SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 7
Baixar para ler offline
Escola municipal prof. Antonio Lopes Lins
Campo Grande,11 de novembro de 2013
Alunas:Yasmin Vieira,Elen Pinheiro
8º ano A
Prof. Ana Claudia Leão
 Orações coordenadas aditivas
 As orações coordenadas aditivas, como
bem nos retrata o conceito, estão
relacionadas à ideia de soma, adição.
Assim sendo, são representadas pelas
conjunções “e”, “nem”, “mas também”:
 Ela nem estuda nem trabalha.
 O garoto é educado e inteligente.
 Não só é inteligente, mas também
educado.
 Coordenadas adversativas
 Elas, por sua vez, revelam fatos ou conceitos que se
antepõem ao que se declara na coordenada anterior,
estabelecendo, assim, uma ideia de oposição, contraste.
Geralmente são introduzidas pelas conjunções “mas”,
“porém”, “todavia”, “entretanto”, “contudo”, “no entanto”:
 Ele se esforçou bastante, contudo não obteve bom
resultado.
 Ela se mostra uma pessoa gentil, todavia não
demonstra ser confiável.
 Tratava-se de um local muito aconchegante, no entanto
não fomos bem recebidos.
 Coordenadas explicativas
 As orações coordenadas explicativas conferem
à justificativa a explicação referente a uma
ordem, sugestão ou suposição. Geralmente são
introduzidas pelas conjunções “que”, “porque”,
“porquanto”, “pois”:
 Respeite-o, pois se trata de uma pessoa mais
velha.
 Não pude comparecer à reunião porque tinha
um compromisso inadiável.
 “Não fujas, que eu te sigo...” (Menotti Del
Picchia)
 Coordenadas conclusivas
 De forma literal, as conclusivas estão
relacionadas à ideia de conclusão. Dessa forma,
afirmamos que elas exprimem uma conclusão
lógica obtida em relação aos fatos expressos na
coordenada anterior. São introduzidas pelas
conjunções “logo”, “portanto”, “por conseguinte”,
“por isso”, “pois”:
 Obteve bom desempenho no teste, logo
demonstrou ser capacitado.
 Hoje está bastante quente, portanto iremos
ao clube.
 Não valorizava a companhia de sua amada,
por isso hoje está sozinho.
 Coordenadas alternativas
 O termo “alternativas” se relaciona à ideia de
alternância. Portanto, afirmamos que as
coordenadas alternativas exprimem fatos ou
conceitos que se alternam ou que se excluem
mutuamente. As conjunções que as
representam são demarcadas por “ou... ou”,
“ora... ora”, “já... já”... “quer... quer”:
 Ou você trabalha, ou procure outro lugar
para se hospedar.
 Quer você queira, quer não, iremos visitá-lo.
 Ora se mostrava calmo, ora agitado.
 Coordenadas alternativas
 O termo “alternativas” se relaciona à ideia de
alternância. Portanto, afirmamos que as
coordenadas alternativas exprimem fatos ou
conceitos que se alternam ou que se excluem
mutuamente. As conjunções que as
representam são demarcadas por “ou... ou”,
“ora... ora”, “já... já”... “quer... quer”:
 Ou você trabalha, ou procure outro lugar
para se hospedar.
 Quer você queira, quer não, iremos visitá-lo.
 Ora se mostrava calmo, ora agitado.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Mais procurados (20)

As palavras que e se
As palavras que e seAs palavras que e se
As palavras que e se
 
REGÊNCIA VERBAL E NOMINAL
REGÊNCIA VERBAL E NOMINAL REGÊNCIA VERBAL E NOMINAL
REGÊNCIA VERBAL E NOMINAL
 
Regência verbal e nominal
Regência verbal e nominalRegência verbal e nominal
Regência verbal e nominal
 
Período composto coordenação e subordinação
Período composto coordenação e subordinaçãoPeríodo composto coordenação e subordinação
Período composto coordenação e subordinação
 
RegêNcia
RegêNciaRegêNcia
RegêNcia
 
Preposicao[1]
Preposicao[1]Preposicao[1]
Preposicao[1]
 
Orações Coordenadas
Orações CoordenadasOrações Coordenadas
Orações Coordenadas
 
Os conectores preposições e conjunções
Os conectores   preposições e conjunçõesOs conectores   preposições e conjunções
Os conectores preposições e conjunções
 
Funções do pronome relativo
Funções do pronome relativoFunções do pronome relativo
Funções do pronome relativo
 
Preposição
PreposiçãoPreposição
Preposição
 
Regencia verbal
Regencia verbalRegencia verbal
Regencia verbal
 
Regência nominal e verbal
Regência nominal e verbalRegência nominal e verbal
Regência nominal e verbal
 
A regência verbal e nominal
A regência verbal e nominalA regência verbal e nominal
A regência verbal e nominal
 
Orações coordenadas e orações subordinadas
Orações coordenadas e orações subordinadasOrações coordenadas e orações subordinadas
Orações coordenadas e orações subordinadas
 
Conjunção
ConjunçãoConjunção
Conjunção
 
Oracoes coordenadas-e-subordinadas-2
Oracoes coordenadas-e-subordinadas-2Oracoes coordenadas-e-subordinadas-2
Oracoes coordenadas-e-subordinadas-2
 
Período Composto
Período CompostoPeríodo Composto
Período Composto
 
Período Composto
Período CompostoPeríodo Composto
Período Composto
 
Oracoes coordenadas-e-subordinadas-2
Oracoes coordenadas-e-subordinadas-2Oracoes coordenadas-e-subordinadas-2
Oracoes coordenadas-e-subordinadas-2
 
Oracoes
OracoesOracoes
Oracoes
 

Destaque

No museu da cidade de aveiro acontece novembro
No museu da cidade de aveiro acontece novembroNo museu da cidade de aveiro acontece novembro
No museu da cidade de aveiro acontece novembroMuseu Cidade
 
Documentary analysis
Documentary analysisDocumentary analysis
Documentary analysisclobebobe
 
En Jacob la Promesa
En Jacob la PromesaEn Jacob la Promesa
En Jacob la PromesaJorge Tinoco
 
приглашение на 180
приглашение на 180приглашение на 180
приглашение на 180lyudmilaAlexeeva
 
ADCONSULT | Детский маркетинг | Бесплатный мастер-класс
ADCONSULT | Детский маркетинг | Бесплатный мастер-классADCONSULT | Детский маркетинг | Бесплатный мастер-класс
ADCONSULT | Детский маркетинг | Бесплатный мастер-классADCONSULT
 
Data mining model for the data retrieval from central server configuration
Data mining model for the data retrieval from central server configurationData mining model for the data retrieval from central server configuration
Data mining model for the data retrieval from central server configurationijcsit
 

Destaque (15)

No museu da cidade de aveiro acontece novembro
No museu da cidade de aveiro acontece novembroNo museu da cidade de aveiro acontece novembro
No museu da cidade de aveiro acontece novembro
 
Photocks
PhotocksPhotocks
Photocks
 
Gamechangers presentation
Gamechangers presentationGamechangers presentation
Gamechangers presentation
 
Documentary analysis
Documentary analysisDocumentary analysis
Documentary analysis
 
Ts t 2510
Ts t 2510Ts t 2510
Ts t 2510
 
株の小学校
株の小学校株の小学校
株の小学校
 
Doc analysis 1
Doc analysis 1Doc analysis 1
Doc analysis 1
 
Stb urov
Stb urovStb urov
Stb urov
 
Polizia
PoliziaPolizia
Polizia
 
1 pain_sample
1 pain_sample1 pain_sample
1 pain_sample
 
Uci sin paredes gertech
Uci sin paredes gertechUci sin paredes gertech
Uci sin paredes gertech
 
En Jacob la Promesa
En Jacob la PromesaEn Jacob la Promesa
En Jacob la Promesa
 
приглашение на 180
приглашение на 180приглашение на 180
приглашение на 180
 
ADCONSULT | Детский маркетинг | Бесплатный мастер-класс
ADCONSULT | Детский маркетинг | Бесплатный мастер-классADCONSULT | Детский маркетинг | Бесплатный мастер-класс
ADCONSULT | Детский маркетинг | Бесплатный мастер-класс
 
Data mining model for the data retrieval from central server configuration
Data mining model for the data retrieval from central server configurationData mining model for the data retrieval from central server configuration
Data mining model for the data retrieval from central server configuration
 

Semelhante a Orações coordenadas

Semelhante a Orações coordenadas (16)

Escola municipal prof° antonio lopes lins
Escola municipal prof° antonio lopes linsEscola municipal prof° antonio lopes lins
Escola municipal prof° antonio lopes lins
 
Xaienealinepaolla
XaienealinepaollaXaienealinepaolla
Xaienealinepaolla
 
Escola municipal prof° antonio lopes
Escola municipal prof° antonio lopesEscola municipal prof° antonio lopes
Escola municipal prof° antonio lopes
 
Dayane e
Dayane eDayane e
Dayane e
 
Orações+c..
Orações+c..Orações+c..
Orações+c..
 
Frase, oração e período
Frase, oração e período Frase, oração e período
Frase, oração e período
 
Mais e mas
Mais e masMais e mas
Mais e mas
 
Conjunções
ConjunçõesConjunções
Conjunções
 
Oracoes coordenadas 2015
Oracoes coordenadas   2015Oracoes coordenadas   2015
Oracoes coordenadas 2015
 
Conjunções
ConjunçõesConjunções
Conjunções
 
Conjunções
ConjunçõesConjunções
Conjunções
 
Regrinhas de Português
Regrinhas de Português Regrinhas de Português
Regrinhas de Português
 
Quadro dos pronomes
Quadro dos pronomesQuadro dos pronomes
Quadro dos pronomes
 
LP - Classes de palavras - CONJUNÇÕES.pptx
LP - Classes de palavras - CONJUNÇÕES.pptxLP - Classes de palavras - CONJUNÇÕES.pptx
LP - Classes de palavras - CONJUNÇÕES.pptx
 
Curso Grátis Concurso Correios (Português)
Curso Grátis Concurso Correios (Português)Curso Grátis Concurso Correios (Português)
Curso Grátis Concurso Correios (Português)
 
Curso Grátis Concurso Correios (Português)
Curso Grátis Concurso Correios (Português)Curso Grátis Concurso Correios (Português)
Curso Grátis Concurso Correios (Português)
 

Último

Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptxBaladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptxacaciocarmo1
 
Mini livro sanfona - Povos Indigenas Brasileiros
Mini livro sanfona  - Povos Indigenas BrasileirosMini livro sanfona  - Povos Indigenas Brasileiros
Mini livro sanfona - Povos Indigenas BrasileirosMary Alvarenga
 
Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024
Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024
Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024GleyceMoreiraXWeslle
 
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbv19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbyasminlarissa371
 
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...LuizHenriquedeAlmeid6
 
CRONOGRAMA: AÇÕES DO PROJETO ESTAÇÃO LEITURA
CRONOGRAMA: AÇÕES DO PROJETO ESTAÇÃO LEITURACRONOGRAMA: AÇÕES DO PROJETO ESTAÇÃO LEITURA
CRONOGRAMA: AÇÕES DO PROJETO ESTAÇÃO LEITURADouglasVasconcelosMa
 
Slides Lição 01, Central Gospel, Os Sinais do Fim dos Tempos 2Tr24.pptx
Slides Lição 01, Central Gospel, Os Sinais do Fim dos Tempos 2Tr24.pptxSlides Lição 01, Central Gospel, Os Sinais do Fim dos Tempos 2Tr24.pptx
Slides Lição 01, Central Gospel, Os Sinais do Fim dos Tempos 2Tr24.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
As variações do uso da palavra "como" no texto
As variações do uso da palavra "como" no  textoAs variações do uso da palavra "como" no  texto
As variações do uso da palavra "como" no textoMariaPauladeSouzaTur
 
Sistema de Bibliotecas UCS - A descoberta da terra
Sistema de Bibliotecas UCS  - A descoberta da terraSistema de Bibliotecas UCS  - A descoberta da terra
Sistema de Bibliotecas UCS - A descoberta da terraBiblioteca UCS
 
Orientações para a análise do poema Orfeu Rebelde.pptx
Orientações para a análise do poema Orfeu Rebelde.pptxOrientações para a análise do poema Orfeu Rebelde.pptx
Orientações para a análise do poema Orfeu Rebelde.pptxJMTCS
 
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...nexocan937
 
Linguagem verbal , não verbal e mista.pdf
Linguagem verbal , não verbal e mista.pdfLinguagem verbal , não verbal e mista.pdf
Linguagem verbal , não verbal e mista.pdfLaseVasconcelos1
 
TREINAMENTO - BOAS PRATICAS DE HIGIENE NA COZINHA.ppt
TREINAMENTO - BOAS PRATICAS DE HIGIENE NA COZINHA.pptTREINAMENTO - BOAS PRATICAS DE HIGIENE NA COZINHA.ppt
TREINAMENTO - BOAS PRATICAS DE HIGIENE NA COZINHA.pptAlineSilvaPotuk
 
Apreciação crítica -exercícios de escrita
Apreciação crítica -exercícios de escritaApreciação crítica -exercícios de escrita
Apreciação crítica -exercícios de escritaeliana862656
 
Revolução Industrial - Revolução Industrial .pptx
Revolução Industrial - Revolução Industrial .pptxRevolução Industrial - Revolução Industrial .pptx
Revolução Industrial - Revolução Industrial .pptxHlioMachado1
 
O Espetaculo das Racas - Cienti - Lilia Moritz Schwarcz capítulo 2.pdf
O Espetaculo das Racas - Cienti - Lilia Moritz Schwarcz capítulo 2.pdfO Espetaculo das Racas - Cienti - Lilia Moritz Schwarcz capítulo 2.pdf
O Espetaculo das Racas - Cienti - Lilia Moritz Schwarcz capítulo 2.pdfQueleLiberato
 
atividades diversas 1° ano alfabetização
atividades diversas 1° ano alfabetizaçãoatividades diversas 1° ano alfabetização
atividades diversas 1° ano alfabetizaçãodanielagracia9
 
organizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdf
organizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdforganizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdf
organizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdfCarlosRodrigues832670
 
QUIZ – GEOGRAFIA - 8º ANO - PROVA MENSAL.pptx
QUIZ – GEOGRAFIA - 8º ANO - PROVA MENSAL.pptxQUIZ – GEOGRAFIA - 8º ANO - PROVA MENSAL.pptx
QUIZ – GEOGRAFIA - 8º ANO - PROVA MENSAL.pptxAntonioVieira539017
 
POETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptx
POETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptxPOETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptx
POETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptxJMTCS
 

Último (20)

Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptxBaladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
 
Mini livro sanfona - Povos Indigenas Brasileiros
Mini livro sanfona  - Povos Indigenas BrasileirosMini livro sanfona  - Povos Indigenas Brasileiros
Mini livro sanfona - Povos Indigenas Brasileiros
 
Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024
Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024
Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024
 
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbv19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
 
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
 
CRONOGRAMA: AÇÕES DO PROJETO ESTAÇÃO LEITURA
CRONOGRAMA: AÇÕES DO PROJETO ESTAÇÃO LEITURACRONOGRAMA: AÇÕES DO PROJETO ESTAÇÃO LEITURA
CRONOGRAMA: AÇÕES DO PROJETO ESTAÇÃO LEITURA
 
Slides Lição 01, Central Gospel, Os Sinais do Fim dos Tempos 2Tr24.pptx
Slides Lição 01, Central Gospel, Os Sinais do Fim dos Tempos 2Tr24.pptxSlides Lição 01, Central Gospel, Os Sinais do Fim dos Tempos 2Tr24.pptx
Slides Lição 01, Central Gospel, Os Sinais do Fim dos Tempos 2Tr24.pptx
 
As variações do uso da palavra "como" no texto
As variações do uso da palavra "como" no  textoAs variações do uso da palavra "como" no  texto
As variações do uso da palavra "como" no texto
 
Sistema de Bibliotecas UCS - A descoberta da terra
Sistema de Bibliotecas UCS  - A descoberta da terraSistema de Bibliotecas UCS  - A descoberta da terra
Sistema de Bibliotecas UCS - A descoberta da terra
 
Orientações para a análise do poema Orfeu Rebelde.pptx
Orientações para a análise do poema Orfeu Rebelde.pptxOrientações para a análise do poema Orfeu Rebelde.pptx
Orientações para a análise do poema Orfeu Rebelde.pptx
 
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...
 
Linguagem verbal , não verbal e mista.pdf
Linguagem verbal , não verbal e mista.pdfLinguagem verbal , não verbal e mista.pdf
Linguagem verbal , não verbal e mista.pdf
 
TREINAMENTO - BOAS PRATICAS DE HIGIENE NA COZINHA.ppt
TREINAMENTO - BOAS PRATICAS DE HIGIENE NA COZINHA.pptTREINAMENTO - BOAS PRATICAS DE HIGIENE NA COZINHA.ppt
TREINAMENTO - BOAS PRATICAS DE HIGIENE NA COZINHA.ppt
 
Apreciação crítica -exercícios de escrita
Apreciação crítica -exercícios de escritaApreciação crítica -exercícios de escrita
Apreciação crítica -exercícios de escrita
 
Revolução Industrial - Revolução Industrial .pptx
Revolução Industrial - Revolução Industrial .pptxRevolução Industrial - Revolução Industrial .pptx
Revolução Industrial - Revolução Industrial .pptx
 
O Espetaculo das Racas - Cienti - Lilia Moritz Schwarcz capítulo 2.pdf
O Espetaculo das Racas - Cienti - Lilia Moritz Schwarcz capítulo 2.pdfO Espetaculo das Racas - Cienti - Lilia Moritz Schwarcz capítulo 2.pdf
O Espetaculo das Racas - Cienti - Lilia Moritz Schwarcz capítulo 2.pdf
 
atividades diversas 1° ano alfabetização
atividades diversas 1° ano alfabetizaçãoatividades diversas 1° ano alfabetização
atividades diversas 1° ano alfabetização
 
organizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdf
organizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdforganizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdf
organizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdf
 
QUIZ – GEOGRAFIA - 8º ANO - PROVA MENSAL.pptx
QUIZ – GEOGRAFIA - 8º ANO - PROVA MENSAL.pptxQUIZ – GEOGRAFIA - 8º ANO - PROVA MENSAL.pptx
QUIZ – GEOGRAFIA - 8º ANO - PROVA MENSAL.pptx
 
POETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptx
POETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptxPOETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptx
POETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptx
 

Orações coordenadas

  • 1. Escola municipal prof. Antonio Lopes Lins Campo Grande,11 de novembro de 2013 Alunas:Yasmin Vieira,Elen Pinheiro 8º ano A Prof. Ana Claudia Leão
  • 2.  Orações coordenadas aditivas  As orações coordenadas aditivas, como bem nos retrata o conceito, estão relacionadas à ideia de soma, adição. Assim sendo, são representadas pelas conjunções “e”, “nem”, “mas também”:  Ela nem estuda nem trabalha.  O garoto é educado e inteligente.  Não só é inteligente, mas também educado.
  • 3.  Coordenadas adversativas  Elas, por sua vez, revelam fatos ou conceitos que se antepõem ao que se declara na coordenada anterior, estabelecendo, assim, uma ideia de oposição, contraste. Geralmente são introduzidas pelas conjunções “mas”, “porém”, “todavia”, “entretanto”, “contudo”, “no entanto”:  Ele se esforçou bastante, contudo não obteve bom resultado.  Ela se mostra uma pessoa gentil, todavia não demonstra ser confiável.  Tratava-se de um local muito aconchegante, no entanto não fomos bem recebidos.
  • 4.  Coordenadas explicativas  As orações coordenadas explicativas conferem à justificativa a explicação referente a uma ordem, sugestão ou suposição. Geralmente são introduzidas pelas conjunções “que”, “porque”, “porquanto”, “pois”:  Respeite-o, pois se trata de uma pessoa mais velha.  Não pude comparecer à reunião porque tinha um compromisso inadiável.  “Não fujas, que eu te sigo...” (Menotti Del Picchia)
  • 5.  Coordenadas conclusivas  De forma literal, as conclusivas estão relacionadas à ideia de conclusão. Dessa forma, afirmamos que elas exprimem uma conclusão lógica obtida em relação aos fatos expressos na coordenada anterior. São introduzidas pelas conjunções “logo”, “portanto”, “por conseguinte”, “por isso”, “pois”:  Obteve bom desempenho no teste, logo demonstrou ser capacitado.  Hoje está bastante quente, portanto iremos ao clube.  Não valorizava a companhia de sua amada, por isso hoje está sozinho.
  • 6.  Coordenadas alternativas  O termo “alternativas” se relaciona à ideia de alternância. Portanto, afirmamos que as coordenadas alternativas exprimem fatos ou conceitos que se alternam ou que se excluem mutuamente. As conjunções que as representam são demarcadas por “ou... ou”, “ora... ora”, “já... já”... “quer... quer”:  Ou você trabalha, ou procure outro lugar para se hospedar.  Quer você queira, quer não, iremos visitá-lo.  Ora se mostrava calmo, ora agitado.
  • 7.  Coordenadas alternativas  O termo “alternativas” se relaciona à ideia de alternância. Portanto, afirmamos que as coordenadas alternativas exprimem fatos ou conceitos que se alternam ou que se excluem mutuamente. As conjunções que as representam são demarcadas por “ou... ou”, “ora... ora”, “já... já”... “quer... quer”:  Ou você trabalha, ou procure outro lugar para se hospedar.  Quer você queira, quer não, iremos visitá-lo.  Ora se mostrava calmo, ora agitado.