SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 25
Palestrante – Victor Passos
ASSOCIAÇÃO ESPIRITA PAZ E AMOR
“Com o Espiritismo, a humanidade
deve entrar numa nova fase, a do
progresso moral, que é sua
consequência inevitável.” Allan Kardec
São chegados os tempos, dizem-nos de
todas as partes, marcados por Deus, em
que grandes acontecimentos se vão dar
para regeneração da Humanidade.
Allan Kardec – A Gênese – Sinais dos
tempos - Capítulo XVIII – item 1.
A Humanidade tem realizado, até ao
presente, incontestáveis progressos. Os
homens, com a sua inteligência, chegaram a
resultados que jamais haviam alcançado, sob
o ponto de vista das ciências, das artes e do
bem-estar material. Resta-lhes ainda um
imenso progresso a realizar: o de fazerem
que entre si reinem a caridade, a
fraternidade, a solidariedade, que lhes
assegurem o bem-estar moral.
Allan Kardec – A Gênese – Sinais dos
tempos - Capítulo XVIII – item 5.
Já não é somente de desenvolver a
inteligência o de que os homens necessitam,
mas de elevar o sentimento e, para isso, faz-
se preciso destruir tudo o que superexcite
neles o egoísmo e o orgulho.
Allan Kardec – A Gênese – Sinais dos
tempos - Capítulo XVIII – item 5.
Nestes tempos, porém, não se trata de uma
mudança parcial, de uma renovação limitada
a certa região, ou a um povo, a uma raça.
Trata-se de um movimento universal, a
operar-se no sentido do progresso moral.
Allan Kardec – A Gênese – Sinais dos
tempos - Capítulo XVIII – item 6.
Sim, decerto, a Humanidade se transforma,
como já se transformou noutras épocas, e
cada transformação se assinala por uma
crise que é, para o gênero humano, o que
são, para os indivíduos, as crises de
crescimento.
Allan Kardec – A Gênese – Sinais dos
tempos - Capítulo XVIII – item 9.
Uma coisa que vos parecerá estranhável,
mas que por isso não deixa de ser rigorosa
verdade, é que o mundo dos Espíritos, mundo
que vos rodeia, experimenta o contrachoque
de todas as comoções que abalam o mundo
dos encarnados.
Allan Kardec – A Gênese – Sinais dos
tempos - Capítulo XVIII – item 9.
Ficai, portanto, certos de que, quando uma
revolução social se produz na Terra, abala
igualmente o mundo invisível, onde todas as
paixões, boas e más, se exacerbam, como
entre vós.
Allan Kardec – A Gênese – Sinais dos
tempos - Capítulo XVIII – item 9.
Somente o progresso moral pode assegurar
aos homens a felicidade na Terra, refreando
as paixões más; somente esse progresso pode
fazer que entre os homens reinem a
concórdia, a paz, a fraternidade.
Allan Kardec – A Gênese – Sinais dos
tempos - Capítulo XVIII – item 19.
A geração que desaparece levará consigo
seus erros e prejuízos; a geração que
surge, retemperada em fonte mais pura,
imbuída de ideias mais sãs, imprimirá ao
mundo ascensional movimento, no sentido
do progresso moral que assinalará a nova
fase da evolução humana.
Allan Kardec – A Gênese – Sinais dos
tempos - Capítulo XVIII – item 19.
Para que na Terra sejam felizes os homens,
preciso é que somente a povoem Espíritos
bons, encarnados e desencarnados, que
somente ao bem se dediquem.
Allan Kardec – A Gênese a geração
nova - Capítulo XVIII – item 27.
O bem reinará na Terra quando, entre os
Espíritos que a vêm habitar, os bons
predominarem, porque, então, farão que aí
reinem o amor e a justiça, fonte do bem e
da felicidade.
Allan Kardec - O livro dos
espíritos – questão 1019
Por meio do progresso moral e
praticando as leis de Deus é que o
homem atrairá para a Terra os bons
Espíritos e dela afastará os maus. Estes,
porém, não a deixarão, senão quando daí
estejam banidos o orgulho e o egoísmo.
Allan Kardec - O livro dos
espíritos – questão 1019
Havendo chegado o tempo, grande
emigração se verifica dos que a habitam: a
dos que praticam o mal pelo mal, ainda
não tocados pelo sentimento do bem, os
quais, já não sendo dignos do planeta
transformado, serão excluídos, porque,
senão, lhe ocasionariam de novo
perturbação e confusão e constituiriam
obstáculo ao progresso.
Allan Kardec – A Gênese a geração
nova - Capítulo XVIII – item 27.
Irão expiar o endurecimento de seus
corações, uns em mundos inferiores,
outros em raças terrestres ainda
atrasadas, equivalentes a mundos daquela
ordem, aos quais levarão os
conhecimentos que hajam adquirido, tendo
por missão fazê-las avançar. Substituí-los-
ão Espíritos melhores, que farão reinem
em seu seio a justiça, a paz e a
fraternidade.
Allan Kardec – A Gênese a geração
nova - Capítulo XVIII – item 27.
A Terra, no dizer dos Espíritos, não terá de
transformar-se por meio de um cataclismo
que aniquile de súbito uma geração. A
atual desaparecerá gradualmente e a nova
lhe sucederá do mesmo modo, sem que
haja mudança alguma na ordem natural
das coisas.
Allan Kardec – A Gênese a geração
nova - Capítulo XVIII – item 27.
Em cada criança que nascer, em vez de um
Espírito atrasado e inclinado ao mal, que
antes nela encarnaria, virá um Espírito
mais adiantado e propenso ao bem.
Allan Kardec – A Gênese a geração
nova - Capítulo XVIII – item 27.
A época atual é de transição; confundem-
se os elementos das duas gerações.
Colocados no ponto intermédio, assistimos
à partida de uma e à chegada da outra.
Allan Kardec – A Gênese a geração
nova - Capítulo XVIII – item 28.
Têm ideias e pontos de vista opostos as
duas gerações que se sucedem. Pela
natureza das disposições morais, porém
sobretudo das disposições intuitivas e
inatas, torna-se fácil distinguir a qual das
duas pertence cada indivíduo.
Allan Kardec – A Gênese a geração
nova - Capítulo XVIII – item 28.
Cabendo-lhe fundar a era do progresso
moral, a nova geração se distingue por
inteligência e razão geralmente precoces,
juntas ao sentimento inato do bem e a
crenças espiritualistas, o que constitui
sinal indubitável de certo grau de
adiantamento anterior.
Allan Kardec – A Gênese a geração
nova - Capítulo XVIII – item 28.
Não se comporá exclusivamente de
Espíritos eminentemente superiores, mas
dos que, já tendo progredido, se acham
predispostos a assimilar todas as ideias
progressistas e aptos a secundar o
movimento de regeneração.
Allan Kardec – A Gênese a geração
nova - Capítulo XVIII – item 28.
O que, ao contrário, distingue os Espíritos
atrasados é, em primeiro lugar, a revolta
contra Deus, pelo se negarem a
reconhecer qualquer poder superior aos
poderes humanos; a propensão instintiva
para as paixões degradantes, para os
sentimentos antifraternos de egoísmo, de
orgulho, de inveja, de ciúme; enfim, o
apego a tudo o que é material: a
sensualidade, a cupidez, a avareza.
Allan Kardec – A Gênese a geração
nova - Capítulo XVIII – item 28.
Desses vícios é que a Terra tem de ser
expurgada pelo afastamento dos que se
obstinam em não emendar-se; porque são
incompatíveis com o reinado da
fraternidade e porque o contato com eles
constituirá sempre um sofrimento para os
homens de bem. Quando a Terra se achar
livre deles, os homens caminharão sem
óbices para o futuro melhor.
Allan Kardec – A Gênese a geração
nova - Capítulo XVIII – item 28.
Não devemos esmorecer perante as hostilidades, mas
lutar para que elas sejam apenas simples trampolins de
crescimento para todos nós.
Cravo
MUITA PAZ A TODOS VOCÊS
Palestrante – Victor Passos - A.P.A

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Fluidos e Perispírito
Fluidos e PerispíritoFluidos e Perispírito
Fluidos e Perispíritoigmateus
 
Evangeliza - Leis Morais da Vida - Lei de Destruição
Evangeliza - Leis Morais da Vida - Lei de DestruiçãoEvangeliza - Leis Morais da Vida - Lei de Destruição
Evangeliza - Leis Morais da Vida - Lei de DestruiçãoAntonino Silva
 
A lei do trabalho e do progresso!
A lei do trabalho e do progresso!A lei do trabalho e do progresso!
A lei do trabalho e do progresso!Leonardo Pereira
 
Da Lei de Adoração
Da Lei de AdoraçãoDa Lei de Adoração
Da Lei de Adoraçãohome
 
Segundo Módulo - Aula 11 - Lei de liberdade
Segundo Módulo - Aula 11 - Lei de liberdadeSegundo Módulo - Aula 11 - Lei de liberdade
Segundo Módulo - Aula 11 - Lei de liberdadeCeiClarencio
 
Pluralidade dos mundos habitados
Pluralidade dos mundos habitadosPluralidade dos mundos habitados
Pluralidade dos mundos habitadoshome
 
Evangeliza - Diferentes categorias de mundos habitados
Evangeliza - Diferentes categorias de mundos habitadosEvangeliza - Diferentes categorias de mundos habitados
Evangeliza - Diferentes categorias de mundos habitadosAntonino Silva
 
Aula lei de destruição e sociedade, LIVRO ESPIRITOS
Aula lei de  destruição e sociedade, LIVRO ESPIRITOSAula lei de  destruição e sociedade, LIVRO ESPIRITOS
Aula lei de destruição e sociedade, LIVRO ESPIRITOSOribes Teixeira
 
Quarto Módulo - 2ª aula - Tipo de mediunidade
Quarto Módulo - 2ª  aula - Tipo de mediunidadeQuarto Módulo - 2ª  aula - Tipo de mediunidade
Quarto Módulo - 2ª aula - Tipo de mediunidadeCeiClarencio
 
De graça recebeste de graça dai
De graça recebeste de graça daiDe graça recebeste de graça dai
De graça recebeste de graça daiGraça Maciel
 
Evangeliza - Mediunidade com Jesus
Evangeliza - Mediunidade com JesusEvangeliza - Mediunidade com Jesus
Evangeliza - Mediunidade com JesusAntonino Silva
 
2.7.5 Idiotismo e loucura
2.7.5   Idiotismo e loucura2.7.5   Idiotismo e loucura
2.7.5 Idiotismo e loucuraMarta Gomes
 

Mais procurados (20)

Fluidos e Perispírito
Fluidos e PerispíritoFluidos e Perispírito
Fluidos e Perispírito
 
Evangeliza - Leis Morais da Vida - Lei de Destruição
Evangeliza - Leis Morais da Vida - Lei de DestruiçãoEvangeliza - Leis Morais da Vida - Lei de Destruição
Evangeliza - Leis Morais da Vida - Lei de Destruição
 
A lei do trabalho e do progresso!
A lei do trabalho e do progresso!A lei do trabalho e do progresso!
A lei do trabalho e do progresso!
 
Da Lei de Adoração
Da Lei de AdoraçãoDa Lei de Adoração
Da Lei de Adoração
 
Segundo Módulo - Aula 11 - Lei de liberdade
Segundo Módulo - Aula 11 - Lei de liberdadeSegundo Módulo - Aula 11 - Lei de liberdade
Segundo Módulo - Aula 11 - Lei de liberdade
 
Pluralidade dos mundos habitados
Pluralidade dos mundos habitadosPluralidade dos mundos habitados
Pluralidade dos mundos habitados
 
Evangeliza - Diferentes categorias de mundos habitados
Evangeliza - Diferentes categorias de mundos habitadosEvangeliza - Diferentes categorias de mundos habitados
Evangeliza - Diferentes categorias de mundos habitados
 
091028 conclusão de o livro dos espíritos
091028 conclusão de o livro dos espíritos091028 conclusão de o livro dos espíritos
091028 conclusão de o livro dos espíritos
 
Evangelho no lar
Evangelho no larEvangelho no lar
Evangelho no lar
 
Aula lei de destruição e sociedade, LIVRO ESPIRITOS
Aula lei de  destruição e sociedade, LIVRO ESPIRITOSAula lei de  destruição e sociedade, LIVRO ESPIRITOS
Aula lei de destruição e sociedade, LIVRO ESPIRITOS
 
Quarto Módulo - 2ª aula - Tipo de mediunidade
Quarto Módulo - 2ª  aula - Tipo de mediunidadeQuarto Módulo - 2ª  aula - Tipo de mediunidade
Quarto Módulo - 2ª aula - Tipo de mediunidade
 
Escala espírita!
Escala espírita!Escala espírita!
Escala espírita!
 
Estudo sobre prece!
Estudo sobre prece!Estudo sobre prece!
Estudo sobre prece!
 
Causas das aflições
Causas das afliçõesCausas das aflições
Causas das aflições
 
Progresso intelectual e moral
Progresso intelectual e moralProgresso intelectual e moral
Progresso intelectual e moral
 
De graça recebeste de graça dai
De graça recebeste de graça daiDe graça recebeste de graça dai
De graça recebeste de graça dai
 
O Poder da Prece
O Poder da PreceO Poder da Prece
O Poder da Prece
 
Evangeliza - Mediunidade com Jesus
Evangeliza - Mediunidade com JesusEvangeliza - Mediunidade com Jesus
Evangeliza - Mediunidade com Jesus
 
2.7.5 Idiotismo e loucura
2.7.5   Idiotismo e loucura2.7.5   Idiotismo e loucura
2.7.5 Idiotismo e loucura
 
Cap. 1 NãO Vim Destruir A Lei
Cap. 1 NãO Vim Destruir A LeiCap. 1 NãO Vim Destruir A Lei
Cap. 1 NãO Vim Destruir A Lei
 

Destaque (20)

Pressentimentos
PressentimentosPressentimentos
Pressentimentos
 
Palestra Sobre Gratidão
Palestra Sobre GratidãoPalestra Sobre Gratidão
Palestra Sobre Gratidão
 
Pressentimentos
PressentimentosPressentimentos
Pressentimentos
 
Doenças da alma
Doenças da almaDoenças da alma
Doenças da alma
 
A Gratidão como Roteiro de Vida
A Gratidão como Roteiro de VidaA Gratidão como Roteiro de Vida
A Gratidão como Roteiro de Vida
 
O homem de bem e a evolução!
O homem de bem e  a evolução! O homem de bem e  a evolução!
O homem de bem e a evolução!
 
O Homem de Bem
O Homem de BemO Homem de Bem
O Homem de Bem
 
Estudos do evangelho " A lei de amor".
Estudos do evangelho " A lei de amor".Estudos do evangelho " A lei de amor".
Estudos do evangelho " A lei de amor".
 
Construindo paz
Construindo  pazConstruindo  paz
Construindo paz
 
Palestra "Gratidão"
Palestra "Gratidão"Palestra "Gratidão"
Palestra "Gratidão"
 
A Arte De Viver Em Paz.Ppt I
A Arte De Viver Em Paz.Ppt IA Arte De Viver Em Paz.Ppt I
A Arte De Viver Em Paz.Ppt I
 
Slide livre arbítrio
Slide  livre arbítrioSlide  livre arbítrio
Slide livre arbítrio
 
O Poder da Gratidão - Seja grato, seja feliz!
O Poder da Gratidão - Seja grato, seja feliz!O Poder da Gratidão - Seja grato, seja feliz!
O Poder da Gratidão - Seja grato, seja feliz!
 
O homem de bem, grande desafio
O homem de bem, grande desafioO homem de bem, grande desafio
O homem de bem, grande desafio
 
Gratidão
GratidãoGratidão
Gratidão
 
Psicologia da gratidão
Psicologia da gratidãoPsicologia da gratidão
Psicologia da gratidão
 
Visão Espírita do Carnaval
Visão Espírita do CarnavalVisão Espírita do Carnaval
Visão Espírita do Carnaval
 
Educação espírita para a infância
Educação espírita para a infânciaEducação espírita para a infância
Educação espírita para a infância
 
Agua
AguaAgua
Agua
 
Palestra sobre Gratidão
Palestra sobre Gratidão Palestra sobre Gratidão
Palestra sobre Gratidão
 

Semelhante a Progresso moral da Humanidade

Progressomoralnovafaseparahumanidade 130705171058-phpapp02
Progressomoralnovafaseparahumanidade 130705171058-phpapp02Progressomoralnovafaseparahumanidade 130705171058-phpapp02
Progressomoralnovafaseparahumanidade 130705171058-phpapp02Kclitiacadente
 
Progresso moral nova fase para humanidade
Progresso moral nova fase para humanidadeProgresso moral nova fase para humanidade
Progresso moral nova fase para humanidadeGraça Maciel
 
O espiritismo e a regeneração da humanidade
O espiritismo e a regeneração da humanidadeO espiritismo e a regeneração da humanidade
O espiritismo e a regeneração da humanidadeGraça Maciel
 
Regeneração da humanidade
Regeneração da humanidadeRegeneração da humanidade
Regeneração da humanidadeGraça Maciel
 
Regeneração da humanidade
Regeneração da humanidadeRegeneração da humanidade
Regeneração da humanidadeGraça Maciel
 
Espiritismo Sociedade e a Nova Geração
Espiritismo Sociedade e a Nova GeraçãoEspiritismo Sociedade e a Nova Geração
Espiritismo Sociedade e a Nova GeraçãoNorbertoTomasini
 
Espiritismo sociedade e a nova geração
Espiritismo sociedade e a nova geraçãoEspiritismo sociedade e a nova geração
Espiritismo sociedade e a nova geraçãoNorberto Tomasini Jr
 
150 anos do ceu e o inferno
150 anos do ceu e o inferno150 anos do ceu e o inferno
150 anos do ceu e o infernoEscola da Vida
 
Higienização espiritual da Terra
Higienização espiritual da TerraHigienização espiritual da Terra
Higienização espiritual da Terracarlos freire
 
Palestra casa do caminho
Palestra casa do caminhoPalestra casa do caminho
Palestra casa do caminhoAilton Barcelos
 
A nova geração
A nova geraçãoA nova geração
A nova geraçãosheilaleite
 
Terra, Planeta de Provas e Expiações
Terra, Planeta de Provas e ExpiaçõesTerra, Planeta de Provas e Expiações
Terra, Planeta de Provas e ExpiaçõesAngelo Baptista
 
Fundamental I - Modulo VII - Roteiro 7 - [2008]Euzebio.ppt
Fundamental I - Modulo VII - Roteiro 7 - [2008]Euzebio.pptFundamental I - Modulo VII - Roteiro 7 - [2008]Euzebio.ppt
Fundamental I - Modulo VII - Roteiro 7 - [2008]Euzebio.pptFernandaCastilho30
 
D 07 Pluralidade dos Mundos Habitados
D 07  Pluralidade dos Mundos HabitadosD 07  Pluralidade dos Mundos Habitados
D 07 Pluralidade dos Mundos HabitadosJPS Junior
 
D 7 Pluralidade dos Mundos Habitados
D 7 Pluralidade dos Mundos HabitadosD 7 Pluralidade dos Mundos Habitados
D 7 Pluralidade dos Mundos HabitadosJPS Junior
 
Transição Planetária - Aula 1 - Introdução
Transição Planetária - Aula 1 - IntroduçãoTransição Planetária - Aula 1 - Introdução
Transição Planetária - Aula 1 - IntroduçãoGEOMPM FEEB
 

Semelhante a Progresso moral da Humanidade (20)

Progressomoralnovafaseparahumanidade 130705171058-phpapp02
Progressomoralnovafaseparahumanidade 130705171058-phpapp02Progressomoralnovafaseparahumanidade 130705171058-phpapp02
Progressomoralnovafaseparahumanidade 130705171058-phpapp02
 
Progresso moral nova fase para humanidade
Progresso moral nova fase para humanidadeProgresso moral nova fase para humanidade
Progresso moral nova fase para humanidade
 
O espiritismo e a regeneração da humanidade
O espiritismo e a regeneração da humanidadeO espiritismo e a regeneração da humanidade
O espiritismo e a regeneração da humanidade
 
Regeneração da humanidade
Regeneração da humanidadeRegeneração da humanidade
Regeneração da humanidade
 
Regeneração da humanidade
Regeneração da humanidadeRegeneração da humanidade
Regeneração da humanidade
 
Informativo nov-12
Informativo   nov-12Informativo   nov-12
Informativo nov-12
 
Espiritismo Sociedade e a Nova Geração
Espiritismo Sociedade e a Nova GeraçãoEspiritismo Sociedade e a Nova Geração
Espiritismo Sociedade e a Nova Geração
 
Espiritismo sociedade e a nova geração
Espiritismo sociedade e a nova geraçãoEspiritismo sociedade e a nova geração
Espiritismo sociedade e a nova geração
 
150 anos do ceu e o inferno
150 anos do ceu e o inferno150 anos do ceu e o inferno
150 anos do ceu e o inferno
 
150 ANOS DE "O CÉU E O INFERNO"
150 ANOS DE "O CÉU E O INFERNO"150 ANOS DE "O CÉU E O INFERNO"
150 ANOS DE "O CÉU E O INFERNO"
 
Higienização espiritual da Terra
Higienização espiritual da TerraHigienização espiritual da Terra
Higienização espiritual da Terra
 
Higienização espiritual da terra
Higienização espiritual da terraHigienização espiritual da terra
Higienização espiritual da terra
 
Palestra casa do caminho
Palestra casa do caminhoPalestra casa do caminho
Palestra casa do caminho
 
A nova geração
A nova geraçãoA nova geração
A nova geração
 
Terra, Planeta de Provas e Expiações
Terra, Planeta de Provas e ExpiaçõesTerra, Planeta de Provas e Expiações
Terra, Planeta de Provas e Expiações
 
Fundamental I - Modulo VII - Roteiro 7 - [2008]Euzebio.ppt
Fundamental I - Modulo VII - Roteiro 7 - [2008]Euzebio.pptFundamental I - Modulo VII - Roteiro 7 - [2008]Euzebio.ppt
Fundamental I - Modulo VII - Roteiro 7 - [2008]Euzebio.ppt
 
D 07 Pluralidade dos Mundos Habitados
D 07  Pluralidade dos Mundos HabitadosD 07  Pluralidade dos Mundos Habitados
D 07 Pluralidade dos Mundos Habitados
 
D 7 Pluralidade dos Mundos Habitados
D 7 Pluralidade dos Mundos HabitadosD 7 Pluralidade dos Mundos Habitados
D 7 Pluralidade dos Mundos Habitados
 
Terra escola planetária!
Terra escola planetária!Terra escola planetária!
Terra escola planetária!
 
Transição Planetária - Aula 1 - Introdução
Transição Planetária - Aula 1 - IntroduçãoTransição Planetária - Aula 1 - Introdução
Transição Planetária - Aula 1 - Introdução
 

Mais de Victor Passos

Exercicio final curso ferramentas web
Exercicio final curso ferramentas webExercicio final curso ferramentas web
Exercicio final curso ferramentas webVictor Passos
 
Utilização educativa das TIC
Utilização educativa das TICUtilização educativa das TIC
Utilização educativa das TICVictor Passos
 
Utilização educativa das TIC
Utilização educativa das TICUtilização educativa das TIC
Utilização educativa das TICVictor Passos
 
Tarefa P2P- modulo 4 obrigatoria
Tarefa P2P- modulo 4 obrigatoriaTarefa P2P- modulo 4 obrigatoria
Tarefa P2P- modulo 4 obrigatoriaVictor Passos
 
Exercicio obrigatório modulo 3 - 3.2
Exercicio obrigatório modulo  3 -  3.2Exercicio obrigatório modulo  3 -  3.2
Exercicio obrigatório modulo 3 - 3.2Victor Passos
 
Modulo 2 - exercicio obrigatorio
Modulo 2 -  exercicio obrigatorioModulo 2 -  exercicio obrigatorio
Modulo 2 - exercicio obrigatorioVictor Passos
 
Curso de Pesquisa e Gestão de informação Web - Modulo 2 tarefa
Curso de Pesquisa e Gestão de informação  Web - Modulo 2  tarefaCurso de Pesquisa e Gestão de informação  Web - Modulo 2  tarefa
Curso de Pesquisa e Gestão de informação Web - Modulo 2 tarefaVictor Passos
 
Modulo 1 - Pesquisa web
Modulo 1 - Pesquisa webModulo 1 - Pesquisa web
Modulo 1 - Pesquisa webVictor Passos
 
Espiritualidade e emoções
Espiritualidade e emoçõesEspiritualidade e emoções
Espiritualidade e emoçõesVictor Passos
 
Desperte e seja feliz final
Desperte e seja feliz finalDesperte e seja feliz final
Desperte e seja feliz finalVictor Passos
 
Conflitos familiares
Conflitos familiaresConflitos familiares
Conflitos familiaresVictor Passos
 
Orgulho pai de todos os vicios
Orgulho pai de todos os viciosOrgulho pai de todos os vicios
Orgulho pai de todos os viciosVictor Passos
 
Obreiros de ultima hora
Obreiros de ultima horaObreiros de ultima hora
Obreiros de ultima horaVictor Passos
 
Mediunidade e corpo fisico
Mediunidade e corpo fisicoMediunidade e corpo fisico
Mediunidade e corpo fisicoVictor Passos
 
Reencarnação oportunidade
Reencarnação oportunidadeReencarnação oportunidade
Reencarnação oportunidadeVictor Passos
 
Doença – a cura – a autocura
Doença – a cura – a autocuraDoença – a cura – a autocura
Doença – a cura – a autocuraVictor Passos
 
Obsessões, prevenção tratamento e cura
Obsessões, prevenção tratamento e curaObsessões, prevenção tratamento e cura
Obsessões, prevenção tratamento e curaVictor Passos
 

Mais de Victor Passos (20)

Exercicio final curso ferramentas web
Exercicio final curso ferramentas webExercicio final curso ferramentas web
Exercicio final curso ferramentas web
 
Utilização educativa das TIC
Utilização educativa das TICUtilização educativa das TIC
Utilização educativa das TIC
 
Utilização educativa das TIC
Utilização educativa das TICUtilização educativa das TIC
Utilização educativa das TIC
 
Tarefa P2P- modulo 4 obrigatoria
Tarefa P2P- modulo 4 obrigatoriaTarefa P2P- modulo 4 obrigatoria
Tarefa P2P- modulo 4 obrigatoria
 
Exercicio obrigatório modulo 3 - 3.2
Exercicio obrigatório modulo  3 -  3.2Exercicio obrigatório modulo  3 -  3.2
Exercicio obrigatório modulo 3 - 3.2
 
Modulo 2 - exercicio obrigatorio
Modulo 2 -  exercicio obrigatorioModulo 2 -  exercicio obrigatorio
Modulo 2 - exercicio obrigatorio
 
Curso de Pesquisa e Gestão de informação Web - Modulo 2 tarefa
Curso de Pesquisa e Gestão de informação  Web - Modulo 2  tarefaCurso de Pesquisa e Gestão de informação  Web - Modulo 2  tarefa
Curso de Pesquisa e Gestão de informação Web - Modulo 2 tarefa
 
Modulo 1 - Pesquisa web
Modulo 1 - Pesquisa webModulo 1 - Pesquisa web
Modulo 1 - Pesquisa web
 
Espiritualidade e emoções
Espiritualidade e emoçõesEspiritualidade e emoções
Espiritualidade e emoções
 
Desperte e seja feliz final
Desperte e seja feliz finalDesperte e seja feliz final
Desperte e seja feliz final
 
Mediunidade
MediunidadeMediunidade
Mediunidade
 
Conflitos familiares
Conflitos familiaresConflitos familiares
Conflitos familiares
 
Orgulho pai de todos os vicios
Orgulho pai de todos os viciosOrgulho pai de todos os vicios
Orgulho pai de todos os vicios
 
Obreiros de ultima hora
Obreiros de ultima horaObreiros de ultima hora
Obreiros de ultima hora
 
A prece
A preceA prece
A prece
 
Mediunidade e corpo fisico
Mediunidade e corpo fisicoMediunidade e corpo fisico
Mediunidade e corpo fisico
 
Maledicência
MaledicênciaMaledicência
Maledicência
 
Reencarnação oportunidade
Reencarnação oportunidadeReencarnação oportunidade
Reencarnação oportunidade
 
Doença – a cura – a autocura
Doença – a cura – a autocuraDoença – a cura – a autocura
Doença – a cura – a autocura
 
Obsessões, prevenção tratamento e cura
Obsessões, prevenção tratamento e curaObsessões, prevenção tratamento e cura
Obsessões, prevenção tratamento e cura
 

Último

Bíblia Sagrada - Ezequiel - slides powerpoint.pptx
Bíblia Sagrada - Ezequiel - slides powerpoint.pptxBíblia Sagrada - Ezequiel - slides powerpoint.pptx
Bíblia Sagrada - Ezequiel - slides powerpoint.pptxIgreja Jesus é o Verbo
 
pregacao romanos 12 9-21 honrar uns aos outros.pptx
pregacao romanos    12 9-21  honrar   uns aos outros.pptxpregacao romanos    12 9-21  honrar   uns aos outros.pptx
pregacao romanos 12 9-21 honrar uns aos outros.pptxFabianoHaider1
 
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 133 - Lógica da Providência
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 133 - Lógica da ProvidênciaSérie Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 133 - Lógica da Providência
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 133 - Lógica da ProvidênciaRicardo Azevedo
 
Oração Para Os Estudos São Tomás De Aquino
Oração Para Os Estudos São Tomás De AquinoOração Para Os Estudos São Tomás De Aquino
Oração Para Os Estudos São Tomás De AquinoNilson Almeida
 
Culto esboço de Pregação expositiva sermão em João.docx
Culto esboço de Pregação expositiva sermão em João.docxCulto esboço de Pregação expositiva sermão em João.docx
Culto esboço de Pregação expositiva sermão em João.docxManoel Candido Pires Junior
 
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 135 - Renovação Necessária
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 135 - Renovação NecessáriaSérie Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 135 - Renovação Necessária
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 135 - Renovação NecessáriaRicardo Azevedo
 
Folder clube de Desbravadores.............
Folder clube de Desbravadores.............Folder clube de Desbravadores.............
Folder clube de Desbravadores.............MilyFonceca
 
Bíblia Sagrada - Daniel - slide powerpoint.pptx
Bíblia Sagrada - Daniel - slide powerpoint.pptxBíblia Sagrada - Daniel - slide powerpoint.pptx
Bíblia Sagrada - Daniel - slide powerpoint.pptxIgreja Jesus é o Verbo
 

Último (8)

Bíblia Sagrada - Ezequiel - slides powerpoint.pptx
Bíblia Sagrada - Ezequiel - slides powerpoint.pptxBíblia Sagrada - Ezequiel - slides powerpoint.pptx
Bíblia Sagrada - Ezequiel - slides powerpoint.pptx
 
pregacao romanos 12 9-21 honrar uns aos outros.pptx
pregacao romanos    12 9-21  honrar   uns aos outros.pptxpregacao romanos    12 9-21  honrar   uns aos outros.pptx
pregacao romanos 12 9-21 honrar uns aos outros.pptx
 
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 133 - Lógica da Providência
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 133 - Lógica da ProvidênciaSérie Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 133 - Lógica da Providência
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 133 - Lógica da Providência
 
Oração Para Os Estudos São Tomás De Aquino
Oração Para Os Estudos São Tomás De AquinoOração Para Os Estudos São Tomás De Aquino
Oração Para Os Estudos São Tomás De Aquino
 
Culto esboço de Pregação expositiva sermão em João.docx
Culto esboço de Pregação expositiva sermão em João.docxCulto esboço de Pregação expositiva sermão em João.docx
Culto esboço de Pregação expositiva sermão em João.docx
 
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 135 - Renovação Necessária
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 135 - Renovação NecessáriaSérie Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 135 - Renovação Necessária
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 135 - Renovação Necessária
 
Folder clube de Desbravadores.............
Folder clube de Desbravadores.............Folder clube de Desbravadores.............
Folder clube de Desbravadores.............
 
Bíblia Sagrada - Daniel - slide powerpoint.pptx
Bíblia Sagrada - Daniel - slide powerpoint.pptxBíblia Sagrada - Daniel - slide powerpoint.pptx
Bíblia Sagrada - Daniel - slide powerpoint.pptx
 

Progresso moral da Humanidade

  • 1. Palestrante – Victor Passos ASSOCIAÇÃO ESPIRITA PAZ E AMOR
  • 2. “Com o Espiritismo, a humanidade deve entrar numa nova fase, a do progresso moral, que é sua consequência inevitável.” Allan Kardec
  • 3. São chegados os tempos, dizem-nos de todas as partes, marcados por Deus, em que grandes acontecimentos se vão dar para regeneração da Humanidade. Allan Kardec – A Gênese – Sinais dos tempos - Capítulo XVIII – item 1.
  • 4. A Humanidade tem realizado, até ao presente, incontestáveis progressos. Os homens, com a sua inteligência, chegaram a resultados que jamais haviam alcançado, sob o ponto de vista das ciências, das artes e do bem-estar material. Resta-lhes ainda um imenso progresso a realizar: o de fazerem que entre si reinem a caridade, a fraternidade, a solidariedade, que lhes assegurem o bem-estar moral. Allan Kardec – A Gênese – Sinais dos tempos - Capítulo XVIII – item 5.
  • 5. Já não é somente de desenvolver a inteligência o de que os homens necessitam, mas de elevar o sentimento e, para isso, faz- se preciso destruir tudo o que superexcite neles o egoísmo e o orgulho. Allan Kardec – A Gênese – Sinais dos tempos - Capítulo XVIII – item 5.
  • 6. Nestes tempos, porém, não se trata de uma mudança parcial, de uma renovação limitada a certa região, ou a um povo, a uma raça. Trata-se de um movimento universal, a operar-se no sentido do progresso moral. Allan Kardec – A Gênese – Sinais dos tempos - Capítulo XVIII – item 6.
  • 7. Sim, decerto, a Humanidade se transforma, como já se transformou noutras épocas, e cada transformação se assinala por uma crise que é, para o gênero humano, o que são, para os indivíduos, as crises de crescimento. Allan Kardec – A Gênese – Sinais dos tempos - Capítulo XVIII – item 9.
  • 8. Uma coisa que vos parecerá estranhável, mas que por isso não deixa de ser rigorosa verdade, é que o mundo dos Espíritos, mundo que vos rodeia, experimenta o contrachoque de todas as comoções que abalam o mundo dos encarnados. Allan Kardec – A Gênese – Sinais dos tempos - Capítulo XVIII – item 9.
  • 9. Ficai, portanto, certos de que, quando uma revolução social se produz na Terra, abala igualmente o mundo invisível, onde todas as paixões, boas e más, se exacerbam, como entre vós. Allan Kardec – A Gênese – Sinais dos tempos - Capítulo XVIII – item 9.
  • 10. Somente o progresso moral pode assegurar aos homens a felicidade na Terra, refreando as paixões más; somente esse progresso pode fazer que entre os homens reinem a concórdia, a paz, a fraternidade. Allan Kardec – A Gênese – Sinais dos tempos - Capítulo XVIII – item 19.
  • 11. A geração que desaparece levará consigo seus erros e prejuízos; a geração que surge, retemperada em fonte mais pura, imbuída de ideias mais sãs, imprimirá ao mundo ascensional movimento, no sentido do progresso moral que assinalará a nova fase da evolução humana. Allan Kardec – A Gênese – Sinais dos tempos - Capítulo XVIII – item 19.
  • 12. Para que na Terra sejam felizes os homens, preciso é que somente a povoem Espíritos bons, encarnados e desencarnados, que somente ao bem se dediquem. Allan Kardec – A Gênese a geração nova - Capítulo XVIII – item 27.
  • 13. O bem reinará na Terra quando, entre os Espíritos que a vêm habitar, os bons predominarem, porque, então, farão que aí reinem o amor e a justiça, fonte do bem e da felicidade. Allan Kardec - O livro dos espíritos – questão 1019
  • 14. Por meio do progresso moral e praticando as leis de Deus é que o homem atrairá para a Terra os bons Espíritos e dela afastará os maus. Estes, porém, não a deixarão, senão quando daí estejam banidos o orgulho e o egoísmo. Allan Kardec - O livro dos espíritos – questão 1019
  • 15. Havendo chegado o tempo, grande emigração se verifica dos que a habitam: a dos que praticam o mal pelo mal, ainda não tocados pelo sentimento do bem, os quais, já não sendo dignos do planeta transformado, serão excluídos, porque, senão, lhe ocasionariam de novo perturbação e confusão e constituiriam obstáculo ao progresso. Allan Kardec – A Gênese a geração nova - Capítulo XVIII – item 27.
  • 16. Irão expiar o endurecimento de seus corações, uns em mundos inferiores, outros em raças terrestres ainda atrasadas, equivalentes a mundos daquela ordem, aos quais levarão os conhecimentos que hajam adquirido, tendo por missão fazê-las avançar. Substituí-los- ão Espíritos melhores, que farão reinem em seu seio a justiça, a paz e a fraternidade. Allan Kardec – A Gênese a geração nova - Capítulo XVIII – item 27.
  • 17. A Terra, no dizer dos Espíritos, não terá de transformar-se por meio de um cataclismo que aniquile de súbito uma geração. A atual desaparecerá gradualmente e a nova lhe sucederá do mesmo modo, sem que haja mudança alguma na ordem natural das coisas. Allan Kardec – A Gênese a geração nova - Capítulo XVIII – item 27.
  • 18. Em cada criança que nascer, em vez de um Espírito atrasado e inclinado ao mal, que antes nela encarnaria, virá um Espírito mais adiantado e propenso ao bem. Allan Kardec – A Gênese a geração nova - Capítulo XVIII – item 27.
  • 19. A época atual é de transição; confundem- se os elementos das duas gerações. Colocados no ponto intermédio, assistimos à partida de uma e à chegada da outra. Allan Kardec – A Gênese a geração nova - Capítulo XVIII – item 28.
  • 20. Têm ideias e pontos de vista opostos as duas gerações que se sucedem. Pela natureza das disposições morais, porém sobretudo das disposições intuitivas e inatas, torna-se fácil distinguir a qual das duas pertence cada indivíduo. Allan Kardec – A Gênese a geração nova - Capítulo XVIII – item 28.
  • 21. Cabendo-lhe fundar a era do progresso moral, a nova geração se distingue por inteligência e razão geralmente precoces, juntas ao sentimento inato do bem e a crenças espiritualistas, o que constitui sinal indubitável de certo grau de adiantamento anterior. Allan Kardec – A Gênese a geração nova - Capítulo XVIII – item 28.
  • 22. Não se comporá exclusivamente de Espíritos eminentemente superiores, mas dos que, já tendo progredido, se acham predispostos a assimilar todas as ideias progressistas e aptos a secundar o movimento de regeneração. Allan Kardec – A Gênese a geração nova - Capítulo XVIII – item 28.
  • 23. O que, ao contrário, distingue os Espíritos atrasados é, em primeiro lugar, a revolta contra Deus, pelo se negarem a reconhecer qualquer poder superior aos poderes humanos; a propensão instintiva para as paixões degradantes, para os sentimentos antifraternos de egoísmo, de orgulho, de inveja, de ciúme; enfim, o apego a tudo o que é material: a sensualidade, a cupidez, a avareza. Allan Kardec – A Gênese a geração nova - Capítulo XVIII – item 28.
  • 24. Desses vícios é que a Terra tem de ser expurgada pelo afastamento dos que se obstinam em não emendar-se; porque são incompatíveis com o reinado da fraternidade e porque o contato com eles constituirá sempre um sofrimento para os homens de bem. Quando a Terra se achar livre deles, os homens caminharão sem óbices para o futuro melhor. Allan Kardec – A Gênese a geração nova - Capítulo XVIII – item 28.
  • 25. Não devemos esmorecer perante as hostilidades, mas lutar para que elas sejam apenas simples trampolins de crescimento para todos nós. Cravo MUITA PAZ A TODOS VOCÊS Palestrante – Victor Passos - A.P.A

Notas do Editor

  1. Princípios adotados pelo espiritismo.
  2. Momentos anunciados pelas escrituras e confirmado pelo espiritismo
  3. À agitação dos encarnados e desencarnados se juntam. Dá-se então, durante algum tempo, verdadeira confusão geral. Allan Kardec – A Gênese – Sinais dos tempos - Capítulo XVIII – item 9.
  4. Como sucederá o surgimento da nova geração?
  5. O que fazer para sermos felizes na terra?
  6. “QUESTÃO 1019 - O LIVRO DOS ESPÍRITOS
  7. “QUESTÃO 1019 - O LIVRO DOS ESPÍRITOS