SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 28
Umolhar para o desenvolvimento socioemocional
Educar para novos tempos: a escola
que ensina e que acolhe para o futuro
Para acolher
Buscando o sentido
O sentido, acho, é a entidade mais misteriosa do universo.
Relação, não coisa, entre a consciência, a vivência e as coisas e os eventos.
O sentido dos gestos. O sentido dos produtos.
O sentido do ato de existir.
Me recuso (sic) a viver num mundo sem sentido.
Estes anseios/ensaios são incursões em busca do sentido.
Por isso o próprio da natureza do sentido: ele não existe nas coisas, tem
que ser buscado, numa busca que é sua própria fundação.
Só buscar o sentido faz, realmente, sentido.
Tirando isso, não tem sentido.
Paulo Leminski Filho foi um escritor, poeta, crítico literário, tradutor e professor
brasileiro.
Viver com sentido
“O ser humano é o único ser vivente que se pergunta
sobre o sentido de sua vida.
Educar para sentir e ter sentido, para cuidar e cuidar-
se, para viver com sentido cada instante da nossa
vida.
Somos humanos porque sentimos e não apenas
porque pensamos.
Somos parte de um todo em construção e
reconstrução.”
Citação retirada do Livro BONITEZA DE UM SONHO Ensinar-e-aprender com sentido Moacir Gadotti
©PixabayFree
O desenvolvimento de competências
“...a BNCC indica que as decisões pedagógicas devem estar
orientadas para o desenvolvimento de competências. Por
meio da indicação clara do que os alunos devem “saber”
(considerando a constituição de conhecimentos,
habilidades, atitudes e valores) e, sobretudo, do que
devem “saber fazer” (considerando a mobilização desses
conhecimentos, habilidades, atitudes e valores para
resolver demandas complexas da vida cotidiana, do pleno
exercício da cidadania e do mundo do trabalho), a
explicitação das competências oferece referências para o
fortalecimento de ações que assegurem as aprendizagens
essenciais definidas na BNCC.”
Pág. 13
10Competências Gerais da BNCC
Fonte:
Movimento
pela
Base
A construção do Projeto de Vida
“...a BNCC propõe a superação da
fragmentação radicalmente
disciplinar do conhecimento, o
estímulo à sua aplicação na vida
real, a importância do contexto para
dar sentido ao que se aprende e o
protagonismo do estudante em sua
aprendizagem e na construção de
seu projeto de vida.”
Pág.15
Ensinar é mobilizar o desejo de aprender
Mais importante do que saber é nunca perder a capacidade de
aprender. “Saber é saborear”, diz Rubem Alves.
O novo profissional da educação deve romper o divórcio entre a
vida escolar e o prazer. Para ensinar são necessárias
principalmente duas coisas:
a) gostar de aprender,ter prazer em ensinar, como um
jardineiro que cuida com emoção do seu jardim, de sua
roça;
b) amar o aprendente (criança, adolescente, adulto, idoso).
Só aprendemos quando aquilo que aprendemos é
“significativo” (Piaget) para nós e nos envolvemos
profundamente no que aprendemos.
O que aprendemos deve fazer parte do nosso projeto de vida. É
preciso gostar de ser professor (autoestima) para ensinar.
Citação retirada do Livro BONITEZA DE UM SONHO Ensinar-e-aprender com sentido Moacir Gadotti - Pág.54
O papel do educador na Educação
Integral
De transmissor para mediador do processo
ensino e aprendizagem.
Considera:
• a importância dos conhecimentos prévios dos
estudantes;
• a conexão dos conteúdos com o mundo e o
cotidiano;
• a interação e a experiência como elemento
central na construção dos saberes.
O compromisso da escola amplia-se de uma
formação moral e intelectual para uma formação
humana mais completa e integrada.
Profissional do encantamento
O novo professor é também um profissional do
encantamento. Num mundo de desencanto e de
agressividade crescentes, o novo professor tem um papel
biófilo.
É um promotor da vida, do bem viver, educa para a paz e a
sustentabilidade. Não podemos abrir mão de uma antiga
lição: a educação é ao mesmo tempo ciência e arte.
A arte é a “técnica da emoção” (Vygotski). O novo profissional
da educação é também um profissional que domina a arte de
reencantar, de despertar nas pessoas a capacidade de engajar-
se e mudar.
Citação retirada do Livro BONITEZA DE UM SONHO Ensinar-e-aprender com sentido Moacir Gadotti
©Pixabay Free
O que faz seu coração
vibrar ao trabalhar
com Educação?
Para refletir e compartilhar
©Pixabay Free
Para manter a vibração
Entusiasmo
Significa envolver-se ativamente com a vida e
com outras pessoas de uma forma positiva,
alegre e afirmativa, isto é, ter empolgação e
paixão pelas atividades diárias e empregar
energia para executá- las.
Fonte: Instituto Ayrton Senna
Material Engajamento com os outros 2020
©Pixabay Free
Possuir intensas
demandas no âmbito
relacional que reclamam
uma eficiente gestão
emocional.
Ser fator de impacto de
reformas educacionais e
transformações sociais e
políticas.
Apresentar significativos
problemas mentais como
estresse, Síndrome de Burnout,
depressão, ansiedade, etc.
Estar sujeito a
desvalorizaçãosocial da
profissão e possíveis
problemas de autoestima.
A profissão docente e suas
demandas
O EDUCADOR ESTÁ
SUSCETÍVEL NO
EXERCÍCIO
DE SUA PROFISSÃO
• CRENÇAS DE
AUTOEFICÁCIA
Autoeficácia é contextual
• AMBIENTE DE
TRABALHO
Condições de trabalho,
rede de suporte,
demanda de trabalho,
clima de sala de aula
etc.
• DEMANDAS
ESPECÍFICAS
Comunicação e
relacionamento
interpessoal
• DESENVOLVIMENTO
SOCIOEMOCIONAL
Para lidar com as demandas
específicas da prática profissional
CONHECIMENTO E
DESENVOLVIMENTO
COGNITIVO
DESEMPENHO DO
EDUCADOR
Gestão da sala de aula
Planejamento didático
Práticas de ensino
• Relacionado diretamente ao desenvolvimento socioemocional
Satisfação do educador em sua prática
Prática diária
EMPATIA
Significa colocar-se no lugar
do outro, de forma a
compreendê-lo e preocupar-
se com suas necessidades e
sentimentos, oferecendo-lhe
apoio.
©Pixabay Free
Praticar uma escuta ativa empática e
uma fala respeitosa
SER ASSERTIVO
Associa-se à capacidade de
afirmar as próprias ideias e
vontades de forma
respeitosa, determinada e
adequada ao contexto.
©Pixabay Free
Criatividade e
Abertura ao
novo
Organização
Foco
Pensamento crítico
Resiliência Emocional
Fotos: Pixabay Free
Para além
da empatia
O QUE VOCÊ APRENDEU OU REAPRENDEU A FAZER NA EDUCAÇÃO
NESSE NOVO TEMPO?
Prática necessária
IMAGINAÇÃO CRIATIVA
Capacidade de gerar novas maneiras de
pensar e agir por meio da
experimentação, aprendendo com seus
erros, ou a partir de uma visão de algo
que não se sabia.
©Pixabay Free
“Saber ensinar não é
transferir conhecimento,
mas criar as possibilidades
para a sua própria
produção ou a sua
construção.”
Paulo Freire
Para inspirar
©Pixabay Free
Qual a resposta para a seguinte equação matemática?
Caminhos e possibilidades
2+2 = ?
Agora vamos mudar um pouco.
Quais as possibilidades que podemos criar para chegar ao seguinte resultado:
Para ampliar os caminhos e
possibilidades
? = 4
Fonte Imagem: https://institutoayrtonsenna.org.br/content/dam/institutoayrtonsenna/documentos/instituto-
ayrton-senna-macrocompetencia-abertura-ao-novo.pdf?utm_source=site&utm_medium=hub-3007.
Os estudantes constroem ideias imagéticas para a criação das soluções de acordo com o
seu repertório de conhecimento e de sua ousadia criativa. Durante o processo de
acompanhamento, a mediação do professor deve lançar mão de recursos e metodologias
que favorecem o estudante de forma ativa nesse processo de ensino e aprendizagem.
Criatividade e Pensamento Crítico
Um olhar para dentro:
autoconhecimento
Praticar o autoconhecimento nos torna capazes de
reconhecer quais estímulos ou situações são
potenciais desencadeadoras de estresse, e ainda
adotar estratégias de autorregulação e autocuidado
que atuem como fatores de proteção.
Para o educador, tanto na rotina profissional ou
situações gerais da vida, o autoconhecimento é
elemento central para ampliar a consciência e
gestão das emoções.
Fonte: https://institutoayrtonsenna.org.br/content/dam/institutoayrtonsenna/documentos/instituto-
ayrton-senna-macrocompetencia-resiliencia-emocional.pdf?utm_source=site&utm_medium=hub-1507
©Freepick _uso_livre
Suas escolhas irão te levar ao seu
Projeto de Vida?
• Qual o seu sonho a curto, médio e longo prazo?
• O que você precisa fazer (ações) para realizá-los?
• Quais as suas potencialidades que podem te ajudar a realizar seu Projeto de Vida?
• Quais os seus desafios e aprendizados que precisam ser potencializados para ajudá-lo?
• Quem faz parte da sua REDE DE APOIO que pode ajudá-lo nessa conquista?
©Pixabay
Free
Jornada do autoconhecimento
Coragem (s.f.)
É quando vivemos com o coração, e não com a cabeça.
É o nosso instinto contra a razão. É lutar contra
chances baixas demais e situações ruins.
É o bicho-papão do próprio bicho-papão, é estratégia
de combate para derrotar o inesperado. É a ação que
refuta a lógica, é o que faz o jogo virar.
Do latim coraticum, significa “coração em ação”.
Fonte: O livro dos ressignificados @akapoeta
João Doederlein
©Pixabay Free
INTENCIONALIDADE
PPP
da Escola
Plano de
aula
Metodologias
ativas
Não é aula de
competência
socioemocional
Autorreflexão
Autoconhecimento
Autonomia
Faz sentido
na vida
Autorregulação
Protagonismo
A vida é no momento presente
“É comum dizer-se que a função das escolas é
preparar as crianças e os adolescentes para a
vida.
Como se a vida fosse algo que irá acontecer em
algum ponto do futuro, depois da formatura,
depois de entrar no mercado de trabalho. [...]
Mas a vida não acontece no futuro.
Ela só acontece no aqui e no agora.
O objetivo da aprendizagem é viver, não é
preparar para um futuro a ser vivido.”
Rubem Alves
©Pixabay Free
Grata pelo encontro!
Que essa jornada de 2024 seja incrível !

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Slides Sextas inclusivas- práticas pedagógicas
Slides Sextas inclusivas- práticas pedagógicasSlides Sextas inclusivas- práticas pedagógicas
Slides Sextas inclusivas- práticas pedagógicasMarily Oliveira
 
Reunião de pais educação infantil
Reunião de pais educação infantilReunião de pais educação infantil
Reunião de pais educação infantilJeovany Anjos
 
Saberes e práticas na ed. infantil
Saberes e práticas na ed. infantilSaberes e práticas na ed. infantil
Saberes e práticas na ed. infantilVIROUCLIPTAQ
 
Família, Escola e Comunidade
Família, Escola e ComunidadeFamília, Escola e Comunidade
Família, Escola e ComunidadeLuúh Reis
 
ACOLHIMENTO AOS GESTORES ESCOLARES NA ABERTURA DO ANO LETIVO
ACOLHIMENTO AOS GESTORES ESCOLARES NA ABERTURA DO ANO LETIVOACOLHIMENTO AOS GESTORES ESCOLARES NA ABERTURA DO ANO LETIVO
ACOLHIMENTO AOS GESTORES ESCOLARES NA ABERTURA DO ANO LETIVOPedagogo Santos
 
Ludicidade
LudicidadeLudicidade
LudicidadeGislaine
 
ALFABETIZAÇÃO MATEMÁTICA
ALFABETIZAÇÃO MATEMÁTICAALFABETIZAÇÃO MATEMÁTICA
ALFABETIZAÇÃO MATEMÁTICALeonarda Macedo
 
Encontro pedagógico
Encontro pedagógicoEncontro pedagógico
Encontro pedagógicoMagda Marques
 
Trabalho coletivo - Trabalho de Equipe, Cooperação, Colaboração como elemento...
Trabalho coletivo - Trabalho de Equipe, Cooperação, Colaboração como elemento...Trabalho coletivo - Trabalho de Equipe, Cooperação, Colaboração como elemento...
Trabalho coletivo - Trabalho de Equipe, Cooperação, Colaboração como elemento...Anaí Peña
 
Desenvolvimento de competências socioemocionais
Desenvolvimento de competências socioemocionaisDesenvolvimento de competências socioemocionais
Desenvolvimento de competências socioemocionaisGrasiela Dourado
 
Slide lara relação família escola
Slide lara relação família escolaSlide lara relação família escola
Slide lara relação família escolaRosana Leite
 
Afetividade na educação infantil
Afetividade na educação infantilAfetividade na educação infantil
Afetividade na educação infantilPessoal
 
Projeto de Intervenção
Projeto de IntervençãoProjeto de Intervenção
Projeto de Intervençãomoniquests
 
Relatorio estagio educação infantil
Relatorio estagio educação infantil Relatorio estagio educação infantil
Relatorio estagio educação infantil filicianunes
 
Projeto parque na Escola
Projeto parque na EscolaProjeto parque na Escola
Projeto parque na Escolaescolamuller
 

Mais procurados (20)

Slides Sextas inclusivas- práticas pedagógicas
Slides Sextas inclusivas- práticas pedagógicasSlides Sextas inclusivas- práticas pedagógicas
Slides Sextas inclusivas- práticas pedagógicas
 
Reunião de pais educação infantil
Reunião de pais educação infantilReunião de pais educação infantil
Reunião de pais educação infantil
 
Oficina de Jogos e Brincadeiras
Oficina de Jogos e BrincadeirasOficina de Jogos e Brincadeiras
Oficina de Jogos e Brincadeiras
 
Formação ppt
Formação pptFormação ppt
Formação ppt
 
Saberes e práticas na ed. infantil
Saberes e práticas na ed. infantilSaberes e práticas na ed. infantil
Saberes e práticas na ed. infantil
 
Planejamento de Aula
Planejamento de AulaPlanejamento de Aula
Planejamento de Aula
 
Família, Escola e Comunidade
Família, Escola e ComunidadeFamília, Escola e Comunidade
Família, Escola e Comunidade
 
Reunião de pais
Reunião de paisReunião de pais
Reunião de pais
 
ACOLHIMENTO AOS GESTORES ESCOLARES NA ABERTURA DO ANO LETIVO
ACOLHIMENTO AOS GESTORES ESCOLARES NA ABERTURA DO ANO LETIVOACOLHIMENTO AOS GESTORES ESCOLARES NA ABERTURA DO ANO LETIVO
ACOLHIMENTO AOS GESTORES ESCOLARES NA ABERTURA DO ANO LETIVO
 
Projeto politico pedagogico PPP
Projeto politico pedagogico PPPProjeto politico pedagogico PPP
Projeto politico pedagogico PPP
 
Ludicidade
LudicidadeLudicidade
Ludicidade
 
ALFABETIZAÇÃO MATEMÁTICA
ALFABETIZAÇÃO MATEMÁTICAALFABETIZAÇÃO MATEMÁTICA
ALFABETIZAÇÃO MATEMÁTICA
 
Encontro pedagógico
Encontro pedagógicoEncontro pedagógico
Encontro pedagógico
 
Trabalho coletivo - Trabalho de Equipe, Cooperação, Colaboração como elemento...
Trabalho coletivo - Trabalho de Equipe, Cooperação, Colaboração como elemento...Trabalho coletivo - Trabalho de Equipe, Cooperação, Colaboração como elemento...
Trabalho coletivo - Trabalho de Equipe, Cooperação, Colaboração como elemento...
 
Desenvolvimento de competências socioemocionais
Desenvolvimento de competências socioemocionaisDesenvolvimento de competências socioemocionais
Desenvolvimento de competências socioemocionais
 
Slide lara relação família escola
Slide lara relação família escolaSlide lara relação família escola
Slide lara relação família escola
 
Afetividade na educação infantil
Afetividade na educação infantilAfetividade na educação infantil
Afetividade na educação infantil
 
Projeto de Intervenção
Projeto de IntervençãoProjeto de Intervenção
Projeto de Intervenção
 
Relatorio estagio educação infantil
Relatorio estagio educação infantil Relatorio estagio educação infantil
Relatorio estagio educação infantil
 
Projeto parque na Escola
Projeto parque na EscolaProjeto parque na Escola
Projeto parque na Escola
 

Semelhante a EDUCAR PARA NOVOS TEMPOS.pptx

Palestra Valores Humanosna EducaçãO[1]
Palestra Valores Humanosna EducaçãO[1]Palestra Valores Humanosna EducaçãO[1]
Palestra Valores Humanosna EducaçãO[1]Liviamandelli
 
Palestra Valores Humanosna EducaçãO[1]
Palestra Valores Humanosna EducaçãO[1]Palestra Valores Humanosna EducaçãO[1]
Palestra Valores Humanosna EducaçãO[1]Liviamandelli
 
Eloiza schumacher palestra-valores_cotidiano_escola
Eloiza schumacher palestra-valores_cotidiano_escolaEloiza schumacher palestra-valores_cotidiano_escola
Eloiza schumacher palestra-valores_cotidiano_escolaVerinha Regina
 
Planejamento, execucao e avaliacao no ensino a busca de um desejo luckesi
Planejamento, execucao e avaliacao no ensino a busca de um desejo   luckesiPlanejamento, execucao e avaliacao no ensino a busca de um desejo   luckesi
Planejamento, execucao e avaliacao no ensino a busca de um desejo luckesibarbara martins
 
A educação espiritualizada e suas implicações no fazer pedagógico
A educação espiritualizada e suas implicações no fazer pedagógicoA educação espiritualizada e suas implicações no fazer pedagógico
A educação espiritualizada e suas implicações no fazer pedagógicoeducacaofederal
 
Estímulo e motivação no processo de aprendizagem
Estímulo e motivação no processo de aprendizagemEstímulo e motivação no processo de aprendizagem
Estímulo e motivação no processo de aprendizagemDalila Melo
 
ApresentaçãO1vff12507sol Vera Fascio Fascio
ApresentaçãO1vff12507sol Vera Fascio FascioApresentaçãO1vff12507sol Vera Fascio Fascio
ApresentaçãO1vff12507sol Vera Fascio Fasciocefaprotga
 
Buriti mirim santa quiteria ii
Buriti mirim   santa quiteria iiBuriti mirim   santa quiteria ii
Buriti mirim santa quiteria iiyara raquel correa
 
Escola Brincadeira & InfâNcia
Escola Brincadeira & InfâNciaEscola Brincadeira & InfâNcia
Escola Brincadeira & InfâNciaREGINALDO K. FARIA
 
Teoria das Múltiplas Inteligências
Teoria das Múltiplas InteligênciasTeoria das Múltiplas Inteligências
Teoria das Múltiplas InteligênciasKátia Rumbelsperger
 
Tempo De Dialogar TemperançA
Tempo De Dialogar   TemperançATempo De Dialogar   TemperançA
Tempo De Dialogar TemperançAJuliana Bazanelli
 
EBOOK GRATUITO - 5 competências es Essenciais do Mindfulness na Educação .pdf
EBOOK GRATUITO - 5 competências es Essenciais do Mindfulness na Educação .pdfEBOOK GRATUITO - 5 competências es Essenciais do Mindfulness na Educação .pdf
EBOOK GRATUITO - 5 competências es Essenciais do Mindfulness na Educação .pdfSusana Monteiro
 
Tempo De Dialogar TemperançA
Tempo De Dialogar   TemperançATempo De Dialogar   TemperançA
Tempo De Dialogar TemperançAJuliana Bazanelli
 
Curso introdu o_educa_o__77366 (1)
Curso introdu o_educa_o__77366 (1)Curso introdu o_educa_o__77366 (1)
Curso introdu o_educa_o__77366 (1)julianabtu2017
 
Módulo: Como ouvir a voz da sabedoria interior
Módulo: Como ouvir a voz da sabedoria interiorMódulo: Como ouvir a voz da sabedoria interior
Módulo: Como ouvir a voz da sabedoria interiorJocilaine Moreira
 
Uma visão cristã dos quatro pilares da educação
Uma visão cristã dos quatro pilares da educaçãoUma visão cristã dos quatro pilares da educação
Uma visão cristã dos quatro pilares da educaçãoAmor pela EBD
 

Semelhante a EDUCAR PARA NOVOS TEMPOS.pptx (20)

Sentipensar 0207
Sentipensar 0207Sentipensar 0207
Sentipensar 0207
 
Palestra Valores Humanosna EducaçãO[1]
Palestra Valores Humanosna EducaçãO[1]Palestra Valores Humanosna EducaçãO[1]
Palestra Valores Humanosna EducaçãO[1]
 
Palestra Valores Humanosna EducaçãO[1]
Palestra Valores Humanosna EducaçãO[1]Palestra Valores Humanosna EducaçãO[1]
Palestra Valores Humanosna EducaçãO[1]
 
Como aprendemos
Como aprendemosComo aprendemos
Como aprendemos
 
Ebook Mentoria IPE - Encontre um propósito.pdf
Ebook Mentoria IPE - Encontre um propósito.pdfEbook Mentoria IPE - Encontre um propósito.pdf
Ebook Mentoria IPE - Encontre um propósito.pdf
 
Eloiza schumacher palestra-valores_cotidiano_escola
Eloiza schumacher palestra-valores_cotidiano_escolaEloiza schumacher palestra-valores_cotidiano_escola
Eloiza schumacher palestra-valores_cotidiano_escola
 
Planejamento, execucao e avaliacao no ensino a busca de um desejo luckesi
Planejamento, execucao e avaliacao no ensino a busca de um desejo   luckesiPlanejamento, execucao e avaliacao no ensino a busca de um desejo   luckesi
Planejamento, execucao e avaliacao no ensino a busca de um desejo luckesi
 
A educação espiritualizada e suas implicações no fazer pedagógico
A educação espiritualizada e suas implicações no fazer pedagógicoA educação espiritualizada e suas implicações no fazer pedagógico
A educação espiritualizada e suas implicações no fazer pedagógico
 
Estímulo e motivação no processo de aprendizagem
Estímulo e motivação no processo de aprendizagemEstímulo e motivação no processo de aprendizagem
Estímulo e motivação no processo de aprendizagem
 
ApresentaçãO1vff12507sol Vera Fascio Fascio
ApresentaçãO1vff12507sol Vera Fascio FascioApresentaçãO1vff12507sol Vera Fascio Fascio
ApresentaçãO1vff12507sol Vera Fascio Fascio
 
Buriti mirim santa quiteria ii
Buriti mirim   santa quiteria iiBuriti mirim   santa quiteria ii
Buriti mirim santa quiteria ii
 
Escola Brincadeira & InfâNcia
Escola Brincadeira & InfâNciaEscola Brincadeira & InfâNcia
Escola Brincadeira & InfâNcia
 
Teoria das Múltiplas Inteligências
Teoria das Múltiplas InteligênciasTeoria das Múltiplas Inteligências
Teoria das Múltiplas Inteligências
 
Documento de ma (4)
Documento de ma (4)Documento de ma (4)
Documento de ma (4)
 
Tempo De Dialogar TemperançA
Tempo De Dialogar   TemperançATempo De Dialogar   TemperançA
Tempo De Dialogar TemperançA
 
EBOOK GRATUITO - 5 competências es Essenciais do Mindfulness na Educação .pdf
EBOOK GRATUITO - 5 competências es Essenciais do Mindfulness na Educação .pdfEBOOK GRATUITO - 5 competências es Essenciais do Mindfulness na Educação .pdf
EBOOK GRATUITO - 5 competências es Essenciais do Mindfulness na Educação .pdf
 
Tempo De Dialogar TemperançA
Tempo De Dialogar   TemperançATempo De Dialogar   TemperançA
Tempo De Dialogar TemperançA
 
Curso introdu o_educa_o__77366 (1)
Curso introdu o_educa_o__77366 (1)Curso introdu o_educa_o__77366 (1)
Curso introdu o_educa_o__77366 (1)
 
Módulo: Como ouvir a voz da sabedoria interior
Módulo: Como ouvir a voz da sabedoria interiorMódulo: Como ouvir a voz da sabedoria interior
Módulo: Como ouvir a voz da sabedoria interior
 
Uma visão cristã dos quatro pilares da educação
Uma visão cristã dos quatro pilares da educaçãoUma visão cristã dos quatro pilares da educação
Uma visão cristã dos quatro pilares da educação
 

Mais de CRISTINA380470

DENOTAÇÃO_ CONOTAÇÃO 1 ANO_ ensino médio
DENOTAÇÃO_ CONOTAÇÃO 1 ANO_ ensino médioDENOTAÇÃO_ CONOTAÇÃO 1 ANO_ ensino médio
DENOTAÇÃO_ CONOTAÇÃO 1 ANO_ ensino médioCRISTINA380470
 
PERRY ART Power Point 9 -12.ppt_ ANA ___
PERRY ART Power Point 9 -12.ppt_ ANA ___PERRY ART Power Point 9 -12.ppt_ ANA ___
PERRY ART Power Point 9 -12.ppt_ ANA ___CRISTINA380470
 
SLIDE SOBRE MULHER_ GêNERO_ RACISMO0.pptx
SLIDE SOBRE MULHER_ GêNERO_ RACISMO0.pptxSLIDE SOBRE MULHER_ GêNERO_ RACISMO0.pptx
SLIDE SOBRE MULHER_ GêNERO_ RACISMO0.pptxCRISTINA380470
 
Redes sociais hoje em dia. Como identificar o uso.
Redes sociais hoje em dia. Como identificar o uso.Redes sociais hoje em dia. Como identificar o uso.
Redes sociais hoje em dia. Como identificar o uso.CRISTINA380470
 
FATORES INTERPESSOAIS E SOCIOAMBIENTAIS DO PROCESSO DE ENSINO-APRENDIZAGEM.ppt
FATORES INTERPESSOAIS E SOCIOAMBIENTAIS DO PROCESSO DE ENSINO-APRENDIZAGEM.pptFATORES INTERPESSOAIS E SOCIOAMBIENTAIS DO PROCESSO DE ENSINO-APRENDIZAGEM.ppt
FATORES INTERPESSOAIS E SOCIOAMBIENTAIS DO PROCESSO DE ENSINO-APRENDIZAGEM.pptCRISTINA380470
 

Mais de CRISTINA380470 (7)

DENOTAÇÃO_ CONOTAÇÃO 1 ANO_ ensino médio
DENOTAÇÃO_ CONOTAÇÃO 1 ANO_ ensino médioDENOTAÇÃO_ CONOTAÇÃO 1 ANO_ ensino médio
DENOTAÇÃO_ CONOTAÇÃO 1 ANO_ ensino médio
 
PERRY ART Power Point 9 -12.ppt_ ANA ___
PERRY ART Power Point 9 -12.ppt_ ANA ___PERRY ART Power Point 9 -12.ppt_ ANA ___
PERRY ART Power Point 9 -12.ppt_ ANA ___
 
SLIDE SOBRE MULHER_ GêNERO_ RACISMO0.pptx
SLIDE SOBRE MULHER_ GêNERO_ RACISMO0.pptxSLIDE SOBRE MULHER_ GêNERO_ RACISMO0.pptx
SLIDE SOBRE MULHER_ GêNERO_ RACISMO0.pptx
 
Redes sociais hoje em dia. Como identificar o uso.
Redes sociais hoje em dia. Como identificar o uso.Redes sociais hoje em dia. Como identificar o uso.
Redes sociais hoje em dia. Como identificar o uso.
 
FATORES INTERPESSOAIS E SOCIOAMBIENTAIS DO PROCESSO DE ENSINO-APRENDIZAGEM.ppt
FATORES INTERPESSOAIS E SOCIOAMBIENTAIS DO PROCESSO DE ENSINO-APRENDIZAGEM.pptFATORES INTERPESSOAIS E SOCIOAMBIENTAIS DO PROCESSO DE ENSINO-APRENDIZAGEM.ppt
FATORES INTERPESSOAIS E SOCIOAMBIENTAIS DO PROCESSO DE ENSINO-APRENDIZAGEM.ppt
 
future tenses.pdf
future tenses.pdffuture tenses.pdf
future tenses.pdf
 
RELATIVE PRONOUNS
RELATIVE PRONOUNSRELATIVE PRONOUNS
RELATIVE PRONOUNS
 

Último

ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptxÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptxDeyvidBriel
 
PRIMEIRO---RCP - DEA - BLS estudos - basico
PRIMEIRO---RCP - DEA - BLS estudos - basicoPRIMEIRO---RCP - DEA - BLS estudos - basico
PRIMEIRO---RCP - DEA - BLS estudos - basicoSilvaDias3
 
637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 ano
637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 ano637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 ano
637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 anoAdelmaTorres2
 
Educação São Paulo centro de mídias da SP
Educação São Paulo centro de mídias da SPEducação São Paulo centro de mídias da SP
Educação São Paulo centro de mídias da SPanandatss1
 
QUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptx
QUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptxQUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptx
QUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptxIsabellaGomes58
 
Slides Lição 4, CPAD, Como se Conduzir na Caminhada, 2Tr24.pptx
Slides Lição 4, CPAD, Como se Conduzir na Caminhada, 2Tr24.pptxSlides Lição 4, CPAD, Como se Conduzir na Caminhada, 2Tr24.pptx
Slides Lição 4, CPAD, Como se Conduzir na Caminhada, 2Tr24.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
PRÉ-MODERNISMO - GUERRA DE CANUDOS E OS SERTÕES
PRÉ-MODERNISMO - GUERRA DE CANUDOS E OS SERTÕESPRÉ-MODERNISMO - GUERRA DE CANUDOS E OS SERTÕES
PRÉ-MODERNISMO - GUERRA DE CANUDOS E OS SERTÕESpatriciasofiacunha18
 
PPT _ Módulo 3_Direito Comercial_2023_2024.pdf
PPT _ Módulo 3_Direito Comercial_2023_2024.pdfPPT _ Módulo 3_Direito Comercial_2023_2024.pdf
PPT _ Módulo 3_Direito Comercial_2023_2024.pdfAnaGonalves804156
 
QUIZ DE MATEMATICA SHOW DO MILHÃO PREPARAÇÃO ÇPARA AVALIAÇÕES EXTERNAS
QUIZ DE MATEMATICA SHOW DO MILHÃO PREPARAÇÃO ÇPARA AVALIAÇÕES EXTERNASQUIZ DE MATEMATICA SHOW DO MILHÃO PREPARAÇÃO ÇPARA AVALIAÇÕES EXTERNAS
QUIZ DE MATEMATICA SHOW DO MILHÃO PREPARAÇÃO ÇPARA AVALIAÇÕES EXTERNASEdinardo Aguiar
 
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileirosMary Alvarenga
 
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptx
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptxSlide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptx
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptxconcelhovdragons
 
TREINAMENTO - BOAS PRATICAS DE HIGIENE NA COZINHA.ppt
TREINAMENTO - BOAS PRATICAS DE HIGIENE NA COZINHA.pptTREINAMENTO - BOAS PRATICAS DE HIGIENE NA COZINHA.ppt
TREINAMENTO - BOAS PRATICAS DE HIGIENE NA COZINHA.pptAlineSilvaPotuk
 
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdf
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdfCultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdf
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdfaulasgege
 
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão LinguísticaA Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão LinguísticaFernanda Ledesma
 
Bingo da potenciação e radiciação de números inteiros
Bingo da potenciação e radiciação de números inteirosBingo da potenciação e radiciação de números inteiros
Bingo da potenciação e radiciação de números inteirosAntnyoAllysson
 
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptxBaladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptxacaciocarmo1
 
As Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptx
As Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptxAs Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptx
As Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptxAlexandreFrana33
 
Geometria 5to Educacion Primaria EDU Ccesa007.pdf
Geometria  5to Educacion Primaria EDU  Ccesa007.pdfGeometria  5to Educacion Primaria EDU  Ccesa007.pdf
Geometria 5to Educacion Primaria EDU Ccesa007.pdfDemetrio Ccesa Rayme
 
Prática de interpretação de imagens de satélite no QGIS
Prática de interpretação de imagens de satélite no QGISPrática de interpretação de imagens de satélite no QGIS
Prática de interpretação de imagens de satélite no QGISVitor Vieira Vasconcelos
 
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...Martin M Flynn
 

Último (20)

ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptxÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
 
PRIMEIRO---RCP - DEA - BLS estudos - basico
PRIMEIRO---RCP - DEA - BLS estudos - basicoPRIMEIRO---RCP - DEA - BLS estudos - basico
PRIMEIRO---RCP - DEA - BLS estudos - basico
 
637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 ano
637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 ano637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 ano
637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 ano
 
Educação São Paulo centro de mídias da SP
Educação São Paulo centro de mídias da SPEducação São Paulo centro de mídias da SP
Educação São Paulo centro de mídias da SP
 
QUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptx
QUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptxQUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptx
QUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptx
 
Slides Lição 4, CPAD, Como se Conduzir na Caminhada, 2Tr24.pptx
Slides Lição 4, CPAD, Como se Conduzir na Caminhada, 2Tr24.pptxSlides Lição 4, CPAD, Como se Conduzir na Caminhada, 2Tr24.pptx
Slides Lição 4, CPAD, Como se Conduzir na Caminhada, 2Tr24.pptx
 
PRÉ-MODERNISMO - GUERRA DE CANUDOS E OS SERTÕES
PRÉ-MODERNISMO - GUERRA DE CANUDOS E OS SERTÕESPRÉ-MODERNISMO - GUERRA DE CANUDOS E OS SERTÕES
PRÉ-MODERNISMO - GUERRA DE CANUDOS E OS SERTÕES
 
PPT _ Módulo 3_Direito Comercial_2023_2024.pdf
PPT _ Módulo 3_Direito Comercial_2023_2024.pdfPPT _ Módulo 3_Direito Comercial_2023_2024.pdf
PPT _ Módulo 3_Direito Comercial_2023_2024.pdf
 
QUIZ DE MATEMATICA SHOW DO MILHÃO PREPARAÇÃO ÇPARA AVALIAÇÕES EXTERNAS
QUIZ DE MATEMATICA SHOW DO MILHÃO PREPARAÇÃO ÇPARA AVALIAÇÕES EXTERNASQUIZ DE MATEMATICA SHOW DO MILHÃO PREPARAÇÃO ÇPARA AVALIAÇÕES EXTERNAS
QUIZ DE MATEMATICA SHOW DO MILHÃO PREPARAÇÃO ÇPARA AVALIAÇÕES EXTERNAS
 
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros
 
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptx
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptxSlide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptx
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptx
 
TREINAMENTO - BOAS PRATICAS DE HIGIENE NA COZINHA.ppt
TREINAMENTO - BOAS PRATICAS DE HIGIENE NA COZINHA.pptTREINAMENTO - BOAS PRATICAS DE HIGIENE NA COZINHA.ppt
TREINAMENTO - BOAS PRATICAS DE HIGIENE NA COZINHA.ppt
 
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdf
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdfCultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdf
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdf
 
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão LinguísticaA Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
 
Bingo da potenciação e radiciação de números inteiros
Bingo da potenciação e radiciação de números inteirosBingo da potenciação e radiciação de números inteiros
Bingo da potenciação e radiciação de números inteiros
 
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptxBaladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
 
As Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptx
As Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptxAs Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptx
As Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptx
 
Geometria 5to Educacion Primaria EDU Ccesa007.pdf
Geometria  5to Educacion Primaria EDU  Ccesa007.pdfGeometria  5to Educacion Primaria EDU  Ccesa007.pdf
Geometria 5to Educacion Primaria EDU Ccesa007.pdf
 
Prática de interpretação de imagens de satélite no QGIS
Prática de interpretação de imagens de satélite no QGISPrática de interpretação de imagens de satélite no QGIS
Prática de interpretação de imagens de satélite no QGIS
 
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
 

EDUCAR PARA NOVOS TEMPOS.pptx

  • 1. Umolhar para o desenvolvimento socioemocional Educar para novos tempos: a escola que ensina e que acolhe para o futuro
  • 2. Para acolher Buscando o sentido O sentido, acho, é a entidade mais misteriosa do universo. Relação, não coisa, entre a consciência, a vivência e as coisas e os eventos. O sentido dos gestos. O sentido dos produtos. O sentido do ato de existir. Me recuso (sic) a viver num mundo sem sentido. Estes anseios/ensaios são incursões em busca do sentido. Por isso o próprio da natureza do sentido: ele não existe nas coisas, tem que ser buscado, numa busca que é sua própria fundação. Só buscar o sentido faz, realmente, sentido. Tirando isso, não tem sentido. Paulo Leminski Filho foi um escritor, poeta, crítico literário, tradutor e professor brasileiro.
  • 3. Viver com sentido “O ser humano é o único ser vivente que se pergunta sobre o sentido de sua vida. Educar para sentir e ter sentido, para cuidar e cuidar- se, para viver com sentido cada instante da nossa vida. Somos humanos porque sentimos e não apenas porque pensamos. Somos parte de um todo em construção e reconstrução.” Citação retirada do Livro BONITEZA DE UM SONHO Ensinar-e-aprender com sentido Moacir Gadotti ©PixabayFree
  • 4. O desenvolvimento de competências “...a BNCC indica que as decisões pedagógicas devem estar orientadas para o desenvolvimento de competências. Por meio da indicação clara do que os alunos devem “saber” (considerando a constituição de conhecimentos, habilidades, atitudes e valores) e, sobretudo, do que devem “saber fazer” (considerando a mobilização desses conhecimentos, habilidades, atitudes e valores para resolver demandas complexas da vida cotidiana, do pleno exercício da cidadania e do mundo do trabalho), a explicitação das competências oferece referências para o fortalecimento de ações que assegurem as aprendizagens essenciais definidas na BNCC.” Pág. 13
  • 5. 10Competências Gerais da BNCC Fonte: Movimento pela Base
  • 6. A construção do Projeto de Vida “...a BNCC propõe a superação da fragmentação radicalmente disciplinar do conhecimento, o estímulo à sua aplicação na vida real, a importância do contexto para dar sentido ao que se aprende e o protagonismo do estudante em sua aprendizagem e na construção de seu projeto de vida.” Pág.15
  • 7. Ensinar é mobilizar o desejo de aprender Mais importante do que saber é nunca perder a capacidade de aprender. “Saber é saborear”, diz Rubem Alves. O novo profissional da educação deve romper o divórcio entre a vida escolar e o prazer. Para ensinar são necessárias principalmente duas coisas: a) gostar de aprender,ter prazer em ensinar, como um jardineiro que cuida com emoção do seu jardim, de sua roça; b) amar o aprendente (criança, adolescente, adulto, idoso). Só aprendemos quando aquilo que aprendemos é “significativo” (Piaget) para nós e nos envolvemos profundamente no que aprendemos. O que aprendemos deve fazer parte do nosso projeto de vida. É preciso gostar de ser professor (autoestima) para ensinar. Citação retirada do Livro BONITEZA DE UM SONHO Ensinar-e-aprender com sentido Moacir Gadotti - Pág.54
  • 8. O papel do educador na Educação Integral De transmissor para mediador do processo ensino e aprendizagem. Considera: • a importância dos conhecimentos prévios dos estudantes; • a conexão dos conteúdos com o mundo e o cotidiano; • a interação e a experiência como elemento central na construção dos saberes. O compromisso da escola amplia-se de uma formação moral e intelectual para uma formação humana mais completa e integrada.
  • 9. Profissional do encantamento O novo professor é também um profissional do encantamento. Num mundo de desencanto e de agressividade crescentes, o novo professor tem um papel biófilo. É um promotor da vida, do bem viver, educa para a paz e a sustentabilidade. Não podemos abrir mão de uma antiga lição: a educação é ao mesmo tempo ciência e arte. A arte é a “técnica da emoção” (Vygotski). O novo profissional da educação é também um profissional que domina a arte de reencantar, de despertar nas pessoas a capacidade de engajar- se e mudar. Citação retirada do Livro BONITEZA DE UM SONHO Ensinar-e-aprender com sentido Moacir Gadotti ©Pixabay Free
  • 10. O que faz seu coração vibrar ao trabalhar com Educação? Para refletir e compartilhar ©Pixabay Free
  • 11. Para manter a vibração Entusiasmo Significa envolver-se ativamente com a vida e com outras pessoas de uma forma positiva, alegre e afirmativa, isto é, ter empolgação e paixão pelas atividades diárias e empregar energia para executá- las. Fonte: Instituto Ayrton Senna Material Engajamento com os outros 2020 ©Pixabay Free
  • 12. Possuir intensas demandas no âmbito relacional que reclamam uma eficiente gestão emocional. Ser fator de impacto de reformas educacionais e transformações sociais e políticas. Apresentar significativos problemas mentais como estresse, Síndrome de Burnout, depressão, ansiedade, etc. Estar sujeito a desvalorizaçãosocial da profissão e possíveis problemas de autoestima. A profissão docente e suas demandas O EDUCADOR ESTÁ SUSCETÍVEL NO EXERCÍCIO DE SUA PROFISSÃO
  • 13. • CRENÇAS DE AUTOEFICÁCIA Autoeficácia é contextual • AMBIENTE DE TRABALHO Condições de trabalho, rede de suporte, demanda de trabalho, clima de sala de aula etc. • DEMANDAS ESPECÍFICAS Comunicação e relacionamento interpessoal • DESENVOLVIMENTO SOCIOEMOCIONAL Para lidar com as demandas específicas da prática profissional CONHECIMENTO E DESENVOLVIMENTO COGNITIVO DESEMPENHO DO EDUCADOR Gestão da sala de aula Planejamento didático Práticas de ensino • Relacionado diretamente ao desenvolvimento socioemocional Satisfação do educador em sua prática
  • 14. Prática diária EMPATIA Significa colocar-se no lugar do outro, de forma a compreendê-lo e preocupar- se com suas necessidades e sentimentos, oferecendo-lhe apoio. ©Pixabay Free
  • 15. Praticar uma escuta ativa empática e uma fala respeitosa SER ASSERTIVO Associa-se à capacidade de afirmar as próprias ideias e vontades de forma respeitosa, determinada e adequada ao contexto. ©Pixabay Free
  • 16. Criatividade e Abertura ao novo Organização Foco Pensamento crítico Resiliência Emocional Fotos: Pixabay Free Para além da empatia
  • 17. O QUE VOCÊ APRENDEU OU REAPRENDEU A FAZER NA EDUCAÇÃO NESSE NOVO TEMPO?
  • 18. Prática necessária IMAGINAÇÃO CRIATIVA Capacidade de gerar novas maneiras de pensar e agir por meio da experimentação, aprendendo com seus erros, ou a partir de uma visão de algo que não se sabia. ©Pixabay Free
  • 19. “Saber ensinar não é transferir conhecimento, mas criar as possibilidades para a sua própria produção ou a sua construção.” Paulo Freire Para inspirar ©Pixabay Free
  • 20. Qual a resposta para a seguinte equação matemática? Caminhos e possibilidades 2+2 = ?
  • 21. Agora vamos mudar um pouco. Quais as possibilidades que podemos criar para chegar ao seguinte resultado: Para ampliar os caminhos e possibilidades ? = 4
  • 22. Fonte Imagem: https://institutoayrtonsenna.org.br/content/dam/institutoayrtonsenna/documentos/instituto- ayrton-senna-macrocompetencia-abertura-ao-novo.pdf?utm_source=site&utm_medium=hub-3007. Os estudantes constroem ideias imagéticas para a criação das soluções de acordo com o seu repertório de conhecimento e de sua ousadia criativa. Durante o processo de acompanhamento, a mediação do professor deve lançar mão de recursos e metodologias que favorecem o estudante de forma ativa nesse processo de ensino e aprendizagem. Criatividade e Pensamento Crítico
  • 23. Um olhar para dentro: autoconhecimento Praticar o autoconhecimento nos torna capazes de reconhecer quais estímulos ou situações são potenciais desencadeadoras de estresse, e ainda adotar estratégias de autorregulação e autocuidado que atuem como fatores de proteção. Para o educador, tanto na rotina profissional ou situações gerais da vida, o autoconhecimento é elemento central para ampliar a consciência e gestão das emoções. Fonte: https://institutoayrtonsenna.org.br/content/dam/institutoayrtonsenna/documentos/instituto- ayrton-senna-macrocompetencia-resiliencia-emocional.pdf?utm_source=site&utm_medium=hub-1507 ©Freepick _uso_livre
  • 24. Suas escolhas irão te levar ao seu Projeto de Vida? • Qual o seu sonho a curto, médio e longo prazo? • O que você precisa fazer (ações) para realizá-los? • Quais as suas potencialidades que podem te ajudar a realizar seu Projeto de Vida? • Quais os seus desafios e aprendizados que precisam ser potencializados para ajudá-lo? • Quem faz parte da sua REDE DE APOIO que pode ajudá-lo nessa conquista? ©Pixabay Free
  • 25. Jornada do autoconhecimento Coragem (s.f.) É quando vivemos com o coração, e não com a cabeça. É o nosso instinto contra a razão. É lutar contra chances baixas demais e situações ruins. É o bicho-papão do próprio bicho-papão, é estratégia de combate para derrotar o inesperado. É a ação que refuta a lógica, é o que faz o jogo virar. Do latim coraticum, significa “coração em ação”. Fonte: O livro dos ressignificados @akapoeta João Doederlein ©Pixabay Free
  • 26. INTENCIONALIDADE PPP da Escola Plano de aula Metodologias ativas Não é aula de competência socioemocional Autorreflexão Autoconhecimento Autonomia Faz sentido na vida Autorregulação Protagonismo
  • 27. A vida é no momento presente “É comum dizer-se que a função das escolas é preparar as crianças e os adolescentes para a vida. Como se a vida fosse algo que irá acontecer em algum ponto do futuro, depois da formatura, depois de entrar no mercado de trabalho. [...] Mas a vida não acontece no futuro. Ela só acontece no aqui e no agora. O objetivo da aprendizagem é viver, não é preparar para um futuro a ser vivido.” Rubem Alves ©Pixabay Free
  • 28. Grata pelo encontro! Que essa jornada de 2024 seja incrível !