1
Fernando Pessoa
Índice
 Índice ...........................................................................................
2
 Introdução .............................................................................................. 3
 Biografi...
3
Neste trabalho eu vou falar aprofundadamente sobre Fernando Pessoa, espero
ficar a conhece-lo melhor e também a apreciar...
4
Fernando Pessoa nasceu em Lisboa a 13 de Junho de 1888.O seu verdadeiro nome é
Fernando António Nogueira Pessoa ele foi ...
5
real. Os poemas mais conhecidos de Fernando Pessoa são: autopsicografia,
“Eu”, “amigo”, “aprendiz”, “Isto” e o poema das...
6
Álvaro de Campos foi o único dos três heterónimos que teve e diz frases muito
poéticas. Ele era um engenheiro de educaçã...
7
O livro do Desassossego está escrito em prosa fala acerca da dramaticidade das
reflexões humanas.
Bernardo Sousa foi o h...
8
Autopsicografia:
O poeta é um fingidor
Finge tão completamente
Que chega a fingir que é dor
A dor que deveras sente
E os...
9
E isto lembra uma tristeza
E a lembrança é que entristece,
Dou à saudade a riqueza
De emoção que a hora tece.
Mas, em ve...
10
Como olhar, a razão
Deus me deu, para ver
Para além da visão —
Olhar de conhecer.
Se ver é enganar-me,
Pensar um descam...
11
Poema das belas frases
"Frases bonitas, frases encantadas!
Ó festa dos ouvidos...
Há tolices bem ornadas
Como há pacóvi...
12
Que sono este ser assim”
-Álvaro de Campos
“Eu não tenho filosofia: tenho sentidos…
Se falo na natureza não é porque sa...
13
Gostei muito de fazer este trabalho, principalmente a parte de pesquisar frases ou
poemas de Fernando Pessoa e também d...
14
http://www.citador.pt/poemas/a/fernando-pessoa
http://pt.wikipedia.org/wiki/Fernando_Pessoa#Biografia
http://www.google...
15
DarpdYfhgbs/Tw1St-Psl6I/AAAAAAAADi0/pt2a-13-
TPE/s1600/pm.jpg&w=424&h=600&ei=9luHT9GLLuHG0QXd38nfBw&zoom
=1&iact=hc&vpx...
16
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Fernando pessoa

260 visualizações

Publicada em

portugues 9º

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
260
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
7
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Fernando pessoa

  1. 1. 1 Fernando Pessoa Índice  Índice .......................................................................................................2
  2. 2. 2  Introdução .............................................................................................. 3  Biografia.................................................................................................. 4  Heterónimos........................................................................................... 6  Anexos .....................................................................................................8 -Autopsicografia ............................................................................................8 -poemas.........................................................................................................8 -imagens de Fernando Pessoa.................................................................... 11 - Frases ditas pelos heterónimos de FernandoPessoa......................................12  Conclusão ..............................................................................................13  Bibliografia.............................................................................................14 Introdução
  3. 3. 3 Neste trabalho eu vou falar aprofundadamente sobre Fernando Pessoa, espero ficar a conhece-lo melhor e também a apreciar os poemas e heterónimos dele. Na minha opinião Fernando Pessoa era um grande poeta apesar de ele considerar isso um vocação, mas também pelo fato de ele criar pessoas que não eram reais, ele deu-me a entender que estas três pessoas tinha personalidades completamente diferentes, mas na realidade a sua personalidade só se parecia com uma delas Bernardo Sousa o seu Semi-heterónimo. Este foi o único poeta que me despertou interesse e do qual eu gostei dos poemas e da personalidade. Biografia
  4. 4. 4 Fernando Pessoa nasceu em Lisboa a 13 de Junho de 1888.O seu verdadeiro nome é Fernando António Nogueira Pessoa ele foi um poeta e escritor português. Durante a sua infância Fernando pessoa cria o primeiro heterónimo do qual o nome é Chevalier de Pas, pouco tempo depois do seu pai morrer a sua mãe voltou a casar e foram viver para África do Sul. Enquanto esteve na África do Sul ele teve de ser educado com educação inglesa, Fernando Pessoa foi estudar para um liceu em Durban quando se tornou jovem. Foi nesse liceu que ele criou o primeiro pseudónimo com o nome Alexander Search, com este pseudónimo ele escreve cartas para sim mesmo, ele também estudou na universidade do Cabo da Boa Esperança onde ganhou um prémio. Os seus primeiros textos e poemas foram feitos em inglês, mais tarde esses poemas que estavam em inglês ele traduzi-os para português . Um ano depois de regressar a Portugal ele inscreve-se no curso superior de letras, o qual abandona sem completar um ano. A sua avo Dionísia morre em 1907 com a qual ele viveu quando voltou a Portugal , ela deixou-lhe uma herança da qual lhe deixa uma pequena tipografia , mas a tipografia não durou muito tempo porque faliu. Um ano depois da avô morrer ele dedica-se à tradução dos seus poemas ou da correspondência comercial. Ele inicia uma atividade da qual é o crítico literário com o artigo “A Nova Poesia Portuguesa Sociologicamente Considerada”, depois desta seguiram-se mais 2 artigos que foram publicados na revista A Águia. Em 1915 ele participa na revista Orpheu onde divulga novas ideias estéticas do modernismo, revista só publicou duas edições, algum tempo depois ele e Mário de Sá-Carneiro assumem a direção da revista. Ele também funda uma editora a qual lhe dá o nome de Olissipo. Em Outubro no na 1924 Fernando Pessoa e um artista plástico chamado Ray Vaz lançaram uma revista com o nome Athena onde falava muitas vezes dos seus heterónimos Ricardo Reis, Álvaro de Campos e Alberto Caeiro. Fernando pessoa teve também um semi-heterónimo ao qual deu o nome de Bernardo Soares. Este semi-heterónimo foi o único dos outros três heterónimos que tem a personalidade mais parecida com Fernando pessoa porque todos os outros eram fictícios (não eram reais) enquanto para Fernando Pessoa, Bernardo Soares era
  5. 5. 5 real. Os poemas mais conhecidos de Fernando Pessoa são: autopsicografia, “Eu”, “amigo”, “aprendiz”, “Isto” e o poema das “belas frases”. Os heterónimos começam por ser personalidades falsas, mas como os poemas assinados por eles muitas vezes parecem reais. Os trabalhos mais notáveis de Fernando Pessoa foram a Mensagem e o livro do Desassossego. Um dos poemas mais conhecidos do heterónimo Álvaro de Campos é a Tabacaria. Alguns anos depois de Fernando Pessoa ter morrido, José Saramago continua a Historia do heterónimo Ricardo Reis no romance O ano da morte de Ricardo Reis, porque todos os heterónimos tinham data de morte mas Ricardo Reis não tinha, então José Saramago decidiu por escrever este romance para todas as pessoas saberem quando este heterónimo morreu. Fernando Pessoa era cristão gnóstico quer dizer que ele era fiel a Deus só não acreditava nas igrejas. Ele também escreveu isto na revista Athena: “Se depois de eu morrer quiserem escrever a minha biografia, Não há nada mais simples, tem só duas datas a da minha nascença e a da minha morte. Entre uma e outra os dias são meus.”. Fernando Pessoa foi para o Hospital com um diagnostico de uma doença no fígado que normalmente é causada por consumo excessivo de bebidas alcoólicas, mas como ele não consumia álcool, mas ele não revelava sintomas dessa doença. Os médicos supõem que sido vitima de uma pancreatite aguda. Antes de morrer ele escreveu uma frase em inglês na sua cama de hospital que dizia: “I know not what tomorrow will bring” que traduzida quer dizer: “Não sei o que o amanhã fará”. Ele faleceu no dia 30 de Novembro de 1935 com 47 anos sem nunca se ter casado ou ter tido filhos. Heterónimos Álvaro de Campos
  6. 6. 6 Álvaro de Campos foi o único dos três heterónimos que teve e diz frases muito poéticas. Ele era um engenheiro de educação inglesa que origens portuguesas, ele viajou muito, quando estava fora ele sentia-se estrangeiro em qualquer lugar , a tabacaria é um dos poemas intitulados com o seu nome que ficou muito conhecido e também muito fluente na língua Portuguesa. Ele ficou muito conhecido com o poema “A Tabacaria” Ricardo Reis Ricardo Reis foi um médico que estudou num colégio de jesuítas que viveu no Brasil. Para Fernando Pessoa, Ricardo Reis foi uma espécie de herança clássica na literatura ocidental. José Saramago fez um romance deste heterónimo de Fernando pessoa em 1984 porque na biografia dos heterónimos Álvaro de Campos e Alberto Caeiro sabe- se a morte deles e no de Ricardo Reis não fala sobre a morte dele então José Saramago quis terminar a historia de Ricardo Reis, o que para ele foi como se tivesse sido ele a cria-lo. Alberto Caeiro Alberto Caeiro nasceu em Lisboa mas foi criado como uma pessoa do campo, ele ficou conhecido como o poeta-filósofo, mas ele não gostava que lhe chamassem isso porque ele considerava-se um não-filósofo. Alberto Caeiro era muito pensador, ele não escrevia prosa mas sim poesia para ele a poesia era estava mais perto da realidade do que a prosa normalmente ele falava muito da natureza. Ele morreu de tuberculose em 1915. Bernardo Soares Bernardo Soares foi um semi-heterónimo muita gente acredita que este heterónimo e o Fernando Pessoa tem personalidades muito idênticas , que foi o autor do Livro do Desassossego.
  7. 7. 7 O livro do Desassossego está escrito em prosa fala acerca da dramaticidade das reflexões humanas. Bernardo Sousa foi o heterónimo mais importante para Fernando pessoa porque era o único que com quem ele se identificava. Anexos
  8. 8. 8 Autopsicografia: O poeta é um fingidor Finge tão completamente Que chega a fingir que é dor A dor que deveras sente E os que lêem o que escreve, Na dor lida sentem bem Não as duas que ele teve, Mas só a que eles não têm E assim nas calhas de roda Gira, a entreter a razão Esse comboio de corda Que se chama coração -Fernando Pessoa Poemas: Vaga, no Azul Amplo Solta “Vaga, no azul amplo solta, Vai uma nuvem errando. O meu passado não volta. Não é o que estou chorando. O que choro é diferente. Entra mais na alma da alma. Mas como, no céu sem gente, A nuvem flutua calma.
  9. 9. 9 E isto lembra uma tristeza E a lembrança é que entristece, Dou à saudade a riqueza De emoção que a hora tece. Mas, em verdade, o que chora Na minha amarga ansiedade Mais alto que a nuvem mora, Está para além da saudade. Não sei o que é nem consinto À alma que o saiba bem. Visto da dor com que minto Dor que a minha alma tem.” Fernando Pessoa Guia-me a Só a Razão “Guia-me a só a razão. Não me deram mais guia. Alumia-me em vão? Só ela me alumia. Tivesse quem criou O mundo desejado Que eu fosse outro que sou, Ter-me-ia outro criado. Deu-me olhos para ver. Olho, vejo, acredito. Como ousarei dizer: «Cego, fora eu bendito» ?
  10. 10. 10 Como olhar, a razão Deus me deu, para ver Para além da visão — Olhar de conhecer. Se ver é enganar-me, Pensar um descaminho, Não sei. Deus os quis dar-me Por verdade e caminho.” -Fernando Pessoa Eu “SOU LOUCO e tenho por memória Uma longínqua e infiel lembrança De qualquer dita transitória Que sonhei ter quando criança. Depois, malograda trajetória Do meu destino sem esperança, Perdi, na névoa da noite inglória, O saber e o ousar da aliança. Só guardo como um anel pobre Que a todo herdeiro só faz rico Um frio perdido que me cobre Como um céu dossel de mendigo, Na curva inútil em que fico Da estrada certa que não sigo” -Fernando Pessoa
  11. 11. 11 Poema das belas frases "Frases bonitas, frases encantadas! Ó festa dos ouvidos... Há tolices bem ornadas Como há pacóvios bem vestidos -Fernando Pessoa Imagens de Fernando Pessoa: Frases ditas pelos heterónimos de Fernando Pessoa “ Que náusea da vida! Que objecção esta regularidade
  12. 12. 12 Que sono este ser assim” -Álvaro de Campos “Eu não tenho filosofia: tenho sentidos… Se falo na natureza não é porque saiba o que ela é. Mas porque amo, e amo-a por isso, Porque quem ama nunca sabe o que ama Nem por que ama, nem o que é o amar…” -Alberto Caeiro “Amemo-nos tranquilamente, pensando que podíamos, Se quiséssemos, trocar beijos e abraços e carícias, Mas que mais vale estarmos sentados ao pé um do outro Ouvindo correr o rio e vendo-o." -Ricardo Reis “Só o que sonhamos é que é verdadeiramente somos, porque o mais, por estar realizado, pertenço ao mundo e a toda a gente.” -Bernardo Soares Conclusão
  13. 13. 13 Gostei muito de fazer este trabalho, principalmente a parte de pesquisar frases ou poemas de Fernando Pessoa e também dos seus heterónimos tive algumas dificuldades em encontrar coisas sobre o semi-heterónimo Bernardo Soares. O meu poema preferido dele é a autobiografia. Fiquei a conhecer toda a vida dele e também a dos seus heterónimos embora não as refira neste trabalho. Bibliografia
  14. 14. 14 http://www.citador.pt/poemas/a/fernando-pessoa http://pt.wikipedia.org/wiki/Fernando_Pessoa#Biografia http://www.google.pt/search?hl=pt- PT&sugexp=frgbld&cp=6&gs_id=r&xhr=t&q=fernando+pessoa&bav=on.2,or.r _gc.r_pw.r_qf.,cf.osb&biw=1280&bih=619&wrapid=tljp1334270954362015&u m=1&ie=UTF- 8&tbm=isch&source=og&sa=N&tab=wi&ei=8VuHT8r2JMOEhQfs84DACA http://www.google.pt/imgres?q=fernando+pessoa&um=1&hl=pt- PT&sa=N&biw=1280&bih=619&tbm=isch&tbnid=yrUh2bpqIGZwYM:&imgre furl=http://livrespensantes.blogspot.com/2012/01/fernando-pessoa-e-revista- orpheu.html&docid=Sfi2Y_m1LvQp2M&imgurl=http://2.bp.blogspot.com/- x37GRZCIDvo/Tx0pQzX7iBI/AAAAAAAACu0/x4rTS90HbJw/s1600/fernand o- pessoa.jpg&w=385&h=500&ei=9luHT9GLLuHG0QXd38nfBw&zoom=1&iact =hc&vpx=411&vpy=144&dur=1716&hovh=256&hovw=197&tx=109&ty=196 &sig=103723230282375366570&page=1&tbnh=117&tbnw=90&start=0&ndsp =27&ved=1t:429,r:3,s:0,i:137 http://www.google.pt/imgres?q=fernando+pessoa&um=1&hl=pt- PT&sa=N&biw=1280&bih=619&tbm=isch&tbnid=UH9iNwa35YXQeM:&img refurl=http://users.isr.ist.utl.pt/~cfb/VdS/pessoa.html&docid=- mf0NbR9ZzrcFM&imgurl=http://users.isr.ist.utl.pt/~cfb/gif- store/fernando.pessoa.gif&w=159&h=236&ei=9luHT9GLLuHG0QXd38nfBw &zoom=1&iact=hc&vpx=235&vpy=178&dur=780&hovh=188&hovw=127&tx =110&ty=120&sig=103723230282375366570&page=1&tbnh=117&tbnw=79& start=0&ndsp=27&ved=1t:429,r:1,s:0,i:133 http://www.google.pt/imgres?q=fernando+pessoa&um=1&hl=pt- PT&sa=N&biw=1280&bih=619&tbm=isch&tbnid=mJsBqiKV- oJAJM:&imgrefurl=http://paramimtantofaz.blogspot.com/2012/01/fernando- pessoa-e- maconaria.html&docid=iUuOPQZdc19zdM&imgurl=http://3.bp.blogspot.com/-
  15. 15. 15 DarpdYfhgbs/Tw1St-Psl6I/AAAAAAAADi0/pt2a-13- TPE/s1600/pm.jpg&w=424&h=600&ei=9luHT9GLLuHG0QXd38nfBw&zoom =1&iact=hc&vpx=368&vpy=233&dur=2465&hovh=267&hovw=189&tx=120& ty=182&sig=103723230282375366570&page=1&tbnh=125&tbnw=90&start=0 &ndsp=27&ved=1t:429,r:11,s:0,i:154 http://www.google.pt/imgres?q=fernando+pessoa&um=1&hl=pt- PT&sa=N&biw=1280&bih=619&tbm=isch&tbnid=1Jy8HB7K6_KcuM:&imgre furl=http://chaves.blogs.sapo.pt/737474.html&docid=Z8uPfmFpwv1KIM&imgu rl=http://c6.quickcachr.fotos.sapo.pt/i/o0b07f11d/9891137_jTmQP.jpeg&w=411 &h=600&ei=9luHT9GLLuHG0QXd38nfBw&zoom=1&iact=hc&vpx=691&vp y=229&dur=31&hovh=271&hovw=186&tx=127&ty=163&sig=1037232302823 75366570&page=1&tbnh=125&tbnw=105&start=0&ndsp=27&ved=1t:429,r:14, s:0,i:160 http://pt.wikipedia.org/wiki/O_ano_da_morte_de_Ricardo_Reis http://pt.wikipedia.org/wiki/Alberto_Caeiro http://pt.wikipedia.org/wiki/Ricardo_Reis http://pt.wikipedia.org/wiki/%C3%81lvaro_de_Campos http://pt.wikipedia.org/wiki/Bernardo_Soares http://pensador.uol.com.br/frases_de_bernardo_soares/ http://br.answers.yahoo.com/question/index?qid=20071003120404AA38nX2 http://pt.wikipedia.org/wiki/Pancreatite
  16. 16. 16

×