Doenças sazonais típicas do inverno

2.645 visualizações

Publicada em

Publicada em: Saúde e medicina
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Doenças sazonais típicas do inverno

  1. 1. DOENÇAS SAZONAIS (INVERNO) Gripe e constipação • Dor de garganta • Tosse Daniela Sofia Araújo Simões Farmacêutica 8 de Novembro de 2013 EspiralSoft
  2. 2. Objetivos - Transmissão e prevenção da gripe e constipação; - Identificação dos sintomas e diferenciação constipação/gripe; - Tratamento não farmacológico e farmacológico (MNSRM); - Identificação dos casos que requeiram acompanhamento médico.
  3. 3. Constipação vs Gripe Constipação Vírus Rhinovirus Gripe Transmissão Vírus Influenza  Direta Indireta Prevenção  Prevenir a entrada de partículas virais no organismo;  Reduzir a capacidade de invasão dos vírus por parte dos tecidos;  Vacinação anual (Doentes crónicos, idosos)
  4. 4. Constipação vs Gripe Sintomas Sintomas Constipação Gripe Febre Raramente Elevada; durante 3-4 dias Dor de cabeça Raramente Forte Dor no corpo Ligeira Frequentemente; intensa Fadiga, fraqueza Ligeira Pode durar 2-3 semanas Exaustão Nunca Intensa e surge no início da doença Nariz entupido Frequentemente Por vezes Espirros Frequentemente Por vezes Garganta inflamada Frequentemente Por vezes Tosse, sensação de "peso" no peito Ligeira a moderada; tosse seca Frequente; pode tornar-se grave Complicações Congestão dos seios nasais ou dor de ouvidos Bronquite,pneumonia; eventualmente fatal Prevenção Nenhuma- Não há vacina disponível Vacinação anual - medicamentos antivíricos (consulte o médico) Tratamento Alívio temporário dos sintomas Medicamentos antivíricos (consulte o médico) por vezes
  5. 5. Constipação vs Gripe Tratamento Medidas não farmacológicas  Repouso; Evitar diferenças bruscas de temperatura; Manter a temperatura ambiente aquecida, mas não em demasia;  Utilizar um humidificador para aumentar a humidade do ar; Alimentação equilibrada; Ingestão de líquidos mornos. Antibióticos Medidas farmacológicas (MNSRM) Analgésicos, antipiréticos e/ou antiinflamatórios- Paracetamol 500 mg (Ben-URon), Ácido Acetilsalicílico (Aspirina), Ibuprofeno 200 mg (Brufen).  Anti-histamínicos- Cetirizina (Cetix).  Descongestionantes nasais (Rhino Spray, Vicks)  Água do mar
  6. 6. Dor de garganta Causa?  Vírus, bactérias ou fungos;  Fumos ou gases;  Alergias;  Refluxo gastro esofágico;  etc.. Medidas não farmacológicas Medidas farmacológicas (MNSRM)  Ingestão de líquidos; Humidificar o ambiente;  Gargarejar com uma solução de água e sal morna;  Evitar ambientes com fumo, não fumar.  Antissépticos, Anti-inflamatórios locais ou sistémicos; Anestésicos locais. Ter em atenção a duração, intensidade e presença ou não de placas de pús nas amígdalas Pastilhas, sprays, colutórios, comprimidos
  7. 7. Tosse A tosse é um reflexo de defesa do nosso organismo que não se deve suprimir! (exceções: politraumatizados, pós-operatórios Medidas não farmacológicas Ingestão de líquidos; Humidificar o ambiente;  Inalação de vapor de água;  Não utilizar essências! (Ex: Vicks pomada) Ter em atenção o tipo de tosse, patologias associadas e medicação concomitante! Medidas farmacológicas (MNSRM)  Anti-tússicos (Tosse seca);  Expectorantes/Mucolíticos- Fluimucil, Bissolvon;  Emolientes (pastilhas sabores)- Strepsils mel e limão; Aumento do volume das secreções e diminuição da viscosidade do muco, quando administrados com muita água!
  8. 8. Recomendações Situações que devem ser reencaminhadas para o médico  Dificuldade em respirar, dor no peito ao respirar; Utentes grávidas ou a amamentar;  Doentes crónicos ou com o sistema imunitário comprometido;  Crianças com menos de 2 anos de idade;  Utentes com febre superior a 37,7ºC durante um período superior a 24 horas;  Persistência dos sintomas por mais de 7 dias, particular atenção à tosse (expetoração amarelada ou esverdeada), e inflamação da garganta (aparecimento de placas de pus nas amígdalas).
  9. 9. Recomendações Os anti-inflamatórios não esteróides (ex: Brufen, Aspirina) não devem ser administrados a pessoas com problemas gastrointestinais (úlceras, etc) ou a asmáticos; A aspirina está contra-indicada a crianças com menos de 12 anos;  Doentes crónicos ou polimedicados, crianças com menos de 3 anos, grávidas ou mulheres a amamentar não devem automedicar-se sem consultar o seu médico ou farmacêutico;  Evitar as associações de princípios ativos (Ilvico, Griponal, etc.).
  10. 10. Recomendações “Até” um “simples” Ben-U-Ron tem contra-indicações! Informe-se junto do seu médico ou farmacêutico antes de se automedicar!
  11. 11. Muito obrigada pela vossa atenção! Daniela Sofia Araújo Simões Dúvidas ou questões, contactar por email: daniela.a.simoes@gmail.com

×