METABOLISMO DE CONSTRUÇÃO II
BIOLOGIA A (Profª Lara)
Livro Texto Capítulo 6 (Itens 12 ao 16)
Caderno 2
Aulas 16 e 17
 ENZIMAS
 Tipos especiais de proteínas que atuam como catalisadores
biológicos, acelerando as reações químicas e diminui...
 ENZIMAS
Importância
 A vida depende fundamentalmente de reações químicas,
que constituem o metabolismo celular. Tais re...
 ENZIMAS
1) São catalisadores específicos
Para cada tipo de substrato (molécula sobre a qual a enzima atua)
existe um tip...
2) Não sofrem modificações e não são consumidas durante as
reações .
 ENZIMAS
Propriedades
3) Catalisam reações reversíve...
 ENZIMAS E SEUS PAPÉIS BIOLÓGICOS
 FATORES QUE INFLUENCIAM NAS REAÇÕES ENZIMÁTICAS
TEMPERATURA
 Cada enzima possui uma temperatura ótima, na qual a
veloci...
 A queda na velocidade da reação após a temperatura ótima
ocorre em função da desnaturação da enzima. Quando aquecida
em ...
 FATORES QUE INFLUENCIAM NAS REAÇÕES ENZIMÁTICAS
TEMPERATURA
Desnaturação
 FATORES QUE INFLUENCIAM NAS REAÇÕES ENZIMÁTICAS
pH
 O grau de acidez ou de alcalinidade do meio interfere na
atividade ...
 PROTEÍNAS DE DEFESA: ANTICORPOS
ANTICORPOS ANTÍGENOS
x
 PROTEÍNAS DE DEFESA: ANTICORPOS
ANTICORPOS ANTÍGENOS
xVACINAS SOROS
 Imunização Ativa;
 Ação Preventiva;
 Constituída...
 O VALOR BIOLÓGICO DE UMA PROTEÍNA
LEITURA COMPLEMENTAR
Livro Texto, capítulo 6, página 34
Metabolismo de construção ii   aulas 16 e 17
Metabolismo de construção ii   aulas 16 e 17
Metabolismo de construção ii   aulas 16 e 17
Metabolismo de construção ii   aulas 16 e 17
Metabolismo de construção ii   aulas 16 e 17
Metabolismo de construção ii   aulas 16 e 17
Metabolismo de construção ii   aulas 16 e 17
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Metabolismo de construção ii aulas 16 e 17

1.342 visualizações

Publicada em

Profª Lara Pessanha

Publicada em: Meio ambiente
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.342
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
777
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
20
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Metabolismo de construção ii aulas 16 e 17

  1. 1. METABOLISMO DE CONSTRUÇÃO II BIOLOGIA A (Profª Lara) Livro Texto Capítulo 6 (Itens 12 ao 16) Caderno 2 Aulas 16 e 17
  2. 2.  ENZIMAS  Tipos especiais de proteínas que atuam como catalisadores biológicos, acelerando as reações químicas e diminuindo a energia de ativação das reações que ocorrem no interior das células.
  3. 3.  ENZIMAS Importância  A vida depende fundamentalmente de reações químicas, que constituem o metabolismo celular. Tais reações dependem da atuação de enzimas específicas.  Sem estes catalisadores, a velocidade das reações seria muito baixa e a energia e ativação necessária para uma reação acontecer seria muito elevada.  Importantes características genéticas dependem da atividade enzimática (ex.: albinismo)
  4. 4.  ENZIMAS 1) São catalisadores específicos Para cada tipo de substrato (molécula sobre a qual a enzima atua) existe um tipo de enzima. MODELO CHAVE-FECHADURA  A enzima possui uma conformação tridimensional que se encaixa perfeitamente ao seu substrato, na maioria dos casos.  Essa região de encaixe é chamada de centro ativo (sítio ativo).  A ligação do substrato ao centro ativo da enzima, permite a formação do complexo enzima-substrato. Propriedades
  5. 5. 2) Não sofrem modificações e não são consumidas durante as reações .  ENZIMAS Propriedades 3) Catalisam reações reversíveis, isto é, que podem se processar nos dois sentidos.
  6. 6.  ENZIMAS E SEUS PAPÉIS BIOLÓGICOS
  7. 7.  FATORES QUE INFLUENCIAM NAS REAÇÕES ENZIMÁTICAS TEMPERATURA  Cada enzima possui uma temperatura ótima, na qual a velocidade da reação é máxima. Para cada tipo de organismo, existe uma temperatura ótima. (Ex.: mamíferos 370 C; bactéria de fontes termais 500 C )  Acima de 450 C, a maioria das enzimas sofre desnaturação e perdem a sua eficiência.
  8. 8.  A queda na velocidade da reação após a temperatura ótima ocorre em função da desnaturação da enzima. Quando aquecida em excesso, a enzima (proteína) perde sua configuração tridimensional e se desnatura.
  9. 9.  FATORES QUE INFLUENCIAM NAS REAÇÕES ENZIMÁTICAS TEMPERATURA Desnaturação
  10. 10.  FATORES QUE INFLUENCIAM NAS REAÇÕES ENZIMÁTICAS pH  O grau de acidez ou de alcalinidade do meio interfere na atividade enzimática.  Cada enzima possui um pH ótimo, no qual a velocidade da reação é máxima.  Em nosso corpo, temos tecidos e órgãos com diferentes valores de pH. As enzimas que atuam em cada um desses locais devem ter como pH ideal o pH da região onde atuam.
  11. 11.  PROTEÍNAS DE DEFESA: ANTICORPOS ANTICORPOS ANTÍGENOS x
  12. 12.  PROTEÍNAS DE DEFESA: ANTICORPOS ANTICORPOS ANTÍGENOS xVACINAS SOROS  Imunização Ativa;  Ação Preventiva;  Constituídas por antígenos que são o próprio agente causador da doença, normalmente atenuados ou mortos;  Estimulam nosso sistema imunológico a produzir anticorpos contra aqueles antígenos específicos. Memória imunológica  Imunização Passiva;  Ação Curativa;  Constituídos por anticorpos que ajudarão o sistema imunológico do organismo a combater um antígeno específico.  Ação mais rápida.  Sem memória imunológica
  13. 13.  O VALOR BIOLÓGICO DE UMA PROTEÍNA LEITURA COMPLEMENTAR Livro Texto, capítulo 6, página 34

×