Finalidades da reencarnação.pptx2

1.603 visualizações

Publicada em

Palestra realizada no dia

0 comentários
2 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.603
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
59
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
84
Comentários
0
Gostaram
2
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Finalidades da reencarnação.pptx2

  1. 1. A ressureição supõe A reencarnação é o retorno retorno da alma, ou à vida do corpo que Espírito, à vida morreu. A Ciência diz corporal, mas em ser materialmente outro corpo. Ela se impossível, pois os baseia nos princípios elementos do corpo já da misericórdia e dase encontram dispersos justiça de Deus. e absorvidos. A reencarnação é uma lei natural necessária à nossa evolução!
  2. 2. Com a Reencarnação caem os preconceitosde raças e castas, uma vez que o mesmo Espíritopode renascer rico ou pobre, grande senhor ouoperário, chefe ou subordinado, livre ouescravo, homem ou mulher. Sobre ela repousa oprincípio da fraternidade, igualdade, liberdade. A Gênese, item 36.Hermínio Miranda em Nossos Filhos são Espíritos“A reencarnação é a maior prova de amor e perdãoque Deus dispensa a suas criaturas. Dando aos seus filhos a oportunidade de retornar e completar as tarefas que foram negligenciadas ou interrompidas, até que se encontrem num estágio que não necessitem mais dessas experiências depuradoras e retificadoras.”
  3. 3. Eliseu Rigonatti- Obra Espiritismo Aplicado Aprendizado; Elevação Moral e Espiritual; ReparaçãoLE na Questão 167: Expiação, melhoramento progressivo da humanidade. Sem isso, onde estaria a justiça?
  4. 4. Quando o indivíduo, por excessos, maldade ou por imprudência fere a lei geral que cuida dos nossosExpiação destinos, torna-se incurso na lei de causa e efeito, para que, através do sofrimento, se reeduque. Característica: Dolorosa e ligada a uma falta. Situações apresentadas aoProva ou espírito encarnado objetivando o seu crescimento. Através do esforçoProvação próprio, das lutas e do sacrifício, ele vai polindo a sua personalidade, desenvolvendo a sua inteligência e se iluminando espiritualmente.
  5. 5. “A prova é a luta que ensina ao discípulorebelde e preguiçoso a estrada do trabalho e daedificação espiritual.” Kardec lembra que nem toda prova é uma expiação, mas em toda expiação há uma prova, porque diante do sofrimento expiatório, o homem ver-se-á convidado a desenvolver (lutar) pelos valores de resignação - crescimento pessoal.
  6. 6. Missão = Poder conferido, incumbência. Trabalho dos missionários. A missão é uma tarefa a cumprir, da qual será tanto mais recompensado se saivitorioso, quanto a luta tenha sido mais penosa.Assim são as pessoas de instintos naturalmente bons, de alma elevada, nobres sentimentos que parecem não trazer nada de mau de vidas passadas, e que suportam, com resignação, as maiores dores sem lamentações. (Cap. 5 item 09)
  7. 7. REENCARNAÇÃO SERIA PUNIÇÃO??? Não é punição, é nova oportunidade de crescimento espiritual. Oportunidade dereparação de atos delituosos cometidos por nós em outras oportunidades. Assim, a justiça divina começa a fazer sentido, também toma forma o conceitode um Deus bom e justo, caindo por terra a ideia de um Deus cruel e vingativo.
  8. 8. Aprendemos na doutrina espírita queDeus é a inteligência suprema, causa primeira de todas as coisas. Deus éeterno, imutável, imaterial, único, todo-poderoso, soberanamente justo e bom. A sabedoria providencial das leis divinasse revela nas menores coisas, como nasmaiores e esta sabedoria não permite duvidar da sua justiça, e nem da sua bondade.
  9. 9. “Mas se Deus é justo e bom, como explicar que alguns nada têm, enquanto outros possuem muito (no sentido material), e como explicar que alguns já nascem com graves problemas físicos ou com doençasgraves, enquanto outros nascem perfeitos e saudáveis?”- Deus é o criador de todas as coisas, criouo espírito simples, ignorante e dotado defaculdades a serem desenvolvidas atravésdas experiências reencarnatórias.
  10. 10. A reencarnação é uma necessidade evolutiva, porque somente ao contato com a matéria física consegue o espírito certos elementos necessários ao seu progresso. Jesus quando falava em reencarnação...Disse a Nicodemos (senador dos Judeus): “Ninguém pode ver o reino de Deus se não nascer de novo”.
  11. 11. Nicodemos pergunta: “Como pode nascerum homem que está velho? Pode ele entrar noventre de sua mãe, para nascer uma segundavez?”. Jesus responde: “O que é nascido da carneé carne, o que é nascido do espírito é espírito”.Kardec: Como a alma que não alcançou a perfeiçãona vida corpórea acaba de depurar-se? (L.E. Q.166)R - Suportando a prova de uma nova existência.
  12. 12. A Lei da reencarnação preenchelacunas, explicando fatos de como Deus éjusto, bom e misericordioso. Nós, seres criados porDeus, muitas vezes transgredimos suas leis e, porisso mesmo, somos forçados a sofrer asconsequências. Newton diz: “A toda ação corresponde uma reação de igual intensidade e direção, mas em sentido contrário”.
  13. 13. No plano moral, ou espiritual, a Lei deAção e Reação pode ser enunciada conformediz Emmanuel.“É livre a semeadura, porém obrigatória acolheita”. Uma boa ação na vida presente terá umaboa reação na vida presente ou futura, enquantoque uma ação má terá uma reação má, se nãoagora, numa próxima reencarnação querepresentará uma oportunidade de reparar odébito contraído.
  14. 14. PlanejamentoElaborado na dimensão espiritual, envolve uma complexidade que malpodemos imaginar, tais como:# pesquisas do passado;# avaliação de possibilidades futuras;# identificação e localização de pessoas com as quais devam sernegociadas futuras atividades (...);# que tendências estimular, desestimular ou combater;# que virtudes enfatizar, que erros corrigir;#até onde poderão suportar pressões corretivas;# que problemas devem ficar para “mais tarde”, em outras existências.(...)Inúmeras variáveis são postas em discussão e avaliação, a fim de armar-se um esquema viável dentro do possível, ainda que nem sempre o ideal.
  15. 15. Evidência Científica 1.Gênios Precoces: São crianças-prodígio, que desde aidade mais tenra mostram possuir conhecimentos de tal ordem a respeito dos mais diversos temas, que seriaimpossível explicar sem a certeza de que viveram antes. Kardec tratou deste assunto na questão 219 L.E.Qual a origem das faculdades extraordinárias de indivíduosque, sem estudo prévio, parecem ter a intuição de certos conhecimentos, como línguas, cálculos etc.? R: Lembrança do passado; progresso anterior da alma, mas do qual não tem consciência. O corpo muda, mas o espírito não, apenas troca de vestimenta.
  16. 16. 2.Recordações espontâneas de vidas passadas:Caracteriza-se pelo fato de pessoas, especialmentecrianças, passarem a se recordar espontaneamentede vidas anteriores.3.Regressão de Memória a Vidas Anteriores:Há especialistas utilizando experiências comregressão de memória(TPV), que conseguem levarpacientes a uma existência precedente.
  17. 17. Em realidade, somos Espíritos ainda crianças,dentro do quadro da evolução e temos muito queaprender ao longo dos milênios. Portanto, a lei dareencarnação se traduz como uma louvável bençãode Deus, pois permite que cada um faça a suacaminhada livremente, decidindo a vida que deseja viver. Quem está acertando terá sempre maioresinformações e possibilidades de progredir mais eevoluir em busca da perfeição e quem está errandocontará com todos os recursos possíveis paraidentificar os equívocos e modificar a sua rota devida, procurando também pela sua felicidade.
  18. 18. E dentro do contexto divino, não nos será perguntado se acreditamos na reencarnação, se aqueremos ou não, apenas a lei será cumprida e enquanto tivermos necessidades reencarnaremos quantas vezes for preciso. Reflitamos....

×