SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 21
Baixar para ler offline
Painel: Agronegócio, Agricultura
Familiar e a Heterogeneidade
Estrutural do Setor Agrícola Brasileiro
Eduardo Correa Riedel
Presidente da FAMASUL
2
Fonte:SEBRAE – Biblioteca On Line
Agribusiness – Visão e Conceito
Agribusiness (Agronegócio) é um conceito de
economia que inclui o total da soma de todas
as operações envolvidas na manufatura
(fabricação) e distribuição de suprimentos
agrícolas, operação de produção na fazenda;
e o armazenamento, processamento e
distribuição de commodities agrícolas e itens
produzidos a partir delas.
(John Davis e Ray Goldberg; 1957)
3
Fonte:SEBRAE – Biblioteca On Line
Principais Setores do Agronegócio
• “Antes da Porteira”: Insumos, bens de produção
e serviços para a agropecuária;
• “Dentro da Porteira”: Produção agropecuária;
• “Depois da Porteira”: Processamento
agroindustrial e distribuição.
4
Fonte:FAO e MAPA
Produção Exportação
Açúcar 1º 1º 62% 28.000
Café 1º 1º 28% 1.877
Suco de Laranja 1º 1º 68% 1.978
Álcool 1º 1º 68% 1.524
Complexo Soja 2º 2º 30% 44.297
Carne Bovina 2º 1º 33% 1.231
Carne de Frango 3º 1º 38% 3.630
Milho 3º 3º 12% 10.793
Carne Suína 5º 4º 12,4% 540
Quantidade
Exportada
(mil ton.)
2010
Part. no
Comércio
Mundial
Brasil - Ranking Mundial
2008
Principais Produtos
Brasil – Ranking Mundial
5
Fonte: CEPEA-USP,SUT/CNA, MAPA e IPEA. US$ 1 = R$ 1,84, média Bacen 2008.
Dados de emprego são para 2004.
PIB Brasil 2010
Emprego
Exportações Totais 2010
(21,23%)
PIB Demais setores (78,77%)
US$ 1,634 trilhão
PIB Agronegócio 2010
US$ 440,60 bilhões
Agronegócio
Agricultura
US$308,68 bilhões
(70,1%)
Agronegócio
Pecuária
US$131,92 bilhões
(29,9%)
Demais setores
US$ 125,48 bilhões
(62,1%)
US$ 2,075 trilhão
US$ 201,92 bilhões
Agronegócio
US$ 76,44 bilhões
(37,9%)
Agronegócio
37%
Participação do Agronegócio
Demais setores
(63%)
6
*
Fonte: SUT/CNA e CEPEA/USP.
Evolução do PIB do Agronegócio
57.806 84.203
138.486
206.454
192.651
236.162
248.635
193.215
0
100.000
200.000
300.000
400.000
500.000
600.000
700.000
800.000
2000 2001 2002 2003 2004 2005 2006 2007 2008 2009 2010
Insumos Agropecuária Indústria Distribuição
R$ milhões
582.158
778.161
592.328
704.156
671.358
644.498 674.396
686.616
727.621
775.454
735.276
7
Fonte: SUT/CNA e CEPEA/USP.
-1,62
-0,88
0,58
1,84
0,10
1,75
8,81
6,53
2,55
-4,66
0,45
7,89
6,97
-4,79
5,47
-6,00
-4,00
-2,00
0,00
2,00
4,00
6,00
8,00
10,00
1996 1997 1998 1999 2000 2001 2002 2003 2004 2005 2006 2007 2008 2009 2010
Crescimento anual do PIB do Agronegócio
%
10,39
18
16,68
15,12
25,55
42,71
44,04
14,04
19,77
15,89
20,9
29,7
41,55
43,17
Café Beneficiado
Leite
Milho
Frango
Cana de Açúcar
Soja
Carne Bovina
2010
2009
8
Valor Bruto por Produto
(2009 e 2010*. R$ Bilhões, a preços de 2010)
* Projeção. Fonte: SUT/CNA
-1,98%
-2,72%
+16,24%
+ 38,23%
-4,74%
+ 9,83%
+ 35,13%
9
1.259
4.279
9.716
7.223
11.787
17.240
2.137
5.765
13.776
9.282
13.630
17.107
Milho
Café
Açúcar e Álcool
Produtos Florestais
Carnes
Complexo Soja
2010
2009
41,8%
28,4%
+15,6%
-0,8%
+34,7%
Em milhões de US$
Exportações do Agronegócio
(2009-2010)
Fonte: Balança Comercial/MAPA.
+69,8%
10
Destino das Exportações do Agronegócio
Fonte: Agrostat/MAPA.
43,2%
3,9% 4,6% 3,9% 4,7%
9,3%
16,5%
14,1%
26,7%
1,2%
12,7%
2,8%
8,0%
10,1%
8,5%
30,1%
0%
5%
10%
15%
20%
25%
30%
35%
40%
45%
50%
U.E.27 Outros Demais da
Europa
MERCOSUL África Oriente
Médio
NAFTA Ásia
1997 2010
%
11
Principais Destinos das Exportações do
Agronegócio Brasileiro – 2010
Estados Unidos
5,4%
Rússia
4,1%
China
11,0%
Japão
2,4%
União Européia
20,3%
Fonte: MAPA
12
Fonte: Balança Comercial/MAPA.
Saldo da Balança Comercial
US$ bilhões
-40
-25
-10
5
20
35
50
1991 1992 1993 1994 1995 1996 1997 1998 1999 2000 2001 2002 2003 2004 2005 2006 2007 2008 2009 2010
Agronegócio Outros setores Total
2009 2010 D% 2009 2010 D% 2009 2010
Total Brasil 152.996 201.917 32,0 127.717 181.617 42,2 25.279 20.300
Demais Produtos 88.211 125.476 42,2 117.819 168.230 42,8 -29.608 -42.755
Agronegócio 64.785 76.441 18,0 9.898 13.387 35,2 54.887 63.055
Participação % 42,3 37,9 - 7,7 7,4 - - -
Saldo (US$ milhões)
Importação (US$ milhões)
Exportação (US$ milhões)
5%
1%
15%
48%
31%
13
O Brasil tem mais de 100 milhões de ha para produzir e reduzir a fome
Distribuição Geográfica Brasileira
Áreas Agricultáveis no Brasil
383 milhões ha
Pastagens e Campos
Naturais
172 milhões ha
Lavouras
Temporárias
55 milhões ha
Florestas Cultivadas
5 milhões ha
Lavouras
Permanentes
17 milhões ha
Disponível
106 milhões ha
Fonte: SUT/CNA
14
34,7 37,6
72,1
46,4
78,7
61,7
21,9
29,0
18,4
21,8
9,2
17,9
27,7
23,3
7,3
19,0
7,8
13,4
15,7
10,1
2,2
12,8
4,4 7,0
0%
20%
40%
60%
80%
100%
Sul Sudeste Centro-Oeste Nordeste Norte Brasil
Grande Média Pequena Minifúndio
Participação da área total:
Estrutura Agrária Brasileira
Fonte: INCRA/DF/DFC – Apuração Especial nº 00588 – SNCR – Dez/05.
15
Participação do número de propriedades (%):
Estrutura Agrária Brasileira
Fonte: INCRA/DF/DFC – Apuração Especial nº 00588 – SNCR – Dez/05.
1,6 2,4
11,0
1,7 5,5 2,9
5,2 9,2
19,2
5,2
7,9 7,6
30,0
29,0
30,8
17,7
31,3
26,5
63,1 59,4
39,0
75,5
55,3
63,0
0%
10%
20%
30%
40%
50%
60%
70%
80%
90%
100%
Sul Sudeste Centro-Oeste Nordeste Norte Brasil
Grande Média Pequena Minifúndio
16
Evolução do Número e da Área dos
Imóveis Rurais – 1992-2003
Fonte: INCRA
Diferença do número de imóveis Diferença da área (ha) total dos imóveis
17
OBS: A superfície de nosso território é de 851 milhões de hectares, enquanto a área constante do INCRA
SNCR/2005, totaliza 623 milhões de hectares, ou seja, 73% da superfície total.
Estrutura Fundiária – Comparação
Internacional
Brasil
- INCRA (2005) 5.181.645 572 110
- IBGE (Censo Agropecuário 2006) 5.175.489 329 64
EUA (2007) Fonte: USDA Census of Agriculture 2.204.792 373 169
Argentina (2002) Fonte: INDEC. Censo Agropecuário 297.425 175 588
Austrália (2007) Fonte: AUSSTAT 140.704 417 2.964
Canadá (2006) - Fonte: Statistics Canada. Census 229.373 68 295
Total (EUA+Argentina+Austrália+Canadá) 2.872.294 1.033 359
Área total
(milhões ha)
Países Imóveis Área média
51,9%
24,4%
13,5%
50,6%
66,2%
37,8%
48,1%
75,6%
86,4%
49,4%
33,8%
62,2%
0%
20%
40%
60%
80%
100%
Sul Sudeste Centro-Oeste Nordeste Norte Brasil
Agricultura Familiar
Agricultura Comercial
18
Distribuição da Produção
Obs.: O conceito de agricultura familiar utilizado refere-se aos critérios de enquadramento dos estabelecimentos rurais no
Programa de Fortalecimento da Agricultura Familiar – PRONAF : “Proprietários, posseiros, arrendatários, parceiros ou
concessionários da Reforma Agrária; Residam na propriedade ou em local próximo; Detenham sob qualquer forma , no
máximo 4 módulos fiscais de terra, quantificados conforme a legislação em vigor, ou no máximo 6 módulos quando tratar-se
de pecuarista familiar; Com 80% da renda bruta anual familiar advinda da exploração agropecuária ou não agropecuária do
estabelecimento e mantenham até 2 empregados permanentes, sendo admitida a ajuda eventual de terceiros”.
Fonte: FGV usando o Censo Agropecuário do IBGE.
19
Logística e Infraestrutura
Gestão Ambiental e Sanidade
Educação / Qualificação Profissional
Inovação Tecnológica
Legislação Tributária
Insegurança Jurídica
Desafios para o Agronegócio
9 Bilhões de Pessoas até 2050 – E Agora?
20
Fonte: Estimativa
Populacional ONU
Produção X Preservação
Eduardo Correa Riedel
Presidente da FAMASUL
e-mail: famasul@famasul.com.br
site: www.famasul.com.br
Eduardo Correa Riedel
Presidente da FAMASUL

Mais conteúdo relacionado

Semelhante a arquivo_120911124456.ppt

Projeções Agronegócio 2012 - 2022
Projeções Agronegócio 2012 - 2022Projeções Agronegócio 2012 - 2022
Projeções Agronegócio 2012 - 2022pepontocom
 
Campanha Permanente Contra os Agrotóxicos e Pela
Campanha Permanente Contra os Agrotóxicos e PelaCampanha Permanente Contra os Agrotóxicos e Pela
Campanha Permanente Contra os Agrotóxicos e Pelaalantygel
 
Impactos do agronegócio na saúde e ambiente
Impactos do agronegócio na saúde e ambienteImpactos do agronegócio na saúde e ambiente
Impactos do agronegócio na saúde e ambienteJoão Siqueira da Mata
 
Agua para a Agricultura no Brasil. AIBA Zanella
Agua para a Agricultura no Brasil. AIBA ZanellaAgua para a Agricultura no Brasil. AIBA Zanella
Agua para a Agricultura no Brasil. AIBA Zanellaequipeagroplus
 
130514 palestra-eliseu
130514 palestra-eliseu130514 palestra-eliseu
130514 palestra-eliseuAgroTalento
 
Relatório Carlos Cogo - 22 de julho
Relatório Carlos Cogo - 22 de julhoRelatório Carlos Cogo - 22 de julho
Relatório Carlos Cogo - 22 de julhoJosé Florentino
 
Perspectivas e Oportunidades para a Agricultura do Futuro
Perspectivas e Oportunidades para a Agricultura do FuturoPerspectivas e Oportunidades para a Agricultura do Futuro
Perspectivas e Oportunidades para a Agricultura do FuturoPortal Canal Rural
 
Aula3 Prof. Fernanda
Aula3 Prof. FernandaAula3 Prof. Fernanda
Aula3 Prof. FernandaMatheus Yuri
 
2017 10-10 agro silvo pastorícia silvopastoricia - valgreen
2017 10-10 agro silvo pastorícia silvopastoricia  - valgreen2017 10-10 agro silvo pastorícia silvopastoricia  - valgreen
2017 10-10 agro silvo pastorícia silvopastoricia - valgreenClaudia Lanteri
 
Agronegócio - Rodas das Mudanças
Agronegócio - Rodas das MudançasAgronegócio - Rodas das Mudanças
Agronegócio - Rodas das MudançasFernando Ayres Lysko
 
Exportações de carne bovina ao Irã: situação atual e perspectivas
Exportações de carne bovina ao Irã: situação atual e perspectivasExportações de carne bovina ao Irã: situação atual e perspectivas
Exportações de carne bovina ao Irã: situação atual e perspectivasBeefPoint
 
Revista Indicadores da Agropecuária
Revista Indicadores da AgropecuáriaRevista Indicadores da Agropecuária
Revista Indicadores da AgropecuáriaRural Pecuária
 
Inserção Internacional do Agronegócio Brasileiro
Inserção Internacional do Agronegócio BrasileiroInserção Internacional do Agronegócio Brasileiro
Inserção Internacional do Agronegócio BrasileiroVerônica Muccini
 
Modernização Agrícola: Regiao Sul
Modernização Agrícola: Regiao SulModernização Agrícola: Regiao Sul
Modernização Agrícola: Regiao SulPhelipe Gonçalves
 
Edição de setembro da Revista Indicadores da Agropecuária
Edição de setembro da Revista Indicadores da AgropecuáriaEdição de setembro da Revista Indicadores da Agropecuária
Edição de setembro da Revista Indicadores da AgropecuáriaRural Pecuária
 
Palestra hortaliças agronegócio unaí 07 10 2016
Palestra hortaliças agronegócio unaí 07 10 2016Palestra hortaliças agronegócio unaí 07 10 2016
Palestra hortaliças agronegócio unaí 07 10 2016Nirlene Junqueira Vilela
 

Semelhante a arquivo_120911124456.ppt (20)

Projeções Agronegócio 2012 - 2022
Projeções Agronegócio 2012 - 2022Projeções Agronegócio 2012 - 2022
Projeções Agronegócio 2012 - 2022
 
Campanha Permanente Contra os Agrotóxicos e Pela
Campanha Permanente Contra os Agrotóxicos e PelaCampanha Permanente Contra os Agrotóxicos e Pela
Campanha Permanente Contra os Agrotóxicos e Pela
 
AGRO FESCAFÉ 2014
AGRO FESCAFÉ 2014AGRO FESCAFÉ 2014
AGRO FESCAFÉ 2014
 
Impactos do agronegócio na saúde e ambiente
Impactos do agronegócio na saúde e ambienteImpactos do agronegócio na saúde e ambiente
Impactos do agronegócio na saúde e ambiente
 
Agua para a Agricultura no Brasil. AIBA Zanella
Agua para a Agricultura no Brasil. AIBA ZanellaAgua para a Agricultura no Brasil. AIBA Zanella
Agua para a Agricultura no Brasil. AIBA Zanella
 
Aula 2 cenario_nacional
Aula 2 cenario_nacionalAula 2 cenario_nacional
Aula 2 cenario_nacional
 
130514 palestra-eliseu
130514 palestra-eliseu130514 palestra-eliseu
130514 palestra-eliseu
 
Relatório Carlos Cogo - 22 de julho
Relatório Carlos Cogo - 22 de julhoRelatório Carlos Cogo - 22 de julho
Relatório Carlos Cogo - 22 de julho
 
Perspectivas e Oportunidades para a Agricultura do Futuro
Perspectivas e Oportunidades para a Agricultura do FuturoPerspectivas e Oportunidades para a Agricultura do Futuro
Perspectivas e Oportunidades para a Agricultura do Futuro
 
Aula3 Prof. Fernanda
Aula3 Prof. FernandaAula3 Prof. Fernanda
Aula3 Prof. Fernanda
 
2017 10-10 agro silvo pastorícia silvopastoricia - valgreen
2017 10-10 agro silvo pastorícia silvopastoricia  - valgreen2017 10-10 agro silvo pastorícia silvopastoricia  - valgreen
2017 10-10 agro silvo pastorícia silvopastoricia - valgreen
 
Agronegócio - Rodas das Mudanças
Agronegócio - Rodas das MudançasAgronegócio - Rodas das Mudanças
Agronegócio - Rodas das Mudanças
 
Exportações de carne bovina ao Irã: situação atual e perspectivas
Exportações de carne bovina ao Irã: situação atual e perspectivasExportações de carne bovina ao Irã: situação atual e perspectivas
Exportações de carne bovina ao Irã: situação atual e perspectivas
 
Revista Indicadores da Agropecuária
Revista Indicadores da AgropecuáriaRevista Indicadores da Agropecuária
Revista Indicadores da Agropecuária
 
Inserção Internacional do Agronegócio Brasileiro
Inserção Internacional do Agronegócio BrasileiroInserção Internacional do Agronegócio Brasileiro
Inserção Internacional do Agronegócio Brasileiro
 
Modernização Agrícola: Regiao Sul
Modernização Agrícola: Regiao SulModernização Agrícola: Regiao Sul
Modernização Agrícola: Regiao Sul
 
Indicadores Econômicos do Agronegócio (02/2016)
Indicadores Econômicos do Agronegócio (02/2016)Indicadores Econômicos do Agronegócio (02/2016)
Indicadores Econômicos do Agronegócio (02/2016)
 
Edição de setembro da Revista Indicadores da Agropecuária
Edição de setembro da Revista Indicadores da AgropecuáriaEdição de setembro da Revista Indicadores da Agropecuária
Edição de setembro da Revista Indicadores da Agropecuária
 
08 andre
08 andre08 andre
08 andre
 
Palestra hortaliças agronegócio unaí 07 10 2016
Palestra hortaliças agronegócio unaí 07 10 2016Palestra hortaliças agronegócio unaí 07 10 2016
Palestra hortaliças agronegócio unaí 07 10 2016
 

Mais de natanael lopes da trindade

Mais de natanael lopes da trindade (7)

Aula 9. Fisiologia da Reprodução anjmal.pptx
Aula 9. Fisiologia da Reprodução anjmal.pptxAula 9. Fisiologia da Reprodução anjmal.pptx
Aula 9. Fisiologia da Reprodução anjmal.pptx
 
Fisiologia e bovinos de leite e corte.pdf
Fisiologia e bovinos de leite e corte.pdfFisiologia e bovinos de leite e corte.pdf
Fisiologia e bovinos de leite e corte.pdf
 
AULA 14_BIOTECNICA REPRODUCAO - TRANSFERENCIA EMBRIOES.pdf
AULA 14_BIOTECNICA REPRODUCAO - TRANSFERENCIA EMBRIOES.pdfAULA 14_BIOTECNICA REPRODUCAO - TRANSFERENCIA EMBRIOES.pdf
AULA 14_BIOTECNICA REPRODUCAO - TRANSFERENCIA EMBRIOES.pdf
 
Aula 1_Introducao a QAN.ppt
Aula 1_Introducao a QAN.pptAula 1_Introducao a QAN.ppt
Aula 1_Introducao a QAN.ppt
 
Pedologia do Brasil.ppt
Pedologia do Brasil.pptPedologia do Brasil.ppt
Pedologia do Brasil.ppt
 
Capítulo 4.ppt
Capítulo 4.pptCapítulo 4.ppt
Capítulo 4.ppt
 
Aula 07 -Instalacoes_e_ambiencia_suinos.pdf
Aula 07 -Instalacoes_e_ambiencia_suinos.pdfAula 07 -Instalacoes_e_ambiencia_suinos.pdf
Aula 07 -Instalacoes_e_ambiencia_suinos.pdf
 

arquivo_120911124456.ppt

  • 1. Painel: Agronegócio, Agricultura Familiar e a Heterogeneidade Estrutural do Setor Agrícola Brasileiro Eduardo Correa Riedel Presidente da FAMASUL
  • 2. 2 Fonte:SEBRAE – Biblioteca On Line Agribusiness – Visão e Conceito Agribusiness (Agronegócio) é um conceito de economia que inclui o total da soma de todas as operações envolvidas na manufatura (fabricação) e distribuição de suprimentos agrícolas, operação de produção na fazenda; e o armazenamento, processamento e distribuição de commodities agrícolas e itens produzidos a partir delas. (John Davis e Ray Goldberg; 1957)
  • 3. 3 Fonte:SEBRAE – Biblioteca On Line Principais Setores do Agronegócio • “Antes da Porteira”: Insumos, bens de produção e serviços para a agropecuária; • “Dentro da Porteira”: Produção agropecuária; • “Depois da Porteira”: Processamento agroindustrial e distribuição.
  • 4. 4 Fonte:FAO e MAPA Produção Exportação Açúcar 1º 1º 62% 28.000 Café 1º 1º 28% 1.877 Suco de Laranja 1º 1º 68% 1.978 Álcool 1º 1º 68% 1.524 Complexo Soja 2º 2º 30% 44.297 Carne Bovina 2º 1º 33% 1.231 Carne de Frango 3º 1º 38% 3.630 Milho 3º 3º 12% 10.793 Carne Suína 5º 4º 12,4% 540 Quantidade Exportada (mil ton.) 2010 Part. no Comércio Mundial Brasil - Ranking Mundial 2008 Principais Produtos Brasil – Ranking Mundial
  • 5. 5 Fonte: CEPEA-USP,SUT/CNA, MAPA e IPEA. US$ 1 = R$ 1,84, média Bacen 2008. Dados de emprego são para 2004. PIB Brasil 2010 Emprego Exportações Totais 2010 (21,23%) PIB Demais setores (78,77%) US$ 1,634 trilhão PIB Agronegócio 2010 US$ 440,60 bilhões Agronegócio Agricultura US$308,68 bilhões (70,1%) Agronegócio Pecuária US$131,92 bilhões (29,9%) Demais setores US$ 125,48 bilhões (62,1%) US$ 2,075 trilhão US$ 201,92 bilhões Agronegócio US$ 76,44 bilhões (37,9%) Agronegócio 37% Participação do Agronegócio Demais setores (63%)
  • 6. 6 * Fonte: SUT/CNA e CEPEA/USP. Evolução do PIB do Agronegócio 57.806 84.203 138.486 206.454 192.651 236.162 248.635 193.215 0 100.000 200.000 300.000 400.000 500.000 600.000 700.000 800.000 2000 2001 2002 2003 2004 2005 2006 2007 2008 2009 2010 Insumos Agropecuária Indústria Distribuição R$ milhões 582.158 778.161 592.328 704.156 671.358 644.498 674.396 686.616 727.621 775.454 735.276
  • 7. 7 Fonte: SUT/CNA e CEPEA/USP. -1,62 -0,88 0,58 1,84 0,10 1,75 8,81 6,53 2,55 -4,66 0,45 7,89 6,97 -4,79 5,47 -6,00 -4,00 -2,00 0,00 2,00 4,00 6,00 8,00 10,00 1996 1997 1998 1999 2000 2001 2002 2003 2004 2005 2006 2007 2008 2009 2010 Crescimento anual do PIB do Agronegócio %
  • 8. 10,39 18 16,68 15,12 25,55 42,71 44,04 14,04 19,77 15,89 20,9 29,7 41,55 43,17 Café Beneficiado Leite Milho Frango Cana de Açúcar Soja Carne Bovina 2010 2009 8 Valor Bruto por Produto (2009 e 2010*. R$ Bilhões, a preços de 2010) * Projeção. Fonte: SUT/CNA -1,98% -2,72% +16,24% + 38,23% -4,74% + 9,83% + 35,13%
  • 9. 9 1.259 4.279 9.716 7.223 11.787 17.240 2.137 5.765 13.776 9.282 13.630 17.107 Milho Café Açúcar e Álcool Produtos Florestais Carnes Complexo Soja 2010 2009 41,8% 28,4% +15,6% -0,8% +34,7% Em milhões de US$ Exportações do Agronegócio (2009-2010) Fonte: Balança Comercial/MAPA. +69,8%
  • 10. 10 Destino das Exportações do Agronegócio Fonte: Agrostat/MAPA. 43,2% 3,9% 4,6% 3,9% 4,7% 9,3% 16,5% 14,1% 26,7% 1,2% 12,7% 2,8% 8,0% 10,1% 8,5% 30,1% 0% 5% 10% 15% 20% 25% 30% 35% 40% 45% 50% U.E.27 Outros Demais da Europa MERCOSUL África Oriente Médio NAFTA Ásia 1997 2010 %
  • 11. 11 Principais Destinos das Exportações do Agronegócio Brasileiro – 2010 Estados Unidos 5,4% Rússia 4,1% China 11,0% Japão 2,4% União Européia 20,3% Fonte: MAPA
  • 12. 12 Fonte: Balança Comercial/MAPA. Saldo da Balança Comercial US$ bilhões -40 -25 -10 5 20 35 50 1991 1992 1993 1994 1995 1996 1997 1998 1999 2000 2001 2002 2003 2004 2005 2006 2007 2008 2009 2010 Agronegócio Outros setores Total 2009 2010 D% 2009 2010 D% 2009 2010 Total Brasil 152.996 201.917 32,0 127.717 181.617 42,2 25.279 20.300 Demais Produtos 88.211 125.476 42,2 117.819 168.230 42,8 -29.608 -42.755 Agronegócio 64.785 76.441 18,0 9.898 13.387 35,2 54.887 63.055 Participação % 42,3 37,9 - 7,7 7,4 - - - Saldo (US$ milhões) Importação (US$ milhões) Exportação (US$ milhões)
  • 13. 5% 1% 15% 48% 31% 13 O Brasil tem mais de 100 milhões de ha para produzir e reduzir a fome Distribuição Geográfica Brasileira Áreas Agricultáveis no Brasil 383 milhões ha Pastagens e Campos Naturais 172 milhões ha Lavouras Temporárias 55 milhões ha Florestas Cultivadas 5 milhões ha Lavouras Permanentes 17 milhões ha Disponível 106 milhões ha Fonte: SUT/CNA
  • 14. 14 34,7 37,6 72,1 46,4 78,7 61,7 21,9 29,0 18,4 21,8 9,2 17,9 27,7 23,3 7,3 19,0 7,8 13,4 15,7 10,1 2,2 12,8 4,4 7,0 0% 20% 40% 60% 80% 100% Sul Sudeste Centro-Oeste Nordeste Norte Brasil Grande Média Pequena Minifúndio Participação da área total: Estrutura Agrária Brasileira Fonte: INCRA/DF/DFC – Apuração Especial nº 00588 – SNCR – Dez/05.
  • 15. 15 Participação do número de propriedades (%): Estrutura Agrária Brasileira Fonte: INCRA/DF/DFC – Apuração Especial nº 00588 – SNCR – Dez/05. 1,6 2,4 11,0 1,7 5,5 2,9 5,2 9,2 19,2 5,2 7,9 7,6 30,0 29,0 30,8 17,7 31,3 26,5 63,1 59,4 39,0 75,5 55,3 63,0 0% 10% 20% 30% 40% 50% 60% 70% 80% 90% 100% Sul Sudeste Centro-Oeste Nordeste Norte Brasil Grande Média Pequena Minifúndio
  • 16. 16 Evolução do Número e da Área dos Imóveis Rurais – 1992-2003 Fonte: INCRA Diferença do número de imóveis Diferença da área (ha) total dos imóveis
  • 17. 17 OBS: A superfície de nosso território é de 851 milhões de hectares, enquanto a área constante do INCRA SNCR/2005, totaliza 623 milhões de hectares, ou seja, 73% da superfície total. Estrutura Fundiária – Comparação Internacional Brasil - INCRA (2005) 5.181.645 572 110 - IBGE (Censo Agropecuário 2006) 5.175.489 329 64 EUA (2007) Fonte: USDA Census of Agriculture 2.204.792 373 169 Argentina (2002) Fonte: INDEC. Censo Agropecuário 297.425 175 588 Austrália (2007) Fonte: AUSSTAT 140.704 417 2.964 Canadá (2006) - Fonte: Statistics Canada. Census 229.373 68 295 Total (EUA+Argentina+Austrália+Canadá) 2.872.294 1.033 359 Área total (milhões ha) Países Imóveis Área média
  • 18. 51,9% 24,4% 13,5% 50,6% 66,2% 37,8% 48,1% 75,6% 86,4% 49,4% 33,8% 62,2% 0% 20% 40% 60% 80% 100% Sul Sudeste Centro-Oeste Nordeste Norte Brasil Agricultura Familiar Agricultura Comercial 18 Distribuição da Produção Obs.: O conceito de agricultura familiar utilizado refere-se aos critérios de enquadramento dos estabelecimentos rurais no Programa de Fortalecimento da Agricultura Familiar – PRONAF : “Proprietários, posseiros, arrendatários, parceiros ou concessionários da Reforma Agrária; Residam na propriedade ou em local próximo; Detenham sob qualquer forma , no máximo 4 módulos fiscais de terra, quantificados conforme a legislação em vigor, ou no máximo 6 módulos quando tratar-se de pecuarista familiar; Com 80% da renda bruta anual familiar advinda da exploração agropecuária ou não agropecuária do estabelecimento e mantenham até 2 empregados permanentes, sendo admitida a ajuda eventual de terceiros”. Fonte: FGV usando o Censo Agropecuário do IBGE.
  • 19. 19 Logística e Infraestrutura Gestão Ambiental e Sanidade Educação / Qualificação Profissional Inovação Tecnológica Legislação Tributária Insegurança Jurídica Desafios para o Agronegócio
  • 20. 9 Bilhões de Pessoas até 2050 – E Agora? 20 Fonte: Estimativa Populacional ONU Produção X Preservação
  • 21. Eduardo Correa Riedel Presidente da FAMASUL e-mail: famasul@famasul.com.br site: www.famasul.com.br Eduardo Correa Riedel Presidente da FAMASUL

Notas do Editor

  1. 14
  2. 15