Atps analise de investimentos

454 visualizações

Publicada em

trabalho administração

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
454
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
4
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
12
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Atps analise de investimentos

  1. 1. 1 UNIVERSIDADE ANHANGUERA – UNIDERP ATIVIDADE PRÁTICA SUPERVISIONADA (ATPS) CURSO DE ADMINISTRAÇÃO ANÁLISE DE INVESTIMENTOS EQUIPE RA PROFESSORA PRESENCIAL
  2. 2. 2 EQUIPE RA Análise de Investimentos Trabalho apresentado como requisito desenvolver relatórios sobre a temática da Análise de Investimentos no Curso de Administração EAD, na Universidade Anhanguera Educacional Ltda. PROFESSORA PRESENCIAL
  3. 3. 3 SUMÁRIO INTRODUÇÃO Neste trabalho passaremos a compreender as necessidades da Análise de Investimentos em uma empresa, no qual podemos definir investimento como sendo um sacrifício hoje em prol do alcance de uma série de benefícios futuros. Sendo assim a análise de investimentos é um conjunto de técnicas que nos permite comparar os resultados, com diferentes possibilidades de investimento ajudando deste modo na tomada de decisão, que envolve o direcionamento de recursos financeiros, dentro da organização. Dessa forma, analisaremos o investimento a ser realizado. A enumeração de alternativas viáveis, análise de cada uma das alternativas, comparação das alternativas, e a escolha da melhor alternativa. Assim, elaboraremos um projeto de investimento estruturado através da descrição do investimento pretendido; elaboração do fluxo de caixa relevante; métodos para avaliação de investimentos; o efeito da inflação na análise de investimentos; o imposto de renda e a depreciação, e dessa forma elaborar a conclusão do projeto.
  4. 4. 4 ETAPA 1 Passo 1. Conceito de Investimento 1 Um investimento, em termos económicos, é capital que se aplica com o intuito de obter rendimentos a prazo. Esta aplicação supõe uma escolha que resigna um benefício imediato por um futuro e, em geral, improvável. O simples fato de guardar dinheiro numa caderneta de poupança, cursar uma faculdade, comprar uma casa, abrir uma empresa entre outros são tratados como investimento mesmo sendo tão diversos. Tipos de Investimentos Como mencionado, a forma comum do significado de investimento “é qualquer ato ou ação que implique renuncia a recursos no presente na expectativa de obter mais recursos no futuro” (PLT- Analise de Investimento). Mas existem três grandes grupos de diferentes investimentos: 1) Investimentos públicos: São recursos disponibilizados pelos governos ou entidades públicas afim de gerar bem estar social, não tem por objetivo gerar retornos monetários, mas 1 Extraído em: http://conceito.de/investimento. Acesso em 29/03/2015.
  5. 5. 5 sim retornos sociais. Alguns exemplos são: hospitais, escolas, rede de saneamento básico, pavimentação de ruas, dentre outros. 2) Investimentos privados: Recursos disponibilizados por pessoas jurídicas ou físicas de direito privado, com objetivo de gerar retorno financeiro. 3) Investimentos mistos: São recursos que são disponibilizados por pessoas jurídicas de direito publico e pessoas físicas ou pessoas jurídicas de direito privado. Tal investimento tem, geralmente, a finalidade de trazer melhorias a sociedade e também retorno financeiro. É muito amplo o rol de opções para investir, com alguns oferecendo mais riscos e outros menos. Cabendo ao administrador de forma racional analisar os projetos com o objetivo de escolher as melhores opções. O administrador deve levar em consideração três aspectos: 1) Econômico: É considerado a rentabilidade e o risco do investimento. Sobre esse aspecto leve o administrador escolher a opção com menos risco para a organização e de maior retorno. 2) Financeiro: O administrador deve levar em conta a disponibilidade de recursos da própria organização ou de financiamentos. 3) Ambiente empresarial: São considerações políticas, sociais e culturais que afetam o investimento. Passo 2 Fabricação e Comercialização de Telhas de Concreto. Produto a ser comercializado: Telhas de Concreto. Nome fantasia: JD Telhas. Razão Social: JD Telhas Fabricação e Comercialização de Telhas de Concretos LTDA. Endereço da empresa: Rua Avenida Marcelino Pires - Bairro Centro. Dourados - MS ETAPA 2. Passo 1. Conceito do Fluxo de Caixa.
  6. 6. 6 De acordo com Assaf Neto e Silva (2002, p.39), o fluxo de caixa é o instrumento de relacionamento dos ingressos e saídas de recursos monetários da empresa em determinado intervalo de tempo. Sua elaboração permite prognósticos de eventuais excedentes ou escassez de recursos. Já para Zdanowicz (2002, p. 23), o fluxo de caixa é o instrumento que relaciona o futuro conjunto de entradas e de saídas de recursos financeiros pela empresa em determinado intervalo de tempo. E proporciona informações para realizar prognósticos quando dos excedentes ou escassez de recursos financeiros, a fim de manter índices favoráveis para a empresa. Independentemente do ramo de atividade da organização, porte ou setor, o fluxo de caixa deve ser utilizado na analise dos investimentos. O fluxo de caixa trata-se de uma estimativa futura, assim, cabe a analise verificar se o projeto é viável ou não. As estimativas podem ser alteradas de acordo com o desenvolvimento do projeto, tornando as previsões de fluxos futuros ainda mais próximo à situação real do mercado. Fluxo de Caixa Relevante2 Um fluxo de caixa relevante para um projeto é uma alteração do fluxo de caixa da empresa toda, que resulta da decisão de fazer um investimento. Nas decisões de orçamento de capital os principais componentes são o investimento inicial, as entradas de caixa operacionais e fluxo de caixa residual. Investimento inicial: É a saída de caixa em um momento zero para a execução de um determinado projeto, ou seja, é o investimento expresso em dinheiro alocado inicialmente a um projeto. Entradas de caixa operacionais: São as entradas de caixa ao longo da execução de projeto, depois de descontado o imposto de renda, isto é, são os recebimentos durante a execução de um projeto, após desconto do imposto de renda. Observe-se que não se incluem nas entradas de caixa operacionais as entradas de caixa verificadas a partir do encerramento do projeto, ou seja, o fluxo de caixa residual. Fluxo de caixa residual: São as entradas de caixa não operacionais após o encerramento do projeto, descontado o imposto de renda, ou seja, concluída execução ou 2 Acesso em: http://franciscopaulo.com.br/arquivos/Fluxos%20de%20Caixa%20Relevantes%20.doc. Extraído em: 29/03/2015.
  7. 7. 7 liquidação do projeto, o que for apurado com a venda do ativo do projeto, deduzido o valor de venda do ativo velho, será o fluxo de caixa residual. Não representa recebimento pela operação do projeto, mas somente a liquidação (venda) de ativos. Passo 2. Produto Valor unt. Quant. Mês Total Mensal Total Anual Telha 1,90 65.000 123.500,00 1.482.000,00 Valor Anual 1.482.000,00 x 05 anos = 7.410.000,00 * Preço de venda unitário do produto: R$ 1,90 por unidade. * Quantidade mensal a serem comercializadas 65.000 unidades. * Faturamento anual: R$ 1.482.000,00. * Faturamento estimado para os próximos cinco anos R$ 7.410.000,00.
  8. 8. 8
  9. 9. 9 ETAPA 3. Passo 1. Selic. O Sistema Especial de Liquidação e de Custódia (Selic), do Banco Central do Brasil, é um sistema informatizado que se destina à custódia de títulos escriturais de emissão do Tesouro Nacional, bem como ao registro e à liquidação de operações com esses títulos.3 Quando a taxa Selic aumenta, os bancos preferem emprestar ao governo, pois terão mais lucro, e com essa preferência não sobra credito para emprestar ao consumidor, assim combatendo a inflação, que é o excesso de dinheiro em circulação. Já quando a taxa Selic cai, os bancos preferem emprestar aos consumidores, por gerar um lucro maior. 3 Acesso em: http://www.bcb.gov.br/?SELICINTRO. Extraído em: 30/03/2015.
  10. 10. 10 Além de controlar a inflação a Selic também rege o aumento ou a queda de juros para o consumidor. Quando a taxa Selic aumenta os juros repassados aos consumidores também aumentam, pois o credito diminui. Quando a taxa Selic diminui os juros repassados aos consumidores diminuem, pois a um maior credito para circulação. A taxa Selic se torna importante para o país porque também é capaz de regular o investimento nos títulos brasileiros, quando a taxa Selic está em alta atrai mais investimentos estrangeiros, pois os juros serão maiores. O Banco Central do Brasil é o responsável pela regulação da Selic. * Taxa SELIC período de 31/03/2015 a 31/03/2015 = 12,65% a.a.4 Passo 2 Técnicas de Investimentos5 A análise de investimentos envolve decisões de aplicação de recursos com prazos longos (maiores que um ano), com o objetivo de propiciar retorno adequado aos proprietários desse capital. O orçamento de capital requer uma estimativa de fluxos de caixa livres que serão obtidos com o projeto de análise. As previsões de investimentos em ativos, de vendas, também de preços, de custos e despesas devem ser elaboradas da forma mais realista a acurada possível. De qualquer modo, a incerteza em orçamentos de capital é elevada, pois envolve cenários econômicos e políticos de longo prazo. Os métodos mais comuns de avaliação de projetos de investimento são: * Payback; * Payback descontado; * Valor presente líquido – VPL; * Taxa interna de retorno – TIR. * Payback é o período de tempo necessário para que as entradas de caixa do projeto se igualem ao valor a ser investido, ou seja, o tempo de recuperação do investimento realizado. 4 Acesso em: http://www3.bcb.gov.br/selic/consulta/taxaSelic.do?method=listarTaxaDiaria. Extraído em: 31/03/2015. 5 Acesso em: http://www.portaldecontabilidade.com.br/tematicas/analiseinvestimentos.htm. Extraído em 10/04/2015.
  11. 11. 11 Se levarmos em consideração que quanto maior o horizonte temporal, maiores são as incertezas, é natural que as empresas procurem diminuir seus riscos optando por projetos que tenham um retorno do capital dentro de um período de tempo razoável. Payback Descontado é o período de tempo necessário para recuperar o investimento, avaliando-se os fluxos de caixa descontados, ou seja, considerando-se o valor do dinheiro no tempo. O cálculo do Valor Presente Líquido – VPL, leva em conta o valor do dinheiro no tempo. Portanto, todas as entradas e saídas de caixa são tratadas no tempo presente. O VPL de um investimento é igual ao valor presente do fluxo de caixa líquido do projeto em análise, descontado pelo custo médio ponderado de capital. A Taxa Interna de Retorno – TIR é a taxa “i” que se igualam as entradas de caixa ao valor a ser investido em um projeto. Em outras palavras, é a taxa que iguala o VPL de um projeto a zero. Um aspecto que deve ser considerado é que a utilização exclusiva da TIR como ferramenta de análise pode levar ao equívoco de se aceitar projetos que não remuneram adequadamente o capital investido, por isso deve ser uma ferramenta complementar à análise.
  12. 12. 12 De acordo com os resultados obtidos percebemos que este projeto torna-se atraente para o investidor que procura um retorno maior que as taxas que o mercado financeiro oferece atualmente. Com a avaliação do fluxo de caixa podemos observar que pelo método do Payback o retorno ocorre no terceiro ano, sendo assim de rápido retorno. Analisando o método VPL e TIR o retorno financeiro também é atraente, pois proporciona um ganho significativo. ETAPA 4 Passo1. A inflação e seu efeito na análise de investimento. 6 Análise de Investimentos - ou Engenharia Econômica - é o estudo da taxa de retorno do capital investido. Existe considerável literatura sobre o assunto. Em consequência, numerosos métodos, alguns aproximados, outros exatos, têm sido sugeridos para calcular e comparar a rentabilidade dos investimentos. É comum os estudos de viabilidade econômica serem elaborados a preços constantes, com o pressuposto de que a inflação afeta de igual modo todos os preços e custos. Apesar dos preços evoluírem de modo diferenciado por produtos, aspecto que deveria ser tido em consideração quando se estimam os fluxos financeiros a preços correntes - isto é quando se considera o impacto da inflação no processo de estimação -, é comum assumir-se, por comodismo ou por falta de informação detalhada, uma taxa indiferenciada de inflação para todos os custos e proveitos de um determinado período. Imposto de renda e depreciação na análise de investimentos. A depreciação e o imposto de renda podem exercer um efeito positivo ou negativo sobre um investimento, dependendo das situações em análise. Esses efeitos devem ser levados 6 Extraído em: http://bibliotecadigital.fgv.br/ojs/index.php/rae/article/viewFile/40685/39438. Acesso em: 09/04/2015.
  13. 13. 13 sempre em consideração pelo investidor. A seguir, são apresentadas as definições sintéticas desses dois conceitos: • Imposto de renda: significa o valor anual descontado do rendimento do trabalhador ou da empresa e entregue ao governo federal, sendo que a porcentagem de desconto é fixada pelo governo de cada país onde é aplicado tal imposto7 .Esse tributo tem como base de cálculo normalmente o lucro contábil, ou seja, a diferença entre receitas e custos/despesas. Na análise de investimentos, contudo, não estamos preocupados com o lucro contábil, mas com o fluxo de caixa gerado pelo projeto de investimento. • Depreciação: a depreciação é uma despesa contábil que reconhece que um ativo perde o valor ao longo do tempo. Esse reconhecimento gera uma despesa, que abate o lucro operacional e, portanto, diminui a base de cálculo do imposto de renda. Contudo, essa é uma despesa chamada de “não caixa”, ou seja, não há fluxo de caixa negativo, saída de dinheiro do caixa. Novamente, devemos nos lembrar de que a análise de investimentos se preocupa com o fluxo de caixa, e não com resultados contábeis. O imposto de renda incide sobre o lucro tributável da empresa que, por sua vez, é influenciado por procedimentos da contabilidade e da depreciação, que visam assegurar condições para a reposição dos ativos fixos da empresa, quando isto se tornar necessário à continuidade das operações. Por esta razão, a legislação tributária permite às empresas deduzirem de seu lucro anual a correspondente carga de depreciação para fins de cálculo do imposto de renda. Análise de Sensibilidade8 A Análise de Sensibilidade é a ferramenta com a qual se calcula a variação do Valor Presente Líquido (VPL) ou da Taxa Interna de Retorno (TIR) a partir de mudanças isoladas em uma variável – chamada de variável-chave, em uma análise de coeteris paribus, ou seja, sem que se altere nenhuma outra variável – ou em mudanças realizadas em mais de uma variável ao mesmo tempo – mais próxima de uma situação real. 7 Extraído em: http://www.significados.com.br/imposto-de-renda/. Acesso em: 10/04/2015. 8 Extraído em: http://www.portaleducacao.com.br/administracao/artigos/43643/analise-de-sensibilidade#. Acesso em: 10/04/2015.
  14. 14. 14 Na análise de sensibilidade nos mostra que o nosso projeto oferece um lucro bastante atrativo, pois suporta uma grande variação na TMA, pois para o VPL ficar negativo é necessário chegar a uma taxa de 44,07%. Por fim, concluímos este relatório com a análise de risco de investimento na JD Telhas, através da “Análise de sensibilidade”. Assim observamos que variando a TMA de 12,65% a 44,06% o projeto continua viável, pois este proporciona o retorno exigido e ainda deixa um retorno positivo de R$ 47,88 (no último caso). Apenas quando submetido a uma TMA de 44,07%, apresenta o VPL negativo de R$ - 2,21. Podemos finalizar, então, que os investidores devem aceitar o projeto, pois corresponde bem a todas as análises efetuadas. CONSIDERAÇÕES FINAIS.
  15. 15. 15 Podemos concluir que aprofundamos nossos conhecimentos de Análise de investimentos, colocando em prática a teoria apresentada em sala de aula, simulando atividades, pesquisas e discutindo assuntos que retratam e encaixam-se no conteúdo estudado diariamente. Apresentamos um projeto de investimento da JD Telhas, uma empresa empreendedora no qual exibimos diversas tabelas, mostrando desde o preço estimado de vendas, faturamento, estimativa de custos/despesas, investimento inicial, DRE até um claro e breve balanço patrimonial. Analisando todas as etapas do projeto concluímos que, o projeto apresenta uma rentabilidade muito atrativa, pois, oferece uma taxa de retorno bem acima do que as taxas oferecidas pelo mercado. REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS.
  16. 16. 16 ASSAF NETO, Alexandre; SILVA, César Augusto Tibúrcio. Administração do Capital de Giro. 3. ed. São Paulo: Atlas, 2002. Acesso em: http://franciscopaulo.com.br/arquivos/Fluxos%20de%20Caixa%20Relevantes %20.doc. Extraído em: 29/03/2015. Extraído em: http://conceito.de/investimento. Acesso em 29/03/2015. Acesso em: http://www.bcb.gov.br/?SELICINTRO. Extraído em: 30/03/2015. Acesso em: http://www.portaldecontabilidade.com.br/tematicas/analiseinvestimentos.htm. Extraído em 10/04/2015. Acesso em: http://www3.bcb.gov.br/selic/consulta/taxaSelic.do?method=listarTaxaDiaria. Extraído em: 31/03/2015. Extraído em: http://bibliotecadigital.fgv.br/ojs/index.php/rae/article/viewFile/40685/39438. Acesso em: 09/04/2015. Extraído em: http://www.portaleducacao.com.br/administracao/artigos/43643/analise-de- sensibilidade#. Acesso em: 10/04/2015. Extraído em: http://www.significados.com.br/imposto-de-renda/. Acesso em: 10/04/2015. ZDANOWICZ, José Eduardo. Fluxo de Caixa. 8. ed. Porto Alegre: Sagra Luzzatto, 2000.

×