Plano de Mídia - 10/9/2014

113 visualizações

Publicada em

Aula da disciplina Plano de Mídia, do curso de Publicidade e Propaganda do Centro Universitário Senac, em 10 de setembro de 2014

Publicada em: Marketing
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
113
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
5
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Plano de Mídia - 10/9/2014

  1. 1. Plano de Mídia 10 de setembro de 2014
  2. 2. Conceitos estratégicos  Formato: as opções de espaço (tempo ou área espacial);  Frequência: número de vezes que o expectador é exposto à mensagem publicitária.  Continuidade: período de veiculação;  Cobertura de público-alvo: percentual de pessoas expostas à publicidade;  Cobertura geográfica: localidades ou regiões atendidas pelo meio de comunicação. Fonte: NAKAMURA, Rodolfo. Mídia: como fazer um planejamento de mídia na prática. São Paulo: Farol Forte, 2009. 2 Renato Cruz – Senac – 10/9/2014
  3. 3. Formato  É padronizado.  Por exemplo, o outdoor tem formato de 3x1. Um outdoor de 9m x 3m é formado por 32 folhas de papel.  Existem mensagens que ocupam dois ou três painéis, chamados outdoor duplo e outdoor triplo. Fonte: NAKAMURA, Rodolfo. Mídia: como fazer um planejamento de mídia na prática. São Paulo: Farol Forte, 2009. 3 Renato Cruz – Senac – 10/9/2014
  4. 4. Cobertura de público-alvo Escala:  Baixa cobertura (até 39%)  Média cobertura (entre 40% e 69%)  Alta cobertura (de 70% a 99%) Fonte: NAKAMURA, Rodolfo. Mídia: como fazer um planejamento de mídia na prática. São Paulo: Farol Forte, 2009. 4 Renato Cruz – Senac – 10/9/2014
  5. 5. Ciclo de vida da marca Alta cobertura nos casos de:  Lançamento;  Relançamento;  Promoção / sazonalidade;  Sustentação de marca líder;  Sustentação de marca com que enfrenta forte concorrência. Média cobertura nos casos de:  Sustentação de marca segmentada;  Sustentação de marca com baixa participação de mercado;  Lançamento de produtos com problemas de  distribuição. Fonte: NAKAMURA, Rodolfo. Mídia: como fazer um planejamento de mídia na prática. São Paulo: Farol Forte, 2009. 5 Renato Cruz – Senac – 10/9/2014
  6. 6. Objetivo de mercado Alta cobertura nos casos de:  Necessidade de ganhar participação de mercado por meio de novos consumidores (não usuários e usuários da concorrência);  Marca líder que deseja manter sua posição de liderança;  Marca não líder com pretensões de chegar à liderança. Média cobertura nos casos de:  Manter participação de mercado em níveis médio ou baixo (mesma produção e preço). Fonte: NAKAMURA, Rodolfo. Mídia: como fazer um planejamento de mídia na prática. São Paulo: Farol Forte, 2009. 6 Renato Cruz – Senac – 10/9/2014
  7. 7. Frequência  Opportunity to see (OTS) é a exposição do público-alvo ao veículo.  Nível de exposição é o número de vezes que o target é exposto à mensagem.  É diferente de número de inserções, que é o número de vezes que, fisicamente, os anúncios foram programados para determinado veículo. Fonte: NAKAMURA, Rodolfo. Mídia: como fazer um planejamento de mídia na prática. São Paulo: Farol Forte, 2009. 7 Renato Cruz – Senac – 10/9/2014
  8. 8. Conceitos  Frequência eficaz: número de exposições que traz os melhores resultados para o anunciante.  Frequência efetiva: o levantamento, realizado por meio de pesquisas que estimam quantas vezes, efetivamente, o consumidor foi exposto à mensagem. É importante para medir a eficiência da campanha quando ela estiver no ar, ou logo após seu término, como forma de analisar o desempenho da proposta de mídia colocada em prática.  Frequência média: Ou meta de frequência. É o número de vezes que, em média, o consumidor teve contato com a publicidade do anunciante. Fonte: NAKAMURA, Rodolfo. Mídia: como fazer um planejamento de mídia na prática. São Paulo: Farol Forte, 2009. 8 Renato Cruz – Senac – 10/9/2014

×