[Café com BPM Setor Público] Estratégia

606 visualizações

Publicada em

O evento, realizado pela EloGroup e direcionado a profissionais de gestão e tecnologia, teve como objetivo discutir novas ideias, métodos e experiências que repensem como transformar uma organização e apresentar casos práticos de implementação em organizações públicas e privadas.

Publicada em: Negócios
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
606
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
142
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
27
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

[Café com BPM Setor Público] Estratégia

  1. 1. Rio de Janeiro | São Paulo | Belo Horizonte | Brasília | Como Prospectar e Priorizar uma Estratégia para Resolução das Lacunas de Valor Público?
  2. 2. Alinhando os Fundamentos
  3. 3. Todo serviço público é composto por um conjunto de regras e processos de negócio... PROCESSOS E REGRAS DE NEGÓCIO ORGANIZAÇÃO
  4. 4. ...realizados por técnicos, analistas, especialistas e gestores..... PROCESSOS E REGRAS DE NEGÓCIO ORGANIZAÇÃO PARCEIROS PESSOAS ESTRUTURA ORGANIZACIONAL
  5. 5. ... suportados por sistemas de informação e infra-estrutura... PROCESSOS E REGRAS DE NEGÓCIO ORGANIZAÇÃO PARCEIROS PESSOAS ESTRUTURA ORGANIZACIONAL TECNOLOGIA INFRAESTRUTURA INFORMAÇÃO
  6. 6. ... com o objetivo de viabilizar a jornada da sociedade! JORNADA DA SOCIEDADE / CLIENTE PROCESSOS E REGRAS DE NEGÓCIO CLIENTEORGANIZAÇÃO PARCEIROS PESSOAS ESTRUTURA ORGANIZACIONAL TECNOLOGIA INFRAESTRUTURA INFORMAÇÃO
  7. 7. Lacuna de Economicidade JORNADA DA SOCIEDADE / CLIENTE PROCESSOS E REGRAS DE NEGÓCIO CLIENTEORGANIZAÇÃO PARCEIROS PESSOAS ESTRUTURA ORGANIZACIONAL TECNOLOGIA INFRAESTRUTURA INFORMAÇÃO Todo serviço público pode ser avaliado por duas dimensões. A primeira é a “lacuna de economicidade”... Custos Com recursos Custo Ótimo
  8. 8. MAG ASS. ASS. COPAWC D.SEC. ano 1 ano 2 ... ano 3 Exemplo: Tarefas realizadas por servidor!
  9. 9. Lacuna de Valor Público JORNADA DA SOCIEDADE / CLIENTE PROCESSOS E REGRAS DE NEGÓCIO CLIENTEORGANIZAÇÃO PARCEIROS PESSOAS ESTRUTURA ORGANIZACIONAL TECNOLOGIA INFRAESTRUTURA INFORMAÇÃO ... E o segundo é a lacuna de valor público. Valor Público Percebido Valor Público “Alvo” Valor Público Desejado
  10. 10. Exemplo: Tempo total de atendimento! MAG ASS. ASS. COPAWC D.SEC. P ano 1 ano 2 ... ano 3
  11. 11. O valor público percebido é construído ao longo de cada etapa de interação na jornada do cidadão/sociedade... JORNADA DA SOCIEDADE / CLIENTE PROCESSOS E REGRAS DE NEGÓCIO CLIENTEORGANIZAÇÃO PARCEIROS PESSOAS ESTRUTURA ORGANIZACIONAL TECNOLOGIA INFRAESTRUTURA INFORMAÇÃO
  12. 12. ...e comparado com o valor público “alvo” para cada uma destas etapas... JORNADA DA SOCIEDADE / CLIENTE PROCESSOS E REGRAS DE NEGÓCIO CLIENTEORGANIZAÇÃO PARCEIROS PESSOAS ESTRUTURA ORGANIZACIONAL TECNOLOGIA INFRAESTRUTURA INFORMAÇÃO
  13. 13. JORNADA DA SOCIEDADE / CLIENTE PROCESSOS E REGRAS DE NEGÓCIO CLIENTEORGANIZAÇÃO PARCEIROS PESSOAS ESTRUTURA ORGANIZACIONAL TECNOLOGIA INFRAESTRUTURA INFORMAÇÃO ... Resultando no que denominamos “Lacuna de Valor Público”
  14. 14. Visão geral 14 JORNADA DA SOCIEDADE / CLIENTE PROCESSOS E REGRAS DE NEGÓCIO CLIENTEORGANIZAÇÃO PARCEIROS PESSOAS ESTRUTURA ORGANIZACIONAL TECNOLOGIA INFRAESTRUTURA INFORMAÇÃO LACUNA DE VALOR PÚBLICO
  15. 15. 1- Como escolher as Lacunas de Valor Pública a serem resolvidas?
  16. 16. PROPOSTA DE VALOR 2 PROPOSTA DE VALOR 3 PROPOSTA DE VALOR 1 MACROPROCESSO 5 MACROPROCESSO 6 MACROCESSO 2 A ideia da “Cadeia de Valor Público” ou “Macro Serviço Público” MACROPROCESSO 1 PROCESSO 1.1 PROCESSO 1.2 PROCESSO 2.1 PROCESSO 2.2 CLIENTE A e B MACROPROCESSO 3 PROCESSO 3.1 PROCESSO 3.2 PROCESSO 3.3 MACROPROCESSO 4 PROCESSO 4.1 PROCESSO 4.2 PROCESSO 5.1 PROCESSO 1.3 PROCESSO 2.3 PROCESSO 3.4 PROCESSO 3.5 PROCESSO 5.2 PROCESSO 6.1 PROCESSO 6.2 CLIENTE A e C CLIENTE B e D
  17. 17. FOCO NO CLIENTE!Hospital Atendimento rápido e tratamento de seus problemas de saúde com qualidade Contribuinte 1- Quem é o cliente? 2- Quais são suas necessidades? 3- O que nosso serviço entrega? Lacunas a serem resolvidas Rápida resolução de seu pedido de justiça Rápida resolução de seu pedido de aposentadoria • 3 anos de tempo médio de resolução de um processo • 180 dias para finalização de um pedido de aposentadoria TribunalAgência Cidadão Paciente • 6 horas de espera para atendimento em emergência • 50% dos pacientes não possuem vaga para tratamento de hemodiálise
  18. 18. Quais são as Lacunas de Valor Pública a serem resolvidas? Falta de vagas para pacientes com necessidade de tratamento de doença renal crônica Extenso tempo de resolução dos processos Extenso tempo de aprovação da aposentaria Hospital Tribunal Agência Órgão Lacuna Meta 2017: Reduzir para 20% de pacientes sem vaga para tratamento 2017: Reduzir para 1 ano em média para resolução de processos 2017: Reduzir o tempo de aprovação da aposentadoria para 60 dias
  19. 19. IMPORTANTE! 1- Foco no cliente 2- Poucas Lacunas, muito importantes 3- Metas quantitativas
  20. 20. Dada a complexidade do ambiente, como priorizar? • Quais lacunas são mais crônicas e estruturais impactando a entrega de diversos serviços? • Quais lacunas, se resolvidas, resultam em um impacto mais significativo em uma maior quantidade de clientes dos serviços? • Quais lacunas estão em alinhamento com Políticas Públicas estabelecidas? • Quais lacunas estão em alinhamento com o Plano de Governo? • Quais lacunas estão em alinhamento com as alianças político-partidárias?
  21. 21. Modelo de Gestão Estratégica do Setor Público • Necessidades dos Clientes • Planos de Campanha/ Alianças Político-Partidárias • Políticas Públicas • Metas Quantitativas SERVIÇO 1 SERVIÇO 2 SERVIÇO 3 Meta 1 Meta 2 Meta 3 FATORES CRÍTICOS DE SUCESSOS Lacunas
  22. 22. 2- Como alinhar toda a organização na resolução das Lacunas de Valor Público?
  23. 23. O sucesso da execução de um Plano Estratégico depende fundamentalmente de três pilares principais: A Escolha de poucas Lacunas de Valor Público, porém muito relevantes O Desdobramento das Lacunas na contribuição de cada área e em ações para resolvê-las A Gestão disciplinada da execução da Estratégia Escolha Desdobramento Gestão
  24. 24. Reduzir para 20% de pacientes sem vaga para tratamento de Doença Renal Crônica até 2017 Como alinhar a organização em torno destes objetivos? Hospital Federal Expandir em 50% o Programa de Saúde da Família com foco nos casos de pressão alta e diabetes Aumentar em 30% o número de leitos para procedimento de hemodiálise Aumentar em 10% a quantidade de transplantes de doador vivo M1 M1.1 M1.2 M1.3 Secretaria de Saúde do MunicResp: Gerência de Atenção à SaúdeResp: Gerência de Atenção à SaúdeResp:
  25. 25. Algumas dimensões importantes de Desdobramento da Estratégia Metas de Órgãos Metas dos serviços de um órgão-mãe que devem ser desdobrados para os diversos órgãos que o compõe. Por exemplo: - Metas do MEC, desdobradas para a EBSERH, desdobradas para os Hospitais Universitários Federais - Metas do MPS, desdobradas para o INSS, desdobradas para as Agências Metas de Áreas Metas dos serviços de um órgão que devem ser desdobrados para suas diversas áreas, sejam finalísticas ou de apoio. Por exemplo: - No caso do INEP, desdobramento para Logística e Avaliação - Em quaisquer órgãos, desdobramento para TI ou Compras Metas Regionais Metas dos serviços de um órgão que devem ser desdobrados para as diversas regiões nas quais o serviço é prestado.
  26. 26. Foco no alinhamento, responsabilização e pactuação! • Deve haver alinhamento direto entre as metas com foco em resolver as Lacunas de Valor Público e as metas dos órgãos, áreas ou regiões • É importante evitar que as metas de órgãos, áreas ou regiões sejam criados de forma independente por interesses locais ou pontuais • Todas as metas, tanto para a Lacuna de Valor Público, quanto as metas desdobradas, devem possuir responsáveis individuais formais para o seu acompanhamento e reporte • Importante haver um evento ou uma reunião de pactuação para formalizar e mobilizar os responsáveis para o atingimento das metas Sem patrocínio e responsabilização, não existe execução da Estratégia!
  27. 27. Modelo de Gestão Estratégica do Setor Público • Necessidades dos Clientes • Planos de Campanha/ Alianças Político-Partidárias • Políticas Públicas • Metas Quantitativas SERVIÇO 1 SERVIÇO 2 SERVIÇO 3 Meta 1 Meta 2 Meta 3 FATORES CRÍTICOS DE SUCESSOS • Desdobramento das metas de cada Serviço Público em Temas, Regiões, Órgãos e Áreas • Definição de Metas Quantitativas • Pactuação e Responsabilização MO 1.1 MO 1.2 LacunasÓrgãosÁreasRegiões MA 1.1 MA 1.2 MR 1.1 MR 1.2 MO 2.1 MO 2.2 MA 2.1 MA 2.2 MR 2.1 MR 2.2 MO 3.1 MO 3.2 MA 3.1 MA 3.2 MR 3.1 MR 3.2
  28. 28. Como desdobrar em Iniciativas e detalhá-las no Orçamento Aumentar em 30% o número de leitos para procedimento de hemodiálise M1.2 SERVIÇO: Atenção à Saúde em Doença Renal Crônica Aumentar em 10% a quantidade de transplantes de doador vivo M1.3 Iniciativa: Implantação de Linha de Cuidado em Doença Renal Crônica Planos de Ação Ações Orçamentárias Programas de Gestão, Manutenção e Serviços ao Estado: Iniciativas do Programa de Gestão, Manutenção e Serviços ao Estado Planos de Ação Ações Orçamentárias LACUNAS DE VALOR PÚBLICO INICIATIVAS PROGRAMA TEMÁTICO OBJETIVOS E METAS INICIATIVAS Iniciativa: declara as transformações a serem realizadas no Serviço Público para resolução da Lacuna de Entrega Pública Planos de Ação: ações para realização das Iniciativas Ações Orçamentárias: sustentam a execução das Iniciativas Despesas destinadas ao apoio e à manutenção da ação governamental. Exemplos: - Assistência Médica - Auxílio Transporte - Capacitação de Servidores
  29. 29. Reduzir para 20% de pacientes sem vaga para tratamento de Doença Renal Crônica até 2017 As Iniciativas podem ser desdobradas em ações a serem implantadas Hospital Federal Expandir em 50% o Programa de Saúde da Família com foco nos casos de pressão alta e diabetes Aumentar em 30% o número de leitos para procedimento de hemodiálise Aumentar em 10% a quantidade de transplantes de doador vivo M1 M1.1 M1.2 M1.3 Secretaria de Saúde do MunicResp: Gerência de Atenção à SaúdeResp: Gerência de Atenção à SaúdeResp: Fora do escopo de responsabilidade do Hospital Federal Iniciativa: Implantação de Linha de Cuidado em Doença Renal Crônica Ação 1: Implantação de turno adicional de procedimento de hemodiálise Ação 2: Aprimoramento dos processos de exames preparatórios para transplantes
  30. 30. Modelo de Gestão Estratégica do Setor Público • Necessidades dos Clientes • Planos de Campanha/ Alianças Político-Partidárias • Políticas Públicas • Metas Quantitativas • Desdobramento das metas em um conjunto de Iniciativas que viabilizem o seu alcance • Detalhamento das Iniciativas em Planos de Ação • Forte vinculação com o PPA por meio de Ações Orçamentárias SERVIÇO 1 SERVIÇO 2 SERVIÇO 3 Meta 1 Meta 2 Meta 3 FATORES CRÍTICOS DE SUCESSOS • Desdobramento das metas de cada Serviço Público em Temas, Regiões, Órgãos e Áreas • Definição de Metas Quantitativas • Pactuação e Responsabilização MO 1.1 MO 1.2 LacunasÓrgãosÁreasRegiões MA 1.1 MA 1.2 MR 1.1 MR 1.2 Iniciativa 1 Iniciativa 2 IniciativasPPA Planos de Ação Ações Orçamentárias MO 2.1 MO 2.2 MA 2.1 MA 2.2 MR 2.1 MR 2.2 Iniciativa 3 Planos de Ação Ações Orçamentárias MO 3.1 MO 3.2 MA 3.1 MA 3.2 MR 3.1 MR 3.2 Iniciativa 4 Iniciativa 5 Planos de Ação Ações Orçamentárias Programas de Gestão, Manutenção e Serviços ao Estado
  31. 31. 3- Como gerir a resolução das Lacunas de Valor Público?
  32. 32. O sucesso da execução de um Plano Estratégico depende fundamentalmente de três pilares principais: A Escolha de poucas Lacunas de Valor Público, porém muito relevantes O Desdobramento das Lacunas na contribuição de cada área e em ações para resolvê-las A Gestão disciplinada da execução da Estratégia Escolha Desdobramento Gestão
  33. 33. Duas componentes são fundamentais ao se discutir a Gestão Estratégica Ritos de Gestão Instrumentos de Gestão Conjunto de reuniões para avaliação do desempenho da execução e do resultado Estratégia e ajustes de rota Conjunto de sistemas, instrumentos de coleta e formas tangíveis de operacionalizar a Gestão Estratégica
  34. 34. Modelo de Gestão Estratégica do Setor Público • Necessidades dos Clientes • Planos de Campanha/ Alianças Político-Partidárias • Políticas Públicas • Metas Quantitativas • Desdobramento das metas em um conjunto de Iniciativas que viabilizem o seu alcance • Detalhamento das Iniciativas em Planos de Ação • Forte vinculação com o PPA por meio de Ações Orçamentárias SERVIÇO 1 SERVIÇO 2 SERVIÇO 3 Meta 1 Meta 2 Meta 3 FATORES CRÍTICOS DE SUCESSOS • Desdobramento das metas de cada Serviço Público em Temas, Regiões, Órgãos e Áreas • Definição de Metas Quantitativas • Pactuação e Responsabilização MO 1.1 MO 1.2 LacunasÓrgãosÁreasRegiões MA 1.1 MA 1.2 MR 1.1 MR 1.2 Iniciativa 1 Iniciativa 2 IniciativasPPA Planos de Ação Ações Orçamentárias Gestão • Formalização de papéis • Formalização de ritos de gestão MO 2.1 MO 2.2 MA 2.1 MA 2.2 MR 2.1 MR 2.2 Iniciativa 4 Iniciativa 5 Planos de Ação Ações Orçamentárias MO 3.1 MO 3.2 MA 3.1 MA 3.2 MR 3.1 MR 3.2 Iniciativa 4 Iniciativa 5 Planos de Ação Ações Orçamentárias Gestor do Serviço 1 Gestor do Serviço 2 Gestor do Serviço 3 Gestores de Entidade Ritos de Gestão Programas de Gestão, Manutenção e Serviços ao Estado
  35. 35. 4- Como repensar o time de gestão na administração pública?
  36. 36. Escritório de Gestão Escritório de Gestão Estratégia Projetos Processos Qualidade SERVIÇO PÚBLICO 1 SERVIÇO PÚBLICO 2 SERVIÇO PÚBLICO 3 SERVIÇO PÚBLICO 4
  37. 37. Escritório de Melhoria do Serviço Publico Escritório de Melhoria do Serviço Público Melhoria Serviço Público 1,2 Melhoria Serviço Público 3,4 Melhoria Serviço Público 5 Melhoria Serviço Público 6,7 e 8 ESTRATÉGIA QUALIDADE PROJETOS PROCESSOS
  38. 38. Escritório de Melhoria do Serviço Publico e o Ciclo de Gestão do Serviço Público Escritório de Melhoria do Serviço Público Melhoria Serviço Público 1,2 Melhoria Serviço Público 3,4 Melhoria Serviço Público 5 Melhoria Serviço Público 6,7 e 8 ESTRATÉGIA QUALIDADE PROJETOS PROCESSOS 5. Monitoramento E Otimização Serviço Público 1. Prospecção e Priorização Estratégica de Lacunas de entregas Publicas 3. Desenvolvimento E Dimensionamento De Pessoas 2. Redesenho do Serviço Publico 4. Desenvolvimento Da Organização 5. Desenvolver Sistemas 6. Desenvolver Infraestrutura 5. Monitoramento E Otimização Serviço Público 1. Prospecção e Priorização Estratégica de Lacunas de entregas Publicas 3. Desenvolvimento E Dimensionamento De Pessoas 2. Redesenho do Serviço Publico 4. Desenvolvimento Da Organização 5. Desenvolver Sistemas 6. Desenvolver Infraestrutura 5. Monitoramento E Otimização Serviço Público 1. Prospecção e Priorização Estratégica de Lacunas de entregas Publicas 3. Desenvolvimento E Dimensionamento De Pessoas 2. Redesenho do Serviço Publico 4. Desenvolvimento Da Organização 5. Desenvolver Sistemas 6. Desenvolver Infraestrutura 5. Monitoramento E Otimização Serviço Público 1. Prospecção e Priorização Estratégica de Lacunas de entregas Publicas 3. Desenvolvimento E Dimensionamento De Pessoas 2. Redesenho do Serviço Publico 4. Desenvolvimento Da Organização 5. Desenvolver Sistemas 6. Desenvolver Infraestrutura

×