Palestra sobre Gratidão

14.821 visualizações

Publicada em

Palestra sobre Gratidão, realizada pelo psicólogo junguiano Marlon Reikdal, em Bal. Camboriú - set 2012

5 comentários
11 gostaram
Estatísticas
Notas
Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
14.821
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
716
Comentários
5
Gostaram
11
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Palestra sobre Gratidão

  1. 1. GRATIDÃO“A vida sem gratidão é estéril e vazia de significado.” Marlon Reikdal
  2. 2. Gratidão “Entre os sentimentosnobres que caracterizamo ser psicológico maduro, a gratidão destaca-secomo sendo um dos mais relevantes.” (p. 21)
  3. 3. Gratidão “A gratidão é um dos mais grandiosos momentos do desenvolvimento ético-moral do ser humano e está ínsita na individuação,quando tudo adquire beleza e significado.” (p. 245)
  4. 4. Gratidão“Tentando-se, embora comerros e acertos, o exercício da gratidão, momento chega em que o ser se enriquece do júbilo de ser gentil e agradecido, não apenas por palavras, mas principalmente por atitudes (...)” (p. 95)
  5. 5. Definição de GRATIDÃO• Reconhecimento de uma pessoa por alguém que lhe prestou um benefício, um auxílio, um favor, etc.; agradecimento. (Dic. Houaiss).• O verbete gratidão vem do latim gratia que significa literalmente graça, ou gratus que se traduz como agradável. Por extensão, significa reconhecimento agradável por tudo quanto se recebe ou lhe é concedido. (p. 26).
  6. 6. PRIMEIRO NÍVELSER GRATO PELO BEM QUE TE CHEGA
  7. 7. “Quanto custa o ar puro da natureza, a beleza da paisagem, o clima saudável? Quando o alimento vem a mesa, quantas pessoas participaram no anonimato de toda essa cadeiamantenedora da vida? Tudo enfim que acontece se encontra vinculado à dependência de um outro indivíduo ou circunstância que propiciaram este momento. Quantos acidentes, desencantos, enfermidades e mortes assinalaram existências que se entregaram às descobertas [materiais e intelectuais], àstransformações que foram operadas para que seconvertessem em comunidades felizes!?” (p. 59)
  8. 8. “O corpo, mesmo ultrajado pordeficiências e disfunções, representa uma incomum oportunidade para o reestabelecimento das peças estragadas pela invigilância daquele que se utilizacomo recurso de autorrecuperação.” (p. 181)
  9. 9. IMPEDIMENTO DA GRATIDÃO “O self imaturo sofre o efeito do ego dominador e atribui-se méritos que nãopossui, acreditando-se credor de todas asbenesses que lhe são concedidas, sempre anelando por mais recursos quelamentavelmente não plenificam.” (p. 23)
  10. 10. LUCAS CAP 17: 11-19
  11. 11. “Surge a necessidade da gratidão não apenas emrelação ao que se recebe, massobretudo pelo que é possível oferecer-se, participando do espetáculo da vida em sociedade na condição de membro atuante e não de parasita prejudicial. ”(p. 209)
  12. 12. SEGUNDO NÍVEL SER GRATOPELO MAL QUENÃO TE CHEGA
  13. 13. ACIDENTES
  14. 14. ASSALTO
  15. 15. DOENÇAS
  16. 16. GUERRA
  17. 17. FOME
  18. 18. DESUMANIDADE
  19. 19. MISÉRIA
  20. 20. PRIVAÇÃO CULTURAL
  21. 21. PRIVAÇÃO POLÍTICA
  22. 22. PRIVAÇÃO SOCIAL
  23. 23. CATÁSTROFES NATURAIS
  24. 24. TERRORISMO
  25. 25. VIOLÊNCIA
  26. 26. Gratidão pelo mal que não nos chega
  27. 27. TERCEIRO NÍVELSER GRATO PELO MAL QUE TE CHEGA
  28. 28. “Numa visão superficial, poder-se-á crer tratar-se de uma patologia pelo sofrimento em lamentável transtorno masoquista. Ao inverso, no entanto, essa conduta traduz maturidade saudável, porque não se trata de uma eleição pessoal pelo sofrimento, mas de uma aceitação consciente e natural dofenômeno-dor que faz parte do curso evolutivo.” (p. 45) evolutivo
  29. 29. A concha da ostranão permite que a pérola seja recolhida. Para que tenha sentido real, rompe-se acrosta vigorosa eesplende a gema pálida e notavelmente construída.
  30. 30. “A gratidão pelos insucessos aparentesconstitui o reconhecimento por entender- se que fazem parte da aprendizagem e a sua ocorrência em forma de dissabores, de padecimentos morais consequentes à traição, à calúnia, ao abandono a que sevai relegado por antigos afetos, têm razão de ser.” (p. 44)É a despersonalização do “inimigo”como a causa do mal que me chega.
  31. 31. “Tudo, em verdade, que acontece, mesmo produzindo sensações desagradáveis ou emoções desconfortantes, faz parte das experiências que promovem o serhumano, desde que se lhes compreenda afinalidade, expressando gratidão pela sua ocorrência.” (p. 103)
  32. 32. “Amai aos vossos inimigos” (Mateus 5: 44-45)
  33. 33. “A compreensão lúcida de que tudo tem um sentido moral e um significado psicológico relevanteproporciona harmonia íntima, trabalhando pela superaçãode como se encontra, a fim de se alcançar a plenitude.” (p.
  34. 34. Palestra realizada pelo espírita e psicólogo Marlon Reikdalwww.marlonreikdal.blogspot.com marlonreikdal@gmail.com GRATIDÃO Todas as citações sem referência (apenas de página) são do livro “Psicologia da Gratidão” do espírito Joanna de Ângelis – psicografia de Divaldo P. Franco

×