SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 12
Raquel Salcedo Gomes
Sincretismo verbo-visual na produção de
estudantes do Ensino Fundamental em Projeto
Hipermidiático de Língua Inglesa
I Pré-Seacla - PPGLA - UNISINOS
26 e 27 de setembro de 2011
Introdução
• escola pública, laboratórios de informática
• web 2.0 - o usuário como produtor de conteúdo (Weinberger, 2007)
• estudantes do Ensino Fundamental - interação
com dispositivos midiáticos - celulares, computadores, internet, redes
sociais, câmeras digitais, pendrives etc
• rapidez, avaliação, seleção
• tecnologia digital - transformação do analógico em
numérico: “... a ordem numérica torna possível uma hibridização quase orgânica das formas
visuais e sonoras, do texto e da imagem, das artes, das linguagens, dos saberes instrumentais, dos modos de
pensamento e percepção. (E. Couchot, 1993, p. 47)
Justificativas
• edição n. 27, v. 2, revista online da ANPOLL/2009 - multimodalidade e
intermidialidade. Diversos estudos sobre hipermídia e semiótica no 17°
INPLA/2009. Não foi encontrada pesquisa sobre linguagem
sincrética nas produções de estudantes
• pesquisa em LA - abordar as transformações culturais e
cognitivas impostas pela tecnologia nas práticas escolares
• necessidade de produzir pesquisas sobre a apropriação que as escolas
fazem do ambiente multimidiático e multimodal, ao mesmo
tempo em que se incentiva a inclusão pelas escolas da
cibercultura
Justificativas
• princípio da educação continuada - ampliação do estudo
realizado durante a graduação, utilizando-o para a construção do corpus
(objeto empírico);
• transposição de ideias correntes no ambiente acadêmico para a realidade da
escola, de modo que a academia colabore com a escola e vice-versa
• pesquisa-ação - inclusão do pesquisador, fazer social
como rede
• tentativa de aliar as ideias inovadoras sobre a cultura da
tecnologia com ideias que também se pretendem transformadoras
do processo educacional
Objetivo Geral
• investigar como acontece a produção textualem
ambiente hipermidiático com ênfase nos
aspectos verbo-visuais e discursivos, em
atividades pedagógicas de um projeto de trabalho, no
ensino e aprendizagem de língua inglesa
Objetivos Específicos
• identificar as características verbo-visuais dos
textos produzidos nas atividades solicitadas para a aprendizagem da
língua inglesa, pelos alunos, em atividades hipermidiáticas
• identificar os tipos de discurso, com fins comunicacionais,
utilizados pelos alunos em seus textos na aprendizagem da língua inglesa
• teorizar sobre o processo de ensino/aprendizagem hipermidiático no
ensino de língua inglesa, na relação entre construção verbo-visual e tipos
de discurso, visando os fins comunicacionais da produção
textual dos estudantes
Pressupostos Teóricos
• textualidade na tela - resultado de uma enunciação, dentro
de um propósito de comunicação concreto. Concepção socio-discursivo-
interacional da linguagem, fundamentando-se no Interacionismo
Socio-discursivo (Bronckart, 1999)
• surgimento da linguagem digital e sua influência,
principalmente nas mídias - desconstrução da dicotomia
tradicional entre linguagem verbal e não-verbal
• cultura de rede
Pressupostos Teóricos
• função semiótica
(Hjelmslev, 1975)
• linguagem
sincrética
• sistemas semióticos
Metodologia
• pesquisa-ação
• pedagogia de projetos - turma de 19 alunos do oitavo ano do antigo
Ensino Fundamental - rede municipal de Novo Hamburgo
• assistir e analisar um documentário, participar da produção e alimentação de um
blog e elaborar um vídeo de um minuto com câmera digital, com roteiro pré-
produzido na língua inglesa
• as finalidades discursivas vinculadas à conscientização ambiental -
documentário The Story of Stuff, de Annie Leonard
• situações comunicacionais diversas, estudo de certas estruturas gramaticais -
gerar conhecimento linguístico para produzir, dentro da situação
comunicacional, o roteiro do vídeo - produção final
Metodologia - construção do corpus (atual)
Blog mestre do projeto
Blogs de estudantes participantes
Metodologia - construção do corpus (atual)
Obrigada
salcedogomes@gmail.com

Mais conteúdo relacionado

Destaque

London Smart Jan 08
London Smart Jan 08London Smart Jan 08
London Smart Jan 08rblamire
 
Semantic Infrastructure to Enable Collaboration in Ontology Development
Semantic Infrastructure to Enable Collaboration in Ontology DevelopmentSemantic Infrastructure to Enable Collaboration in Ontology Development
Semantic Infrastructure to Enable Collaboration in Ontology DevelopmentPaul Alexander
 
Integration of Web Protégé into DBpedia
Integration of Web Protégé into DBpediaIntegration of Web Protégé into DBpedia
Integration of Web Protégé into DBpediaRalphSchaefermeier
 
Ontology development in protégé-آنتولوژی در پروتوغه
Ontology development in protégé-آنتولوژی در پروتوغهOntology development in protégé-آنتولوژی در پروتوغه
Ontology development in protégé-آنتولوژی در پروتوغهsadegh salehi
 
Smart IoT London, 13th April 2016
Smart IoT London, 13th April 2016Smart IoT London, 13th April 2016
Smart IoT London, 13th April 2016Boris Adryan
 

Destaque (7)

London Smart Jan 08
London Smart Jan 08London Smart Jan 08
London Smart Jan 08
 
Semantic Infrastructure to Enable Collaboration in Ontology Development
Semantic Infrastructure to Enable Collaboration in Ontology DevelopmentSemantic Infrastructure to Enable Collaboration in Ontology Development
Semantic Infrastructure to Enable Collaboration in Ontology Development
 
Nepal
NepalNepal
Nepal
 
Cow Parade Rio
Cow  Parade  RioCow  Parade  Rio
Cow Parade Rio
 
Integration of Web Protégé into DBpedia
Integration of Web Protégé into DBpediaIntegration of Web Protégé into DBpedia
Integration of Web Protégé into DBpedia
 
Ontology development in protégé-آنتولوژی در پروتوغه
Ontology development in protégé-آنتولوژی در پروتوغهOntology development in protégé-آنتولوژی در پروتوغه
Ontology development in protégé-آنتولوژی در پروتوغه
 
Smart IoT London, 13th April 2016
Smart IoT London, 13th April 2016Smart IoT London, 13th April 2016
Smart IoT London, 13th April 2016
 

Semelhante a Sincretismo verbo-visual na produção de estudantes do Ensino Fundamental em Projeto Hipermidiático de Língua Inglesa

Cultura da mídia na escola
Cultura da mídia na escolaCultura da mídia na escola
Cultura da mídia na escolaTaïs Bressane
 
Teclando, aprendendo e criando
Teclando, aprendendo e criandoTeclando, aprendendo e criando
Teclando, aprendendo e criandoIndio Brasil
 
Criando Histórias
Criando Histórias Criando Histórias
Criando Histórias priscila.ms
 
criando historias
criando historiascriando historias
criando historiaspriscila.ms
 
O uso de multimídia 2.pptxilza
O uso de multimídia 2.pptxilzaO uso de multimídia 2.pptxilza
O uso de multimídia 2.pptxilzaMonika_34
 
Multimídia na segunda língua language
Multimídia na segunda língua languageMultimídia na segunda língua language
Multimídia na segunda língua languageilzaarouche
 
O umultimídia 2
O umultimídia 2O umultimídia 2
O umultimídia 2ilzaarouche
 
Set of slides 2 - Ourilândia
Set of slides 2 - OurilândiaSet of slides 2 - Ourilândia
Set of slides 2 - Ourilândiadiasreinildes
 
Aecx projeto ler + jovem 2013 15
Aecx projeto ler + jovem 2013 15Aecx projeto ler + jovem 2013 15
Aecx projeto ler + jovem 2013 15anaritamor
 
ATIVIDADE 2.10 TIC´s
ATIVIDADE 2.10 TIC´sATIVIDADE 2.10 TIC´s
ATIVIDADE 2.10 TIC´sLeocaxias
 
ousodatecnologiaemsaladeaula.ppt
ousodatecnologiaemsaladeaula.pptousodatecnologiaemsaladeaula.ppt
ousodatecnologiaemsaladeaula.pptDuarteTeles5
 
Letramentos digitais discursos contemporaneos em estudo
Letramentos digitais discursos contemporaneos em estudoLetramentos digitais discursos contemporaneos em estudo
Letramentos digitais discursos contemporaneos em estudoLaviniaRodrigues7
 
Inglês na educação básica
Inglês na educação básicaInglês na educação básica
Inglês na educação básicaFALE - UFMG
 
Formação do Leitor
Formação do LeitorFormação do Leitor
Formação do LeitorMARCELOTB
 
Seminário TI na Educação - Painel 2 - O papel do vídeo digital no futuro da e...
Seminário TI na Educação - Painel 2 - O papel do vídeo digital no futuro da e...Seminário TI na Educação - Painel 2 - O papel do vídeo digital no futuro da e...
Seminário TI na Educação - Painel 2 - O papel do vídeo digital no futuro da e...Rio Info
 

Semelhante a Sincretismo verbo-visual na produção de estudantes do Ensino Fundamental em Projeto Hipermidiático de Língua Inglesa (20)

Cultura da mídia na escola
Cultura da mídia na escolaCultura da mídia na escola
Cultura da mídia na escola
 
Teclando, aprendendo e criando
Teclando, aprendendo e criandoTeclando, aprendendo e criando
Teclando, aprendendo e criando
 
Apresentação
ApresentaçãoApresentação
Apresentação
 
Criando Histórias
Criando Histórias Criando Histórias
Criando Histórias
 
criando historias
criando historiascriando historias
criando historias
 
Apresentação
ApresentaçãoApresentação
Apresentação
 
Apresentação
ApresentaçãoApresentação
Apresentação
 
O uso de multimídia 2.pptxilza
O uso de multimídia 2.pptxilzaO uso de multimídia 2.pptxilza
O uso de multimídia 2.pptxilza
 
Multimídia na segunda língua language
Multimídia na segunda língua languageMultimídia na segunda língua language
Multimídia na segunda língua language
 
O umultimídia 2
O umultimídia 2O umultimídia 2
O umultimídia 2
 
Set of slides 2 - Ourilândia
Set of slides 2 - OurilândiaSet of slides 2 - Ourilândia
Set of slides 2 - Ourilândia
 
Aecx projeto ler + jovem 2013 15
Aecx projeto ler + jovem 2013 15Aecx projeto ler + jovem 2013 15
Aecx projeto ler + jovem 2013 15
 
Portifolio 2 semestre
Portifolio 2 semestre  Portifolio 2 semestre
Portifolio 2 semestre
 
ATIVIDADE 2.10 TIC´s
ATIVIDADE 2.10 TIC´sATIVIDADE 2.10 TIC´s
ATIVIDADE 2.10 TIC´s
 
ousodatecnologiaemsaladeaula.ppt
ousodatecnologiaemsaladeaula.pptousodatecnologiaemsaladeaula.ppt
ousodatecnologiaemsaladeaula.ppt
 
Letramentos digitais discursos contemporaneos em estudo
Letramentos digitais discursos contemporaneos em estudoLetramentos digitais discursos contemporaneos em estudo
Letramentos digitais discursos contemporaneos em estudo
 
Portifólio 2 semestre Luciana/Juca
Portifólio 2 semestre Luciana/JucaPortifólio 2 semestre Luciana/Juca
Portifólio 2 semestre Luciana/Juca
 
Inglês na educação básica
Inglês na educação básicaInglês na educação básica
Inglês na educação básica
 
Formação do Leitor
Formação do LeitorFormação do Leitor
Formação do Leitor
 
Seminário TI na Educação - Painel 2 - O papel do vídeo digital no futuro da e...
Seminário TI na Educação - Painel 2 - O papel do vídeo digital no futuro da e...Seminário TI na Educação - Painel 2 - O papel do vídeo digital no futuro da e...
Seminário TI na Educação - Painel 2 - O papel do vídeo digital no futuro da e...
 

Mais de Raquel Salcedo Gomes

Trajetórias de aprendizagem para navegar o século XXI.pdf
Trajetórias de aprendizagem para navegar o século XXI.pdfTrajetórias de aprendizagem para navegar o século XXI.pdf
Trajetórias de aprendizagem para navegar o século XXI.pdfRaquel Salcedo Gomes
 
Trajetórias de Aprendizagem Visível em Ambiente Informatizado
Trajetórias de Aprendizagem Visível em Ambiente InformatizadoTrajetórias de Aprendizagem Visível em Ambiente Informatizado
Trajetórias de Aprendizagem Visível em Ambiente InformatizadoRaquel Salcedo Gomes
 
Cultura digital ou digitalização da cultura
Cultura digital ou digitalização da culturaCultura digital ou digitalização da cultura
Cultura digital ou digitalização da culturaRaquel Salcedo Gomes
 
Trajetórias de aprendizagem e os 20 princípios da APA sobre ensino e aprendiz...
Trajetórias de aprendizagem e os 20 princípios da APA sobre ensino e aprendiz...Trajetórias de aprendizagem e os 20 princípios da APA sobre ensino e aprendiz...
Trajetórias de aprendizagem e os 20 princípios da APA sobre ensino e aprendiz...Raquel Salcedo Gomes
 
História das tecnologias cognitivas e suas implicações educacionais
História das tecnologias cognitivas e suas implicações educacionaisHistória das tecnologias cognitivas e suas implicações educacionais
História das tecnologias cognitivas e suas implicações educacionaisRaquel Salcedo Gomes
 
Desafios da educação na pandemia
Desafios da educação na pandemiaDesafios da educação na pandemia
Desafios da educação na pandemiaRaquel Salcedo Gomes
 
What happened to cognitive science? O que aconteceu com a ciência cognitiva?
What happened to cognitive science? O que aconteceu com a ciência cognitiva?What happened to cognitive science? O que aconteceu com a ciência cognitiva?
What happened to cognitive science? O que aconteceu com a ciência cognitiva?Raquel Salcedo Gomes
 
Cognição 4E - Evolução da cognição
Cognição 4E - Evolução da cogniçãoCognição 4E - Evolução da cognição
Cognição 4E - Evolução da cogniçãoRaquel Salcedo Gomes
 
Benjamin Bloom, Mastery Learning, Objetivos Educacionais
Benjamin Bloom, Mastery Learning, Objetivos EducacionaisBenjamin Bloom, Mastery Learning, Objetivos Educacionais
Benjamin Bloom, Mastery Learning, Objetivos EducacionaisRaquel Salcedo Gomes
 
Pesquisa em informática na educação e ciências cognitivas
Pesquisa em informática na educação e ciências cognitivasPesquisa em informática na educação e ciências cognitivas
Pesquisa em informática na educação e ciências cognitivasRaquel Salcedo Gomes
 
Fechamento Pierre Lévy - O que é o virtual?
Fechamento Pierre Lévy - O que é o virtual?Fechamento Pierre Lévy - O que é o virtual?
Fechamento Pierre Lévy - O que é o virtual?Raquel Salcedo Gomes
 
Inteligência Coletiva - Pierre Lévy
Inteligência Coletiva - Pierre Lévy Inteligência Coletiva - Pierre Lévy
Inteligência Coletiva - Pierre Lévy Raquel Salcedo Gomes
 
Pierre Lévy e as humanidades digitais
Pierre Lévy e as humanidades digitaisPierre Lévy e as humanidades digitais
Pierre Lévy e as humanidades digitaisRaquel Salcedo Gomes
 
Informática na educação baseada em evidências
Informática na educação baseada em evidênciasInformática na educação baseada em evidências
Informática na educação baseada em evidênciasRaquel Salcedo Gomes
 
Pervasive Computing: Vision and Challenges
Pervasive Computing: Vision and ChallengesPervasive Computing: Vision and Challenges
Pervasive Computing: Vision and ChallengesRaquel Salcedo Gomes
 

Mais de Raquel Salcedo Gomes (20)

Trajetórias de aprendizagem para navegar o século XXI.pdf
Trajetórias de aprendizagem para navegar o século XXI.pdfTrajetórias de aprendizagem para navegar o século XXI.pdf
Trajetórias de aprendizagem para navegar o século XXI.pdf
 
Trajetórias de Aprendizagem Visível em Ambiente Informatizado
Trajetórias de Aprendizagem Visível em Ambiente InformatizadoTrajetórias de Aprendizagem Visível em Ambiente Informatizado
Trajetórias de Aprendizagem Visível em Ambiente Informatizado
 
Cultura digital ou digitalização da cultura
Cultura digital ou digitalização da culturaCultura digital ou digitalização da cultura
Cultura digital ou digitalização da cultura
 
Trajetórias de aprendizagem e os 20 princípios da APA sobre ensino e aprendiz...
Trajetórias de aprendizagem e os 20 princípios da APA sobre ensino e aprendiz...Trajetórias de aprendizagem e os 20 princípios da APA sobre ensino e aprendiz...
Trajetórias de aprendizagem e os 20 princípios da APA sobre ensino e aprendiz...
 
História das tecnologias cognitivas e suas implicações educacionais
História das tecnologias cognitivas e suas implicações educacionaisHistória das tecnologias cognitivas e suas implicações educacionais
História das tecnologias cognitivas e suas implicações educacionais
 
Desafios da educação na pandemia
Desafios da educação na pandemiaDesafios da educação na pandemia
Desafios da educação na pandemia
 
What happened to cognitive science? O que aconteceu com a ciência cognitiva?
What happened to cognitive science? O que aconteceu com a ciência cognitiva?What happened to cognitive science? O que aconteceu com a ciência cognitiva?
What happened to cognitive science? O que aconteceu com a ciência cognitiva?
 
Cognição 4E - Evolução da cognição
Cognição 4E - Evolução da cogniçãoCognição 4E - Evolução da cognição
Cognição 4E - Evolução da cognição
 
Cognição enativa e linguagem
Cognição enativa e linguagemCognição enativa e linguagem
Cognição enativa e linguagem
 
Benjamin Bloom, Mastery Learning, Objetivos Educacionais
Benjamin Bloom, Mastery Learning, Objetivos EducacionaisBenjamin Bloom, Mastery Learning, Objetivos Educacionais
Benjamin Bloom, Mastery Learning, Objetivos Educacionais
 
Educação na cultura digital
Educação na cultura digitalEducação na cultura digital
Educação na cultura digital
 
Pesquisa em informática na educação e ciências cognitivas
Pesquisa em informática na educação e ciências cognitivasPesquisa em informática na educação e ciências cognitivas
Pesquisa em informática na educação e ciências cognitivas
 
Fechamento Pierre Lévy - O que é o virtual?
Fechamento Pierre Lévy - O que é o virtual?Fechamento Pierre Lévy - O que é o virtual?
Fechamento Pierre Lévy - O que é o virtual?
 
O que é o virtual? Pierre Lévy
O que é o virtual? Pierre LévyO que é o virtual? Pierre Lévy
O que é o virtual? Pierre Lévy
 
Inteligência Coletiva - Pierre Lévy
Inteligência Coletiva - Pierre Lévy Inteligência Coletiva - Pierre Lévy
Inteligência Coletiva - Pierre Lévy
 
Pierre Lévy e as humanidades digitais
Pierre Lévy e as humanidades digitaisPierre Lévy e as humanidades digitais
Pierre Lévy e as humanidades digitais
 
Informática na educação baseada em evidências
Informática na educação baseada em evidênciasInformática na educação baseada em evidências
Informática na educação baseada em evidências
 
Pervasive Computing: Vision and Challenges
Pervasive Computing: Vision and ChallengesPervasive Computing: Vision and Challenges
Pervasive Computing: Vision and Challenges
 
Bergson e Maturana em minha tese
Bergson e Maturana em minha teseBergson e Maturana em minha tese
Bergson e Maturana em minha tese
 
Poesia - Modernistas (1945-1960)
Poesia - Modernistas (1945-1960)Poesia - Modernistas (1945-1960)
Poesia - Modernistas (1945-1960)
 

Último

Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptxBaladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptxacaciocarmo1
 
Mini livro sanfona - Povos Indigenas Brasileiros
Mini livro sanfona  - Povos Indigenas BrasileirosMini livro sanfona  - Povos Indigenas Brasileiros
Mini livro sanfona - Povos Indigenas BrasileirosMary Alvarenga
 
Jogo de Revisão Terceira Série (Primeiro Trimestre)
Jogo de Revisão Terceira Série (Primeiro Trimestre)Jogo de Revisão Terceira Série (Primeiro Trimestre)
Jogo de Revisão Terceira Série (Primeiro Trimestre)Paula Meyer Piagentini
 
atividades diversas 1° ano alfabetização
atividades diversas 1° ano alfabetizaçãoatividades diversas 1° ano alfabetização
atividades diversas 1° ano alfabetizaçãodanielagracia9
 
A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...
A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...
A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...azulassessoria9
 
UM CURSO DE INFORMATICA BASICA PARA IDOSOS
UM CURSO DE INFORMATICA BASICA PARA IDOSOSUM CURSO DE INFORMATICA BASICA PARA IDOSOS
UM CURSO DE INFORMATICA BASICA PARA IDOSOSdjgsantos1981
 
A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...
A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...
A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...azulassessoria9
 
Com base no excerto acima, escreva um texto explicando como a estrutura socia...
Com base no excerto acima, escreva um texto explicando como a estrutura socia...Com base no excerto acima, escreva um texto explicando como a estrutura socia...
Com base no excerto acima, escreva um texto explicando como a estrutura socia...azulassessoria9
 
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptxSlides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
Mini livro sanfona - Diga não ao bullying
Mini livro sanfona - Diga não ao  bullyingMini livro sanfona - Diga não ao  bullying
Mini livro sanfona - Diga não ao bullyingMary Alvarenga
 
Poema em homenagem a Escola Santa Maria, pelos seus 37 anos.
Poema em homenagem a Escola Santa Maria, pelos seus 37 anos.Poema em homenagem a Escola Santa Maria, pelos seus 37 anos.
Poema em homenagem a Escola Santa Maria, pelos seus 37 anos.Mary Alvarenga
 
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...nexocan937
 
Jogo de Revisão Primeira Série (Primeiro Trimestre)
Jogo de Revisão Primeira  Série (Primeiro Trimestre)Jogo de Revisão Primeira  Série (Primeiro Trimestre)
Jogo de Revisão Primeira Série (Primeiro Trimestre)Paula Meyer Piagentini
 
CAMINHOS PARA A PROMOÇÃO DA INLUSÃO E VIDA INDEPENDENTE
CAMINHOS PARA  A PROMOÇÃO DA INLUSÃO E VIDA INDEPENDENTECAMINHOS PARA  A PROMOÇÃO DA INLUSÃO E VIDA INDEPENDENTE
CAMINHOS PARA A PROMOÇÃO DA INLUSÃO E VIDA INDEPENDENTEJoaquim Colôa
 
Livro de bio celular e molecular Junqueira e Carneiro.pdf
Livro de bio celular e molecular Junqueira e Carneiro.pdfLivro de bio celular e molecular Junqueira e Carneiro.pdf
Livro de bio celular e molecular Junqueira e Carneiro.pdfRafaela Vieira
 
c) O crime ocorreu na forma simples ou qualificada? Justifique.
c) O crime ocorreu na forma simples ou qualificada? Justifique.c) O crime ocorreu na forma simples ou qualificada? Justifique.
c) O crime ocorreu na forma simples ou qualificada? Justifique.azulassessoria9
 
A FORMAÇÃO DO SÍMBOLO NA CRIANÇA -- JEAN PIAGET -- 2013 -- 6ced7f10b1a00cd395...
A FORMAÇÃO DO SÍMBOLO NA CRIANÇA -- JEAN PIAGET -- 2013 -- 6ced7f10b1a00cd395...A FORMAÇÃO DO SÍMBOLO NA CRIANÇA -- JEAN PIAGET -- 2013 -- 6ced7f10b1a00cd395...
A FORMAÇÃO DO SÍMBOLO NA CRIANÇA -- JEAN PIAGET -- 2013 -- 6ced7f10b1a00cd395...DominiqueFaria2
 
Com base no excerto acima, escreva um texto explicando como a estrutura socia...
Com base no excerto acima, escreva um texto explicando como a estrutura socia...Com base no excerto acima, escreva um texto explicando como a estrutura socia...
Com base no excerto acima, escreva um texto explicando como a estrutura socia...azulassessoria9
 

Último (20)

Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptxBaladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
 
Mini livro sanfona - Povos Indigenas Brasileiros
Mini livro sanfona  - Povos Indigenas BrasileirosMini livro sanfona  - Povos Indigenas Brasileiros
Mini livro sanfona - Povos Indigenas Brasileiros
 
Jogo de Revisão Terceira Série (Primeiro Trimestre)
Jogo de Revisão Terceira Série (Primeiro Trimestre)Jogo de Revisão Terceira Série (Primeiro Trimestre)
Jogo de Revisão Terceira Série (Primeiro Trimestre)
 
atividades diversas 1° ano alfabetização
atividades diversas 1° ano alfabetizaçãoatividades diversas 1° ano alfabetização
atividades diversas 1° ano alfabetização
 
A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...
A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...
A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...
 
“O AMANHÃ EXIGE O MELHOR DE HOJE” _
“O AMANHÃ EXIGE O MELHOR DE HOJE”       _“O AMANHÃ EXIGE O MELHOR DE HOJE”       _
“O AMANHÃ EXIGE O MELHOR DE HOJE” _
 
UM CURSO DE INFORMATICA BASICA PARA IDOSOS
UM CURSO DE INFORMATICA BASICA PARA IDOSOSUM CURSO DE INFORMATICA BASICA PARA IDOSOS
UM CURSO DE INFORMATICA BASICA PARA IDOSOS
 
A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...
A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...
A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...
 
Com base no excerto acima, escreva um texto explicando como a estrutura socia...
Com base no excerto acima, escreva um texto explicando como a estrutura socia...Com base no excerto acima, escreva um texto explicando como a estrutura socia...
Com base no excerto acima, escreva um texto explicando como a estrutura socia...
 
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptxSlides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
 
Mini livro sanfona - Diga não ao bullying
Mini livro sanfona - Diga não ao  bullyingMini livro sanfona - Diga não ao  bullying
Mini livro sanfona - Diga não ao bullying
 
Poema em homenagem a Escola Santa Maria, pelos seus 37 anos.
Poema em homenagem a Escola Santa Maria, pelos seus 37 anos.Poema em homenagem a Escola Santa Maria, pelos seus 37 anos.
Poema em homenagem a Escola Santa Maria, pelos seus 37 anos.
 
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...
 
MANEJO INTEGRADO DE DOENÇAS (MID)
MANEJO INTEGRADO DE DOENÇAS (MID)MANEJO INTEGRADO DE DOENÇAS (MID)
MANEJO INTEGRADO DE DOENÇAS (MID)
 
Jogo de Revisão Primeira Série (Primeiro Trimestre)
Jogo de Revisão Primeira  Série (Primeiro Trimestre)Jogo de Revisão Primeira  Série (Primeiro Trimestre)
Jogo de Revisão Primeira Série (Primeiro Trimestre)
 
CAMINHOS PARA A PROMOÇÃO DA INLUSÃO E VIDA INDEPENDENTE
CAMINHOS PARA  A PROMOÇÃO DA INLUSÃO E VIDA INDEPENDENTECAMINHOS PARA  A PROMOÇÃO DA INLUSÃO E VIDA INDEPENDENTE
CAMINHOS PARA A PROMOÇÃO DA INLUSÃO E VIDA INDEPENDENTE
 
Livro de bio celular e molecular Junqueira e Carneiro.pdf
Livro de bio celular e molecular Junqueira e Carneiro.pdfLivro de bio celular e molecular Junqueira e Carneiro.pdf
Livro de bio celular e molecular Junqueira e Carneiro.pdf
 
c) O crime ocorreu na forma simples ou qualificada? Justifique.
c) O crime ocorreu na forma simples ou qualificada? Justifique.c) O crime ocorreu na forma simples ou qualificada? Justifique.
c) O crime ocorreu na forma simples ou qualificada? Justifique.
 
A FORMAÇÃO DO SÍMBOLO NA CRIANÇA -- JEAN PIAGET -- 2013 -- 6ced7f10b1a00cd395...
A FORMAÇÃO DO SÍMBOLO NA CRIANÇA -- JEAN PIAGET -- 2013 -- 6ced7f10b1a00cd395...A FORMAÇÃO DO SÍMBOLO NA CRIANÇA -- JEAN PIAGET -- 2013 -- 6ced7f10b1a00cd395...
A FORMAÇÃO DO SÍMBOLO NA CRIANÇA -- JEAN PIAGET -- 2013 -- 6ced7f10b1a00cd395...
 
Com base no excerto acima, escreva um texto explicando como a estrutura socia...
Com base no excerto acima, escreva um texto explicando como a estrutura socia...Com base no excerto acima, escreva um texto explicando como a estrutura socia...
Com base no excerto acima, escreva um texto explicando como a estrutura socia...
 

Sincretismo verbo-visual na produção de estudantes do Ensino Fundamental em Projeto Hipermidiático de Língua Inglesa

  • 1. Raquel Salcedo Gomes Sincretismo verbo-visual na produção de estudantes do Ensino Fundamental em Projeto Hipermidiático de Língua Inglesa I Pré-Seacla - PPGLA - UNISINOS 26 e 27 de setembro de 2011
  • 2. Introdução • escola pública, laboratórios de informática • web 2.0 - o usuário como produtor de conteúdo (Weinberger, 2007) • estudantes do Ensino Fundamental - interação com dispositivos midiáticos - celulares, computadores, internet, redes sociais, câmeras digitais, pendrives etc • rapidez, avaliação, seleção • tecnologia digital - transformação do analógico em numérico: “... a ordem numérica torna possível uma hibridização quase orgânica das formas visuais e sonoras, do texto e da imagem, das artes, das linguagens, dos saberes instrumentais, dos modos de pensamento e percepção. (E. Couchot, 1993, p. 47)
  • 3. Justificativas • edição n. 27, v. 2, revista online da ANPOLL/2009 - multimodalidade e intermidialidade. Diversos estudos sobre hipermídia e semiótica no 17° INPLA/2009. Não foi encontrada pesquisa sobre linguagem sincrética nas produções de estudantes • pesquisa em LA - abordar as transformações culturais e cognitivas impostas pela tecnologia nas práticas escolares • necessidade de produzir pesquisas sobre a apropriação que as escolas fazem do ambiente multimidiático e multimodal, ao mesmo tempo em que se incentiva a inclusão pelas escolas da cibercultura
  • 4. Justificativas • princípio da educação continuada - ampliação do estudo realizado durante a graduação, utilizando-o para a construção do corpus (objeto empírico); • transposição de ideias correntes no ambiente acadêmico para a realidade da escola, de modo que a academia colabore com a escola e vice-versa • pesquisa-ação - inclusão do pesquisador, fazer social como rede • tentativa de aliar as ideias inovadoras sobre a cultura da tecnologia com ideias que também se pretendem transformadoras do processo educacional
  • 5. Objetivo Geral • investigar como acontece a produção textualem ambiente hipermidiático com ênfase nos aspectos verbo-visuais e discursivos, em atividades pedagógicas de um projeto de trabalho, no ensino e aprendizagem de língua inglesa
  • 6. Objetivos Específicos • identificar as características verbo-visuais dos textos produzidos nas atividades solicitadas para a aprendizagem da língua inglesa, pelos alunos, em atividades hipermidiáticas • identificar os tipos de discurso, com fins comunicacionais, utilizados pelos alunos em seus textos na aprendizagem da língua inglesa • teorizar sobre o processo de ensino/aprendizagem hipermidiático no ensino de língua inglesa, na relação entre construção verbo-visual e tipos de discurso, visando os fins comunicacionais da produção textual dos estudantes
  • 7. Pressupostos Teóricos • textualidade na tela - resultado de uma enunciação, dentro de um propósito de comunicação concreto. Concepção socio-discursivo- interacional da linguagem, fundamentando-se no Interacionismo Socio-discursivo (Bronckart, 1999) • surgimento da linguagem digital e sua influência, principalmente nas mídias - desconstrução da dicotomia tradicional entre linguagem verbal e não-verbal • cultura de rede
  • 8. Pressupostos Teóricos • função semiótica (Hjelmslev, 1975) • linguagem sincrética • sistemas semióticos
  • 9. Metodologia • pesquisa-ação • pedagogia de projetos - turma de 19 alunos do oitavo ano do antigo Ensino Fundamental - rede municipal de Novo Hamburgo • assistir e analisar um documentário, participar da produção e alimentação de um blog e elaborar um vídeo de um minuto com câmera digital, com roteiro pré- produzido na língua inglesa • as finalidades discursivas vinculadas à conscientização ambiental - documentário The Story of Stuff, de Annie Leonard • situações comunicacionais diversas, estudo de certas estruturas gramaticais - gerar conhecimento linguístico para produzir, dentro da situação comunicacional, o roteiro do vídeo - produção final
  • 10. Metodologia - construção do corpus (atual) Blog mestre do projeto
  • 11. Blogs de estudantes participantes Metodologia - construção do corpus (atual)