e anticonvulsivantes e antirretrovirais Inibidores de protease e inibidores da transcriptase reversa não-nucleosídeos • Síndrome serotoninérgica em pacientes recebendo fluoxetina e ritonavir, efavirenz e sanquinavir
  14. 14. • ISRSN eficazes no tratamento da dor crônica • Mirtazapina bem tolerado e eficaz • Buprobiona e duloxetina tabém mostraram-se eficazes
  15. 15. Ansiedade • Relacionada com sintomas do HIV, fadiga e limitações físicas • Relacionada ao pensamento fixo na morte • Prevalência maior em pacientes portadores de HIV em relação à população geral
  16. 16. Transtorno de Ajustamento • Prevalente em até um terço dos pacientes • Presente tanto na fase sintomática quanto assintomática da doença
  17. 17. Transtorno de estresse pós-traumático • Consequente a receber o diagnóstico de HIV/AIDS • Observa-se que um terço dos pacientes pode apresenta TEPT • Relacionado a história prévia de TEPT • Relacionado à depressão
  18. 18. Tratamento da ansiedade • Eficácia dos antidepressivos • Interação medicamentosa com benzodiazepínicos
  19. 19. Mania • Alta prevalência em portadores de HIV principalmente com a progressão da doença • Prevalência de 8% • Fatores de risco da mania e hipomania para infecção pelo HIV • Mania secundária devido à ação do vírus no SNC, tratamento com antirretrovirais e infecções do SNC • Observou-se efeito protetor da zidovudina
  20. 20. • Mania secundária (sem a presença de história familiar e pessoal de transtornos do humor) apresenta-se mais tardiamente no curso da infecção pelo HIV, apresenta maior probabilidade de ter desenvolvido aids, menor contagem de CD4, maior comorbidade com demência.
  21. 21. • Estudo em Uganda que comparou 64 pacientes HIV negativos com mania primária e 61 pacientes com mania secundária observou que pacientes com mania secundária apresentaram mais irritação, mais agressividade, mais logorréia, mais diminuição da necessidade do sono, mais sintomas psicóticos e mais déficit cognitivo
  22. 22. • O mesmo estudo verificou que apenas a metade dos pacientes com mania secundária estavam cientes do diagnóstico de HIV e em muitos a mania foi o primeiro sintoma manifestado de infecção pelo HIV • 90% não apresentaram doenças oportunistas
  23. 23. Tratamento da Mania • Lítio e ácido valpróico mostraram-se bem tolerados, melhorando inclusive o déficit cognitivo • Ácido valpróico pode aumentar replicação viral • Carbamazepina induz metabolização dos antirretrovirais por meio da indução enzimática da porção 3A4 do complexo P450
  24. 24. Psicose • Psicose primária e secundária • Pacientes com esquizofrenia apresentam mais riscos de infecção pelo HIV • HIV tem tendência a apresentar-se com maior morbidade e mortalidade em pacientes com esquizofrenia em comparação com aqueles que não apresentam esquizofrenia
  25. 25. • A infecção pelo HIV por si só está associada a psicose. • Psicose secundária em pacientes com HIV pode ser até de 15% • Apresenta-se em estágio mais avançado da doença e com maior comorbidade com demência
  26. 26. • Apresenta-se com delírio de perseguição, grandiosidade e somático • São presentes também alucinações visuais e auditivas • Delírios complexos ou bizarros são menos comum que na esquizofrenia • Presentes na mania secundária
  27. 27. Patogênese da psicose secundária • Degeneração subcortical • Psicose secundária a encefalite pelo HIV • Doenças oportunistas • Demência
  28. 28. Tratamento da psicose • Espera-se que a TARV possa reduzir o risco de psicose secundária • Pacientes com aids são mais sensíveis aos efeitos colaterais dos antipsicóticos devido à perda de neurônios dopaminérgicos • Preferencialmente usar antipsicóticos de segunda geração • Doses menores • Interação entre risperidona e ritonavir
  29. 29. Transtornos devido ao uso de substâncias • Alta prevalência: de 40 a 50% e até de 74% • Não só relacionada a usuários de drogas injetáveis, mas também para uso de alcool, maconha, cocaína, anfetamina • Estudo na África mostrou prevalência de abuso de alcool de 35,8% • Comorbidade de usuários de drogas com outros transtornos mentais ( aumento do risco para infecção pelo HIV)
  30. 30. • Pacientes HIV positivos usuários de substâncias apresentam maiores taxas de demência • 30% dos usuários de drogas injetáveis são portadores de HIV • Sintomas neurológicos em pacientes que fazem abuso de substância são mais graves que naqueles que não fazem abuso • Maior dificuldade de adesão nos usuários de substância

×