SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 17
Baixar para ler offline
Espiritualismo
e Espiritismo
Século XIX, o século da
ebulição científica.
Século do surgimento do
Espiritismo!
CharlesDarwin
SantosDumont
AllanKardec
CamilleFlammarion
GabrielDelanne
LéonDenis
ErnestoBozzano
BezerradeMenezes
AlbertEinstein
SigmundFreud
EuripedesBarzanulfo
ViannadeCarvalho
Hydesville
Casa da Família FOX
Família FOX:
Kate, Leah, Margaret
(Maggie) e os pais John
e Margaret Fox
A curiosidade do
Professor Hippolite
Léon Denizard Rivail.
Criação grupo de pessoas que poderiam
contribuir as investigações do Prof. Rivail.
Surge o Espiritismo!
Para se designarem coisas novas
são precisos termos novos, assim
começa o Livro dos Espíritos,
lançado no ano de 1857, por Allan
Kardec.
O Espiritualismo é o oposto do
materialismo. Quem quer que
acredite haver em si alguma coisa
mais do que matéria, é
espiritualista. No entanto, não
significa dizer que quem é
espiritualista acredita na
existência dos espíritos e na
possibilidade da comunicação com o
invisível.
A palavra ESPIRITISMO foi
criada por Allan Kardec.
o Espiritismo tem por princípio as
relações do mundo material com os
Espíritos ou seres do mundo
invisível. Os adeptos do Espiritismo
serão os espíritas, ou os
espiritistas assim afirmou Kardec.
Podemos afirmar que
certamente todas as
religiões, a princípio, são
espiritualistas, sejam elas:
Afro - Brasileiras,
Catolicismo, Protestantismo,
Budismo, Espiritismo,
Mormonismo, Testemunha
de Jeová, entre outras.
O que fundamenta o Espiritismo é
o seu tríplice aspecto: religião,
filosofia e ciência.
O Espiritismo enquanto ciência
vem revelar aos homens, por meio
de provas irrecusáveis, a
existência e a natureza do mundo
espiritual e as suas relações com
o mundo corpóreo.
O caráter filosófico do Espiritismo está,
portanto, no estudo que faz do Homem,
sobretudo Espírito, seus problemas, sua
origem, sua destinação.
O Espiritismo é, ao mesmo tempo, uma
ciência de observação e uma doutrina
filosófica. Como ciência prática, ele
consiste nas relações que se estabelecem
entre nós e os Espíritos; como filosofia,
ele compreende todas as consequências
morais que dimanam dessas mesmas
relações.
O Espiritismo repousa sobre as
bases fundamentais da religião e
respeita todas as crenças. O
Espiritismo fundamenta-se
essencialmente nos ensinamentos
de Jesus e seus princípios de amor
e caridade como forma de
transformação e renovação da
humanidade.
Assim, de acordo com Allan Kardec,
podemos afirmar o tríplice aspecto do
Espiritismo como:
a) Científico – concernente às
manifestações dos Espíritos; Estudo e
comprovação da existência dos espíritos
e a comunicabilidade com os homens;
b) Filosófico – Diz respeito aos
princípios, inclusive morais, em que se
assenta a sua doutrina;
c) Religioso – relativo à aplicação desses
princípios.
Dentro destes contextos, devemos
destacar que a Doutrina Espírita se
fundamenta sobre seis princípios
básicos:
1 – A certeza da existência de Deus;
2 – A imortalidade da alma;
3 – A pluralidade das existências, ou
seja, a reencarnação;
4 – A pluralidade dos mundos habitados;
5 – A comunicabilidade com os espíritos;
e
6 – A crença no Evangelho de Jesus.
Vídeo Divaldo.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Estudo do Livro - Renuncia
Estudo do Livro - RenunciaEstudo do Livro - Renuncia
Estudo do Livro - Renuncia
Patricia Farias
 
Capítulo vii – o orgulho e a humildade
Capítulo vii – o orgulho e a humildadeCapítulo vii – o orgulho e a humildade
Capítulo vii – o orgulho e a humildade
alice martins
 

Mais procurados (20)

Reencarnação, objetivo, justiça e escolha das provas
Reencarnação, objetivo, justiça e escolha das provasReencarnação, objetivo, justiça e escolha das provas
Reencarnação, objetivo, justiça e escolha das provas
 
DOLOROSO REMÉDIO (O MAL E O REMÉDIO)
DOLOROSO REMÉDIO (O MAL E O REMÉDIO)DOLOROSO REMÉDIO (O MAL E O REMÉDIO)
DOLOROSO REMÉDIO (O MAL E O REMÉDIO)
 
A CASA MENTAL
A CASA MENTALA CASA MENTAL
A CASA MENTAL
 
Sede perfeitos
Sede perfeitosSede perfeitos
Sede perfeitos
 
Bem aventurados os que são misericordiosos
Bem aventurados os que são misericordiososBem aventurados os que são misericordiosos
Bem aventurados os que são misericordiosos
 
Estudo do Livro - Renuncia
Estudo do Livro - RenunciaEstudo do Livro - Renuncia
Estudo do Livro - Renuncia
 
A lei de amor (ESE, Cap XI, item 8)
A lei de amor (ESE, Cap XI, item 8)A lei de amor (ESE, Cap XI, item 8)
A lei de amor (ESE, Cap XI, item 8)
 
Obsessão e desobsessão
Obsessão e desobsessãoObsessão e desobsessão
Obsessão e desobsessão
 
Casamento na ótica espirita
Casamento na ótica espiritaCasamento na ótica espirita
Casamento na ótica espirita
 
2.8.1 O sono e os sonhos
2.8.1   O sono e os sonhos2.8.1   O sono e os sonhos
2.8.1 O sono e os sonhos
 
Mediunidade através dos tempos, A-2,0h
Mediunidade através dos tempos, A-2,0hMediunidade através dos tempos, A-2,0h
Mediunidade através dos tempos, A-2,0h
 
Capítulo vii – o orgulho e a humildade
Capítulo vii – o orgulho e a humildadeCapítulo vii – o orgulho e a humildade
Capítulo vii – o orgulho e a humildade
 
Como encarar a dor e o sofrimento
Como encarar a dor e o sofrimentoComo encarar a dor e o sofrimento
Como encarar a dor e o sofrimento
 
2.9.3 Afeição dos Espíritos por certas pessoas
2.9.3   Afeição dos Espíritos por certas pessoas2.9.3   Afeição dos Espíritos por certas pessoas
2.9.3 Afeição dos Espíritos por certas pessoas
 
Nossos filhos são espíritos palestra 31 03 14
Nossos filhos são espíritos palestra 31 03 14Nossos filhos são espíritos palestra 31 03 14
Nossos filhos são espíritos palestra 31 03 14
 
Anjos da Guarda
Anjos da GuardaAnjos da Guarda
Anjos da Guarda
 
VISÃO ESPÍRITA DA MORTE
VISÃO ESPÍRITA DA MORTEVISÃO ESPÍRITA DA MORTE
VISÃO ESPÍRITA DA MORTE
 
Palestra Espírita - A paciência
Palestra Espírita - A paciênciaPalestra Espírita - A paciência
Palestra Espírita - A paciência
 
Livro dos Espíritos - Introdução ao estudo do espiritismo
Livro dos Espíritos - Introdução ao estudo do espiritismoLivro dos Espíritos - Introdução ao estudo do espiritismo
Livro dos Espíritos - Introdução ao estudo do espiritismo
 
Irradiação
IrradiaçãoIrradiação
Irradiação
 

Semelhante a Espiritualismo e espiritismo

O triplice aspecto do espiritismo
O triplice aspecto do espiritismoO triplice aspecto do espiritismo
O triplice aspecto do espiritismo
Graça Maciel
 
A IMORTALIDADE DA ALMA
A IMORTALIDADE DA ALMAA IMORTALIDADE DA ALMA
A IMORTALIDADE DA ALMA
Vi Meirim
 

Semelhante a Espiritualismo e espiritismo (20)

Espiritismo e mediunidade 01
Espiritismo e mediunidade 01Espiritismo e mediunidade 01
Espiritismo e mediunidade 01
 
Allan kardec
Allan kardecAllan kardec
Allan kardec
 
Aula espiritismo Historico
Aula espiritismo HistoricoAula espiritismo Historico
Aula espiritismo Historico
 
Materialismo e Espiritismo
Materialismo e EspiritismoMaterialismo e Espiritismo
Materialismo e Espiritismo
 
Aula 1- Mocidade Espírita Chico Xavier - Allan Kardec
Aula 1- Mocidade Espírita Chico Xavier - Allan KardecAula 1- Mocidade Espírita Chico Xavier - Allan Kardec
Aula 1- Mocidade Espírita Chico Xavier - Allan Kardec
 
Espiritismo e mediunidade 03
Espiritismo e mediunidade 03Espiritismo e mediunidade 03
Espiritismo e mediunidade 03
 
O triplice aspecto do espiritismo
O triplice aspecto do espiritismoO triplice aspecto do espiritismo
O triplice aspecto do espiritismo
 
O que é o espiritismo
O que é o espiritismoO que é o espiritismo
O que é o espiritismo
 
Aula 1 - Allan Kardec
Aula 1 - Allan KardecAula 1 - Allan Kardec
Aula 1 - Allan Kardec
 
A doutrina espírita (sef)
A doutrina espírita (sef)A doutrina espírita (sef)
A doutrina espírita (sef)
 
evangeliza-trpliceaspectookfinal-151111094214-lva1-app6892.pdf
evangeliza-trpliceaspectookfinal-151111094214-lva1-app6892.pdfevangeliza-trpliceaspectookfinal-151111094214-lva1-app6892.pdf
evangeliza-trpliceaspectookfinal-151111094214-lva1-app6892.pdf
 
Introdução a doutrina espirita-Palestra do Curso Espiritismo E Evangelho-GECM...
Introdução a doutrina espirita-Palestra do Curso Espiritismo E Evangelho-GECM...Introdução a doutrina espirita-Palestra do Curso Espiritismo E Evangelho-GECM...
Introdução a doutrina espirita-Palestra do Curso Espiritismo E Evangelho-GECM...
 
Espiritismo Kardecista
Espiritismo KardecistaEspiritismo Kardecista
Espiritismo Kardecista
 
Curso Básico de Espiritismo - Capítulo 02
Curso Básico de Espiritismo - Capítulo 02Curso Básico de Espiritismo - Capítulo 02
Curso Básico de Espiritismo - Capítulo 02
 
Ere capa
Ere capaEre capa
Ere capa
 
A IMORTALIDADE DA ALMA
A IMORTALIDADE DA ALMAA IMORTALIDADE DA ALMA
A IMORTALIDADE DA ALMA
 
2016 01-10-ce-o que-e_espiritismo_sandra_b
2016 01-10-ce-o que-e_espiritismo_sandra_b2016 01-10-ce-o que-e_espiritismo_sandra_b
2016 01-10-ce-o que-e_espiritismo_sandra_b
 
Allan Kardec
Allan KardecAllan Kardec
Allan Kardec
 
Allan Kardec
Allan KardecAllan Kardec
Allan Kardec
 
Um pouco sobre o espiritismo
Um pouco sobre o espiritismoUm pouco sobre o espiritismo
Um pouco sobre o espiritismo
 

Último

O SAGRADO CORAÇÃO DA JUSTIÇA II / 25/05/2024
O SAGRADO CORAÇÃO DA JUSTIÇA II / 25/05/2024O SAGRADO CORAÇÃO DA JUSTIÇA II / 25/05/2024
O SAGRADO CORAÇÃO DA JUSTIÇA II / 25/05/2024
thandreola
 

Último (11)

Oração De Santa Rita De Cássia
Oração De Santa Rita De CássiaOração De Santa Rita De Cássia
Oração De Santa Rita De Cássia
 
João Calvino e o Cânticos dos Salmos: uma introdução ao pensamento de Calvino...
João Calvino e o Cânticos dos Salmos: uma introdução ao pensamento de Calvino...João Calvino e o Cânticos dos Salmos: uma introdução ao pensamento de Calvino...
João Calvino e o Cânticos dos Salmos: uma introdução ao pensamento de Calvino...
 
O SAGRADO CORAÇÃO DA JUSTIÇA II / 25/05/2024
O SAGRADO CORAÇÃO DA JUSTIÇA II / 25/05/2024O SAGRADO CORAÇÃO DA JUSTIÇA II / 25/05/2024
O SAGRADO CORAÇÃO DA JUSTIÇA II / 25/05/2024
 
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 135 - Renovação Necessária
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 135 - Renovação NecessáriaSérie Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 135 - Renovação Necessária
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 135 - Renovação Necessária
 
Livro Atos dos apóstolos estudo 12- Cap 25 e 26.pptx
Livro Atos dos apóstolos  estudo 12- Cap 25 e 26.pptxLivro Atos dos apóstolos  estudo 12- Cap 25 e 26.pptx
Livro Atos dos apóstolos estudo 12- Cap 25 e 26.pptx
 
Letra A reforma versão - atos 2 letra a reforma atos 2
Letra A reforma versão - atos 2 letra a reforma atos 2Letra A reforma versão - atos 2 letra a reforma atos 2
Letra A reforma versão - atos 2 letra a reforma atos 2
 
Ciclos de Aprendizados: “Uma Análise da Evolução Espiritual Através das Exis...
Ciclos de Aprendizados:  “Uma Análise da Evolução Espiritual Através das Exis...Ciclos de Aprendizados:  “Uma Análise da Evolução Espiritual Através das Exis...
Ciclos de Aprendizados: “Uma Análise da Evolução Espiritual Através das Exis...
 
EVOLUÇAO EM DOIS MUNDOS FRANCISCO (1).pdf
EVOLUÇAO EM DOIS MUNDOS FRANCISCO (1).pdfEVOLUÇAO EM DOIS MUNDOS FRANCISCO (1).pdf
EVOLUÇAO EM DOIS MUNDOS FRANCISCO (1).pdf
 
Lição 8 - Confessando e Abandonando o Pecado.pptx
Lição 8 - Confessando e Abandonando o Pecado.pptxLição 8 - Confessando e Abandonando o Pecado.pptx
Lição 8 - Confessando e Abandonando o Pecado.pptx
 
Bíblia Sagrada _ Oséias - slides powerpoint.pptx
Bíblia Sagrada _ Oséias - slides powerpoint.pptxBíblia Sagrada _ Oséias - slides powerpoint.pptx
Bíblia Sagrada _ Oséias - slides powerpoint.pptx
 
Bíblia sagrada - JOel - slides powerpoint.pptx
Bíblia sagrada - JOel - slides powerpoint.pptxBíblia sagrada - JOel - slides powerpoint.pptx
Bíblia sagrada - JOel - slides powerpoint.pptx
 

Espiritualismo e espiritismo

  • 2. Século XIX, o século da ebulição científica. Século do surgimento do Espiritismo!
  • 3.
  • 5. Hydesville Casa da Família FOX Família FOX: Kate, Leah, Margaret (Maggie) e os pais John e Margaret Fox
  • 6. A curiosidade do Professor Hippolite Léon Denizard Rivail.
  • 7. Criação grupo de pessoas que poderiam contribuir as investigações do Prof. Rivail.
  • 8. Surge o Espiritismo! Para se designarem coisas novas são precisos termos novos, assim começa o Livro dos Espíritos, lançado no ano de 1857, por Allan Kardec.
  • 9. O Espiritualismo é o oposto do materialismo. Quem quer que acredite haver em si alguma coisa mais do que matéria, é espiritualista. No entanto, não significa dizer que quem é espiritualista acredita na existência dos espíritos e na possibilidade da comunicação com o invisível.
  • 10. A palavra ESPIRITISMO foi criada por Allan Kardec. o Espiritismo tem por princípio as relações do mundo material com os Espíritos ou seres do mundo invisível. Os adeptos do Espiritismo serão os espíritas, ou os espiritistas assim afirmou Kardec.
  • 11. Podemos afirmar que certamente todas as religiões, a princípio, são espiritualistas, sejam elas: Afro - Brasileiras, Catolicismo, Protestantismo, Budismo, Espiritismo, Mormonismo, Testemunha de Jeová, entre outras.
  • 12. O que fundamenta o Espiritismo é o seu tríplice aspecto: religião, filosofia e ciência. O Espiritismo enquanto ciência vem revelar aos homens, por meio de provas irrecusáveis, a existência e a natureza do mundo espiritual e as suas relações com o mundo corpóreo.
  • 13. O caráter filosófico do Espiritismo está, portanto, no estudo que faz do Homem, sobretudo Espírito, seus problemas, sua origem, sua destinação. O Espiritismo é, ao mesmo tempo, uma ciência de observação e uma doutrina filosófica. Como ciência prática, ele consiste nas relações que se estabelecem entre nós e os Espíritos; como filosofia, ele compreende todas as consequências morais que dimanam dessas mesmas relações.
  • 14. O Espiritismo repousa sobre as bases fundamentais da religião e respeita todas as crenças. O Espiritismo fundamenta-se essencialmente nos ensinamentos de Jesus e seus princípios de amor e caridade como forma de transformação e renovação da humanidade.
  • 15. Assim, de acordo com Allan Kardec, podemos afirmar o tríplice aspecto do Espiritismo como: a) Científico – concernente às manifestações dos Espíritos; Estudo e comprovação da existência dos espíritos e a comunicabilidade com os homens; b) Filosófico – Diz respeito aos princípios, inclusive morais, em que se assenta a sua doutrina; c) Religioso – relativo à aplicação desses princípios.
  • 16. Dentro destes contextos, devemos destacar que a Doutrina Espírita se fundamenta sobre seis princípios básicos: 1 – A certeza da existência de Deus; 2 – A imortalidade da alma; 3 – A pluralidade das existências, ou seja, a reencarnação; 4 – A pluralidade dos mundos habitados; 5 – A comunicabilidade com os espíritos; e 6 – A crença no Evangelho de Jesus.