SlideShare uma empresa Scribd logo

A lei de amor ppt

1 de 17
Baixar para ler offline
A Lei de Amor

     Mediador:
 Silvânio Barcelos
Lei de Amor
 Um dos pontos mais relevantes da vida.
 Todos falamos, pensamos e vivemos de
  amor.
 CRISTO:

 “Ame ao próximo como a si mesmo”

 “Amai vossos inimigos”
Há um limite e um tempo para
             amar?
 Não!

 O amor existe no ser humano
 e em todas as coisas na
 natureza.
O Amor
   Está acima de nossa compreensão.
   É algo extraordinário e surpreendente.
   “A própria vida, essência de tudo, não seria
    possível caso Deus não houvesse definido a Lei
    de Amor.”
   “Em cada ser espiritual existe a “centelha do
    amor”
Centelha divina
   Cada ser carrega em si uma parte de Deus.
   Somos potencialmente seres de amor.
   Torna-se necessário desenvolver o germe do
    amor.
   Essa é condição máxima para a evolução e
    harmonia universais.
Evolução
 Amor é a causa

 Felicidade é o efeito

 “Fomos criados para ser
 felizes” (Ubaldi)

Recomendados

Cap xi Amar ao proximo como a si mesmo
Cap xi Amar ao proximo como a si mesmoCap xi Amar ao proximo como a si mesmo
Cap xi Amar ao proximo como a si mesmogmo1973
 
Bem-aventurados os aflitos
Bem-aventurados os aflitos Bem-aventurados os aflitos
Bem-aventurados os aflitos Clair Bianchini
 
O compromisso com a tarefa
O compromisso com a tarefaO compromisso com a tarefa
O compromisso com a tarefaumecamaqua
 
Estudos do evangelho " A lei de amor".
Estudos do evangelho " A lei de amor".Estudos do evangelho " A lei de amor".
Estudos do evangelho " A lei de amor".Leonardo Pereira
 
Evangelho Capítulo XXIV - Não por a candeia debaixo do alqueire
Evangelho Capítulo XXIV - Não por a candeia debaixo do alqueireEvangelho Capítulo XXIV - Não por a candeia debaixo do alqueire
Evangelho Capítulo XXIV - Não por a candeia debaixo do alqueiregrupodepaisceb
 
Fora da caridade não há salvação
Fora da caridade não há salvaçãoFora da caridade não há salvação
Fora da caridade não há salvaçãoAnderson Dias
 
Cap. 11 itens 8 a 10 - a lei de amor
Cap. 11   itens 8 a 10 - a lei de amor Cap. 11   itens 8 a 10 - a lei de amor
Cap. 11 itens 8 a 10 - a lei de amor JulianoCarvalho29
 
Bem aventurados os que são misericordiosos
Bem aventurados os que são misericordiososBem aventurados os que são misericordiosos
Bem aventurados os que são misericordiososEduardo Ottonelli Pithan
 

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Capítulo XI do evangelho Segundo o Espiritismo Amar ao próximo como a si mesmo
Capítulo XI do evangelho Segundo o Espiritismo Amar ao próximo como a si mesmoCapítulo XI do evangelho Segundo o Espiritismo Amar ao próximo como a si mesmo
Capítulo XI do evangelho Segundo o Espiritismo Amar ao próximo como a si mesmoEduardo Ottonelli Pithan
 
Palestra Espírita - A caridade material e a caridade moral
Palestra Espírita - A caridade material e a caridade moralPalestra Espírita - A caridade material e a caridade moral
Palestra Espírita - A caridade material e a caridade moralDivulgador do Espiritismo
 
Egosmo na visão esprita
Egosmo na visão espritaEgosmo na visão esprita
Egosmo na visão espritaVictor Passos
 
Estudos do evangelho "O egoísmo"
Estudos do evangelho "O egoísmo"Estudos do evangelho "O egoísmo"
Estudos do evangelho "O egoísmo"Leonardo Pereira
 
Palestra Espírita - Bem aventurados os aflitos
Palestra Espírita - Bem aventurados os aflitosPalestra Espírita - Bem aventurados os aflitos
Palestra Espírita - Bem aventurados os aflitosDivulgador do Espiritismo
 
O maior mandamento
O maior mandamentoO maior mandamento
O maior mandamentoLorena Dias
 
Honrai Pai e Mãe - ESE cap XIV
Honrai Pai e Mãe - ESE cap XIVHonrai Pai e Mãe - ESE cap XIV
Honrai Pai e Mãe - ESE cap XIVFábio Paiva
 
Dores da Alma, a psicologia das dores humanas
Dores da Alma, a psicologia das dores humanasDores da Alma, a psicologia das dores humanas
Dores da Alma, a psicologia das dores humanasEduardo Ottonelli Pithan
 
Inimigos desencarnados
Inimigos desencarnadosInimigos desencarnados
Inimigos desencarnadosGraça Maciel
 
A verdadeira Pureza mãos não lavadas .
A verdadeira Pureza mãos não lavadas . A verdadeira Pureza mãos não lavadas .
A verdadeira Pureza mãos não lavadas . Vanda Machado
 

Mais procurados (20)

Parentela Corporal E Espiritual2
Parentela Corporal E Espiritual2Parentela Corporal E Espiritual2
Parentela Corporal E Espiritual2
 
A dor na nossa evolução
A dor na nossa evoluçãoA dor na nossa evolução
A dor na nossa evolução
 
Capítulo XI do evangelho Segundo o Espiritismo Amar ao próximo como a si mesmo
Capítulo XI do evangelho Segundo o Espiritismo Amar ao próximo como a si mesmoCapítulo XI do evangelho Segundo o Espiritismo Amar ao próximo como a si mesmo
Capítulo XI do evangelho Segundo o Espiritismo Amar ao próximo como a si mesmo
 
Egoismo
EgoismoEgoismo
Egoismo
 
Palestra Espírita - A caridade material e a caridade moral
Palestra Espírita - A caridade material e a caridade moralPalestra Espírita - A caridade material e a caridade moral
Palestra Espírita - A caridade material e a caridade moral
 
Os sofrimentos voluntarios
Os sofrimentos voluntariosOs sofrimentos voluntarios
Os sofrimentos voluntarios
 
Egosmo na visão esprita
Egosmo na visão espritaEgosmo na visão esprita
Egosmo na visão esprita
 
ÓDIO na visão Espírita
ÓDIO na visão EspíritaÓDIO na visão Espírita
ÓDIO na visão Espírita
 
Causas das aflições
Causas das afliçõesCausas das aflições
Causas das aflições
 
Palestra Espírita - Lei de amor
Palestra Espírita - Lei de amorPalestra Espírita - Lei de amor
Palestra Espírita - Lei de amor
 
Estudos do evangelho "O egoísmo"
Estudos do evangelho "O egoísmo"Estudos do evangelho "O egoísmo"
Estudos do evangelho "O egoísmo"
 
Palestra Espírita - Bem aventurados os aflitos
Palestra Espírita - Bem aventurados os aflitosPalestra Espírita - Bem aventurados os aflitos
Palestra Espírita - Bem aventurados os aflitos
 
O homem no mundo
O homem no mundoO homem no mundo
O homem no mundo
 
O maior mandamento
O maior mandamentoO maior mandamento
O maior mandamento
 
Honrai Pai e Mãe - ESE cap XIV
Honrai Pai e Mãe - ESE cap XIVHonrai Pai e Mãe - ESE cap XIV
Honrai Pai e Mãe - ESE cap XIV
 
Dores da Alma, a psicologia das dores humanas
Dores da Alma, a psicologia das dores humanasDores da Alma, a psicologia das dores humanas
Dores da Alma, a psicologia das dores humanas
 
Inimigos desencarnados
Inimigos desencarnadosInimigos desencarnados
Inimigos desencarnados
 
Causas anteriores das aflições
Causas anteriores das afliçõesCausas anteriores das aflições
Causas anteriores das aflições
 
A verdadeira Pureza mãos não lavadas .
A verdadeira Pureza mãos não lavadas . A verdadeira Pureza mãos não lavadas .
A verdadeira Pureza mãos não lavadas .
 
Bem aventurados os puros de coração
Bem aventurados os puros de coraçãoBem aventurados os puros de coração
Bem aventurados os puros de coração
 

Destaque

Amor , o maior mandamento
Amor , o maior mandamentoAmor , o maior mandamento
Amor , o maior mandamentoRenato Lopes
 
Palestra Sobre O Amor
Palestra Sobre O AmorPalestra Sobre O Amor
Palestra Sobre O Amorguestaa6f1b
 
Lei de amor e caridade
Lei de amor e caridadeLei de amor e caridade
Lei de amor e caridadegrupodepaisceb
 
Se alguém vos bater na face direita,apresentai lhe também [salvo automaticame...
Se alguém vos bater na face direita,apresentai lhe também [salvo automaticame...Se alguém vos bater na face direita,apresentai lhe também [salvo automaticame...
Se alguém vos bater na face direita,apresentai lhe também [salvo automaticame...walcamarra
 
Estudos do evangelho "Se alguém te ferir na face direita"(Leonardo Pereira).
Estudos do evangelho "Se alguém te ferir  na face direita"(Leonardo Pereira). Estudos do evangelho "Se alguém te ferir  na face direita"(Leonardo Pereira).
Estudos do evangelho "Se alguém te ferir na face direita"(Leonardo Pereira). Leonardo Pereira
 
Não basta não fazer o mal é preciso fazer o bem.
Não basta não fazer o mal é preciso fazer o bem.Não basta não fazer o mal é preciso fazer o bem.
Não basta não fazer o mal é preciso fazer o bem.Graça Maciel
 

Destaque (10)

Amor , o maior mandamento
Amor , o maior mandamentoAmor , o maior mandamento
Amor , o maior mandamento
 
Como criar boas apresentações em powerpoint [Palestra Espírita]
Como criar boas apresentações em powerpoint [Palestra Espírita]Como criar boas apresentações em powerpoint [Palestra Espírita]
Como criar boas apresentações em powerpoint [Palestra Espírita]
 
Palestra Sobre O Amor
Palestra Sobre O AmorPalestra Sobre O Amor
Palestra Sobre O Amor
 
Lei de amor e caridade
Lei de amor e caridadeLei de amor e caridade
Lei de amor e caridade
 
Se alguém bater na face direita
Se alguém bater na face direitaSe alguém bater na face direita
Se alguém bater na face direita
 
Se alguém vos bater na face direita,apresentai lhe também [salvo automaticame...
Se alguém vos bater na face direita,apresentai lhe também [salvo automaticame...Se alguém vos bater na face direita,apresentai lhe também [salvo automaticame...
Se alguém vos bater na face direita,apresentai lhe também [salvo automaticame...
 
Se alguem te ferir a face direita
Se alguem te ferir a face direitaSe alguem te ferir a face direita
Se alguem te ferir a face direita
 
Estudos do evangelho "Se alguém te ferir na face direita"(Leonardo Pereira).
Estudos do evangelho "Se alguém te ferir  na face direita"(Leonardo Pereira). Estudos do evangelho "Se alguém te ferir  na face direita"(Leonardo Pereira).
Estudos do evangelho "Se alguém te ferir na face direita"(Leonardo Pereira).
 
Palestra Espírita - A paciência
Palestra Espírita - A paciênciaPalestra Espírita - A paciência
Palestra Espírita - A paciência
 
Não basta não fazer o mal é preciso fazer o bem.
Não basta não fazer o mal é preciso fazer o bem.Não basta não fazer o mal é preciso fazer o bem.
Não basta não fazer o mal é preciso fazer o bem.
 

Semelhante a A lei de amor ppt

Amor bandeira da humanidade
Amor bandeira da humanidadeAmor bandeira da humanidade
Amor bandeira da humanidadeBruno Amaro
 
Evangeliza - A Lei de Amor
Evangeliza - A Lei de AmorEvangeliza - A Lei de Amor
Evangeliza - A Lei de AmorAntonino Silva
 
Campanha viver em familia tema 1 - amor fonte de vida
Campanha viver em familia   tema 1 - amor fonte de vidaCampanha viver em familia   tema 1 - amor fonte de vida
Campanha viver em familia tema 1 - amor fonte de vidaEduardo Manoel Araujo
 
Pensar Sentir e Agir na edificação do Amor
Pensar Sentir e Agir na edificação do Amor Pensar Sentir e Agir na edificação do Amor
Pensar Sentir e Agir na edificação do Amor ssuserb39c9d1
 
Boletim o pae agosto 2016
Boletim o pae   agosto 2016Boletim o pae   agosto 2016
Boletim o pae agosto 2016O PAE PAE
 
A LEI DO AMOR.pptx
A LEI DO AMOR.pptxA LEI DO AMOR.pptx
A LEI DO AMOR.pptxRose Menezes
 
Evangeliza - Problema do Ser
Evangeliza - Problema do SerEvangeliza - Problema do Ser
Evangeliza - Problema do SerAntonino Silva
 
A colônia espiritual u.a. (luiz guilherme marques)
A colônia espiritual u.a. (luiz guilherme marques)A colônia espiritual u.a. (luiz guilherme marques)
A colônia espiritual u.a. (luiz guilherme marques)Ricardo Akerman
 
Eae 89 Amor a Deus, ao próximo e aos inimigos
Eae 89 Amor a Deus, ao próximo e aos inimigosEae 89 Amor a Deus, ao próximo e aos inimigos
Eae 89 Amor a Deus, ao próximo e aos inimigosPatiSousa1
 
Amor e Inteligência
Amor e InteligênciaAmor e Inteligência
Amor e Inteligência-
 

Semelhante a A lei de amor ppt (20)

Amor bandeira da humanidade
Amor bandeira da humanidadeAmor bandeira da humanidade
Amor bandeira da humanidade
 
Aula a lei do amor
Aula   a  lei do amorAula   a  lei do amor
Aula a lei do amor
 
Mod-4-Rot-6-Amor-e-evolucao.pdf
Mod-4-Rot-6-Amor-e-evolucao.pdfMod-4-Rot-6-Amor-e-evolucao.pdf
Mod-4-Rot-6-Amor-e-evolucao.pdf
 
Evangeliza - A Lei de Amor
Evangeliza - A Lei de AmorEvangeliza - A Lei de Amor
Evangeliza - A Lei de Amor
 
Campanha viver em familia tema 1 - amor fonte de vida
Campanha viver em familia   tema 1 - amor fonte de vidaCampanha viver em familia   tema 1 - amor fonte de vida
Campanha viver em familia tema 1 - amor fonte de vida
 
Caridade e amor ao próximo
Caridade e amor ao próximoCaridade e amor ao próximo
Caridade e amor ao próximo
 
Pensar Sentir e Agir na edificação do Amor
Pensar Sentir e Agir na edificação do Amor Pensar Sentir e Agir na edificação do Amor
Pensar Sentir e Agir na edificação do Amor
 
Jesus e amor .pptx
 Jesus e amor .pptx Jesus e amor .pptx
Jesus e amor .pptx
 
Amorosidade
AmorosidadeAmorosidade
Amorosidade
 
"Ainda que eu falasse as línguas dos homens..."
"Ainda que eu falasse as línguas dos homens...""Ainda que eu falasse as línguas dos homens..."
"Ainda que eu falasse as línguas dos homens..."
 
Boletim o pae agosto 2016
Boletim o pae   agosto 2016Boletim o pae   agosto 2016
Boletim o pae agosto 2016
 
Eu superior o verdadeiro mestre apostila 05
Eu superior o verdadeiro mestre   apostila 05Eu superior o verdadeiro mestre   apostila 05
Eu superior o verdadeiro mestre apostila 05
 
A LEI DO AMOR.pptx
A LEI DO AMOR.pptxA LEI DO AMOR.pptx
A LEI DO AMOR.pptx
 
Evangeliza - Problema do Ser
Evangeliza - Problema do SerEvangeliza - Problema do Ser
Evangeliza - Problema do Ser
 
Universalismo crstico apostila - 004 - 2011 - lar (1)
Universalismo crstico   apostila - 004 - 2011 - lar (1)Universalismo crstico   apostila - 004 - 2011 - lar (1)
Universalismo crstico apostila - 004 - 2011 - lar (1)
 
Amor terapia
Amor terapiaAmor terapia
Amor terapia
 
A colônia espiritual u.a. (luiz guilherme marques)
A colônia espiritual u.a. (luiz guilherme marques)A colônia espiritual u.a. (luiz guilherme marques)
A colônia espiritual u.a. (luiz guilherme marques)
 
Eae 89 Amor a Deus, ao próximo e aos inimigos
Eae 89 Amor a Deus, ao próximo e aos inimigosEae 89 Amor a Deus, ao próximo e aos inimigos
Eae 89 Amor a Deus, ao próximo e aos inimigos
 
Afetividade e sexualidade
Afetividade e sexualidadeAfetividade e sexualidade
Afetividade e sexualidade
 
Amor e Inteligência
Amor e InteligênciaAmor e Inteligência
Amor e Inteligência
 

Mais de Silvânio Barcelos

A arte como princípio educativo
A arte como princípio educativo A arte como princípio educativo
A arte como princípio educativo Silvânio Barcelos
 
Cidadania, inclusão e ética na educação de jovens e adultos
Cidadania, inclusão e ética na educação de jovens e adultosCidadania, inclusão e ética na educação de jovens e adultos
Cidadania, inclusão e ética na educação de jovens e adultosSilvânio Barcelos
 
Adolescência a complexidade do ser na visão espírita
Adolescência a complexidade do ser na visão espíritaAdolescência a complexidade do ser na visão espírita
Adolescência a complexidade do ser na visão espíritaSilvânio Barcelos
 
Não se pode servir a deus e a mamon ppt
Não se pode servir a deus e a mamon pptNão se pode servir a deus e a mamon ppt
Não se pode servir a deus e a mamon pptSilvânio Barcelos
 
A lei de deus cap. 16 e 17 ppt
A lei de deus cap. 16 e 17 pptA lei de deus cap. 16 e 17 ppt
A lei de deus cap. 16 e 17 pptSilvânio Barcelos
 
Os dragões (apresentação Power Point)
Os dragões (apresentação Power Point)Os dragões (apresentação Power Point)
Os dragões (apresentação Power Point)Silvânio Barcelos
 
Dragões (baseado na obra de wanderley oliveira)
Dragões (baseado na obra de wanderley oliveira)Dragões (baseado na obra de wanderley oliveira)
Dragões (baseado na obra de wanderley oliveira)Silvânio Barcelos
 
A lei de deus (revisitando pietro ubaldi 4)
A lei de deus (revisitando pietro ubaldi   4)A lei de deus (revisitando pietro ubaldi   4)
A lei de deus (revisitando pietro ubaldi 4)Silvânio Barcelos
 
A lei de deus (pietro ubaldi revisitado 3)
A lei de deus (pietro ubaldi revisitado   3)A lei de deus (pietro ubaldi revisitado   3)
A lei de deus (pietro ubaldi revisitado 3)Silvânio Barcelos
 
A lei de deus (revisitando pietro ubaldi 2)
A lei de deus (revisitando pietro ubaldi   2)A lei de deus (revisitando pietro ubaldi   2)
A lei de deus (revisitando pietro ubaldi 2)Silvânio Barcelos
 
A grande síntese (revisitando pietro ubaldi)
A grande síntese (revisitando pietro ubaldi)A grande síntese (revisitando pietro ubaldi)
A grande síntese (revisitando pietro ubaldi)Silvânio Barcelos
 
A lei de deus revisitando pietro ubaldi 1
A lei de deus revisitando pietro ubaldi 1A lei de deus revisitando pietro ubaldi 1
A lei de deus revisitando pietro ubaldi 1Silvânio Barcelos
 
A educação da nova era silvânio barcelos
A educação da nova era silvânio barcelosA educação da nova era silvânio barcelos
A educação da nova era silvânio barcelosSilvânio Barcelos
 
Posse e conflito pela terra em jaurú mt
Posse e conflito pela terra em jaurú   mtPosse e conflito pela terra em jaurú   mt
Posse e conflito pela terra em jaurú mtSilvânio Barcelos
 
O atlântico negro, uma releitura da obra de paul gilroy
O atlântico negro, uma releitura da obra de paul gilroyO atlântico negro, uma releitura da obra de paul gilroy
O atlântico negro, uma releitura da obra de paul gilroySilvânio Barcelos
 
Globalização releitura da obra de zigmunt bauman
Globalização releitura da obra de zigmunt baumanGlobalização releitura da obra de zigmunt bauman
Globalização releitura da obra de zigmunt baumanSilvânio Barcelos
 
O latifúndio e a hegemonia do capital no contexto da história agrária da regi...
O latifúndio e a hegemonia do capital no contexto da história agrária da regi...O latifúndio e a hegemonia do capital no contexto da história agrária da regi...
O latifúndio e a hegemonia do capital no contexto da história agrária da regi...Silvânio Barcelos
 

Mais de Silvânio Barcelos (20)

A arte como princípio educativo
A arte como princípio educativo A arte como princípio educativo
A arte como princípio educativo
 
Cidadania, inclusão e ética na educação de jovens e adultos
Cidadania, inclusão e ética na educação de jovens e adultosCidadania, inclusão e ética na educação de jovens e adultos
Cidadania, inclusão e ética na educação de jovens e adultos
 
A educação quilombola
A educação quilombolaA educação quilombola
A educação quilombola
 
Adolescência a complexidade do ser na visão espírita
Adolescência a complexidade do ser na visão espíritaAdolescência a complexidade do ser na visão espírita
Adolescência a complexidade do ser na visão espírita
 
Não se pode servir a deus e a mamon ppt
Não se pode servir a deus e a mamon pptNão se pode servir a deus e a mamon ppt
Não se pode servir a deus e a mamon ppt
 
A lei de deus cap's 21 à 25
A lei de deus cap's 21 à 25A lei de deus cap's 21 à 25
A lei de deus cap's 21 à 25
 
A lei de deus cap. 16 e 17 ppt
A lei de deus cap. 16 e 17 pptA lei de deus cap. 16 e 17 ppt
A lei de deus cap. 16 e 17 ppt
 
Os dragões cap. 12 ppt
Os dragões cap. 12 pptOs dragões cap. 12 ppt
Os dragões cap. 12 ppt
 
Os dragões (apresentação Power Point)
Os dragões (apresentação Power Point)Os dragões (apresentação Power Point)
Os dragões (apresentação Power Point)
 
Dragões (baseado na obra de wanderley oliveira)
Dragões (baseado na obra de wanderley oliveira)Dragões (baseado na obra de wanderley oliveira)
Dragões (baseado na obra de wanderley oliveira)
 
A lei de deus (revisitando pietro ubaldi 4)
A lei de deus (revisitando pietro ubaldi   4)A lei de deus (revisitando pietro ubaldi   4)
A lei de deus (revisitando pietro ubaldi 4)
 
A lei de deus (pietro ubaldi revisitado 3)
A lei de deus (pietro ubaldi revisitado   3)A lei de deus (pietro ubaldi revisitado   3)
A lei de deus (pietro ubaldi revisitado 3)
 
A lei de deus (revisitando pietro ubaldi 2)
A lei de deus (revisitando pietro ubaldi   2)A lei de deus (revisitando pietro ubaldi   2)
A lei de deus (revisitando pietro ubaldi 2)
 
A grande síntese (revisitando pietro ubaldi)
A grande síntese (revisitando pietro ubaldi)A grande síntese (revisitando pietro ubaldi)
A grande síntese (revisitando pietro ubaldi)
 
A lei de deus revisitando pietro ubaldi 1
A lei de deus revisitando pietro ubaldi 1A lei de deus revisitando pietro ubaldi 1
A lei de deus revisitando pietro ubaldi 1
 
A educação da nova era silvânio barcelos
A educação da nova era silvânio barcelosA educação da nova era silvânio barcelos
A educação da nova era silvânio barcelos
 
Posse e conflito pela terra em jaurú mt
Posse e conflito pela terra em jaurú   mtPosse e conflito pela terra em jaurú   mt
Posse e conflito pela terra em jaurú mt
 
O atlântico negro, uma releitura da obra de paul gilroy
O atlântico negro, uma releitura da obra de paul gilroyO atlântico negro, uma releitura da obra de paul gilroy
O atlântico negro, uma releitura da obra de paul gilroy
 
Globalização releitura da obra de zigmunt bauman
Globalização releitura da obra de zigmunt baumanGlobalização releitura da obra de zigmunt bauman
Globalização releitura da obra de zigmunt bauman
 
O latifúndio e a hegemonia do capital no contexto da história agrária da regi...
O latifúndio e a hegemonia do capital no contexto da história agrária da regi...O latifúndio e a hegemonia do capital no contexto da história agrária da regi...
O latifúndio e a hegemonia do capital no contexto da história agrária da regi...
 

Último

A Couraça De São Patrício
A Couraça De São PatrícioA Couraça De São Patrício
A Couraça De São PatrícioNilson Almeida
 
Novena A Santo Inácio De Loyola
Novena A Santo Inácio De Loyola Novena A Santo Inácio De Loyola
Novena A Santo Inácio De Loyola Nilson Almeida
 
DIZIMOS - Também é para nós cristãos?.docx
DIZIMOS  - Também é  para nós cristãos?.docxDIZIMOS  - Também é  para nós cristãos?.docx
DIZIMOS - Também é para nós cristãos?.docxJose Moraes
 
Vibração Pelo Planeta Terra
Vibração Pelo Planeta Terra Vibração Pelo Planeta Terra
Vibração Pelo Planeta Terra Nilson Almeida
 
Novena De Santa Teresinha
Novena De Santa TeresinhaNovena De Santa Teresinha
Novena De Santa TeresinhaNilson Almeida
 
Bíblia Sagrada - livro II de Salmos - 42-72 - slides powerpoint.ppt
Bíblia Sagrada - livro II de Salmos - 42-72 - slides powerpoint.pptBíblia Sagrada - livro II de Salmos - 42-72 - slides powerpoint.ppt
Bíblia Sagrada - livro II de Salmos - 42-72 - slides powerpoint.pptIgrejadoVerbo
 
Novena De Preparação Para A Festa De Santo Expedito
Novena De Preparação Para A Festa De Santo ExpeditoNovena De Preparação Para A Festa De Santo Expedito
Novena De Preparação Para A Festa De Santo ExpeditoNilson Almeida
 
Novena Da Imaculada Conceição
Novena Da Imaculada ConceiçãoNovena Da Imaculada Conceição
Novena Da Imaculada ConceiçãoNilson Almeida
 
Oração Aos Três Arcanjos - Círculo De Luz E Proteção
Oração Aos Três Arcanjos - Círculo De Luz E ProteçãoOração Aos Três Arcanjos - Círculo De Luz E Proteção
Oração Aos Três Arcanjos - Círculo De Luz E ProteçãoNilson Almeida
 
Orações A São Camilo De Léllis
Orações A São Camilo De LéllisOrações A São Camilo De Léllis
Orações A São Camilo De LéllisNilson Almeida
 
6000 sermoes prontos para pregar em qualquer lugar.
6000 sermoes prontos para pregar em qualquer lugar.6000 sermoes prontos para pregar em qualquer lugar.
6000 sermoes prontos para pregar em qualquer lugar.MARIODLETICIA
 
Lição 8 - A Disciplina na Igreja - .pptx
Lição 8 - A Disciplina na Igreja - .pptxLição 8 - A Disciplina na Igreja - .pptx
Lição 8 - A Disciplina na Igreja - .pptxCelso Napoleon
 

Último (18)

Reflexão para grupos sobre a carta de Quaresma 2024 Parte 1
Reflexão para grupos sobre a carta de Quaresma 2024 Parte 1Reflexão para grupos sobre a carta de Quaresma 2024 Parte 1
Reflexão para grupos sobre a carta de Quaresma 2024 Parte 1
 
A Couraça De São Patrício
A Couraça De São PatrícioA Couraça De São Patrício
A Couraça De São Patrício
 
Novena A Santo Inácio De Loyola
Novena A Santo Inácio De Loyola Novena A Santo Inácio De Loyola
Novena A Santo Inácio De Loyola
 
DIZIMOS - Também é para nós cristãos?.docx
DIZIMOS  - Também é  para nós cristãos?.docxDIZIMOS  - Também é  para nós cristãos?.docx
DIZIMOS - Também é para nós cristãos?.docx
 
Vibração Pelo Planeta Terra
Vibração Pelo Planeta Terra Vibração Pelo Planeta Terra
Vibração Pelo Planeta Terra
 
Novena De Santa Teresinha
Novena De Santa TeresinhaNovena De Santa Teresinha
Novena De Santa Teresinha
 
Carta da Quaresma 2024 Reflexão para grupos Parte 2
Carta da Quaresma 2024 Reflexão para grupos Parte 2Carta da Quaresma 2024 Reflexão para grupos Parte 2
Carta da Quaresma 2024 Reflexão para grupos Parte 2
 
Bíblia Sagrada - livro II de Salmos - 42-72 - slides powerpoint.ppt
Bíblia Sagrada - livro II de Salmos - 42-72 - slides powerpoint.pptBíblia Sagrada - livro II de Salmos - 42-72 - slides powerpoint.ppt
Bíblia Sagrada - livro II de Salmos - 42-72 - slides powerpoint.ppt
 
Novena De Preparação Para A Festa De Santo Expedito
Novena De Preparação Para A Festa De Santo ExpeditoNovena De Preparação Para A Festa De Santo Expedito
Novena De Preparação Para A Festa De Santo Expedito
 
Novena De Santa Marta
Novena De Santa MartaNovena De Santa Marta
Novena De Santa Marta
 
Carta de Cuaresma 2024 reflexion grupo 3 PT.pdf
Carta de Cuaresma 2024 reflexion grupo 3 PT.pdfCarta de Cuaresma 2024 reflexion grupo 3 PT.pdf
Carta de Cuaresma 2024 reflexion grupo 3 PT.pdf
 
Novena Da Imaculada Conceição
Novena Da Imaculada ConceiçãoNovena Da Imaculada Conceição
Novena Da Imaculada Conceição
 
Oração Aos Três Arcanjos - Círculo De Luz E Proteção
Oração Aos Três Arcanjos - Círculo De Luz E ProteçãoOração Aos Três Arcanjos - Círculo De Luz E Proteção
Oração Aos Três Arcanjos - Círculo De Luz E Proteção
 
Orações A São Camilo De Léllis
Orações A São Camilo De LéllisOrações A São Camilo De Léllis
Orações A São Camilo De Léllis
 
6000 sermoes prontos para pregar em qualquer lugar.
6000 sermoes prontos para pregar em qualquer lugar.6000 sermoes prontos para pregar em qualquer lugar.
6000 sermoes prontos para pregar em qualquer lugar.
 
Oração Pelos Filhos
Oração Pelos FilhosOração Pelos Filhos
Oração Pelos Filhos
 
Carta da Quaresma 2024 Reflexão para grupos Parte 4
Carta da Quaresma 2024 Reflexão para grupos Parte 4Carta da Quaresma 2024 Reflexão para grupos Parte 4
Carta da Quaresma 2024 Reflexão para grupos Parte 4
 
Lição 8 - A Disciplina na Igreja - .pptx
Lição 8 - A Disciplina na Igreja - .pptxLição 8 - A Disciplina na Igreja - .pptx
Lição 8 - A Disciplina na Igreja - .pptx
 

A lei de amor ppt

  • 1. A Lei de Amor Mediador: Silvânio Barcelos
  • 2. Lei de Amor  Um dos pontos mais relevantes da vida.  Todos falamos, pensamos e vivemos de amor.  CRISTO:  “Ame ao próximo como a si mesmo”  “Amai vossos inimigos”
  • 3. Há um limite e um tempo para amar?  Não!  O amor existe no ser humano e em todas as coisas na natureza.
  • 4. O Amor  Está acima de nossa compreensão.  É algo extraordinário e surpreendente.  “A própria vida, essência de tudo, não seria possível caso Deus não houvesse definido a Lei de Amor.”  “Em cada ser espiritual existe a “centelha do amor”
  • 5. Centelha divina  Cada ser carrega em si uma parte de Deus.  Somos potencialmente seres de amor.  Torna-se necessário desenvolver o germe do amor.  Essa é condição máxima para a evolução e harmonia universais.
  • 6. Evolução  Amor é a causa  Felicidade é o efeito  “Fomos criados para ser felizes” (Ubaldi)
  • 7. Princípio da harmonia  Caso a humanidade caminhasse segundo as relações de ódio e egoísmo simplesmente resultaria em caos, em nada.
  • 8. Princípio da harmonia  “A centelha do amor presente em todo o universo é, portanto, fruto da perfeição e da criação divina”.  “Com a formação do espírito Deus o torna parte da criação universal e recebe a chama do próprio criador (amor)”.  SOMOS TODOS UM.
  • 10. O diagnóstico do ser  .
  • 11. .
  • 13. O amor resume toda a doutrina de Jesus, porque é o sentimento por excelência.  Os sentimentos são os instintos elevados à altura do progresso realizado.  No seu ponto de partida, o homem só tem instintos.  Mais avançado e corrompido só tem sensações.  Mais instruído e purificado tem sentimentos.
  • 14. O amor é o requinte do sentimento.  Não o amor no sentido vulgar do termo, mas esse sol interior que reúne e condensa em seu foco ardente todas as aspirações e todas revelações sobre-humanas.  Feliz aquele que, elevando-se acima de sua própria humanidade, ama com intenso amor os seus irmãos em sofrimento.  Feliz aquele que ama, porque não conhece as angustias da alma, nem as do corpo.
  • 15. Seus pés são leves e vive como que transportado para fora de si mesmo.  Quando Jesus pronunciou essa palavra divina: Amor, fez estremecerem os povos, e os mártires ébrios de esperança desceram ao circo.
  • 16. O espiritismo, por sua vez, vem pronunciar a segunda palavra do alfabeto divino. Ficai atentos porque essa palavra levanta a lápide dos túmulos vazios, e a reencarnação, vencendo a morte, revela ao homem deslumbrado o seu patrimônio intelectual.  (Evangelho Segundo Espiritismo)