Análise dos Indicadores de Desempenho

23.552 visualizações

Publicada em

Apresentação de TCC sobre Iindicadores de desempenho em uma empresa de transportes de granéis sólidos da região norte do Brasil

Publicada em: Negócios
0 comentários
4 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
23.552
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
220
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
584
Comentários
0
Gostaram
4
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Análise dos Indicadores de Desempenho

  1. 1. ANÁLISE DOS INDICADORES DE DESEMPENHO EM UMA EMPRESA DE TRANSPORTES DE GRANÉIS SÓLIDOS, SOB O ENFOQUE DA GESTÃO ESTRATÉGICA: Um estudo de caso na empresa Norte Modal Transportes Ltda. Antonio Ferreira da Cruz [email_address]
  2. 2. Contexto da Região Norte A partir da década de 70, a Amazônia desenvolveu um modelo econômico voltado para a exploração de suas potencialidades minerais. Fonte: Gesellschaft für ökologische Forschung Para explorar as riquezas minerais na Amazônia foram criadas, especialmente no Estado do Pará, grupos e empresas com esta finalidade. <ul><li>Mineradoras de bauxita, ferro e cassiterita; </li></ul><ul><li>Instalação das indústrias de transformação (Albrás, Alunorte e a Cibrasa). </li></ul>As indústrias de transformação necessitam de uma logística especializada no transporte de minérios, denominado granéis sólidos. Precariedade das hidrovias para transporte de minério. Surge a necessidade do modal rodoviário. Custo mais elevado, porém, mais rápido. Foto: E. Ribeiro Filho Serra Pelada, déc. 70 <ul><li>10:24 </li></ul>
  3. 3. Em 1994, surgiu na cidade de Capanema (Pará), a Norte Modal Transportes, atuante no segmento de transporte de granéis sólidos (Cimento; Coque; Minérios). Matriz e Filiais 10:24 <ul><li>Ananindeua - Pará </li></ul><ul><li>Capanema - Pará </li></ul><ul><li>Codó - Maranhão </li></ul><ul><li>São Luiz - Maranhão </li></ul><ul><li>Natal - Rio Grande do Norte </li></ul><ul><li>Aracajú - Sergipe </li></ul>
  4. 4. Caracterização da Organização Evolução da Norte Modal Transportes Ltda 1994 1999 2002 2007 Características: <ul><li>O fundador que trabalhava no segmento, inicia seu próprio negócio; </li></ul><ul><li>Inicia suas atividades com uma frota de 6 veículos e 3 colaboradores; </li></ul><ul><li>Transportava somente cimento a granel; </li></ul><ul><li>Possui somente a CIBRASA S/A (indústria de cimento) como cliente; </li></ul><ul><li>Atua de forma única no segmento. </li></ul>Evento principal: Constituição da organização na cidade de Capanema, Estado do Pará. ... 10:24
  5. 5. Caracterização da Organização Evolução da Norte Modal Transportes Ltda 1994 1999 2002 2007 Características: Evento principal: ... Transferência da matriz para a cidade de Ananindeua, Estado do Pará. <ul><li>Mudança da matriz para Ananindeua para ficar mais perto dos clientes; </li></ul><ul><li>Aumenta a carteira de clientes; </li></ul><ul><li>Inicia o transporte de combustíveis, coque e manganês; </li></ul><ul><li>Aumento da frota para cerca de 22 veículos e 30 colaboradores; </li></ul><ul><li>Abertura das filiais de Aracajú (Sergipe) e Natal (Rio grande do Norte). </li></ul>10:24
  6. 6. Caracterização da Organização Evolução da Norte Modal Transportes Ltda 1994 1999 2002 2007 Características: Evento principal: ... Surgimento da Concorrência. <ul><li>Concorrência passou a ser acirrada em Natal e Aracajú; </li></ul><ul><li>Cliente de peso aderem a prestação de serviço: Vale do Rio Doce; </li></ul><ul><li>Aquisição de veículos tipo graneleira para transporte de cimento em big-bags; </li></ul><ul><li>Abertura das filiais de Codó (Maranhão). </li></ul>10:24
  7. 7. Caracterização da Organização Evolução da Norte Modal Transportes Ltda 1994 1999 2002 2007 Características: Evento principal: ... Investimento em tecnologia e desenvolvimento do negócio. <ul><li>Concorrência extremamente modesta no Estado do Pará; </li></ul><ul><li>Cliente de peso aderem a prestação de serviço: Brasilit; </li></ul><ul><li>Abertura e fechamento da filial de Marabá (Pará). </li></ul><ul><li>Aumento do seu quadro funcional para 90 colaboradores; </li></ul><ul><li>Expansão da frota para 39 caminhões tipo cavalo, 50 carretas tipo silo, </li></ul>carretas tipo graneleira, caminhões tipo tanque e basculantes. 10:24
  8. 8. Procedimentos Adotados <ul><li>Avaliação Histórica da Organização </li></ul><ul><li>Observação dos Processo Internos </li></ul><ul><li>Entrevistas Aplicadas </li></ul>Sujeitos ou StakeHolders Diretores Gerente administrativo, gerente de frota Mecânicos, almoxarifes, lavadores e pintores de veículos Lócus Matriz na cidade de Ananindeua e filial na cidade de Capanema Questionários com perguntas abertas e fechadas. Nível de satisfação dos colaboradores; Potencialidades organizacional. 10:24
  9. 9. Cenário Atual <ul><li>Os processos internos apresentam deficiências com relação à estrutura funcional inadequada; </li></ul><ul><li>Carência de um acompanhamento do nível de informação e motivação dos colaboradores; </li></ul><ul><li>Insuficiência de um sistema informacional voltado para disseminação de informações entre os membros da organização </li></ul>As deficiências comprometem a relação da empresa com a satisfação de seus clientes. Mercado Competitivo Os processos internos da organização estão adequados aos níveis de qualidade, confiabilidade e pontualidade exigidos pelo mercado? Árvore do Problema 10:24
  10. 10. Objetivos Principal Ações <ul><li>Reavaliar os processos internos da Norte Modal Transportes propondo um modelo de gestão empresarial baseado em Indicadores de Desempenho de modo que a empresa torne-se mais competitiva no mercado. </li></ul><ul><li>Analisar a percepção da alta administração com relação aos processos internos e fatores presentes no mercado; </li></ul><ul><li>Avaliar a estrutura funcional da empresa; </li></ul><ul><li>Elaborar um diagnóstico de uso do sistema informacional utilizado para a disseminação de informações entre os membros da organização; </li></ul><ul><li>Mensurar o nível de informação e motivação dos colaboradores, sugerindo modificações necessárias; </li></ul>Árvore da Solução 10:24
  11. 11. Relevância A relevância está na avaliação do nível de desempenho da organização baseado em procedimentos administrativos e operacionais. <ul><li>Identificar as deficiências existentes no método adotado para disseminação de informações internas; </li></ul><ul><li>Conhecer a percepção da alta administração com relação aos processos internos e variáveis presentes no mercado; </li></ul><ul><li>Mensurar o nível de informação, motivação, ambientação dos colaboradores </li></ul>Espera-se que a empresa esteja apta a novas oportunidades de negócios. Racionalização de seus processos Mais competitiva 10:24
  12. 12. Perspectivas de Análise 10:24
  13. 13. Administração É praticada desde os primordes da humanidade. Procura a melhor forma para executar o que foi planejado. Possui enfoque fundamental na racionalização de processos Previsão Organização Coordenação Controle Eficiência Eficácia Organização Auxiliar o gestor em tomada de decisão Desenvolve um planejamento de sistemas administrativos Sistemas Administrativos Estrutura Organizacional Planejamento Estratégico Desenvolvimento Organizacional 10:24
  14. 14. SISTEMAS ADMINISTRATIVOS Evolução da ciência Modelo de Sistema Mecânico  Física Modelo de Sistema Orgânico  Biologia Dependência entre as partes  Interdependência A organização é um sistema: Apresenta Componentes Objetivos  Entrada  Processamento  Saída Sistemas Empresariais Figura 1.2 – Ambiente de um sistema empresarial Fonte: OLIVEIRA (2004) Ambiente Externo Ambiente Interno Supersistema Sistema Subsistema Adaptar toda a estrutura  Controle e racionalização de seus processos Século XVII Organizações 10:24
  15. 15. SISTEMAS EMPRESARIAL 10:24 Recursos Humanos Logística Tecnologia Marketing. Produção Financeiro Jurídico Estratégico Contabilidade
  16. 16. ESTRUTURA ORGANIZACIONAL É uma Ferramenta de desenvolvimento organizacional Atua como delineador juntamente com os objetivos e estratégias Para alcançar os resultados esperados 2 tipos de estruturas em uma organização Formal : Organograma  Planejada  Presente nos 3 níveis (Est/Tát/Ope) Informal : Interesses comuns  Demonstra problemas na estrutura formal Além da estrutura, precisa reavaliar constantemente o seu planejamento estratégico Verificar se os objetivos e metas estão sendo alcançadas O que precisa para melhorar os seus processos 10:24
  17. 17. PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO Pesquisa do SEBRAE (2004) divulgada que entre 70% e 80% das empresas no Brasil, fecham as portas antes de completarem dois anos de vida Motivo: Falta de Planejamento É uma ferramenta-base para tomada de decisão Planejamento Estratégico Importância Estratégico Tático Operacional 1- Execução de uma análise do ambiente 2- Estabelecimento de uma diretriz organizacional 3- Formulação de uma estratégia organizacional 4- Implementação da estratégia organizacional Análise SWOT Etapas Para que ocorra o P.E ocorra de forma satisfatória A organização deve reavaliar o seu nível de Desenvolvimento Organizacional 10:24
  18. 18. 10:24 Histórico da Organização Missão Visão Análise SWOT Ambiente Interno Ambiente Externo Objetivos Metas Estratégia Políticas  
  19. 19. DESENVOLVIMENTO ORGANIZACIONAL Gerencia as mudanças presentes no ambiente interno e externo Combate a instabilidade presente no mercado a fim de analisar as forças que afetam as organizações Algumas técnicas utilizadas pelo D.O <ul><li>Intervenções no processo de trabalho e na estrutura organizacional </li></ul><ul><li>Desenvolvimento de metodologias de reeducação dos membros envolvidos </li></ul><ul><li>Identificação das “doenças organizacionais“ existentes </li></ul>Financeiras  Despesas financeiras elevadas Técnicas  Alto nível de reclamações e devoluções de clientes Administrativas  Trabalhos repetitivos Comportamentais  Alto nível de rejeição à mudanças Preocupação do D.O Pesquisar a situação atual, buscar alternativas de acordo com a necessidade Implementar o que foi estabelecido e acompanhar após sua conclusão 10:24
  20. 20. ANÁLISE DOS RESULTADOS
  21. 21. Aplicação de Questionários Nível de Satisfação dos Colaboradores (NSC) Análise das Potencialidades Organizacional (APO) NSC APO Socioeconômico  Conhecer o indivíduo e nível de informação Ambiente de Trabalho  Experiência, treinamento e perspectivas Motivação  Incentivos e promoções Estratégico  Objetivos, estratégia e inovação Clientes  Informações sobre os clientes Ameaças de Mercado  Fatores críticos 10:24
  22. 22. Socioeconômico Nível de Satisfação dos Colaboradores Análise: <ul><li>Escolaridade baixa, porém, a organização não necessita de profissionais com alto grau de escolaridade; e somente 9,09% possuem curso superior e trabalham no setor administrativo; </li></ul><ul><li>93,2% dos entrevistados são homens, pois desenvolvem atividades operacionais que exigem mais esforços, estão na faixa etária entre 31 e 40 anos, são casados e responsáveis pelo sustento familiar, recebem entre 1 e 5 salários mínimos; </li></ul><ul><li>37,9% não possuem microcomputador nas residências, entretanto, acessam em outros locais para fins profissionais e utilizam a televisão e jornal como meio de informação; </li></ul>- Quem é o indivíduo? Fonte: Pesquisa de campo 10:24
  23. 23. Ambiente de Trabalho Nível de Satisfação dos Colaboradores <ul><li>O ambiente de trabalho atual </li></ul><ul><li>está adequado ao desenvolvimento </li></ul><ul><li>das atividades? </li></ul><ul><li>Há uma preocupação da organização com relação ao ambiente de trabalho; </li></ul><ul><li>Em Ananindeua, há sala de jogos exclusiva para os colaboradores relaxarem no horário de almoço; </li></ul><ul><li>48% dos colaboradores trabalham entre 1 e 5 anos na organização (rotatividade baixa); </li></ul><ul><li>A maioria dos colaboradores está satisfeita com a função que ocupa atualmente; </li></ul>Análise: Fonte: Pesquisa de campo 10:24
  24. 24. Motivação Nível de Satisfação dos Colaboradores <ul><li>Se sente motivado para </li></ul><ul><li>sugerir melhorias? </li></ul><ul><li>9,09% se sentem motivados, porém, não possuem oportunidades para dar sugestões, isso denota que precisa ser realizado um trabalho para modificar esse cenário; </li></ul><ul><li>A maioria relata que estão motivados a trabalharem em equipe e a participarem dos processos de mudanças na organização; </li></ul><ul><li>Apesar de estarem motivado, 88,6% não foram promovidos a outros cargos desde a sua entrada, pois estão alocados no setor operacional. </li></ul>Análise: Fonte: Pesquisa de campo 10:24
  25. 25. Estratégico Análise das Potencialidades Organizacional <ul><li>Curto prazo  melhorar o padrão de qualidade no atendimento aos clientes e aprimorar a qualidade do ambiente de trabalho; </li></ul><ul><li>Médio Prazo  Aumentar a capacidade de produção a através do crescimento da frota </li></ul><ul><li>Longo Prazo  Inserir-se no mercado de transportes de cargas em geral e abrir novas filiais; </li></ul><ul><li>Está sendo implantada uma metodologia de avaliação de mercado alvo, taxa de crescimento e rentabilidade para atuar no mercado de transportes de cargas em geral; </li></ul><ul><li>Como parte de sua estratégia, é promotora de práticas concretas de respeito ao Meio Ambiente, fazendo inclusive parte de seus valores. </li></ul>10:24
  26. 26. Clientes Análise das Potencialidades Organizacional <ul><li>Apesar de não realizar pesquisa com os clientes, há uma divergência de pensamento gerencial: </li></ul><ul><ul><li>Dispõe de informações razoáveis sobre seus clientes; </li></ul></ul><ul><ul><li>Possui grande quantidade de informações sobre os clientes; </li></ul></ul><ul><li>Apenas registra as reclamações dos clientes quando ocorrem; </li></ul><ul><li>Há grande interesse em desenvolver uma metodologia de pesquisa do nível de satisfação dos clientes </li></ul>10:24
  27. 27. Ameaças de Mercado Análise das Potencialidades Organizacional <ul><li>Fator Político </li></ul><ul><li>Presença de concorrentes com ofertas de preços bem abaixo da realidade, porém, sem qualidade e qualificação </li></ul>O que está sendo feito para combater? Não possui controle sobre essa variável, pois se tratar de um fator do externo à organização. O que está sendo feito para combater? Vendem a qualidade e confiabilidade da prestação de serviço. 10:24
  28. 28. Considerações Finais Ambiente Competitivo  Racionalização dos processo Este estudo demonstrou a importância do D.O  Ferramenta de Desempenho Observações <ul><li>A organização precisa ter uma atenção especial para o desenvolvimento de um pensamento sistêmico  Reduzir impactos de possíveis mudanças </li></ul><ul><li>Trabalhar os diversos tipos de lideranças existentes na organização </li></ul><ul><li>Possui metodologia para transformar situações desfavoráveis em aprendizagem </li></ul>Sugestões Recomenda-se a implantação de indicadores de desempenho em pontos denominados críticos para o sucesso da empresa  Modelo de Gestão <ul><li>Indicador de avaliação da estrutura funcional </li></ul><ul><li>Indicador do nível de qualidade do sistema informacional utilizado </li></ul><ul><li>Indicador do nível motivacional dos colaboradores </li></ul>10:24
  29. 29. Referências ALDAY, Hernan E. Contreas. O Planejamento Estratégico dentro do Conceito de Administração Estratégica. FAE . V.3, n. 2, p. 9 – 16, mai./ago. 2000. ARAÚJO, Luiz César G. Organização, Sistemas e Métodos. São Paulo: Atlas, 2001. ARAUJO, Andréa C. M. de. Abordagem Sistêmica . Apostila. Belém, v.1, p4, out. 2006. BORGES, Viviane Mello. O Sistema de Informação Gerencial como Instrumento para Desenvolvimento Organizacional. Diálogos e Ciências - Revista Eletrônica da Faculdade de Tecnologia e Ciência. Bahia, n.8, jun.2006. CHIAVENATO, Idalberto. Introdução à Teoria Geral da Administração. 6.ed. Rio de Janeiro: Campus, 2000. Cap.1 e 7. KAPLAN, Robert S., NORTON, David P. A Estratégia em Ação: Balanced Scorecard. 8.ed. Rio de Janeiro: Campus, 1997. OLIVEIRA, Djalma de Pinho Rebouças de. Sistemas, Organização e Métodos: Uma abordagem gerencial. 14. ed. São Paulo: Atlas, 2004. OLIVEIRA, Djalma de Pinho Rebouças de. Planejamento Estratégico. 23. ed. São Paulo: Atlas, 2007.
  30. 30. Fotos
  31. 31. Fotos
  32. 32. Fotos
  33. 33. 10:24 <ul><ul><li>Antônio Ferreira, </li></ul></ul><ul><ul><li>Telefone: (91) 81446627 </li></ul></ul><ul><ul><li>E-mail: antoniofcruz@gmail.com </li></ul></ul><ul><ul><li>Home page: www.via6.com/antonio </li></ul></ul>Perguntas?

×