SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 32
Baixar para ler offline
Pureza de pensamento
Boa noite, sejam todos muito benvindos a nossa casa espírita,
para continuarmos o nosso estudo dos ensinamentos de Jesus Cristo!
O tema da palestra “Pureza de pensamento”, foi baseado no Capítulo 8:
Bem-aventurados os puros de coração, do livro ESE de Allan Kardec.
São Paulo, 17 de Maio de 2016 – SEAC/CEEAK
Palestrante: Tiburcio Santos
Nossa Casa Espírita
S.E.A.C. = Sopa, Esperança, Amor e Caridade
 Assistência SOCIAL: sopa, cestas Natal, Dia das crianças, etc...
 Assistência ESPIRITUAL: passes e palestras
Alimento para o corpo e para a alma!
Nossa Casa Espírita
C.E.E.A.K. = Centro de Estudos Espíritas Allan Kardec
ESTUDOS: diversos cursos de evangelização espírita.
Sem fins lucrativos... trabalho 100% voluntário!
A decisão de vir ao SEAC
 É com muita alegria que convido voces para estudarmos o ESE,
junto com os amigos espirituais aqui presentes;
pois desde a nossa decisão de vir ao SEAC hoje,
JÁ ESTAMOS SENDO ACOMPANHADOS dos nossos anjos protetores
e diversos espíritos (simpatizantes ou não),
que atraímos segundo nossos pensamentos e ações.
A palestra e a assistência espiritual
 A partir da entrada no salão, já estamos sendo assistidos;
esta palestra é parte integrante do passe,
e foi desenvolvida a partir do Evangelho de Jesus,
sob a interpretação espírita.
 Convido a todos para RETORNAR AO SALÃO, após o passe.
Sintonia com o plano espiritual
 Vamos RESPIRAR profundamente, desligando dos sentidos materiais,
para uma ligação mais rápida e verdadeira com o plano espiritual,
fechando levemente nossos olhos, e
elevando nosso pensamento à Jesus.
Prece de abertura
 Pedimos ao nosso irmão maior e modelo que,
juntamente com os mensageiros, espíritos simpatizantes e protetores,
nos leve até a PRESENÇA DE DEUS; e juntos oremos:
 “Amado Deus, pedimos que nos ajude a compreender
as mensagens de hoje e receber os benefícios desta assistência
criando as melhores condições no meu corpo, mente e espírito.
 Que assim seja, graças a Deus!!
As três partes do ser:
Espírito – Perispírito – Corpo Físico
Plexo e chacra
 Plexo nervoso é uma expressão que se origina do latim plexu,
significando "enlaçamento“; designando em anatomia
a rede de nervos do sistema nervoso periférico e autônomo.
 A cada plexo ou feixe de pequenos nervos corresponde um
centro de força (ou chacra), responsáveis por um sistema ou região
de nosso organismo.
Centros de força
 Os centros de força são verdadeiros vórtices, por onde os dinâmicos
campos magnéticos da personalidade espiritual se ligam ao físico.
 São como FUNIS que giram num determinado sentido,
formando mini-furacões, mini-redemoinhos, com a boca desses funis
direcionados ao espaço etérico.
O passe espírita
 É muito importante ter sempre em mente:
 que os centros vitais captam energias,
transferindo-as ao corpo físico.
 E também que todos eles encontram-se em constante permuta
energética entre si, fazendo com que qualquer desequilíbrio
em um deles reflita-se automaticamente em todo o conjunto e,
por consequência, em todo o corpo físico.
Reforma moral
 São os passes e a prece veículos intercessórios,
MEDICAMENTOS reparativos complementares,
que embora dos mais úteis e, diríamos indispensáveis,
não é a base real do reequilíbrio e da re-harmonização
dos centros de força, a qual se estriba na reforma moral.
Doenças do Corpo e do Espírito
 O Espiritismo da à chave das relações que existem entre a alma e o corpo,
e prova que há REAÇÃO INCESSANTE de um sobre o outro.
 Ele abre, assim, novo caminho à ciência e, em lhe mostrando a
verdadeira causa de certas doenças, lhe dá os meios de combatê-las.
O estudo do ESE
 O ESE é uma seleção de PASSAGENS DA BÍBLIA,
organizadas de acordo com temas retirados dos 4 evangelhos,
e contendo explicações das máximas morais do Cristo,
sua concordância com o Espiritismo e
sua aplicação às diversas situações da vida.
 Hoje abordaremos os tópicos:
 Deixai vir a mim os pequeninos Pecado por pensamento e adultério
 Verdadeira pureza e mãos não lavadas
 Escândalos: cortar a mão
Revisão: já nos aproximamos do meio do ano
 Antes de iniciarmos o tema de hoje, vamos fazer uma pequena revisão
dos capítulos anteriores e verificar o quanto já conhecemos dos
ensinamentos do Evangelho e das máximas de Jesus.
 Cada capítulo do ESE aborda um tema:
 Cap.1: Não vim destruir a lei: Moises, Jesus, Kardec
 Cap. 2: Meu reino não é deste mundo: Vida futura (após a morte)
 Cap. 3: Há muitas moradas na casa do meu Pai: erraticidade e mundos
 Cap. 4: Ninguém pode ver o reino de Deus, se não nascer de novo!
Reencarnação e laços de família
O Sermão da Montanha
 O SERMÃO DA MONTANHA é um dos mais difíceis de compreensão,
fala sobre as bem-aventuranças, que Jesus pregou para ensinar
e revelar aos homens a verdadeira felicidade.
 Cap. 5: Bem-aventurados os aflitos: justiça e causas das aflições
 Cap. 6: O Cristo consolador: jugo leve e consolador prometido
 Cap. 7: Bem-Av os pobres em espírito: humildade e resignação
 Cap. 8: Bem-Av os puros de coração: crianças e pensamentos
 Cap. 9: Bem-Av os mansos e pacíficos: injúrias e violências
 Cap. 10: Bem-Av os misericordiosos: perdão e reconciliação
A Lei do Amor: o sentimento por excelência
 O capítulo 11 irá abordar um belíssimo tema:
 Cap. 11: Amar o próximo como a si mesmo: O MAIOR MANDAMENTO
 Nas instruções dos espíritos, encontramos esta mensagem de
Lázaro (Paris, 1862) intitulada “A Lei de Amor.”
 O amor resume toda a doutrina de Jesus,
porque é o sentimento por excelência,
e os sentimentos são os instintos elevados à altura do progresso realizado.
O tríplice aspecto
 O Espiritismo possui o TRÍPLICE ASPECTO:
 o religioso: somos todos cristãos, ou seguidores de Jesus,
 o filosófico: recomendações e regras de conduta, e
 o científico: que é a fé raciocinada.
O Pentateuco Espírita
 AK elaborou muitos livros, reunindo revelações do mundo todo,
principalmente os cinco livros básicos que compõem
a DOUTRINA ESPÍRITA, chamados de Pentateuco Espírita:
 Livro dos Espíritos (1857)
 Livro dos Médiuns (1861)
 O Evangelho segundo o Espiritismo (ESE) (1864)
 O Céu e o Inferno (1865)
 A Gênese (1868)
 O que é o Espiritismo? Obras póstumas
Educação Espírita
 A Educação Espírita é inerente à doutrina:
quem estuda as obras básicas da Codificação
e complementares estará recebendo esta educação.
 Por isso meus amigos, recomendamos: LEIAM, leiam e releiam
as obras básicas espíritas e grandes escritores com FCX, DPF, etc.
Divaldo
Educação integral
 Neste contexto, realça-se o papel da Educação Espírita,
nas construções da vida futura e do porvir;
que tem por objetivo a educação integral e
continua abrangendo todo o complexo da personalidade do educando,
através de todos os graus do ensino.
 A Doutrina Espírita é uma doutrina de educação por excelência,
ligada à linha de J.J. Rousseau através de J.H. PESTALOZZI,
de quem AK foi discípulo.
Evolução espiritual
 Precisamos acelerar nosso avanço rumo a Divindade (Deus)
e planos mais evoluídos, através do conhecimento das verdades
que hoje já estão ao alcance da nossa compreensão.
 Basta querermos e nos esforçarmos,
dedicando uns poucos minutos do nosso dia para o estudo e mantendo
um CONTATO REGULAR para conscientizarmos do nosso lado divino.
O Espiritismo
 O Espiritismo veio no momento exato e Allan Kardec fez seu
papel com muita seriedade, divulgando uma doutrina cujas verdades são
reveladas de acordo com a evolução da humanidade:
 a prova da existência de DEUS,
 o espírito imortal e o mundo espiritual,
 a comunicabilidade com os espíritos desencarnados,
 a pluralidade dos mundos habitados,
 a encarnação e reencarnação,
 as LEIS DIVINAS, dentre outras: lei de causa e efeito, do trabalho, progresso...
As Bem-aventuranças
 Bem aventurado é um adjetivo que significa muito feliz.
 As bem-aventuranças apresentam um novo conjunto de ideias, com
FOCO NO AMOR E HUMILDADE, ecoando ensinamentos de
espiritualidade e compaixão.
 Cada bem-aventurança consiste de duas partes:
uma condição e um resultado:
 Felizes os pobres em espírito, porque deles é o Reino dos Céus
 Felizes os mansos porque herdarão a terra
 Felizes os aflitos porque serão consolados
 Felizes os que têm fome e sede de justiça, porque serão saciados
 Felizes os misericordiosos, porque alcançarão misericórdia
 Felizes os puros de coração, porque verão a Deus
 Felizes os que promovem a paz, porque serão chamados Filhos de Deus
 Felizes os que são perseguidos por causa da justiça, porque deles é o
Reino dos Céus
Bem-aventurados os Puros de coração: adultério
 Vamos continuar nosso estudo do ESE com o
cap 8: “Bem-aventurados os Puros de coração”,
com a leitura do parágrafo que transcreve o Evangelho de Mateus v:27-28:
 5. Ouvistes que foi dito aos antigos: Não adulterarás.
 Eu, porém, vos digo que todo o que olhar para uma mulher,
cobiçando-a, já no seu coração adulterou com ela.
 Nesse sentido, comete adultério aquele que maquia o seu automóvel
para ter lucro, aquele que mente para obter vantagens,
aquele que nega a própria consciência frente a verdade dos fatos.
Maus pensamentos
 A medida que a alma avança na via espiritual valendo-se
do seu livre arbítrio para escolher o bem, PURIFICA-SE
não só eliminando os maus atos mas também os maus pensamentos.
 A verdadeira pureza não está apenas nos atos,
mas também no pensamento,
pois aquele que tem o coração puro nem sequer pensa no mal.
 Foi isso que Jesus quis dizer, condenando o pecado,
mesmo em pensamento, porque ele é um sinal de impureza.
 Nós não podemos fazer nada sem que antes tenhamos pensado para
executá-lo. Porque tudo se inicia no pensamento.
Avanço na vida espiritual
 À medida que a alma, comprometida no mau caminho,
avança na vida espiritual, vai-se esclarecendo,
e pouco a pouco se liberta de suas imperfeições, segundo a maior ou
menor boa-vontade que emprega, em virtude do seu livre arbítrio.
 E, de acordo com o desejo que tiver de se purificar, até mesmo esse mau
pensamento se torna para ela um motivo de progresso, porque o repele
com energia. É o sinal de uma mancha que ela se esforça por apagar.
Melhorando o pensamento
 É necessário arrancar do coração todo sentimento impuro,
toda tendência viciosa. Não ceder à tentação de satisfazer um mau desejo,
e após haver resistido, sentir-se-á mais forte e contente com a sua vitória.
 Assim sendo, melhorando o pensamento, melhora-se também a ação.
 Em resumo, na pessoa que não concebe mesmo o pensamento do mal,
o progresso está realizado;
 naquela a quem vem esse pensamento mas o repele,
o progresso está em vias de se cumprir;
 naquela, enfim, que tem esse pensamento e nele se compraz,
o mal está ainda com toda a sua força;
 Aquela que, pelo contrário, não tomou boas resoluções,
ainda busca a ocasião de praticar o mau ato, e se não o fizer,
não será por não querer, mas apenas por falta de circunstâncias favoráveis.
 numa, o trabalho está feito, na outra está por fazer.
 Deus, que é justo, considera todas essas diferenças
na responsabilidade dos atos e dos pensamentos do homem".
A aura, as cores e os pensamentos
 A aura humana é também conhecida como halo energético,
presente em todos os seres vivos e que, no homem,
contudo, semelhante projeção surge profundamente
enriquecida e modificada pelos fatores do pensamento.
 Nas reentrâncias e ligações sutis dessa túnica eletromagnética
de que o homem se entraja, circula o pensamento,
COLORINDO-A com as vibrações e imagens de que se constitui.
Bons passes e muito obrigado!
Vamos todos em Paz com a benção de Deus!

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Capítulo 4 ese ninguém pode ver o reino de deus
Capítulo 4 ese ninguém pode ver o reino de deusCapítulo 4 ese ninguém pode ver o reino de deus
Capítulo 4 ese ninguém pode ver o reino de deusEduardo Ottonelli Pithan
 
Suicídio - Dor dos dois lados da vida
Suicídio - Dor dos dois lados da vidaSuicídio - Dor dos dois lados da vida
Suicídio - Dor dos dois lados da vidaRicardo Azevedo
 
Capítulo 6 do evangelho segundo o espiritismo
Capítulo 6 do evangelho segundo o espiritismoCapítulo 6 do evangelho segundo o espiritismo
Capítulo 6 do evangelho segundo o espiritismoEduardo Ottonelli Pithan
 
Buscai e Achareis - ESE Cap 25
Buscai e Achareis - ESE Cap 25Buscai e Achareis - ESE Cap 25
Buscai e Achareis - ESE Cap 25Fábio Paiva
 
INFLUENCIA DOS ESPIRITOS EM NOSSAS VIDAS
INFLUENCIA DOS ESPIRITOS EM NOSSAS VIDASINFLUENCIA DOS ESPIRITOS EM NOSSAS VIDAS
INFLUENCIA DOS ESPIRITOS EM NOSSAS VIDASRodrigo Leite
 
O homem de bem, grande desafio
O homem de bem, grande desafioO homem de bem, grande desafio
O homem de bem, grande desafioGraça Maciel
 
ESE CAP XVII - Sede Perfeitos
ESE CAP XVII - Sede PerfeitosESE CAP XVII - Sede Perfeitos
ESE CAP XVII - Sede Perfeitosgrupodepaisceb
 
A felicidade não é deste mundo
A felicidade não é deste mundoA felicidade não é deste mundo
A felicidade não é deste mundoPonte de Luz ASEC
 
Dai a Cezar o que é de Cezar ( Leonardo Pereira).
Dai a Cezar o que é de Cezar ( Leonardo Pereira). Dai a Cezar o que é de Cezar ( Leonardo Pereira).
Dai a Cezar o que é de Cezar ( Leonardo Pereira). Leonardo Pereira
 
O compromisso com a tarefa
O compromisso com a tarefaO compromisso com a tarefa
O compromisso com a tarefaumecamaqua
 
Jesus: Roteiro de Luz, Espiritismo: Receita de Vida
Jesus: Roteiro de Luz, Espiritismo: Receita de VidaJesus: Roteiro de Luz, Espiritismo: Receita de Vida
Jesus: Roteiro de Luz, Espiritismo: Receita de Vidaigmateus
 
Palestra a reencarnacao
Palestra   a reencarnacaoPalestra   a reencarnacao
Palestra a reencarnacaoVictor Passos
 
Evangelho Segundo o Espiritismo - Cap.9
Evangelho Segundo o Espiritismo -  Cap.9Evangelho Segundo o Espiritismo -  Cap.9
Evangelho Segundo o Espiritismo - Cap.9Patricia Farias
 
Indissolubilidade do casamento
Indissolubilidade do casamento Indissolubilidade do casamento
Indissolubilidade do casamento Henrique Vieira
 

Mais procurados (20)

Capítulo 4 ese ninguém pode ver o reino de deus
Capítulo 4 ese ninguém pode ver o reino de deusCapítulo 4 ese ninguém pode ver o reino de deus
Capítulo 4 ese ninguém pode ver o reino de deus
 
Suicídio - Dor dos dois lados da vida
Suicídio - Dor dos dois lados da vidaSuicídio - Dor dos dois lados da vida
Suicídio - Dor dos dois lados da vida
 
Os sofrimentos voluntarios
Os sofrimentos voluntariosOs sofrimentos voluntarios
Os sofrimentos voluntarios
 
Capítulo 6 do evangelho segundo o espiritismo
Capítulo 6 do evangelho segundo o espiritismoCapítulo 6 do evangelho segundo o espiritismo
Capítulo 6 do evangelho segundo o espiritismo
 
Buscai e Achareis - ESE Cap 25
Buscai e Achareis - ESE Cap 25Buscai e Achareis - ESE Cap 25
Buscai e Achareis - ESE Cap 25
 
INFLUENCIA DOS ESPIRITOS EM NOSSAS VIDAS
INFLUENCIA DOS ESPIRITOS EM NOSSAS VIDASINFLUENCIA DOS ESPIRITOS EM NOSSAS VIDAS
INFLUENCIA DOS ESPIRITOS EM NOSSAS VIDAS
 
O homem de bem, grande desafio
O homem de bem, grande desafioO homem de bem, grande desafio
O homem de bem, grande desafio
 
ESE CAP XVII - Sede Perfeitos
ESE CAP XVII - Sede PerfeitosESE CAP XVII - Sede Perfeitos
ESE CAP XVII - Sede Perfeitos
 
A felicidade não é deste mundo
A felicidade não é deste mundoA felicidade não é deste mundo
A felicidade não é deste mundo
 
A verdadeira propriedade
A verdadeira propriedadeA verdadeira propriedade
A verdadeira propriedade
 
Da encarnação dos espíritos
Da encarnação dos espíritosDa encarnação dos espíritos
Da encarnação dos espíritos
 
Leis divinas
Leis divinasLeis divinas
Leis divinas
 
Dai a Cezar o que é de Cezar ( Leonardo Pereira).
Dai a Cezar o que é de Cezar ( Leonardo Pereira). Dai a Cezar o que é de Cezar ( Leonardo Pereira).
Dai a Cezar o que é de Cezar ( Leonardo Pereira).
 
O compromisso com a tarefa
O compromisso com a tarefaO compromisso com a tarefa
O compromisso com a tarefa
 
Bem aventurados os puros de coração
Bem aventurados os puros de coraçãoBem aventurados os puros de coração
Bem aventurados os puros de coração
 
Jesus: Roteiro de Luz, Espiritismo: Receita de Vida
Jesus: Roteiro de Luz, Espiritismo: Receita de VidaJesus: Roteiro de Luz, Espiritismo: Receita de Vida
Jesus: Roteiro de Luz, Espiritismo: Receita de Vida
 
Palestra a reencarnacao
Palestra   a reencarnacaoPalestra   a reencarnacao
Palestra a reencarnacao
 
A lei de amor ppt
A lei de amor pptA lei de amor ppt
A lei de amor ppt
 
Evangelho Segundo o Espiritismo - Cap.9
Evangelho Segundo o Espiritismo -  Cap.9Evangelho Segundo o Espiritismo -  Cap.9
Evangelho Segundo o Espiritismo - Cap.9
 
Indissolubilidade do casamento
Indissolubilidade do casamento Indissolubilidade do casamento
Indissolubilidade do casamento
 

Semelhante a Palestra ESE cap 8 bem aventurados puros

Palestra ESE cap17 Sede perfeitos
Palestra ESE cap17 Sede perfeitosPalestra ESE cap17 Sede perfeitos
Palestra ESE cap17 Sede perfeitosTiburcio Santos
 
Palestra ESE cap 6 cristo consolador
Palestra ESE cap 6 cristo consoladorPalestra ESE cap 6 cristo consolador
Palestra ESE cap 6 cristo consoladorTiburcio Santos
 
Palestra ESE cap 10 Bem-aventurados os misericordiosos
Palestra ESE cap 10 Bem-aventurados os misericordiososPalestra ESE cap 10 Bem-aventurados os misericordiosos
Palestra ESE cap 10 Bem-aventurados os misericordiososTiburcio Santos
 
Espiritismo e a casa esp+ìrita ii agosto 2010
Espiritismo e a casa esp+ìrita ii  agosto 2010Espiritismo e a casa esp+ìrita ii  agosto 2010
Espiritismo e a casa esp+ìrita ii agosto 2010Alessandru2
 
Palestra ese 15 fora da caridade 20160824 v1
Palestra ese 15 fora da caridade 20160824 v1Palestra ese 15 fora da caridade 20160824 v1
Palestra ese 15 fora da caridade 20160824 v1Tiburcio Santos
 
Apresentação da Doutrina Espírita e do Livro dos Espíritos.pptx
Apresentação da Doutrina Espírita e do Livro dos Espíritos.pptxApresentação da Doutrina Espírita e do Livro dos Espíritos.pptx
Apresentação da Doutrina Espírita e do Livro dos Espíritos.pptxMarta Gomes
 
Palestra ESE cap 7 pobres espirito
Palestra ESE cap 7 pobres espiritoPalestra ESE cap 7 pobres espirito
Palestra ESE cap 7 pobres espiritoTiburcio Santos
 
Palestra ese 03 muitas moradas 20160223 v3
Palestra ese 03   muitas moradas  20160223 v3Palestra ese 03   muitas moradas  20160223 v3
Palestra ese 03 muitas moradas 20160223 v3Tiburcio Santos
 
CB 16 Esboço do Livro O Evangelho Segundo o Espiritismo
CB 16 Esboço do Livro O Evangelho Segundo o EspiritismoCB 16 Esboço do Livro O Evangelho Segundo o Espiritismo
CB 16 Esboço do Livro O Evangelho Segundo o EspiritismoRoseli Lemes
 
Doutrina de amor e luz ii
Doutrina de amor e luz iiDoutrina de amor e luz ii
Doutrina de amor e luz iiDalila Melo
 
Palestra ESE13 que a mão esquerda...
Palestra ESE13 que a mão esquerda... Palestra ESE13 que a mão esquerda...
Palestra ESE13 que a mão esquerda... Tiburcio Santos
 
Um pouco sobre o espiritismo
Um pouco sobre o espiritismoUm pouco sobre o espiritismo
Um pouco sobre o espiritismoHelio Cruz
 
Estudo do livro Roteiro lição 22
Estudo do livro Roteiro lição 22Estudo do livro Roteiro lição 22
Estudo do livro Roteiro lição 22Candice Gunther
 
Evangeliza - O Evangelho de Jesus
Evangeliza - O Evangelho de JesusEvangeliza - O Evangelho de Jesus
Evangeliza - O Evangelho de JesusAntonino Silva
 
Palestra ESE25 buscai e achareis
Palestra ESE25   buscai e achareis Palestra ESE25   buscai e achareis
Palestra ESE25 buscai e achareis Tiburcio Santos
 
João nunes maia miramez - filosofia espirita i
João nunes maia   miramez - filosofia espirita iJoão nunes maia   miramez - filosofia espirita i
João nunes maia miramez - filosofia espirita ihavatar
 

Semelhante a Palestra ESE cap 8 bem aventurados puros (20)

Palestra ESE cap17 Sede perfeitos
Palestra ESE cap17 Sede perfeitosPalestra ESE cap17 Sede perfeitos
Palestra ESE cap17 Sede perfeitos
 
Palestra ESE cap 6 cristo consolador
Palestra ESE cap 6 cristo consoladorPalestra ESE cap 6 cristo consolador
Palestra ESE cap 6 cristo consolador
 
Palestra ESE cap 10 Bem-aventurados os misericordiosos
Palestra ESE cap 10 Bem-aventurados os misericordiososPalestra ESE cap 10 Bem-aventurados os misericordiosos
Palestra ESE cap 10 Bem-aventurados os misericordiosos
 
Espiritismo e a casa esp+ìrita ii agosto 2010
Espiritismo e a casa esp+ìrita ii  agosto 2010Espiritismo e a casa esp+ìrita ii  agosto 2010
Espiritismo e a casa esp+ìrita ii agosto 2010
 
Palestra ese 15 fora da caridade 20160824 v1
Palestra ese 15 fora da caridade 20160824 v1Palestra ese 15 fora da caridade 20160824 v1
Palestra ese 15 fora da caridade 20160824 v1
 
Apresentação da Doutrina Espírita e do Livro dos Espíritos.pptx
Apresentação da Doutrina Espírita e do Livro dos Espíritos.pptxApresentação da Doutrina Espírita e do Livro dos Espíritos.pptx
Apresentação da Doutrina Espírita e do Livro dos Espíritos.pptx
 
Conduta Espírita
Conduta EspíritaConduta Espírita
Conduta Espírita
 
Palestra ESE cap 7 pobres espirito
Palestra ESE cap 7 pobres espiritoPalestra ESE cap 7 pobres espirito
Palestra ESE cap 7 pobres espirito
 
Palestra ese 03 muitas moradas 20160223 v3
Palestra ese 03   muitas moradas  20160223 v3Palestra ese 03   muitas moradas  20160223 v3
Palestra ese 03 muitas moradas 20160223 v3
 
CB 16 Esboço do Livro O Evangelho Segundo o Espiritismo
CB 16 Esboço do Livro O Evangelho Segundo o EspiritismoCB 16 Esboço do Livro O Evangelho Segundo o Espiritismo
CB 16 Esboço do Livro O Evangelho Segundo o Espiritismo
 
Doutrina de amor e luz ii
Doutrina de amor e luz iiDoutrina de amor e luz ii
Doutrina de amor e luz ii
 
Palestra ESE13 que a mão esquerda...
Palestra ESE13 que a mão esquerda... Palestra ESE13 que a mão esquerda...
Palestra ESE13 que a mão esquerda...
 
Um pouco sobre o espiritismo
Um pouco sobre o espiritismoUm pouco sobre o espiritismo
Um pouco sobre o espiritismo
 
Estudo do livro Roteiro lição 22
Estudo do livro Roteiro lição 22Estudo do livro Roteiro lição 22
Estudo do livro Roteiro lição 22
 
Evangeliza - O Evangelho de Jesus
Evangeliza - O Evangelho de JesusEvangeliza - O Evangelho de Jesus
Evangeliza - O Evangelho de Jesus
 
O que é o espiritismo
O que é o espiritismoO que é o espiritismo
O que é o espiritismo
 
Edição n. 64 do CH Noticias - Outubro/2020
Edição n. 64 do CH Noticias - Outubro/2020Edição n. 64 do CH Noticias - Outubro/2020
Edição n. 64 do CH Noticias - Outubro/2020
 
Religiao espirita aspectos interessantes
Religiao espirita   aspectos interessantesReligiao espirita   aspectos interessantes
Religiao espirita aspectos interessantes
 
Palestra ESE25 buscai e achareis
Palestra ESE25   buscai e achareis Palestra ESE25   buscai e achareis
Palestra ESE25 buscai e achareis
 
João nunes maia miramez - filosofia espirita i
João nunes maia   miramez - filosofia espirita iJoão nunes maia   miramez - filosofia espirita i
João nunes maia miramez - filosofia espirita i
 

Mais de Tiburcio Santos

Palestra FV64 Semeadores
Palestra FV64 SemeadoresPalestra FV64 Semeadores
Palestra FV64 SemeadoresTiburcio Santos
 
Palestra pao nosso 64 melhor sofrer no bem
Palestra pao nosso 64   melhor sofrer no bem Palestra pao nosso 64   melhor sofrer no bem
Palestra pao nosso 64 melhor sofrer no bem Tiburcio Santos
 
Palestra boa nova o bom servo 20160820 v2
Palestra boa nova   o bom servo 20160820 v2Palestra boa nova   o bom servo 20160820 v2
Palestra boa nova o bom servo 20160820 v2Tiburcio Santos
 
Curso ESDE cap3 separação da alma e do corpo 20160801 v2
Curso ESDE cap3 separação da alma e do corpo 20160801 v2Curso ESDE cap3 separação da alma e do corpo 20160801 v2
Curso ESDE cap3 separação da alma e do corpo 20160801 v2Tiburcio Santos
 
Curso de passe centro de força 2011113 v1
Curso de passe   centro de força 2011113 v1Curso de passe   centro de força 2011113 v1
Curso de passe centro de força 2011113 v1Tiburcio Santos
 
Palestra ESE 21 Falsos cristos e profetas
Palestra ESE 21 Falsos cristos e profetasPalestra ESE 21 Falsos cristos e profetas
Palestra ESE 21 Falsos cristos e profetasTiburcio Santos
 

Mais de Tiburcio Santos (6)

Palestra FV64 Semeadores
Palestra FV64 SemeadoresPalestra FV64 Semeadores
Palestra FV64 Semeadores
 
Palestra pao nosso 64 melhor sofrer no bem
Palestra pao nosso 64   melhor sofrer no bem Palestra pao nosso 64   melhor sofrer no bem
Palestra pao nosso 64 melhor sofrer no bem
 
Palestra boa nova o bom servo 20160820 v2
Palestra boa nova   o bom servo 20160820 v2Palestra boa nova   o bom servo 20160820 v2
Palestra boa nova o bom servo 20160820 v2
 
Curso ESDE cap3 separação da alma e do corpo 20160801 v2
Curso ESDE cap3 separação da alma e do corpo 20160801 v2Curso ESDE cap3 separação da alma e do corpo 20160801 v2
Curso ESDE cap3 separação da alma e do corpo 20160801 v2
 
Curso de passe centro de força 2011113 v1
Curso de passe   centro de força 2011113 v1Curso de passe   centro de força 2011113 v1
Curso de passe centro de força 2011113 v1
 
Palestra ESE 21 Falsos cristos e profetas
Palestra ESE 21 Falsos cristos e profetasPalestra ESE 21 Falsos cristos e profetas
Palestra ESE 21 Falsos cristos e profetas
 

Último

AULA 08-06-2022.pptx - provas da existência de Deus
AULA 08-06-2022.pptx - provas da existência de DeusAULA 08-06-2022.pptx - provas da existência de Deus
AULA 08-06-2022.pptx - provas da existência de DeusFilipeDuartedeBem
 
Bem aventurados os puros de coração, pois verão a Deus: Verdadeira Pureza , ...
Bem aventurados os puros de coração, pois verão a Deus:  Verdadeira Pureza , ...Bem aventurados os puros de coração, pois verão a Deus:  Verdadeira Pureza , ...
Bem aventurados os puros de coração, pois verão a Deus: Verdadeira Pureza , ...silvana30986
 
ARMAGEDOM! O QUE REALMENTE?.............
ARMAGEDOM! O QUE REALMENTE?.............ARMAGEDOM! O QUE REALMENTE?.............
ARMAGEDOM! O QUE REALMENTE?.............Nelson Pereira
 
10 Orações Para Honrar São José Operário
10 Orações Para Honrar São José Operário10 Orações Para Honrar São José Operário
10 Orações Para Honrar São José OperárioNilson Almeida
 
Série: O Conflito - Palestra 08. Igreja Adventista do Sétimo Dia
Série: O Conflito - Palestra 08. Igreja Adventista do Sétimo DiaSérie: O Conflito - Palestra 08. Igreja Adventista do Sétimo Dia
Série: O Conflito - Palestra 08. Igreja Adventista do Sétimo DiaDenisRocha28
 
O SELO DO ALTÍSSIMO E A MARCA DA BESTA .
O SELO DO ALTÍSSIMO E A MARCA DA BESTA .O SELO DO ALTÍSSIMO E A MARCA DA BESTA .
O SELO DO ALTÍSSIMO E A MARCA DA BESTA .natzarimdonorte
 
Gestos e Posturas na Santa Missa_20240414_055304_0000.pptx
Gestos e Posturas na Santa Missa_20240414_055304_0000.pptxGestos e Posturas na Santa Missa_20240414_055304_0000.pptx
Gestos e Posturas na Santa Missa_20240414_055304_0000.pptxSebastioFerreira34
 
Lição 3 - O céu - o Destino do Cristão.pptx
Lição 3 - O céu - o Destino do Cristão.pptxLição 3 - O céu - o Destino do Cristão.pptx
Lição 3 - O céu - o Destino do Cristão.pptxCelso Napoleon
 
Oração dos Fiéis Festa da Palavra Catequese
Oração dos  Fiéis Festa da Palavra CatequeseOração dos  Fiéis Festa da Palavra Catequese
Oração dos Fiéis Festa da Palavra Catequeseanamdp2004
 
A CHEGADA DO EVANGELHO À EUROPA - ATOS 16 e 17.pptx
A CHEGADA DO EVANGELHO À EUROPA - ATOS 16 e 17.pptxA CHEGADA DO EVANGELHO À EUROPA - ATOS 16 e 17.pptx
A CHEGADA DO EVANGELHO À EUROPA - ATOS 16 e 17.pptxPIB Penha
 
GÊNESIS A-2.pptx ESTUDO INTEGRADO DE CAPITULO 1 E
GÊNESIS A-2.pptx ESTUDO INTEGRADO DE CAPITULO 1 EGÊNESIS A-2.pptx ESTUDO INTEGRADO DE CAPITULO 1 E
GÊNESIS A-2.pptx ESTUDO INTEGRADO DE CAPITULO 1 EMicheleRosa39
 
A Besta que emergiu do Abismo (O OITAVO REI).
A Besta que emergiu do Abismo (O OITAVO REI).A Besta que emergiu do Abismo (O OITAVO REI).
A Besta que emergiu do Abismo (O OITAVO REI).natzarimdonorte
 
Material sobre o jubileu e o seu significado
Material sobre o jubileu e o seu significadoMaterial sobre o jubileu e o seu significado
Material sobre o jubileu e o seu significadofreivalentimpesente
 
AS FESTAS DO CRIADOR FORAM ABOLIDAS NA CRUZ?.pdf
AS FESTAS DO CRIADOR FORAM ABOLIDAS NA CRUZ?.pdfAS FESTAS DO CRIADOR FORAM ABOLIDAS NA CRUZ?.pdf
AS FESTAS DO CRIADOR FORAM ABOLIDAS NA CRUZ?.pdfnatzarimdonorte
 

Último (15)

AULA 08-06-2022.pptx - provas da existência de Deus
AULA 08-06-2022.pptx - provas da existência de DeusAULA 08-06-2022.pptx - provas da existência de Deus
AULA 08-06-2022.pptx - provas da existência de Deus
 
Bem aventurados os puros de coração, pois verão a Deus: Verdadeira Pureza , ...
Bem aventurados os puros de coração, pois verão a Deus:  Verdadeira Pureza , ...Bem aventurados os puros de coração, pois verão a Deus:  Verdadeira Pureza , ...
Bem aventurados os puros de coração, pois verão a Deus: Verdadeira Pureza , ...
 
Fluido Cósmico Universal e Perispírito.ppt
Fluido Cósmico Universal e Perispírito.pptFluido Cósmico Universal e Perispírito.ppt
Fluido Cósmico Universal e Perispírito.ppt
 
ARMAGEDOM! O QUE REALMENTE?.............
ARMAGEDOM! O QUE REALMENTE?.............ARMAGEDOM! O QUE REALMENTE?.............
ARMAGEDOM! O QUE REALMENTE?.............
 
10 Orações Para Honrar São José Operário
10 Orações Para Honrar São José Operário10 Orações Para Honrar São José Operário
10 Orações Para Honrar São José Operário
 
Série: O Conflito - Palestra 08. Igreja Adventista do Sétimo Dia
Série: O Conflito - Palestra 08. Igreja Adventista do Sétimo DiaSérie: O Conflito - Palestra 08. Igreja Adventista do Sétimo Dia
Série: O Conflito - Palestra 08. Igreja Adventista do Sétimo Dia
 
O SELO DO ALTÍSSIMO E A MARCA DA BESTA .
O SELO DO ALTÍSSIMO E A MARCA DA BESTA .O SELO DO ALTÍSSIMO E A MARCA DA BESTA .
O SELO DO ALTÍSSIMO E A MARCA DA BESTA .
 
Gestos e Posturas na Santa Missa_20240414_055304_0000.pptx
Gestos e Posturas na Santa Missa_20240414_055304_0000.pptxGestos e Posturas na Santa Missa_20240414_055304_0000.pptx
Gestos e Posturas na Santa Missa_20240414_055304_0000.pptx
 
Lição 3 - O céu - o Destino do Cristão.pptx
Lição 3 - O céu - o Destino do Cristão.pptxLição 3 - O céu - o Destino do Cristão.pptx
Lição 3 - O céu - o Destino do Cristão.pptx
 
Oração dos Fiéis Festa da Palavra Catequese
Oração dos  Fiéis Festa da Palavra CatequeseOração dos  Fiéis Festa da Palavra Catequese
Oração dos Fiéis Festa da Palavra Catequese
 
A CHEGADA DO EVANGELHO À EUROPA - ATOS 16 e 17.pptx
A CHEGADA DO EVANGELHO À EUROPA - ATOS 16 e 17.pptxA CHEGADA DO EVANGELHO À EUROPA - ATOS 16 e 17.pptx
A CHEGADA DO EVANGELHO À EUROPA - ATOS 16 e 17.pptx
 
GÊNESIS A-2.pptx ESTUDO INTEGRADO DE CAPITULO 1 E
GÊNESIS A-2.pptx ESTUDO INTEGRADO DE CAPITULO 1 EGÊNESIS A-2.pptx ESTUDO INTEGRADO DE CAPITULO 1 E
GÊNESIS A-2.pptx ESTUDO INTEGRADO DE CAPITULO 1 E
 
A Besta que emergiu do Abismo (O OITAVO REI).
A Besta que emergiu do Abismo (O OITAVO REI).A Besta que emergiu do Abismo (O OITAVO REI).
A Besta que emergiu do Abismo (O OITAVO REI).
 
Material sobre o jubileu e o seu significado
Material sobre o jubileu e o seu significadoMaterial sobre o jubileu e o seu significado
Material sobre o jubileu e o seu significado
 
AS FESTAS DO CRIADOR FORAM ABOLIDAS NA CRUZ?.pdf
AS FESTAS DO CRIADOR FORAM ABOLIDAS NA CRUZ?.pdfAS FESTAS DO CRIADOR FORAM ABOLIDAS NA CRUZ?.pdf
AS FESTAS DO CRIADOR FORAM ABOLIDAS NA CRUZ?.pdf
 

Palestra ESE cap 8 bem aventurados puros

  • 1. Pureza de pensamento Boa noite, sejam todos muito benvindos a nossa casa espírita, para continuarmos o nosso estudo dos ensinamentos de Jesus Cristo! O tema da palestra “Pureza de pensamento”, foi baseado no Capítulo 8: Bem-aventurados os puros de coração, do livro ESE de Allan Kardec. São Paulo, 17 de Maio de 2016 – SEAC/CEEAK Palestrante: Tiburcio Santos
  • 2. Nossa Casa Espírita S.E.A.C. = Sopa, Esperança, Amor e Caridade  Assistência SOCIAL: sopa, cestas Natal, Dia das crianças, etc...  Assistência ESPIRITUAL: passes e palestras Alimento para o corpo e para a alma!
  • 3. Nossa Casa Espírita C.E.E.A.K. = Centro de Estudos Espíritas Allan Kardec ESTUDOS: diversos cursos de evangelização espírita. Sem fins lucrativos... trabalho 100% voluntário!
  • 4. A decisão de vir ao SEAC  É com muita alegria que convido voces para estudarmos o ESE, junto com os amigos espirituais aqui presentes; pois desde a nossa decisão de vir ao SEAC hoje, JÁ ESTAMOS SENDO ACOMPANHADOS dos nossos anjos protetores e diversos espíritos (simpatizantes ou não), que atraímos segundo nossos pensamentos e ações.
  • 5. A palestra e a assistência espiritual  A partir da entrada no salão, já estamos sendo assistidos; esta palestra é parte integrante do passe, e foi desenvolvida a partir do Evangelho de Jesus, sob a interpretação espírita.  Convido a todos para RETORNAR AO SALÃO, após o passe.
  • 6. Sintonia com o plano espiritual  Vamos RESPIRAR profundamente, desligando dos sentidos materiais, para uma ligação mais rápida e verdadeira com o plano espiritual, fechando levemente nossos olhos, e elevando nosso pensamento à Jesus.
  • 7. Prece de abertura  Pedimos ao nosso irmão maior e modelo que, juntamente com os mensageiros, espíritos simpatizantes e protetores, nos leve até a PRESENÇA DE DEUS; e juntos oremos:  “Amado Deus, pedimos que nos ajude a compreender as mensagens de hoje e receber os benefícios desta assistência criando as melhores condições no meu corpo, mente e espírito.  Que assim seja, graças a Deus!!
  • 8. As três partes do ser: Espírito – Perispírito – Corpo Físico
  • 9. Plexo e chacra  Plexo nervoso é uma expressão que se origina do latim plexu, significando "enlaçamento“; designando em anatomia a rede de nervos do sistema nervoso periférico e autônomo.  A cada plexo ou feixe de pequenos nervos corresponde um centro de força (ou chacra), responsáveis por um sistema ou região de nosso organismo.
  • 10. Centros de força  Os centros de força são verdadeiros vórtices, por onde os dinâmicos campos magnéticos da personalidade espiritual se ligam ao físico.  São como FUNIS que giram num determinado sentido, formando mini-furacões, mini-redemoinhos, com a boca desses funis direcionados ao espaço etérico.
  • 11. O passe espírita  É muito importante ter sempre em mente:  que os centros vitais captam energias, transferindo-as ao corpo físico.  E também que todos eles encontram-se em constante permuta energética entre si, fazendo com que qualquer desequilíbrio em um deles reflita-se automaticamente em todo o conjunto e, por consequência, em todo o corpo físico.
  • 12. Reforma moral  São os passes e a prece veículos intercessórios, MEDICAMENTOS reparativos complementares, que embora dos mais úteis e, diríamos indispensáveis, não é a base real do reequilíbrio e da re-harmonização dos centros de força, a qual se estriba na reforma moral.
  • 13. Doenças do Corpo e do Espírito  O Espiritismo da à chave das relações que existem entre a alma e o corpo, e prova que há REAÇÃO INCESSANTE de um sobre o outro.  Ele abre, assim, novo caminho à ciência e, em lhe mostrando a verdadeira causa de certas doenças, lhe dá os meios de combatê-las.
  • 14. O estudo do ESE  O ESE é uma seleção de PASSAGENS DA BÍBLIA, organizadas de acordo com temas retirados dos 4 evangelhos, e contendo explicações das máximas morais do Cristo, sua concordância com o Espiritismo e sua aplicação às diversas situações da vida.  Hoje abordaremos os tópicos:  Deixai vir a mim os pequeninos Pecado por pensamento e adultério  Verdadeira pureza e mãos não lavadas  Escândalos: cortar a mão
  • 15. Revisão: já nos aproximamos do meio do ano  Antes de iniciarmos o tema de hoje, vamos fazer uma pequena revisão dos capítulos anteriores e verificar o quanto já conhecemos dos ensinamentos do Evangelho e das máximas de Jesus.  Cada capítulo do ESE aborda um tema:  Cap.1: Não vim destruir a lei: Moises, Jesus, Kardec  Cap. 2: Meu reino não é deste mundo: Vida futura (após a morte)  Cap. 3: Há muitas moradas na casa do meu Pai: erraticidade e mundos  Cap. 4: Ninguém pode ver o reino de Deus, se não nascer de novo! Reencarnação e laços de família
  • 16. O Sermão da Montanha  O SERMÃO DA MONTANHA é um dos mais difíceis de compreensão, fala sobre as bem-aventuranças, que Jesus pregou para ensinar e revelar aos homens a verdadeira felicidade.  Cap. 5: Bem-aventurados os aflitos: justiça e causas das aflições  Cap. 6: O Cristo consolador: jugo leve e consolador prometido  Cap. 7: Bem-Av os pobres em espírito: humildade e resignação  Cap. 8: Bem-Av os puros de coração: crianças e pensamentos  Cap. 9: Bem-Av os mansos e pacíficos: injúrias e violências  Cap. 10: Bem-Av os misericordiosos: perdão e reconciliação
  • 17. A Lei do Amor: o sentimento por excelência  O capítulo 11 irá abordar um belíssimo tema:  Cap. 11: Amar o próximo como a si mesmo: O MAIOR MANDAMENTO  Nas instruções dos espíritos, encontramos esta mensagem de Lázaro (Paris, 1862) intitulada “A Lei de Amor.”  O amor resume toda a doutrina de Jesus, porque é o sentimento por excelência, e os sentimentos são os instintos elevados à altura do progresso realizado.
  • 18. O tríplice aspecto  O Espiritismo possui o TRÍPLICE ASPECTO:  o religioso: somos todos cristãos, ou seguidores de Jesus,  o filosófico: recomendações e regras de conduta, e  o científico: que é a fé raciocinada.
  • 19. O Pentateuco Espírita  AK elaborou muitos livros, reunindo revelações do mundo todo, principalmente os cinco livros básicos que compõem a DOUTRINA ESPÍRITA, chamados de Pentateuco Espírita:  Livro dos Espíritos (1857)  Livro dos Médiuns (1861)  O Evangelho segundo o Espiritismo (ESE) (1864)  O Céu e o Inferno (1865)  A Gênese (1868)  O que é o Espiritismo? Obras póstumas
  • 20. Educação Espírita  A Educação Espírita é inerente à doutrina: quem estuda as obras básicas da Codificação e complementares estará recebendo esta educação.  Por isso meus amigos, recomendamos: LEIAM, leiam e releiam as obras básicas espíritas e grandes escritores com FCX, DPF, etc. Divaldo
  • 21. Educação integral  Neste contexto, realça-se o papel da Educação Espírita, nas construções da vida futura e do porvir; que tem por objetivo a educação integral e continua abrangendo todo o complexo da personalidade do educando, através de todos os graus do ensino.  A Doutrina Espírita é uma doutrina de educação por excelência, ligada à linha de J.J. Rousseau através de J.H. PESTALOZZI, de quem AK foi discípulo.
  • 22. Evolução espiritual  Precisamos acelerar nosso avanço rumo a Divindade (Deus) e planos mais evoluídos, através do conhecimento das verdades que hoje já estão ao alcance da nossa compreensão.  Basta querermos e nos esforçarmos, dedicando uns poucos minutos do nosso dia para o estudo e mantendo um CONTATO REGULAR para conscientizarmos do nosso lado divino.
  • 23. O Espiritismo  O Espiritismo veio no momento exato e Allan Kardec fez seu papel com muita seriedade, divulgando uma doutrina cujas verdades são reveladas de acordo com a evolução da humanidade:  a prova da existência de DEUS,  o espírito imortal e o mundo espiritual,  a comunicabilidade com os espíritos desencarnados,  a pluralidade dos mundos habitados,  a encarnação e reencarnação,  as LEIS DIVINAS, dentre outras: lei de causa e efeito, do trabalho, progresso...
  • 24.
  • 25.
  • 26. As Bem-aventuranças  Bem aventurado é um adjetivo que significa muito feliz.  As bem-aventuranças apresentam um novo conjunto de ideias, com FOCO NO AMOR E HUMILDADE, ecoando ensinamentos de espiritualidade e compaixão.  Cada bem-aventurança consiste de duas partes: uma condição e um resultado:  Felizes os pobres em espírito, porque deles é o Reino dos Céus  Felizes os mansos porque herdarão a terra  Felizes os aflitos porque serão consolados  Felizes os que têm fome e sede de justiça, porque serão saciados  Felizes os misericordiosos, porque alcançarão misericórdia  Felizes os puros de coração, porque verão a Deus  Felizes os que promovem a paz, porque serão chamados Filhos de Deus  Felizes os que são perseguidos por causa da justiça, porque deles é o Reino dos Céus
  • 27. Bem-aventurados os Puros de coração: adultério  Vamos continuar nosso estudo do ESE com o cap 8: “Bem-aventurados os Puros de coração”, com a leitura do parágrafo que transcreve o Evangelho de Mateus v:27-28:  5. Ouvistes que foi dito aos antigos: Não adulterarás.  Eu, porém, vos digo que todo o que olhar para uma mulher, cobiçando-a, já no seu coração adulterou com ela.  Nesse sentido, comete adultério aquele que maquia o seu automóvel para ter lucro, aquele que mente para obter vantagens, aquele que nega a própria consciência frente a verdade dos fatos.
  • 28. Maus pensamentos  A medida que a alma avança na via espiritual valendo-se do seu livre arbítrio para escolher o bem, PURIFICA-SE não só eliminando os maus atos mas também os maus pensamentos.  A verdadeira pureza não está apenas nos atos, mas também no pensamento, pois aquele que tem o coração puro nem sequer pensa no mal.  Foi isso que Jesus quis dizer, condenando o pecado, mesmo em pensamento, porque ele é um sinal de impureza.  Nós não podemos fazer nada sem que antes tenhamos pensado para executá-lo. Porque tudo se inicia no pensamento.
  • 29. Avanço na vida espiritual  À medida que a alma, comprometida no mau caminho, avança na vida espiritual, vai-se esclarecendo, e pouco a pouco se liberta de suas imperfeições, segundo a maior ou menor boa-vontade que emprega, em virtude do seu livre arbítrio.  E, de acordo com o desejo que tiver de se purificar, até mesmo esse mau pensamento se torna para ela um motivo de progresso, porque o repele com energia. É o sinal de uma mancha que ela se esforça por apagar.
  • 30. Melhorando o pensamento  É necessário arrancar do coração todo sentimento impuro, toda tendência viciosa. Não ceder à tentação de satisfazer um mau desejo, e após haver resistido, sentir-se-á mais forte e contente com a sua vitória.  Assim sendo, melhorando o pensamento, melhora-se também a ação.  Em resumo, na pessoa que não concebe mesmo o pensamento do mal, o progresso está realizado;  naquela a quem vem esse pensamento mas o repele, o progresso está em vias de se cumprir;  naquela, enfim, que tem esse pensamento e nele se compraz, o mal está ainda com toda a sua força;  Aquela que, pelo contrário, não tomou boas resoluções, ainda busca a ocasião de praticar o mau ato, e se não o fizer, não será por não querer, mas apenas por falta de circunstâncias favoráveis.  numa, o trabalho está feito, na outra está por fazer.  Deus, que é justo, considera todas essas diferenças na responsabilidade dos atos e dos pensamentos do homem".
  • 31. A aura, as cores e os pensamentos  A aura humana é também conhecida como halo energético, presente em todos os seres vivos e que, no homem, contudo, semelhante projeção surge profundamente enriquecida e modificada pelos fatores do pensamento.  Nas reentrâncias e ligações sutis dessa túnica eletromagnética de que o homem se entraja, circula o pensamento, COLORINDO-A com as vibrações e imagens de que se constitui.
  • 32. Bons passes e muito obrigado! Vamos todos em Paz com a benção de Deus!