O sistema de transportes

460 visualizações

Publicada em

kkkkkkkksakkdfaskfka

Publicada em: Internet
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
460
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
219
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
10
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

O sistema de transportes

  1. 1. LogísticaeDistribuição Aula09-OSistemadeTransportes 47Faculdade On-Line UVB Anotações do Aluno uvb Aula Nº 9 – O Sistema de Transportes Objetivo da Aula Conhecer o sistema de transportes e sua importância para a Logística. Introdução Na aula anterior, estudamos os conceitos principais sobre produto, tanto como bem quanto como serviço. Comentamos aspectos ligados a sua classificação, ao seu ciclo de vida, à curva ABC, entre outros. Nesta aula, aprofundaremos nossos conhecimentos sobre Sistema de Transportes, elemento vital para a ambiência logística. 1. O Sistema de Transportes O Sistema de transportes é o componente logístico que tem, como finalidade, movimentar carga, passageiros e serviços. Sua importância é ainda maior quando analisamos do ponto de vista dos gastos logísticos para executá-lo, pois ele absorve percentuais significativos dos custos logísticos. 2. A Importância do Sistema de Transportes Ao observarmos nações desenvolvidas e em desenvolvimento, verificamos a grande influência que o Sistema de Transportes de cada país exerce como fator de: • possibilidade de aumento da competição no mercado; • redução dos preços das mercadorias; • garantia da economia de escala de produção.
  2. 2. LogísticaeDistribuição Aula09-OSistemadeTransportes 48Faculdade On-Line UVB Anotações do Aluno uvb O Sistema de Transportes, ao desenvolver suas atividades, contribui, de maneira direta e indireta, também, para: a. Acesso da população a níveis e padrões de vida mais elevados; b. Disponibilidade de bens para a população; c. Efeito estabilizador nos preços das mercadorias, principalmente nas entressafras; d. Existência de uma sadia concorrência entre os produtores; e. Flexibilidade para a localização da Produção (Parque Industrial), não atrelada aos mercados consumidores (se for o caso). 3. Os Modais do Sistema de Transportes Existem variadas formas de se apresentar o Sistema de Transportes. Didaticamente,adotaremosaapresentaçãodaseguintemaneira:dividindo- o em subsistema terrestre, subsistema aquaviário e subsistema aéreo. a. O Subsistema Terrestre: 1) Modal Rodoviário; 2) Modal Ferroviário; 3)Modal Dutoviário (gás, gasolina, óleo diesel, álcool etc.) b. O Subsistema Aquaviário: 1) Modal Fluvial; 2) Modal Lacustre; 3)Modal Marítimo: de longo curso (alto-mar) ou de cabotagem(sobre a costa). c. O Subsistema Aéreo: 1) Modal aéreo de carga; 2) Modal aéreo de passageiros.
  3. 3. LogísticaeDistribuição Aula09-OSistemadeTransportes 49Faculdade On-Line UVB Anotações do Aluno uvb Os percentuais de participação de cada um dos modais variam em razão de várias condicionantes, entre as quais podem ser citados o produto ou serviço a ser transportado, seu valor, sua perecibilidade, a relação custo- benefício, a disponibilidade geográfica do modal de transporte, do tempo de transporte porta a porta (da fábrica ao cliente), entre outros. 4. Tempo “Porta a Porta” e variabilidade O usuário dos transportes deve ter atenção ao tempo real de transporte de seusbens,pois,adespeitodeaviõesseremmaisvelozesparaodeslocamento de produtos, de nada adiantaria transportá-los pelo modal aéreo, usando jatos velozes, se acontecerem atrasos e retenções excessivas no solo. Desta forma, costuma-se usar o “tempo porta a porta” (que é o tempo desde a saída do fornecedor até a entrega ao cliente) com base para cálculos de tempo de transporte. Outro aspecto fundamental que também deve ser considerado é a variabilidade.Muitasvezes,adespeitodasmercadoriasseremtransportadas por um único modal (rodoviário, por exemplo), pode não existir uma precisa duração do tempo de entrega para distâncias iguais, em razão de aspectos, como: causas climáticas, congestionamentos de tráfego e número de paradas.Essavariaçãosinalizaaincertezanodesempenhodotransportador e deve ser considerada no planejamento logístico. 5. Os Transportes Multimodais OsTransportesMultimodaissão,naatualidade,umaalternativadetransporte de bens e mercadorias para os gestores logísticos. Sua concepção baseia-se na integração de mais de um modal para realizar o transporte de produtos. Tais combinações podem ser: • Ferro-rodoviária; • Ferro-hidroviária; • Ferro- aeroviária;
  4. 4. LogísticaeDistribuição Aula09-OSistemadeTransportes 50Faculdade On-Line UVB Anotações do Aluno uvb • Ferro-dutoviária; • Rodo-aérea; • Rodo-hidroviária; • Rodo-dutoviária; • Hidro-dutoviária; • Hidro-aérea; • Aero-dutoviária. 6. A Carga Conteinerizada A carga conteinerizada é uma solução para integrar modais, utilizando-se o container-padrão, que é capaz de transitar por todos os modais, agregando grandes flexibilidades ao Sistema de Transporte Logístico de carga. Algumas opções de medidas de containeres podem ser apresentadas: a.8 x 8 x 20 pés; b.8 x 8 x 40 pés. Síntese Nesta aula, você conheceu o Sistema de Transportes e sua importância. Na próxima aula, você estudará sobre a Armazenagem de Produtos. Até lá! Referências Básicas BALLOU, Ronald H. Logística Empresarial. São Paulo: Atlas, 1993. NOVAES, Antonio Galvão N. ; ALVARENGA, Antonio Carlos. Logística Aplicada: suprimento e distribuição física. São Paulo: Pioneira, 1994. VALENTE,M.G.Gerenciamentodetransportesefrotas.SãoPaulo:Pioneira, 1997.
  5. 5. LogísticaeDistribuição Aula09-OSistemadeTransportes 51Faculdade On-Line UVB Anotações do Aluno uvb Referências Complementares CHING, Hong Yuh. Gestão de estoques na cadeia de logística integrada. São Paulo: Atlas, 2001. DIAS, Marco Aurélio P. Transportes e distribuição física. São Paulo: Atlas, 1987

×