Transporte no brasil

22.535 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
2 comentários
36 gostaram
Estatísticas
Notas
Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
22.535
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
938
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
2
Gostaram
36
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Transporte no brasil

  1. 1. GEOGRAFIATRANSPORTE NO BRASIL TRAGÉDIA ANUNCIADA?
  2. 2. GEOGRAFIA Transporte no Brasil: tragédia anunciada?OS MEIOS DE TRANSPORTES FUNCIONAM COMO VEIAS EARTÉRIAS NOS SERES VIVOS?
  3. 3. MEIOS DE TRANSPORTE E ESPAÇO GEOGRÁFICO1) Transportes ao longo da História :A- Século XV – novas técnicas de navegação (Escola de Sagres )impulsionaram a Expansão Marítima EuropeiaB- Século XIX – surgem as ferrovias que possibilitaram aslocalização de fazendas e industrias longe dos mercados consumidorese das matérias-primas.C- Século XX – surgem os ônibus, caminhões e automóveis quereestruturaram a organização interna das cidades e deram maiorliberdade aos fluxos de pessoas e mercadorias.OBS: A evolução dos meios de transporte está diretamente ligada aoprocesso histórico de Globalização e a intensificação das atividadeseconômicas.
  4. 4. ANALISANDO OS ASPECTOS FÍSICOS E HUMANOS País com dimensões continentais. Presença de rios de planalto. Extenso litoral no sentido norte-sul. Grande rede hidrográfica. Clima predominantemente quente. • Concentração populacional na Região Centro- Sul. • Presença de grandes vazios na Região Norte. • Grande atividade no setor primário.
  5. 5. Quanto a função os transportes podem ser de 2 tipos :1- de passageiros2- de carga
  6. 6. O BRASIL E O MUNDO: TRANSPORTESO modelo de transporte brasileiro é adequado ànossa realidade?
  7. 7. EFICIÊNCIA NOS DIVERSOS TIPOS DE TRANSPORTE Nosso investimento no transporte de carga é eficiente?
  8. 8. COMO ANDA A SAÚDE DO TRANSPORTE NO BRASIL?4.1 Realidade brasileira Fui!.. Não deu para agüentar... Desabamento nas obras do metrô, estradas com buracos, avião caindo, criação de novas taxas de transito, transporte coletivo de péssima qualidade!!!!
  9. 9. PRINCIPAIS SISTEMAS DE TRANSPORTEI. TRANSPORTE FERROVIÁRIOII. TRANSPORTE RODOVIÁRIOIII. TRANSPORTE HIDROVIÁRIOIV.TRANSPORTE AÉREOV. TRANSPORTE TUBOS E CONTÊINERESVI.TRANSPORTE MULTIMODAL
  10. 10. TRANSPORTEFERROVIÁRIO EMETROVIÁRIO NO BRASIL
  11. 11. TRANSPORTE FERROVIÁRIOo Brasil tem 29,8 mil km de ferrovias, cuja densidade ferroviária de 0,0035 éconsiderada uma das piores do mundo, visto que é 6,7 vezes menor que aamericana, 16,7 vezes menor que a francesa, 3,5 vezes menor que a argentina e2,4 vezes menor que a chilena.Além disso, apenas 40% das ferrovias brasileiras podem ser consideradasprodutivas.O país é recordista em número de passagens de nível, com mais de 12 milregistradas. A velocidade média operacional de nossas ferrovias é de 25 km/h,contra 80 km/h das ferrovias americanas.
  12. 12. TRANSPORTE FERROVIÁRIO Caracteriza-se, especialmente, por sua capacidade PRINCIPAIS FERROVIAS NO BRASIL de transportar grandes volumes com elevada eficiência energética, principalmente em casos de deslocamentos em médias e grandes distâncias. Apresenta, ainda, maior segurança em relação ao modal rodoviário, com menor índice de acidentes e menor incidência de furtos e roubos. São cargas típicas do modal ferroviário: produtos siderúrgicos; grãos; minério de ferro; cimento e cal; adubos e fertilizantes; derivados de petróleo; calcário; carvão mineral; clínquer e contêineres. O sistema ferroviário nacional é o maior da América Latina em termos de carga transportada, atingindo 162,2 bilhões de tku (tonelada quilômetro útil) em 2001.
  13. 13. TRANSPORTE FERROVIÁRIO As estações de trem estão comumente situadas no centro dessas cidades enquanto os aeroportos se encontram, frequentemente, em áreas afastadas, o que reduz o tempo de deslocamento. A localização central das estações de trem também favorece o adensamento de conexões com a rede de transporte urbano, tais como ônibus e metrô. Finalmente, os procedimentos de embarque e desembarque são mais demorados nos aeroportos do que nas estações de trem.
  14. 14. MALHA PRIVADA
  15. 15. FERROVIAS
  16. 16. PRIVATIZAÇÃO DA RFFSA PARA SUPERVIA NO RJ
  17. 17. PROJETOSTRANSCONTINENTAISFERROVIÁRIOS NO BRASIL
  18. 18. FERROVIA TRANSCONTINENTAL ( BRASIL – PERÚ )
  19. 19. PROJETOS NACIONAIS DEREVITALIZAÇÃO EAMPLIAÇÃO DO SISTEMAFERROVIÁRIO EMETROVIÁRIO
  20. 20. As duas maiores metrópoles do país, São Paulo e Rio de Janeiro, possuem 62km e 40 km de linhas de metrô, respectivamente, enquanto a Cidade do Méxicopossui 202 km, Santiago, 83 km, Paris, 212 km, Nova Iorque, 368 km, e Londres,408 km.
  21. 21. METRO LINHA 4 – RIO DE JANEIRO
  22. 22. TRANSPORTE RODOVIÁRIONO BRASIL
  23. 23. TRANSPORTE RODOVIÁRIOo Brasil possui quase 1,6 milhões de km de rodovias, federais, estaduais emunicipais, mas apenas cerca de 212 mil km são pavimentadas, ou seja,pouco mais de 13% do total.Segundo a última pesquisa da Confederação Nacional do Transporte, 67%das rodovias pavimentadas brasileiras podem ser classificadas comodeficientes, ruins ou péssimas.Para efeito comparativo, os EUA possuem 6,4 milhões de km de rodovias,sendo que quase 60% são pavimentadas, ou seja, 3,7 milhões de km.
  24. 24. TRANSPORTE RODOVIÁRIO Caracteriza-se pelo alto custo PRINCIPAIS RODOVIAS NO BRASIL de implantação (estradas), alto custo de manutenção dos veículos e alto índice de acidentes. Privatização (duplo pagamento de imposto) Possui grande flexibilidade no transporte de cargas, já que não depende de linha fixa. Possui menor dependência dos aspectos físicos para seu funcionamento.
  25. 25. Engarrafamentos
  26. 26. TRANSPORTEHIDROVIÁRIO NO BRASIL
  27. 27. TRANSPORTE HIDROVIÁRIO Cabotagem no Brasil Apresenta-se sob duas formas: o fluvial e o marítimo. O transporte fluvial é um dos meios de transporte mais baratos, porém, possui grande dependência do meio físico para seu funcionamento. Quando o relevo se torna um empecilho, utiliza-se o sistema de eclusas. O transporte marítimo possui duas variações:1. Navegação de CABOTAGEM: vai de porto a porto no litoral do próprio país.2. Navegação internacional: possui grande capacidade de carga, embora o tempo de Eclusas transporte seja maior; possui dependência do funcionamento de outros portos. Os portos exigem grande custo para sua manutenção.
  28. 28. IMPORTAÇÃO X EXPORTAÇÃO
  29. 29. TRANSPORTE AÉREO NOBRASIL
  30. 30. TRANSPORTE AÉREO Transporte aéreo no Brasil Caracteriza-se pela rapidez. Alto custo de operação e manutenção. Grande dependência dos aeroportos. Possui pouca capacidade de carga. Exige mão-de-obra especializada. Registra baixo índice de acidentes se comparado estatisticamente com outros meios de transporte.
  31. 31. TRANSPORTE POR DUTOS ECONTÊINERES NO BRASIL
  32. 32. TRANSPORTE POR DUTOS E CONTÊINERES (DUTOS) Caracteriza-se pela capacidade de transportar a matéria prima com eficiência das áreas extrativas até as áreas industriais. Possui baixo custo de operação. Sua variação acontece através das esteiras mineradoras. (CONTEIERES) Caracteriza-se pela flexibilidade e segurança no transportes de cargas. São chamados de “cofres de carga”. Não exige transporte complementar.
  33. 33. Dutos de Gás Natural e Petróleo da Transpetro
  34. 34. TRANSPORTEMULTIMODAL NO BRASIL
  35. 35. TRANSPORTE MULTIMODAL Trata-se da integração dos meios de transporte rodoviário, ferroviário, marítimo e fluvial. É de fundamental importância para o desenvolvimento econômico. Reduz o custo do produto final, já que o custo do transporte é acrescentado ao preço do produto.
  36. 36. TRANSPORTE MULTIMODAL
  37. 37. OS TRANSPORTES NOS VÁRIOS“BRASIS” NORTE NORDESTECENTRO OESTE SUDESTE SUL próximo
  38. 38. TRANSPORTES NA REGIÃO NORTE Predomina o transporte hidroviário local, presença de pequenos portos locais e dos Portos de Manaus e Belém. Possui insuficiente malha rodoviária. O sistema ferroviário atende predominantemente o transporte de cargas (minério) e interliga as regiões mineradoras aos grandes portos. O sistema aéreo atende apenas as grandes capitais; os aeroportos são deficientes e o fluxo de vôos é pequeno. O transporte urbano apresenta grande atividade de clandestinos e ilegais.
  39. 39. TRANSPORTES NA REGIÃO NORDESTE Transporte hidroviário predominantemente marítimo: cabotagem e internacional (exportação de minérios e fluxo turístico). A malha rodoviária é comprometida pela falta de manutenção; boa estrutura somente próximo às grandes capitais. O transporte ferroviário atende predominantemente ao transporte de cargas (minério) e interliga as regiões mineradoras aos grandes portos. O sistema aéreo atende apenas as grandes capitais; os aeroportos são deficientes e não atendem ao fluxo de vôos. O transporte urbano apresenta grande atividade de clandestinos e ilegais.
  40. 40. TRANSPORTES NA REGIÃO CENTRO-OESTE O transporte rodoviário é direcionado para as grande capitais e o Distrito Federal; manutenção precária, sistema de transporte predominante. O transporte ferroviário atende predominantemente ao transporte de cargas (minério) e interliga as regiões mineradoras aos grandes portos. O transporte metroviário é restrito às capitais Goiânia e Brasília. O transporte hidroviário é local nos estados do MT e MS. O sistema aéreo atende apenas as grandes capitais; os aeroportos são deficientes e não atendem ao fluxo de vôos. O transporte urbano apresenta grande atividade de clandestinos e ilegais.
  41. 41. TRANSPORTES NA REGIÃO SUDESTE Possui a maior malha viária do Brasil, contudo apresenta problemas relacionados ao estado de conservação e manutenção de alguns trechos através de estradas privatizadas. O transporte ferroviário atende ao transporte de cargas (minério) e interliga as regiões mineradoras aos grandes portos. O transporte metroviário está restrito às grandes cidades e enfrenta pressões das empresas de transporte rodoviário para que ocorra uma ampliação no atendimento à população, já que este não supre suas necessidades. Transporte hidroviário local e marítimo. Destaque aos portos de Santos, Vitória e Rio de Janeiro. O sistema aéreo é precário e saturado, os aeroportos são deficientes e não atendem ao fluxo de voos. O transporte urbano é ineficiente e apresenta grande atividade de clandestinos e ilegais. As Grandes Metrópoles como São Paulo e Rio de Janeiro estão sofrendo com grandes engarrafamentos;
  42. 42. TRANSPORTES NA REGIÃO SUL O transporte rodoviário apresenta problemas relacionados ao estado de conservação das estradas; a manutenção de alguns trechos é terceirizada por consórcios privatizados. O transporte ferroviário atende ao transporte de cargas (minério) e interliga as regiões mineradoras aos grandes portos. O transporte metroviário está restrito às grandes cidades e enfrenta pressões das empresas de transporte rodoviário para ampliação no atendimento à população, já que este não supre suas necessidades. Transporte hidroviário local e marítimo. Destaque ao porto de Paranaguá. O sistema aéreo é precário e saturado, os aeroportos são deficientes e não atendem ao fluxo de vôos. O transporte urbano é eficiente. Curitiba, por exemplo, adota o sistema intermodal com eficiência.
  43. 43. O TRANSPORTE BRASILEIRO É ADEQUADO ÀSSUAS NECESSIDADES? Matriz modal de transporte de carga no Brasil FONTE: Agência Nacional De Transportes Terrestres
  44. 44. QUAL A MELHOR “MEDICAÇÃO” PARA RESOLVER OPROBLEMA DO TRANSPORTE BRASILEIRO?
  45. 45. CONCLUSÃO Penso que os números aqui apresentados podem aguçar a mente dos ALUNOS para tirar suas próprias conclusões sobre os gravíssimos problemas de infra-estrutura de transporte de carga e passageiros que atingem todos os brasileiros, bem como limitam o desenvolvimento econômico do país e postergam a diminuição da pobreza e o equilíbrio social do povo brasileiro.
  46. 46. (FAETEC) O predomínio do transporte rodoviário, em relação aos demaismeios, deve-se ao: a) modelo industrial adotado pelo país, onde destacamos a indústriaautomobilística.b) custo do transporte rodoviário, que é menor quando comparado aosdemais;c) tempo gasto, pois o rodoviário é mais rápido que os demais meios detransportes.d) n.d.a.______________________________________________________________. (FUVEST-SP) A rede ferroviária do estado de São Paulo conheceu seuprincipal período de crescimento:a) após a Segunda Guerra Mundial, com a implantação de grandesindústrias no estado.b) em fins do século XIX e início do século XX. com a expansão da cultura docafé.c) nos últimos dez anos, devido à crise do petróleo.d) em meados do século XIX, quando era importante a exportação de açúcare café pelo porto de Santos.
  47. 47. (CEFET) Sobre o transporte hidroviário no Brasil é incorreto afirmar: a) este tipo de transporte responde por menos de 10% da carga transportadano país.b) o transporte hidroviário refere-se à utilização de rios e do transportemarítimo.c) a rede de transportes fluviais do Brasil é intensamente utilizada,especialmente no Nordeste do país.d) em muitos rios da região Sudeste, o transporte só é possível com arealização de obras, como as eclusas,(PUC-MG) Quanto à organização do transporte no Brasil, não é corretoafirmar:a) O transporte rodoviário teve grande incentivo vinculado à política decriação e expansão da indústria automobilística,b) A rede ferroviária, embora não tenha acompanhado a expansão da rederodoviária, manteve-se em ritmo de expansão com seu espaço de atuaçãopreservado.c) O transporte fluvial no Brasil ocupa uma posição relativamentesecundária.d) Para as áreas de difícil acesso e com pequeno fluxo de mercadorias, otransporte aéreo continua sendo uma opção.e) Os represamentos de água normalizando as descargas fluviais poderãofavorecer o transporte fluvial.
  48. 48. Leia as características geográficas dos países X e Y.A partir da análise dessas características é adequado priorizar as diferentesmodalidades de transporte de carga, na seguinte ordem:(A)país X – rodoviário, ferroviário e aquaviário.(B)país Y – rodoviário, ferroviário e aquaviário.(C) país X – aquaviário, ferroviário e rodoviário.(D) país Y – rodoviário, aquaviário e ferroviário.(E) país X – ferroviário, aquaviário e rodoviário.
  49. 49. FIM

×