SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 13
A CANDEIA
1 – Nem os que acendem uma luzerna
a metem debaixo do alqueire, mas
põem-na sobre o candeeiro, a fim de
que ela dê luz a todos os que estão na
casa. (Mateus, V: 15).
Vós ouvireis com os ouvidos, e não
escutareis; e olhareis com os olhos, e
não vereis. Porque o coração deste
povo se fez pesado, e os seus ouvidos
se fizeram tardos, e eles fecharam os
seus olhos; para não suceder que
vejam com os olhos, e ouçam com os
ouvidos, e entendam no coração, e se
convertam, e eu os sare. (Mateus, XIII:
10-15)
As gerações
passam também
pela infância, pela
juventude e pela
madureza. Cada
coisa deve vir a seu
tempo, pois a
sementeira lançada
a terra, fora de
tempo, não produz.
Ao que já tem,
ainda mais se
dará, e terá em
abundância. (Ver
cap. XVIII, nº 15).
“Transforma as tuas energias
em bondade e compreensão
redentoras para toda gente,
gastando, para isso, o óleo de
tua boa vontade, na renúncia
e no sacrifício, e tua vida, em
Cristo, passará a brilhar.”
(Fonte Viva – Pelo Espírito Emmanuel, pg.213-214)
“Ora, vigia, movimenta-te no
esforço digno e sê feliz, meu
amigo! A tua luz crescerá com
a dilatação de teu
devotamento ao Bem Infinito.”
Voltei – Pelo Espírito Irmão Jacob)
PROGRAMA DE RENOVAÇÃO

Estudo

Meditação

Trabalho

Estudando o Evangelho – Martins Peralva – pg.32
PROGRAMA DE RENOVAÇÃO
 Se obtém através da leitura do
E
S
T
U
D
O

Evangelho, dos livros da Doutrina
Espírita e outras obras que o
levem a projetar a mente na
direção dos ideais superiores.
 Deve ser meditado, assimilado e
posto em prática,a fim de que se
transforme
em
frutos
de
renovação efetiva, positiva e
consciente.
PROGRAMA DE RENOVAÇÃO

M
E
D
I
T
A
Ç
Ã
O

 A meditação é o ato pelo qual se

volve o homem para dentro de si
mesmo, onde encontrará a Deus,
no esplendor da sua Glória.
 Através da prece, na meditação,
obterá o homem a fé de que
necessita para superação de suas
fraquezas e a esperança que lhe
estimulará o bom ânimo.
PROGRAMA DE RENOVAÇÃO
 Através do trabalho material
T
R
A
B
A
L
H
O

dignifica-se
o
homem
no
cumprimento
dos
deveres
para
consigo mesmo, para com a família
que deus lhe confiou, para com a
sociedade de que participa.
 Pelo trabalho espiritual, exerce a
fraternidade com o próximo e
aperfeiçoa-se
no
conhecimento
transcendente da alma imortal.
 No campo da atividade moral,
lutará,
por
adquirir
qualidades
elevadas, ou por sublimar aquelas
com que já se sente aquinhoado.
Alqueire

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Capitulo xx os trabalhadores da última hora
Capitulo xx os trabalhadores da última horaCapitulo xx os trabalhadores da última hora
Capitulo xx os trabalhadores da última hora
caminhodaluz41
 
Prece pelo Espiritismo
Prece pelo EspiritismoPrece pelo Espiritismo
Prece pelo Espiritismo
ield
 
Reconhece se o cristãos pelas suas obras
Reconhece se o cristãos pelas suas obrasReconhece se o cristãos pelas suas obras
Reconhece se o cristãos pelas suas obras
Izabel Cristina Fonseca
 
Obsessão por fascinação - parte 4
Obsessão por fascinação - parte 4Obsessão por fascinação - parte 4
Obsessão por fascinação - parte 4
Graça Maciel
 
Palestra trabalhadores da última hora - daura - seja - 2014
Palestra   trabalhadores da última hora - daura - seja - 2014Palestra   trabalhadores da última hora - daura - seja - 2014
Palestra trabalhadores da última hora - daura - seja - 2014
Daura Alves
 

Mais procurados (20)

Evangelho Cap8 item1
Evangelho Cap8 item1Evangelho Cap8 item1
Evangelho Cap8 item1
 
Trabalhadores Da úLtima Hora
Trabalhadores Da úLtima HoraTrabalhadores Da úLtima Hora
Trabalhadores Da úLtima Hora
 
Reconhece cristao l.ppt
Reconhece cristao l.pptReconhece cristao l.ppt
Reconhece cristao l.ppt
 
Capitulo xx os trabalhadores da última hora
Capitulo xx os trabalhadores da última horaCapitulo xx os trabalhadores da última hora
Capitulo xx os trabalhadores da última hora
 
Misterios ocultos aos doutos e prudentes
Misterios ocultos aos doutos e prudentesMisterios ocultos aos doutos e prudentes
Misterios ocultos aos doutos e prudentes
 
Espiritismo - Uma Nova Era para a Humanidade
Espiritismo - Uma Nova Era para a HumanidadeEspiritismo - Uma Nova Era para a Humanidade
Espiritismo - Uma Nova Era para a Humanidade
 
LE Q.623 a 625 e ESE Cap.5 item 24
LE Q.623 a 625 e ESE Cap.5 item 24LE Q.623 a 625 e ESE Cap.5 item 24
LE Q.623 a 625 e ESE Cap.5 item 24
 
Jesus e Espiritismo
Jesus e EspiritismoJesus e Espiritismo
Jesus e Espiritismo
 
Conhece se a árvore pelos frutos gec 03-09-2011
Conhece se a árvore pelos frutos gec 03-09-2011Conhece se a árvore pelos frutos gec 03-09-2011
Conhece se a árvore pelos frutos gec 03-09-2011
 
Ser Espirita
Ser EspiritaSer Espirita
Ser Espirita
 
VIVÊNCIA ESPÍRITA
VIVÊNCIA ESPÍRITAVIVÊNCIA ESPÍRITA
VIVÊNCIA ESPÍRITA
 
Espírito de verdade, quem seria ele 1,5h
Espírito de verdade, quem seria ele 1,5hEspírito de verdade, quem seria ele 1,5h
Espírito de verdade, quem seria ele 1,5h
 
Livro dos Espiritos. 674 e ESE cap7
Livro dos Espiritos. 674 e ESE cap7Livro dos Espiritos. 674 e ESE cap7
Livro dos Espiritos. 674 e ESE cap7
 
Prece pelo Espiritismo
Prece pelo EspiritismoPrece pelo Espiritismo
Prece pelo Espiritismo
 
Reconhece se o cristãos pelas suas obras
Reconhece se o cristãos pelas suas obrasReconhece se o cristãos pelas suas obras
Reconhece se o cristãos pelas suas obras
 
Desapego - Liberdade para Evoluir
Desapego - Liberdade para EvoluirDesapego - Liberdade para Evoluir
Desapego - Liberdade para Evoluir
 
Obsessão por fascinação - parte 4
Obsessão por fascinação - parte 4Obsessão por fascinação - parte 4
Obsessão por fascinação - parte 4
 
Palestra trabalhadores da última hora - daura - seja - 2014
Palestra   trabalhadores da última hora - daura - seja - 2014Palestra   trabalhadores da última hora - daura - seja - 2014
Palestra trabalhadores da última hora - daura - seja - 2014
 
Conduta Espírita
Conduta EspíritaConduta Espírita
Conduta Espírita
 
Não se envergonhar apresentação
Não se envergonhar  apresentaçãoNão se envergonhar  apresentação
Não se envergonhar apresentação
 

Destaque

Fora da Caridade não há Salvação
Fora da Caridade não há SalvaçãoFora da Caridade não há Salvação
Fora da Caridade não há Salvação
Luciane Belchior
 

Destaque (20)

Coragem da fé
Coragem da féCoragem da fé
Coragem da fé
 
O poder da língua
O poder da línguaO poder da língua
O poder da língua
 
Para refletir
Para refletirPara refletir
Para refletir
 
Chico xavier
Chico xavierChico xavier
Chico xavier
 
Como os espíritos influenciam nossas vidas
Como os espíritos influenciam nossas vidasComo os espíritos influenciam nossas vidas
Como os espíritos influenciam nossas vidas
 
Evangelho Capítulo XXIV - Não por a candeia debaixo do alqueire
Evangelho Capítulo XXIV - Não por a candeia debaixo do alqueireEvangelho Capítulo XXIV - Não por a candeia debaixo do alqueire
Evangelho Capítulo XXIV - Não por a candeia debaixo do alqueire
 
Os laços de família são fortalecidos pela reencarnação
Os laços de família são fortalecidos pela reencarnaçãoOs laços de família são fortalecidos pela reencarnação
Os laços de família são fortalecidos pela reencarnação
 
Sacrifícios do amor
Sacrifícios do amorSacrifícios do amor
Sacrifícios do amor
 
Mensagem para refletir
Mensagem para refletirMensagem para refletir
Mensagem para refletir
 
O poder da fé
O poder da féO poder da fé
O poder da fé
 
Caridade
CaridadeCaridade
Caridade
 
Paraiso, inferno
Paraiso, infernoParaiso, inferno
Paraiso, inferno
 
Provas voluntárias
Provas voluntáriasProvas voluntárias
Provas voluntárias
 
Amor incondicional 1
Amor incondicional 1Amor incondicional 1
Amor incondicional 1
 
Penas e gozos futuros
Penas e gozos futurosPenas e gozos futuros
Penas e gozos futuros
 
Fora da Caridade não há Salvação
Fora da Caridade não há SalvaçãoFora da Caridade não há Salvação
Fora da Caridade não há Salvação
 
Caridade
CaridadeCaridade
Caridade
 
O cisco e a trave no olho
O cisco e a trave no olhoO cisco e a trave no olho
O cisco e a trave no olho
 
Livro dos Espíritos Q.287 ESE cap.24 item8
Livro dos Espíritos Q.287 ESE cap.24 item8Livro dos Espíritos Q.287 ESE cap.24 item8
Livro dos Espíritos Q.287 ESE cap.24 item8
 
Livro dos Espiritos 284 ESE CAp 24
Livro dos Espiritos 284 ESE CAp 24Livro dos Espiritos 284 ESE CAp 24
Livro dos Espiritos 284 ESE CAp 24
 

Semelhante a Alqueire

45. a luz do mundo
45. a luz do mundo45. a luz do mundo
45. a luz do mundo
pohlos
 
50. enigmas da bíblia
50. enigmas da bíblia50. enigmas da bíblia
50. enigmas da bíblia
pohlos
 
Sem i palestra i versao2007
Sem i palestra i versao2007Sem i palestra i versao2007
Sem i palestra i versao2007
Márcio E Maria
 

Semelhante a Alqueire (20)

Livro dos Espiritos 657 e ESE cap6_item5
Livro dos Espiritos 657 e ESE cap6_item5Livro dos Espiritos 657 e ESE cap6_item5
Livro dos Espiritos 657 e ESE cap6_item5
 
Livro dos Espíritos Q.382 ESE cap. 28 item 59
Livro dos Espíritos Q.382 ESE cap. 28 item 59Livro dos Espíritos Q.382 ESE cap. 28 item 59
Livro dos Espíritos Q.382 ESE cap. 28 item 59
 
O cristão empreendedor
O cristão empreendedorO cristão empreendedor
O cristão empreendedor
 
A candeia debaixo do alqueire
A candeia debaixo do alqueireA candeia debaixo do alqueire
A candeia debaixo do alqueire
 
Palavras de verdade_912015_GGR
Palavras de verdade_912015_GGRPalavras de verdade_912015_GGR
Palavras de verdade_912015_GGR
 
A importância da evangelização espírita!
A importância da evangelização espírita!A importância da evangelização espírita!
A importância da evangelização espírita!
 
aula 7 - evangelho no lar.pdf - esde - G6
aula 7 - evangelho no lar.pdf - esde - G6aula 7 - evangelho no lar.pdf - esde - G6
aula 7 - evangelho no lar.pdf - esde - G6
 
Evangelho no lar
Evangelho no larEvangelho no lar
Evangelho no lar
 
Colportor evangelista
Colportor evangelistaColportor evangelista
Colportor evangelista
 
45. a luz do mundo
45. a luz do mundo45. a luz do mundo
45. a luz do mundo
 
50. enigmas da bíblia
50. enigmas da bíblia50. enigmas da bíblia
50. enigmas da bíblia
 
Aquecendo Coraçoes #1
Aquecendo Coraçoes #1Aquecendo Coraçoes #1
Aquecendo Coraçoes #1
 
A Importância do Discernimento Espiritual
A Importância do Discernimento EspiritualA Importância do Discernimento Espiritual
A Importância do Discernimento Espiritual
 
Sem i palestra i versao2007
Sem i palestra i versao2007Sem i palestra i versao2007
Sem i palestra i versao2007
 
Ampliando a visão
Ampliando a visãoAmpliando a visão
Ampliando a visão
 
Os puros de__coracao
Os puros de__coracaoOs puros de__coracao
Os puros de__coracao
 
Desafios do ideal kssf cafe da manha
Desafios do ideal  kssf cafe da manhaDesafios do ideal  kssf cafe da manha
Desafios do ideal kssf cafe da manha
 
Boletim 552 12-08-12
Boletim 552 12-08-12Boletim 552 12-08-12
Boletim 552 12-08-12
 
Uma benção de ano novo (charles haddon spurgeon)
Uma benção de ano novo (charles haddon spurgeon)Uma benção de ano novo (charles haddon spurgeon)
Uma benção de ano novo (charles haddon spurgeon)
 
14 10-2012
14 10-201214 10-2012
14 10-2012
 

Mais de Luciane Belchior

Deixai vir a mim as criançinhas
Deixai vir a mim as criançinhasDeixai vir a mim as criançinhas
Deixai vir a mim as criançinhas
Luciane Belchior
 

Mais de Luciane Belchior (17)

OS TRABALHADORES DA ULTIMA HORA 1.ppsx
OS TRABALHADORES DA ULTIMA HORA 1.ppsxOS TRABALHADORES DA ULTIMA HORA 1.ppsx
OS TRABALHADORES DA ULTIMA HORA 1.ppsx
 
A gratidão ensinada por Jesus!
A gratidão ensinada por Jesus!A gratidão ensinada por Jesus!
A gratidão ensinada por Jesus!
 
A parabola dos dois alicerces
A parabola dos dois alicercesA parabola dos dois alicerces
A parabola dos dois alicerces
 
Meu papel no mundo
Meu papel no mundoMeu papel no mundo
Meu papel no mundo
 
Espiritismo e pandemia
Espiritismo e pandemiaEspiritismo e pandemia
Espiritismo e pandemia
 
Desequilibrios Reais
Desequilibrios ReaisDesequilibrios Reais
Desequilibrios Reais
 
Falsos profetas
Falsos profetasFalsos profetas
Falsos profetas
 
Auta de souza
Auta de souzaAuta de souza
Auta de souza
 
Mudar
MudarMudar
Mudar
 
Chico xavier e emmanuel
Chico xavier e emmanuelChico xavier e emmanuel
Chico xavier e emmanuel
 
Natal e espiritismo
Natal e espiritismoNatal e espiritismo
Natal e espiritismo
 
Mensagem de natal
Mensagem de natalMensagem de natal
Mensagem de natal
 
Chico xavier e emmanuel
Chico xavier e emmanuelChico xavier e emmanuel
Chico xavier e emmanuel
 
Pagar o bem com o mau
Pagar o bem com o mauPagar o bem com o mau
Pagar o bem com o mau
 
Laços familia pps
Laços familia ppsLaços familia pps
Laços familia pps
 
Deixai vir a mim as criançinhas
Deixai vir a mim as criançinhasDeixai vir a mim as criançinhas
Deixai vir a mim as criançinhas
 
Consolador prometido
Consolador prometidoConsolador prometido
Consolador prometido
 

Último (7)

Boletim Espiral número 74, de abril de 2024
Boletim Espiral número 74, de abril de 2024Boletim Espiral número 74, de abril de 2024
Boletim Espiral número 74, de abril de 2024
 
Bíblia Sagrada - Daniel - slide powerpoint.pptx
Bíblia Sagrada - Daniel - slide powerpoint.pptxBíblia Sagrada - Daniel - slide powerpoint.pptx
Bíblia Sagrada - Daniel - slide powerpoint.pptx
 
Culto esboço de Pregação expositiva sermão em João.docx
Culto esboço de Pregação expositiva sermão em João.docxCulto esboço de Pregação expositiva sermão em João.docx
Culto esboço de Pregação expositiva sermão em João.docx
 
ESPECIALIDADES ARQUEOLOGIA BIBLICA DBV.pdf
ESPECIALIDADES ARQUEOLOGIA BIBLICA DBV.pdfESPECIALIDADES ARQUEOLOGIA BIBLICA DBV.pdf
ESPECIALIDADES ARQUEOLOGIA BIBLICA DBV.pdf
 
Coletânea De Orações Cristãs Parte 2
Coletânea De Orações Cristãs Parte 2Coletânea De Orações Cristãs Parte 2
Coletânea De Orações Cristãs Parte 2
 
Leandro Pires - O Eu Superior Nosso Verdadeiro Mestre.pdf
Leandro Pires - O Eu Superior Nosso Verdadeiro Mestre.pdfLeandro Pires - O Eu Superior Nosso Verdadeiro Mestre.pdf
Leandro Pires - O Eu Superior Nosso Verdadeiro Mestre.pdf
 
Bíblia Sagrada - Ezequiel - slides powerpoint.pptx
Bíblia Sagrada - Ezequiel - slides powerpoint.pptxBíblia Sagrada - Ezequiel - slides powerpoint.pptx
Bíblia Sagrada - Ezequiel - slides powerpoint.pptx
 

Alqueire

  • 2. 1 – Nem os que acendem uma luzerna a metem debaixo do alqueire, mas põem-na sobre o candeeiro, a fim de que ela dê luz a todos os que estão na casa. (Mateus, V: 15).
  • 3.
  • 4. Vós ouvireis com os ouvidos, e não escutareis; e olhareis com os olhos, e não vereis. Porque o coração deste povo se fez pesado, e os seus ouvidos se fizeram tardos, e eles fecharam os seus olhos; para não suceder que vejam com os olhos, e ouçam com os ouvidos, e entendam no coração, e se convertam, e eu os sare. (Mateus, XIII: 10-15)
  • 5. As gerações passam também pela infância, pela juventude e pela madureza. Cada coisa deve vir a seu tempo, pois a sementeira lançada a terra, fora de tempo, não produz.
  • 6. Ao que já tem, ainda mais se dará, e terá em abundância. (Ver cap. XVIII, nº 15).
  • 7. “Transforma as tuas energias em bondade e compreensão redentoras para toda gente, gastando, para isso, o óleo de tua boa vontade, na renúncia e no sacrifício, e tua vida, em Cristo, passará a brilhar.” (Fonte Viva – Pelo Espírito Emmanuel, pg.213-214)
  • 8. “Ora, vigia, movimenta-te no esforço digno e sê feliz, meu amigo! A tua luz crescerá com a dilatação de teu devotamento ao Bem Infinito.” Voltei – Pelo Espírito Irmão Jacob)
  • 9. PROGRAMA DE RENOVAÇÃO Estudo Meditação Trabalho Estudando o Evangelho – Martins Peralva – pg.32
  • 10. PROGRAMA DE RENOVAÇÃO  Se obtém através da leitura do E S T U D O Evangelho, dos livros da Doutrina Espírita e outras obras que o levem a projetar a mente na direção dos ideais superiores.  Deve ser meditado, assimilado e posto em prática,a fim de que se transforme em frutos de renovação efetiva, positiva e consciente.
  • 11. PROGRAMA DE RENOVAÇÃO M E D I T A Ç Ã O  A meditação é o ato pelo qual se volve o homem para dentro de si mesmo, onde encontrará a Deus, no esplendor da sua Glória.  Através da prece, na meditação, obterá o homem a fé de que necessita para superação de suas fraquezas e a esperança que lhe estimulará o bom ânimo.
  • 12. PROGRAMA DE RENOVAÇÃO  Através do trabalho material T R A B A L H O dignifica-se o homem no cumprimento dos deveres para consigo mesmo, para com a família que deus lhe confiou, para com a sociedade de que participa.  Pelo trabalho espiritual, exerce a fraternidade com o próximo e aperfeiçoa-se no conhecimento transcendente da alma imortal.  No campo da atividade moral, lutará, por adquirir qualidades elevadas, ou por sublimar aquelas com que já se sente aquinhoado.