SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 26
Escola EB 2,3 de Montelongo




   Trabalho elaborado por:
Adriana Patrícia Martins Pereira   nº1
Ana Paula Baptista Ramos           nº3
Cátia Patrícia Fernandes Martins   nº7              9ºC
Rita Alexandra Teixeira Freitas    nº19
Zaida Gabriela Cunha Ramos         nº22

   Disciplina de:
Área de Projecto

   Professora:
Maria Inês Jerónimo

   Ano lectivo:
2008/2009
Índice

finalidades do portfólio:
        objectivos .................................................................................................................... ?
        capacidades a desenvolver .......................................................................................... ?
definição de portfólio .............................................................................................................. ?
contrato de leitura ................................................................................................................... ?
ObjectivOs:
   desenvolver a capacidade de organização;
   reforçar os conhecimentos;
   contextualizar conhecimentos;
   reflectir acerca do trabalho pessoal;
   aprefeiçoar o trabalho pessoal;
   desenvolver o gosto pelo trabalho pessoal.




capacidades a desenvOlver
   planificar;
   pensar criticamente;
   avaliar;
   reinventar;
   aceitar o erro;
   aprender com a crítica;
   reformular;
   aprender a ter sucesso.
O portflólio enquanto ferramenta pedagógica pode ser descrito como uma colecção organizada
       e planeada de trabalhos produzidos pelo(s) aluno(s), ao longo de um determinado período de
       tempo, de forma a poder proporcionar uma visão alargada e detalhada da aprendizagem
       efectuada bem como das diferenças componentes do seu desenvolvimento cognitivo,
       metacognitivo e afectivo. Reflecte também a identidade de cada aluno, de cada professor, em
       cada contexto, enquanto construtores do seu desenvolvimento ao longo da vida. Permite uma
       verdadeira avaliação contínua.
                                                          (internet, google, Portfólio Aprendizagem)

       Portfólio é uma pasta utilizada para guardar papéis, desenhos... Designação dada ao material
       fotográfico, bibliográfico... Utilizado em apresentações comerciais e profissionais. Registo
       curricular individual de habilitações, sobretudo no domínio da aprendizagem de línguas
       estrangeiras.
                                                                (dicionário de Língua Portuguesa)

       Portfólio é uma pasta utilizada para guardar papéis, desenhos, mapas, etc.
                                                                 (dicionário da Língua Portuguesa)

            É uma área pessoal, podendo também pertencer a uma instituição ou empresa, onde se
            pode disponibilizar qualquer tipo de informação.
            É um conjunto de documentos (trabalhos de pesquisa, fotografias, trabalhos escritos,
            desenhos, exercícios, provas, etc.), reunidos, por exemplo, num dossier, acompanhados de
            uma reflexão do autor e organizados tendo em conta os objectivos que se pretendem
            atingir/desenvolver.
            O portflólio consiste, na sua essência, de uma pasta individual, onde são colecionados os
            trabalhos realizados pelo aluno, no decorrer dos seus estudos de uma disciplina, de um
            curso, ou mesmo durante alguns anos, como ai longo de um ciclo de estudos. É um local
            para colecionar todos os passos percorridos pelo aluno ao longo da tragetória de sua
            aprendizagem.
        Um portfólio permite construir, entre outras coisas, o perfil académico do aluno, reflectindo o
ritmo e a direcção de seu crescimento, os temas de seu interesse, suas dificuldades e o potencial a ser
desenvolvido.
        Além da sua própria produção académica, o aluno é incentivado a colecionar. No momento
devido, todo esse material colecionado poderá oferecer subsídios para a avaliação do aluno, do
professor, dos conteúdos e das metodologias de ensino, assim como para estimar o impacto da
disciplina, curso ou programa educacional.
        Os dados devem ser registados regularmente, o que imprime à coletância de documentos
contidos no portfólio um significado muito mais amplo e realista, do que as informações que resultam
de avaliações pontuais realizadas em situação de exame.
                                                             (internet, google, o que é o portfólio?)
Para desenvolver as actividades do Plano Anual de Leitura, os alunos do 8º ano, da turma C,
propõem-se ler, dentro das condições que lhe são possíveis, e depois organizar um PORTEFOLIO,
seguindo as orientações da professora da diacíplina de Língua Portuguesa, obras seleccionadas a
partir das referenciadas no projecto do Referido Plano.


       TEXTO NARRATIVO
           “O Velho e o Mar”, de Ernest Hemingway;
           “O Principezinho”, de Antoine de Saint-Éxupery


       TEXTO DRAMÁTICO
           “O auto da barca do inferno”, de Gil Vicente


       TEXTO POÉTICO
QUAIS AS OBRAS QUE PODEMOS ENCONTRAR NESTE CAPÍTULO?

    “O Velho e o Mar”, de Ernest Hemingway

    “O Principezinho”, de Antoine de Saint-Éxupery

    “O Auto da Barco do Inferno”, de Gil Vicente
Introdução ........................................................................................................................................... ?
Dedicatória .......................................................................................................................................... ?
Espectativas da organização do portfólio ........................................................................................... ?
“O Velho e o Mar” .............................................................................................................................. ?
Texto introdutório ............................................................................................................................... ?
Textos criativos ................................................................................................................................... ?
Recolha de informação ....................................................................................................................... ?
Ficha de avaliação de leitura ............................................................................................................... ?
Avaliação ............................................................................................................................................ ?
“O Principezinho” ............................................................................................................................... ?
Texto introdutório ............................................................................................................................... ?
Textos criativos ................................................................................................................................... ?
Recolha de informação ....................................................................................................................... ?
Ficha de avaliação de leitura ............................................................................................................... ?
Avaliação ............................................................................................................................................ ?
“O Auto da Barca do Inferno” ............................................................................................................ ?
Texto introdutório ............................................................................................................................... ?
Textos criativos ................................................................................................................................... ?
Recolha de informação ....................................................................................................................... ?
Ficha de avaliação de leitura ............................................................................................................... ?
Avaliação ............................................................................................................................................ ?
(...) Adriana
Um dia no mar...


        Havia um rapazque gostava muito do mar. Como morava à beira-mar, todas as manhãs abria a
janela do seu quarto e ia vê-lo. Nessa manhã decidiu ir para o mar, de barco.
        A noite anterior tinha estado calma, mas a manhã estava com muito vento e aproximava-se
uma tempestade. Mesmo assim o rapaz não desistiu de ir para o mar.
        O céu ficou escuro e começou a chover. O mar ficou bravo e o rapaz teve dificuldade em
controlar o barco.
        Finalmente, a tempestade acalmou e o mar voltou ao seu estado normal. Então, o rapaz
decidiu pescar. Pegou na cana e atirou-a ao mar. Passado um bocado já um grande peixe mordia o
isco. E ele, contente, tirou-o do mar e foi para casa. Quando chegou a casafez uma fogueira e assou o
peixe.


                                                                             Ana Paula Ramos     nº3
Um velho humilde mas persistente


         Numa aldeia distante vivia um velho pobre chamado Santiago. Morava numa casa em frente
ao mar, modesta que tinha sido feita pelas suas próprias mãos, esse era um dos motivos que fazia com
que Santiago tivesse muito orgulho nela. Era uma casa feita de madeira apenas com duas janelas e
uma porta. Em roda da casa havia um jardim de areia onde cresciam flores brancas em volta os
rochedos com variadas formas onde Santiago gostava de se sentar a ver a Lua reflectida no mar.
         Santiago passava os dias no mar a pescar. Pescar era a sua profissão mas além disso era
também o que ele mais gostava de fazer, a sua paixão. Nunca tinha tido outra profissão mas o que ele
tinha a certeza era que já não conseguia viver longe do mar, mesmo que nem sempre pescasse alguma
coisa.
         Num domingo, estava prestes a amanhecer quando Santiago acordou com o leve bater das
ondas do mar nas rochas. Apesar de ser domingo o velho sabia que eram horas de se levantar para ir
pescar pois pescar era também o seu sustento.
         Pegou no seu pequeno barco de madeira que lhe tinha sido deixado de herança também
pescador, e saiu para o mar.
         Estava já longe de sua casa quando deitoou o anzól ao mar. Apesar do velho ter alma e olhos
de jovem, o seu corpo já não tinha tanta resistência como quando era novo e como já tinham passado
algumas horas, o velho sentia-se cansado, com fome e também triste pois ainda não tinha pescado um
único peixe.
         Quando menos esperava, eis quando sentiu uma puxada, o peixe finalmente tinha ferrado o
isco.
         No meio de uma alegria, o velho ficou também muito surpreendido pois era o maior peixe que
ele já tinha visto em toda a sua vida. Foi depois com muito esforço que Santiago conseguiu tirar o
peixe da água e pô-lo no seu barco. Já pouco espaço estava no barco pois o peixe era tão grande que
ocupava a maior parte.
         Depois daquela grande pesca, Santiago voltou para sua casa. Os seus vizinhos quando o viram
chegar fizeram uma grande agitação pois também eles nunca tinham visto tal peixe.
         Santiago almoçou então em paz e orgulhoso pensando para ele que nunca haveria de desistir
de nada, pois apesar da fome, cansaço e desespero por não pescar nada, ele não desistiu e teve a sua
grande recompensa.


                                                                                Cátia Martins   nº7




       Uma ida ao mar...
Falaram-me de um velho, um tal de Santiago (acho que era assim que se chamava), que
andava com pouca sorte na sua profissão – já não pescava à oitenta e quatro dias. Ia para o mar todos
os dias mas chegava a casa consoante saía, ou seja, sem nenhum peixe. Chegava só. Mas ele era
corajoso, persistente e, por isso, não desistia do seu principal objectivo: conseguir pescar um peixe,
um simples peixe para mostrar a todos os outros pescadores, seus amigos, que era capaz de o fazer tal
como todos eles. Não queria ser visto como um pobre velho incapacitado de exercer a sua humilde
profissão.
        Certo dia foi para o mar e decidiu não sair de lá enquanto não conseguisse pescar um peixe.
Estava determinado a cumprir aqula “promessa” apesar de o terem avisado que não era um bom dia
de pesca... Era teimoso e, por isso, não desistiu mesmo depois daquele conselho. Santiago pegou no
seu barco e lançou-se para o mar para ver a sua sorte. Esteve horas e horas semsinal de peixe até que,
de repente, sentiu um esticão na sua cana. O peixe saltou e este pôde ver o seu tamanho: era quase tão
grande como o seu barco, era um grande, grande peixe... Santiago nunca tinha pescado um peixe
assim tão grande em toda a sua vida como pescador... O peixe fazia cada vez mais força na cana pois
queria fugir... O velho já não aguentava a resistência do peixe e então começou a gritar:
        - Ajudem-me, ajudem-me!!! Alguém está aí? Ajudem-me por favor...
        Não haviam pescadores no mar mas um homem andava a passear pela areia e ouviu os gritos
do velho. Sem saber muito bem o que fazer, decidiu ir procurar ajuda... Entretanto, Santiago
continuava a “lutar” contra o peixe... Passados uns minutos, vieram os amigos do velho e foram
ajudá-lo: meteram-se nos seus barcos e foram ter com este. Quando lá chegaram o velho já estava
cansado. Estes meteram-se no “barco da acção” e puxaram a cana até que o peixe caiu dentro do
barco.
        - Obrigado, muito obrigado a todos! - dizia Santiago - Este peixe é vosso... Eu vim para o mar
para vos mostrar que não sou um velho parvo que nem um peixe conseguia pescar quando esta é a
minha profissão.
        - Não tinhas de o fazer Santiago! Os dias não são todos de sorte, apenas não ias para os sítios
certos e nem tinhas sorte, só isso! - dizia um dos seus amigos.
        - Eu sei meus amigos, eu sei... Mas agora já está feito... Vamos lá embora agora que já temos o
peixe e vamos comê-lo todos, sim porque ele é bem grande e chega para todos.
        E lá foram todos embora, felizes, com o peixe... Fizeram uma fogueira e, enquanto o peixe não
estava pronto, falaram das suas aventuras enquanto novos e também por tudo o que já tinham
passado, relembraram os seus momentos mais marcantes...


                                                                                   Rita Freitas   nº19




       A má sorte do velho
O velho Santiago, todos os dias pegava no seu barco e ia para o mar, mas com a sua má sorte
já não pescava havia oitenta e quatro dias.
        Uma manhã ajudado por Manolin, mais uma vez saiu para o mar.
        Santiago decidiu não sair do mar enquanto não pescasse um grande peixe.
        Passou então três dias em claro.
        Até que de repente sentiu um grande esticão. Era um grande peixe, era aquele que o velho
sempre sonhara pescar.
        Como Santiago era velho e não tinha muita força deixou no peixe flutuar nas águas do mar.
        Santiago reparou que alguns tubarões vinham em direcção ao seu barco. Eram tubarões
esfomeados, capazes de comer o peixe de uma dentada só.
        De repente o velho olhou para o peixe e viu que só tinha metade. O velho tentou manter
aquela parte do peixe, rogando pragas aos tubarões, mas não conseguiu pois aquela parte também foi
comida pelos esfomeados tubarões.
        Santiago estava a chegar a terra, mas só lhe restava a carcassa do seu grande peixe.
        Com toda esta angústia o velho foi para a sua cabana, descansar da sua longa viagem.


                                                                               Zaida Ramos nº22
(...)
Título da obra: “O Velho e o Mar”
Autor: Ernest Hemingway
Editora: Livros do Brasil
Ilustrações: Bernardo Marques

Espaço: Havana: mar (Golfo do México), café do Terraço, cabana.
Tempo:
Personagens principais: Santiago; Manolin
Figurantes:

Assunto:
(...)
(...)
(...) Adriana




(...) Ana Paula Ramos
(...) Cátia
(...) Rita
(...) Zaida
(...)
(...)
(...)

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Parecer de aluno não acompanhado pelos pais
Parecer de aluno não acompanhado pelos paisParecer de aluno não acompanhado pelos pais
Parecer de aluno não acompanhado pelos pais
SimoneHelenDrumond
 
Modelo de ficha de leitura
Modelo de ficha de leituraModelo de ficha de leitura
Modelo de ficha de leitura
Sérgio Lagoa
 
Relatório de Reflexão Crítica - Vera Oliveira
Relatório de Reflexão Crítica - Vera OliveiraRelatório de Reflexão Crítica - Vera Oliveira
Relatório de Reflexão Crítica - Vera Oliveira
Vera Oliveira
 
Exemplo de atividade elaboração de história em quadrinhos - hq.
Exemplo de atividade  elaboração de história em quadrinhos  - hq.Exemplo de atividade  elaboração de história em quadrinhos  - hq.
Exemplo de atividade elaboração de história em quadrinhos - hq.
rmarangon07
 
Grande aventura fichas-de-avaliacao-3ano-argolas
Grande aventura fichas-de-avaliacao-3ano-argolasGrande aventura fichas-de-avaliacao-3ano-argolas
Grande aventura fichas-de-avaliacao-3ano-argolas
Sandra Leite
 

Mais procurados (20)

Plano de ação pedagógica 2009 anandreia
Plano de ação pedagógica 2009   anandreiaPlano de ação pedagógica 2009   anandreia
Plano de ação pedagógica 2009 anandreia
 
Parecer de aluno não acompanhado pelos pais
Parecer de aluno não acompanhado pelos paisParecer de aluno não acompanhado pelos pais
Parecer de aluno não acompanhado pelos pais
 
Dinâmicas para professores
Dinâmicas para professoresDinâmicas para professores
Dinâmicas para professores
 
Oficina de produção de texto
Oficina de produção de textoOficina de produção de texto
Oficina de produção de texto
 
PIAF CARDÁPIO 2023.pdf
PIAF CARDÁPIO 2023.pdfPIAF CARDÁPIO 2023.pdf
PIAF CARDÁPIO 2023.pdf
 
Relatorio auto avaliacao_filipe pires
Relatorio auto avaliacao_filipe piresRelatorio auto avaliacao_filipe pires
Relatorio auto avaliacao_filipe pires
 
LÍNGUA PORTUGUESA | 1ª SÉRIE | HABILIDADE BNCC (EM13LGG101)
LÍNGUA PORTUGUESA | 1ª SÉRIE | HABILIDADE BNCC  (EM13LGG101) LÍNGUA PORTUGUESA | 1ª SÉRIE | HABILIDADE BNCC  (EM13LGG101)
LÍNGUA PORTUGUESA | 1ª SÉRIE | HABILIDADE BNCC (EM13LGG101)
 
Guiao: Como fazer uma entrevista
Guiao: Como fazer uma entrevistaGuiao: Como fazer uma entrevista
Guiao: Como fazer uma entrevista
 
Oficina de Gêneros Textuais em sala de aula
Oficina de Gêneros Textuais em sala de aulaOficina de Gêneros Textuais em sala de aula
Oficina de Gêneros Textuais em sala de aula
 
Caderno de consolidação de leitura e escrita 1º ano casos de leitura / padrõe...
Caderno de consolidação de leitura e escrita 1º ano casos de leitura / padrõe...Caderno de consolidação de leitura e escrita 1º ano casos de leitura / padrõe...
Caderno de consolidação de leitura e escrita 1º ano casos de leitura / padrõe...
 
Modelo de ficha de leitura
Modelo de ficha de leituraModelo de ficha de leitura
Modelo de ficha de leitura
 
Observação sala de aula pedro reis
Observação sala de aula pedro reisObservação sala de aula pedro reis
Observação sala de aula pedro reis
 
Avaliação de leitura - O pequeno príncipe - 6º ano - ProAlex
Avaliação de leitura - O pequeno príncipe - 6º ano - ProAlexAvaliação de leitura - O pequeno príncipe - 6º ano - ProAlex
Avaliação de leitura - O pequeno príncipe - 6º ano - ProAlex
 
oficina de programa de ação.pptx
oficina de programa de ação.pptxoficina de programa de ação.pptx
oficina de programa de ação.pptx
 
Relatório de Reflexão Crítica - Vera Oliveira
Relatório de Reflexão Crítica - Vera OliveiraRelatório de Reflexão Crítica - Vera Oliveira
Relatório de Reflexão Crítica - Vera Oliveira
 
Projeto intervencao matemática
Projeto intervencao   matemáticaProjeto intervencao   matemática
Projeto intervencao matemática
 
Estatistica nos anos inicias
Estatistica nos anos iniciasEstatistica nos anos inicias
Estatistica nos anos inicias
 
Teste - inglês 4 e 5 ano
Teste - inglês 4 e 5 anoTeste - inglês 4 e 5 ano
Teste - inglês 4 e 5 ano
 
Exemplo de atividade elaboração de história em quadrinhos - hq.
Exemplo de atividade  elaboração de história em quadrinhos  - hq.Exemplo de atividade  elaboração de história em quadrinhos  - hq.
Exemplo de atividade elaboração de história em quadrinhos - hq.
 
Grande aventura fichas-de-avaliacao-3ano-argolas
Grande aventura fichas-de-avaliacao-3ano-argolasGrande aventura fichas-de-avaliacao-3ano-argolas
Grande aventura fichas-de-avaliacao-3ano-argolas
 

Destaque

Portfólio luciana andrade
Portfólio luciana andradePortfólio luciana andrade
Portfólio luciana andrade
familiaestagio
 
Disciplina de língua portuguesa
Disciplina de língua portuguesaDisciplina de língua portuguesa
Disciplina de língua portuguesa
Vanda Marques
 
Portfolio Do Aluno Workshop
Portfolio Do Aluno WorkshopPortfolio Do Aluno Workshop
Portfolio Do Aluno Workshop
Antero
 
Portfolio de atividades o principezinho fichas de trabalho
Portfolio de atividades o principezinho   fichas de trabalhoPortfolio de atividades o principezinho   fichas de trabalho
Portfolio de atividades o principezinho fichas de trabalho
helena frança
 
Roteiro para portfólio 7º ano
Roteiro para portfólio   7º anoRoteiro para portfólio   7º ano
Roteiro para portfólio 7º ano
marina_cordova
 
21 05 2011 portifólio modelos e praticas de formacao de professores pro fa. m...
21 05 2011 portifólio modelos e praticas de formacao de professores pro fa. m...21 05 2011 portifólio modelos e praticas de formacao de professores pro fa. m...
21 05 2011 portifólio modelos e praticas de formacao de professores pro fa. m...
betejorgino
 
Pil - Projecto Individual de Leitura
Pil - Projecto Individual de LeituraPil - Projecto Individual de Leitura
Pil - Projecto Individual de Leitura
Ana Tapadas
 
Se Perguntarem por mim, Digam que Voei
Se Perguntarem por mim, Digam que VoeiSe Perguntarem por mim, Digam que Voei
Se Perguntarem por mim, Digam que Voei
Flora Ferreira
 
Português 6º ano (portfólio 05 out)
Português 6º ano (portfólio 05 out)Português 6º ano (portfólio 05 out)
Português 6º ano (portfólio 05 out)
Colégio Degraus
 

Destaque (20)

Portfólio portugues
Portfólio portuguesPortfólio portugues
Portfólio portugues
 
Portfólio pronto
Portfólio prontoPortfólio pronto
Portfólio pronto
 
Apresentação do portfólio
Apresentação do portfólioApresentação do portfólio
Apresentação do portfólio
 
Como montar um portfolio?
Como montar um portfolio?Como montar um portfolio?
Como montar um portfolio?
 
Portfólios
PortfóliosPortfólios
Portfólios
 
Portfólio luciana andrade
Portfólio luciana andradePortfólio luciana andrade
Portfólio luciana andrade
 
Modelo portfólio unopar
Modelo portfólio unoparModelo portfólio unopar
Modelo portfólio unopar
 
Disciplina de língua portuguesa
Disciplina de língua portuguesaDisciplina de língua portuguesa
Disciplina de língua portuguesa
 
Portfolio Do Aluno Workshop
Portfolio Do Aluno WorkshopPortfolio Do Aluno Workshop
Portfolio Do Aluno Workshop
 
Portfolio de atividades o principezinho fichas de trabalho
Portfolio de atividades o principezinho   fichas de trabalhoPortfolio de atividades o principezinho   fichas de trabalho
Portfolio de atividades o principezinho fichas de trabalho
 
Portfolio webAula - 2012
Portfolio webAula - 2012 Portfolio webAula - 2012
Portfolio webAula - 2012
 
Resumo portfolio
Resumo portfolioResumo portfolio
Resumo portfolio
 
Trabalho 3º trimestre – Portfólio
Trabalho 3º trimestre – PortfólioTrabalho 3º trimestre – Portfólio
Trabalho 3º trimestre – Portfólio
 
Roteiro para portfólio 7º ano
Roteiro para portfólio   7º anoRoteiro para portfólio   7º ano
Roteiro para portfólio 7º ano
 
Portefólio da criança
Portefólio da criançaPortefólio da criança
Portefólio da criança
 
21 05 2011 portifólio modelos e praticas de formacao de professores pro fa. m...
21 05 2011 portifólio modelos e praticas de formacao de professores pro fa. m...21 05 2011 portifólio modelos e praticas de formacao de professores pro fa. m...
21 05 2011 portifólio modelos e praticas de formacao de professores pro fa. m...
 
Pil - Projecto Individual de Leitura
Pil - Projecto Individual de LeituraPil - Projecto Individual de Leitura
Pil - Projecto Individual de Leitura
 
Se Perguntarem por mim, Digam que Voei
Se Perguntarem por mim, Digam que VoeiSe Perguntarem por mim, Digam que Voei
Se Perguntarem por mim, Digam que Voei
 
Português 6º ano (portfólio 05 out)
Português 6º ano (portfólio 05 out)Português 6º ano (portfólio 05 out)
Português 6º ano (portfólio 05 out)
 
TCC Letras Português/Inglês UNIUBE Tiago Pereira Batista
TCC Letras Português/Inglês UNIUBE Tiago Pereira BatistaTCC Letras Português/Inglês UNIUBE Tiago Pereira Batista
TCC Letras Português/Inglês UNIUBE Tiago Pereira Batista
 

Semelhante a PortfóLio

P O R T A L D O P R O F E S S O R M E C
P O R T A L  D O  P R O F E S S O R    M E CP O R T A L  D O  P R O F E S S O R    M E C
P O R T A L D O P R O F E S S O R M E C
guest4ec91e
 
Cadernodeatividadesprociencia 2009
Cadernodeatividadesprociencia 2009Cadernodeatividadesprociencia 2009
Cadernodeatividadesprociencia 2009
slnascimento
 
MAPA_EF2_7ano_V4_Matematica_PF.pdf
MAPA_EF2_7ano_V4_Matematica_PF.pdfMAPA_EF2_7ano_V4_Matematica_PF.pdf
MAPA_EF2_7ano_V4_Matematica_PF.pdf
juliaMCFernandes
 
Mapa Mundo 9 - Caderno de Apoio ao Professor.pdf
Mapa Mundo 9 - Caderno de Apoio ao Professor.pdfMapa Mundo 9 - Caderno de Apoio ao Professor.pdf
Mapa Mundo 9 - Caderno de Apoio ao Professor.pdf
Marisa Gonçalves
 
Material impresso
Material impressoMaterial impresso
Material impresso
itamiris
 
Material impresso
Material impressoMaterial impresso
Material impresso
itamiris
 
Material impresso
Material impressoMaterial impresso
Material impresso
itamiris
 
Material impresso
Material impressoMaterial impresso
Material impresso
itamiris
 
Coppe sala interativa(30 09 2011)
Coppe sala interativa(30 09 2011)Coppe sala interativa(30 09 2011)
Coppe sala interativa(30 09 2011)
Fernanda Sarmento
 

Semelhante a PortfóLio (20)

MAPA_EMédio_1 Ano do EM_LINGUAGENS 2024.pdf
MAPA_EMédio_1 Ano do EM_LINGUAGENS 2024.pdfMAPA_EMédio_1 Ano do EM_LINGUAGENS 2024.pdf
MAPA_EMédio_1 Ano do EM_LINGUAGENS 2024.pdf
 
Anais do I Seminário de Ensino Aprendizagem em Teatro
Anais do I Seminário de Ensino Aprendizagem em TeatroAnais do I Seminário de Ensino Aprendizagem em Teatro
Anais do I Seminário de Ensino Aprendizagem em Teatro
 
Livro professor cn 7o ano
Livro professor cn 7o anoLivro professor cn 7o ano
Livro professor cn 7o ano
 
P O R T A L D O P R O F E S S O R M E C
P O R T A L  D O  P R O F E S S O R    M E CP O R T A L  D O  P R O F E S S O R    M E C
P O R T A L D O P R O F E S S O R M E C
 
Manual da epociências
Manual da epociênciasManual da epociências
Manual da epociências
 
Cadernodeatividadesprociencia 2009
Cadernodeatividadesprociencia 2009Cadernodeatividadesprociencia 2009
Cadernodeatividadesprociencia 2009
 
MAPA_EF2_7ano_V4_Matematica_PF.pdf
MAPA_EF2_7ano_V4_Matematica_PF.pdfMAPA_EF2_7ano_V4_Matematica_PF.pdf
MAPA_EF2_7ano_V4_Matematica_PF.pdf
 
Mapa mundo 9 caderno de apoio ao professor
Mapa mundo 9   caderno de apoio ao professorMapa mundo 9   caderno de apoio ao professor
Mapa mundo 9 caderno de apoio ao professor
 
Mapa Mundo 9 - Caderno de Apoio ao Professor.pdf
Mapa Mundo 9 - Caderno de Apoio ao Professor.pdfMapa Mundo 9 - Caderno de Apoio ao Professor.pdf
Mapa Mundo 9 - Caderno de Apoio ao Professor.pdf
 
Cinciasexperimentaisno1ciclo20122013 121028114507-phpapp01
Cinciasexperimentaisno1ciclo20122013 121028114507-phpapp01Cinciasexperimentaisno1ciclo20122013 121028114507-phpapp01
Cinciasexperimentaisno1ciclo20122013 121028114507-phpapp01
 
Guia do professor CN_ ASA
Guia do professor CN_ ASAGuia do professor CN_ ASA
Guia do professor CN_ ASA
 
Guiadoprofessorcnasa 160323151213
Guiadoprofessorcnasa 160323151213Guiadoprofessorcnasa 160323151213
Guiadoprofessorcnasa 160323151213
 
PNLD19_Apis_Ciencias_1ANO_PR_ATICA.pdf
PNLD19_Apis_Ciencias_1ANO_PR_ATICA.pdfPNLD19_Apis_Ciencias_1ANO_PR_ATICA.pdf
PNLD19_Apis_Ciencias_1ANO_PR_ATICA.pdf
 
Material impresso
Material impressoMaterial impresso
Material impresso
 
Material impresso
Material impressoMaterial impresso
Material impresso
 
Material impresso
Material impressoMaterial impresso
Material impresso
 
Material impresso
Material impressoMaterial impresso
Material impresso
 
Material impresso
Material impressoMaterial impresso
Material impresso
 
Coppe sala interativa(30 09 2011)
Coppe sala interativa(30 09 2011)Coppe sala interativa(30 09 2011)
Coppe sala interativa(30 09 2011)
 
Guião pesquisa modelo plus -geografia
Guião pesquisa   modelo plus -geografiaGuião pesquisa   modelo plus -geografia
Guião pesquisa modelo plus -geografia
 

Mais de Rita_Freitas

Dia Mundial Da áGua
Dia Mundial Da áGuaDia Mundial Da áGua
Dia Mundial Da áGua
Rita_Freitas
 
Doenças Sexualmente Transmissíveis
Doenças Sexualmente TransmissíveisDoenças Sexualmente Transmissíveis
Doenças Sexualmente Transmissíveis
Rita_Freitas
 

Mais de Rita_Freitas (6)

Dia Mundial Da áGua
Dia Mundial Da áGuaDia Mundial Da áGua
Dia Mundial Da áGua
 
Alemanha Vs. Mali
Alemanha Vs. MaliAlemanha Vs. Mali
Alemanha Vs. Mali
 
Trabalho De Tic
Trabalho De TicTrabalho De Tic
Trabalho De Tic
 
C O N V I T E
C O N V I T EC O N V I T E
C O N V I T E
 
Convite
ConviteConvite
Convite
 
Doenças Sexualmente Transmissíveis
Doenças Sexualmente TransmissíveisDoenças Sexualmente Transmissíveis
Doenças Sexualmente Transmissíveis
 

PortfóLio

  • 1. Escola EB 2,3 de Montelongo Trabalho elaborado por: Adriana Patrícia Martins Pereira nº1 Ana Paula Baptista Ramos nº3 Cátia Patrícia Fernandes Martins nº7 9ºC Rita Alexandra Teixeira Freitas nº19 Zaida Gabriela Cunha Ramos nº22 Disciplina de: Área de Projecto Professora: Maria Inês Jerónimo Ano lectivo: 2008/2009
  • 2. Índice finalidades do portfólio: objectivos .................................................................................................................... ? capacidades a desenvolver .......................................................................................... ? definição de portfólio .............................................................................................................. ? contrato de leitura ................................................................................................................... ?
  • 3. ObjectivOs: desenvolver a capacidade de organização; reforçar os conhecimentos; contextualizar conhecimentos; reflectir acerca do trabalho pessoal; aprefeiçoar o trabalho pessoal; desenvolver o gosto pelo trabalho pessoal. capacidades a desenvOlver planificar; pensar criticamente; avaliar; reinventar; aceitar o erro; aprender com a crítica; reformular; aprender a ter sucesso.
  • 4. O portflólio enquanto ferramenta pedagógica pode ser descrito como uma colecção organizada e planeada de trabalhos produzidos pelo(s) aluno(s), ao longo de um determinado período de tempo, de forma a poder proporcionar uma visão alargada e detalhada da aprendizagem efectuada bem como das diferenças componentes do seu desenvolvimento cognitivo, metacognitivo e afectivo. Reflecte também a identidade de cada aluno, de cada professor, em cada contexto, enquanto construtores do seu desenvolvimento ao longo da vida. Permite uma verdadeira avaliação contínua. (internet, google, Portfólio Aprendizagem) Portfólio é uma pasta utilizada para guardar papéis, desenhos... Designação dada ao material fotográfico, bibliográfico... Utilizado em apresentações comerciais e profissionais. Registo curricular individual de habilitações, sobretudo no domínio da aprendizagem de línguas estrangeiras. (dicionário de Língua Portuguesa) Portfólio é uma pasta utilizada para guardar papéis, desenhos, mapas, etc. (dicionário da Língua Portuguesa) É uma área pessoal, podendo também pertencer a uma instituição ou empresa, onde se pode disponibilizar qualquer tipo de informação. É um conjunto de documentos (trabalhos de pesquisa, fotografias, trabalhos escritos, desenhos, exercícios, provas, etc.), reunidos, por exemplo, num dossier, acompanhados de uma reflexão do autor e organizados tendo em conta os objectivos que se pretendem atingir/desenvolver. O portflólio consiste, na sua essência, de uma pasta individual, onde são colecionados os trabalhos realizados pelo aluno, no decorrer dos seus estudos de uma disciplina, de um curso, ou mesmo durante alguns anos, como ai longo de um ciclo de estudos. É um local para colecionar todos os passos percorridos pelo aluno ao longo da tragetória de sua aprendizagem. Um portfólio permite construir, entre outras coisas, o perfil académico do aluno, reflectindo o ritmo e a direcção de seu crescimento, os temas de seu interesse, suas dificuldades e o potencial a ser desenvolvido. Além da sua própria produção académica, o aluno é incentivado a colecionar. No momento devido, todo esse material colecionado poderá oferecer subsídios para a avaliação do aluno, do professor, dos conteúdos e das metodologias de ensino, assim como para estimar o impacto da disciplina, curso ou programa educacional. Os dados devem ser registados regularmente, o que imprime à coletância de documentos contidos no portfólio um significado muito mais amplo e realista, do que as informações que resultam de avaliações pontuais realizadas em situação de exame. (internet, google, o que é o portfólio?)
  • 5. Para desenvolver as actividades do Plano Anual de Leitura, os alunos do 8º ano, da turma C, propõem-se ler, dentro das condições que lhe são possíveis, e depois organizar um PORTEFOLIO, seguindo as orientações da professora da diacíplina de Língua Portuguesa, obras seleccionadas a partir das referenciadas no projecto do Referido Plano. TEXTO NARRATIVO “O Velho e o Mar”, de Ernest Hemingway; “O Principezinho”, de Antoine de Saint-Éxupery TEXTO DRAMÁTICO “O auto da barca do inferno”, de Gil Vicente TEXTO POÉTICO
  • 6. QUAIS AS OBRAS QUE PODEMOS ENCONTRAR NESTE CAPÍTULO? “O Velho e o Mar”, de Ernest Hemingway “O Principezinho”, de Antoine de Saint-Éxupery “O Auto da Barco do Inferno”, de Gil Vicente
  • 7. Introdução ........................................................................................................................................... ? Dedicatória .......................................................................................................................................... ? Espectativas da organização do portfólio ........................................................................................... ? “O Velho e o Mar” .............................................................................................................................. ? Texto introdutório ............................................................................................................................... ? Textos criativos ................................................................................................................................... ? Recolha de informação ....................................................................................................................... ? Ficha de avaliação de leitura ............................................................................................................... ? Avaliação ............................................................................................................................................ ? “O Principezinho” ............................................................................................................................... ? Texto introdutório ............................................................................................................................... ? Textos criativos ................................................................................................................................... ? Recolha de informação ....................................................................................................................... ? Ficha de avaliação de leitura ............................................................................................................... ? Avaliação ............................................................................................................................................ ? “O Auto da Barca do Inferno” ............................................................................................................ ? Texto introdutório ............................................................................................................................... ? Textos criativos ................................................................................................................................... ? Recolha de informação ....................................................................................................................... ? Ficha de avaliação de leitura ............................................................................................................... ? Avaliação ............................................................................................................................................ ?
  • 8.
  • 10. Um dia no mar... Havia um rapazque gostava muito do mar. Como morava à beira-mar, todas as manhãs abria a janela do seu quarto e ia vê-lo. Nessa manhã decidiu ir para o mar, de barco. A noite anterior tinha estado calma, mas a manhã estava com muito vento e aproximava-se uma tempestade. Mesmo assim o rapaz não desistiu de ir para o mar. O céu ficou escuro e começou a chover. O mar ficou bravo e o rapaz teve dificuldade em controlar o barco. Finalmente, a tempestade acalmou e o mar voltou ao seu estado normal. Então, o rapaz decidiu pescar. Pegou na cana e atirou-a ao mar. Passado um bocado já um grande peixe mordia o isco. E ele, contente, tirou-o do mar e foi para casa. Quando chegou a casafez uma fogueira e assou o peixe. Ana Paula Ramos nº3
  • 11. Um velho humilde mas persistente Numa aldeia distante vivia um velho pobre chamado Santiago. Morava numa casa em frente ao mar, modesta que tinha sido feita pelas suas próprias mãos, esse era um dos motivos que fazia com que Santiago tivesse muito orgulho nela. Era uma casa feita de madeira apenas com duas janelas e uma porta. Em roda da casa havia um jardim de areia onde cresciam flores brancas em volta os rochedos com variadas formas onde Santiago gostava de se sentar a ver a Lua reflectida no mar. Santiago passava os dias no mar a pescar. Pescar era a sua profissão mas além disso era também o que ele mais gostava de fazer, a sua paixão. Nunca tinha tido outra profissão mas o que ele tinha a certeza era que já não conseguia viver longe do mar, mesmo que nem sempre pescasse alguma coisa. Num domingo, estava prestes a amanhecer quando Santiago acordou com o leve bater das ondas do mar nas rochas. Apesar de ser domingo o velho sabia que eram horas de se levantar para ir pescar pois pescar era também o seu sustento. Pegou no seu pequeno barco de madeira que lhe tinha sido deixado de herança também pescador, e saiu para o mar. Estava já longe de sua casa quando deitoou o anzól ao mar. Apesar do velho ter alma e olhos de jovem, o seu corpo já não tinha tanta resistência como quando era novo e como já tinham passado algumas horas, o velho sentia-se cansado, com fome e também triste pois ainda não tinha pescado um único peixe. Quando menos esperava, eis quando sentiu uma puxada, o peixe finalmente tinha ferrado o isco. No meio de uma alegria, o velho ficou também muito surpreendido pois era o maior peixe que ele já tinha visto em toda a sua vida. Foi depois com muito esforço que Santiago conseguiu tirar o peixe da água e pô-lo no seu barco. Já pouco espaço estava no barco pois o peixe era tão grande que ocupava a maior parte. Depois daquela grande pesca, Santiago voltou para sua casa. Os seus vizinhos quando o viram chegar fizeram uma grande agitação pois também eles nunca tinham visto tal peixe. Santiago almoçou então em paz e orgulhoso pensando para ele que nunca haveria de desistir de nada, pois apesar da fome, cansaço e desespero por não pescar nada, ele não desistiu e teve a sua grande recompensa. Cátia Martins nº7 Uma ida ao mar...
  • 12. Falaram-me de um velho, um tal de Santiago (acho que era assim que se chamava), que andava com pouca sorte na sua profissão – já não pescava à oitenta e quatro dias. Ia para o mar todos os dias mas chegava a casa consoante saía, ou seja, sem nenhum peixe. Chegava só. Mas ele era corajoso, persistente e, por isso, não desistia do seu principal objectivo: conseguir pescar um peixe, um simples peixe para mostrar a todos os outros pescadores, seus amigos, que era capaz de o fazer tal como todos eles. Não queria ser visto como um pobre velho incapacitado de exercer a sua humilde profissão. Certo dia foi para o mar e decidiu não sair de lá enquanto não conseguisse pescar um peixe. Estava determinado a cumprir aqula “promessa” apesar de o terem avisado que não era um bom dia de pesca... Era teimoso e, por isso, não desistiu mesmo depois daquele conselho. Santiago pegou no seu barco e lançou-se para o mar para ver a sua sorte. Esteve horas e horas semsinal de peixe até que, de repente, sentiu um esticão na sua cana. O peixe saltou e este pôde ver o seu tamanho: era quase tão grande como o seu barco, era um grande, grande peixe... Santiago nunca tinha pescado um peixe assim tão grande em toda a sua vida como pescador... O peixe fazia cada vez mais força na cana pois queria fugir... O velho já não aguentava a resistência do peixe e então começou a gritar: - Ajudem-me, ajudem-me!!! Alguém está aí? Ajudem-me por favor... Não haviam pescadores no mar mas um homem andava a passear pela areia e ouviu os gritos do velho. Sem saber muito bem o que fazer, decidiu ir procurar ajuda... Entretanto, Santiago continuava a “lutar” contra o peixe... Passados uns minutos, vieram os amigos do velho e foram ajudá-lo: meteram-se nos seus barcos e foram ter com este. Quando lá chegaram o velho já estava cansado. Estes meteram-se no “barco da acção” e puxaram a cana até que o peixe caiu dentro do barco. - Obrigado, muito obrigado a todos! - dizia Santiago - Este peixe é vosso... Eu vim para o mar para vos mostrar que não sou um velho parvo que nem um peixe conseguia pescar quando esta é a minha profissão. - Não tinhas de o fazer Santiago! Os dias não são todos de sorte, apenas não ias para os sítios certos e nem tinhas sorte, só isso! - dizia um dos seus amigos. - Eu sei meus amigos, eu sei... Mas agora já está feito... Vamos lá embora agora que já temos o peixe e vamos comê-lo todos, sim porque ele é bem grande e chega para todos. E lá foram todos embora, felizes, com o peixe... Fizeram uma fogueira e, enquanto o peixe não estava pronto, falaram das suas aventuras enquanto novos e também por tudo o que já tinham passado, relembraram os seus momentos mais marcantes... Rita Freitas nº19 A má sorte do velho
  • 13. O velho Santiago, todos os dias pegava no seu barco e ia para o mar, mas com a sua má sorte já não pescava havia oitenta e quatro dias. Uma manhã ajudado por Manolin, mais uma vez saiu para o mar. Santiago decidiu não sair do mar enquanto não pescasse um grande peixe. Passou então três dias em claro. Até que de repente sentiu um grande esticão. Era um grande peixe, era aquele que o velho sempre sonhara pescar. Como Santiago era velho e não tinha muita força deixou no peixe flutuar nas águas do mar. Santiago reparou que alguns tubarões vinham em direcção ao seu barco. Eram tubarões esfomeados, capazes de comer o peixe de uma dentada só. De repente o velho olhou para o peixe e viu que só tinha metade. O velho tentou manter aquela parte do peixe, rogando pragas aos tubarões, mas não conseguiu pois aquela parte também foi comida pelos esfomeados tubarões. Santiago estava a chegar a terra, mas só lhe restava a carcassa do seu grande peixe. Com toda esta angústia o velho foi para a sua cabana, descansar da sua longa viagem. Zaida Ramos nº22
  • 14. (...)
  • 15. Título da obra: “O Velho e o Mar” Autor: Ernest Hemingway Editora: Livros do Brasil Ilustrações: Bernardo Marques Espaço: Havana: mar (Golfo do México), café do Terraço, cabana. Tempo: Personagens principais: Santiago; Manolin Figurantes: Assunto:
  • 16. (...)
  • 17.
  • 18. (...)
  • 19. (...) Adriana (...) Ana Paula Ramos
  • 23.
  • 24. (...)
  • 25. (...)
  • 26. (...)