Arcadismo<br />
Contexto histórico - EUROPA<br />Século XVIII - "Século das Luzes".<br />Aprofundamento das críticas ao Antigo Regime.<br ...
Século das luzes<br />Enciclopédia – Diderot e D’Alambert<br />
Iluminismo – valorização da razão<br />Voltaire<br />
Absolutismo monárquico<br />Luís XIV, o Rei-sol<br />
Capitalismocomercial<br />Ascensão da burguesia<br />
Revolução industrial<br />James Watt, a primeira máquina a vapor<br />
Contexto histórico - Brasil<br />Descoberta do ouro na região de Minas Gerais, em fins do século XVII, <br />A abundância ...
O arcadismo<br />O arcadismo reflete a ideologia da classe aristocrática em decadência e da alta burguesia, insatisfeitas ...
Características árcades<br />AureaMediocritas(equilíbrio de ouro) – condenação  de toda ousadia, extravagância, exacerbaçã...
Crítica<br />O escritor árcade está preocupado em ser simples e racional, inteligível. E para atingir esses requisitos exi...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Arcadismo

4.776 visualizações

Publicada em

Arcadismo. Escolas literárias

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
4.776
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
30
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
117
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Arcadismo

  1. 1. Arcadismo<br />
  2. 2. Contexto histórico - EUROPA<br />Século XVIII - "Século das Luzes".<br />Aprofundamento das críticas ao Antigo Regime.<br />Capitalismo comercial.<br />Absolutismo.<br />Sistema colonial.<br />Proposta de novas formas de organização social, política e econômica. <br />Busca de uma explicação racional para o mundo.<br />Iluminismo. <br />Razão como fonte de todo o conhecimento. <br />Revolução Industrial.<br />Evolução da tecnologia aplicada à produção de mercadorias.<br />Emergente mercado consumidor.<br />Desenvolvimento das relações assalariadas.<br />Substituição da energia humana pela energia a vapor.<br />Passagem de uma sociedade estamental para uma sociedade de classes.<br />
  3. 3. Século das luzes<br />Enciclopédia – Diderot e D’Alambert<br />
  4. 4. Iluminismo – valorização da razão<br />Voltaire<br />
  5. 5. Absolutismo monárquico<br />Luís XIV, o Rei-sol<br />
  6. 6. Capitalismocomercial<br />Ascensão da burguesia<br />
  7. 7. Revolução industrial<br />James Watt, a primeira máquina a vapor<br />
  8. 8. Contexto histórico - Brasil<br />Descoberta do ouro na região de Minas Gerais, em fins do século XVII, <br />A abundância do ouro gera extraordinária riqueza e origina a ocupação de Minas Gerais. <br />Centenas de toneladas de ouro servem ao luxo, ao desperdício e à ostentação da Corte. <br />Parte considerável deste ouro vai parar na Inglaterra, financiando a Revolução Industrial, na medida em que o domínio comercial dos ingleses sobre a economia portuguesa era absoluto. <br />Segunda metade do século XVIII: produção em queda e as minas dão sinais de esgotamento. <br />Reformas pombalinas: aumento de impostos e expulsão dos jesuítas dos territórios portugueses, proibição de qualquer atividade industrial no país. <br />Endividamento dos proprietários de minas com a Coroa <br />O pensamento iluminista infiltra-se na sociedade letrada <br />Levante de 1789, a Inconfidência Mineira.<br />
  9. 9. O arcadismo<br />O arcadismo reflete a ideologia da classe aristocrática em decadência e da alta burguesia, insatisfeitas com o absolutismo real, e com as formas sociais de convivência rígidas, artificiais e complicadas. <br />As mudanças estéticas apoiam-se na revolução filosófica que representou o Iluminismo. <br />O poder da razão suplanta o sentimentalismo ou irracionalismo barroco: a razão é sinônimo de verdade, em lugar das crenças religiosas passadas. <br />As luzes do esclarecimento ajudam os homens a entender o mundo e a combater preconceitos. É por oposição ao pensamento anterior que surge a tendência simplificar a arte. <br />O Neoclassicismo, como também é conhecido o período, é marcado pelo domínio da razão, pela imitação dos clássicos e pela aproximação com a natureza.<br />A busca da simplicidade. <br />Não há diferença entre simplicidade, verdade e razão. <br />Retorno à ordem natural. <br />A natureza adquire um sentido de simplicidade, harmonia e verdade. <br />Culto do "homem natural", isto é, o homem que "imita" a natureza em sua ordem e equilíbrio; <br />
  10. 10. Características árcades<br />AureaMediocritas(equilíbrio de ouro) – condenação de toda ousadia, extravagância, exacerbação das emoções. O equilíbrio é que deve ser cultuado.<br />Bucolismo - integração entre o indivíduo e a paisagem física, originando uma literatura de caráter pastoril<br />LocusAmenus(lugar ameno) paisagem pacífica e calma do campo, lugar ameno para os encontros amorosos.<br />Fingimento poético – os conceitos não surgem da vivência direta e real com a natureza poesia campestre , sendo meramente uma convenção, ou seja, uma espécie de modismo de época a que todo escritor deveria se submeter. <br />FugereUrbem(fuga da cidade) - representa um desejo e uma insatisfação, não uma condição real de vida dos autores da época.<br />Pastoralismo – cenas amorosas pastoris, com personagens típicos do campo.<br />Amor cortês - Quando o poeta declara seu amor à pastora, o faz de uma maneira elegante e discreta, exatamente porque as regras desse jogo exigem o respeito à etiqueta afetiva. Desta forma, o seu "amor" pode ser apenas um fingimento, um artifício de imagens repetitivas e banalizadas.<br />Carpe diem (aproveitar o dia) - o convite ao gozo da vida é cercado de imediatismo, mostrando que o conceito de carpe diem é mantido, apesar de revelar-se, agora, de maneira positiva: Aproveitar a vida por ser breve e o futuro incerto, mas sem o medo e o tormento barrocos.<br />
  11. 11. Crítica<br />O escritor árcade está preocupado em ser simples e racional, inteligível. E para atingir esses requisitos exige-se a imitação dos autores consagrados da Antiguidade, preferencialmente os pastoris. Daí a contínua utilização da mitologia clássica como recurso poético, representando outra convenção, tornada obrigatória pelo prestígio dos modelos antigos.<br />A obrigatória utilização de imagens clássicas tradicionais acaba criando uma poesia despersonalizada. Essa renúncia à manifestação subjetiva leva o poeta ao universalismo, a expressar sentimentos comuns, genéricos, médios, reduzindo suas criações à fórmulas convencionais.<br />A importância do Arcadismo reside no estabelecimento de um sistema literário organizado, com a presença de obras com objetivos estéticos mais ou menos em comum, uma diversidade de autores e um público leitor. Ainda que incipiente, tais características passam às outras gerações literárias, criando as condições mínimas para o surgimento de uma literatura autônoma. Pode-se dizer, sem exageros, que o Arcadismo representa o primeiro e decisivo passo no processo de fundação da literatura brasileira. <br />

×