SlideShare uma empresa Scribd logo
Consolador
Prometido
O Evangelho de João registra da seguinte forma a
promessa de Jesus relativa ao Consolador: "Se me
amais, guardai meus mandamentos. E rogarei a
meu Pai e ele vos dará outro Consolador, a fim de
que fique eternamente convosco: o Espírito da
Verdade que o mundo não pode receber, porque
não o vê e absolutamente não o conhece.
Mas, quanto a vós, conhecê-lo-eis, porque
ficará convosco e estará em vós" (João, 14:15 a
17).
As Tres Revelações




Primeira Revelação:                                   Terceira Revelação:
      Moises                                              Espiritismo
 (10 mandamentos)                                   (Consolador prometido)


                          Segunda Revelação:
                       Jesus-Legislador moralista
                               Parábolas



                                          Evangelho Segundo Espiritismo- Cap 1
Espiritismo a
  Terceira
 Revelação
Para que serviria esse Consolador?

O Consolador, como Espírito da
Verdade, teria, pois, de dar ao homem o
conhecimento de sua origem, da
necessidade de sua estada na Terra e do
seu destino, espalhando por todo o lado a
consolação que advém da fé e da
esperança.
1o - procura lembrar-nos o
que Jesus ensinou;
2o - ensina-nos muitas
coisas que o Evangelho
não pôde explicar
adequadamente;
3o - consola e conforta os
que sofrem ao mostrar-
lhes a causa e a finalidade
dos sofrimentos humanos.
Doutrina Espírita



          Religião



Ciência              Filosofia
Aspecto Cientifico


Onde são apresentados os fatos espíritas quais sejam:


• A estrutura do ser humano
• A comunicação com os espíritos
•A reencarnação: nascemos, vivemos e morremos muitas vezes
• A pluralidade dos mundos habitados- No universo ha’ muitas
 regiões habitadas por seres inteligentes
Aspecto Moral


Onde se tiram as regras de conduta correta para a nossa vida e’
um resumo das leis morais:


Jesus- modelo perfeito de conduta
Virtudes mais importantes: Caridade e humildade
Vícios: egoísmo e orgulho
Justiça: seremos perdoados a medida que perdoarmos nossos
devedores
Juiz: voz de Deus que esta na nossa consciência
Cristo disse: "Bem-aventurados
os aflitos, porque eles serão
consolados"; mas como nos
considerarmos felizes por
sofrer, se não soubermos porque
sofremos? O Espiritismo mostra
a causa nas existências
anteriores e na destinação da
terra onde o homem expia seu
passado; mostra o propósito dos
sofrimentos como crises
salutares que conduzem à
cura, e como uma depuração
que assegura a felicidade nas
existências futuras.
Consolador prometido
Consolador prometido

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Princípios Básicos do Espiritismo
Princípios Básicos do EspiritismoPrincípios Básicos do Espiritismo
Princípios Básicos do Espiritismo
paikachambi
 
7 aula reencarnação
7   aula reencarnação7   aula reencarnação
7 aula reencarnação
Sergio Lima Dias Junior
 
O poder da Prece
O poder da PreceO poder da Prece
O poder da Prece
Cleuta Fraga
 
Jugo leve
Jugo leveJugo leve
Jugo leve
Fatoze
 
O Homem de Bem
O Homem de BemO Homem de Bem
O Homem de Bem
igmateus
 
Não vim trazer a paz, maz a espada
Não vim trazer a paz, maz a espadaNão vim trazer a paz, maz a espada
Não vim trazer a paz, maz a espada
Sergio Menezes
 
Dai a Cezar o que é de Cezar ( Leonardo Pereira).
Dai a Cezar o que é de Cezar ( Leonardo Pereira). Dai a Cezar o que é de Cezar ( Leonardo Pereira).
Dai a Cezar o que é de Cezar ( Leonardo Pereira).
Leonardo Pereira
 
Pensamento e vontade
Pensamento e vontadePensamento e vontade
Pensamento e vontade
Dalila Melo
 
Os Inimigos Desencarnados(Ese)
Os Inimigos Desencarnados(Ese)Os Inimigos Desencarnados(Ese)
Os Inimigos Desencarnados(Ese)
Grupo Espírita Cristão
 
Injúrias E Violências
Injúrias E ViolênciasInjúrias E Violências
Injúrias E Violências
Grupo Espírita Cristão
 
Estudando com Andre Luiz - Os Mensageiros capitulo 06 Advertencias profundas
Estudando com Andre Luiz - Os Mensageiros  capitulo 06 Advertencias profundasEstudando com Andre Luiz - Os Mensageiros  capitulo 06 Advertencias profundas
Estudando com Andre Luiz - Os Mensageiros capitulo 06 Advertencias profundas
Jose Luiz Maio
 
Finalidades da reencarnação.pptx2
Finalidades da reencarnação.pptx2Finalidades da reencarnação.pptx2
Finalidades da reencarnação.pptx2
sndteixeira
 
O centro espírita
O centro espíritaO centro espírita
O centro espírita
nelmarvoc
 
Evolução Em Dois Mundos - Primeira Parte - Capítulo III - Evolução do Corpo E...
Evolução Em Dois Mundos - Primeira Parte - Capítulo III - Evolução do Corpo E...Evolução Em Dois Mundos - Primeira Parte - Capítulo III - Evolução do Corpo E...
Evolução Em Dois Mundos - Primeira Parte - Capítulo III - Evolução do Corpo E...
Cynthia Castro
 
Cap 13 Não saiba a vossa mão esquerda o que dê a vossa mão direita
Cap 13 Não saiba a vossa mão esquerdao que dê a vossa mão direitaCap 13 Não saiba a vossa mão esquerdao que dê a vossa mão direita
Cap 13 Não saiba a vossa mão esquerda o que dê a vossa mão direita
gmo1973
 
Evangelho Capítulo XXIV - Não por a candeia debaixo do alqueire
Evangelho Capítulo XXIV - Não por a candeia debaixo do alqueireEvangelho Capítulo XXIV - Não por a candeia debaixo do alqueire
Evangelho Capítulo XXIV - Não por a candeia debaixo do alqueire
grupodepaisceb
 
Não vim destruir a lei-Marcelo do N. Rodrigues-CEM
Não vim destruir a lei-Marcelo do N. Rodrigues-CEMNão vim destruir a lei-Marcelo do N. Rodrigues-CEM
Não vim destruir a lei-Marcelo do N. Rodrigues-CEM
Marcelo do Nascimento Rodrigues
 
BEM AVENTURADOS OS PUROS DE CORAÇÃO
BEM AVENTURADOS OS PUROS DE CORAÇÃOBEM AVENTURADOS OS PUROS DE CORAÇÃO
BEM AVENTURADOS OS PUROS DE CORAÇÃO
Sergio Menezes
 
Pluralidade Dos Mundos Habitados
Pluralidade Dos Mundos HabitadosPluralidade Dos Mundos Habitados
Pluralidade Dos Mundos Habitados
Fórum Espírita
 
Ese cap 8 bem aventurados os que tem puro o coracao final (1)
Ese cap 8  bem aventurados os que tem puro o coracao final (1)Ese cap 8  bem aventurados os que tem puro o coracao final (1)
Ese cap 8 bem aventurados os que tem puro o coracao final (1)
Fernando Pinto
 

Mais procurados (20)

Princípios Básicos do Espiritismo
Princípios Básicos do EspiritismoPrincípios Básicos do Espiritismo
Princípios Básicos do Espiritismo
 
7 aula reencarnação
7   aula reencarnação7   aula reencarnação
7 aula reencarnação
 
O poder da Prece
O poder da PreceO poder da Prece
O poder da Prece
 
Jugo leve
Jugo leveJugo leve
Jugo leve
 
O Homem de Bem
O Homem de BemO Homem de Bem
O Homem de Bem
 
Não vim trazer a paz, maz a espada
Não vim trazer a paz, maz a espadaNão vim trazer a paz, maz a espada
Não vim trazer a paz, maz a espada
 
Dai a Cezar o que é de Cezar ( Leonardo Pereira).
Dai a Cezar o que é de Cezar ( Leonardo Pereira). Dai a Cezar o que é de Cezar ( Leonardo Pereira).
Dai a Cezar o que é de Cezar ( Leonardo Pereira).
 
Pensamento e vontade
Pensamento e vontadePensamento e vontade
Pensamento e vontade
 
Os Inimigos Desencarnados(Ese)
Os Inimigos Desencarnados(Ese)Os Inimigos Desencarnados(Ese)
Os Inimigos Desencarnados(Ese)
 
Injúrias E Violências
Injúrias E ViolênciasInjúrias E Violências
Injúrias E Violências
 
Estudando com Andre Luiz - Os Mensageiros capitulo 06 Advertencias profundas
Estudando com Andre Luiz - Os Mensageiros  capitulo 06 Advertencias profundasEstudando com Andre Luiz - Os Mensageiros  capitulo 06 Advertencias profundas
Estudando com Andre Luiz - Os Mensageiros capitulo 06 Advertencias profundas
 
Finalidades da reencarnação.pptx2
Finalidades da reencarnação.pptx2Finalidades da reencarnação.pptx2
Finalidades da reencarnação.pptx2
 
O centro espírita
O centro espíritaO centro espírita
O centro espírita
 
Evolução Em Dois Mundos - Primeira Parte - Capítulo III - Evolução do Corpo E...
Evolução Em Dois Mundos - Primeira Parte - Capítulo III - Evolução do Corpo E...Evolução Em Dois Mundos - Primeira Parte - Capítulo III - Evolução do Corpo E...
Evolução Em Dois Mundos - Primeira Parte - Capítulo III - Evolução do Corpo E...
 
Cap 13 Não saiba a vossa mão esquerda o que dê a vossa mão direita
Cap 13 Não saiba a vossa mão esquerdao que dê a vossa mão direitaCap 13 Não saiba a vossa mão esquerdao que dê a vossa mão direita
Cap 13 Não saiba a vossa mão esquerda o que dê a vossa mão direita
 
Evangelho Capítulo XXIV - Não por a candeia debaixo do alqueire
Evangelho Capítulo XXIV - Não por a candeia debaixo do alqueireEvangelho Capítulo XXIV - Não por a candeia debaixo do alqueire
Evangelho Capítulo XXIV - Não por a candeia debaixo do alqueire
 
Não vim destruir a lei-Marcelo do N. Rodrigues-CEM
Não vim destruir a lei-Marcelo do N. Rodrigues-CEMNão vim destruir a lei-Marcelo do N. Rodrigues-CEM
Não vim destruir a lei-Marcelo do N. Rodrigues-CEM
 
BEM AVENTURADOS OS PUROS DE CORAÇÃO
BEM AVENTURADOS OS PUROS DE CORAÇÃOBEM AVENTURADOS OS PUROS DE CORAÇÃO
BEM AVENTURADOS OS PUROS DE CORAÇÃO
 
Pluralidade Dos Mundos Habitados
Pluralidade Dos Mundos HabitadosPluralidade Dos Mundos Habitados
Pluralidade Dos Mundos Habitados
 
Ese cap 8 bem aventurados os que tem puro o coracao final (1)
Ese cap 8  bem aventurados os que tem puro o coracao final (1)Ese cap 8  bem aventurados os que tem puro o coracao final (1)
Ese cap 8 bem aventurados os que tem puro o coracao final (1)
 

Semelhante a Consolador prometido

O consolador prometido
O consolador prometidoO consolador prometido
O consolador prometido
Fatoze
 
Evangelho Cap. 6 Item3 - O consolador prometido
Evangelho Cap. 6 Item3 - O consolador prometidoEvangelho Cap. 6 Item3 - O consolador prometido
Evangelho Cap. 6 Item3 - O consolador prometido
Patricia Farias
 
AULA 4.pptx
AULA 4.pptxAULA 4.pptx
AULA 4.pptx
FilipeDuartedeBem
 
consolador prometido.pdf
consolador prometido.pdfconsolador prometido.pdf
consolador prometido.pdf
FilipeDuartedeBem
 
Capítulo VI - O Cristo Consolador
Capítulo VI - O Cristo ConsoladorCapítulo VI - O Cristo Consolador
Capítulo VI - O Cristo Consolador
grupodepaisceb
 
Espiritismo x evangelho
Espiritismo x evangelhoEspiritismo x evangelho
Espiritismo x evangelho
João Eduardo
 
O CONSOLADOR PROMETIDO
O CONSOLADOR PROMETIDOO CONSOLADOR PROMETIDO
O CONSOLADOR PROMETIDO
Jorge Luiz dos Santos
 
Apresentação da Doutrina Espírita e do Livro dos Espíritos.pptx
Apresentação da Doutrina Espírita e do Livro dos Espíritos.pptxApresentação da Doutrina Espírita e do Livro dos Espíritos.pptx
Apresentação da Doutrina Espírita e do Livro dos Espíritos.pptx
Marta Gomes
 
Capitulo VI - Evangelho Segundo Espiritismo
Capitulo VI - Evangelho Segundo EspiritismoCapitulo VI - Evangelho Segundo Espiritismo
Capitulo VI - Evangelho Segundo Espiritismo
Jean Dias
 
2021 1º Trimestre Adulto Lição 02.pptx
2021 1º Trimestre Adulto Lição 02.pptx2021 1º Trimestre Adulto Lição 02.pptx
2021 1º Trimestre Adulto Lição 02.pptx
Joel Silva
 
Lição 05 - Arrebatamento (lição completa)
Lição 05 - Arrebatamento (lição completa)Lição 05 - Arrebatamento (lição completa)
O consolador prometido
O consolador prometidoO consolador prometido
O consolador prometido
Claudio Macedo
 
Aula 13
Aula 13Aula 13
Aula 13
Paulo Mattos
 
( Espiritismo) # - amag ramgis - reencarnacao # estudo geral # 2
( Espiritismo)   # - amag ramgis - reencarnacao # estudo geral # 2( Espiritismo)   # - amag ramgis - reencarnacao # estudo geral # 2
( Espiritismo) # - amag ramgis - reencarnacao # estudo geral # 2
Instituto de Psicobiofísica Rama Schain
 
( Espiritismo) # - amag ramgis - reencarnacao # estudo geral # 2
( Espiritismo)   # - amag ramgis - reencarnacao # estudo geral # 2( Espiritismo)   # - amag ramgis - reencarnacao # estudo geral # 2
( Espiritismo) # - amag ramgis - reencarnacao # estudo geral # 2
Instituto de Psicobiofísica Rama Schain
 
04 - O Consolador
04 - O Consolador04 - O Consolador
04 - O Consolador
Isaias Oliveira
 
Estudos Escatológicos - Seminário Escatológico- Modulo '1.pptx
Estudos Escatológicos - Seminário Escatológico- Modulo '1.pptxEstudos Escatológicos - Seminário Escatológico- Modulo '1.pptx
Estudos Escatológicos - Seminário Escatológico- Modulo '1.pptx
JoseAugustoDomingos
 
Módulo I - Aula IV - Mansão Espírita
Módulo I - Aula IV - Mansão EspíritaMódulo I - Aula IV - Mansão Espírita
Módulo I - Aula IV - Mansão Espírita
brunoquadros
 
Módulo I - Aula IV - Mansão Espírita
Módulo I - Aula IV - Mansão EspíritaMódulo I - Aula IV - Mansão Espírita
Módulo I - Aula IV - Mansão Espírita
brunoquadros
 
Jesus cristo é o caminho
Jesus cristo é o caminhoJesus cristo é o caminho
Jesus cristo é o caminho
alvinosete
 

Semelhante a Consolador prometido (20)

O consolador prometido
O consolador prometidoO consolador prometido
O consolador prometido
 
Evangelho Cap. 6 Item3 - O consolador prometido
Evangelho Cap. 6 Item3 - O consolador prometidoEvangelho Cap. 6 Item3 - O consolador prometido
Evangelho Cap. 6 Item3 - O consolador prometido
 
AULA 4.pptx
AULA 4.pptxAULA 4.pptx
AULA 4.pptx
 
consolador prometido.pdf
consolador prometido.pdfconsolador prometido.pdf
consolador prometido.pdf
 
Capítulo VI - O Cristo Consolador
Capítulo VI - O Cristo ConsoladorCapítulo VI - O Cristo Consolador
Capítulo VI - O Cristo Consolador
 
Espiritismo x evangelho
Espiritismo x evangelhoEspiritismo x evangelho
Espiritismo x evangelho
 
O CONSOLADOR PROMETIDO
O CONSOLADOR PROMETIDOO CONSOLADOR PROMETIDO
O CONSOLADOR PROMETIDO
 
Apresentação da Doutrina Espírita e do Livro dos Espíritos.pptx
Apresentação da Doutrina Espírita e do Livro dos Espíritos.pptxApresentação da Doutrina Espírita e do Livro dos Espíritos.pptx
Apresentação da Doutrina Espírita e do Livro dos Espíritos.pptx
 
Capitulo VI - Evangelho Segundo Espiritismo
Capitulo VI - Evangelho Segundo EspiritismoCapitulo VI - Evangelho Segundo Espiritismo
Capitulo VI - Evangelho Segundo Espiritismo
 
2021 1º Trimestre Adulto Lição 02.pptx
2021 1º Trimestre Adulto Lição 02.pptx2021 1º Trimestre Adulto Lição 02.pptx
2021 1º Trimestre Adulto Lição 02.pptx
 
Lição 05 - Arrebatamento (lição completa)
Lição 05 - Arrebatamento (lição completa)Lição 05 - Arrebatamento (lição completa)
Lição 05 - Arrebatamento (lição completa)
 
O consolador prometido
O consolador prometidoO consolador prometido
O consolador prometido
 
Aula 13
Aula 13Aula 13
Aula 13
 
( Espiritismo) # - amag ramgis - reencarnacao # estudo geral # 2
( Espiritismo)   # - amag ramgis - reencarnacao # estudo geral # 2( Espiritismo)   # - amag ramgis - reencarnacao # estudo geral # 2
( Espiritismo) # - amag ramgis - reencarnacao # estudo geral # 2
 
( Espiritismo) # - amag ramgis - reencarnacao # estudo geral # 2
( Espiritismo)   # - amag ramgis - reencarnacao # estudo geral # 2( Espiritismo)   # - amag ramgis - reencarnacao # estudo geral # 2
( Espiritismo) # - amag ramgis - reencarnacao # estudo geral # 2
 
04 - O Consolador
04 - O Consolador04 - O Consolador
04 - O Consolador
 
Estudos Escatológicos - Seminário Escatológico- Modulo '1.pptx
Estudos Escatológicos - Seminário Escatológico- Modulo '1.pptxEstudos Escatológicos - Seminário Escatológico- Modulo '1.pptx
Estudos Escatológicos - Seminário Escatológico- Modulo '1.pptx
 
Módulo I - Aula IV - Mansão Espírita
Módulo I - Aula IV - Mansão EspíritaMódulo I - Aula IV - Mansão Espírita
Módulo I - Aula IV - Mansão Espírita
 
Módulo I - Aula IV - Mansão Espírita
Módulo I - Aula IV - Mansão EspíritaMódulo I - Aula IV - Mansão Espírita
Módulo I - Aula IV - Mansão Espírita
 
Jesus cristo é o caminho
Jesus cristo é o caminhoJesus cristo é o caminho
Jesus cristo é o caminho
 

Mais de Luciane Belchior

OS TRABALHADORES DA ULTIMA HORA 1.ppsx
OS TRABALHADORES DA ULTIMA HORA 1.ppsxOS TRABALHADORES DA ULTIMA HORA 1.ppsx
OS TRABALHADORES DA ULTIMA HORA 1.ppsx
Luciane Belchior
 
A gratidão ensinada por Jesus!
A gratidão ensinada por Jesus!A gratidão ensinada por Jesus!
A gratidão ensinada por Jesus!
Luciane Belchior
 
A parabola dos dois alicerces
A parabola dos dois alicercesA parabola dos dois alicerces
A parabola dos dois alicerces
Luciane Belchior
 
Meu papel no mundo
Meu papel no mundoMeu papel no mundo
Meu papel no mundo
Luciane Belchior
 
Espiritismo e pandemia
Espiritismo e pandemiaEspiritismo e pandemia
Espiritismo e pandemia
Luciane Belchior
 
Desequilibrios Reais
Desequilibrios ReaisDesequilibrios Reais
Desequilibrios Reais
Luciane Belchior
 
Falsos profetas
Falsos profetasFalsos profetas
Falsos profetas
Luciane Belchior
 
Coragem da fé
Coragem da féCoragem da fé
Coragem da fé
Luciane Belchior
 
Como os espíritos influenciam nossas vidas
Como os espíritos influenciam nossas vidasComo os espíritos influenciam nossas vidas
Como os espíritos influenciam nossas vidas
Luciane Belchior
 
Sacrifícios do amor
Sacrifícios do amorSacrifícios do amor
Sacrifícios do amor
Luciane Belchior
 
Os laços de família são fortalecidos pela reencarnação
Os laços de família são fortalecidos pela reencarnaçãoOs laços de família são fortalecidos pela reencarnação
Os laços de família são fortalecidos pela reencarnação
Luciane Belchior
 
Auta de souza
Auta de souzaAuta de souza
Auta de souza
Luciane Belchior
 
O poder da língua
O poder da línguaO poder da língua
O poder da língua
Luciane Belchior
 
Para refletir
Para refletirPara refletir
Para refletir
Luciane Belchior
 
Mensagem para refletir
Mensagem para refletirMensagem para refletir
Mensagem para refletir
Luciane Belchior
 
Mudar
MudarMudar
Chico xavier
Chico xavierChico xavier
Chico xavier
Luciane Belchior
 
Chico xavier e emmanuel
Chico xavier e emmanuelChico xavier e emmanuel
Chico xavier e emmanuel
Luciane Belchior
 
Alqueire
AlqueireAlqueire
Penas e gozos futuros
Penas e gozos futurosPenas e gozos futuros
Penas e gozos futuros
Luciane Belchior
 

Mais de Luciane Belchior (20)

OS TRABALHADORES DA ULTIMA HORA 1.ppsx
OS TRABALHADORES DA ULTIMA HORA 1.ppsxOS TRABALHADORES DA ULTIMA HORA 1.ppsx
OS TRABALHADORES DA ULTIMA HORA 1.ppsx
 
A gratidão ensinada por Jesus!
A gratidão ensinada por Jesus!A gratidão ensinada por Jesus!
A gratidão ensinada por Jesus!
 
A parabola dos dois alicerces
A parabola dos dois alicercesA parabola dos dois alicerces
A parabola dos dois alicerces
 
Meu papel no mundo
Meu papel no mundoMeu papel no mundo
Meu papel no mundo
 
Espiritismo e pandemia
Espiritismo e pandemiaEspiritismo e pandemia
Espiritismo e pandemia
 
Desequilibrios Reais
Desequilibrios ReaisDesequilibrios Reais
Desequilibrios Reais
 
Falsos profetas
Falsos profetasFalsos profetas
Falsos profetas
 
Coragem da fé
Coragem da féCoragem da fé
Coragem da fé
 
Como os espíritos influenciam nossas vidas
Como os espíritos influenciam nossas vidasComo os espíritos influenciam nossas vidas
Como os espíritos influenciam nossas vidas
 
Sacrifícios do amor
Sacrifícios do amorSacrifícios do amor
Sacrifícios do amor
 
Os laços de família são fortalecidos pela reencarnação
Os laços de família são fortalecidos pela reencarnaçãoOs laços de família são fortalecidos pela reencarnação
Os laços de família são fortalecidos pela reencarnação
 
Auta de souza
Auta de souzaAuta de souza
Auta de souza
 
O poder da língua
O poder da línguaO poder da língua
O poder da língua
 
Para refletir
Para refletirPara refletir
Para refletir
 
Mensagem para refletir
Mensagem para refletirMensagem para refletir
Mensagem para refletir
 
Mudar
MudarMudar
Mudar
 
Chico xavier
Chico xavierChico xavier
Chico xavier
 
Chico xavier e emmanuel
Chico xavier e emmanuelChico xavier e emmanuel
Chico xavier e emmanuel
 
Alqueire
AlqueireAlqueire
Alqueire
 
Penas e gozos futuros
Penas e gozos futurosPenas e gozos futuros
Penas e gozos futuros
 

Consolador prometido

  • 2. O Evangelho de João registra da seguinte forma a promessa de Jesus relativa ao Consolador: "Se me amais, guardai meus mandamentos. E rogarei a meu Pai e ele vos dará outro Consolador, a fim de que fique eternamente convosco: o Espírito da Verdade que o mundo não pode receber, porque não o vê e absolutamente não o conhece. Mas, quanto a vós, conhecê-lo-eis, porque ficará convosco e estará em vós" (João, 14:15 a 17).
  • 3. As Tres Revelações Primeira Revelação: Terceira Revelação: Moises Espiritismo (10 mandamentos) (Consolador prometido) Segunda Revelação: Jesus-Legislador moralista Parábolas Evangelho Segundo Espiritismo- Cap 1
  • 4. Espiritismo a Terceira Revelação
  • 5. Para que serviria esse Consolador? O Consolador, como Espírito da Verdade, teria, pois, de dar ao homem o conhecimento de sua origem, da necessidade de sua estada na Terra e do seu destino, espalhando por todo o lado a consolação que advém da fé e da esperança.
  • 6. 1o - procura lembrar-nos o que Jesus ensinou; 2o - ensina-nos muitas coisas que o Evangelho não pôde explicar adequadamente; 3o - consola e conforta os que sofrem ao mostrar- lhes a causa e a finalidade dos sofrimentos humanos.
  • 7. Doutrina Espírita Religião Ciência Filosofia
  • 8. Aspecto Cientifico Onde são apresentados os fatos espíritas quais sejam: • A estrutura do ser humano • A comunicação com os espíritos •A reencarnação: nascemos, vivemos e morremos muitas vezes • A pluralidade dos mundos habitados- No universo ha’ muitas regiões habitadas por seres inteligentes
  • 9. Aspecto Moral Onde se tiram as regras de conduta correta para a nossa vida e’ um resumo das leis morais: Jesus- modelo perfeito de conduta Virtudes mais importantes: Caridade e humildade Vícios: egoísmo e orgulho Justiça: seremos perdoados a medida que perdoarmos nossos devedores Juiz: voz de Deus que esta na nossa consciência
  • 10. Cristo disse: "Bem-aventurados os aflitos, porque eles serão consolados"; mas como nos considerarmos felizes por sofrer, se não soubermos porque sofremos? O Espiritismo mostra a causa nas existências anteriores e na destinação da terra onde o homem expia seu passado; mostra o propósito dos sofrimentos como crises salutares que conduzem à cura, e como uma depuração que assegura a felicidade nas existências futuras.