O DESAFIO DE SER UM PEDAGOGO
QUE COINCIDA COM A ESCOLA
Verão de 2013
George Júnior Soares Dantas, Esp.
ORGANIZAÇÃO DA REFLEXÃO...
A Escola necessária para
novos tempos;
Identidade Profissional do
Pedagogo;
O desafio de ser um...
A ESCOLA NECESSÁRIA PARA NOVOS
TEMPOS
O contexto:
A escola vem sendo pressionada a repensar seu papel a
luz de um novo pa...
A ESCOLA NECESSÁRIA PARA NOVOS TEMPOS
A escola necessária:
Que cumpra o seu papel – Ensinar!
Que preveja formação cultur...
IDENTIDADE PROFISSIONAL DO PEDAGOGO
A formação do Pedagogo
Licenciatura/graduação e em cursos de Especialização
(Latu e/o...
IDENTIDADE PROFISSIONAL DO PEDAGOGO
A identidade
Elo de
sustentação no
seu
desempenho
1.
Formação
Teórica
2. +
Saberes
pr...
IDENTIDADE PROFISSIONAL DO PEDAGOGO
“O investimento na formação é um ponto de
partida que apresenta possibilidades de melh...
A COINCIDÊNCIA COM A ESCOLA
Se dá quando assume que a sua tarefa é orientar a
prática educativa de modos conscientes, inte...
A COINCIDÊNCIA COM A ESCOLA
Se dá quando sua prática na escola representa os saberes
plurais que a sustentam (Tardif 2002,...
Faça contato:
George Soares
georgejunios@gmail.com
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Palestra: O Desafio de Ser um Pedagogo que Coincida com a Escola. Verão de 2013

472 visualizações

Publicada em

Palestra que trata do papel do pedagogo frente a escola

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
472
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
5
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
10
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Palestra: O Desafio de Ser um Pedagogo que Coincida com a Escola. Verão de 2013

  1. 1. O DESAFIO DE SER UM PEDAGOGO QUE COINCIDA COM A ESCOLA Verão de 2013 George Júnior Soares Dantas, Esp.
  2. 2. ORGANIZAÇÃO DA REFLEXÃO... A Escola necessária para novos tempos; Identidade Profissional do Pedagogo; O desafio de ser um Pedagogo que coincida com a Escola
  3. 3. A ESCOLA NECESSÁRIA PARA NOVOS TEMPOS O contexto: A escola vem sendo pressionada a repensar seu papel a luz de um novo paradigma econômico – avanços tecnológicos e científicos; Sociedade subordinada às leis do mercado – lucro; produtividade e competitividade (Neoliberalismo); Ensina-se hoje para um público com demandas e para ações cidadãs que ainda não conhecemos. A exigência: Adequação dos interesses do mercado e investimentos na formação de profissionais mais preparados para as modificações do processo de produção;
  4. 4. A ESCOLA NECESSÁRIA PARA NOVOS TEMPOS A escola necessária: Que cumpra o seu papel – Ensinar! Que preveja formação cultural e científica... Que inclua no seu sentido mais amplo.... E que seja capaz de prover o que nenhuma outra instituição provê: formação geral básica – capacidade de ler, escrever, contar, formação científica, estética e ética, desenvolvendo capacidades cognitivas e operativas. Ela passa a ser entendida como a urna síntese entre a cultura experienciada nas ruas e a cultura formal – domínio dos conhecimentos, das habilidades de pensamento. A Escola é o lugar!!!!
  5. 5. IDENTIDADE PROFISSIONAL DO PEDAGOGO A formação do Pedagogo Licenciatura/graduação e em cursos de Especialização (Latu e/ou Strictu Sensu); Na reflexão de sua prática (ação-reflexão-ação); Esclarece os conflitos e ajuda a ver claro, largo e fundo. A boa formação instrumentaliza para o necessário domínio do conhecimento; A boa formação busca garantir a eficiência e a eficácia da ação pedagógica do pedagogo.
  6. 6. IDENTIDADE PROFISSIONAL DO PEDAGOGO A identidade Elo de sustentação no seu desempenho 1. Formação Teórica 2. + Saberes práticos 3. = validação e sistematização dos saberes teóricos Perfil Identitário do Pedagogo Mediador cultural, agente de produção, sistematização e de transformação da cultura.
  7. 7. IDENTIDADE PROFISSIONAL DO PEDAGOGO “O investimento na formação é um ponto de partida que apresenta possibilidades de melhoria da profissionalidade e de um significado diferente para a profissionalização e o profissionalismo docentes, bem como possibilidade para ressignificação da sua identidade profissional nesse contexto pródigo em mudanças de natureza modificada”. (Guimarães 2004, p.27.)
  8. 8. A COINCIDÊNCIA COM A ESCOLA Se dá quando assume que a sua tarefa é orientar a prática educativa de modos conscientes, intencionais, sistemáticos, para finalidades sociais e políticas; Se dá quando assume que é de sua responsabilidade formular e desenvolver as condições metodológicas e organizativas para viabilizar a atividade educativa nos âmbitos da escola e fora dela; Se dá quando conjuga em sua prática a teoria e a prática a partir de sua própria ação.
  9. 9. A COINCIDÊNCIA COM A ESCOLA Se dá quando sua prática na escola representa os saberes plurais que a sustentam (Tardif 2002, p. 36): Saberes da formação profissional – professor e o ensino constituem objeto de saber para as ciências e para as ciências educativas; Saberes pedagógicos – reflexos da prática educativa no sentido mais amplo do tempo no conjunto da orientação educativa; Saberes experienciais ou práticos – produzidos por ele a partir do exercício da função. Desenvolvem saberes específicos. Brotam da experiência e são validados por ela.
  10. 10. Faça contato: George Soares georgejunios@gmail.com

×