Turn it in: Relatório de originalidade: Instrutor

932 visualizações

Publicada em

Descreve como gerar relatório de originalidade, avaliar as fontes de referências primárias e secundárias e estabelecer filtros de avaliação
Slides disponibilizados com autorização do representante da SystemsLink no Brasil.

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
932
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
2
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Turn it in: Relatório de originalidade: Instrutor

  1. 1. Passo a passo – Instrutor Relatório de Originalidade
  2. 2. <ul><li>Tarefas apresentadas neste passo a passo: </li></ul><ul><li>Relatório de Originalidade </li></ul><ul><li>Fontes de referências primárias </li></ul><ul><li>Fontes de referências secundárias </li></ul><ul><li>Filtros da avaliação </li></ul>Introdução
  3. 3. Assim que um documento é submetido, o Turnitin inicia o processo de avaliação de sua originalidade. Dependendo de como tenha sido definido no ato da criação da tarefa, o relatório é apresentado ao instrutor e ao aluno, assim que tenha sido gerado. Introdução
  4. 4. Relatório de Originalidade Página da tarefa mostrando os dados do aluno, do documento submetido, e os relatórios de originalidade, notas, e acesso ao documento original.
  5. 5. Relatório de Originalidade Em frente ao nome do aluno, na coluna REPORT, a numeração indica a porcentagem de plágio. Os 2 traços cinzas indicam que o relatório ainda não foi gerado (quanto maior o documento, mais demora)
  6. 6. Relatório de Originalidade 1 2 3 4
  7. 7. Relatório de Originalidade 1 2 3 4 Abas de ferramentas Fontes consultadas Display e filtros das fontes Dados sobre o documento em questão
  8. 8. As cores do texto ao lado esquerdo, correspondem às referencias citadas ao lado direito. Ao colocar o mouse sobre uma referência, aparece a opção VIEW ADITTIONAL SOURCES (fontes secundárias que citam o mesmo texto). Clicando nesse link, as fontes são listadas.
  9. 9. Para visualizar qualquer das fontes de seu interesse, simplesmente coloque o mouse sobre a fonte, e clique em VIEW SOURCE. O programa abrirá a página original da referência. Relatório de Originalidade
  10. 10. Neste nosso exemplo, a referência selecionada é um artigo da revista Science.
  11. 11. Para a referência 2 do nosso exemplo, ao clicar para visualizar ADITTIONAL SOURCES, são abertas 02 fontes secundárias, cada uma delas com 17% de similaridade (plágio) . Relatório de Originalidade
  12. 12. Além disso se observa que a referência tem 05 ocorrências . É possivel navegar pelas ocorrências. Clicando em SELECT SOURCES TO BE EXCLUDED, é possível selecionar fontes da comparação de originalidade para posterior exclusão
  13. 13. Selecionando as fontes de interesse, e clicando em EXCLUDE, estas fontes são removidas da comparação, e o percentual de plágio é recalculado. Tínhamos 100% de plágio. Excluindo a fonte de 17% (como descrito), a porcentagem de plágio é recalculada, e o novo valor é de 83%
  14. 14. Clicando no ícone (filter) é possível visualizar estas ferramentas para restringir a aplicação da análise de plágio quanto a citações, referências bibliográficas, e quantidade limitada de palavras. Relatório de Originalidade
  15. 15. Em caso de dúvidas: [email_address] [email_address] (11) 5051-0975

×