Apresentação do pedagogo

2.243 visualizações

Publicada em

Slides utilizados para a discussão sobre a identidade do pedagogo, durante as apresentações do GEFOPI - Grupo de Estudos em Formação de Professores e Interdisciplinaridade, coordenado pela Prof. Ms. Andréa Kochhann.

Publicada em: Educação
  • Seja o primeiro a comentar

Apresentação do pedagogo

  1. 1. Acadêmica: Natalia Ribeiro Orientadora: Ms. Andrea Kochhann UMA DISCUSSÃO NECESSÁRIA SOBRE A IDENTIDADE DO PEDAGOGO 3/25/2015 1Footer Text
  2. 2. A presente discussão se alicerça no projeto de pesquisa “Uma investigação teórico- metodológica dos ranços e avanços dos currículos dos cursos de Pedagogia da Universidade Estadual de Goiás no período de 2000 à 2010” e também do projeto de extensão “Conhecendo a identidade do pedagogo: professor, gestor e pesquisador”, da Universidade Estadual de Goiás, Câmpus São Luís de Montes Belos. 3/25/2015 2Footer Text
  3. 3. Os projetos vinculam-se ao GEFOPI – Grupo de Estudos em Formação de Professores e Interdisciplinaridade. Como resultado dos projetos surgiu à necessidade de esclarecer qual é a identidade do pedagogo, pois ficou evidenciada a falta de clareza sobre o tema. Perante a Resolução CNE/CP Nº 1/2006 define-se docência em sentido amplo, não só “dar aulas”, mas como discutido por Brzezinski (2011) a identidade unitas multiplex. 3/25/2015 3Footer Text
  4. 4. • O projeto de Extensão "Conhecendo a identidade do pedagogo: professor, gestor e pesquisador” é sequência de alguns projetos de pesquisa realizados no período de 2004 e 2014. • Um dos projetos de pesquisa foi intitulado “Uma investigação teórico-metodológica dos ranços e avanços dos currículos dos cursos de Pedagogia da Universidade Estadual de Goiás.”, em 2011 e 2012. • Outra pesquisa, realizada entre 2012 e 2013 foi intitulada de “Desenvolvimento curricular do curso de Pedagogia da UEG”. • Em 2013, como reflexo de pesquisas supracitadas, ocorreu a defesa de uma monografia de final de curso de Pedagogia na Universidade Estadual de Goiás – Câmpus São Luís de Montes Belos 3/25/2015Footer Text 4
  5. 5. As metodologias utilizadas para o projeto de extensão “Conhecendo a identidade do pedagogo: professor, gestor e pesquisador” são: • divulgar a identidade do pedagogo e o curso de Pedagogia da Universidade Estadual de Goiás, nas turmas de 3º ano, das escolas da cidade de São Luís de Montes Belos – GO e região, entregando um folder explicativo e com rodas de conversa, mostrando que o pedagogo atua em várias áreas e não se configura como um curso para mulheres e para quem quer ser professor de crianças. 3/25/2015Footer Text 5
  6. 6. • realizar nos 14 Câmpus da Universidade Estadual de Goiás, que ofertam o curso de Pedagogia, espalhados pelo Estado de Goiás a metodologia de café com prosa ou palestra, debates, mesas redondas, mini cursos, rodas de conversa ou conversa informal. • realizar a metodologia do café com prosa, mesa redonda, roda de conversa, palestras, mini cursos e outras modalidades em qualquer instituição de ensino que oferte o curso de Pedagogia. • Participar de eventos científicos e extensionistas apresentando a temática. 3/25/2015Footer Text 6
  7. 7. • Independente de ser projeto de pesquisa ou ser projeto de extensão, as discussões se fazem por meio um aprofundamento teórico. • O pedagogo tem como identidade posta no espaço escolar, principalmente, na Educação Infantil e nos anos iniciais do Ensino Fundamental. Perante a Resolução CNE/CP nº 01/2006 define-se docência em sentido amplo, não só “dar aulas”. 3/25/2015Footer Text 7
  8. 8. • No art. 4º da Resolução CNE/CP n. 01/2006, esse conceito é reforçado levando em conta as funções e as finalidades do Curso de Pedagogia: • I - planejamento, execução, coordenação, acompanhamento e avaliação de tarefas próprias do setor da Educação; • II - planejamento, execução, coordenação, acompanhamento e avaliação de projetos e experiências educativas não-escolares; • III - produção e difusão do conhecimento científico- tecnológico do campo educacional, em contextos escolares e não-escolares (BRASIL, RESOLUÇÃO CNE/CP n. 01/2006). 3/25/2015Footer Text 8
  9. 9. • Analisando o que propõe a Resolução, depara-se com os pensamentos de Brzezinski (2010), quando apresenta a identidade do pedagogo unitas multiplex, como um profissional da docência com um vasto território de trabalho, podendo atuar em diversas áreas que exijam conhecimentos pedagógicos. Segundo Brzezinski (2010b, p. 210) O delineamento de uma identidade do pedagogo que tem ancoragem na concepção de educação que ultrapassa os muros escolares, conforme princípios da LDB/1996 (art. 2º), fica assim esboçado: o pedagogo é profissional docente-pesquisador-gestor, cuja atuação se efetiva na escola e em espaços não escolares (Grifos da autora) 3/25/2015Footer Text 9
  10. 10. A autora assevera que o pedagogo deve ter uma formação “múltipla una”. Que compete ao pedagogo ser professor em vários níveis e modalidades de ensino, bem como a produção do conhecimento científico e a gestão de espaços escolares e não escolares. Para tanto é necessário conhecer como elaborar, executar e avaliar projetos tanto de ensino, como de pesquisa e extensão. Sua prática muitas vezes se efetiva na aplicação de projetos em vários espaços. 3/25/2015Footer Text 10
  11. 11. • Sendo assim, o pedagogo pode atuar em várias áreas sendo que algumas delas são: Empresas, Hospitais, Presídios, ONGs, Espaços Assistenciais, Meios de Comunicação etc. Na maioria desses espaços o pedagogo utiliza seus conhecimentos de planejamento e organização. 3/25/2015Footer Text 11
  12. 12. O pedagogo em empresas A tarefa do pedagogo empresarial pode ser apresentada como de mediador e articulador de ações educacionais dentro da empresa, visando mudanças diagnosticadas pelo processo de avaliação. Também é sua função gerenciar os processos de mudanças por meio de redirecionamentos das posturas e dos valores que a instituição demanda, bem como promove a formação dos colaboradores das empresas, desenvolvendo treinamentos, como assevera Greco (2005). 3/25/2015Footer Text 12
  13. 13. Em Hospitais O pedagogo também pode atuar em hospitais seja como gestor do hospital, lembrando que o hospital também é uma empresa então, pode se assemelhar com a pedagogia empresarial ou professor de crianças que estejam internadas no hospital ou como orientador familiar ou como orientador de atividades pedagógicas de modo geral, entre outras. 3/25/2015Footer Text 13
  14. 14. No caso do trabalho do pedagogo hospitalar com crianças, deve fazer com que a criança se sinta em casa enquanto estiver no hospital, deve-se preparar o ambiente para que seja acolhedor, promover atividades lúdicas, leituras etc., e também cuidar para que a criança não perca o conteúdo da escola.Isso por que, segundo Fontes (2005, p.17): A criança hospitalizada não deixa de ser criança por se tornar paciente. Ela caracteriza-se por intensa atividade emocional, movimento e curiosidade. A educação no hospital precisa garantir a essa criança o direito a uma infância saudável, ainda que associada à doença. 3/25/2015Footer Text 14
  15. 15. Em Presídios O pedagogo também pode atuar na formação humana dos presos, ajudar a superar o momento que está passando e principalmente como EJA, pois vários que chegam a esta situação não puderam nem terminar o ensino fundamental. Como em todo processo primeiramente deve-se fazer um diagnóstico das pessoas que se encontram no presídio, o que fez para estar ali, como a família está reagindo, etc. Pode também atuar na gestão do presídio, inclusive prestar concurso para atuar nos presídios e fazer carreira. 3/25/2015Footer Text 15
  16. 16. Área de Agrárias Nas áreas de agrárias, o pedagogo pode atuar com a gestão das atividades realizadas pelos técnicos. Também pode organizar as atividades coletivas e recreativas. Pode avaliar o trabalho da equipe técnica e realinhar quando necessário, entre outras atividades. 3/25/2015Footer Text 16
  17. 17. Meios de Comunicação Na área de comunicação de massas o pedagogo pode atuar como avaliação das atividades, em jornais, revistas, editoras, agências de um modo em geral e orientação dos serviços de difusão cultural como museus e centros culturais. 3/25/2015Footer Text 17
  18. 18. Espaços Assistenciais Na área de espaços assistenciais o pedagogo pode atuar com projetos de extensão, com reorientação ocupacional e atividades intelectuais, como análise de filmes, leituras de poesias e de jornais. Esses espaços podem ser de recuperação de menores infratores ou de dependentes químicos ou até mesmo de repouso de idosos. A interlocução com a família também pode ser papel do pedagogo. O pedagogo atua com a gestão educacional, o que é amplo e demanda conhecimento teórico e de resolução de conflitos e negociação interpessoal. 3/25/2015Footer Text 18
  19. 19. O que se percebe é a confluência entre a identidade legal e a identidade ideal. A identidade legal é apresentada pela Resolução CNE/CP n. 01/2006 e a identidade legal é apresentada por Brzezinski (2011) como sendo a unitas multiplex. Os cursos de Pedagogia devem formar levando em conta essas questões. Mas, os profissionais ou futuros profissionais da pedagogia devem sobretudo, conhecer sua identidade para então exigir uma formação adequada ou buscar uma formação continuada que lhe possibilite a qualificação necessária. 3/25/2015Footer Text 19
  20. 20. Considerações Finais O pedagogo é o profissional da docência, ou seja, do trabalho pedagógico. Nessa perspectiva é que Brzezinski discute que o pedagogo deve ter uma formação una mas múltipla, ou seja, deve ter uma formação para a identidade unitas multiplex. Entendendo que o pedagogo atua como professor na Educação Infantil, nos Anos Iniciais do Ensino Fundamental, na EJA, na orientação educacional, nos cursos Normais e, também na gestão de espaços escolares e não escolares, bem como na produção e divulgação do conhecimento advindos da pesquisa. Eis uma discussão pertinente – como ser professor, gestor e pesquisador. 3/25/2015Footer Text 20
  21. 21. • Contatos: andreakochhann@yahoo.com.br • Face: GEFOPI Andréa 3/25/2015Footer Text 21

×