Metabolismo energético das
células.
• A diferença entre elas é que a primeira, reação
endotérmica, precisa que a gente dê energia
para ela a fim de que ela po...
Como as células armazenam energia?
• Existem dois tipos de reações químicas,
que nos interessam neste momento.
–1. Reações...
• Como exemplo de reação química endotérmica
temos a fotossíntese
• Como exemplo de reação química exotérmica
temos a resp...
vias metabólicas
• As reações químicas do metabolismo estão
organizadas em vias metabólicas, que são
seqüências de reações...
ENZIMAS
• Diferentes enzimas catalisam diferentes
passos de vias metabólicas, agindo de forma
concertada de modo a não int...
• As enzimas regulam as vias metabólicas em
resposta a mudanças no ambiente celular ou a
sinais de outras células.
Formas de Obtenção de Energia
a) Metabolismo Heterotrófico - síntese de ATP a
partir da energia liberada pela oxidação de
...
A fermentação
• É um conjunto de reações químicas
controladas enzimaticamente, em que uma
molécula orgânica (geralmente a ...
TIPOS
• Fermentação alcoólica - produz como produtos finais etanol
e dióxido de carbono, produtos utilizados pelo Homem na...
• Pode-se considerar as reações da fermentação
divididas em duas partes principais: a glicólise
e a redução do ácido pirúv...
Esquema da glicólise
• A segunda parte da fermentação consiste na
redução do ácido pirúvico resultante da
glicólise. Cada molécula de ácido pir...
Esquema da redução do ác. pirúvico
• Decorre na matriz da mitocôndria e consiste
numa série de reações complexas de
descarboxilações e desidrogenações.
• Rec...
• Inicia-se com a combinação do grupo acetil
com o ácido oxalacético, originando ácido
cítrico. Este isomeriza-se transfor...
Metabolismo energético das células
Metabolismo energético das células
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Metabolismo energético das células

5.856 visualizações

Publicada em

0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
5.856
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
4
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
56
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Metabolismo energético das células

  1. 1. Metabolismo energético das células.
  2. 2. • A diferença entre elas é que a primeira, reação endotérmica, precisa que a gente dê energia para ela a fim de que ela possa ocorrer. • Já a segunda, a reação exotérmica, a gente não precisa dar energia para ela ocorrer e ela ainda libera energia!
  3. 3. Como as células armazenam energia? • Existem dois tipos de reações químicas, que nos interessam neste momento. –1. Reações endotérmicas –2. Reações exotérmicas
  4. 4. • Como exemplo de reação química endotérmica temos a fotossíntese • Como exemplo de reação química exotérmica temos a respiração celular.
  5. 5. vias metabólicas • As reações químicas do metabolismo estão organizadas em vias metabólicas, que são seqüências de reações em que o produto de uma reação é utilizado como reagente na reação seguinte.
  6. 6. ENZIMAS • Diferentes enzimas catalisam diferentes passos de vias metabólicas, agindo de forma concertada de modo a não interromper o fluxo nessas vias.
  7. 7. • As enzimas regulam as vias metabólicas em resposta a mudanças no ambiente celular ou a sinais de outras células.
  8. 8. Formas de Obtenção de Energia a) Metabolismo Heterotrófico - síntese de ATP a partir da energia liberada pela oxidação de compostos orgânicos, transformando-os em moléculas mais simples e utilizadas como fonte de carbono; b) Metabolismo Autotrófico – são capazes de utilizar CO2 como principal fonte de carbono, obter energia pela síntese de ATP pela oxidação de compostos inorgânicos ou captação de energia luminosa.
  9. 9. A fermentação • É um conjunto de reações químicas controladas enzimaticamente, em que uma molécula orgânica (geralmente a glicose) é degradada em compostos mais simples, libertando energia. • Este processo tem grande importância econômica, sendo utilizado no fabrico de bebidas alcoólicas e pão, entre outros alimentos.
  10. 10. TIPOS • Fermentação alcoólica - produz como produtos finais etanol e dióxido de carbono, produtos utilizados pelo Homem na produção de vinho, cerveja e outras bebidas alcoólicas e do pão; • Fermentação acética - produz como produto final o ácido cético, que causa o azedar do vinho ou dos sumos de fruta e sua conseqüente transformação em vinagre; • Fermentação láctica - produz como produto final o ácido láctico, geralmente a partir da lactose do leite. O baixar do pH causado pela acumulação do ácido láctico causa a coagulação das proteínas do leite e a formação do coalho usado no fabrico de iogurtes e queijos.
  11. 11. • Pode-se considerar as reações da fermentação divididas em duas partes principais: a glicólise e a redução do ácido pirúvico. • A glicólise é o conjunto de reações iniciais da degradação da glicose, semelhantes em todos os tipos de fermentação e na respiração aeróbia. Tem início com a ativação da glicose, que recebe dois grupos fosfato, fornecidos pelo ATP, que se transforma em ADP.
  12. 12. Esquema da glicólise
  13. 13. • A segunda parte da fermentação consiste na redução do ácido pirúvico resultante da glicólise. Cada molécula de ácido pirúvico é reduzida pelo hidrogénio que é libertado pelo NADH2 produzido na glicólise, originando, conforme o tipo de organismo fermentativo, ácido láctico, ácido acético ou álcool etílico e dióxido de carbono.
  14. 14. Esquema da redução do ác. pirúvico
  15. 15. • Decorre na matriz da mitocôndria e consiste numa série de reações complexas de descarboxilações e desidrogenações. • Recebe o nome do bioquímico inglês que esclareceu o seu mecanismo em 1938. Ciclo de Krebs
  16. 16. • Inicia-se com a combinação do grupo acetil com o ácido oxalacético, originando ácido cítrico. Este isomeriza-se transformando-se em ácido isocítrico. A sua desidrogenação origina ácido oxalsuccínico e os átomos de hidrogénio reduzem o NADP a NADPH2.

×