Ética e Competência

9.139 visualizações

Publicada em

0 comentários
2 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
9.139
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1.699
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
186
Comentários
0
Gostaram
2
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Ética e Competência

  1. 1. ÉTICA E COMPETÊNCIA “SER COMPETENTE É SABER FAZER BEM O DEVER”
  2. 2. SÍNTESE:  O livro é uma adaptação da dissertação de mestrado de Terezinha Rios. Segundo a autora, seu ponto de partida é a preocupação com a formação do educador.  A autora procura refletir sobre a qualidade do trabalho educativo com destaque para a questão da competência do educador, mais especificamente a da presença de uma dimensão ética.
  3. 3. A FILOSOFIA E A COMPREENSÃO DA REALIDADE: ÉTICA-POLÍTICA- FILOSOFIA DA EDUCAÇÃO  A philo-sophia(amizade-sabedoria) caracteriza-se então como uma reflexão que busca compreender o sentido da realidade, do homem em sua relação com a natureza e com os outros, do trabalho do homem e seus produtos: a cultura e a história.
  4. 4. CONCEITOS  Moral é o conjunto de regras de uma sociedade, que define o comportamento dos indivíduos a partir daquilo que essa coletividade considera bom ou mal, certo ou errado. A moral é sempre uma construção coletiva e os conceitos morais não são necessariamente os mesmos entre os povos, porque podem variar de cultura para cultura, assim como mudam dentro de uma sociedade com o passar do tempo (não esqueça que a moral é sempre cultural).  Ética, por sua vez, é a reflexão crítica que se faz sobre os conceitos e valores morais. Em outras palavras, Ética é a área de conhecimento (uma “ciência”, digamos) dedicada a estudar e refletir sobre os conceitos de certo ou errado, bom ou mal, na busca de regras e orientações que regulem as relações entre as pessoas, sempre buscando o equilíbrio e o respeito.
  5. 5.  Ao investigarmos o fenômeno educativo do ponto de vista da totalidade, procuramos em seus componentes:  Econômico: Vida Material;  Político: Qual poder?;  Ético: Quais valores?
  6. 6. 2- EDUCAÇÃO E SOCIEDADE: PERSPECTIVA POLÍTICA NA PRÁTICA EDUCATIVA Cultura: Mundo transformado pelos homens e mulheres Todos os homens são cultos, na medida em que participam de algum modo da criação cultural, estabelecem certas normas para sua ação, partilham valores e crenças. Tudo isso é resultado do trabalho !!
  7. 7. SOCIEDADE, EDUCAÇÃO, ESCOLA - Em uma sociedade como a nossa a escola é o espaço de transmissão da cultura, do saber acumulado historicamente pelos homens. - O objetivo é o de formar os indivíduos, capacitando-os a participar como agentes na construção dessa sociedade.
  8. 8. A ESCOLA NA SOCIEDADE EM QUE VIVEMOS, TEM SIDO O ESPAÇO DE INSERÇÃO DOS SUJEITOS NOS VALORES E CRENÇAS DA CLASSE DOMINANTE.
  9. 9. CONCEITO DE IDEOLOGIA DA AUTORA  “A ideologia caracteriza-se por dissimular a realidade, apresentando como naturais elementos que na verdade são determinados pelas relações econômicas de produção, por interesses da classe economicamente dominante”.
  10. 10. A AUTORA ENTRA AQUI NO VELHO DEBATE: A ESCOLA É SÓ REPRODUTORA DAS IDEOLOGIAS DOMINANTES?  “ A escola não está fora da sociedade, com uma autonomia absoluta diante dos fatores que estimulam as mudanças sociais, nem muito menos numa relação de subordinação absoluta[...]  A escola tem uma função contraditória- ao mesmo tempo em que é fator de manutenção, ela transforma a cultura.  Temos, portanto, uma dimensão de poder na escola!
  11. 11. FUNÇÃO TÉCNICA E POLÍTICA DA ESCOLA  A função da educação tem uma dimensão técnica e uma dimensão política, dialeticamente relacionadas.  É na articulação do que é especificamente pedagógico com a totalidade do social que se realiza a dimensão política. A ética serve como mediação desses polos.
  12. 12. AS DIMENSÕES DA COMPETÊNCIA DO EDUCADOR  Definição de competência para autora:  Competência: saber fazer bem.  Saber fazer bem tem uma dimensão técnica, a do saber e do saber fazer, isto é, do domínio dos conteúdos e estratégias.
  13. 13. A PRESENÇA DA ÉTICA COMO DIMENSÃO DA COMPETÊNCIA  O núcleo central desse capítulo, relaciona-se a idéia de responsabilidade, que se encontra articulada com a de liberdade, conceito que representa o eixo central da reflexão ética.
  14. 14. COMPETÊNCIA E UTOPIA: PRÁTICA PROFISSIONAL E PROJETO  O educador terá de ser exigente!  Apesar das dificuldades, não devemos ter, nem gerar imobilismo;  Pensar no possível para superar os problemas. “A parte que nos cabe”;
  15. 15. VISÃO QUE PARECE MAIS CORRETA PARA A AUTORA EM RELAÇÃO AOS PROFESSORES. Mediador, pois, na relação professor-aluno, educador-educando, o que se visa é a aquisição do conhecimento. Assim, o professor vai exercendo sua tarefa de estabelecer diálogo com o real.
  16. 16. E OS PROJETOS? O QUE?  “Projetar é relacionar-se com o futuro, é começar a fazê-lo. E só há um momento de fazer o futuro - no presente. O futuro é o que viveremos como presente, quando ele chegar.
  17. 17. Fim! Valeu! alessandrorubens@hotmail .com

×