1
Boletim TEXEREDOH – Coaching e Aconselhamento Biográfico
Junho 2015
Tema: O desenvolvimento psicológico
compartilhando l...
2
Boletim TEXEREDOH – Coaching e Aconselhamento Biográfico
Junho 2015
Alguns trechos do livro citado acima (Barrett) sobre...
3
Boletim TEXEREDOH – Coaching e Aconselhamento Biográfico
Junho 2015
Inteligência Social (baseado no livro de Daniel Gole...
4
Boletim TEXEREDOH – Coaching e Aconselhamento Biográfico
Junho 2015
Os melhores chefes são pessoas confiáveis, empáticas...
5
Boletim TEXEREDOH – Coaching e Aconselhamento Biográfico
Junho 2015
Resumo do Artigo citado acima: Modelo Simples de qua...
6
Boletim TEXEREDOH – Coaching e Aconselhamento Biográfico
Junho 2015
COACHING & Counselling Biográfico
Nossa jornada em b...
7
Boletim TEXEREDOH – Coaching e Aconselhamento Biográfico
Junho 2015
Metodologia:
Sessões semanais ou quinzenais (de 12 a...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Boletim coaching junho 2015

283 visualizações

Publicada em

Texto sobre inteligencias (social, emocional, espiritual) e níveis de consciência. Coaching e Aconselhamento Biográfico

Publicada em: Carreiras
0 comentários
2 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
283
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
15
Comentários
0
Gostaram
2
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Boletim coaching junho 2015

  1. 1. 1 Boletim TEXEREDOH – Coaching e Aconselhamento Biográfico Junho 2015 Tema: O desenvolvimento psicológico compartilhando leituras Fonte: livro: A Organização dirigida por valores (Richard Barrett) e artigo: Spiritual Intelligence and Why It Matters / by Cindy Wigglesworth President Deep Change, Inc. No livro citado, há uma abordagem interessante sobre o nosso desenvolvimento psicológico (níveis de consciência abaixo) tendo como base a pirâmide de Maslow. E novamente como a educação recebida influencia nossos modelos mentais e nossa tomada de decisão e escolhas no momento atual. De qualquer maneira, após vencermos a barreira dos três primeiros níveis, fica evidente novamente a importância do desenvolvimento das inteligências. No boletim passado enviei texto sobre as inteligências emocional, espiritual, inteligência com base em nossas capacidades e conhecimentos, e a inteligência física (resumo neste artigo). Nesta lista acrescentaria a inteligência social (comentários abaixo). Como está você, ou os líderes de sua organização estão caminho? Quer saber mais sobre este tema e como o processo de coaching com base na biografia humana (base antroposofica) pode ajudar na descoberta de seu propósito e valores, além de acessar crenças que possam estar impedindo seu desenvolvimento (sua “passagem para níveis mais elevados de desenvolvimento”)? Entre em contato ! Fisiológico Segurança Amar & Pertencer Autoestima Abraham Maslow Richard Barrett Os Níveis de Consciência Fisiológica Amar & Pertencer Necessidades Fisiológicas Segurança Amar & Pertencer Autoestima Conhecer e Compreender Autorealização Necessidades de Maslow para Consciência de Barrett Servir Fazer a Diferença Coesão Interna Transformação Auto-estima Relacionamento Sobrevivência
  2. 2. 2 Boletim TEXEREDOH – Coaching e Aconselhamento Biográfico Junho 2015 Alguns trechos do livro citado acima (Barrett) sobre autodesenvolvimento: Domínio pessoal É a capacidade de gerenciar a própria estabilidade emocional no nível de existência do ego. Você atinge o domínio pessoal quando é capaz de administrar de maneira bem sucedida as suas emoções, tornando-se responsável por como se sente e não mais sendo dependente de outros para satisfazer as suas necessidades de sobrevivência, relacionamento e autoestima. Para se tornar proficiente na administração de suas emoções você precisa desenvolver mindfulness* – capacidade de se distanciar e observar os processos de pensamento acontecendo no seu interior. Inteligência emocional É a capacidade de entender, administrar e usar as suas emoções para lhe guiarem na tomada de decisões sábias. Demanda: autoconsciência (capacidade de ler suas emoções e sensações, reconhecer seu impacto em si e nos outros e fazer uso delas para guiar a sua tomada de decisão) e auto gestão (capacidade de gerenciar ou tornar-se especialista nas suas emoções e sensações; para que você possa se adaptar mais prontamente a circunstancias diferentes e satisfazer as suas próprias necessidades. Inteligência social É a capacidade de entender e utilizar as emoções dos outros para guiá-lo na tomada de decisões sábias. Demanda: consciência social (capacidade de intuir, entender e responder às emoções dos outros em uma situação de grupo) e gestão de relacionamentos (capacidade de inspirar, influenciar e desenvolver outros enquanto gerencia conflitos). Valores potencialmente limitantes Nossos valores potencialmente limitantes surgem dos medos e ansiedades que temos em relação a não conseguir satisfazer uma, algumas ou todas as nossas necessidades, e geram separação. Exemplo: se você tem uma crença limitante que não pode confiar nas outras pessoas você tentará controlar tudo em sua vida. Entropia pessoal É a quantidade de energia dirigida pelo medo que uma pessoa expressa em suas interações diárias com outras pessoas. SE você é um líder verá sua entropia pessoal aparecendo como entropia cultural na organização, departamento ou equipe. Isso irá minara a performance da sua equipe reduzir seu nível de comprometimento e de engajamento. Ela está intimamente relacionada com a educação que você recebeu de seus pais e dos valores transmitidos por eles enquanto você estava crescendo. Dicas de autocoaching e domínio pessoal (autodesenvolvimento) Você sabe que possui alguns medos conscientes ou subconscientes quando experiencia frustração ou aborrecimento. Vários níveis de contrariedade que podemos enfrentar: resistência, ansiedade, impaciência, frustração, raiva e fúria. Os passos no gerenciamento dos seus medos conscientes subconscientes: Libere suas emoções (permita que se dissipem) => Ative sua testemunha (observe de forma desapegada os padrões mentais e emocionais) => Identifique seus sentimentos => Identifique seus medos => Identifique suas necessidades (quais não estão sendo satisfeitas) => Identifique suas crenças => Questione seus pensamentos e crenças (cheque a realidade e reformule seus pensamentos e crenças).
  3. 3. 3 Boletim TEXEREDOH – Coaching e Aconselhamento Biográfico Junho 2015 Inteligência Social (baseado no livro de Daniel Goleman) A consciência social refere-se a um espectro que vai de sentir instantaneamente o estado interno do outro e compreender seus sentimentos e pensamentos a entender situações sociais complicadas. Inclui:  Empatia primordial – capacidade imediata de sentir a emoção dos outros.  Sintonia – ouvir com total receptividade, sintonizar-se com o outro.  Precisão empática - entender os pensamentos, sentimentos e intenções do outro.  Cognição social – saber como funciona o mundo social realmente.  Facilidade social – mão basta apenas sentir como os outros se sentem, ou saber o que pensam ou pretendem, para garantir interações produtivas. A facilidade social se baseia na consciência social para permitir interações fluentes e eficazes.  Sincronia – interação fluente no nível não-verbal –ler instantaneamente as dicas não-verbais e tomar providencias a respeito – sem ter de pensar a respeito.  Apresentação pessoal – apresentar-se de maneira eficiente – causar a impressão desejada. Carisma é um aspecto da apresentação pessoal (assertividade também). Contágio emocional.  Influência – moldar construtivamente os resultados das interações sociais usando conduta profissional, calma, tato e autocontrole.  Preocupação – importar-se com a necessidade dos outros e agir com base nelas. Empatia isoladamente importa pouco se não agirmos. Liderança Líderes eficazes sabem que uma dose de irritação pode motivar mas uma dose exagerada pode provocar paralisia. As pessoas de qualquer grupo prestam naturalmente mais atenção ao que a pessoa mais poderosa do grupo diz ou faz. O tom emocional de um líder tem um poder surpreendente. O desagrado bem administrado de um chefe pode ser um estímulo positivo. Humores injustos corroem o clima emocional, sabotando a capacidade do cérebro de dar o melhor de si. Chefe bom Chefe mau Excelente ouvinte Uma parede Encorajador Desconfiado Comunicador Calado Corajoso Intimidador Tem senso de humor Tem temperamento ruim Demonstra empatia Egoísta Decidido Indeciso Assume responsabilidades Culpa Humilde Arrogante Compartilha autoridade Desconfia
  4. 4. 4 Boletim TEXEREDOH – Coaching e Aconselhamento Biográfico Junho 2015 Os melhores chefes são pessoas confiáveis, empáticas e conectadas, que nos fazem sentir calmos, inspirados e valorizados. Os piores chefes são distantes, difíceis e arrogantes; fazem-nos sentir constrangidos, na melhor das hipóteses e ressentidos, na pior. Uma base emocional segura no trabalho é fundamental para nosso bom desempenho. Passamos a ver os obstáculos como desafios, enquanto os ansiosos só tem medo de falhar, temendo encontrar abandono ou rejeição. Se os lideres estabelecem tal confiança e segurança, quando fazem críticas mais duras, os destinatários não só ficam mais abertos, como veem benefícios em ouvir informações difíceis. A intoxicação emocional pode ser um subproduto normal da vida organizacional – pessoas são demitidas, políticas injustas etc. as causas são muitas: chefes abusivos e colegas de trabalho desagradáveis, procedimentos frustrantes, mudanças caóticas. As reações variam da angústia a raiva, perda de confiança e impotência. Todos em um determinado ambiente de trabalho contribuem para o ambiente emocional. Mindfulness* Site recomendado http://www.arthurzajonc.org Se interessar, solicite os demais artigos já divulgados.
  5. 5. 5 Boletim TEXEREDOH – Coaching e Aconselhamento Biográfico Junho 2015 Resumo do Artigo citado acima: Modelo Simples de quatro Inteligências O modelo sugere quatro inteligências apresentadas como uma pirâmide para demonstrar a sequência simples de desenvolvimento. A ideia deste modelo é que, como os bebês, primeiro nos concentramos em controlar nossos corpos (Inteligência Física). Em seguida, as nossas competências linguísticas e conceptuais são desenvolvidas ("QI" – inteligência intelectual). Fazemos algum desenvolvimento precoce de habilidades de relacionamento, mas para muitos de nós, só mais tarde, a"EQ" ou inteligência emocional torna-se uma área de foco, quando percebemos que precisamos melhorar - geralmente com base no feedback em relacionamentos afetivos e relações de trabalho. Geralmente, mais tarde ainda, a "SQ" ou inteligência espiritual se torna um foco - quando começamos a procurar significado e perguntar "isso é tudo o que existe?" Inteligência Emocional Daniel Goleman popularizou a frase "Inteligência Emocional", com a publicação de seu livro com o mesmo título em 1995. Goleman e Richard Boyatzis recentemente agruparam essas habilidades em 4 quadrantes como mostrados a seguir. Auto-consciência • Auto conhecimento emocional • Auto-avaliação precisa • Auto-confiança Outras Consciências • Empatia • Consciência organizacional • Orientação a Serviços Autogestão • Autocontrole emocional • Transparência (honesto / confiável) • Adaptabilidade • Orientação a resultados • Iniciativa • Otimismo Habilidades de relacionamento • Desenvolvimento dos outros • Liderança Inspiradora • Influência • Catalisador de mudanças • Gestão de Conflitos • O trabalho em equipe e colaboração Definindo Inteligência Espiritual Inteligência espiritual é a capacidade de agir com compaixão e sabedoria, mantendo a paz interior e exterior (equanimidade), independentemente das circunstâncias. Há uma lista de habilidades que podem representar as habilidades de Inteligência Espiritual. Elas são: Maior auto Auto-Consciência / Ego 1. Consciência da própria visão de mundo 2. Consciência de propósito de vida (missão) 3. Consciência de hierarquia valores 4. Complexidade do pensamento interior 5. Consciência do ego / Eu Superior * Consciência Universal 6. Consciência de interligação de toda a vida 7. Consciência de visões de mundo dos outros 8. Percepção do tempo 9. Percepção e Consciência das limitações / poder humano 10. Consciência das leis espirituais 11. Experiência de unidade transcendente Eu Superior / Ego- Auto Maestria 12. Compromisso com o crescimento espiritual 13. Manter Eu Superior no comando 14. Viver o seu propósito e valores 15. Manter sua fé 16. Busca orientação do EU Superior Maestria Social / Presença Espiritual 17. Um professor / tutor espiritual sábio e eficaz 18. Um agente de mudança inteligente e eficaz 19. Decisões compassivas e sábias 20. Presença curadora e calmante 21. Alinhado com o fluxo e refluxo da vida
  6. 6. 6 Boletim TEXEREDOH – Coaching e Aconselhamento Biográfico Junho 2015 COACHING & Counselling Biográfico Nossa jornada em busca do verdadeiro propósito de nossas vidas começa com um “chamado à aventura”, nos despertando a necessidade de mudar. Este chamado geralmente acontece pela dor, desconforto ou por uma visão. Pelo caminho, enfrentamos dúvidas, incertezas, medos e privações. Em certo momento entendemos que não podemos empreender esta jornada sozinhos. Nossa metodologia é baseada no estudo da biografia, que tem como base a antroposofia (ciência espiritual de autoria do médico austríaco Rudolf Steiner) e que busca despertar as forças internas necessárias para promover o despertar espiritual (o recordar do espírito), mudanças, promovendo maior equilíbrio entre as diversas dimensões da vida. Aumentando nossa consciência sobre nossa própria história podemos agir com mais maestria em todas as dimensões de nossa vida, nos conectando com o futuro que quer emergir. Este processo pode ser focado em aspectos como:  Desenvolvimento de novas habilidades e atitudes  Planejamento de Carreira / Segunda carreira / Visão de Futuro e propósito de vida / Preparo para aposentadoria  Transição de carreira (outplacement) *  Formação de líderes  Apoio em processos de mudança e gerenciamento de estresse  Apoio a altos executivos  Business Coaching – para profissionais de vendas – relações com clientes  Life & Wellness Coaching: Equilíbrio entre as diversas dimensões da vida Benefícios ao indivíduo: autoconhecimento, apoio para lidar com situações de pressão, além de um profundo entendimento dos desafios que vivenciou, resgatando seus valores, talentos e sonhos. Permite ao mesmo traçar metas mais conscientes para o futuro, agir com maior maestria em todas as dimensões de sua vida e criar pontes mais saudáveis com a organização, sua carreira e sua vida. Benefícios para a organização: ter líderes mais capazes e maduros no exercício de seu papel, ter colaboradores com mais responsabilidade e habilidades para administrar a própria carreira; fortalecimento da imagem da empresa pela valorização do capital humano; desenvolvimentos de pontes saudáveis entre indivíduo e organização. É um diferencial que caracteriza as organizações que são reconhecidas por um desempenho financeiro equilibrado, com resultados qualitativos e com respeito a todos os colaboradores e stakeholders (partes interessadas).
  7. 7. 7 Boletim TEXEREDOH – Coaching e Aconselhamento Biográfico Junho 2015 Metodologia: Sessões semanais ou quinzenais (de 12 a 16 sessões) com duração de 1,5hrs. *Coach para outplacement tem uma abordagem diferenciada e o processo poderá ser mais curto (4 a 6 sessões) . O processo só se inicia após uma entrevista (sem custo) entre cliente (performer) e o coach, onde as questões são colocadas, e quando ambos decidem trilhar juntos este caminho. Local de atendimento: Vila Mariana próximo a estação Ana Rosa do metrô ou no local de trabalho do performer. Há possibilidade de sessões por Skype (inclusive para atendimentos a pessoas que residem em outras cidades e sessões avulsas - help conversation). Myrthes Weber Lutke – Coach, Aconselhadora Biográfica e Consultora Formação em Coaching Senior pelo ICI (reconhecido pelo ICF) e Biografia Humana (reconhecido pelo Goetheanum) pela Escola Livre de Estudos Biográficos. Experiência com atendimento a altos executivos e profissionais liberais. Já atuou como executiva nas áreas de TI, marketing e comercial. Membro do ICF e Associação biográfica. Coach com mais de 1500 horas de atendimento. Veja também alguns artigos publicados: http://www.estadao.com.br/noticias/impresso,fusao-aquisicao-e-saude-,864095,0.htm – reportagem publicada no Jornal “O Estado de São Paulo”, que trata do cuidado com os profissionais em momentos de alta tensão, onde o coaching é uma ferramenta bastante indicada. http://cio.uol.com.br/gestao/2012/08/10/como-construir-uma-lideranca-apta-a-efetivamente- gerenciar-mudancas/ - artigo publicado em diversas mídias que fala sobre liderança e resiliência. http://www.youtube.com/watch?v=H2ha_T-P35Q - vídeo que fala sobre Gestão de Stakeholders (tema de Gestão de Mudanças, onde utilizamos técnicas de coaching inclusive). Entre em contato para maiores informações. myrtheslutke@texeredoh.com.br www.texeredoh.com.br cel.: 0xx11 981608014 Divulgue para quem você acha que pode se beneficiar deste processo. Atendimento a pessoas fora da cidade de São Paulo pode ser realizado por skype.

×