SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 10
E. E. Antonio Pinto Pereira
Prof.ª Ana Maria Ramires

1º Ano E. Médio

História da Língua Portuguesa
Introdução
Vivemos numa época de mudanças muito rápidas, mergulhadas
   num mundo de palavras e imagens, que nos chegam por rádio,
   televisão, jornais, livros, revistas, internet, teatro, cinema. É
   preciso ser capaz de opinar a respeito desse mundo, de
   expressar sentimentos, de entender o outro, é uma das
   condições fundamentais para tornar-se, de fato, um cidadão.
Foi pensando nisso que selecionamos o material que poderá
   auxiliá-lo durante suas aulas no primeiro bimestre de 2008.
Apresentamos aqui, um breve resumo da história da Língua
   Portuguesa, poemas, textos narrativos e publicitários,
   exemplos de gêneros textuais, música e um projeto para cada
   ano do Ensino Médio.
Esperamos que estas sugestões contribuam para o
   enriquecimento de suas aulas e que seus alunos estejam aptos
   a enfrentar as rápidas mudanças do mundo atual,
   questionando e participando conscientemente das decisões
   importantes durante a vida.
HISTÓRIA DA LÍNGUA
PORTUGUESA
Apresentamos aqui, um texto
 informativo sobre a história da Língua
 Portuguesa. Através deste texto é
 possível trabalhar alguns aspectos da
 história da Língua Portuguesa,
 estimulando no aluno o desejo de
 buscar maiores informações sobre o
 assunto.
PORTUGUÊS NO BRASIL

Ao Brasil, a Língua Portuguesa foi trazida no
 século XVI através do descobrimento. Os
 indígenas apresentaram grande resistência à
 imposição da língua dos colonizadores. Além
 das diversas línguas indígenas, misturaram-
 se também ao português o espanhol e o
 francês (invasões), as línguas africanas
 (tráfico negreiro) e posteriormente, com a
 imigração, outras línguas européias (italiano,
 alemão e espanhol). A língua também sofreu
 influência dos veículos de comunicação, com
 isso absorvemos palavras japonesas,
 francesas e principalmente inglesas.
PRINCIPAIS INFLUÊNCIAS NA LÍNGUA PORTUGUESA
  FALADA NO BRASIL
INFLUÊNCIA                                                         EXEMPLOS




                                                                   Nomes de pessoas: Ubirajara, Iracema..
Tupi                                                               Nomes de lugares: Ipanema, Copacabana...
                                                                   Nomes de animais e plantas: tatu, arara, caju, maracujá...




Dialetos africanos                                                 Acarajé, dendê, fubá, quilombo, moleque, caçula...


Alemão                                                             Níquel, gás...

Espanhol                                                           Bolero, castanhola...

Japonês                                                            Karaokê, camicase...

Francês                                                            Paletó, boné, matinê, abat-jour (abajur), bâton (batom), cabaret
                                                                   (cabaré)...


Italiano - geralmente termos relacionados às artes e à culinária   Macarrão, piano, soneto, bandido, ária, camarim, partitura,
                                                                   lasanha...


Inglês                                                             Show, software, hamburger...
VARIAÇÃO LINGÜÍSTICA
O estudo da variação lingüística é também
 essencial para a conscientização linguística
 do aluno, permitindo que ele construa uma
 postura não preconceituosa em relação a
 usos linguísticos distintos dos seus.
Professor é muito importante mostrarmos aos
 alunos às razões dos diferentes usos,
 quando é utilizada a linguagem formal, a
 informal, a técnica ou as linguagens
 relacionadas aos falantes, como por
 exemplo, a linguagem dos adolescentes, das
 pessoas mais velhas.
Aqui temos um exemplo de texto, no qual é
 possível trabalhar variação lingüística:
Pressa
Só tenho tempo pras manchetes
No metrô
E o que acontece na novela
Alguém me conta no corredor
Escolho os filmes que eu não
Vejo
No elevador
Pelas estrelas que eu encontro
Na crítica do leitor
Eu tenho pressa e tanta coisa me interessa
Mas nada tanto assim
Eu me concentro em apostilas
Coisa tão normal
Leio os roteiros de viagem
Enquanto rola o comercial
Conheço quase o mundo inteiro
Por cartão-postal
Eu sei de quase tudo um pouco
E quase tudo mal
Eu tenho pressa e quase tudo me interessa
Mas nada tanto assim


Bruno & Leoni Furtado
Identifica-se termo da
linguagem informal em:
“Leio os roteiros de viagem enquanto
  rola o comercial”.
“Conheço quase o mundo inteiro por
  cartão postal”.
“Eu sei de quase tudo um pouco e
  quase tudo mal.”
“Eu tenho pressa e tanta coisa me
  interessa, mas nada tanto assim”.
LINGUAGEM CULTA E
COLOQUIAL
Língua (Usos culto, coloquial e popular - gíria)
A Língua é um código de que se serve o homem para elaborar
   mensagens, para se comunicar.
   Existem basicamente duas modalidades de língua, ou seja,
   duas línguas funcionais:
1) Língua funcional de modalidade culta, Língua Culta ou
   Língua-padrão, que compreende a língua literária, tem por
   base a norma culta, forma lingüística utilizada pelo segmento
   mais culto e influente de uma sociedade. Constitui, em suma,
   a língua utilizada pelos veículos de comunicação de massa
   (emissoras de rádio e televisão, jornais, revistas, painéis,
   anúncios, etc.), cuja função é a de serem aliados da escola,
   prestando serviço à sociedade, colaborando na educação, e
   não justamente o contrário;
2) Língua funcional de modalidade popular; Língua popular
   ou Língua cotidiana, que apresenta gradações as mais
   diversas, tem o seu limite na gíria e no calão.
Norma culta
A Norma Culta, forma lingüística que todo povo civilizado
  possui, é a que assegura a unidade da língua nacional.
  E justamente em nome dessa unidade, tão importante
  do ponto de vista político-cultural, que é ensinada nas
  escolas e difundida nas gramáticas.
  Sendo mais espontânea e criativa, a língua popular se
  afigura mais expressiva e dinâmica. Temos, assim, a
  guisa de exemplificação:
Estou preocupado. (norma culta)
  Tô preocupado. (língua popular)
  Tô grilado. (gíria, limite da língua popular)
Não basta conhecer apenas uma modalidade de língua;
  urge conhecer a língua popular, captando-lhe a
  espontaneidade, expressividade e enorme criatividade,
  para viver; urge conhecer a língua culta para conviver.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Origem da língua portuguesa o latim vulgar
Origem da língua portuguesa o latim vulgarOrigem da língua portuguesa o latim vulgar
Origem da língua portuguesa o latim vulgarAdilson P Motta Motta
 
História da língua portuguesa
História da língua portuguesaHistória da língua portuguesa
História da língua portuguesasandy paiva
 
A história da língua
A história da línguaA história da língua
A história da línguaVanda Marques
 
1ap Lingua Portuguesa
1ap Lingua Portuguesa1ap Lingua Portuguesa
1ap Lingua PortuguesaCleber Reis
 
História da língua portuguesa
História da língua portuguesaHistória da língua portuguesa
História da língua portuguesananasimao
 
Língua-latina-parte-histórica-
Língua-latina-parte-histórica-Língua-latina-parte-histórica-
Língua-latina-parte-histórica-Fernanda Oliveira
 
Língua Portuguesa - Introdução
Língua Portuguesa - IntroduçãoLíngua Portuguesa - Introdução
Língua Portuguesa - Introduçãoannave
 
História da língua portuguesa
História da língua portuguesaHistória da língua portuguesa
História da língua portuguesama.no.el.ne.ves
 
Línguas Românicas e o léxico português
Línguas Românicas e o léxico portuguêsLínguas Românicas e o léxico português
Línguas Românicas e o léxico portuguêsJosé Ferreira
 
VARIEDADES DA LÍNGUA PORTUGUESA NO BRASIL
VARIEDADES DA LÍNGUA PORTUGUESA NO BRASILVARIEDADES DA LÍNGUA PORTUGUESA NO BRASIL
VARIEDADES DA LÍNGUA PORTUGUESA NO BRASILuniversigatas
 
Aula De Historia Da Lingua Portuguesa
Aula De Historia Da Lingua PortuguesaAula De Historia Da Lingua Portuguesa
Aula De Historia Da Lingua Portuguesaguestcaa66c
 
Slides língua portuguesa apresentação
Slides língua portuguesa apresentaçãoSlides língua portuguesa apresentação
Slides língua portuguesa apresentaçãoblogdoalunocefa
 

Mais procurados (20)

Sócio-história da Língua Portuguesa
Sócio-história da Língua PortuguesaSócio-história da Língua Portuguesa
Sócio-história da Língua Portuguesa
 
Origem da língua portuguesa o latim vulgar
Origem da língua portuguesa o latim vulgarOrigem da língua portuguesa o latim vulgar
Origem da língua portuguesa o latim vulgar
 
História da língua portuguesa
História da língua portuguesaHistória da língua portuguesa
História da língua portuguesa
 
História da língua
História da línguaHistória da língua
História da língua
 
Aula sobre a história da língua portuguesa
Aula sobre a história da língua portuguesaAula sobre a história da língua portuguesa
Aula sobre a história da língua portuguesa
 
A história da língua
A história da línguaA história da língua
A história da língua
 
História da língua portug.
História da língua portug.História da língua portug.
História da língua portug.
 
1ap Lingua Portuguesa
1ap Lingua Portuguesa1ap Lingua Portuguesa
1ap Lingua Portuguesa
 
História da língua portuguesa
História da língua portuguesaHistória da língua portuguesa
História da língua portuguesa
 
Região sul
Região sulRegião sul
Região sul
 
Norma culta dani
Norma culta daniNorma culta dani
Norma culta dani
 
Língua-latina-parte-histórica-
Língua-latina-parte-histórica-Língua-latina-parte-histórica-
Língua-latina-parte-histórica-
 
Língua Portuguesa - Introdução
Língua Portuguesa - IntroduçãoLíngua Portuguesa - Introdução
Língua Portuguesa - Introdução
 
9ano_HLP
9ano_HLP9ano_HLP
9ano_HLP
 
História da língua portuguesa
História da língua portuguesaHistória da língua portuguesa
História da língua portuguesa
 
Línguas Românicas e o léxico português
Línguas Românicas e o léxico portuguêsLínguas Românicas e o léxico português
Línguas Românicas e o léxico português
 
VARIEDADES DA LÍNGUA PORTUGUESA NO BRASIL
VARIEDADES DA LÍNGUA PORTUGUESA NO BRASILVARIEDADES DA LÍNGUA PORTUGUESA NO BRASIL
VARIEDADES DA LÍNGUA PORTUGUESA NO BRASIL
 
Aula De Historia Da Lingua Portuguesa
Aula De Historia Da Lingua PortuguesaAula De Historia Da Lingua Portuguesa
Aula De Historia Da Lingua Portuguesa
 
Diversidade linguística&cultural
Diversidade linguística&culturalDiversidade linguística&cultural
Diversidade linguística&cultural
 
Slides língua portuguesa apresentação
Slides língua portuguesa apresentaçãoSlides língua portuguesa apresentação
Slides língua portuguesa apresentação
 

Destaque

A.Mi.Madre.Le.Decian.Loca..
A.Mi.Madre.Le.Decian.Loca..A.Mi.Madre.Le.Decian.Loca..
A.Mi.Madre.Le.Decian.Loca..Julio Avila
 
Sem animacoes
Sem animacoesSem animacoes
Sem animacoesberg15
 
História da língua portuguesa
História da língua portuguesaHistória da língua portuguesa
História da língua portuguesaArthur Vinicius
 
Variações da linguagem
Variações da linguagemVariações da linguagem
Variações da linguagemrosangelajoao
 
Internetês: perigoso vilão ou apenas variação?
Internetês: perigoso vilão ou apenas variação?Internetês: perigoso vilão ou apenas variação?
Internetês: perigoso vilão ou apenas variação?Delmar Cabral
 
A História da Língua Portuguesa
A História da Língua PortuguesaA História da Língua Portuguesa
A História da Língua PortuguesaLarissa Oliveira
 
Resumo da história da língua
Resumo da história da línguaResumo da história da língua
Resumo da história da línguaElisabeteMarques
 
Webquest origem da lingua portuguesa
Webquest origem da lingua portuguesaWebquest origem da lingua portuguesa
Webquest origem da lingua portuguesaSuzi Lopes
 
Apostila de Projetos em Empreendedorismo
Apostila de Projetos em EmpreendedorismoApostila de Projetos em Empreendedorismo
Apostila de Projetos em EmpreendedorismoÉrlei Araújo
 
Níveis de Língua
Níveis de LínguaNíveis de Língua
Níveis de LínguaA. Simoes
 
fundamentos e metodologia da lingua portuguesa (pronto)
 fundamentos e metodologia da lingua portuguesa (pronto) fundamentos e metodologia da lingua portuguesa (pronto)
fundamentos e metodologia da lingua portuguesa (pronto)Taty Cruz
 

Destaque (17)

A.Mi.Madre.Le.Decian.Loca..
A.Mi.Madre.Le.Decian.Loca..A.Mi.Madre.Le.Decian.Loca..
A.Mi.Madre.Le.Decian.Loca..
 
Sem animacoes
Sem animacoesSem animacoes
Sem animacoes
 
História da língua portuguesa
História da língua portuguesaHistória da língua portuguesa
História da língua portuguesa
 
Variações da linguagem
Variações da linguagemVariações da linguagem
Variações da linguagem
 
Níveis de linguagem
Níveis de linguagemNíveis de linguagem
Níveis de linguagem
 
Internetês: perigoso vilão ou apenas variação?
Internetês: perigoso vilão ou apenas variação?Internetês: perigoso vilão ou apenas variação?
Internetês: perigoso vilão ou apenas variação?
 
A História da Língua Portuguesa
A História da Língua PortuguesaA História da Língua Portuguesa
A História da Língua Portuguesa
 
Uhul
UhulUhul
Uhul
 
Resumo da história da língua
Resumo da história da línguaResumo da história da língua
Resumo da história da língua
 
Webquest origem da lingua portuguesa
Webquest origem da lingua portuguesaWebquest origem da lingua portuguesa
Webquest origem da lingua portuguesa
 
Hist Evol LP
Hist Evol LPHist Evol LP
Hist Evol LP
 
Variação linguística 2
Variação linguística 2Variação linguística 2
Variação linguística 2
 
Apostila de Projetos em Empreendedorismo
Apostila de Projetos em EmpreendedorismoApostila de Projetos em Empreendedorismo
Apostila de Projetos em Empreendedorismo
 
português instrumental
  português instrumental  português instrumental
português instrumental
 
LINGUAGEM CULTA X COLOQUIAL
LINGUAGEM CULTA X COLOQUIALLINGUAGEM CULTA X COLOQUIAL
LINGUAGEM CULTA X COLOQUIAL
 
Níveis de Língua
Níveis de LínguaNíveis de Língua
Níveis de Língua
 
fundamentos e metodologia da lingua portuguesa (pronto)
 fundamentos e metodologia da lingua portuguesa (pronto) fundamentos e metodologia da lingua portuguesa (pronto)
fundamentos e metodologia da lingua portuguesa (pronto)
 

Semelhante a História da Língua Portuguesa no Brasil

Variedadeslingusticas 120330142710-phpapp02
Variedadeslingusticas 120330142710-phpapp02Variedadeslingusticas 120330142710-phpapp02
Variedadeslingusticas 120330142710-phpapp02Fernanda Oliveira
 
Variedades Linguísticas
Variedades LinguísticasVariedades Linguísticas
Variedades Linguísticas7 de Setembro
 
Variações Linguísticas
Variações LinguísticasVariações Linguísticas
Variações Linguísticas7 de Setembro
 
Diferenças Linguísticas
Diferenças Linguísticas Diferenças Linguísticas
Diferenças Linguísticas Ramon Ferreira
 
_Aula 02 - Língua Portuguesa.pptx
_Aula 02 - Língua Portuguesa.pptx_Aula 02 - Língua Portuguesa.pptx
_Aula 02 - Língua Portuguesa.pptxROSAMONTEIROMARQUES
 
Apostila de língua portuguesa profa. ilka mota
Apostila de língua portuguesa profa. ilka motaApostila de língua portuguesa profa. ilka mota
Apostila de língua portuguesa profa. ilka motaJowandreo Paixão
 
1 variedades linguisticas[1]
1  variedades linguisticas[1]1  variedades linguisticas[1]
1 variedades linguisticas[1]Sadrak Silva
 
Variedades linguisticas Pt. 1
Variedades linguisticas Pt. 1Variedades linguisticas Pt. 1
Variedades linguisticas Pt. 1Sadrak Silva
 
Aprsentação.pptx
Aprsentação.pptxAprsentação.pptx
Aprsentação.pptxFabis13
 
Material de Apoio - Português 1
Material de Apoio - Português 1Material de Apoio - Português 1
Material de Apoio - Português 1Fernando Alves
 
variacoes linguisticas - eventos e guia de turismo.doc
variacoes linguisticas - eventos e guia de turismo.docvariacoes linguisticas - eventos e guia de turismo.doc
variacoes linguisticas - eventos e guia de turismo.docEdilmaBrando1
 
variacoes linguisticas - eventos e guia de turismo.doc
variacoes linguisticas - eventos e guia de turismo.docvariacoes linguisticas - eventos e guia de turismo.doc
variacoes linguisticas - eventos e guia de turismo.docEdilmaBrando1
 
Minha ficha inform.
Minha ficha inform.Minha ficha inform.
Minha ficha inform.Paula Prata
 
Slide sobre as linguagens, aula para - 1º ANO
Slide sobre as linguagens, aula para   - 1º ANOSlide sobre as linguagens, aula para   - 1º ANO
Slide sobre as linguagens, aula para - 1º ANOy6bf72znm9
 
Linguagem, língua, escrita e oralidade
Linguagem, língua, escrita e oralidadeLinguagem, língua, escrita e oralidade
Linguagem, língua, escrita e oralidadeKaren Olivan
 
Atividade extra-sobre-variação-linguística-1
Atividade extra-sobre-variação-linguística-1Atividade extra-sobre-variação-linguística-1
Atividade extra-sobre-variação-linguística-1Bia Crispim
 
A literatura surda e a língua de sinais
A literatura surda e a língua de sinaisA literatura surda e a língua de sinais
A literatura surda e a língua de sinaisGuida Gava
 
Roteiro autoral -_07_a_11_de_dezembro
Roteiro autoral -_07_a_11_de_dezembroRoteiro autoral -_07_a_11_de_dezembro
Roteiro autoral -_07_a_11_de_dezembroescolacaiosergio
 

Semelhante a História da Língua Portuguesa no Brasil (20)

Variedadeslingusticas 120330142710-phpapp02
Variedadeslingusticas 120330142710-phpapp02Variedadeslingusticas 120330142710-phpapp02
Variedadeslingusticas 120330142710-phpapp02
 
Variedades Linguísticas
Variedades LinguísticasVariedades Linguísticas
Variedades Linguísticas
 
Variações Linguísticas
Variações LinguísticasVariações Linguísticas
Variações Linguísticas
 
Língua pdf
Língua pdfLíngua pdf
Língua pdf
 
Diferenças Linguísticas
Diferenças Linguísticas Diferenças Linguísticas
Diferenças Linguísticas
 
_Aula 02 - Língua Portuguesa.pptx
_Aula 02 - Língua Portuguesa.pptx_Aula 02 - Língua Portuguesa.pptx
_Aula 02 - Língua Portuguesa.pptx
 
Apostila de língua portuguesa profa. ilka mota
Apostila de língua portuguesa profa. ilka motaApostila de língua portuguesa profa. ilka mota
Apostila de língua portuguesa profa. ilka mota
 
1 variedades linguisticas[1]
1  variedades linguisticas[1]1  variedades linguisticas[1]
1 variedades linguisticas[1]
 
Variedades linguisticas Pt. 1
Variedades linguisticas Pt. 1Variedades linguisticas Pt. 1
Variedades linguisticas Pt. 1
 
Aprsentação.pptx
Aprsentação.pptxAprsentação.pptx
Aprsentação.pptx
 
Material de Apoio - Português 1
Material de Apoio - Português 1Material de Apoio - Português 1
Material de Apoio - Português 1
 
variacoes linguisticas - eventos e guia de turismo.doc
variacoes linguisticas - eventos e guia de turismo.docvariacoes linguisticas - eventos e guia de turismo.doc
variacoes linguisticas - eventos e guia de turismo.doc
 
variacoes linguisticas - eventos e guia de turismo.doc
variacoes linguisticas - eventos e guia de turismo.docvariacoes linguisticas - eventos e guia de turismo.doc
variacoes linguisticas - eventos e guia de turismo.doc
 
Marcos bagno
Marcos bagnoMarcos bagno
Marcos bagno
 
Minha ficha inform.
Minha ficha inform.Minha ficha inform.
Minha ficha inform.
 
Slide sobre as linguagens, aula para - 1º ANO
Slide sobre as linguagens, aula para   - 1º ANOSlide sobre as linguagens, aula para   - 1º ANO
Slide sobre as linguagens, aula para - 1º ANO
 
Linguagem, língua, escrita e oralidade
Linguagem, língua, escrita e oralidadeLinguagem, língua, escrita e oralidade
Linguagem, língua, escrita e oralidade
 
Atividade extra-sobre-variação-linguística-1
Atividade extra-sobre-variação-linguística-1Atividade extra-sobre-variação-linguística-1
Atividade extra-sobre-variação-linguística-1
 
A literatura surda e a língua de sinais
A literatura surda e a língua de sinaisA literatura surda e a língua de sinais
A literatura surda e a língua de sinais
 
Roteiro autoral -_07_a_11_de_dezembro
Roteiro autoral -_07_a_11_de_dezembroRoteiro autoral -_07_a_11_de_dezembro
Roteiro autoral -_07_a_11_de_dezembro
 

Mais de Antonio Pinto Pereira

Anelídeos - 2º Ano Ensino Médio - Biologia
Anelídeos - 2º Ano Ensino Médio - BiologiaAnelídeos - 2º Ano Ensino Médio - Biologia
Anelídeos - 2º Ano Ensino Médio - BiologiaAntonio Pinto Pereira
 
Higiene e Segurança no Trabalho - Técnico em RH
Higiene e Segurança no Trabalho - Técnico em RHHigiene e Segurança no Trabalho - Técnico em RH
Higiene e Segurança no Trabalho - Técnico em RHAntonio Pinto Pereira
 
Divisão do estado de Mato Grosso do Sul
Divisão do estado de Mato Grosso do SulDivisão do estado de Mato Grosso do Sul
Divisão do estado de Mato Grosso do SulAntonio Pinto Pereira
 
Darwin - 3º Ano E. M. - Biologia - APP
Darwin - 3º Ano E. M. - Biologia - APPDarwin - 3º Ano E. M. - Biologia - APP
Darwin - 3º Ano E. M. - Biologia - APPAntonio Pinto Pereira
 
Reino animalia - Biologia - 2º Ano E. M. - APP - Jardim
Reino animalia - Biologia - 2º Ano E. M. - APP - JardimReino animalia - Biologia - 2º Ano E. M. - APP - Jardim
Reino animalia - Biologia - 2º Ano E. M. - APP - JardimAntonio Pinto Pereira
 
Pontos e linhas - Arte - Escola APP - 3º Ano EF
Pontos e linhas - Arte - Escola APP - 3º Ano EFPontos e linhas - Arte - Escola APP - 3º Ano EF
Pontos e linhas - Arte - Escola APP - 3º Ano EFAntonio Pinto Pereira
 

Mais de Antonio Pinto Pereira (20)

Bibliotecas pelo Mundo - Histórico
Bibliotecas pelo Mundo - HistóricoBibliotecas pelo Mundo - Histórico
Bibliotecas pelo Mundo - Histórico
 
Jardim MS - Sua História
Jardim MS - Sua HistóriaJardim MS - Sua História
Jardim MS - Sua História
 
Janjão o Grandão - Bullying
Janjão o Grandão - BullyingJanjão o Grandão - Bullying
Janjão o Grandão - Bullying
 
Manual de Conduta Hoteleira
Manual de Conduta HoteleiraManual de Conduta Hoteleira
Manual de Conduta Hoteleira
 
Divisão celular I
Divisão celular IDivisão celular I
Divisão celular I
 
Lei de Coulomb - 3º Ano EM
Lei de Coulomb - 3º Ano EMLei de Coulomb - 3º Ano EM
Lei de Coulomb - 3º Ano EM
 
Ondas e sua caracterização
Ondas e sua caracterizaçãoOndas e sua caracterização
Ondas e sua caracterização
 
O átomo e sua estrutura -
O átomo e sua estrutura - O átomo e sua estrutura -
O átomo e sua estrutura -
 
Anelídeos - 2º Ano Ensino Médio - Biologia
Anelídeos - 2º Ano Ensino Médio - BiologiaAnelídeos - 2º Ano Ensino Médio - Biologia
Anelídeos - 2º Ano Ensino Médio - Biologia
 
Higiene e Segurança no Trabalho - Técnico em RH
Higiene e Segurança no Trabalho - Técnico em RHHigiene e Segurança no Trabalho - Técnico em RH
Higiene e Segurança no Trabalho - Técnico em RH
 
Divisão do estado de Mato Grosso do Sul
Divisão do estado de Mato Grosso do SulDivisão do estado de Mato Grosso do Sul
Divisão do estado de Mato Grosso do Sul
 
Planejamento em RH - Técnico em RH
Planejamento em RH - Técnico em RHPlanejamento em RH - Técnico em RH
Planejamento em RH - Técnico em RH
 
Reino Animalia
Reino Animalia Reino Animalia
Reino Animalia
 
Foclore brasileiro - 3º Ano EF
Foclore brasileiro - 3º Ano EFFoclore brasileiro - 3º Ano EF
Foclore brasileiro - 3º Ano EF
 
Darwin - 3º Ano E. M. - Biologia - APP
Darwin - 3º Ano E. M. - Biologia - APPDarwin - 3º Ano E. M. - Biologia - APP
Darwin - 3º Ano E. M. - Biologia - APP
 
Reino animalia - Biologia - 2º Ano E. M. - APP - Jardim
Reino animalia - Biologia - 2º Ano E. M. - APP - JardimReino animalia - Biologia - 2º Ano E. M. - APP - Jardim
Reino animalia - Biologia - 2º Ano E. M. - APP - Jardim
 
Traffic signs in english
Traffic signs in englishTraffic signs in english
Traffic signs in english
 
Arte Grega - 6º Ano E.F.
Arte Grega - 6º Ano E.F. Arte Grega - 6º Ano E.F.
Arte Grega - 6º Ano E.F.
 
Mundo da arte - 5º Ano
Mundo da arte - 5º AnoMundo da arte - 5º Ano
Mundo da arte - 5º Ano
 
Pontos e linhas - Arte - Escola APP - 3º Ano EF
Pontos e linhas - Arte - Escola APP - 3º Ano EFPontos e linhas - Arte - Escola APP - 3º Ano EF
Pontos e linhas - Arte - Escola APP - 3º Ano EF
 

Último

A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão LinguísticaA Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão LinguísticaFernanda Ledesma
 
POETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptx
POETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptxPOETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptx
POETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptxJMTCS
 
Mini livro sanfona - Povos Indigenas Brasileiros
Mini livro sanfona  - Povos Indigenas BrasileirosMini livro sanfona  - Povos Indigenas Brasileiros
Mini livro sanfona - Povos Indigenas BrasileirosMary Alvarenga
 
As Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptx
As Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptxAs Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptx
As Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptxAlexandreFrana33
 
Aula 1, 2 Bacterias Características e Morfologia.pptx
Aula 1, 2  Bacterias Características e Morfologia.pptxAula 1, 2  Bacterias Características e Morfologia.pptx
Aula 1, 2 Bacterias Características e Morfologia.pptxpamelacastro71
 
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptx
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptxSlide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptx
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptxconcelhovdragons
 
QUIZ – GEOGRAFIA - 8º ANO - PROVA MENSAL.pptx
QUIZ – GEOGRAFIA - 8º ANO - PROVA MENSAL.pptxQUIZ – GEOGRAFIA - 8º ANO - PROVA MENSAL.pptx
QUIZ – GEOGRAFIA - 8º ANO - PROVA MENSAL.pptxAntonioVieira539017
 
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdf
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdfDIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdf
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdfIedaGoethe
 
TREINAMENTO - BOAS PRATICAS DE HIGIENE NA COZINHA.ppt
TREINAMENTO - BOAS PRATICAS DE HIGIENE NA COZINHA.pptTREINAMENTO - BOAS PRATICAS DE HIGIENE NA COZINHA.ppt
TREINAMENTO - BOAS PRATICAS DE HIGIENE NA COZINHA.pptAlineSilvaPotuk
 
Gametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
Gametogênese, formação dos gametas masculino e femininoGametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
Gametogênese, formação dos gametas masculino e femininoCelianeOliveira8
 
Sistema de Bibliotecas UCS - A descoberta da terra
Sistema de Bibliotecas UCS  - A descoberta da terraSistema de Bibliotecas UCS  - A descoberta da terra
Sistema de Bibliotecas UCS - A descoberta da terraBiblioteca UCS
 
Slides criatividade 01042024 finalpdf Portugues.pdf
Slides criatividade 01042024 finalpdf Portugues.pdfSlides criatividade 01042024 finalpdf Portugues.pdf
Slides criatividade 01042024 finalpdf Portugues.pdfpaulafernandes540558
 
AULA 7 - REFORMA PROTESTANTE SIMPLES E BASICA.pptx
AULA 7 - REFORMA PROTESTANTE SIMPLES E BASICA.pptxAULA 7 - REFORMA PROTESTANTE SIMPLES E BASICA.pptx
AULA 7 - REFORMA PROTESTANTE SIMPLES E BASICA.pptxrenatacolbeich1
 
Bingo da potenciação e radiciação de números inteiros
Bingo da potenciação e radiciação de números inteirosBingo da potenciação e radiciação de números inteiros
Bingo da potenciação e radiciação de números inteirosAntnyoAllysson
 
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptxBaladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptxacaciocarmo1
 
Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdf
Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdfCurrículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdf
Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdfIedaGoethe
 
6°ano Uso de pontuação e acentuação.pptx
6°ano Uso de pontuação e acentuação.pptx6°ano Uso de pontuação e acentuação.pptx
6°ano Uso de pontuação e acentuação.pptxErivaldoLima15
 
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024Sandra Pratas
 
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024Sandra Pratas
 

Último (20)

A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão LinguísticaA Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
 
POETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptx
POETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptxPOETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptx
POETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptx
 
Mini livro sanfona - Povos Indigenas Brasileiros
Mini livro sanfona  - Povos Indigenas BrasileirosMini livro sanfona  - Povos Indigenas Brasileiros
Mini livro sanfona - Povos Indigenas Brasileiros
 
As Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptx
As Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptxAs Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptx
As Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptx
 
Aula 1, 2 Bacterias Características e Morfologia.pptx
Aula 1, 2  Bacterias Características e Morfologia.pptxAula 1, 2  Bacterias Características e Morfologia.pptx
Aula 1, 2 Bacterias Características e Morfologia.pptx
 
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptx
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptxSlide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptx
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptx
 
QUIZ – GEOGRAFIA - 8º ANO - PROVA MENSAL.pptx
QUIZ – GEOGRAFIA - 8º ANO - PROVA MENSAL.pptxQUIZ – GEOGRAFIA - 8º ANO - PROVA MENSAL.pptx
QUIZ – GEOGRAFIA - 8º ANO - PROVA MENSAL.pptx
 
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdf
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdfDIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdf
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdf
 
TREINAMENTO - BOAS PRATICAS DE HIGIENE NA COZINHA.ppt
TREINAMENTO - BOAS PRATICAS DE HIGIENE NA COZINHA.pptTREINAMENTO - BOAS PRATICAS DE HIGIENE NA COZINHA.ppt
TREINAMENTO - BOAS PRATICAS DE HIGIENE NA COZINHA.ppt
 
Gametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
Gametogênese, formação dos gametas masculino e femininoGametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
Gametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
 
Sistema de Bibliotecas UCS - A descoberta da terra
Sistema de Bibliotecas UCS  - A descoberta da terraSistema de Bibliotecas UCS  - A descoberta da terra
Sistema de Bibliotecas UCS - A descoberta da terra
 
Slides criatividade 01042024 finalpdf Portugues.pdf
Slides criatividade 01042024 finalpdf Portugues.pdfSlides criatividade 01042024 finalpdf Portugues.pdf
Slides criatividade 01042024 finalpdf Portugues.pdf
 
AULA 7 - REFORMA PROTESTANTE SIMPLES E BASICA.pptx
AULA 7 - REFORMA PROTESTANTE SIMPLES E BASICA.pptxAULA 7 - REFORMA PROTESTANTE SIMPLES E BASICA.pptx
AULA 7 - REFORMA PROTESTANTE SIMPLES E BASICA.pptx
 
Bingo da potenciação e radiciação de números inteiros
Bingo da potenciação e radiciação de números inteirosBingo da potenciação e radiciação de números inteiros
Bingo da potenciação e radiciação de números inteiros
 
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptxBaladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
 
Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdf
Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdfCurrículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdf
Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdf
 
6°ano Uso de pontuação e acentuação.pptx
6°ano Uso de pontuação e acentuação.pptx6°ano Uso de pontuação e acentuação.pptx
6°ano Uso de pontuação e acentuação.pptx
 
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
 
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
 
(76- ESTUDO MATEUS) A ACLAMAÇÃO DO REI..
(76- ESTUDO MATEUS) A ACLAMAÇÃO DO REI..(76- ESTUDO MATEUS) A ACLAMAÇÃO DO REI..
(76- ESTUDO MATEUS) A ACLAMAÇÃO DO REI..
 

História da Língua Portuguesa no Brasil

  • 1. E. E. Antonio Pinto Pereira Prof.ª Ana Maria Ramires 1º Ano E. Médio História da Língua Portuguesa
  • 2. Introdução Vivemos numa época de mudanças muito rápidas, mergulhadas num mundo de palavras e imagens, que nos chegam por rádio, televisão, jornais, livros, revistas, internet, teatro, cinema. É preciso ser capaz de opinar a respeito desse mundo, de expressar sentimentos, de entender o outro, é uma das condições fundamentais para tornar-se, de fato, um cidadão. Foi pensando nisso que selecionamos o material que poderá auxiliá-lo durante suas aulas no primeiro bimestre de 2008. Apresentamos aqui, um breve resumo da história da Língua Portuguesa, poemas, textos narrativos e publicitários, exemplos de gêneros textuais, música e um projeto para cada ano do Ensino Médio. Esperamos que estas sugestões contribuam para o enriquecimento de suas aulas e que seus alunos estejam aptos a enfrentar as rápidas mudanças do mundo atual, questionando e participando conscientemente das decisões importantes durante a vida.
  • 3. HISTÓRIA DA LÍNGUA PORTUGUESA Apresentamos aqui, um texto informativo sobre a história da Língua Portuguesa. Através deste texto é possível trabalhar alguns aspectos da história da Língua Portuguesa, estimulando no aluno o desejo de buscar maiores informações sobre o assunto.
  • 4. PORTUGUÊS NO BRASIL Ao Brasil, a Língua Portuguesa foi trazida no século XVI através do descobrimento. Os indígenas apresentaram grande resistência à imposição da língua dos colonizadores. Além das diversas línguas indígenas, misturaram- se também ao português o espanhol e o francês (invasões), as línguas africanas (tráfico negreiro) e posteriormente, com a imigração, outras línguas européias (italiano, alemão e espanhol). A língua também sofreu influência dos veículos de comunicação, com isso absorvemos palavras japonesas, francesas e principalmente inglesas.
  • 5. PRINCIPAIS INFLUÊNCIAS NA LÍNGUA PORTUGUESA FALADA NO BRASIL INFLUÊNCIA EXEMPLOS Nomes de pessoas: Ubirajara, Iracema.. Tupi Nomes de lugares: Ipanema, Copacabana... Nomes de animais e plantas: tatu, arara, caju, maracujá... Dialetos africanos Acarajé, dendê, fubá, quilombo, moleque, caçula... Alemão Níquel, gás... Espanhol Bolero, castanhola... Japonês Karaokê, camicase... Francês Paletó, boné, matinê, abat-jour (abajur), bâton (batom), cabaret (cabaré)... Italiano - geralmente termos relacionados às artes e à culinária Macarrão, piano, soneto, bandido, ária, camarim, partitura, lasanha... Inglês Show, software, hamburger...
  • 6. VARIAÇÃO LINGÜÍSTICA O estudo da variação lingüística é também essencial para a conscientização linguística do aluno, permitindo que ele construa uma postura não preconceituosa em relação a usos linguísticos distintos dos seus. Professor é muito importante mostrarmos aos alunos às razões dos diferentes usos, quando é utilizada a linguagem formal, a informal, a técnica ou as linguagens relacionadas aos falantes, como por exemplo, a linguagem dos adolescentes, das pessoas mais velhas. Aqui temos um exemplo de texto, no qual é possível trabalhar variação lingüística:
  • 7. Pressa Só tenho tempo pras manchetes No metrô E o que acontece na novela Alguém me conta no corredor Escolho os filmes que eu não Vejo No elevador Pelas estrelas que eu encontro Na crítica do leitor Eu tenho pressa e tanta coisa me interessa Mas nada tanto assim Eu me concentro em apostilas Coisa tão normal Leio os roteiros de viagem Enquanto rola o comercial Conheço quase o mundo inteiro Por cartão-postal Eu sei de quase tudo um pouco E quase tudo mal Eu tenho pressa e quase tudo me interessa Mas nada tanto assim Bruno & Leoni Furtado
  • 8. Identifica-se termo da linguagem informal em: “Leio os roteiros de viagem enquanto rola o comercial”. “Conheço quase o mundo inteiro por cartão postal”. “Eu sei de quase tudo um pouco e quase tudo mal.” “Eu tenho pressa e tanta coisa me interessa, mas nada tanto assim”.
  • 9. LINGUAGEM CULTA E COLOQUIAL Língua (Usos culto, coloquial e popular - gíria) A Língua é um código de que se serve o homem para elaborar mensagens, para se comunicar. Existem basicamente duas modalidades de língua, ou seja, duas línguas funcionais: 1) Língua funcional de modalidade culta, Língua Culta ou Língua-padrão, que compreende a língua literária, tem por base a norma culta, forma lingüística utilizada pelo segmento mais culto e influente de uma sociedade. Constitui, em suma, a língua utilizada pelos veículos de comunicação de massa (emissoras de rádio e televisão, jornais, revistas, painéis, anúncios, etc.), cuja função é a de serem aliados da escola, prestando serviço à sociedade, colaborando na educação, e não justamente o contrário; 2) Língua funcional de modalidade popular; Língua popular ou Língua cotidiana, que apresenta gradações as mais diversas, tem o seu limite na gíria e no calão.
  • 10. Norma culta A Norma Culta, forma lingüística que todo povo civilizado possui, é a que assegura a unidade da língua nacional. E justamente em nome dessa unidade, tão importante do ponto de vista político-cultural, que é ensinada nas escolas e difundida nas gramáticas. Sendo mais espontânea e criativa, a língua popular se afigura mais expressiva e dinâmica. Temos, assim, a guisa de exemplificação: Estou preocupado. (norma culta) Tô preocupado. (língua popular) Tô grilado. (gíria, limite da língua popular) Não basta conhecer apenas uma modalidade de língua; urge conhecer a língua popular, captando-lhe a espontaneidade, expressividade e enorme criatividade, para viver; urge conhecer a língua culta para conviver.