Funções sintáticas e modificadores

47.070 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
0 comentários
26 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
47.070
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
222
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
5
Comentários
0
Gostaram
26
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Funções sintáticas e modificadores

  1. 1. Funções sintáticas
  2. 2. Grupo nominal sujeito  Simples O ambiente precisa de ser protegido.  Composto A chuva e a neve são dois fenómenos naturais.  Nulo subentendido Gostei de ver a neve cair.  Nulo indeterminado Tem-se escrito muito sobre Fernando Pessoa. Dizem que os portugueses são pessimistas.  Nulo expletivo Ora chove, ora neva, ora faz sol, ora troveja. Há pão na mesa.
  3. 3. PREDICADO  Função sintáctica cujo núcleo é o verbo. Os complementos situados à direita do verbo fazem parte do predicado, quando por si seleccionados.  Predicado nominal: constituído por um verbo copulativo (ser, estar, parecer permanecer, ficar, continuar, …) e o predicativo do sujeito. A Ana está doente.  Predicado verbal: Constituído por um verbo com significado próprio, transitivo ou intransitivo: Os filhos obedecem aos pais. O queijo foi comido pelo rato.
  4. 4. Funções sintáticas internas ao GV  Os complementos do verbo são os constituintes por si seleccionados e poderão ser grupos nominais, grupos preposicionais, grupos adverbiais ou frásicos.  Predicativo do sujeito – complemento solicitado pelos verbos copulativos (ser, estar, permanecer, ficar, continuar, parecer, revelar-se, tornar-se): O cão está saudável.  Complemento directo – complemento solicitado pelos verbos transitivos directos: O agricultor cultiva os campos.
  5. 5. Funções sintáticas internas ao GV  Predicativo do Complemento directo – complemento exigido pelos transitivos diretos e que completa o complemento direto, solicitado por verbos como considerar, julgar, eleger, nomear, apelidar: a. O juiz considerou o jovem inocente. b. Alguém chamou D. Sebastião de louco.
  6. 6. Funções sintáticas internas ao GV  Complemento Indirecto – complemento seleccionado pelos verbos transitivos indirectos e que se liga indirectamente ao verbo por meio da preposição a: Os soldados obedecem ao capitão.  Agente da Passiva – complemento de um verbo na voz passiva: A casa foi limpa pelo pai.
  7. 7. Funções sintáticas internas ao GV  Complemento Oblíquo – complemento selecionado por um verbo transitivo indireto, apresentando a forma de grupo preposicional, grupo adverbial ou a coordenação de uma dessas formas: a. O João gosta de cinema. b. Ontem fui a Lisboa. c. Gosto dos filmes do Spielberg.
  8. 8. Funções sintáticas internas ao GN  Modificador do nome - função sintática desempenhada pelo constituintes não seleccionados pelo núcleo do grupo nominal, formado por um nome, ou por uma expressão, ou adjectivos, ou um constituinte frásico, cujo núcleo é o nome
  9. 9. Funções sintáticas internas ao GN  Modificador apositivo a. O livro de Miguel SousaTavares, O Equador, mereceu o prémio para o melhor romance, em Itália. b. D. Dinis, o rei a quem chamam o trovador, foi o “plantador de naus a haver”. c. Conversei com o João, o rapaz a quem ofereceste emprego. d. O casaco que estreaste ontem, castanho e creme, fica-te bem.
  10. 10. Funções sintáticas internas ao GN  Modificador restritivo do nome - modificador adjectival, restritivo: e. A Ana comprou um livro interessante. f. Gosto de pessoas boas e inteligentes.  Modificador restritivo do nome – oração subordinada adjectiva relativa restritiva: g. As crianças que são vítimas da guerra precisam da nossa ajuda.
  11. 11. Funções sintáticas internas ao GN  Vocativo – função sintáctica exercida pelo nome que identifica o interlocutor: a. “E vós,Tágides minhas, pois criado/ tendes em mi um novo engenho ardente…” b. “E vós, ó bem nascida segurança/… Vós, ó novo temor da Maura lança…” c. - Maria, queres sair? d. - Mãe, vou sair.
  12. 12. Modificador do grupo verbal  constituinte frásico, modificador de predicado: a. A folha caiu aqui. (advérbio) b. Os operários trabalham de manhã à noite. (grupo preposicional)
  13. 13. c. Os operários trabalham para sustentar a família. (Oração adverbial, subordinada final) d. Os operários trabalham porque precisam de sustentar a família. (oração adverbial subordinada causal) e. Eles realizaram o trabalho quando tu saíste. (oração subordinada adverbial temporal)

×