Palestra Espírita - Bem aventurados os aflitos

7.627 visualizações

Publicada em

(O Evangelho segundo o Espiritismo. Cap. V - 2ª parte. Itens 3 a 7. Instrução dos espíritos - Allan Kardec)

Publicada em: Espiritual
0 comentários
6 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
7.627
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
416
Comentários
0
Gostaram
6
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Palestra Espírita - Bem aventurados os aflitos

  1. 1. E.S.E. Cap. V (Allan Kardec) | 2ª parte | Itens 3 a 7 | Instrução dos espíritos
  2. 2. AFLIÇÃO: Agonia, atribulação, angústia,sofrimento, tristeza, mágoa, pesar, dor,preocupação ou desassossego por algumacausa ou coisa em que vá afetar a nossa vida,direta ou indiretamente.É ainda a sensação de que algo “não estácerto” ou de que alguma coisa errada outraumática possa acontecer.Fonte: Dicionário Aurélio | Wikipédia (Enciclopédia Virtual).
  3. 3. Bíblia | Evangelho de Mateus | Cap. 5
  4. 4. Quando Jesus declarou:"Bem-aventurados...",não estava exaltando as aflições, mas sim aspessoas que sabem sofrer sem revolta, semlamentações inúteis, sem culpar outros ousituações pelos seus males.
  5. 5. Inteligência suprema, causa primária de todas ascoisas.Eterno;Imutável;Imaterial;Único;Onipotente;Soberanamente justo e bom.Fonte: L.E. (Allan Kardec) – Questões 1 e 13
  6. 6. (...) “As vicissitudes da vida derivam de umacausa e, pois que Deus é justo, justa há deser essa causa. Isso o de que cada um devebem compenetrar-se. Por meio dos ensinosde Jesus, Deus pôs os homens na direçãodessa causa, e hoje, julgando-os sufi-cientemente maduros para compreendê-la,lhes revela completamente a aludida causa,por meio do Espiritismo, isto é, pela palavrados Espíritos.”Fonte: E.S.E. (Allan Kardec) – Cap. 5 – Item 3 – Justiça das Aflições.
  7. 7. •Muitos dos nossos males terrestres sãoresultado do nosso próprio caráter eproceder;•Caímos por nossa própria culpa;•Somos vítimas do nosso interesse e danossa ambição;•Muitas doenças e enfermidades sãoresultado da nossa intemperança e denossos excessos de todos os gêneros;•Deixamos brotar os gérmens do orgulho, doegoísmo e da vaidade em nossos coraçõesou nos daqueles que nos são queridos;
  8. 8. “(...) O homem, pois, em grande número decasos, é o causador de seus própriosinfortúnios; mas, em vez de reconhecê-lo,acha mais simples, menos humilhante paraa sua vaidade, acusar a sorte, a Providência,a má fortuna, a má estrela, ao passo que amá estrela é apenas a sua negligência.”Fonte: E.S.E. (Allan Kardec) – Cap. 5 – Item 4 – Causas atuais das aflições.
  9. 9. •Lei de CAUSA e EFEITO;•Aprendemos pelo AMOR ou pela DOR.•Sofrer com RESIGNAÇÃO•O exercício da FÉ;•A prática dos ensinamentos de JESUS;•A confiança na PROVIDÊNCIA DIVINA; As tribulações são as expiações do passado, que recebe nelas merecido castigo, e provas com relação ao futuro, que elas reparam.
  10. 10. As expiações e provações têm porfim, na sua vivência, provocar oarrependimento, a conscientizaçãodos sofrimentos causados, fazendo apessoa arrepender-se, a conhecer-se.

×