Conjunções

1.369 visualizações

Publicada em

Conjunções

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.369
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
83
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Conjunções

  1. 1. CONJUNÇÕESCONJUNÇÕES
  2. 2. Conjunções coordenativas São invariáveis Ligam estruturas semelhantes Substantivos + substantivos Oração + oração
  3. 3. ADITIVAS Exprimem adição E, nem, mas também. Conjunções coordenativas
  4. 4. ADVERSATIVAS Ideia de contraste (contrário) Mas, porém, contudo, todavia, no entanto, entretanto. Conjunções coordenativas
  5. 5. ALTERNATIVA Exprime ideia de alternância, escolha Ou, ou...ou, ora... Ora, já...já, quer...quer Conjunções coordenativas
  6. 6. CONCLUSIVAS Ideia de conclusão, consequência. Logo, pois, portanto, por isso, por isto, assim. Conjunções coordenativas
  7. 7. Explicativas Ideia de esclarecimento Que, porque, porquanto Conjunções coordenativas
  8. 8. Carlos fala, e não faz. O bom educador não proíbe, antes orienta. Sou muito bom, agora bobo não sou. Equivalem a mas, adverstivas.
  9. 9. Conjunções subordinativas adverbiais
  10. 10. CAUSAIS Circunstância de causa Porque, que, visto que, como, uma vez que Conjunções subordinativas
  11. 11. COMPARATIVA Comparação Como, tanto...quanto, assim como. Conjunções subordinativas
  12. 12. CONCESSIVAS Concessão Embora, ainda que, mesmo que, se bem que, posto que. Conjunções subordinativas
  13. 13. CONDICIONAIS Condição Se, caso, sem que, se não, Uma vez que Conjunções subordinativas
  14. 14. CONFORMATIVAS Conformidade Conforme, como, consoante, (de acordo) Conjunções subordinativas
  15. 15. CONSECUTIVAS Consequência De sorte que, de modo que, sem que, senão Conjunções subordinativas
  16. 16. FINAIS Finalidade Para, para que, a fim de que, De modo que. Conjunções subordinativas
  17. 17. PROPORCIONAIS Proporção À proporção que, à medida que, quanto mais...tanto mais. Conjunções subordinativas
  18. 18. TEMPORAIS Tempo Quando, enquanto, assim que, logo que, sempre que, depois que, mal. Conjunções subordinativas
  19. 19. INTEGRANTES Integra o sentido da principal Que, se Conjunções subordinativas
  20. 20. Analise os pares de enunciados, conectando-os logo em seguida por meio de uma conjunção coordenada que se adéque ao contexto.  
  21. 21. a – São várias as injustiças sociais. Não podemos desistir de lutar por um mundo mais igualitário. a) São várias as injustiças sociais, contudo não podemos desistir de lutar por um mundo mais igualitário.
  22. 22. b – Suas escolhas farão toda diferença futuramente. Prossiga rumo à conquista de seus ideais. b- Suas escolhas farão toda diferença futuramente, portanto prossiga rumo à conquista de seus ideais.
  23. 23. c – Somente duas opções lhe restavam. Continuaria omitindo informações, ou revelaria todo segredo à família. c – Somente duas opções lhe restavam: ou continuaria omitindo informações, ou revelaria todo o segredo à família.
  24. 24. d – Não comparecemos à reunião. Estávamos aplicando testes aos futuros colaboradores. d- Não comparecemos à reunião, pois estávamos aplicando testes aos futuros colaboradores.
  25. 25. e – Tente desculpar-se com seus amigos. Depois os convide para um programa agradável. e – Tente desculpar-se com seus amigos e depois os convide para um programa agradável.
  26. 26. (PUC-SP) No período: “Da própria garganta saiu um grito de admiração, que Cirino acompanhou, embora com menos entusiasmo”, a palavra destacada expressa uma ideia de: a) explicação b) concessão c) comparação d) modo e) consequência
  27. 27. A análise de uma conjunção está intrinsecamente ligada ao contexto no qual é empregada, visto que um mesmo conectivo pode apresentar distintas classificações, em se tratando de um dado enunciado linguístico. Com base nas informações prestadas e, sobretudo, em seus conhecimentos, analise os casos em evidência, com vistas a apontar o tipo de relação estabelecida.
  28. 28. a) Como não tinha se preparado para o exame avaliativo, seu desempenho não foi satisfatório. a) relação de causa b) Realizamos o trabalho como nos foi determinado. b) conformidade
  29. 29. c) Era linda como uma flor, e meiga como um anjo. c) comparação d) Não procurava interagir com ninguém, como resultado, foi excluída do grupo. d) consequência
  30. 30. Diante das orações que seguem, atente-se para a ocorrência de algumas conjunções subordinadas, analisando, posteriormente, a relação de sentido que a elas se refere. a- “Meu amor me ensinou a ser simples como um largo de igreja”. (Oswald de Andrade) comparação b – “Naquele momento, como já disse, conservavam-se todos em silêncio”. (Graciliano Ramos). conformidade
  31. 31. c – Para que sejas bem sucedido, procure se aperfeiçoar sempre.  finalidade d – Quando me faz elogios, sinto-me honrada. tempo e – A saudade aumenta, à medida que os dias vão passando.  proporção f – Desde que respeite minhas opiniões, poderemos conversar. condição

×